Imagem do autor como astronauta

April 6th, 2020
<div id="fb-root"></div>
<script async defer crossorigin="anonymous" src="https://connect.facebook.net/pt_BR/sdk.js#xfbml=1&version=v6.0"></script>

Bai…bai…people, cansei, to indo para onde minha cabeca sempre esteve: no mundo da Lua…

Posted by Louis Charles Morelli on Saturday, January 4, 2020

<div class=”fb-post” data-href=”https://www.facebook.com/TheMatrixDNA/posts/10218994578088127″ data-width=”500″ data-show-text=”true”><blockquote cite=”https://developers.facebook.com/TheMatrixDNA/posts/10218994578088127″ class=”fb-xfbml-parse-ignore”><p>Bai…bai…people, cansei, to indo para onde minha cabeca sempre esteve: no mundo da Lua…</p>Publicado por <a href=”https://www.facebook.com/TheMatrixDNA”>Louis Charles Morelli</a> em <a href=”https://developers.facebook.com/TheMatrixDNA/posts/10218994578088127″>Sábado, 4 de janeiro de 2020</a></blockquote></div>

Cuidado com animais de estimação (pets): cães e gatos infectados? Tigre em zoo, sim!

April 6th, 2020

Não vamos sacrificar agora a vida de animais, impondo-lhes medidas drasticas, mas também não vamos correr o risco de infectar todas as pessoas de uma familia que tenha pets. A fonte da notícia com link abaixo é oficial, e informam que têm sido registrados casos de cães e gatos infectados ( parece que por humanos), mas não li ainda toda a informação correta (abaixo o report de um cão de estimação com infecção confirmada) . Penso que se tem alguém infectado numa casa, este não deve ter contacto com os animais na casa, até que a Ciência tenha mais dados. Um jornal informa que um tigre no zoo de Bronx (New York) teve confirmado sua infecção com coronavírus!

https://www.oie.int/en/scientific-expertise/specific-information-and-recommendations/questions-and-answers-on-2019novel-coronavirus/

OIE - Go to the homepage
World Organization for Animal health
  • Can humans transmit COVID-19 virus to animals?

Now that COVID-19 virus infections are widely distributed in the human population there is a possibility for some animals to become infected through close contact with infected humans.

Several dogs and cats have tested positive to COVID-19 virus following close contact with infected humans. Further information reported to the OIE can be found below in the ‘more information’ section.

Studies are underway to better understand the susceptibility of different animal species to the COVID-19 virus and to assess infection dynamics in susceptible animal species.

Currently, there is no evidence to suggest that animals infected by humans are playing a role in the spread of COVID-19. Human outbreaks are driven by person to person contact.

  • What do we know about COVID-19 virus and companion animals?

The current spread of COVID-19 is a result of human to human transmission. To date, there is no evidence that companion animals have spread the disease. Therefore, there is no justification in taking measures against companion animals which may compromise their welfare.

Some examples of animal infections have been reported to the OIE. Further details on these events can be found in the ‘more information’ section. So far, these appear to be isolated cases, and there is no evidence that dogs or cats are playing a role in the spread of this human disease. Further studies are underway to understand if and how different animals could be affected by COVID-19 virus. The OIE will continue to provide updates as new information becomes available.

  • What precautionary measures should be taken when companion or other animals have close contact with humans sick or suspected with COVID-19?

Currently, there is no evidence that companion animals are playing a significant epidemiological role in this human disease. However, because animals and people can sometimes share diseases (known as zoonotic diseases), it is still recommended that people who are sick with COVID-19 limit contact with companion and other animals until more information is known about the virus..

When handling and caring for animals, basic hygiene measures should always be implemented. This includes hand washing before and after being around or handling animals, their food, or supplies, as well as avoiding kissing, licking or sharing food.

When possible, people who are sick or under medical attention for COVID-19 should avoid close contact with their pets and have another member of their household care for their animals. If they must look after their pet, they should maintain good hygiene practices and wear a face mask if possible. Animals belonging to owners infected with COVID-19 should be kept indoors as much as possible and contact with those pets should be avoided as much as possible.

