Archive for the ‘Matrix/DNA: Divulg. Posts. Mens.’ Category

A Via Láctea é um Ser Vivo? Para Manter Este Planeta Habitável é Preciso Conhece-lo. Participe/Assista Este Debate.

sábado, outubro 26th, 2013

Lancei um novo topico no Forum com link abaixo. Meu “portingles” com erros de concordancia suscita discriminacao nos leitores de lingua inglesa e o tema pe desconfortavel, pois todos ja tem sua visao de mundo e nao aprecia outras, que sempre vao parecer “estranhas”, portanto, criticas venenosas e depreciativas virao em primeiro lugar…  se alguem se aventurar a participar.

PhysForum Science, Physics and Technology Discussion Forums -> Biology, Chemistry, Medicine, Other Sciences -> Biology

http://www.physforum.com/index.php?act=ST&f=27&t=51974

The Milk Way Is A Living Being…?! (A Via Láctea é um Ser Vivo?)

Posted: Today at 12:04 AM – by TheMatrixDNA
” It is possible to mimic the entire process of sexual reproduction having six balls and a vortex floating at interstellar space. And every biological property seen at any living being. At least, it is possible in a theoretical design in paper, you can see it in Internet. 
The odds is that the design fits very well as the building block of galaxies and has the same configuration of the building blocks of DNA. So, there is a new theory suggesting that LUCA, the Last Universal Common Ancestor is at the sky and never was here at Earth, as thought Darwin. And it is LUCA for any kind of “life” that we will find in the Universe. Let’s go to debate our different theories? We can change informations, fixing our mistakes, and learn from each other. unsure.gif “
( Tradução: “É possível imitar o processo completo da reprodução sexual tendo apenas seis bolas e um vórtice pairando no espaço interestelar. E todas as propriedades biológicas vistas nos seres vivos. Ao menos, é possível num modelo teórico desenhado no papel, você pode vê-lo na Internet. 
O estranho é que o modelo cabe muito bem como tijolinho/unidade fundamental das galaxias e tem a mesma configuração do tijolinho/unidade fundamental do DNA ( que é um par lateral de nucleotídeos). Então, existe uma nova teoria sugerindo que LUCA – o Ultimo Ancestral Comum Universal – esta no Cosmos e nunca esteve aqui na Terra, como pensou Darwin. E que ele é LUCA para qualquer forma de vida que encontrar-mos no Universo.  Vamos debater nossas diferentes teorias? Nos podemos trocar informações, corrigir nossos erros, e aprender de cada um. “
Agora é só esperar as pedras e ovos chocos. O maior problema nestas discussões sobre visões particulares do mundo é que muitas pessoas não conseguem se ater aos fatos reais, sobejamente conhecidos e comprovados, sempre se perdendo em seus conceitos interpretativos e crenças enraizadas pelas tradições. Se eu posso ter criado uma nova fantasia sem nexo com a realidade, ao menos não encontrei ninguém ainda que tenha desaprovado essa teoria baseado em fatos reais. O que você acha?
XXXXXXX
Ok. I agree that the title “The Milk Way is a living being?” and the phrase “six balls in interstellar space… sexual reproduction” are weird enough for someone coming to this topic. How could a human modern mind accepting that the whole process of sexual reproduction at biological systems is merely a biological shape of a process that exists in electro-magnetic shape at the world of atoms systems,  and exists in mechanical shape at the building block of astronomical systems? Never, nobody, no human has published such idea. Our culture invented words and concepts that is leading human reasoning far away from the reality of Nature, in such way that the real description of natural phenomena becomes incredibles. One weird word is “life”.  Adding other weird word “origins” to “life” we have “origins of life”. But there is no origins of life, there is no origins of anything, at least inside this Universe. There is evolution from simple to complex, it is very different. Origins leads to magical think because it appeals to supernatural causes, appeals to events outside the long chain of causes and effects that began with the Big Bang, or before that. “Origins o9f life” is a erroneous concept that inhibits the Natural Reason of human heads and installs atheists or deists, magical thinking. For instance, calculating what happens with a nebulae of dust resulted from the death of a stellar system, and drawing the sequence of events, we get a final picture that is exactly equal to the pictures of embryogenesis, in which, first appears the morula, then the blastula, the fetus, embryo and a final human baby. At the space the picture shows a central vortex spinning, surrounded by dusts, which are swallowed into the “black whole”. Calculating the movements and transformations of this dust inside the vortex, we have a body as morula, blastula and as final product, a baby of an astronomical body. Everything mechanical and can be described by Newtonian mechanics. This initial baby falls into space yet surrounded by frozen dust and goes into transformations, becoming planet, pulsar, supernova, red giant and dies, fragmented into dusts. This is a process of life’s cycles, equal this one that produces transformations at human bodies. What is wrong is the current scholar models of astronomy. It is leading us to blindness, we can’t see ours ancestors 10 billion years ago. As result we needed to invent this stupid concept: origins. Inventing magical origins we needed inventing magical gods, magical probabilities, magical time, magical genes, magical evolution, magical natural selection, magical mathematics, magical non-existent formulas, and so on… The real natural chain of events was forgotten.
Ok. My method of investigation was formal logics guided by comparative anatomy between natural systems, 7 years at the heart of Amazon jungle observing connections and structural formation of systems. I am introducing what I got, but, as a naturalist philosopher extremely materialistic, I am skeptical of anything, so, I don’t believe in my results. They are under tests in the last 30 years, tests against facts and facing other kinds of reasoning from other kinds of cultures. I suspect that the suffering at the hells inside the jungle, the malarias several times, the poisons of scorpions and others kinds, maybe has distorted my brain and the results that I got could be totally wrong. But, maybe it is Nature, in its salvage and real state calling us back to her arms. So, bring on facts over the table, only facts, first. NASA images, infrared data, etc. Then let’s go to debate our different interpretations and different methods of connecting those facts. For instance: why do you cal DNA as “the genetic code” when I am seeing merely a big pile of a unique systems derived into millions of different individuals, like Humanity is 7 billions of different individuals derived from a unique structural system?! The word “code” leads to magical thinking (gods or probabilities are able to create message in genetics codes!),  while the word “diversification” keeps the human mind occupied with observable natural phenomena and so, keeps the DNA and genetics under pure natural reasoning.

Matrix/DNA no momento: “Isto não faz sentido e não tem valor”. Veja quais serão os seus próximos momentos.

sexta-feira, outubro 18th, 2013

Tema extraido em:

I09.com 

http://io9.com/5976112/how-19+year+old-activist-zack-kopplin-is-making-life-hell-for-louisianas-creationists

Na secao de comentarios, postado por:

Joz Jonlin

–     1/15/13 3:45pm

Personally, I believe that intelligent design should be taught in the school. I’m not talking about religion. There are legitimate theories out there postulating that we might even be a computer creation, that we’re all just lines of code. That theory is just as valid as the Big Bang theory. Why? Well, because we really don’t know how the universe was created. We have ideas, and we postulate theories, but I’m not sure we will ever be able to prove one way or another how the universe truly came to be. Anyone who tells you otherwise is lying, deluded, or trying to sell you something. So, leave the Intelligent Design law in place and teach all the other creationist views out there.

Oh, you say those other ideas aren’t science? Well, science hasn’t been able to prove how the universe came to be, either, so drop the scientific snobbery and throw out some other ideas.

Remember, when most theories are first thrown out, there is a general process which occurs.

The process of acceptance will pass through the usual four stages:

1. This is worthless nonsense;

2. This is an interesting, but perverse, point of view;

3. This is true, but quite unimportant;

4. I always said so.

Mensagem da Matrix/DNA: Razão da Existência das Estrelas

domingo, outubro 13th, 2013

Mensagem postada em meu Facebook:

Louis Charles Morelli

Estrelas !!! A vida moderna esta cada vez mais nos fazendo abaixar os olhos para o solo e a nossa volta, nesta louca correria trabalhista e consumista. As luzes das cidades e a poluição estão escondendo as figuras das noites estreladas, não vemos mais estrelas cadentes, um panorama totalmente diferente do que se vê aqui da selva amazônica. Mas o toque que produziu o grande avanço e despertar da mente no homo sapiens foi quando o troglodita dominou seu ecossistema e podia se deitar de barriga para cima, obrigado a observar o céu estrelado que brilhava entre as ramagens das arvores. Os mistérios vistos acima obrigaram-nos a refletir na existência, levaram a invenção das religiões, das crenças em atores sobrenaturais, etc.. Abaixando novamente os olhos do céu para a terra é uma ameaça de regressão pairando sobre a juventude moderna. Por outro lado, a cultura moderna ensinada nos currículos escolares diminuem a importância do céu na nossa existência. Separaram a evolução das coisas do céu – cosmológica – da evolução das coisas na Terra – biológica – de maneira que as origens da Vida ficou sem seu suporte no céu e por isso teve que emergir aqui por um quase acaso magico. A Natureza bruta e primitiva aqui da selva esta chorando a perda de suas criaturas humanas e implorando maior respeito aos seus ancestrais celestes. Pois estrelas são nossas ancestrais que cumpriram sua missão na grande senda da evolução, transferiram sua essência na chama da vida para nos, e agora nos espreitam lá de cima esperançosas que demos continuidade a essa evolução para levar sua essência a destinos mais sublimes. Os astrônomos sabem e exclamam que somos feitos do pó de estrelas, mas não sabem que no meio dos destroços dos cadáveres de estrelas estava o programa para a vida, a formula da Matrix/DNA universal, que aqui se recompõe na forma de DNA. A selva me contou isso quando a abraçava chorando juntos a civilização que cada vez mais se distanciava de nos. Mostrando a repetição de um padrão de sistema organizando a aparente caótica biosfera da selva a natureza revelou a Matrix/DNA e com isso redefiniu com emoção o que a fria física define erroneamente nas escolas. Estrelas não são as meras e horríveis fornalhas nucleares cantada pelos físicos e matemáticos. Não! Estrelas são mães atarefadas em alimentarem sua prole de planetas com seu néctar energético, iluminar seus caminhos com sua luz orbital e mantê-los protegidos sob suas aquecidas e aconchegantes asas gravitacionais. Ate as galinhas herdaram este estado das estrelas e demonstram-no da maneira que tratam de seus pintinhos.

Porque Deus faria trilhões de estrelas distantes da Humanidade que nunca as iria alcançar, sendo totalmente inúteis… Porque sem elas não poderíamos existir, elas são a espécie ancestral que se mantem como estrutura para o suporte e evolução dos seus herdeiros, assim como as dimensões microscópicas mantem infinidades de fosseis e bactérias vivas produzindo elementos essenciais a vida dos seres superiores. E elas nos aguardam ainda com tesouros mil, elementos que nos suportarão na nossa grande aventura cósmica. Não meu jovem, não se deixe iludir pelo materialismo que despreza a Natureza que se constitui de nossos avos, tataravós. Nos velhos e nas estrelas estão conhecimento e sabedoria que sem os quais seremos uma manada em debandada sem rumo, sem outro destino senão cair no abismo que caíram as espécies extintas. As estrelas te observam lá de cima esperançosas de que você não vai tornar sua existência em vão, pois você as carrega dentro de si, é sua responsabilidade caminhar e leva-las a um destino sublime.

