Archive for the ‘Evolution’ Category

Evolution x Intelligent Design controversy: data of pools in USA

Wednesday, October 9th, 2019

xxxxx

https://whyevolutionistrue.wordpress.com/2013/04/25/science-course-at-ball-state-university-sneaks-in-religion/

Mark Joseph
Posted April 25, 2013 at 7:44 pm | Permalink

“You sound as if you would resolve scientific issues in the court of public opinion, but that isn’t the way science works.”

Ah, but the illustrious William Dembski would disagree with you. Here he is babbling in a ludicrous essay entitled “Skepticism’s Prospects for Unseating Intelligent Design” which is chapter 10 in the book of essays “Science and Religion: Are They Compatible?” edited by Paul Kurtz:

“A few years ago skeptic Michael Shermer wrote a book titled Why People Believe Weird Things. Most of the weird things Shermer discusses in that book are definitely on the fringes, like Holocaust denial, alien encounters, and witch crazes–hardly the sort of stuff that’s going to make it into the public school science curriculum. Intelligent design by contrast is becoming thoroughly mainstream and threatening to do just that.
Gallup poll after Gallup poll confirms that about 90 percent of the U.S. population believes that some sort of design is behind the world. Ohio is currently the epicenter of the evolution-intelligent design controversy. Recent polls conducted by the Cleveland Plain Dealer found that 59 percent of Ohioans want both evolution and intelligent design taught in their public schools. Another 8 percent want only intelligent design taught. And another 15 percent do not want the teaching of intelligent design mandated, but do want to allow evidence against evolution to be presented in public schools. You do the arithmetic.”

Why still there are dictators like this video, em Togo? The answer is surprise.

Wednesday, August 28th, 2019

xxxxx

Why the United Nations does not stop these dictators? Because dictators are rich with the predator instinct and all countries are ruled by rich with the predator instinct ( be it communism, capitalism, feudalism, etc.). So, they accept dictatorship as natural. Only those with the prey’s instincts of all countries worry about. But… why not all poor people in the world are joining for fighting dictators? Because the instinct for prey is like predators, extremely selfish, individualist. The unique hope is evolution exorcising humans from these inherited animals instincts. But, evolution works at the astronomic scale of time, so, it will be very slowly…

TED TALKS

https://www.ted.com/talks/farida_nabourema_is_your_country_at_risk_of_becoming_a_dictatorship_here_s_how_to_know

Farida Nabourema

Is your country at risk of becoming a dictatorship? Here’s how to know

Posted Feb 2019

Como ocorre a transformação evolutiva dos sistemas naturais e das especies vivas

Saturday, August 24th, 2019

xxxxx

Pense num tanque ou lago de águas paradas onde cai uma pedra. Olhando desde a margem do lago, portanto de cima da água, você vê a água formando ondas em círculos concêntricos. Imagine que você esta vendo se formar o segundo circulo, no qual você vê como era o Universo a 13 bilhões de anos atras, uma nebulosa de átomos leves, gasosos, e já se formando algumas estrelas de puro gaz. Desse segundo circulo, matéria como poeira e detritos são empurrados para a frente enquanto a terceira onda se forma e quando esta formado o terceiro circulo você vê o Universo como uma aglomerado de galaxias.

Assim funciona o mecanismo natural que transformou um único sistema inicial na origem do Universo em sistemas de átomos, e depois destes sistemas de átomos produziu os sistemas astronômicos, dos quais evoluíram os sistemas biológicos vivos, e destes agora, esta se formando o circulo dos sistemas de consciência pura. A evolução avança através das ondas de complexidade.