Abaixo o report com link de um cão de estimação (pet) infectado:

https://www.oie.int/wahis_2/public/wahid.php/Reviewreport/Review?page_refer=MapFullEventReport&reportid=33546

COVID-19 (SARS-COV-2),
Hong Kong (SAR – PRC)
Information received on 08/03/2020 from Dr Thomas Sit, Chief Veterinary Officer / Assistant Director (Inspection & Quarantine), Agriculture, Fisheries and Conservation Department, Hong Kong Special Administrative Region Government, Hong Kong ,. Hong Kong (SAR – PRC)
SummaryReport typeFollow-up report No. 1Date of start of the event26/02/2020Date of confirmation of the event28/02/2020Report date07/03/2020Date submitted to OIE08/03/2020Date event resolved13/03/2020Reason for notificationEmerging diseaseMorbidity1 (scale 0 to 5)Mortality0 (scale 0 to 5)Zoonotic impactZoonotic potential unknown at this timeCausal agentSARS-CoV-2Related reportsImmediate notification (29/02/2020) 
Follow-up report No. 1 (07/03/2020) 
Follow-up report No. 2 (16/03/2020) 
Follow-up report No. 3 (28/03/2020) 
OutbreaksThere are no new outbreaks in this report
EpidemiologySource of the outbreak(s) or origin of infectionUnknown or inconclusiveEpidemiological commentsThe dog was placed under quarantine on 26 February 2020 after its owner was hospitalised due to COVID-19 infection. Following veterinary examination nasal, oral, rectal swabs as well as faeces were taken after the dog’s admission to the quarantine facility. Nasal and oral samples tested positive for SARS-CoV-2. The dog has not exhibited any specific clinical signs. Follow up nasal, oral and rectal swab samples and faeces were subsequently taken on 28 February and 2 and 5 March 2020. Both oral and nasal samples taken on 28 February 2020 tested positive. The nasal samples taken on 2 & 5 March continued to test positive. Investigation is ongoing. Risk management measures are in place for this case, including cleansing and disinfection of the premises, and proper personal hygiene and protection. Mammalian pets from households with confirmed human cases of COVID-19 will be be placed under quarantine and veterinary surveillance for 14 days. Samples will be collected for testing of SARS-CoV-2 as appropriate.
Control measuresMeasures appliedScreeningTraceabilityQuarantineDisinfectionVaccination permitted (if a vaccine exists)No treatment of affected animalsMeasures to be appliedNo other measures
Diagnostic test resultsLaboratory name and typeSpeciesTestTest dateResultTai Lung Veterinary Laboratory, Agriculture Fisheries and Conservation Department (National laboratory)Dogsreal-time reverse transcriptase/polymerase chain reaction (RRT-PCR)02/03/2020PositiveTai Lung Veterinary Laboratory, Agriculture Fisheries and Conservation Department (National laboratory)Dogsreal-time reverse transcriptase/polymerase chain reaction (RRT-PCR)05/03/2020PositiveSchool of Public Health, The University of Hong Kong (Regional Reference Laboratory)Dogsvirus isolationPendingSchool of Public Health, The University of Hong Kong (Regional Reference Laboratory)Dogsvirus neutralisation test (VNT)Pending
Future ReportingThe event is continuing. Weekly follow-up reports will be submitted.

Virus: Novas informações

April 6th, 2020

Nenhuma descrição de foto disponível.
https://www.facebook.com/biologiajubilut/

Para entrar na célula, os coronavírus utilizam suas glicoproteínas para ligar-se na membrana celular do hospedeiro. Então, o vírus “comanda” a célula, obrigando-a a produzir cópias virais.

xxxxxxxxxxxx

Só para você ter uma ideia, um único coronavírus tem capacidade de estimular uma célula a produzir até 100 mil novos coronavírus. Chega um momento em que a célula fica tão sobrecarregada, que entra em processo de apoptose (ou morte celular) e libera muitas cópias do material genético do vírus no organismo – período capturado pelas imagens dos cientistas.

xxxxxxxxxxxxxxxx

O vírus se reproduz por meio de “montagem”?

a célula vai criando pequenas partes do vírus e assim montando em pedaços

xxxxxxx

Tava curiosa pra entender “como” o vírus prejudicava o corpo humano…Ou seja… ele tem matado as pessoas mais idosas, ou pessoas com doenças pre existentes / crônicas, que ja não conseguem produzir células saudáveis e ter forças pra combater o poder de destruição dele.