XXXXXXX

E mais uma Mensagem da Matrix/DNA, postada no meu facebook de hoje:

Meus jovens, não se mirem nos exemplos dos mais de 30, procurem caminhos novos e diferentes, estamos vendo o quanto errado estavam os caminhos dos que hoje envelhecem sem mais oportunidade de retorno. Tenho vizinhos adultos que estão se tornando insuportáveis, invadindo meu espaço a todo momento com seus assuntos que não são meus assuntos e que em nada poderiam melhorar nossa existência, apenas complicam ainda mais. Não é tanto o dinheiro, as posses, os poderes, que trazem a paz no seu amadurecimento, aquele sorriso profundo de ter cumprido sua missão e ainda ter muito a que fazer, mas sim o desenvolvimento intelectual pela busca suprema do conhecimento dos fenômenos reais da Natureza e significados de suas existências.  Não as misticas, os conceitos humanos, as construções culturais baseadas em equivocadas interpretações do mundo real, não o apego exclusivo ao aqui e agora e a dimensão visível e captável ao complexo sensorial que veio dos animais e tornaram os animais os seres mais práticos do mundo, porem, bem o sabemos, bastante estúpidos. Vejo pessoas entrando na velhice, muitas delas ricas a ter onde não saber como por, mas com a a mente, os pensamentos, totalmente desordenados, inquietos, tristes, raivosos e sem nenhum grande ideal a frente, porque escolheram na juventude um ideal muito pequeno – o de ficar rico e consumir com voracidade – e quando o ideal é alcançado… morrem mentalmente enquanto o corpo vai arrastar suas existências sem sentido por mais 30 anos. Escolham um ideal inalcançável, cósmico, como o de tentar entender a existência de tudo o que é material e tentar ver as dimensões ocultas dos fenômenos, algum sinal do espiritual, assim sempre terás pesquisas a fazer, mais e mais a buscar, e isto fornece a energia que possibilita alguma alegria na vida dos mais velhos. Dedique-se mais ao intelecto, desviando algum do tempo que estas dedicando apenas ao físico, não economizem a malhação do exercício cerebral, a cada ano estão sendo publicados 8.000 descobertas cientificas que se relatam a natureza Universal, e cada uma podendo ampliar nossos horizontes, exigindo reflexão…este é o meu conselho…

 

Novas Descobertas sobre sociedade de formigas, mais evidencias para Matrix/DNA e Debate na Wired

terça-feira, julho 9th, 2013

What Do Ants Know That We Don’t?

  • BY DEBORAH GORDON
  • 07.06.13
  • 8:30 AM

http://www.wired.com/opinion/2013/07/what-ants-yes-know-that-we-dont-the-future-of-networking/?cid=9568334

MEUS COMENTARIOS POSTADOS NA WIRED;

TheMatrixDNA • 9 hours ago

Ants are driven automatically by forces coming from LUCA, the Last Universal Common Ancestor. Everything that ants do, the body of LUCA do it since 10 billions years ago. See the picture of LUCA and see the social organization of ants, bees: every mechanism, process, group functions, etc. are the same at the two pictures. Ants are guided by the sum of the forces of their atoms and the environment, both created and ruled by this process of biological reproduction of LUCA at Earth surface. The worst thing is that we see the same social configuration at the utopia Brave New World, ruled by a Big Mother, as happens at LUCA’s body. We are going to be such ants` zombies because LUCA is the most perfect machine, described by Newtonian mechanics. Ants does not know anything else than we know, they are guided like us by an agent that was our ancestor, he surround us, but humanity still did not learn to see it. ( the LUCA~s picture is at my website, only, sorry.)

YOYO • 15 hours ago

Ants are retarded.

I once watched several ants charge about all day on a table a not once did they stumble over the sugar. Their random search pattern was deeply lacking.

TheMatrixDNA  DaYOYO • 10 hours ago

The explanation is that sugar over table is not supposed to exists by the natural forces guiding the bodies of ants. They are guided to find food at the places that it naturally occurs. Remember that ants’ genetics and the natural environment are created by a unique creator – Nature – which created the lines of connections between them. So, ants are retarded, they are merely automaton guided by natural blind forces that composes extraordinary engineered systems.

DaYOYO  to   TheMatrixDNA • 18 hours ago

What would you recommend?

TheMatrixDNA  DaYOYO

DaYoYo: Do you get light without wires between the wall-plug-in and the lamp? A table is an artificial environment, not natural, so, Nature can not applies its forces as usually she (it) does. Same thing will happening with AI (Artificial Intelligence at computers made off non biological substances). I think that the expression “random patterns” is nonsense. If there are patterns, there is no randomness, at least, this is a premise that I obeyed when observing natural dynamics of biological elements. Patterns means  ” under control of some evolutionary lineage”, then, we must looking for the source of control. I recommend the observation of ants at their natural habitat where the invisible cables for connections among atoms, molecules, cells and the surrounding environment are naturally created. But, then, a new world full of unsuspected phenomena will appears for you. As example, think bout this question: Where and how is the connection-link between yours shape as a kid and yours shape as an adult? Which kind of informations has flowing inside this link? Of course, must have a link, it is not really existent but it is known: the process of life’s cycles. It happens that these kind of natural links are about dimension time, which is not visible and not manifested at space dimension. Then, the control driving ants from one step to the next is the system identity that is encrypted inside their DNA and inside the whole biosphere. But you only will easy understand this complex issue seeing the natural Matrix formula. Before that, be advised that this whole thing is merely a theory yet, under testing.

stedge • a day ago 

They would do really well in some professions, I’m thinking cops, stockbrokers, product managers…

TheMatrixDNA  stedge • 20 hours ago

Human professions are systemic functions of a social system that mimics the functionality of natural systems, like atoms, cells, galaxies. Ants do well some professions, inventing them before humans existence, because our ancestor galactic system is composed by parts doing those functions. See the picture of a building block of original galaxies, and see how each non-living element already does those functions. Ants and bees were a successful phenomena of this long process of genetic reproduction of our non-biological ancestors, like galaxies.

Krutawn • 10 hours ago

Someone has spent too much time watching ants.

TheMatrixDNA ( NAO PUBLICADO)

Krutawn:  “Someone has spent too much time watching ants.”

Krutawn, at ants and bees societies lays the most profound secret of Nature, which can be the solution for to save human mind from falling as slave into the horrible destiny that the dark side of Nature is leading us. You are not seeing how ants and bees societies works as perfect machines, like biological living motors. These social systems are reproduction of the system that created biological systems, aka life, here. This creator system is described by Newtonian mechanics because that’s it, a machine. The whole biosphere is going to be the reproduction of this machine, human beings will be merely a central, nuclear, piece of this machine. Somebody already grasped it, like Huxley in The Brave New World, and Orwell with his Big Brother. Look to the kids how they love video games and this kind of mechanical technology. Look at computers. It was not this planet alone that created us because there is no life without sun’s energy, so, it was the solar system and every creature is reproduction of its creator, does not matter if the environment or the substances are different and causes great mutations. Nature has applied a unique formula for organizing inertial mass/matter into systems, but this formula has two faces, two sides. One is about perfect closed system, which is a closed door to evolution, because it becomes an eternal machine, and this side was chosen by astronomical systems, by plants’ cell system, it driven ants and bees into systems, it is the dark side; the other side is towards opened systems, a open door to evolution, chosen by animal cells, it is a rebellion against our natural creator. But we have the dark side encrypted at our DNA, expressed as selfish genes, pulling us towards to build the closed social system. I think that it is not evitable that our body is going to the Brave New World, but if we know who is the Matrix – ant ants societies are good source for this knowledge – we can elude it, keeping our mind free, and our mind free will leads us to outside the body of this creator, by getting the knowledge for spatial travel. I think that Deborah’s job, like of thousands of scientists observing Nature and reavealing its secrets is the most heroic job for human kind. Ants and bees failed eternally under the control of this creator, because they have no intellect, so, it is easy for the forces flowing inside their atoms driven the whole body into the mechanic connections. But we have mind, we can be great than the forces inside us and modelling this biosphere escaping out of this horrible destiny, if more scientists do these jobs.

 

– – – – – – – –

ANALISE DO ARTIGO:

Ever notice how ant colonies so successfully explore and exploit resources in the world … to find food at 4th of July picnics, for example? You may find it annoying. But as an ecologist who studies ants and collective behavior, I think it’s intriguing — especially the fact that it’s all done without any central control.
Minha resposta postada no artigo:
TheMatrixDNA • 17 minutes ago
Deborah, you could making your life easiest if you spent a few minutes listen to me. I did what you can’t do: living about seven years isolated at Amazon jungle studying the whole picture, this biosphere and the surrounding astronomic system. As an ecologist studying collective behavior of biological systems like ants we need trying to understand the ancestor system that created biological life, and it was this whole galaxy, the Milk Way. Natural systems are made of by a natural universal formula (see the formula at my website, called “The Matrix/DNA”)  and collective behavior is result of actions from this formula organizing elements into a new shape of system. This formula is seen at the fundamental unit of information in DNA, a horizontal base-pair of nucleotides, and it is seen as the building blocks of galaxies, but we go further seeing it building the atoms systems, and furthest, we see it as any natural light wave. We see the forces, the mechanisms and process that ants applies as brute natural forces flowing inside the formula. You belief that “ants do it without any central control”, because you are not seeing the source of this control, it is inside the ants genetics and it is modelling the biosphere surrounding the ants. Ants has no brain or intelligence for inventing something new, neither complex mechanisms for social organization, they are automatons driven by the forces inside their bodies which becomes their instincts. If this theoretical formula is wrong ( I am testing it just now), at least you will discover news about natural systems never seen before, you will not losing your time and I am sure, you will boost yours understanding about collective behavior, helping my own research as feed-back.
– – – – – – –
WIRED/Deborah: What’s especially remarkable: the close parallels between ant colonies’ networks and human-engineered ones. One example is “Anternet”, where we, a group of researchers at Stanford, found that the algorithm desert ants use to regulate foraging is like the Traffic Control Protocol (TCP) [updated with correct spelling] used to regulate data traffic on the internet. Both ant and human networks use positive feedback: either from acknowledgements that trigger the transmission of the next data packet, or from food-laden returning foragers that trigger the exit of another outgoing forager. 
Matrix/DNA:
 networks
Deborah: Both ant and human networks use positive feedback
But… yours own body uses the same positive feedback, same algorithm, as do it the organelles inside cells systems, particles inside atoms – and astronomical bodies inside galaxies… This network, be it applied by ants or by human-engineered ones is used by Nature since the Big Bang and the force behind it is called ” the process of life’s cycles”. When a human body is a kid at 07’s,  his/her DNA has informations that triggers the transmission of the next data packet, which is the same body as a teenager shape, at 14’s.  But… the teenage shape is brought by returning adults shapes of a precursor cycle, the parents life cycle. It is clear when you see the natural formula for systems. I have a question for you: how dispersed molecules/organelles, like mitochondria, ribosomes, lysosomes, etc, were joined into the cell’s system? The best theory today is Margullis symbiotic theory. But… which are the informations flowing inside the channel that works like a link among ribossomes to mitchondrias to lysossomes? Answer: the force or process called “life cycle”. All these organelles are different shapes of a unique system under a unique life’s cycle. Ribossomes makes the same function that matured sexual young do in relation to a human life cycle, and after that, the function that they do in relation to the human family system (you can ask me this). At Matrix/DNA formula you see the same differentiation of shapes of a unique body creating the seven kind of astronomical bodies, from pulsars to stars to planets, etc. These networks were not invented by ants neither human beings, Nature did it 13, 7 billions years ago when joining ghosts vortexes into quarks, leptons, and after that when joining quarks into protons, neutrons, etc…. and maybe before the Big Bang… Now we are discovering that there is another deep force behind the process of life`s cycles: teh different shapes of frequencies that composes a natural light wave. Resuming: the first phenomena, or first cause, behind these networks… is natural light. Ok, we can debate each issue I wrote here if you keeps yourself talking only about facts, known natural phenomena, not other theories.
– – – – – – – – 
Deborah: ” Restraint therefore emerges as the best strategy at the colony level. Long-lived colonies in the desert regulate their behavior not to maximize or optimize food intake, but instead to keep going without wasting resources.
Matrix/DNA:
Deborah: ” Restraint therefore emerges as the best strategy at the colony level.
Ants colonies does not regulate their behavior by themselves. There is no ants strategy, ants have no brain, no intelligence for calculating the stock of resources and which quantities can be wasted, because ants and their colonies does not know about future. It is all about the ability of natural systems balancing automatically the input and output like keeping a thermodynamic equilibrium.  The self-control can be seeing at Matrix/DNA formula for natural systems, it is very difficult to explain with words, but we can grasp the systemic dynamics with our intelligence. It is the identity of the whole ant social system plus the identity of the external systemic environment that works automatically to fit the future, because the circuit of informations of these systems is the same circuit of any life cycle, where past, present and future are encrypted into a unique code, like DNA. The circuit keeps the balance between the input and output of resources like the force of life cycle leads a kid’s body (the input) with the right quantity of resources towards the needs of a teenager’s body (the output) automatically. There is nothing seeing the future, there is nothing doing strategies about the future, because the past and the future are always encrypted with the present into a unique internal circuit of informations.  For a better understanding we need know the process by which matter is organized into functional working systems. First there is a unique shape of several bodies containing the same kind of matter( adult ants in the desert or stars in the sky). Then Nature inserts the force of life cycle, making several different dispersed shapes of a unique species.  Then, Nature take each one of these shapes and connects then in the same sequence of life cycle. Finally you have a working system. The flow of a life cycle becomes the systemic internal circuit connecting its parts. This was the method used for creating the first atoms from particles, the first galaxy from astronomical bodies, the first cell system from dispersed organelles, the ants social system, the human ideal family and now, the human social systems. But… neither Nature has strategies about the future, Nature does nothing, Nature does not insert an invisible force called life cycle. It is all about natural light, waves of light, which has the different frequencies of a life cycle course, invading inertial matter, as explained by Matrix/DNA Theory.
( Interrompido aqui a analise do artigo, para voltar mais tarde)  

 

 

Esteja Alerta Praticando o Caminho da Sua Transcendência Antes Que o Sol Resolva Fazer Seu Churrasco na Terra!

sexta-feira, maio 24th, 2013

A mensagem abaixo é muito oportuna. “Nos vivemos numa cultura onde pessoas são mais ofendidas por palavras de blasfêmia e sinais como o meio dedo levantado ereto, do que sao pela fome, escravidão, guerras e destruição”.

Isso é evidencia da tremenda perda de sensibilidade, racionalidade, alienação da conjuntura, colapso do ser ao ponto do próprio umbigo, um retorno ao passado ancestral animalesco. Neste final de semana estamos revisando os vários sinais captados pelas Ciências e intuições validas do que é realmente a “Auto-Consciência”, ou seja, o “Eu”,que  realmente existe e interessa aos inteligentes enquanto não é da preocupação dos animais. Sao tantas as evidencias (veja meu artigo desta madrugada onde a cosmovisão da Matrix/DNA nos levou a conectar as informações dos quatro cantos do mundo num quadro final sugerindo uma surpreendente definição do que é nossa auto-consciência, o que e quem somos nos). Ao mesmo tempo existe uma atmosfera no ar nos enviando uma especie de mensagem, para que nos apressemos, que mudemos o modo de ser, que criemos forcas internas e resistimos ao bombardeio dos apelos consumistas, pois vamos a qualquer momento necessitar de mais complexidades que todos humanos e outros seres vivos aqui possuem agora, sejam novos instrumentos biológicos agregados no nosso corpo e/ou equipamentos que nos possibilitem sair deste planeta e ter moradas em outros mundos. A Terra esta se mexendo, são furacões, terremotos, climas confusos, mudanças do eixo magnético  mas também meteoritos e emissões fortes de radiação solar indicam que as mudanças são a nível de sistemas astronômicos  Ou seja, a Natureza que sempre veio mexendo, avançando  parece estar com pressa e nisso ela pode atropelar e passar por cima de quem ficar parado.

Especialmente o povo brasileiro tem estado muito preguiçoso e apático  intelectualmente, quando comparamos o nível e atividade mental entre as nações  Atraídos pela forte libido tropical que é levianamente explorada pelos predadores, entre os quais se incluem os próprios átomos do nosso corpo quando teimam em manter um inerte equilíbrio termodinâmico, não resistem ao hipnotizante efeito das telinhas, dos sons eletrônicos  e da libido cantada em versos  e lirica compactadas em CD’s. Esta mente entorpecida e algemada dentro da cela escura craniana esta sendo impedida de crescer para ser capaz de se adaptar e vencer as novidades que estão vindo com a Natureza que avança  Pois este crescimento precisa de alimentos, e alimento para a mente abstrata são informações na forma de símbolos e imagens abstraídos dos reais aspectos da própria Natureza. O estomago herdado dos animais se alimenta de comida orgânica,  a mente que não veio dos animais também tem sua necessidade de alimento para crescer e se manter, mas é alimento na sua mesma dimensão, ou seja, símbolos abstratos de informações do mundo externo.   Buscando, lendo o que outros encontraram, observando concentradamente  a real Natureza, é o alimento que nos mantem ligados a nossa natureza e nos mantem em sintonia com seu ritmo de mudanças.  Devido este atraso intelectual em relação aos povos de países mais desenvolvidos, o brasileiro que se conscientiza desse mal estado de seu pais e quer se salvar tem que acompanhar ( e a Internet torna isso possível  a aquisição destas informações por aqueles povos e infelizmente, tem que estudar o idioma que esta sendo a base da linguagem universal, o inglês  Por exemplo esta se tornando best-seller um livro enquanto seus videos se tornam viral, que parece ser uma tremenda mensagem enviada pelos deuses em nossa ajuda agora. Trata-se do livro “My Stroke of Insight”, ( algo como “Meu Coma Iluminado”) da neurologista e PH.D Jill Bolte Taylor ( melhor vídeo foi uma palestra no TEDx, no link   http://www.youtube.com/watch?v=UyyjU8fzEYU, mas é preciso ver a serie de entrevidas no programa da   Oprah, com o titulo  Jill Bolte Taylor with Oprah 1 of 12, link http://www.youtube.com/watch?v=tiHRPmxAQSg.

A mensagem bombástica desta mulher é salpicada de eventos tao emocionantes que levam os leitores/ouvintes as lagrimas ( como aconteceu com Oprah varias vezes na entrevista) ao mesmo tempo que proporciona momentos de euforia por nos assegurar que somos algo muito mais superior do que os 500 anos de reducionismo cientifico controlado pela expressão dominante do esquerdo, tem nos feito acreditar, primeiro retirando nosso planeta do centro do Universo, depois reduzindo nossa psique a besta-fera freudiana, depois expulsando Deus e nossa alma para o reino do Nada, e agora tiram inclusive nosso universo da significância de existência ao propagandearem que ele nada mais é que um perdido numa imensidão de multi universos… Neste final de semana façamos um esforço para resistir a telinha e ao consumismo nos barzinhos caça-niqueis e plenos de comentários consumistas inúteis  assistimos estes videos, lemos o artigo que escrevi aqui ontem (  A Formula da Matrix/DNA Explicou o  Maior Segredo de Todos os Tempos: Auto-Consciência!!! )

Como Jill Bolte relata, fomos feito para viver-mos divididos entre o ser aqui e agora no mundo da dimensão material e o ser total e infinito na dimensão da auto-consciência cósmica. Uma personalidade é executada pelo hemisfério esquerdo do cérebro que funciona linearmente, em serie, causas e efeitos e causas…, enquanto a outra personalidade deveria estar sendo executada pelo hemisfério direito, que funciona em paralelo com sobreposição das coisas numa só totalidade, “the great picture”, mas por algum motivo o esquerdo se pós como dominante, apenas ele esta se expressando, e isso nos vai fazer perdera corrida para a Natureza. Sei que já andamos pressionados, estressados, pelas necessidades materiais que crescem a cada dia e exigem que trabalhemos e nos concentremos em produzir e resolver para atender estas necessidades, e fazer pausas nessa correria para atender a teoria de que uma metade do nosso cérebro esta paralisada e devemos buscar informação sobre isso, principalmente sendo informados que o mundo dessa metade não é o mundo que esta nos empurrando e exigindo cumprimento de obrigações  chega a ser temerário.  Mas por outro lado é preciso de alguma maneira furtar uma fatia de tempo que deveria ser nosso mas esta sendo devorado pela maquina vampiresca, sair da estrada e do meio essa louca manada desembestada, sentar embaixo de uma arvore, respirar e sentir o mundo, e tentar recobrar o sentido do que somos agora no mundo. Mas não se pensa no mundo compreendido pela nossa casa, família  trabalho, cidade, pais… e sim no mundo com bilhões de galaxias, trilhões de planetas, nosso sol e este planeta a sua volta, a visão da Terra a distancia, a aproximação do ponto onde esta a sua arvore e seu corpo justo aqui e agora. Sair fora dessa boiada desembestada é fazer algo como a mulher da figura abaixo:

Deixe a manada se distanciar, ela é o ponteiro dos segundos num relógio que funciona perfeitamente e eternamente denominado galaxia, sistema solar, esta claro que o ponteiro dos segundos esta fora da sintonia com os ponteiros dos minutos, das horas, dos seculos,algo esta errado nessa manada, ela esta se tornando demasiada obesa em corpo e posses, é preferível consumir menos, permanecer mais magros, o que exige menas escravidão a maquina, e mais tempo livre para você  para cuidares de você  pois parece que ninguém mais esta fazendo isto por ti. Exija o final de semana de volta para você, para conversares com teu Eu, cuja metade esta sendo vampirizada pelos predadores.