Mas como e porque cada novo circulo agrega mais novas informações aos sistemas que vem dos círculos ou ondas anteriores? Porque o Universo tem uma substancia espacial que é formada de uma matéria escura ainda não bem compreendida, que não parece ser formada de átomos e partículas, e no meio, junto com essa matéria escura, existe a onda de luz natural original emitida no momento do Big Bang. Isto significa que alem das ondas dos sistemas, como o resto da água que você vê em volta no lago, existe essa substancia misturada de escuridão e luz. Mas tem um importantíssimo detalhe…

Nos descobrimos ao observar o espectro eletromagnético formado de sete tipos de radiações, cada qual uma cor diferente na mesma sequencia das cores do arco-iris, e cujas radiações são na verdade essa onda de luz original, que ela é como uma coisa viva. A onda de luz universal tem um corpo formado de sete partes funcionais e essa anatomia toda é um sistema completo, funcional, como um ser vivo! Em seguida fomos descobrir que o design desta anatomia da luz é o mesmo design de uma unidade fundamental de informação do nosso DNA…!!!

Em outras palavras, a luz que banha todo o Universo, funciona como o nosso DNA. Como o DNA tem um código encriptado nele contendo todas as informações para construir um corpo humano, a luz universal tem nela encriptado o código para construir um sistema natural universal.

Então na sua embriogênese quando você era apenas um feto, as informações para construir sua forma futura de embrião e ate de criança peralta ou adulto paquerador já estavam ali, `a sua frente, esperando sua vez de entrar na grande obra. O resto da água que circunda em volta da onda que você vê formada pela caída da pedra não tem as informações para construir nada, mas quanto a evolução natural, o espaço a frente de qualquer forma que o sistema esteja, tem as informações que lhe serão agregadas e o transformarão numa nova e mais complexa especie.

Sacou? Não é lindo e gratificante se infiltrar escondido nos labirintos da natureza enquanto ela dorme e não o percebe, e descobrindo seus segredos mais íntimos? isto porque esta Natureza ainda não lhe revelou um mindinho de suas maravilhas, do que ela é capaz de fazer.

Nos, que somos a forma biológica deste sistema universal, estamos no quarto circulo, a quarta onda. Mas a luz completa tem sete ondas, sete camadas de complexidade, como sete são as cores do arco-iris. A diferença entre o que faz uma onda e a sua seguinte é fantástica. Olhe a diferença entre um átomo e uma galaxia, ou a diferença entre uma galaxia e uma célula viva!. Nos estamos na quarta onda. daqui vamos para a quinta. O que sera de nos na quinta? O que esta quarta onda esta ensaiando fazer a partir de nos – um sistema de auto-consciência, sei la de que tipo de substancia! – da para saber que não temos a menor ideia de como seremos na quinta. E depois… ainda vem a sexta, a sétima…

Coitado dos arrogantes que clamam aos quatro ventos que já sabem tudo… Eles sabem que botando fogo na Amazônia, eles e seus herdeiros serão mais ricos e mais felizes no futuro…

… pois eu não sei de nada, e não tenho a minima ideia, man…

Então estou em melhor situação que eles. Cada nova descoberta, cada novo insight da imaginação, como esse agora notando a semelhança entre as ondas na água e as ondas da luz natural… quase divina… nos proporciona uma alegria imensa, a qual nunca sera experimentada por quem já sabe de tudo…

Evolutionary Accelerator : mais um website/movimento social apoiado pela Matrix/DNA

Monday, July 29th, 2019

xxxxx

Evolutionary Accelerator

https://www.evolutionary-accelerator.com/

Evolution science is revealing that humanity has a critical role to play in advancing the evolutionary trajectory of life on Earth.

It reveals that the next great step in the evolutionary trajectory requires humanity to envision and build a cooperative, sustainable and evolvable global society to ensure its continued success and survival.

This platform intends to accelerate the advancement of the evolutionary trajectory. It does so by bringing together people who are developing practical initiatives to advance evolution with others who might be interested in contributing time, skills and other resources to these initiatives.

If you are looking for opportunities to consciously and intentionally contribute to advancing the evolutionary trajectory on Earth, you are in the right place.

People tend to be motivated to advance evolution once they understand the emerging science-based evolutionary worldview and its implications for humanity. This evolutionary worldview is capable of providing meaning and purpose for human existence, both for individuals as well as collectively.

Para micróbios, imagens ofuscadas de nebulosas de gaz da Via Láctea.

