Archive for the ‘sistema social’ Category

O individualismo moderno x o Principio da Solidariedade Natural

segunda-feira, setembro 10th, 2018

xxxx

Baseado no artigo:

https://www.bonde.com.br/digital-influencers-blog/beirada-niponica/a-chave-liga-desliga-da-solidariedade-384052.html#comentarios

A chave liga-desliga da solidariedade

(ler tambem os comentarios)

Meus comentários enviado ao artigo em Setembro, 10/18 :

Edison,… obrigado pelo texto informativo. Como filósofo naturalista esta é uma informação a ser raciocinada. A primeira lembrança do texto é a frase: “Dividir para reinar”. O estado individualista é produzido pela entidade de um sistema para ela mesma se fortalecer na sua meta ditatorial. Na cosmovisão que elaborei como mais racional (vide meu website), os humanos são 8 bilhões de genes semi-conscientes que carregam em suas cabeças-ovos a construção de cada uma das partes de em embrião de consciência universal – ou ao menos a consciência coletiva deste planeta, como Gaia. Quem não concorda com isso para por aqui, eu vou adiante comparando o quadro descrito em seu texto com o quadro que vemos em embriogênese. Conclusao? O comportamento japonês ( e muitos outros países em igual estado) esta imitando a embriogenese primitiva de animais irracionais, quando deveria buscar o metodo da embriogenese da consciencia. Os genes para animais atuam assim, cada qual cumprindo sua missão sem saber dos outros, quem controla e define o resultado final é a entidade/software do DNA. Nao sei ainda se os genes para consciencias se comportam assim, apenas o que sei da evolução sugere que nunca é certo imitar, manter, e conservar o passado. Mas essa imitação da genética primitiva vem em paralelo ‘a imitação que todos os sistemas sociais humanos criados até agora fizeram do sistema selvagem entre animais irracionais. Na selva ( como nos ares, nos oceanos), o poder e as regras são divididas em três classes sociais, como nas cidades humanas ( grandes predadores, medios predadores e presas). Isso atrasa, atrapalha nossa evolução. Além disso existe um princípio natural fundamental ao qual denomino “princípio da solidariedade”. No início de qualquer nova forma de sistema ( seja do átomo, da galáxia, da célula) surgem dois grupos opostos que se conflitam de onde ou são exterminados ou se fundem obtendo a trascendencia para uma nova forma. De onde extraio meu comportamento preferido: estimular a solidariedade combatendo o individualismo. Acho que os moradores de uma residência deveriam procurar os vizinhos para iniciativas de trabalho como cooperativas de consumo e unidades de produção, autoproteção, influência no sistema social para evitar centralização do poder de sistema, e até mesmo no lazer eles mesmos criarem seus espaços não esperando quem tem como objetivo o interesse pessoal do lucro fazer isso. Algum comentario? Estamos sempre abertos para nos corrigir e aprender com outras mentes. Abracos…

xxxx

Edison, o post da Aline e sua resposta me deram o que pensar na minha cosmovisão, Aline lembrou o gene egoísta e a tendência universal da função feminina nos sistemas naturais. Reparou que o aspecto principal de seu post é relacionado ao sexual? Ela nao correu a outros aspectos, como você (o humanismo) e eu (existencialismo), mas sim focalizada no fenômeno (com quem a/o outra/o dormiu, a que horas chegou, etc.) Provavelmente é uma mulher jovem enfrentando estes problemas agora, e limita as suas reflexões a este aspecto derivativo do sexo). Quando ela resume o relacionamento entre vizinhos a “se meterem para saberem intimidades da vida” ela esquece totalmente o aspecto extrovertido do social, da necessidade de ela mesma criar e desenvolver uma economia e patrimônio social, de atuar para mudar outros contextos sociais irregulares com vítimas, etc. Na fórmula dos sistemas naturais, a função feminina é a força para tornar o sistema fechado em si mesmo, colapsando cada vez mais em direcao ao próprio umbigo até se desfazer como um ponto: a força masculina, oposta, para tornar o sistema aberto, ampliando-se no espaço/tempo sem freios até desintegrar-se. Dois males a serem corrigidos pela inteligencia humana, como sao todos os dualismos opostos universais. Essa introspecção natural desejosa de possuir o paraíso, o maior e melhor castelo possível como rainha, ter seu parceiro submisso ao lado e as crias brincando no pátio, como o próton mais neutron na mansão nuclear e os elétrons rodando na periferia, já foi intuída antes por humanos autores da fábula onde Eva atrai Adão para seu tipo de sistema paradisíaco e daí cai entropicamente na Terra. Ou elas se exorcizam disso, e eles se exorcizam disso, ou nossa evolução vai necessitar nova queda, até aprender que o Universo não aprova esta forma extremamente egoísta e obstaculo ‘a evolucao,  de ser.

Jornal da Teoria do Comportamento Social – Teorias da Mente

segunda-feira, agosto 6th, 2018

xxxxz

Journal for the Theory of Social Behaviour

https://www.researchgate.net/journal/0021-8308_Journal_for_the_Theory_of_Social_Behaviour

Truly interdisciplinary the Journal for the Theory of Social Behaviour publishes original theoretical and methodological articles that examine the links between social structures and human agency embedded in behavioural practices. Journal for the Theory of Social Behaviour is a high quality journal now in its fourth decade. The accessibility of content is an editorial priority and its literate and engaging style is acclaimed by readers world-wide in the fields of psychology sociology and philosophy.

Condenação de Albert Einstein sobre o atual Capitalismo?

sexta-feira, agosto 3rd, 2018

xxxx

Private capital tends to become concentrated in few hands, partly because of competition among the capitalists, and partly because technological development and the increasing division of labor encourage the formation of larger units of production at the expense of the smaller ones.

O capital privado tende a se concentrar em poucas mãos, parte por causa da competição entre os capitalistas, e parte porque o desenvolvimento tecnológico e a crescente divisão do trabalho encoraja a formação de grandes unidades de produção ‘as expensas das menores.

The result of these developments is an oligarchy of private capital the enormous power of which cannot be effectively checked even by a democratically organized political society. This is true
since the members of legislative bodies are selected by political parties, largely financed or otherwise influenced by private capitalists who, for all practical
purposes, separate the electorate from the legislature. The consequence is that the representatives of the people do not in fact sufficiently protect the interests
of the underprivileged sections of the population. Moreover, under existing conditions, private capitalists inevitably control, directly or indirectly, the main sources
of information (press, radio, education). It is thus extremely difficult, and indeed in most cases quite impossible, for the individual citizen to come to objective
conclusions and to make intelligent use of his political rights.