Quem esta lhe dizendo isso são outras presas como tu, mas que acreditam que deve haver um meio, uma oportunidade, para escapar-mos rumo a um estado de vida melhor. Enquanto as ovelhas passam a vida na campina trabalhando ao transformar a relva em seus corpos, os leões dormem preguiçosamente no meio das arvores no alto da campina, e quando sentem fome acordam e descem para buscar seu alimento, os corpos das ovelhas. Tem que haver um meio das ovelhas reunidas acabar com isso, pois qual o sentido nesta vida… Minha sugestão e que enquanto os leões dormem, as ovelhas parem de produzir, subam procurando uma colina mais alta que a dos leões e tentem ter uma visão de todos os horizontes longínquos  A solução tem vir assim de fora para dentro do rebanho, ela nunca vai surgir dentro do rebanho. Esta subida ao topo da colina para ver a conjuntura nos foi ensinada por Jill Bolte, que viu ” the great picture”, e ao vê la, lutou contra a própria morte no leito hospitalar, pois ela precisava retornar com vida no meu de seu povo amado e gritar-lhes nos ouvidos que existe sim, um método  uma técnica e o verdadeiro mundo na dimensão que merece com dignidade o seu verdadeiro “Eu”. Vamos juntos neste final de semana nos sentar no topo da montanha, nos novos ares vamos forcar a ressurreição do direito, temos que acreditar que ali esta a nossa salvação  Ao diabo as palavras raivosas dos que nos cercam, os seus dedos apontando-nos como culpados, eles também são vitimas, não sabem o que fazem, temos que lidar com os problemas reais, globais, que enfraquecem nosso rebanho, como nos querem sempre divididos e fracos, os leões.

 

 

Armadilhas no Darwinismo e Efeitos na Juventude

quinta-feira, maio 16th, 2013

http://www.jornaisdehoje.com.br/

Folha de Sao Paulo – QUINTA-FEIRA, 16 DE MAIO DE 2013 16H26

Blog – Darwin e Deus

Há grandeza nesta visão da vida”

Notas:

– já que estamos na temporada das frases inspiradoras

– Assim, da guerra da natureza, da carestia e da morte, o objeto mais elevado que podemos conceber, ou seja, os animais superiores, diretamente deriva. Há grandeza nessa visão da vida, com seus vários poderes, tendo sido originalmente bafejados em umas poucas formas ou em uma só; e que, enquanto este planeta se manteve a circular de acordo com a lei fixa da gravidade, de tão simples começo infinitas formas belíssimas e mirabilíssimas evoluíram e estão evoluindo.”

Comentario enviado ao artigo:

O autor sente-se inspirado por esta frase de Darwin a se regozijar que ha grandeza na sua visão da vida. Nada tenho contra que o autor expresse sua visão do mundo e seu estado de espirito, mesmo que pareca-me arrogância  pois o discurso é livre.  Porem, aqui esta claro que ele deseja influenciar outros (como diz: “para tentar dar ao gentil leitor alguma ideia”), e talvez ate mesmo “impor” sua visão de mundo, como fazem muitos professores darwinistas com os alunos quando diz “pra derrubar a versão simplificada dela que a gente aprende no colegial”, pois essa visão de mundo também tenta derrubar a visão que a maioria dos alunos trouxe da família  a criacionista religiosa.

Eu não vejo grandeza nesta visão  e também sou livre para discursar. Primeiro porque Darwin fixa a meia-face caótica da Natureza (da guerra da natureza) como ponto de partida das leis, dos vários poderes. Mas a natureza possui sua outra meia-face, a da ordem, basta ver como se comportam os astros no firmamento, a incrível e regulada mecânica newtoniana do sistema solar. Ele diz que ” os poderes foram bafejados em umas poucas formas…”. Mas ele se contradiz ao realçar “este planeta a circular com a lei fixa da gravidade”. Pois isto não casa com a guerra da natureza. Como o estado de ordem bafejou o estado de guerra, o caos?

Durante dois mil anos alguns homens limitados a um pequeno espaço físico tiveram a ideia de Deus para explicar as coisas. Então Darwin ampliou o espaço e pode ver uma nova dimensão dos fenômenos  surgindo com a ideia de evolução  Mas tanto Deus Bíblico como Evolução Darwinista são objetos conceituais, impalpáveis  invisíveis  Quem pode garantir que nos próximos dois mil anos, a ampliação do espaço humano para o Cosmos, não descobrira uma nova dimensão, e imaginara uma terceira ideia?

Eu também fiquei sete anos na selva observando sistemas naturais e tive uma ideia de algo invisível que explica-me tudo: a Matriz/DNA Universal dos Sistemas Naturais e Ciclos Vitais. O DNA seria a mera formula biológica de algo muito mais amplo, uma formula universal que a natureza aplica para organizar matéria em sistemas naturais. E ela explica como e onde estavam as forças no estado de ordem astronômico que atuaram produzindo o estado caótico da biosfera. Mas essa visão estará sob teste nos próximos dois mil anos antes que eu acredite que o pequenino cérebro humano surgido ainda ontem neste planetinha perdido na imensidão cósmica seja capaz de mentalizar a imagem correta do verdadeiro criador, ainda invisível e impalpável  E muito menos tentarei influenciar mentes de jovens que ainda não tiveram tempo de pensar o mundo por si próprios  Mas estou disponível para o autor me convencer que ele faz o melhor com estes artigos.

 

Hino de Louvor a Mãe Terra no seu Dia! – Pela Matrix/DNA

domingo, maio 12th, 2013
Tributo de Todos os Seres Vivos e da  Matrix/DNA

Tributo de Todos os Seres Vivos e da Matrix/DNA

 

Ninguem se liga nisso, mas essa é nossa mãe de verdade, genética mesmo, quando nos lembramos que todos os seres vivos da Terra são irmãos porque vieram da mesma e unica mãe. Foram as forças e elementos da Mãe Terra que gerou a Vida aqui, até prova ao contrario (com teste não de DNA mas de Matrix/DNA). A mando de Deus ou não, mas junto com o pai Sol que enviou suas informações semi-genéticas, essa ancestralidade me fez descobrir agora que literalmente falando, todos os seres vivos da Terra são irmãos. Ate o lírio do campo, a samambaia do jardim, a mosca na nossa sopa, a baratinha Marylin que não sai daqui da minha mesa e é minha sócia no meu cafe… todos tem no fundo o DNA que revela essa irmandade.  Que me desculpe minha mãe diretamente genética por eu partilhar o seu dia de hoje com a outra mãe, mas tenho certeza que se tu lembrares disso te uniras comigo nesse… UM BLINDE A MÃE TERRA! E fique sossegada que não deixaremos ninguém destruí-la estaremos aqui para defende-la sempre! Neste momento me ajoelho e beijo-a em nome de todos meus irmãos…

Cientistas Brasileiros na Academia de Ciências dos Estados Unidos

sexta-feira, maio 10th, 2013

Acadêmicos brasileiros eleitos para a NAS-USA – Academia de Ciencias dos Estados Unidos

Academia Brasileira de Ciencias

http://www.abc.org.br/article.php3?id_article=2680

2/05/2013

 Registrado aqui para sondar/procurar contacto com cientistas:

A Academia Nacional de Ciências dos Estados Unidos (NAS) anunciou a eleição de seus novos membros e associados estrangeiros, oriundos de 14 países. Dentre estes, estão os Acadêmicos Ruth Nussenzweig, eleita como membro, e Vanderlei Bagnato, eleito como associado estrangeiro.

O seleto grupo de sete cientistas brasileiros já eleitos como associados estrangeiros da National Academy of Sciences inclui os Acadêmicos Aloisio Araujo (IMPA/FGV), Francisco Mauro Salzano(UFRGS), Iván A. Izquierdo (PUC-RS), Jacob Palis (IMPA), Luiz Davidovich (UFRJ), Sérgio Henrique Ferreira (USP) e Warwick E. Kerr (UFU).
Os pesquisadores são escolhidos em reconhecimento a sua destacada e contínua dedicação à pesquisa original.  Com essa eleição, a NAS passa a ter 2.179 membros e 437 associados estrangeiros.
Sobre os eleitos
A bióloga Ruth Sonntag Nussenzweig nasceu na Áustria e emigrou para o Brasil ainda menina. Formou-se na Escola de Medicina da Universidade de São Paulo (USP),onde iniciou sua formação científica no Departamento de Parasitologia. Trabalhou vários anos no problema da transmissão da doença de Chagas, demonstrando que ela pode ser adquirida por transfusão sanguínea e que a adição de violeta de genciana ao sangue infectado previne a transmissão da doença. Realizou seu pós-doutoramento em bioquímica, no Collège de France. Posteriormente, foi trabalhar nos EUA, na Universidade de Nova Iorque (NYU), onde iniciou estudos relativos à resposta imune contra a malária. Fez uma grande descoberta, publicada na revista “Nature”, em 1967, demonstrando em animais de laboratório que era possível obter proteção contra o parasita causador da malária por meio da irradiação do micróbio. Desde 1984, é professora titular do Departamento de Parasitologia Médica e Molecular da NYU. Prestou consultoria à Organização Mundial de Saúde, entre outras, em atividades voltadas para o controle e a erradicação de doenças tropicais. Foi honrada com inúmeros prêmios, dentre os quais a Ordem Nacional do Mérito Científico, classe Grã-Cruz, da Presidência da República do Brasil (1998).
Vanderlei Salvador Bagnato concluiu o doutorado em Física no Instituto de Tecnologia  de Massachusetts (MIT) e atualmente é professor titular da Universidade de São Paulo. Atua na área de física, com ênfase em física atômica e em aplicativos da óptica nas ciências da vida. Além disto, atua em áreas diversas, inclusive na área de inovação tecnológica, sendo o atual coordenador da Agência USP de Inovação. Orientou dissertações de mestrado e teses de doutorado nas áreas de física, odontologia e medicina. É membro da Academia de Ciências para o Mundo em Desenvolvimento (TWAS) e um dos dois únicos brasileiros membros da Academia Pontifícia de Ciências do Vaticano, tendo tomado posse em 2012 pelas mãos do Papa Bento XVI.

Sondagem:

1)  Ruth Nussenzweig

Qual area:

– Trabalhou vários anos no problema da transmissão da doença de Chagas, demonstrando que ela pode ser adquirida por transfusão sanguínea e que a adição de violeta de genciana ao sangue infectado previne a transmissão da doença.

– pós-doutoramento em bioquímica

– Fez uma grande descoberta, publicada na revista “Nature”, em 1967, demonstrando em animais de laboratório que era possível obter proteção contra o parasita causador da malária por meio da irradiação do micróbio.

– Desde 1984, é professora titular do Departamento de Parasitologia Médica e Molecular da NYU

– Prestou consultoria à Organização Mundial de Saúde, entre outras, em atividades voltadas para o controle e a erradicação de doenças tropicais

Pesquisas

Demonstração de que a doença de Chagas pode ser adquirida por transfusão sangüínea.
Prevenção da transmissão da doença de Chagas por transfusão pela adição de violeta de genciana ao sangue infectado.
Sero-epidemiologia da toxoplasmose.
Mecanismo de proteção contra a malária.
Desenvolvimento de bases experimentais para uma vacina anti-malárica.