Thursday, July 25th, 2019

xxxxx

Avatar

Como um microbio situado numa célula dentro do corpo humano veria as coisas e órgãos longínquos a sua volta: nuvens de átomos aparentemente sem sentido… é como estamos vendo o mundo longínquo a nossa volta. Descobriremos um dia que não são meras formas sem sentido, mas sim, formam sistemas funcionais, quase-vivos? Apenas estamos vendo coisas que refletem luz e vibram apenas numa das sete faixas do espectro da luz e mais algumas nebulosas imagens da dimensão vizinha captadas pelo sensores para Raios-X do Chandra.

Obviamente estas galaxias tem que serem muito mais complexas do que imaginamos, senão não teriam a capacidade de se reproduzirem como as complexas células da vida dentro delas próprias. Foi pensando nisso que iniciei uma investigação própria por um método contrario ao aplicado pelas ciências oficiais: calculando a evolução ao inverso, iniciando pelo que conhecemos existindo aqui e agora e retornando no tempo ate o Big Bang. E sim, tive que recalcular e obter novos modelos teóricos dos sistemas astronômicos e atômicos para se justificarem como inseridos nesse tronco da arvore da evolução universal. E sim, ao contrario de tudo que podia imaginar, meus modelos estão sugerindo que galaxias e átomos possuem uma cobertura de fenômenos biológicos, o que os tornam quase-vivos. Veja no meu avatar como, por exemplo, as diferentes formas dos astros surgem de um único astro, do mesmo processo do ciclo vital que produz as diferentes formas do seu corpo. E entenda porque nossa tecnologia e medicina ainda estão tao atrasadas a ponto de manter 90% da população mundial torturada neste absurdo ciclo da miséria. Veja como a Natureza la fora em estado de ordem resolve as imperfeições do nosso estado de caos.

Quase-órgãos, ancestrais simples de estômagos, figados, corações… conectados metabolicamente por processos mecânicos, isso pode ser o que estão constituindo essas imagens que meus pequeninos olhos atrelados a um pobre e pequenino cérebro dentro de um microbio cósmico podem ver, estarrecidos, incrédulos e maravilhados.

Via Láctea: divulgadas novas imagens da galáxia

From Chandra X-ray Observatory

From Chandra X-ray Observatory

Teoria Darwiniana x Cambrian Explosion

Tuesday, July 23rd, 2019

xxxx

Ha 540 milhões de anos atras apareceram grande quantidade de novas especies sem evidencias de terem vindo pela evolução das especies anteriores. No quadro abaixo se nota a diferença dos dados em fóssil record entre Cambrian e pre-cambrian. Isto esta sendo usado com insistência pelos contra-evolucionistas como “prova” de que evolução não existe. na teoria da Matrix/DNA, no entanto, isto não é problema para manter a teoria de que evolução existe. Senão vejamos:

- A Matrix/DNA sugere o modelo anatômico de LUCA, como building block de sistemas astronômicos;

- A Matrix/DNA sugere um mecanismo entropico pelo qual fragmentos de LUCA – que consistem nos bits-informação do corpo de LUCA – são espalhados no espaço sideral e por vários tempos diferentes:

- A Matrix/DNA, baseada no mecanismo genético, sugere o mecanismo pelo qual estes bits-informação caem nas superfícies de planetas e tentam reconstruir o mais próximo possível o sistema astronômico de onde vieram;

- A Matrix/DNA sugere como a entropia ataca inicialmente a periferia do corpo de LUCA. A partir da periferia vai se desprendendo bits cada vez mais internos ate alcançar o centro nuclear do sistema. isto implica que informações diferentes relacionadas a diferentes estágios da reconstrução de LUCA chegam aos planetas em pacotes em tempos e lugares diferentes.

- Assim a Matrix/DNA sugere todos os passos que seriam suficientes para provocar a explosão cambriana.

- A mesma explicação serve para elucidar as novas especies, como os primatas, que surgiram a 65 milhões de anos com a queda de meteoritos: meteoritos, por estarem no espaço sideral recebem em tempos e lugares diferentes, diferentes informações chegadas a Terra.