Production is carried on for profit, not for use. There is no provision that all those able and willing to work will always be in a position to find employment;
an “army of unemployed” almost always exists. The worker is constantly in fear of losing his job. Since unemployed and poorly paid workers do not provide a profitable
market, the production of consumers’ goods is restricted, and great hardship is the consequence. Technological progress frequently results in more unemployment rather
than in an easing of the burden of work for all. The profit motive, in conjunction with competition among capitalists, is responsible for an instability in the accumulation
and utilization of capital which leads to increasingly severe depressions. Unlimited competition leads to a huge waste of labor, and to that crippling of the social
consciousness of individuals which I mentioned before.

This crippling of individuals I consider the worst evil of capitalism. Our whole educational system suffers from this evil. An exaggerated competitive attitude is inculcated
into the student, who is trained to worship acquisitive success as a preparation for his future career.
Albert Einstein

Texto obtido em:

https://www.facebook.com/Loako/about?lst=1614614673%3A100002926682583%3A1533321989&section=bio

Minha opinião:

Para mim vejo assim o sistema atual. Porem nada disso se compreende se não tiver em mente a causa primeira desse fenômeno, a qual, penso, são os instintos herdados dos ancestrais animais. Este sistema imita exatamente o sistema de divisão de poderes entre os animais visto na selva, poder dividido entre os grandes predadores, os médios predadores e as presas. Quem não aprova este sistema e tem vontade de muda-lo, não adianta atacar o comportamento final dos personagens, nunca se conseguira muda-los atacando-os. E preciso atacar a causa, os instintos psíquicos e para isto tem-se que estudar o fenômeno para buscar estrategias. Creio que com a evolução o humano tende cada vez mais a se separar do passado animal, porem a Natureza e’ lenta, ela opera numa escala de tempo astronômica, e nos, humanos operamos numa escala muito menor, por isto somos tendentes a desejar e acelerar os acontecimentos da evolução. O meio de acelerar isto e’ sempre mostrar, nas atitudes, o fundo dos instintos animalescos operando, o que faz o agente se sentir mal porque comparado a animal. A busca suprema, a solução, esta na exorcização destes instintos da psique primaria humana.

Predador/presa também produzindo o conflito entre gerações?

domingo, julho 15th, 2018

xxxx

https://educacaoeparticipacao.org.br/tematica/juventude/

Juventude, expressão e participação

Esse novo ( a nova geração) que chega compete, inevitavelmente, com o presente, com as gerações passadas.

Como descreve o sociólogo Pierre Bourdieu (1978), “aquilo que para uma geração 1 foi uma conquista de toda uma vida é dado imediatamente à geração 2. […] a velhice também é um declínio social, uma perda de poder social. Os velhos são contra tudo aquilo que muda, tudo aquilo que move etc. justamente porque eles deixaram o futuro para trás, enquanto jovens se definem como tendo futuro, como definindo o futuro”.

Assim, fica mais fácil entender certas expressões ditas por aqueles que já não são jovens, como “na minha época era diferente”, “o jovem já não é o mesmo” etc. Há uma disputa de poder social: nada é o mesmo porque os adultos já não são mais jovens, já não representam o futuro nem uma esperança de mudança e mostram-se ameaçados pelo novo.

xxxx

Parecer da Matrix/DNA:

Descobrimos – através deste texto – uma nova faceta da questão “predador/presa”. Sobre a divisão de poder nos sistemas sociais. Alem da evidente imagem da divisão entre predadores e presas na selva (leões e ovelhas), que e’ projetada no sistema social (classes A,B e C) existe outro tipo de contorção do processo. E’ uma divisão dentro de uma mesma especie, ditada pela faixa etaria e forma do corpo dos indivíduos. E’ uma divisao entre velhos, jovens e criancas.

Os velhos são contra tudo aquilo que muda, tudo aquilo que move e monstram-se ameaçados pelo novo.  Isto indica a característica do grande predador.

Bem, o certo e’ buscar a raiz, a causa do fenomeno. No ancestral sistema astronomico, o mais novo e menor se transforma no seguinte maior e mais velho, o que significa tambem – invertendo circuito – que o maior e mais velho sempre “engole” o menor e mais novo. Porem na astronomia o sistema e’ abstrato, nao se materializa, mas o ciclo vital da astronomia continua no biologico, os organismos tambem se transformam. E no biologico o papel invertido do predador se materializa, o maior e mais velho realmente engole o menor. Quanto a engolir o mais novo da mesma especie – o que seria canibalismo –  acontece apenas nas especies primitivas, ate os repteis.

Não esta facil elaborar a linha da evolucao aqui e nao tenho tempo agora. Porque em todas as asercoes existem senoes. Por exemplo, talvez tribos primitivas humanas que praticavam o canibalismo…

a velhice também é um declínio social, uma perda de poder social.

Isto denota as funcoes 6 e 7 da formula. Ai fica dificil descruzar o processo predador/presa do processo energia-em-crescimento/entropia. Talvez o emparelhamento de dois aspectos do mesmo mecanismo enfraqueca o mecanismo predador/presa. Por isso os velhos tenderiam a se retirarem de cena, deixando o poder aos jovens? Nao isso não acontece, basta lembrar do Trump, do Temer, com mais de 70 anos teimando em serem presidentes.

Bem, houve aqui a percepcao de que o conflito entre geracoes denota uma divisao do poder social, e precisa ser lembbrado quando se trata desta divisao apenas pela otica predador/presa.

 

 

 

Um metodo pelo qual os predadores evitam mudancas evolutivas: o conservadorismo

quinta-feira, junho 28th, 2018

xx

Para os grandes predadores, como os leões, a pior ameaça e’ aquela que pode mudar alguma coisa no seu reino. Herdando este instinto as aristocracias humanas desenvolvem suas estratégias de domínio. Uma delas e’ impedir que a mente da plebe ou qualquer pessoa fora da aristocracia, ou mesmo dentro da própria aristocracia, mude para melhor devido a evolução. Entao deve-se evitar todos os estimulos a pensamentos em profundidade. A ultrapassada teoria da gravitação universal foi mudada pela teoria relativística do espaço/tempo curvo, mas para entender esta teoria ‘e preciso muito pensamento em profundidade. Então, como bem disse comentadores do Youtube abaixo do vídeo com link:

” Schools are not made to make you clever, but to make you a good copy cat. the grading system benefit not the one who is clever and can express himself in extraordinary ways. but it rather pays off the ones who have no personal opinion and followed the books someone else pointed out for them to be legit. if you manage to have no personal thoughts and you copy paste whatever the book they gave you says, then you get a good grade and you are now considered as a good educated citizen that can fit and benefit the society as it already works.”