Publicações Selecionadas

NUSSENZWEIG, R. S. , VANDERBERG, J. , ORTON, C. and MOST, H. 1967 . Protective immunity produced by the injection of X-irradiated sporozoites of Plasmodium berghei. Nature. vol. 216 , p. 160 –

NUSSENZWEIG, R. S. , VANDERBERG, J. and MOST, H. 1969 . Protective immunity produced by the injection of X-irradiated sporozoites of Plasmodium berghei. III. Specificity of the protection. Nature. vol. 222 , p. 488 –

NARDIN, E. H. , HERRINGTON, D. A. , LEVINE, M. , STUBER, D. , TAKAS, B. , CASPERS, P. , BARR, P. J. , ALTSZULER, R. , CLAVIJO, P. and NUSSENZWEIG, R. S. 1989 . Conserved repetitive epitope recognized by CD4+ clones from a malaria-immunized volunteer. Science. vol. 246 , p. 1603 – 1606

TSUJI, M. , MOMBAERTS, P. , LEFRANÇOIS, L. , NUSSENZWEIG, R. S. , ZAVALA, F. and TONEGAWA, S. 1994 . g/d T cells contribute to immunity against the liver stages of malaria in a/b T-cell-deficient mice. Proceedings of the National Academy of Sciences, USA. vol. 91 , p. 345 – 349

NARDIN, E. H. , OLIVEIRA, G. A. , CALVO-CALLE, M. and NUSSENZWEIG, R. S. 1995 . The use of Multiple Antigens Peptides (MAPs) in the analysis and induction of protective immune responses against infectious diseases. Adv. Immunol. vol. 60 , p. 105 – 149

SULTAN, A. A. , THATHY, V. , FREVERT, U. , NUSSENZWEIG, V. , NUSSENZWEIG, R. S. and MENARD, R. 1997 . The TRAP protein is necessary for gliding motility and infectivity of Plasmodium sporozoites. Cell. vol. 90 , p. 511 – 522

Onde esta trabalhando agora:

Forma de Contacto – E-mail –

E-mail ruth.nussenzweig@med.nyu.edu

 

 

Endereço: 341 East 25th Street

Nova Iorque – NY – 10010 – Estados Unidos da América

2) Vanderlei Bagnato

 

– concluiu o doutorado em Física

– atualmente é professor titular da Universidade de São Paulo

– física atômica e em aplicativos da óptica nas ciências da vida

– atua na área de inovação tecnológica, sendo o atual coordenador da Agência USP de Inovação.

– É membro da Academia de Ciências para o Mundo em Desenvolvimento (TWAS)

– um dos dois únicos brasileiros membros da Academia Pontifícia de Ciências do Vaticano, tendo tomado posse em 2012 pelas mãos do Papa Bento XVI.

 

3) Aloisio Araujo (IMPA/FGV)

Aloísio Pessoa de Araújo

 

 

 

 

 

 

 

Id 29
Nome Científico De Araújo, A. P.
E-mail aloisio@impa.br
Profissão Pesquisador , Professor universitário
Área de Especialização Ciências Matemáticas

Endereço

Departamento de Informação Científica
Instituto de Matemática Pura e Aplicada
Estrada Dona Castorina, 110
Jardim Botânico – Rio de Janeiro – RJ – 22460-320 – Brasil

Pesquisas

Teoria do equilíbrio geral.
Teoria do capital e programação dinâmica.
Sistemas caóticos em Economia.
Teorema do limite central em espaços de Barnach

Publicações Selecionadas

DE ARAÚJO, A. P. 1975 . On infinitely divisable Laws in C (0,1). Proc. Amer. Math. Soc. vol. 51 , p. 179 – 185

DE ARAÚJO, A. P. , COSTA, A.A. and GINÉ, E. 1978 . Type, Cotype and Levy Measures in Banach Spaces. Ann. Probability. vol. 4 , p. 632 – 643

DE ARAÚJO, A. P. 1985 . Lack of pareto optimal and equilibria with infinitely many commodities: the need for impatience. Econometrica. vol. 53(2) , p. –

DE ARAÚJO, A. P. and MONTEIRO, P. K. 1989 . Existence without uniform conditions. Journal of Economics Theory. vol. 48 , p. 416 – 427

DE ARAÚJO, A. P. 1992 . The once but not twice differentiability of police functions. Econometrica. p. –

xxxxxx

4) Francisco Mauro Salzano(UFRGS)

Francisco Mauro Salzano

Nome Científico Salzano, F. M.
E-mail francisco.salzano@ufrgs.br
Profissão Pesquisador , Professor universitário
Área de Especialização Ciências Biológicas

Endereço

Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Departamento de Genética
Instituto de Biociências
Av. Bento Gonçalves, 9500 – C.P. 15053
Agronomia – Porto Alegre – RS – 91501-970 – Brasil

Pesquisas

Genética de populações.
Genética e evolução humana, de animais e plantas.
Genética médica.

Biografia

Suas investigações científicas se iniciaram com pesquisas em Drosophila, mas após um estágio de pós-doutorado, por um ano, no Departamento de Genética Humana da Faculdade de Medicina da Universidade de Michigan, em Ann Arbor, Estados Unidos (1956-1957) dedicou-se ao estudo da Genética Humana, que desenvolve até hoje. Além disso, colaborou em investigações envolvendo pastagens nativas do Rio Grande do Sul, trigo, roedores, gado e primatas não-humanos. Atualmente (1997) orienta uma dissertação de Mestrado sobre felinos da América do Sul. Com relação ao Homo sapiens foram investigadas características normais e patológicas em um grande número de populações de todos os grupos étnicos, especialmente indígenas. Essas pesquisas envolveram diversos níveis, como o molecular (DNA e proteínas), citológico (variação normal e aberrações cromossômicas), fisiológico (anemias hereditárias e outros processos patológicos) e comportamental (variáveis da inteligência e da personalidade, distúrbios de linguagem, incesto). Preocupado com problemas da comunidade, por muitos anos manteve um Serviço de Aconselhamento Genético, inteiramente gratuito, e assessorou a justiça em casos de determinação de paternidade. No plano administrativo foi Chefe da Seção de Genética (1963-1968) e Diretor (1968-1971) do Instituto de Ciências Naturais, bem como Chefe do Departamento de Genética do Instituto de Biociências (1973-1975) da UFRGS. Foi também Presidente da Sociedade Brasileira de Genética (1966-1968), Secretário-Geral da “International Association of Human Biologists”(1974-1980), Vice-Presidente da “International Union of Anthropological and Ethnological Sciences” (1978-1983; 1983-1988), Vice-Presidente da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (1977-1979; 1993-1995) e Presidente da “Asociación Latinoamericana de Antropologia Biológica” (1990-1992). Foi ou é membro do corpo editorial de 17 periódicos científicos; é atualmente Editor Internacional de Human Biology, publicada em Detroit, ( ja verificado, nada util aqui)e é membro da Comissão Consultiva de Peritos em Genética Humana da Organização Mundial de Saúde (1964-até a presente data).

Publicações Selecionadas

HUTZ, M. H. , CALLEGARI-JACQUES, S. M. , BORTOLINI, M. C. and SALZANO, F. M. 1999 . Variability in nDNA, mtDNA and proteins: a test case. Genomic Diversity: Applications in Human Population Genetics. p. 23 – 32

SALZANO, F. M. , MIRANDOLA, R. , REMONATTO, G. , CASTRO DE GUERRA, D. , SILVA JR., W. A. , BORTOLINI, M. C. , WEIMER, T. A. , HUTZ, M. H. , ZAGO, M. A. and SILVA, M. C. B. O. 1999 . African-derived South American populations: a history of symmetrical and asymmetrical matings according to sex revealed by bi- and uni-parental genetic markers. American Journal of Human Biology. vol. 11 , p. 551 – 563

FRANCO, M. H. L. P. , BRENNAN, S. O. , CHUA, E. K. M. , KRAGH-HANSEN, U. , CALLEGARI-JACQUES, S. M. , BEZERRA, M. Z. P. J. and SALZANO, F. M. 1999 . Albumin genetic variability in South America: population distribution and molecular studies. American Journal of Human Biology. vol. 11 , p. 359 – 366

SALZANO, F. M. 1999 . Genetics, environment and social problems. A view from the Third World. Excessive Human Population Growth and Human Geneticists. p. 11 – 19

SALZANO, F. M. 2000 . Permanence or change? The meaning of genetic variation. Proceedings of the National Academy of Sciences, USA. vol. 97 , p. 5317 – 5321

xxxx

5)  Iván A. Izquierdo (PUC-RS)

Iván Antonio Izquierdo

Nome Científico Izquierdo, I.
E-mail izquier@terra.com.br
Profissão Médico , Professor universitário
Área de Especialização Ciências Biomédicas

Endereço

Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Av. Ipiranga, 6690 – 2o. andar
Porto Alegre – RS – 90610-000 – Brasil

Pesquisas

Biologia da Memória.
Neurofarmacologia.

Sua linha principal de pesquisa tem sido, desde 1966, a Biologia da Memória. Teve publicados 639 trabalhos em revistas ou livros especializados, com comitê editorial, a maior parte deles nessa área. Sua contribuição à mesma tem sido o estudo de numerosas drogas que afetam a memória (anfetamina, atropina, opioides); a descoberta de mecanismos neurohumorais (beta-endorfina, benzodiazepínicos) que regulam a formação e a evocação da memória, junto com mecanismos hormonais, em relação com processos emocionais ou afetivos; a seqüência bioquímica que subjaz à formação da memória no hipocampo, e sua interação com outras estruturas. Estes trabalhos são usados habitualmente como referência, no exterior, nesta área de pesquisa.