xxxxxxxxxxx

nas ilustrações sempre colocam a celula expandindo e rompendo pela quantidade de vírus q foi produzido, então, na verdade a quantidade de proteína/lipídio etc utilizada para fazer os vírus q sobrecarrega a célula e ela mesmo entra no processo de apoptose? Interessante

Minha resposta: Mas você tocou num ponto interessante: como a célula tem tanto material interno que são ingredientes para produzir tanto lipídio/proteína para os milhares de vírus reproduzidos dentro dela? Então não é apenas o DNA que fica indefeso mas também o citoplasma fora do núcleo…?!

xxxxxxxxxxx

Comentario que postei no Facebook do Jubilu dessa foto acima:

Louis Charles Morelli:

Deixa-me consultar as formulas da Matrix/DNA:

Todo sistema natural – como uma célula – tem aquela propriedade emergente que denomino “a entidade do sistema”, ou “o software do hardware”. Isso vem dos sistemas físicos não-vivos, quando surge um controle interno para chegar ao equilíbrio termodinâmico. Se o vírus consegue vencer a entidade sistêmica da célula e assumir sua maquinaria, significa que ele tem uma entidade sistêmica mais poderosa, o que é paradoxal, pois ele é mais simples. Mas como o COVID-19 está tendo mais sucesso nas células de pessoas idosas, então podemos supor que não é o vírus que tem a entidade ou software mais potente, e sim que entidade da célula está demasiada enfraquecida. Talvez por causa da idade.

O fato do vírus ter como principal e talvez único efeito a sua reprodução, significa que ele todo é um pedaço do sistema biológico, e um pedaço relacionado a um dos dois pedaços que desempenham função na reprodução, que são F1 (feminino) e F4 (masculino). Para mim uma grande questão é como ou porque o vírus surge no mundo: produzido nos sistemas biológicos e dispersados externamente, ou vindo da evolução a partir do material inorgânico, por conta própria? Outra questão surge da informação de que na célula o vírus é montado aos pedaços, o que significaria irredutível complexidade: não seria possível reduzir sua evolução chegando a um ancestral comum. Escrevo isto aqui para curiosidade dos estudantes de Biologia de que existe esta outra frente de pesquisa com outra abordagem diferente da acade mica, e que pode inspirar os estudantes a muitas pesquisas e teses. E buscando ajuda de cabeças pensantes, pois estou sozinho nessa…

xxxxxx

Outra imagem igual, do NIAID – instagran, não possivel de copiar, e meu comentario postado abaixo, no Instagran:

https://www.instagram.com/p/B-eudowDCzM/

Louis Morelli: I have noticed that outside the cell the virus only exists as groups. The unique allone, isolated virus, are those already linked to cell´s receptor. Why? If we have a drug that could separate these groups, maybe isolated virus in space could dye? Which is the substance used by these virus as glue among them?

Universo criado do Nada. Neste PDF (de Wuhan, China) afirmam terem provas matemáticas

April 3rd, 2020

Spontaneous creation of the universe from nothing

https://arxiv.org/pdf/1404.1207.pdf

Dongshan He,1,2 Dongfeng Gao,1 and Qing-yu Cai1, ∗ 1State Key Laboratory of Magnetic Resonances and Atomic and Molecular Physics, Wuhan Institute of Physics and Mathematics, Chinese Academy of Sciences, Wuhan 430071, China 2Graduate University of the Chinese Academy of Sciences, Beijing 100049, China

An interesting idea is that the universe could be spontaneously created from nothing, but no rigorous proof has been given. In this paper, we present such a proof based on the analytic solutions of the Wheeler-DeWitt equation (WDWE)… (read more)

Análise sobre o ciclo de vida de uma estrela: Teoria Academica

April 1st, 2020

Obs: artigo não lido no total, fazer uma analise minuciosa para comparar com minha teoria. Notar que isso foi escrito em 1992,

https://super.abril.com.br/tecnologia/um-ciclo-da-vida-e-da-morte-no-ceu/

Um ciclo da vida e da morte no céu

Análise sobre o ciclo de vida de uma estrela.