Vejamos como argumentam os anti-evolucionistas:

The Cambrian explosion of life has long been a major hurdle for the naturalistic theory. The fossil record shows the first three quarters of the earth’s history to have nothing but very simply structured organisms. Then all of the sudden, 542 million years ago, vast quantities of complex creatures emerged without any of the evolutionary precursors demanded from Darwin’s theory.

In fact Darwin himself was perplexed by this event and in his book stated; “It’s as though they were just planted there without any evolutionary history”. He concluded that the fossil record was incomplete and said “To the question of why we do not find rich fossil deposits belonging to these…periods prior to the Cambrian system, I can give no satisfactory answer”. This fact caused great doubt in Darwin’s mind. He proposed that the fossil evidence was yet to be found and that without it his theory would collapse.

Since publishing his book, “The origin of species”, there have been new discoveries. Advanced life forms from the Cambrian era were discovered all around the world. However the findings only served to refute Darwin’s theory as there was no evolutionary species found for the Cambrian animals.

It is clear that the fossil record does not support Darwin’s theory of a common ancestor but in fact it undoubtedly refutes it. Yet the Cambrian explosion is not even mentioned in many text books and when it is mentioned it is not presented as evidence against Darwin’s theory but instead as an event that requires no further justification.

Similar situations also occur throughout time including the period after the extinction of the dinosaurs 65 million years ago. This is where many modern animals, including primates, appear without any evolutionary evidence.

From observing the fossil data of the pre Cambrian period we should find evidence of evolution and a common ancestor as predicted by Darwin. We find no such evidence therefore, as Darwin himself knew, the theory is falsified. It also fails both criminal and civil legal standards of evidence.

But,… don~t forget that there are evolutionists, and they does not accept any assumption from the arguments above. Only as example, look haow they answer the text above:

BY CARWINIAN’S EVOLUONISTS

I was impressed that you intend to use the ‘highest standard of evidence” in you arguments but you then spoiled it by immediately not using any standards of evidence at all.

Just taking your very first example of “A false representation of an evolutionary tree that would be typically presented as factual to young school kids“ you need to show, ‘with the highest standard of evidence’ where that diagram is used in schools, to whom and when, then show where it is wrong and why any errors might give a fatally false impression to its intended audience. Finally you have to show why it affects the ToE’s validity as settled science.

Maybe when you’ve done that to everyone’s satisfaction, you can move on to your second claim.

Biologia Evolucionária tem alguma aplicação prática na realidade?

Thursday, July 18th, 2019

xxxxx

Esta questão foi levantada no forum Creation v Evolution, e minha resposta postada vai abaixo:

https://www.evcforum.net/dm.php?control=msg&t=19769

Message 1 of 1319 (843755) 
11-20-2018 8:07 AM

I’ve been looking for a practical use in applied science for the information that all life on earth evolved from a microbe that existed billions of years ago, but can’t find any. It seems to me that the whole Universal Common Ancestor thing is completely irrelevant and useless outside the realm of evolutionary theory.

Louis Morelli
Junior Member
 post at 7/18/19

The common ancestor is astronomic, not microscopic.

Well, I have many suggestions for practical medicine and technology based on my models of LUCA. Comparative anatomy between the first living being (a complete and working eukaryotic cell system) and the last most evolved natural system (the building blocks of galaxies) drive us to build a model of the evolutionary link between the two. I got as model a surprising natural system that works like a perfect machine, almost a perpetuum motor. If mimicked technologically and applied here, we can develop a super-technology and fixing several mortal diseases. But,… neither creationists, neither materialists never thought about it, they will not help me applying it. If you want see the face of LUCA see my website.

xxxxx

Other post from mine: (7/19/19)

How is UCA relevant to protein folding?

From Evolutionary Biology theory of UCA, I think their model offers no use. But from Matrix/DNA model of UCA it is relevant to almost everything in technology, medicine, etc. UCA was/is a working system. Any natural system has its parts connected by a circuit, where is running the flow of informations, connecting all parts. Proteins are bits, slices of this circuit. So, if we align all proteins in the right sequence, we have rebuild the whole circuit. And we can replicate a system. And we can change the slices producing diseases, for example.