Desde 2003 vem trabalhando na descoberta do mecanismo de persistência da memória, tendo completado o mapa molecular da consolidação da memória. Nos últimos anos tem se dedicado paralelamente a escrever contos e ensaios, em português

Publicações Selecionadas

IZQUIERDO, I. , BERNABEU, R. , BEVILAQUA, L. , ARDENGHI, P. , BROMBERG, E. , SCHMITZ, P. , BIANCHI, M. and MEDINA, J. H. 1997 . Involvement of hippocampal D1/D5-receptor/cAMP signalling pathways in a late memory consolidation phase of an aversively-motivated task in rats. Proceedings of the National Academy of Sciences, USA. vol. 94 , p. 7041 – 7046

IZQUIERDO, I. and MEDINA, J. H. 1997 . Memory formation: The sequence of biochemical events in the hippocampus and its connection to activity in other brain structures. Neurobiology of Learning and Memory. vol. 68 , p. 285 – 316

IZQUIERDO, I. , BEVILACQUA, L. , ROSSATO, J.I. , BONINI, J.S. , MEDINA, J. M. and CAMMAROTA, M. 2006 . Different molecular cascades in different sites of the brain control memory consolidation. Trends Neurosci. vol. 29 , p. 496 – 515

IZQUIERDO, I. , PRADO, V.F. , MARTINS-SILVA, C. , CASTRO, B. , LIMA, R.F. , BARROS, D. M. , MORAES, M.F. , GOMEZ, M.V. , GUATIMOSIM, C. , WETSEL, W.C. , KUSHMERICK, C. , PEREIRA, G.S. , GAINETDINOV, R.R. and PRADO, M. 2006 . Mice deficient for the vesicular acetylcholine transporter are myasthenic and have deficits in object and social recognition. Neuron. vol. 51 , p. 601 – 612

IZQUIERDO, I. , BECKINSCHTEIN, P. , CAMMAROTA, M. , BEVILAQUA, L.R. and MEDINA, J. H. 2007 . Persistence of long-term memory storage requirtes a late protein synthesis and BDNF-dependent phase in the hippocampus. Neuron. vol. 53 , p. 261 – 277

6)  Jacob Palis (IMPA)

Jacob Palis Junior

 

Nome Científico Palis Jr, J.
E-mail jpalis@abc.org.br; jpalis@impa.br
Profissão Pesquisador , Professor universitário
Área de Especialização Ciências Matemáticas

Endereço

Instituto de Matemática Pura e Aplicada
Estrada Dona Castorina, 110
Jardim Botânico – Rio de Janeiro – RJ – 22460-320 – Brasil

Pesquisas

  • Sistemas Dinamicos
    • Transformações, difeormorfismos, fluxos, atratores
  • sistemas hiperbólicos, ciclos de Poincare e suas bifurcações, sistemas
  • dinamicos e conjunto hiperbólico
  • Trabalha na área de Sistemas Dinâmicos, os quais servem para modelar muitos fenômenos da naturez e de atividades sócio-econômicas. Dedica-se principalmente aos seguintes temas: transformações, difeomorfismo, fluxos, atratores, sistemas hiperbólicos, ciclos de Poincare e suas bifurcações, sistemas dinamicos e conjunto hiperbólico. É autor de um programa global sobre comportamento típico dos sistemas dinâmicos em geral.

 

7) Luiz Davidovich (UFRJ)

Luiz Davidovich

Nome Científico Davidovich, L.
E-mail ldavid@if.ufrj.br; ldavid@abc.org.br
Profissão Físico
Área de Especialização Ciências Físicas

Endereço

Universidade Federal do Rio de Janeiro
Instituto de Física
Departamento de Física Matemática
Caixa Postal 68528
Rio de Janeiro – RJ – 21941-972 – Brasil

Pesquisas

Eletrodinâmica quântica em cavidades.
Teoria quântica do laser.
Compressão de ruído quântico.
Teoria da descoerência.
Óptica atômica e dinâmica de ions em armadilhas.
Estados emaranhados e limite clássico da mecânica quântica.
Informação quântica.

Nos últimos anos, tem trabalhado na área de informação quântica, tendo sido o coordenador do Instituto do Milênio de Informação Quântica de dezembro de 2001 até abril de 2006. Seus interesses atuais incluem a caracterização do emaranhamento e de sua dinâmica, propostas de dispositivos para computação quântica, efeitos da interação de sistemas com o ambiente e a medida de estados quânticos.

Publicacoes e demais informacoes no seu website: http://www.if.ufrj.br/~ldavid/eng/index.php

8) Sérgio Henrique Ferreira (USP)

Sérgio Henrique Ferreira

E-mail shferrei@fmrp.usp.br
Profissão Médico , Professor universitário
Área de Especialização Ciências Biomédica

Universidade de São Paulo
Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto
Departamento de Farmacologia
Av. dos Bandeirantes, 3900
Monte Alegre – Ribeirão Preto – SP – 14049900 – Brasil

Pesquisas

Controle da migração de leucócitos em inflamação.
Mediadores da dor inflamatória.
Analgésicos Periféricos.
Analgésicos NO/GMPc dependente

detectou no veneno da Bothrops jararaca uma substância que potenciava intensamente os efeitos farmacológicos da bradicinina. Estes estudos foram o ponto de partida para o desenvolvimento da mais nova classe de substância hipotensora existente atualmente em Medicina.

É um dos fundadores e um dos diretores do Brazilian Journal of Medical and Biological Sciences , a revista brasileira de maior impacto internacional na área de biociências.

Publicações Selecionadas

FERREIRA, S. H. 1972 . Prostaglandins, aspirin-like drugs and analgesia. Nature New Biology. vol. 240 , p. 200 – 203

FERREIRA, S. H. and NAKAMURA, M. 1979 . II-Prostaglandins hyperalgesia: the peripheral analgesic activity of morphine, enkephalins and opioid antagonists. Prostaglandins. vol. 18 , p. 191 – 200

FERREIRA, S. H. , LORENZETTI, B. B. , BRISTOV, A. F. and POOLE, S. 1988 . Interleukin-1b as a potent hyperalgesic agent antagonized by a tripeptide analogue. Nature. vol. 334 , p. 698 – 700

FERREIRA, S. H. , DUARTE, I. D. G. and LORENZETTI, B. B. 1991 . The molecular mechanism of action of peripheral morphine analgesia: stimulation of cGMP system via nitric oxide release. European Journal of Pharmacology. vol. 201 , p. 121 – 122

FERREIRA, S. H. , LORENZETTI, B. B. and POOLE, S. 1993 . Bradykinin initiates cytokine mediated inflammatory hyperalgesia. Brazilian Journal of Pharmacological. vol. 110 , p. 1227 – 1231

FERREIRA, S. H. and LORENZETTI, B. B. 1994 . Glutamate spinal retrograde sensitization of primary sensory neurons associated with nociception. Neuropharmacology. vol. 33 , p. 1479 – 1485

 

9)  Warwick E. Kerr (UFU)

Warwick Estevam Kerr

 

Nome Científico Kerr, W. E.
Profissão Engenheiro agrônomo , Entomólogo , Pesquisador , Professor , Professor titular , Professor universitário aposentado
Área de Especialização Ciências Agrárias

Sub-Área

Agronomia
Antropologia
Biotecnologia
Botânica
Ecologia
Genética
Zoologia

Pesquisas

Genética e biologia de abelhas.
Introdução e melhoramento de hortaliças.

nunca parou de pesquisar os Meliponinae, especialmente o gênero Melipona, que é mais sujeito à predação dos meleiros. Tem 513 publicações, em vários assuntos.

Diretor-Geral
Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia

 

Não entre de sola na moderna doutrina e fé acadêmica: pode ser mais uma nova armadilha!

sábado, maio 4th, 2013

Inunda o noticiário  principalmente na Internet, a pregação da cosmovisão que esta agora na moda e é dita “cientifica”, por Físicos  Matemáticos  Evolucionistas, etc. Hoje na conferencia Ted Talks dentro do complexo do CERN, físicos disseram: ” Desde que encontramos o Higgs bóson e confirmamos a existência do Higgs Field, fechamos com honra a Teoria do Standard Model. Isto passa a ideia (mesmo para os adultos acadêmicos), de que toda a historia do mundo material desde o primeiro instante que a matéria surgiu pela primeira vez com o Big Bang, estaria definitivamente elucidada. Ao mesmo tempo livros produzidos dentro da academia se tornam os mais vendidos, como o livro de Lawrence Klauss, um físico das partículas e cosmologista ativo militante ateu nos programas televisionados, intitulado ” The Universe From Nothing”, afirmando a ideia de que do nada surge tudo, como diz bonito em inglês  ” something from nothing”. Lawrence esta sempre acompanhado do evolucionário biólogo e guru do ateísmo mundial Richard Dawkins, autor de tantos best-sellers como ” The God Dellusion” – A ilusão de um Deus.

Com essa interpretação do mundo torna-se compreensível que a mente do cientista ultrapasse as fronteiras do Universo e viaje alem dela, inquiridora, atras da elucidação do ultimo mistério. O que produziu o Big Bang? Porem como a mente não possui seus olhos mentais próprios de ver, mas necessita de explicações  é compreensivel  que essas pessoas projetem a imagem, a fenomenologia e a sua interpretação do mundo aqui para teorizar como deve ser lá. A conclusão dos físicos expressada na conferencia TED&CERN  foi: o alem é povoado por universos, ao qual denominamos “multiverso”. Enquanto isso a plateia de estudantes e reporteres já engoliu a “informação cientifica” de que universos podem surgirem do nada e são ” nada” – pois Lawrence afirma que conseguiram medir a energia total do Universo e constataram que é igual a “zero” (!). Eu que fui formado fora da caixa e por isso penso “out of the box”, exigiria que ” bring on the Universe over the table”, quero ver essa medição com meus próprios olhos!  Mas a plateia já foi intelectualmente formada dentro da universidade custeada por essa igreja doutrinaria, e para suas mentes produzirem a imagem de um mundo povoado de universos surgindo do nada é apenas um salto inevitável.

Enquanto isso as demais disciplinas cientificas, como a Biologia, a Química  e mesmo a anciã Filosofia, todas se quedam vencidas, boquiabertas,  aceitando os ensinamentos da mestra militante Física.  Há muito tempo nem a Biologia produz uma grande teoria assim tão completa sobre as origens da matéria orgânica e dos sistemas biológicos  ou seja, da Vida, pois não precisa. Os Fisicos já disseram que não existe nenhum vinculo, nenhum elo evolucionário entre o mundo do passado regido pela Evolução Cosmológica com o mundo dos pobres mortais terrestres regido pela Evolução Biológica  pois o universo revolto em flutuações mexe a matéria como minha avó rodava o moinho para mexer os grãos de café ao torra-los, e nessas mexidas em bilhões de anos todos os acidentes não apenas podem acontecer mas acontecem de fato, e assim um acidente produziu a Vida. Se os Biólogos e Filósofos de plantão não encostaram os Fisicos na parede exigindo a prova e demonstração de onde estavam na galaxia as forças e mecanismos que produziram os complexos mecanismos que unem átomos na configuração de complexas moléculas orgânicas é porque todo mundo esta anestesiado por uma doutrina, e ninguém, estando dentro de uma tribo ou de uma igreja ousou contestar os ensinamentos dos pajés e sacerdotes. Ou ia para caldeirões a ser cozinhado com batatas ou para fogueiras a virar churrasco para urubus. Quando acontece de um filosofo meio maluco e desalojado da sociedade como eu, naturalista por nascimento e não formado dentro da universidade, arrumar sua trouxinha e viver isolado na selva amazônica perguntando a Natureza bruta e ainda intacta, as velhas questões filosóficas do ” quem sou?”, ” porque e para que me produziste?”, as respostas que a mãe Natureza lhe sussurra aos ouvidos são muito diferentes das respostas fornecidas pela doutrina la fora, na civilização do asfalto. Essa Natureza sempre esta a dizer: “Eu não jogo dados com minhas criaturas. Se você quer saber como é encima e como foi no passado, observe como é ai embaixo e no seu presente. Eu não sou magica, só posso fazer criaturas com as informações que recebi quando nasci também  portanto, o processo pelo qual se deu a origem do seu corpo tem que ser a imagem e semelhança do processo pelo qual deu origem a mim mesma. É fácil: observe a historia do seu corpo e deduza com sabedoria a minha Historia.”