Esta resposta veio devido alguem ter feito a seguinte pergunta:

“General Relativity Theory proved that the space/time curvature is the cause of “pull”. So why do schools continue to teach there is a gravitational pull?”

Mas a explicacao ` a controversia e’ esta:

Of, course, the Newton’s gravity is thru. How is gravity fake when all our mechanical applications, like bridges, like cars are actually engineered and calculated around formulas that contain the gravity constant on earth 9.80 m/s^2? Actually go into the equations learn about physics and how it WORKS in real life how it is used and it WORKS. Bridges work, cars work, rocket FUEL works because of gravity etc. So Newton and his mechanics works because they explain how space-curvature (gravity) actually behaves.

The Extraordinary Genius of Albert Einstein – Full Documentary HD

Os efeitos de nos deixar dominar em nossas tribos atuais

quarta-feira, junho 20th, 2018

xxxx

Publicado no Facebook em 20 do 06 de 18:

Em que estou pensando? Ontem fui caminhar na Park Avenue, lado alto de New York (Uptown East Side), porque queria ver com meus próprios olhos o ambiente dos maiores bilionários do mundo e ver se bate com o que esta’ escrito no livro “Primates of Park Avenue”. Exatamente como esta’ no livro, as Queens of the Queen Bees ( as rainhas da rainha da colonia de abelhas) ao caminharem nas ruas de seu ambiente tribal passam como tanques de guerra dando uma mensagem; ” Você é nada, ninguém, saia de meu caminho!”. Hoje fui a outra região ( maioria de pretos e hispanos), tudo diferente, porem,… também é uma tribo fechada em si, difícil se relacionar com eles. E isso me esta’ dando o que pensar…

Hoje, todas as pessoas pertencem ao menos a uma tribo.E’ a tribo dos operários da fabrica, ou a tribo da escola, ou da vizinhança, ou da turma de sair para as festas, etc., cada uma com seu próprio e distinto código. A mente destas pessoas vivem concentradas em : primeiro, seus problemas pessoais e seus pertences, seus egocentrismos; segundo, suas famílias e pertences; terceiro, o ajustamento ao ambiente que vive e sua tribo, como se relacionar e adaptar de forma social nestas clãs. Não sobra nada, nem um tiquinho, de mente para pensar na aldeia global, muito menos para se lembrar que se esta pisando na superfície de um perdido planetinha rodando em volta de uma perdida e velha estrelinha que esta rodando em volta do núcleo de uma insignificante galaxia… Muito menos para pensar no sentido e significado da sua existência e da existência destas pessoas `a volta… como anda e o que esta fazendo o DNA da humanidade em relacao as pessoas que vemos, em relacao a seu comportamento social ou com natureza imediata. Apenas,… creio, dão um salto para fora do umbigo tribal quando em casa `a noite veem algum vídeo, ou noticias da tv. mas isso é sempre virtual, sem consistência mental.

E’ preciso entender que todos os lugares onde se formaram as tribos de hoje foram iniciadas por um grupo de pioneiros que sempre surgem divididos em três instintos: para grandes ou médios predadores ou para presas. Os grandes predadores assumiram de imediato o governo do ambiente e dos outros dois grupos, foram eles que desenharam as cidades, as ruas, as praças, ou seja, eles colocaram cada qual, segundo seu instinto, em seu lugar, para as vantagens e conveniências da classe dominante. Então quando vamos a lugares diferentes da nossa tribo, encontramos os robots nas ruas e lugares públicos, sempre insatisfeitos porque estão forçados a se ajustarem a um desenho de vida que não foi feito por e para eles. e isto significa que todos os ambientes terão que serem deitados abaixo e reconstruir tudo de novo quando a humanidade superar estes instintos herdados dos animais e que resultam nesta divisão de classes imitando a divisão de classes na selva. Em seguida encontramos os mais ocultos predadores, do tipo ” saia do meu caminho, aqui mando eu”) que são também robóticos sem saberem, como se torna robótica e igualmente prisioneira a rainha das abelhas, dirigida pela entidade invisível do sistema que não é humana, mas sim a formula natural para sistemas que veio deste fechado sistema astronomico que nos criou.

Tudo isto torna a vida humana o absurdo dos absurdos, mas, se existe algum Deus, estaria explicado que Ele sabe o que esta’ fazendo, dando corda para quem cometeu um absurdo erro egocêntrico na forma de nosso ancestral não-biológico, pois esta alienação e miserável condição de existência conduz os humanos lentamente a perceberem a sua tendencia egocêntrica absurda e assim aos poucos irem se afastando do gosto ao “grande pecado original”. Lendo-se o livro dos primatas bilionários percebe-se como são prisioneiros realizando auto-sacrifícios apesar da abundancia ao seu dispor…

Sem-tetos: Explicacao da Matrix/DNA sobre suas origens e significado da existencia

domingo, junho 10th, 2018

xxxx

O artigo com link abaixo:

https://noticias.uol.com.br/cotidiano/ultimas-noticias/2018/06/10/sem-teto-com-celular-telefones-e-smartphones-dos-moradores-de-rua.htm?utm_source=chrome&utm_medium=webalert&utm_campaign=noticias

Sem teto, com redes sociais: celular vira ferramenta de inclusão para moradores de rua

Darlan das Neves tem celular pré-pago; acesso à internet é geralmente via Wi-Fi

Darlan das Neves tem celular pré-pago; acesso à internet é geralmente via Wi-Fi … – Veja mais em https://noticias.uol.com.br/

Alem do artigo fornecer nomes de assistentes sociais que conhecem-nos para uma possivel futura acao social, ele me inspirou a buscar no oraculo da Matrix/DNA ( nos seus modelos e formulas) uma explicacao racional para sua existencia, e como resultado vai a analise a seguir:

Louis C. Morelli – The Matrix/DNA:

” Representam a lei natural do principio da entropia que ataca todos os sistemas, inclusive os sistemas familiares e sociais humanos. Quando um sistema tende a se tornar fechado em si mesmo ( como as sociedades humanas dominadas por elementos com instinto a grandes predadores), tem a pretensao de tornarem-se eternos, por isso os “direitistas” sao conservadores ( tentam conservar o seu sistema, que vai contra o evoluir da natureza). Mas o meio ambiente vai mudando porque a natureza se transforma, entao a perturbacao no sistema comeca a fazer com que particulas do fluxo do circuito periferico sistemico saiam do fluxo e podem ser expulsos para fora, mas a quantidade destes “radicais livres” torna-os fora de controle pelos predadores, quando entao as particulas vao no sentido interno rumo ao nucleo do sistema (por isso as metropolis do imperio sao cercadas por favelas, das quais partem o fogo e destruicao de imperios, como o Romano). Assim o aumenta de particulas fora do fluxo normal perturbam as instituicoes do sistema e acaba por impor o caos antes da destruicao total ( no cao humano, a decadencia das civilizacoes anteriores). Existe um metodo para evitar este destino inevitavel aos sistemas fechados: que a sociedade mantenha-se sistema aberto e suas partes mantidas em dignas condicoes iguais. Assim, ao inves de um sistema ser descartado pela Natureza, ele se transforma junto com ela e obtem sua transcendentalidade, transformando-se em nova especie mais complexa. Ja’ cairam 10 civilizacoes por este mesmo motivo, ja’ era tempo dos humanos aprenderem estas leis naturais, mas com esta civilizacao atual estamos seguindo o mesmo nefasto roteiro. Seria necessario que tanto os dominantes se auto-exorcizassem do seu instinto animalesco para grandes predadores dentro da propria especie e o povo dominado se auto-exorcizasse do seu instinto animalesco para presas, inertes, retrogrados, mentalmente preguicosas. Ao sabio, porque aprendeu sobre leis universais como esta, so’ resta ser uma voz denunciando estes instintos mesm que isso lhe traga o odio dos humanos, e incentivando este auto-exorcismo.

Os sem-teto sao “helpless” ou seja, nao podem sair por si mesmos do ciclo da miseria. As particulas radicais livres sao enfraquecidas quando saem do fluxo e nao possuem a forssa para voltar e acompanhar o fluxo. Nao adianta “intervencoes militares” para aniquila-los, pois o sistema tem uma doenca na sua raiz que vai repor e aumentar seu numero. Absurda arrogancia dos predadores acreditarem que podem vencer uma lei natural universal. A unica salvacao seria os predadores decidirem a recuperarem os sem-teto ao sistema fornecendo-lhes a forssa, e isto poderia curar o sistema porque os predadores teriam se sincronizado com o ritmo e proposito natural. Alguns quase-exorcizados, como o Bill Gates, que adquiriu o poder capitalista sem ter o pedigree dos predadores, exercem esta heroica e sabia funcao quando destinam suas fortunas aos programas de recuperacao destas particulas entropicas.

O Poder Oculto dos Grandes Predadores no Controle do Pensamento das Massas

quinta-feira, maio 31st, 2018

xxxx

Leões descansando no alto da colina ou no meio escondidos no meio dos arbustos, depois de um farto repasto, ficam observando as manadas trabalhando disciplinadas, transformando grama em suculenta carne. Os antigos pastores de ovelhas do Oriente ficavam o dia todo sentados na sombra de uma arvore observando as ovelhas e conheciam os movimentos de cada uma. Desde que todos os predadores tem como objetivo supremo a manutenção da ordem em seu território para a máxima produção de suas presas, e desde que eles tem todo o tempo do mundo para planejarem e otimizarem suas estrategias nesse intuito, obviamente, se forem inteligentes como humanos, vão elevar esta capacidade ao nível de arte. Assim, como diz o autor no texto abaixo, ” em quase todos os atos da nossa vida diária, seja na esfera da politica ou dos negócios, em nossa conduta social ou na ética em nossos pensamentos, nos somos dominados por um relativo pequeno numero de pessoas… que entendem o processo mental e os padrões sociais das massas. São eles que puxam os cordões que controlam a mente do publico.”

Vejamos o texto na integra:

In almost every act of our daily lives, whether in the sphere of politics or business, in our social conduct or our ethical thinking, we are dominated by the relatively small number of persons…who understand the mental processes and social patterns of the masses. It is they who pull the wires which control the public mind.

The conscious and intelligent manipulation of the organized habits and opinions of the masses is an important element in democratic society. Those who manipulate this unseen mechanism of society constitute an invisible government which is the true ruling power of our country. …We are governed, our minds are molded, our tastes formed, our ideas suggested, largely by men we have never heard of. This is a logical result of the way in which our democratic society is organized. Vast numbers of human beings must cooperate in this manner if they are to live together as a smoothly functioning society. …In almost every act of our daily lives, whether in the sphere of politics or business, in our social conduct or our ethical thinking, we are dominated by the relatively small number of persons…who understand the mental processes and social patterns of the masses. It is they who pull the wires which control the public mind.

– Bernays, Edward. (1928). “Propaganda”, Ig Publishing, Brooklyn, NY, Sept, 2004, page 37

Texto visto em:

https://www.zerohedge.com/news/2018-03-22/brave-new-world-who-controls-matrix 

Segundo a cosmovisão da Matrix/DNA isto e’ muito mal. Segundo ela somos 8 bilhões de fracões de um grande erro cometido no corpo de um ancestral e ao mesmo tempo somos 8 bilhões de genes semi-conscientes cada qual com uma informação especifica, intransferível e mortalmente necessária, construindo, junto com outros genes espalhados em muitos mundos deste Universo, uma parte do embrião de uma grande consciência cósmica. A ação desta minoria predadora entorpece, inibe a liberdade destes genes fazerem sua missão, ameaçando o grande proposito natural da evolução nesta região do Universo, e com isto conduzindo a humanidade a caminhar em sentido oposto que ao determinado pela Natureza, a qual pode ser indiferente `as especies que se tornam becos sem saída, quando o todo se move na sua direcao universal e atropela, extermina, qualquer obstaculo que tenta detê-la. A culpa maior e’ dos predadores porem as presas tem sua parcela de culpa porque, apesar de entorpecidas pelo controle e propaganda do predador, não utilizam o potencial encriptado em sua psique pela essência consciente que paira no ar, preferindo antes aceitar e tornar sua absurda condição de vida em sua zona de conforto e inercia. Quem escolheu dentre tantas outras, a cosmovisão da Matrix/DNA como a mais racional ( e não acredita nela como a verdade ultima) lutara para encontrar meios que levem tanto predadores como presas a auto-exorcizarem-se destes instintos herdados do corpo do ancestral animal irracional.