But UCA is/was more mechanical than biological. Because it is/was the evolutionary link between the last non-biological natural system (described by Newtonian mechanics and not by Biology). UCA became the fundamental unit of information of RNA/DNA because severe mutation due falling in a new environment ( Earth’s surface). Earth is inside UCA, so, it was merely a process of reproduction, or nurturing seeds.

The face of UCA is the face of DNA’s unit of information (two lateral nucleotides with 6 nitrogenous bases), which is also a wonderful working system in itself ( but the Science of Biology does not know it yet). Due Physics having the wrong cosmological model, they does not know everything about astronomic systems, our real parents in the sky, around us, and us inside them.

Now, if you are a theoretical deist, you will say Matrix/DNA is wrong, if you are a theoretical atheist you will say it is wrong. I think that rationally, any believe that separates Universal Evolution into two blocks (cosmological and Biological evolution) without a rational evolutionary link between them is magical thought, so, deism and atheism. I am here advocating a third world view, an agnostic one. I think it is my right to do it also.

ot by Biology). UCA became the fundamental unit of information of RNA/DNA because severe mutation due falling in a new environment ( Earth’s surface). Earth is inside UCA, so, it was merely a process of reproduction, or nurturing seeds.

The face of UCA is the face of DNA’s unit of information (two lateral nucleotides with 6 nitrogenous bases), which is also a wonderful working system in itself ( but the Science of Biology does not know it yet). Due Physics having the wrong cosmological model, they does not know everything about astronomic systems, our real parents in the sky, around us, and us inside them.

Now, if you are a theoretical deist, you will say Matrix/DNA is wrong, if you are a theoretical atheist you will say it is wrong. I think that rationally, any believe that separates Universal Evolution into two blocks (cosmological and Biological evolution) without a rational evolutionary link between them is magical thought, so, deism and atheism. I am here advocating a third world view, an agnostic one. I think it is my right to do it also.

How and why Nature produced wings, arms, legs…?

Monday, July 15th, 2019

xxxxx

Segundo a teoria da Matrix/DNA, os fenômenos naturais aos quais denominamos “membros” ou acessórios dos corpos vivos, foram criados por informações disponíveis existentes na formula universal de todos sistemas naturais. A necessidade pela sobrevivência leva as criaturas a inconscientemente fazerem expressar informações, mecanismos, processos, existentes em sua formula matricial encriptada nas unidades de informações do DNA. Por exemplo, a necessidade de uma célula inicial, esférica, se mover, agarrar alimentos, se defender, disparou o gatilho da formula que colocou a sua disposição seus recursos para serem modelados pela criatura segundo sua melhor forma de adaptação e execução de operações. Os membros por exemplo surgiram inicialmente na forma de simples cílios naquela célula primordial, e a informação para cílios estava armazenada na mesma posição dentro da formula que produziu antes a calda dos cometas, ou seja, em F5 e também na capacidade de emitir jatos de matéria armazenada em F4 e F1. Assim como para a exuberante maquinaria do motor rotativo molecular na sua base existia a informação do mecanismo na posição F1 da formula.

Nenhuma descrição de foto disponível.

 

Conselho de um velho pesquisador aos estudantes (postado no Facebook na pagina da Bio+ em 7/15/19):

“Não adianta muito ser mero buscador e repositório memorizado dos fenômenos observados na natureza aqui e agora. Limitar-se a isso em nada desenvolve a mente, apenas garante uma melhor habilidade no mercado de trabalho. Observe com atenção e reflita sobre o fenômeno. Busque suas causas primeiras, seu significado geral no grande concerto da natureza universal. Como aquelas iniciais forças brutas e elementos simples de 3 bilhões de anos atrás desenvolveram asas para corpos voarem, de onde a Natureza tirou isso?!! Seria alguma força ainda desconhecida que existia dentro das criaturas que tinham a capacidade de modelar a matéria segundo as necessidades de sobrevivência de tais criaturas? Isso veio de dentro para fora ou de fora para dentro? Surgem mil questões aqui que nunca foram explicadas ainda. Habituando-se a ser além de um profissional, um buscador de conhecimentos mais profundos, você pode ser alguém de destaque no assunto da biologia evolutiva e dar grandes contribuições a humanidade. Podes te surpreender onde podes chegar…