-” Mas…mas quando vou na cidade e trago uma canoa cheia de livros, leio que você surgiu do nada e alem disso é trapalhona, por isso nos surgimos por acidente!”

– ” Ah… sim?! Então é por isso que ate hoje tenho assistido a repetição da mesma historia, onde todos os humanos vivendo numa mesma época provocam os grandes acidentes que tem destruído seus grandes impérios e civilizações  Quem tem a violência e mais nada no coração, vê acidentes e o nada onde não estão…”

– ” Ah… mas esta historia de que devo pensar como surgiu meu corpo para pensar como surgiu o Universo é absurda! Para começar meu corpo surgiu no instante que se explodiu o involucro de um espermatozoide…glup…”

– ” Bingo! Esta ai seu Big Bang! Existem varias alternativas para se interpretar origens não testemunhadas. ”

A Historia da Humanidade tem sido, desde suas origens ate a recente queda do império soviético, um roteiro em que civilizações são construidas em cima de uma interpretação do mundo, crescem, atingem o apogeu, criam um exercito que  ninguém mais no mundo é capaz de vencer e assim deveriam se eternizar para o sempre. Mas a Natureza nunca se eternizou em nenhuma forma que exibiu, nenhuma estrela evita seu envelhecimento, morte, e renascimento como nova estrela, um pouco diferente. A Natureza não fica de bracos cruzados, ela ate agora tem caminhado e com um proposito, transformando o mais simples em mais complexo, e nessa onda ela leva o cérebro dos vivos na mesma direção  Com isso o conhecimento naturalista tambem aumenta em relação ao conhecimento que existia no cérebro dos que modelaram um sistema social baseado na sua interpretação do mundo. Esse novo conhecimento começa a torturar cada vez maior numero de  cérebros porque se choca com o velho conhecimento de roupagens novas. E mesmo que o sistema se cerque de um poderoso exercito de sacerdotes cavaleiros de santas cruzadas, a onda natural é incontida por meros mortais, e mesmo que o império resista por 3 mil anos como o Egípcio   ou domine o mundo todo como o Romano, essa onda começa a minar sorrateiramente a harmonia artificial, e o inconsciente coletivo encontra alguma maneira de transformar o sistema da civilização,  mesmo que tenha de levar a sua civilização as ruínas.

Sera que agora, pela primeira vez na Historia, esse roteiro mudaria? Se não – e sabendo-se que estas transições são dolorosas, são como cirurgias necessárias, reparadoras, aplicadas pela Natureza, pela Evolução  para corrigir os desvios da arquitetura que esta no topo do processo evolutivo – sera melhor que estejas preparado e não seja mais um paciente na UTI do hospital da Natureza.

Na minha opinião de caipira do mato, esse pessoal da civilização moderna, principalmente os adeptos desta doutrina, perderam o controle de suas faculdades mentais. Mas posso estar redondamente enganado, talvez hajam mutações por acaso e acidentes que repentinamente produzam do nada novas especies de Historia Natural e Historia da Humanidade.

Se esta interpretação do mundo estiver errada e a civilização moderna é mais um castelo sobre areia movediça,  qual teria sido a causa de tantos seres humanos terem caído novamente na antiga armadilha?  Minha opinião é a de que, sendo a Ciência um sistema composto de disciplinas, deixou-se indevidamente que uma de suas partes se tornasse dominante enquanto todas as outras se tornaram recessivas, debeis. E a dominante foi a Física  carregando a bordo sua linguagem predileta, a Matemática, a qual, quando praticada em excesso, sai fora de sintonia com a realidade e passa a ser a linguagem de fantasmas.  Se isto de fato aconteceu, não há como negar que o produto final da Ciência nesta civilização teria que estar desviado da real Natureza, e da direção na qual ela avança  Para um sistema efetuar uma boa obra em relação a Natureza ele não pode ter dominantes internos, o todo interno tem que funcionar em completa harmonia para que a identidade final do sistema opere saudavelmente. A nenhuma parte interna especifica se pode autorizar elaborar a Teoria do Todo, esta tem que contar com a participação da Biologia, da Neurologia… e ate com a opinião selvagem de naturalistas como Darwin e dos semi-macacos como eu que andaram perguntando em infernos que os cientistas do ar condicionado e do asfalto não tiveram coragem de ir. Afinal, a selva também faz parte do todo, no tempo e sua Historia, assim como no espaço com suas distancias astronômicas.

As vezes na selva (por não ter muito o que fazer nas noites sem luz elétrica  ficava olhando as estrelas, tentando enxergar seus planetas e imaginando que nos planetas havia gente sentada e olhando para meu planeta se perguntando se haveria alguem aqui olhando para la… E imaginava qual seria o resultado se extraterrestres microscopicos e feitos de vladzolin e chanilin, vindos de um planeta dominado pela Fisica e sua Matematica, ao verem criaturas aqui feitas de carbono. Tendo olhos diferentes veriam apenas a parte da Natureza clareada pela faixa dos raios gama das ondas de luz, ou seja, veriam apenas a parte da matéria organizada na ordem dos processos e elementos fisicos e mecanicos captados pela Fisica, visiveis nessa faixa de onda. Nas ruas veriam apenas esqueletos de ossos caminhando, se movendo mecanicamente. Assim como somos demasiados pequenos e só vemos nas faixas proximas do infra-vermelho, não conseguimos ver e captar as forcas e a materia da galaxia que estão sobre nossas cabeças e nos empurram contra o solo deste planeta, os meus imaginarios amigos extraterrestres só veriam esqueletos, enquanto sabemos que o corpo humano é formado por trés niveis de organização da matéria – o fisico denso dos esqueletos, o mole e suave nivel da carne e substancias biológicas  e (talvez) o elétrico plasma no nivel de organização da consciência.

Meus ET’s enviariam constantes relatorios para seus sabios no seu planeta descrevendo a mecanica dos seres auto-moventes aqui. Todos os movimentos que pareceriam ” estranhos”, como uma cabeça ficar proxima de outra por longos minutos face a face sem se moverem, seriam relegados como excessoes para estudos posteriores, mas nunca descritos como ” dois seres com corpos ligeiramente diferenciados que possuem labios de carne se beijam por longos minutos”. Pobres ET’s!  O sono me pegava, eu acenava na direção de suas estrelas gritando ” boa noite!”, e fechava minhas duas janelas de carne que me revelavam a existencia de sua estrela, dormindo com um sorriso expressado nos labios de carne que eles não viam e assim não percebiam que eu ria deles.

Para mim os fisicos apenas estão captando o esqueleto do Universo, em seus niveis micro e macrocosmico. Dentro dos limites de percepção do infra-vermelho, avançando um pouco nas faixas da esquerda e da direita. Seus instrumentos de investigação são meras extensões de seus sistemas de percepção  portanto apenas captam apenas a mesma ordem do nivel de organização da materia. O resultado final que estão obtendo é o mesmo que obtiveram os nossos desastrados e míopes visitantes extra-terrestres. Estes quando se perguntassem quem ou que criou esta especie de seres terrestres seriam tentados irresistivelmente a imaginarem que foram outros esqueletos existentes fora da Terra. Por isso nossos pages e papas da doutrina moderna não podem imaginar outras origens para o universo que veem senão a de que teria sido criado como outros universos que existiriam la fora. Seus instrumentos de pesquisa são todos feitos de materia densa e mecanicos como seus sentidos de percepção  os quais nos levaram a construir motores e maquinas da mesma composição e métodos de funcionamento. Por isso quem tem nos revelado e interpretado o mundo invisivel a nossos olhos, como o microscopico na biologia, ou o macroscopico na cosmologia, é a mais avançada maquina, o computador, uma copia grosseira do nosso cerebro. E a maquina, ao invés de nos contar a verdadeira historia do Universo, conta uma historia que é a projeção de sua propria historia: se o primeiro motor funcionou quando houve uma explosão de vapor, o Universo surgiu de um explosivo Big Bang; se o movimento da maquina é um terno vai e vem, o Universo se expande inflacionariamente e por isso terá que se contrair; se o sentido da existência  se o produto final, da maquina, e triturar materia-prima, o sentido da existencia do cosmos e revelado por fantasmas e invisiveis buracos negros que, como canibais do espaço  trituram galaxias e estrelas. Na selva. o cerebro biologico se mantem selvagem, macaquito,  mas natural, e a natureza bruta revela uma diferente historia universo. Mas tambem é uma versão desconfiavel pois o humano é um incorrigível arrogante que não consegue deixar de projetar sua imagem quando imagina seus deuses ou seus mundos sem deuses. Por exemplo, meu rustico metodo de investigação que foi o primeiro método cientifico empregado muito tempo antes de jota cristo, o metodo da anatomia comparada, pelo qual se abria o corpo de um animal para se calcular como seria o corpo humano por dentro, e que na selva eu usava para montar meus modelos teoricos de atomos e galaxias depois de ver o que existia no interior das células e corpos vivos, e calcular como funcionariam protons, eletrons, planetas, estrelas, cometas, para que resultassem nos sistemas funcionais que são  deveria ter me revelado a verdadeira face do Universo. Mas quando cheguei la onde eles viram o Big Bang explosivo eu vi o subito rompimento de um espermatozoide dentro de um ovulo tal como o que deu a origem ao meu corpo, e ao invés de uma face só  eu vi uma estrutura relativística com no minimo sete faces cada uma ao sabor da interpretação do fregues. E para no final me alertar que possivelmente eu cai na armadilha narcisista, a face ultima que continha todas as outras sub-faces era justamente a imagem do DNA. Eu exclamei um nome: a Matrix! A historia do Universo que fora me revelado era projeção da historia e da personalidade, inclusive da mesma imagem, do DNA que estava escondido no centro dos meus neuronios, quem na verdade tinha dirigido a investigação  Hoje sei que a Verdade não sera tao cedo por nos alcançada porque nosso pequenino cerebro e suas imperfeiçoes não o permite capta-la. Mas ainda prefiro acreditar que a historia do cerebro biologico e da Natureza nua e selvagem esta mais proxima da Verdade que a historia do cerebro eletro-mecanico e da Natureza sufocada vestida com mantos de asfalto e cimento. Oxalá eu esteja errado, pois ainda prefiro eu sozinho pagar o preço de uma cosmovisão errada que o grande numero de meus familiares em especie pagarem se a deles estiver mais errada.