Como curiosidade a mais, vou citar um de meus últimos pensamentos. Nunca acreditei que na Terra houve um homem que “era filho de Deus”, ou em si mesmo um Deus, e conclui que o novo testamento era pernicioso `a humanidade porque incentivava a manutenção do instinto de presa nas massas, em oposição ao instinto de predador claramente revelado e enaltecido no velho testamento. Apenas uma frase do novo testamento me levava a alguma admiração por alguma sabedoria nas palavras imputadas a Jesus Cristo, aquela que anunciava a preferencia pela sagrada família universal em contraposição `a malfadada família nuclear em nome da qual tantas mazelas são cometidas. Mas recentemente me peguei pensando como eu atuaria se fosse uma super-inteligencia de outro planeta, e que tivesse a mesma cosmovisão da Matrix/DNA, e que viesse observar a humanidade na Terra, considerando que são genes como eu necessários `a minha causa. Claro, a primeira ideia seria eliminar o poder dos grandes predadores para liberar o caminho `a evolução natural, mas observando a mentalidade das massas isto poderia ser pior, pois ceder-lhes o livre poder inevitavelmente levaria `a destruição da vegetação e uma obesa super-população, alem de que o progresso tecno-cientifico seria inibido. Considerando que eu não poderia ficar na Terra por tao longo tempo aplicando como governo as restrições ao instinto de presa e incentivos `a auto-exorcização, esta hipótese estaria descartada.

Aplicar por força tecnológica uma mutação a nível de genes no DNA para uma abrupta exorcização imposta de fora seria um desastre. Não se pode dar o diploma de medico ou engenheiro gratuitamente ao filho relapso cheio de pecados e vícios, ele nunca seria capaz de atuar no novo nível evolutivo.

Então o que poderia fazer uma maior inteligencia de outro sistema estelar para re-dirigir este caminho nefasto e suicida que a humanidade esta’ trilhando? Claro, uma maior inteligencia veria mais soluções que a minha menor inteligencia, mas, uma solução seria fazer exatamente o que… Jesus Cristo fez!

Eu observava os dois mil anos pós-Cristo, durante os quais sempre houve mantido estes dois instintos, todos os sistemas sociais criados o foram pelos grandes predadores imitando exatamente a divisão de poder na selva entre animais. E concluía que a existência de um homem chamado Cristo que foi de certa forma um filosofo religioso em nada havia alterado a Historia, ou talvez prejudicado ainda mais ao reforçar a aderência ao instinto de presa nas massas.

Mas então observei que a mensagem de Cristo não ficou apenas no nível da classe pobre, ela atingiu e conquistou considerável numero de elementos da classe media, justo aquela faixa humana que tem na genética o instinto de médio predador. O qual, na mais sofisticada sociedade humana, ‘e utilizada como capatazes permitidos para ajudar no controle das presas, em grande numero. Ora, o meio existe num quase insustentável equilíbrio entre os dois opostos, mutações ocorrem mais a miúde, saindo elementos desta faixa ora tendendo a fortalecer a classe dos grandes predadores ora fortalecendo a classe dos pobres. Quase com certeza, todos os classe media alcançados pelo evangelho cristão, tornam-se agentes subversivos dentre a força de capatazes. Que e’ a força principal em que apoia os grandes predadores humanos.

Então a mensagem deixada por jesus Cristo pode de fato se tornar uma brisa suave e lenta, sem nenhuma pressa porque atua na escala do tempo astronomico e não na escala de tempo humana, e atuando no mesmo molde da macroevolução que toma milhões ou bilhões de anos e microevoluções para se sair com uma nova especie, que no fim produzira uma nova especie humana… auto-exorcizada!

Rapaz… eu tenho que aprender a calar minha boca quando precipitados e não refletidos julgamentos me vem a tona. No meu sofrível nível de capacidade cerebral atual, eu teria feito unicamente a unica solução que agora se me apresenta, e esta já foi aplicada por alguém que sempre desprezei. Se Jesus Cristo foi um alienígena de um mundo mais evoluído, sua mensagem tao sutil e tao eficiente nos faz ver que alem do céu e da Terra existem muitas profundidades jamais imagináveis em nossa vã filosofia.

Analizando o Instinto predador no humano (1)

terça-feira, maio 8th, 2018

xxxxx

https://www.youtube.com/watch?v=pOH5SWK6Mcc&feature=youtu.be

No video, no momento aos 31:01′ – vamos tentar analizar um texto de um dos personagens para ver se extraimos alguma aprendizagem dele sobre a vida pratica:

Diz uma proprietária de uma cobertura no Rio de Janeiro, mãe ao lado de seu filho, para o reporter:

  • ” … então morar neste triplex de cobertura e’ um privilegio especial pois além das outras vantagens eu posso ver do mais alto o nascer e o pôr do sol, a maior área do mar e das ilhas…” – diz a mãe. ( Na selva dentre os animais irracionais, as feras grande predadoras tem por instinto apos a colheita de presas feita e o estômago cheio, subirem `a colina de onde podem descansar mas vigiar todo seu território la’ embaixo, os campos verdes onde suas presas trabalham transformando grama em carne suculenta, e de onde ficam ouvindo o uivar dos médios predadores – lobos, coiotes – que rondam além dos limites do território, pois sabem que se atacarem o rebanho as feras os trucidam, e assim servem de capatazes, pois as presas não escapam com medo deles. Para mim cada detalhe da vida e comportamento dos predadores humanos que vivem nestas coberturas, sao identicos aos detalhes apresentados pelas feras irracionais.
  • O filho diz: “… Era o sonho da minha mãe e ela fez por este sonho se tornar realidade. Ela conseguiu se conectar com o magnetismo da vida e aproveitar o que a Natureza oferece. Eu tenho consciência de que o que se aproveita na Natureza – que e’ isso que se faz – a Natureza está disposta a tudo, ela oferece muitas coisas boas e muita gente fica so no sonho, pensando nas consequencias, e no fim não realiza os sonhos, a questão e’ que nem todo mundo tem a sensibilidade para aproveitar o máximo do possível o que a vida nos oferece, a questao e’ de cada um ter a sensibilidade para aproveita-la,…”

Esta e’ uma amostragem de como funciona o instinto do predador irracional transformado na psique humana. Uma primeira nota clara e’ que ele acredita que o sentido da sua vida e’ o de se aproveitar das benesses que a natureza esta lhe oferecendo. Exatamente o que todos os animais irracionais – seja predador ou presa – fazem exclusivamente de sua vida. Os empregados humanos e as presas na selva são ofertas disponíveis na natureza `a sua disposição para serem aproveitados. E uma amostra do que esse estado mental produz de fato está no outro video onde um taxista faz um teste deixando uma nota de R$ 50,00 no banco traseiro: 2 pessoas recolhidas num ambiente de classe media alta como estes edificios de triplex pegaram e levaram o dinheiro silenciosamente, enquanto três pessoas recolhidas em bairros pobres e com aparência de pobres pegaram no dinheiro e entregaram-no ao motorista. Esta ai a questao de se ter a sensibilidade para se aproveitar do que a natureza oferece ou não ter essa sensibilidade.