 

Herbert Spencer: Pioneiro no séc. XVIII a intuir a Evolução Universal Continua

Thursday, July 11th, 2019

xxxxxx

Na origem de um corpo humano, um princípio muito simples, na forma de um ovulo, uma célula unica… Então as células começam a se multiplicarem, Mas para cada direção em torno da célula inicial vai uma célula diferenciada de todas as outras. Isto espalha a diferenciação, ou diversificação, por todo lado em volta da célula inicial. Nos meses seguintes o corpo ainda não tem vida, as células diferenciadas cada uma constrói um coisa diferente das demais, com uma função especifica. Quando todas terminam suas construções, o corpo adquire vida, como se o corpo fosse ligado numa tomada, mas o que liga, o que da a partida inicial ao corpo é uma especie de gatilho formado por todas as conexões entre as partes, que poe o todo em funcionamento. Diversificação e final integração.

Pensei neste aspecto da embriogênese porque quando obtive a formula da Matrix/DNA, observei que a figura se tratava de varias partes diferenciadas conectadas formando um sistema dinâmico, funcional. Mas na verdade tal sistema nunca existiu, pois o que o forma parte de um único corpo inicial ao qual é aplicado o processo do ciclo vital, e este faz o corpo inicial se mexer desenvolvendo-se, mudando de forma. Se houvesse apenas um corpo-astro inicial fazendo isso não haveria um sistema, pois para cada forma nova é preciso desaparecer a forma anterior, já que que esta se transforma naquela. Então vai estar sempre existindo apenas um forma, uma peça do sistema. O truque da natureza foi aplicar este processo sobre muitos corpos iguais ( creio que a original estrela gasosa), de maneira que no local apareceram todas as formas ao mesmo tempo em grande quantidade. Por motivos de sincronicidade cronológica cada parte se uniu com sua antecessora a esquerda e sua e sua sucessora a direita, perfazendo um sistema. Porem aqui, se o sistema se completasse e entrasse em funcionamento, seria um sistema fechado em si mesmo, um moto continuo. Seria eterno, infinitamente, se não houvesse a entropia. mas apesar de esta configuração celeste reproduzir exatamente o sistema que é uma onda de luz original ( que permaneceu sempre aberta), e apesar de depois se revelar como o building block do DNA, as galaxias não se constituíram desta maneira, sendo que nela, as peças continuam espalhadas sem a eventual convergência para integração.  Talvez, e provavelmente a evolução astronômica se deu como no caso das células biológicas, em duas fases diferentes, a primeira formada por simbiose e as demais seguintes por auto-reprodução.   existe ainda a possibilidade de que todas as galaxias sejam diferenciadas entre si, que se constituam peças de um grande sistema, e o Universo seja uma especie de organismo, um corpo funcional. Isto seria, digamos, um choque fantasmagórico me nossa visão do mundo, mas não acredito nisso porque me parece que a evolução, depois das galaxias seguiu não mais pelo nível astronômico, e sim pelas vias microscópicas biológicas.

Este processo parece estar em todo lugar onde se forma um sistema natural. Inclusive operando a nível psicológico humano, fazendo parte da evolução do conhecimento. A primeira vez que um índio nativo do Amazonas viu um carro chegando, apesar da novidade e curiosidade, parecia algo simples, algo como um jacaré de ferro. Devido seu interesse e curiosidade deixamos o índio entrar no carro e então seus olhos se abriram mais, ao ver a enorme parafernália de instrumentos ele começou a ver que a coisa não era tao simples. E quando abrimos o capo do carro deixando o motor a descoberto então sua mente quase estonteou com a formidável complexidade que ele viu. Mas curioso e dedicado, quando o levamos para o garimpo, ele quis ficar no local da oficina mecânica acompanhando o mecânico e foi aprendendo ate tornar-se ele mesmo um bom mecânico. O processo pelo qual passou seu cérebro naquele acréscimo de conhecimento foi o mesmo na embriogênese do corpo humano: inicial simplicidade, grande complexidade, conhecimento conectando cada parte entre si, integrando o todo, final de um ciclo evolutivo.