Por Da Redaçãoaccess_time31 out 2016, 18h36 – Publicado em 31 out 1992, 22h00

Scientists have discovered the origins of the building blocks of life

March 29th, 2020

by Rutgers University – MARCH 16, 2020

https://phys.org/news/2020-03-scientists-blocks-life.html

A fold (shape) that may have been one of the earliest proteins in the evolution of metabolism. Credit: Vikas Nanda/Rutgers University

Beginning of article: “Rutgers researchers have discovered the origins of the protein structures responsible for metabolism.”

End of article: “There is evidence the two folds may have shared a common ancestor and, if true, the ancestor may have been the first metabolic enzyme of life.” 

In other words, despite the bravado of the opening sentence and the headline, it is yet another example of a misleading, overstated, click bait title. These are, unfortunately, too common on “consumer science” sites. The average Joe reads the headline only, and walks away thinking scientists have figured out far more than they actually have. This is one theory; it may have merit, but the article indicates it hasn’t even been tested yet. Right now its status is just “theory du jour.”

Morelli – 17/03/20

There was no origins of life, neither here neither nowhere in this Universe. While the human scientific enterprise will be ruled by this reductionist paradigm we will search what never existed. Which natural forces and/or elements drove molecules to becoming the protein structures responsible for metabolism? Metabolism must be a trait of ” the biological organization of matter into systems” which evolved from ” internal dynamics of non-biological ancestor system”. Which was these non-living systems? The divisionist paradigm has separated Cosmological Evolution (from the Big Bang till 10 billion years) from the Biological Evolution (from 3,5 billion years ago). There is a unique Universal Evolution but they separated it into two blocks without any evolutionary link between them. The created abism between the two blocks generated this word “origins ” as something happening from outside the chain of causes and effects. And the word “life” for separating us from our very real ancestors.

Como a reprodução sexual estava programada numa onda de luz

March 29th, 2020

Até ontem dividíamo-nos nos que acreditam que essa extraordinária engenharia da reprodução sexual tivesse sido criada com magicas por Deus ou que tivesse sido produto da evolução natural atraves da seleção natural. Agora descobrimos que ela não foi criada na materia deste Universo, pois ela está encriptada na formula natural universal para todos os sistemas naturais. Entendemos agora o que modelou a forma do XX para gerar femeas: é o circuito sistêmico com todas as informações do sistema, que é gerado pela contraparte feminina em F1; e o que modelou Y: é a metade das informações do lado esquerdo que expressa o masculino em F4. Como X contem Y tambem, dias doses de Y torna o aspecto macho dominante ao modelar o baby.

Mas descobrimos tambem que a primeira forma dessa formula que surgiu neste nosso mundo foi na forma de onda de luz. Como aquela emitida no instante do Big Bang. Um genoma vindo de fora e de antes do Universo. Vindo do que ou de quem… ainda não sabemos…

Predadores x Presas: Como o Rio Congo separou a genética destes instintos (bonobos e chimpanzes)

March 23rd, 2020

Ver isso em 53:00 no video:

https://www.youtube.com/watch?v=QEd9brax2Hs

Nosso codigo genetico esta mais próximo do dos chimpanzes que dos bonobos. Bonobos são altruístas entre si e não são dados a violências. Chimpanzes são o contrario. Essa diferença foi modelada pelo meio-ambiente. Segundo a formula da Matrix/DNA, a genetica humana dispõe de uma escolha entre os tres instintos: para grande predador ( egoista e mais violento), para medio-predador ( egoista mas com um principio de altruísmo e violento, porem menos) e presa ( egoista mas com um principio de altruísmo e quase destituído de violência). Depende mais do berço em que nasce ( se rico ou pobre), ou seja, do meio-ambiente, e da criação qual será o instinto dominante. Mas estes instintos nos humanos são bem maleáveis, podendo mudarem durante uma vida ( se mudar o ambiente ou as condições de sobrevivência).