Mas dizer que a natureza e’ dadivosa e existe para nos servir e’ uma grande alienação da realidade do que e’ a natureza, uma mentira absurda. A primeira condição antes mesmo do humano nascer, para ter direito `a vida, e’ ter que trabalhar com as próprias mãos e tortura e suor do corpo para produzir o que vai consumir. Claro, nada de bom cai do céu de graça e a natureza não nos oferece as coisas prontas, o prato cheio `a mesa, a casa onde morar, o carro para se mover. Tendo isto em mente desde jovem calculei que na vida consumiria cerca de 40 toneladas de alimento, no minimo uma pequena casa, 3.000 kilos de algodao para roupas, etc., e nunca me furtei de trabalhar calejando as mãos para produzir isto mesmo depois de ter diploma universitário ou quando estava com boas economias nos bancos. Eu não posso aceitar que uma jovem ou uma criança de 12 anos deixem de estudar sua lição do dia para fazerem 12 horas de trabalho duro para eu tomar delas a parte maior que consumo e ainda vai pagar minhas extravagâncias. Não posso aceitar que a mãe de duas ou quatro crianças deixe a casa dela para vir esfregar o chão da minha casa e ainda ter  a falta de escrupulo de pagar a ela 10% do valor que eu recebo com minha ocupação no ar condicionado. Não posso aceitar que o pai trabalhador trabalhe três vezes mais que requer a natureza para levar para a casa uma miseria que manterá seus filhos na miséria. Nao sou bactéria parasita ou fera carnivora predadora, tenho o corpo ainda animal mas uma mente que cada vez mais me distancia destes animais e por isso tenho repugnância da dita “esperteza felina” que alguns humanos se gabam sem a qual ninguém se enriquece do trabalho real produtivo,  mais que os vizinhos, pois que todos trabalham. Como estes indivíduos tem a coragem de mentirem escondendo esta espécie de maldição proferida pela natureza contra todo humano antes de nascer e’ coisa que nao consigo digerir. A única solução e’ boicota-los economicamente como sempre procurei fazer: so trabalho para mim, alguém da minha família ou qualquer outro trabalho apenas se for entre sócios. Antes de cair na escravidão prefiro me suicidar me preparando antes para matar tambem. Quem livra a humanidade de uma fera predadora faz um benefício `a humanidade.

Por isso na minha conversa com pobres digo: ” Os que exploram o seu trabalho e invadem todas as terras nao tem o menor escrúpulo em se aproveitar na hora toda oportunidade que a natureza oferece de agarrar o que ‘e bom, o que e’ vantajoso para se ter uma vida boa. Este negocio de ficar se perguntando se fazer isto ou aquilo e’ certo ou errado, e geralmente pensando que tem um Deus invisível assistindo o que você vai fazer so’ existe na cabeça dos pobres. Eu não sei se existe algum tipo de Deus assistindo-nos, mas se você acredita que sim eu pergunto: “Se você faz o que Deus quer e aprova, porque Deus não te protege dos assaltos destes que fazem o que Deus não aprova?” Das duas uma: ou você faz o que eles fazem e dê a sua mulher e filhos uma vida digna de ser vivida e esquece essa metafísica de Deus, ou então esse Deus não aprova que você não está se defendendo dos assaltos.” 

  • ” Uai… mas como vou me defender desses assaltos, como você diz, dos politicos corruptos, dos banqueiros agiotas, dos ladrões dos nossos minérios, etc.?”
  • ” Exato, aí está o que você está fazendo que eu, se fosse Deus não aprovaria: o seu extremo egoísmo que leva a este individualismo que te torna incapaz de chegar aos outros assaltados da sua classe social e se oferecer para ajuda-lo a se defender. Não se esqueça que vocês, da sua classe social, são em muito maior número que os assaltantes, portanto voces tem o poder para se defenderem, Deus, a natureza, ou seja la’ o que for, deu esta dádiva para você, e você não a aceita, não a assume, porque você tem ruindade em si para com seus irmãos de família, de profissão, de classe social. Assim Deus te abandonou e não está te assistindo e por isso nao esta te protegendo.”  

O que ele diz, está certo ou errado? Bem… certo ou errado em relacao a que? Se esta certo ou errado depende dessa questao relativistica.

Pensando nisso, vou tentar identificar ao que de fato ele está se referindo quando expressa sua personalidade. Então vejo dois fatos principais: a natureza e o resto dos seres humanos, que e’ quem ele está falando.

Quanto `a sua definição da relacao natureza/humanos acho que ele esta certo. No principio a natureza neste planeta era muito caótica e estéril (lembre a imagem de outros planetas sem vida), e depois quando ela criou os animais havia um meio-ambiente com alguns poucos locais quase paradisíacos para a existencia deles, e a maioria de locais sofriveis para a vida humana. Não sabemos onde e como a aquela natureza de paisagem esteril e tempestuosa conseguiu que suas forssas e elementos produzissem estes paraisos, a vida com sua enorme diversidade, ao mesmo tempo que produziu seres vivos em ambientes torturantes nos quais estes seres foram torturados e mesmo assim, atuando com um desejo irracional para sobreviver na tortura.

Com isso ja’ vamos percebendo que nao temos o conhecimento do que e’ natureza e como e porque ela fez aqui o que fez. Por exemplo, porque criar a felicidade de um lado e a tortura em outro? Porque ela tem essa dupla face de aplicar o bem ao mesmo tempo e na mesma medida que aplica o mal?