Em outro nível mais amplo, esse processo parece se aplicar ao Cosmos também. Um inicio muito simples, homogêneo, se abre para um grande leque de galaxias. Sabemos que no sistemas solar cada astro, cada parte esta perfeitamente encaixada numa grande conexão que faz o sistema todo operar em sincronicidade mecânica. Talvez isto tenha acontecido a nível de Universo, todas as galaxias se interconectaram e o todo funciona mecanicamente. Isto implicaria que todas as galaxias fossem diferenciadas entre si, o que não sabemos, mas sabemos que todos os planetas do sistema solar são diferenciados entre si.

Este processo poderia ser chamado de micro-ciclo das evoluções, e poderíamos vê-lo como ondas concêntricas iguais a que vemos surgindo e crescendo a partir do ponto na água parada de um lago onde caiu uma pedra. Então ele se expande por ondas, e ao enfraquecer e se desfazer uma onda logo inicia outra. As duas fazes nas formações de células e galaxias poderiam ser outra forma de ondas, com uma nova onda mais complexa sucedendo uma primeira onda mais simples. Então a evolução universal seria constituída de micros-ciclos evolucionários, os quais seriam estas ondas. Também podemos vê-lo como parte comum na formação de todo novo sistema natural.

Muito tenho refletido neste processo que surgiu enquanto calculava meus modelos teóricos e agora sou surpreendido ao ver num texto que um famoso filosofo do seculo XVIII, Herbert Spencer, intuiu isso também.

https://en.wikipedia.org/wiki/Herbert_Spencer

Spencer first articulated his evolutionary perspective in his essay, ‘Progress: Its Law and Cause’, published in Chapman’s Westminster Review in 1857, and which later formed the basis of the First Principles of a New System of Philosophy (1862). In it he expounded a theory of evolution which combined insights from Samuel Taylor Coleridge’s essay ‘The Theory of Life’ – itself derivative from Friedrich von Schelling’s Naturphilosophie – with a generalisation of von Baer’s law of embryological development.  Spencer posited that all structures in the universe develop from a simple, undifferentiated, homogeneity to a complex, differentiated, heterogeneity, while being accompanied by a process of greater integration of the differentiated parts. This evolutionary process could be found at work, Spencer believed, throughout the cosmos. It was a universal law, that was applying to the stars and the galaxies as much as to biological organisms, and to human social organisation as much as to the human mind. It differed from other scientific laws only by its greater generality, and the laws of the special sciences could be shown to be illustrations of this principle.

Baseando-se na sua nova teoria mescalda de evolucao cosmologica com eviolucao darwinista Spencer aplicou-a tambem para explicar a evolucao da sociedade humana. Interessante fe esta sua conclusao:

Spencer believed in two kinds of knowledge: knowledge gained by the individual and knowledge gained by the race. Intuition, or knowledge learned unconsciously, was the inherited experience of the race.

Queria ele sugerir que convergência, integração, de todas as mentes de uma generação se reduziriam colapsando-se num unco genoma que seria transmitido nas gerações seguintes? E o efeito disso seriam as espontâneas intuições?

Na questao de analise sociologica e etica moral, Spencer pensou quase tudo igual eu:

For example, aggression was a survival instinct which had been necessary in the primitive conditions of life, but was maladaptive in advanced societies. Because human instincts had a specific location in strands of brain tissue, they were subject to the Lamarckian mechanism of use-inheritance so that gradual modifications could be transmitted to future generations. Over the course of many generations the evolutionary process would ensure that human beings would become less aggressive and increasingly altruistic, leading eventually to a perfect society in which no one would cause another person pain.