Inicio da entropia no sistema-corpo humano

March 23rd, 2020

O sistema imune humano começa a se enfraquecer aos 35 anos de idade

( Informação de um medico especialista em fungus: a causa dos fungos nas unhas não é apenas porque fungos externos se colam aos pes, pois eles fazem isso desde a forma de criança, quando se anda descalço. Acontece que enquanto jovem o sistema de defesa consegue repelir os fundgos que entrarem nas celulas. Quando o sistema enfraquece, os elementos nocivos começam a tomar conts do corpo.

Isto sempre foi um assunto que pensei ao refletir sobre a formula da Matrix/DNA. Todo sistema natural inicia com a sua energia em crescente. Na formula, quando o sistema é fechado, essa energia chega ao pico do crescimento em F4, e a partir daí começa a decair, entrando na fase de retorno decrescente, que é medido pela entropia. No sistema-corpo humano, e considerando o ciclo vital, F4 deve-se atingir com a maturidade sexual, quando todos os genes contendo informações para modelar o corpo ja entraram em ação e fizeram seu trabalho. Digamos então que, em geral, homens e mulheres atingem o pico por cerca dos 18 anos. Mas o corpo humano é um sistema aberto. Este pode adquirir energia do exterior, e esta vai manter o pico sem decair por mais alguns anos. O meu problema era detectar quando começa realmente a entropia. Ficava entre os 40 e 45 anos. Agora a informação de um medico e pesquisador cientista nos provide com a informação de que é aos 35 anos. Ok, mais um aprendizado…

A clivagem mutada do COVID-19 e a estrategia da vacina

March 22nd, 2020

Veja o link para vídeo abaixo e o comentário que postei no Facebook:

Entenda porque quando chegar a vacina contra o coronavirus não vai ser perigosa. Essa vacina não será, como as demais, baseada em substancias contendo o vírus morto ou enfraquecido para o corpo criar anticorpos e eliminar vírus externos. A vacina sera desenhada geneticamente com um código para orientar o corpo a produzir uma anti-proteína capaz de atacar a proteína do vírus que causa a infecção. Esse novo vírus veio com uma mutação numa proteína que se adere facilmente a um receptor na membrana externa da célula humana, permitindo ao vírus invadir a célula pelo processo da clivagem. Como nosso corpo nunca viu essa nova proteína, ele não sabe como e não pode se defender. Mas pode-se produzir artificialmente em laboratorio o código oposto que elimina a proteína do vírus, e através da vacina esse código se insere no N das células obrigando-as a produzir essa anti-proteína virótica. Vamos pensar numa analogia: nosso exercito é atacado por terroristas usando drones teleguiados. A alternativa mais sensata seria imediatamente produzir-mos drones de defesa. Pois estes drones seriam a nova proteína mutada do COVID-19, e a nossa vacina conteria os anti-drones na forma de código genético para uma anti-proteína. Não sabemos se a nova vacina vai produzir efeitos colaterais ( nos testes não aconteceram ainda) mas precisamos entender que daqui para a frente um novo e mortal vírus surgiu no ar, e creio ser mais sensato apostar na vacina. E que Deus e a sabedoria cientifica humana ilumine nossos cientistas, pois nossa Humanidade vai precisar… E essa é mais uma oportunidade para se entender como funciona a evolução por seleção natural. Os vírus ancestrais desse COVID-2, como o SARS e o MERS, que já causaram seus estragos nas pandemias anteriores, estavam sendo dizimados pelas drogas fabricadas contra eles. Então os corpos desses vírus conheceram es tas drogas e trataram de desenvolver alguma defesa contra elas. E conseguiram – com uma nova proteína. Então os novos virus com essa proteína sobreviveram às drogas e se reproduziram em quantidade. Á seleção natural descartou os vírus fracos e selecionou essa nova espécie. Foi uma evolução para os vírus, ao mesmo tempo que uma involução para os humanos. A próxima evolução para os humanos serem selecionados pode vir com o corpo humano produzindo essa nova proteína contida na vacina. Aqueles que ficam dando ouvido a coisas como “não adianta lutar contra o que Deus determinou”, como se um Deus estivesse por traz da mortandade e tortura de humanos- ou que “evolução é uma mentira”, ou ainda que “vacinas causam mais mal que bem”, podem ver amanhã seus filhos chorando o fracasso de seus pais.

https://www.youtube.com/watch?time_continue=94&v=LWWnmlzJZS0&feature=emb_logo