E com isso ja’ percebemos que o “filho” cometeu erros crassos ou omissoes cegas na sua definicao da natureza. Ele apenas mencionou a face natural da alegria que oferta dadivas e omitiu, se cegou, para a outra meia-face que so oferece dores e miseria. Pelo que ele disse, ele cre que a face boa tem um “magnetismo da vida”, e quem se conecta com esse magnetismo e’ agraciado com os privilégios. Claro esta que estamos perante uma criacao imaginaria metafisica, um atestado numa crenca de fe, e nao um ato racional. Ele sera incapaz de mostrar e provar esse “magnetismo da vida”, muito menos explicar de onde viria da natureza esse magnetismo, e seu dizer poderia sugerir que “na outra meia-face da vida, a do “mal”, nao existe esse magnetismo da vida”.

 

O verdadeiro “governo” e’ um “holograma”, abstrato, invisível, emanado da Matrix/DNA

sexta-feira, abril 20th, 2018

xxxx

( Obs: esta tese de que a formula da Matrix/DNA se constitui de fótons e e’ enquanto sistema funcional e’ configurada como um holograma de luz teve inicio na selva a 30 anos atrás. Este meu artigo foi escrito em 20 de abril de 2018  e em 9 de maio de 2018 foi publicado que foi registrado um paper cientifico sobre a descoberta de que hologramas de luz projetados sobre neuronios de ratos podem mudar, controlar, dirigir, os movimentos dos ratos! Acho que nao precisa mais provas para ao menos dizer que este meu artigo escrito antes da descoberta teve poder profético, ou melhor, acertada previsão. A descoberta está no link:

https://singularityhub.com/2018/05/09/holograms-can-now-program-brain-activity-are-fake-experiences-next/?utm_content=bufferbc13f&utm_medium=organicsocial&utm_source=facebook-hub&utm_campaign=buffer

Holograms Can Now Program Brain Activity—Are Fake Experiences Next?

Artigo: O verdadeiro “governo” e’ um “holograma”, abstrato, invisivel, emanado da Matrix/DNA

Eu subo no morro do Corcovado, me coloco ao lado de Jesus Cristo de braços abertos, levanto meus olhos fitando o céu, e abaixo os olhos fitando a sociedade dos humanos do Rio de Janeiro, entre os céus e os solos apinhados de gente, vejo a imagem de um gigantesco holograma pairando no ar, emitindo sinais elétricos como o cérebro emite as sinapses, cada sinapse ligada a um dos humanos abaixo, e assim o holograma governa o sistema social, movendo humanos como marionetes. E’ um copia, expressando apenas o lado negro, a dark matter, da face da Matrix.

Image result for hologramas

Então volto os olhos para a estátua de Jesus Cristo, e penso com meus botões: ” Você deve ser o lado luminoso da face da Matrix, mas você não está aqui, não e’ possível que não estaria lutando contra esta carnificina, você está ausente daqui. Então não terás que reclamar deste povo por estar errando e pecando contra tuas regras, pois estão sob as regras do seu adversário, se e’ que existem dimensões de deuses além da Matrix. Só me resta focalizar o holograma buscando uma maneira de expulsa-lo daqui”

Na selva amazônica, sentado num morrinho, eu estava a observar um daqueles formigueiros gigantes. Entre admirado e confuso, não conseguia entender e nem acreditar no que via. Como aquela biosfera caótica `a minha volta, aquelas imensas arvores rastreadas por baixo por aquele emaranhado confuso de vegetação úmida sobre solo encharcado, foi capaz de produzir dentro de si aquele fenômeno incrível, de corpos materiais formados e deformados movendo-se sem parar, porem, diferente de sua criadora biosfera em caos, movendo-se de forma coordenada, em estado de ordem, como músicos de uma orquestra tocando em obedecimento aos comandos de um maestro?! O que e’ “natureza”, que forças existem invisíveis no meio dessa “natureza”, que produzem tais cenas fantásticas?!

Se eu não ver, não conhecer estas forças será melhor entregar as chuteiras e sair fora do jogo da vida, pois não sei o que fazer com a bola no pé já que não vejo quais adversários a driblar, onde estão as traves do gol. de que adianta viver rolando essa bola para lá e para cá sem um guia inteligente, uma meta racional? Tenho que largar a bola e sair a procurar o que e’ este campo e o que tem de mais nele, ondes estão as traves, etc. Por isso e para isso larguei a civilização la’ fora e vim para a selva onde acredito ainda existem vivas as testemunhas do início desta natureza aqui neste planeta, e estas testemunhas tem que me revelarem o que sabem, nelas estão os mapas com a direcao para o gol.

O que faz com aqueles minúsculos corpos materiais (as formigas), se movam daquela maneira, fazendo as coisas que fazem, se eles não tem cérebro, não tem ouvidos para entender e obedecer comandos de instrutores…? Corpos individualizados, portanto egoístas, com objetivo de obter energia para continuar existindo e massa para crescer em força… de repente resolvem se combinarem, se organizarem de uma forma esquisita nunca visto antes nesta biosfera, e constituírem um sistema de incrível funcionalidade automatizada, incrível inteligência… o que existe dentro deles ou nesta biosfera que atua dentro destes corpos, qual força está dirigindo estes corpos materializados, compostos de matérias vindas das rochas, das águas, dos gazes? Epa…. Epa…. Parece que toquei de leve numa pista para esta força misteriosa: estas rochas, estas águas, estes gazes, já faziam parte de um sistema incrivelmente organizado, funcional, que e’ o chamado sistema solar…

Qual foi a força natural que criou o sistema solar?! E porque não será a mesma força natural que criou o sistema formigueiro?… Parece-me que estou me aproximando do fenômeno misterioso fundamental nesta existência, ao menos estou descobrindo mais evidências de que ele de fato existe e sua figura invisível está começando a revelar alguns de seus contornos. Que tal se eu desenhar o sistema solar numa folha de cartolina e depois desenhar o sistema formigueiro em outra cartolina, por os dois quadros em cima da mesa e ficar olhando fixamente para eles enquanto o cérebro trabalha fazendo perguntas, buscando explicações?  Anatomia comparada sempre foi a alavanca do conhecimento dos filósofos sem instrumentos sofisticados de investigação na busca do conhecimento, ela por exemplo foi a base da nossa ciência médica.