Uma das nossas diferenças é que ele acreditou na evolução da sociedade baseada no darwinismo social da época com conceitos como… ” a evolução se dará pelo survival-of-the-fittest”. Ele não notou que entrou em contradição pois se ele acreditou na diminuição da agressividade humana como imperativo para a evolução social, este conceito darwinista implica na sobrevivência do predador, e não existe seleção de predador que não se personaliza como agressor. Na minha teoria, o mais fittest se torna descartado naturalmente como todos os grandes predadores foram descartados. Então acho que eu vejo essa fitness em relação ao coletivo, adaptado ao sistema social, e ele via isso em relação ao individual.

Ainda bem para mim, pois…

Spencer’s last years were characterized by a collapse of his initial optimism, replaced instead by a pessimism regarding the future of mankind.

Eu continuo com o otimismo de que a humanidade vai deixar de existir porque vai se transcender e com isso adquirir nova forma inclusive física ( mais energia e mental que massa). Acho que o pessimismo dele foi causado pelas corriqueiras noticias de barbaridades cometidas por humanos e pelas crescente ondas ou da extrema direita ou da esquerda. Para mim isto são os micro-ciclos que fazem parte de um processo maior na passagem do estado de caos que iniciamos para o estado de ordem para onde nos dirigimos.

 

Life would be the result of chance, by Nature rolling dices? Or not?

Thursday, October 5th, 2017

xxxxx

From the debate at the link:

https://www.youtube.com/watch?v=xyhZcEY5PCQ&lc=z132epexbkupgxdkp23xelpwrzq4gt2sc.1507247448858067

xxxx

GravityBoy72 - 1 year ago

Amino acids…. big deal. You know how astronomically complex a living cell is beyond an amino acid?It’s a full blown FACTORY. How many rolls of the dice do you need before you get a FACTORY capable of identical replication? I don’t see how there has been enough time in the universe for that to happen.I don’t believe in “God” but neither am I convinced by the theory of evolution.I’m more open to “something else” – although I have no idea what that is.

xxxxx

Blacques Jacques - 10/05/2017

GravityBoy72 -  You under estimate how many roll of the dice have already happened . You can’t concieve of thatmuch time

xxxx

Louis Charles Morelli - 10/5/2017

Blacques Jacques – I think this does not works. There is other rational alternative, based on what I can see here and now. The placenta inside the mother’s womb is changing its states (like our external environment) while the DNA inside the fetus is rolling the dices also, but only those results that fits with the placenta’s results are selected. The processes of astronomical and biological evolutions are identical. There is a unique narrow evolutionary direction for boths, that’s why the planet Earth at its 4,345 million years supports biological organisms and millions of existent planets at its 3,5 million years or any other age does not support biological organisms. You could say that the placenta transformations are not indicative that the placenta is rolling dices, there is the difference between opened and closed systems, the Universe is not tunneled to produce life, so, life is an accident, etc. But, we don’t know if this agglomerate of galaxies are not performing the rules like a placenta in relation to life. So, why one plays dice and the other don’t? 

Inside organisms there is a force rolling the dices, called DNA. And DNA has its necessities, so, it discards the results that does not fit with its necessities. Meanwhile, the external environment is rolling the dice also, but the external environment is built by the same force, elevated to “n” potence, which we call “matrix”. It means that the selector agent of two rolling dices selecting results is inside the organism and inside the external environment – the Matrix/DNA. It means a unique narrow evolutionary direction for boths, that’s why the planet Earth at its 4,345 million years supports biological organisms and millions of existent planets at its 3,5 million years or any other age does not support biological organisms.

Maybe you forgot that the dice rolled by Nature has not only six sides, but infinite sides. Take only one natural phenomena – temperature – for instance. You have two extremes ( the most hot and most cold) but mixing them the result is infinite levels of temperature. Now take another natural duality, like the rectilinear movement and the curvilinear movement. For a game of dices being able to produce a complex system like a cell is necessary thousands or millions results performing a logical sequence, like one game give 4.38477563562, a next game give 4.38477563563 and so on, millions of results in the same sequence kept inside a logical evolutionary line. In the way that at the table rolling the dice about temperature must result a number X at the same time when the dice being rolled at the table of movement also give the number X. If it does not happen, their is no catalyse for the other result getting stability. To me, its harder to believe in the dice’s rolls than believe in the Spaghetti Monster.