Bem, vamos encurtar este artigo e ir direto aos seus objetivos. Quem não conhece a intrincada rede de funções e produções de um formigueiro deve procurar na Internet pois e’ muito intrigante e interessante, são muitos detalhes que jamais poderíamos ter imaginado. O que quero dizer, sugerir, e’ a teoria elaborada em cima de minhas observações na selva, a de que os corpos das formigas sem cérebro se organizam em sistemas dirigidas por uma força natural invisível, a qual está inserida dentro de cada corpo de cada formiga, modelando o corpo da formiga, ao mesmo tempo que está inserida dentro do corpo da biosfera, do meio-ambiente, modelando o meio ambiente, pela mesma configuração que modela o corpo da formiga. E fui mais longe: ao desenhar no papel o sistema social do formigueiro, coloquei sobre ele outra folha de papel transparente onde está desenhada a formula da Matrix, e constatei que uma e’ projeção exata da outra, ou seja, cada detalhe do sistema formigueiro tem um detalhe correspondente numa das sete funções universais da formula natural para sistemas!

Portanto esta força modela tudo sob um mesmo e único padrão, este padrão e’ um sistema funcional, e portanto, esta força misteriosa e’ uma fórmula universal natural.

Image result for hologramas

Então, entre a biosfera que tem um tamanho gigantesco se compararmos com o tamanho do corpo de uma formiga ( entre esta biosfera gigante e o minusculo formigueiro organizado como um sistema funcional), existe esta fórmula de maneira invisível, imperceptível aos nossos poucos e pobres sensores, o que nos leva a definir sua existência nesta posição intermediária, como um “holograma”. Pelo menos assim podemos avançar por hora nesta investigação, pois se formos procurar uma definição mais exata vamos ficar patinando aqui sem sair do lugar porque não temos mais informações para uma definição mais próxima da verdadeira realidade.

E agora, me afasto das memórias daqueles tempos na selva e volto a me concentrar na civilização humana onde estou. Sentado numa pedra no quintal nesta noite de bonito luar, observo o céu, as estrelas, abaixo o olhar vejo a paisagem ao redor, tentou ver além do que meus olhos alcançam, além da minha cidade, do meu pais, dos oceanos a volta, me pergunto como estão os humanos na Europa, na Asia… e na China que agora está amanhecendo vejo um bilhão de pessoas se dirigindo como gado para as fabricas… e de repente a angústia, a indignação, o desconforto, me assola. Está tudo errado neste sistema social humano, humanos não podem viver como formigas, humanos tem consciência, emoções, sentimentos, necessidades psíquicas, não podem viver como formigas. E quando me baseio na cosmovisão da Matrix/DNA, no que ela está sugerindo como explicação para a existência da humanidade aqui e agora, mas ainda fico indignado: ” Somos 8 bilhões de bits-informação na forma de genes semiconscientes com a missão de construir aqui a parte do corpo da consciência cósmica desta região da galáxia.” Na condição de formigas, estes genes estão interrompidos em sua missão, desviados, e podem por isso serem descartados para sempre. Se os governos humanos, se as elites econômicas, soubessem disso, seriam os primeiros a libertarem seus escravos e investirem todo o possível de suas posses na redenção pela educação e liberdade destes genes. Como não sabem, cavam seu próprio túmulo.

Então porque estão imitando o mesmo sistema das formigas, o qual imita o mesmo sistema solar…?!

Resposta: entre o mundo externo, o grande contexto do Universo, e a sociedade humana, paira o holograma da Matrix/DNA no seu aspecto de lado negro, dominado pela substância universal da dark matter… O lado da LUZ esta’ fraco, como gene recessivo, aqui!!!

Precisamos buscar um método e forças para reverter esta situação, eliminar este aspecto de dominância/recessividade da Matrix, que está, inclusive, dentro de nossa psique. Um dos métodos e’, por exemplo, buscar o auto-exorcismo dos instintos com tendencias a predador ou presa, que e’ um dos efeitos desta dualidade na fórmula.

Então, quando vejo o noticiário, a predominância nos jornais brasileiros do tema sobre a corrupção e o conflito entre direita e esquerda, e os comentários dos leitores embaixo dos noticiários, fico pensando: este povo discutindo detalhes, cada um com uma solução milagrosa, mal sabem que  a força, a causa primeira, a raiz de tudo nesta sua sociedade, está muito alem do que pensam serem causas, vai alem da sua imaginação. Por isso erram tanto nas suas opiniões, mas apenas seguem o curso normal da natureza, já percebido na atividade científica, em que o conhecimento para consertar as imperfeições que nos torturam tem que passar pelo processo do “trial and error”. Infelizmente, os erros dolorosos são o que podem se tornar o levante vitorioso dos corpos minúsculos contra o inimigo oculto. o lado negro da face da Matrix. O qual, ainda não sei porque raios está dominando nosso mundo humano,  a não ser que a versão da História Universal que deduzi nos encalços desta Matrix até o momento inicial do Big Bang, e me deparei com nossos ancestrais elegendo este lado negro da face quando ainda éramos galáxias, esteja de acordo com a verdade. Talvez…

Dirigindo os corpos materiais humanos e mais suas psiques, suas consciências, como um maestro movendo a varinha do comando nas mãos. Eu quero e vou por minhas energias para mudar esta sociedade humana. Então por onde começar? Pelos governos dos países? Ora, eles são feitos e dirigidos pelo “holograma”. Se eu pudesse derrotar e eliminar o governo escravagista da China hoje, o holograma imediatamente colocaria outras pessoas no governo da China para executar as mesmas funções de hoje. Raios… mas não faço a menor ideia de como abordar e atacar para mudar este holograma, mesmo que eu já tenha obtido o retrato de sua face e saber muita coisa sobre ele. A solução e’ que preciso de mais informação sobre este holograma na posição de real governo dirigindo os governos dos países… e por aqui tenho que ficar por enquanto, investigando, pesquisando, buscando com garras, unhas e dentes este famigerado, sanguinário, torturador de bilhões de humanos… e sei que vou morrer sem conseguir pegá-lo e mudá-lo, mas se eu deixar aqui registrado os avanços que vou obtendo nesta missão, e se alguém das minhas futuras gerações ler isto aqui, eles podem dar prosseguimento a esta missão, e assim existe a esperança de que um dia nos vamos conseguir. As formigas pararam no tempo, interromperam sua evolução e tornaram-se becos sem saída apenas aguardando o momento de sua extinção para toda a eternidade, porque deixaram a formula se completar nelas como sistema que vão além de suas individualidades, como uma doutrina quase religiosa a quem obedecem sem qualquer questão, mas humanos ainda não se sujeitaram totalmente e já desmascararam o inimigo, já conhecem o caminho ao gol, conosco vai ser diferente.