Mas longe de mim sugerir que este Universo constituido de aglomerados de galaxias como sua esquelética e mecanica estrutura, seja revestido com materia organizada a nivel biológico e ainda, acima, pelo nivel de organização mental. Sei que não existimos aqui dentro da ponta de um universo vivo como um dinossauro cosmico tao grande que o seu menor movimento de rabo demoraria bilhões de nossos anos e nunca perceberiamos que nosso Universo se mexe e se move. A invisivel e misteriosa ” dark matter” que parece compor mais de 90% deste universo não seria material organizada como a parte mole, organica deste universo. E a ” dark energy” nao seria sua contraparte mental. Por isso não tenho a coragem dos academicos e voltei da selva escrevendo inicialmente que sugiro uma teoria de que… ao invés de afirmar teorias como fatos cientificamente estabelecidos nos bancos escolares.

Mas porque o Universo não deve ser osso+carne+mente como é a criatura que ele gerou aqui?… Porque a Natureza na selva me doutrinou com o dogma de que seu criador tem que ser a sua imagem e semelhança  Ora,… porque nos temos acumulado demasiadas evidencias sugerindo que a evolução existe, e sendo assim, o Universo é uma especie de nosso ancestral que ainda existe, assim como ainda existem bacterias e macacos. Pois ele esta no passado em relação a nos, não no nosso futuro. Pode ser tambem o cemitério de fosseis de um ancestral extinto, e nos – tal como o bioma de criaturas que existem dentro do nosso corpo – teriamos emergido dentro de seu corpo. E a possiblidade de que regiões de nosso DNA, se expressadas isoladas, podem gerar virus dentro do nosso corpo, teriamos aproveitado seu dna “cósmico”. O universo não foi o criador da Natureza, apenas é uma de suas formas no passado, assim como lagartixas podem terem sido minha forma a milhões de anos atras.

Portanto o Universo pode ser o esqueleto que os fisicos estão vendo. Pode ser que não exista mais misterio, tudo morreu sob as botas dos fisicos, e estou aqui falando besteiras. Mas tem uma coisa, a qual me fez sair da minha caverna na selva, retornar a civilização que um dia me expulsou, para gritar aos quatro ventos, com raiva e revolta! Tem uma coisa… que é meu alento de esperança que a minha especie vai sobreviver e alcançar a tocha iluminada da Verdade Ultima um dia. Essa coisa é um pequeno detalhe: esqueletos não possuem informações para erigirem estruturas mais complexas, como as suaves e carnosas que os revestem, e nem plasmas conscientes que se situam ainda mais acima. Não adianta virem me dizer que esqueletos se mexem e se desintegram em pó em bilhões de anos, tentam todas as novas combinações e ressurgem como figado, estomago, coração  cerebro… Pois na selva tenho observado milhares de vezes que todos os esqueletos desaparecem no meio da terra enquanto observei que ainda existem corpos com corações e hipocampos porque vem de uma outra via de propagação de informações naturais.

Estas informações para a Vida e a Inteligencia tem que terem vindo do antes e alem do Big Bang, elas estão la no lugar de um multiverso esquelético dos fisicos. A minha preferida interpretação do mundo, enfiada com violência selvagem pelas ultimas testemunhas existentes das origens da vida nos ultimos bastiões intocados da selva, dentro do meu torturado cocuruto, é a de que este Universo é uma especie de ancestral ou ovo comisco dentro do qual esta sendo gerado por mero processo genético ou computacional, o filho do sistema que existia antes do Big Bang e deve existir ainda alem do Universo. Se neste estagio embrionario em que o feto adquiriu a forma biologica, e o embrião adquiriu a forma consciente, denominada ” especie humana”, ao menos nesta perdida região dessa imensidão cósmica, é porque o sistema criador tem Vida e é Consciente.

Interpretações diferentes são assim diferenciadas devido as conexões neuroniais serem diferentes entre nos, humanos. É compreensivel que uma cultura civilizatória modele os cerebros de toda sua população na mesma e unica configuração  Quem esta dentro de um sistema não pode conhecer as verdades e mentiras do sistema em sua totalidade, apenas quem o observa de fora. Mas estes tambem erram em suas interpretações de tal sistema se não estiverem localizados acima de todos os sistemas e verem a ultima conjuntura. Eu estou expressando a minha interpretação formada fora do sistema, mas por um sistema ainda mais atrasado. Porem é possível que o sistema de sua civilização tenha avançado mais artificialmente que naturalmente, como o sistema que me formou conserva os princípios primeiros da natureza bruta ainda. Não se influencie pelo que digo porque certamente estou errado mas lembre-se do roteiro que se tem repetido ao longo da Historia Humana e desconfie da doutrina que estão te enfiando cocuruto adentro nos bancos escolares. Pois quero morrer sorrindo com a esperança de que minha especie vai me vingar e vai subir… subir… subir ate alcançar o pico do Olimpo, se apoderar da tocha de fogo do poder e obrigar Zeus a contar tudo direitinho, tim-tim por tim-tim, e não que nossas proximas gerações sejam objetos de novas cirurgias dolorosas. A Ciência moderna é para mim a evidencia de que o resultado atual de sua atividade é um produto falso. Pois ela se tornou um sistema acomodado com uma grave irregularidade e desarmonia interna, e isto so pode produzir uma entidade doentia em relação a sua Natureza. Qualquer ser racional ainda mantenedor de suas faculdades mentais veria que ao invés de mais esqueletos la fora, tem que haver Vida e Inteligencia.  Amem!

 

 

 

Uma comunidade defendendo e corrigindo a RACIONALIDADE. E a Matrix/DNA se inscreveu pois o racionalismo esta saindo fora da realidade

sexta-feira, abril 12th, 2013

LESSWRONG – A community blog devoted to refining the art of rationality

http://lesswrong.com/lw/h3p/welcome_to_less_wrong_5th_thread_march_2013/

Eu penso que esta é uma grande e louvável iniciativa, pois vis buscar e manter a saúde da nossa racionalidade, da nossa mente. A Matrix/DNA tem alguns conflitos com o moderno entendimento e modelo de racionalidade, por isso tentaremos participar num debate. O site tem um bom fórum para boas discussões e, muito importante: se seu Inglês ainda é sofrível, não se acanhe, procure na pagina  http://lesswrong.com/lw/h3p/welcome_to_less_wrong_5th_thread_march_2013/ e veras uma relação de mediadores dispostos a te ajudar a corrigir seu texto. Eu estou sendo boicotado nos fóruns de idioma Inglês porque meu assunto é totalmente estranho, uma visão de mundo nunca imaginada por mais ninguém  e se isso vai num texto muito difícil de digerir porque esta cheio de erros gramaticais, de concordância, etc., então torna-se realmente impossível das pessoas se disporem a ler e pensar no assunto. Para mim esta foi a maior oportunidade encontrada na Internet para sanar este problema e aprender mais.

XXXX 

Comentarios postados pela Matrix/DNA em:

Welcome to Less Wrong! (5th thread, March 2013)

TheMatrixDNA12 April 2013 05:30:03 AM0 points

I am here proposing a new definition of rationality and its new rational behavior. Living at Amazon jungle by seven years, at untouched and virgin territory, Nature has showed to me that our current understand of rationality is wrong. Reason is product of human brain which is product of this biosphere which is product of this solar system, this Milk Way and this Universe. But, the current academic world view has separated this normal chain of evolution into blocks with no evolutionary links between them. The final results is that the gaps between these blocks are being fulfilled with mystic and imaginations, like emergency of new systems as cell system by chance alone. The current dominance of Physics for interpreting the whole Universe, its meanings, etc, is wrong: since the Universe produced our human body composed by skeleton, soft meat and consciousness, it is reasonable to infer that the Universe has informations for doing it, maybe the Universe has equal composition. Since Physics is limited to the study of Universe’s skeleton and its mechanics properties, Physics and Math can not reach a theory of everything. It will be necessary applying biology, neurology, etc. for getting a better universal knowledge. That’s what I am trying to do with my Theory called ” The Universal Matrix/DNA of Natural Systems and Life’s Cycles” which reveals a kind of rationality that will be not comprehensive here initially. I don’t know who is the most right one, so, I think we must debate this issue. It is about the healthy of our Reason.

XXXX

Postado em:

Explicit and tacit rationality

29lukeprog09 April 2013 11:33PM

http://lesswrong.com/r/discussion/lw/h6b/explicit_and_tacit_rationality/

TheMatrixDNA12 April 2013 06:48:18AM

What means “allowing “the energy of the universe” to lead her.” ? We can make an analogy. Imagine a fetus inside the womb. The mother’s womb is the energy of the universe leading the fetus. Normally, fetus have no rationality and free will, they can’t do nothing. But adult humans are different, they can drive their destiny, taking decisions. Since that fetus do nothing he will be successful in relation to its mother’s state but, if its mother is poor, ugly, living at non-hospitable location, he will be not successful in relation to its destiny. Oprah must had to be a collaborator when molested and learned survivor bias and maybe got something as reward by the molesters. To her, the molesters were the energy of the Universe and one must be submitted to it, dancing this music, for to be rewarded. Then, ” give to people what they want”.

But…did Oprah the right thing to do? Yes if we are merely animals, and not if we have post-death existence, be it as a soul or genetically imprinted into our offspring. Because the Earth’s biosphere is the womb of human beings and it is product of chaos due the fall of our ancestors non-biological astronomical systems (see Matrix/DNA models for understanding it). The biosphere’s laws are not the laws of the Universe at ordered state. I think that if I am a fetus with intelligence, knowing that my mother’s womb is making me poor, ugly, for to be a slave, I will fight against these ” universal energies” and i will be born different than my parents, their immediate world, on which I will be not successful. But I did it right in relation to long term destiny…and if there is long term destiny, Oprah is doing everything wrong…

XXXXXX

Rationality is Systematized Winning

42Eliezer_Yudkowsky03 April 2009 02:41PM

http://lesswrong.com/lw/7i/rationality_is_systematized_winning/

Comentario postado por TheMatrixDNA:

TheMatrixDNA13 April 2013 08:02:05PM

There is an issue never remembered here, about the question that we believe the world is X but it is Y: Are you shure that rationality is pure product of brains… Are you shure that mind is pure product of brains… What if mind is product of a hidden superior natural system whose bits-information are invading our immediate world and being aggregated to our synapses… If so, rationality as pure product of mind will make the most evolved rationalist a loser, by while… Or don t… (sorry, I have no puntuaction mark in this keyboard)

In Amazon jungle, lays our real origins. And you see there that this biosphere is product of chaos. We are product of chaos, not order. It seems to me that we are the flow of order lifting up from chaos. So, for long term winning, those that best represents this flow will have bad times because the forces of chaos are the strongest. Then, the winners now, are still representants of chaos, less evolved…

But it seems to me that above the chaotic biosphere I see Cosmos at ordered state. So, I suspect that this Cosmos is the ” natural” super-system sending bits-information and modelling this terrestrial chaos into a future state of order.  It is acting over the last evolved system here, and I think it is the mind, not the brain. So, if one is being driven for to be  rationalist (in relation to Cosmos and ordered state), he,she will be a loser in relation to this biosphere in chaotic state. The intelligent best thing to do should to find a middle alternative, fighting this world at the same time that do it with less sacrifice. What do you think…

XXXXX

Resposta de Estarilo ao meu post:

Estarlio14 April 2013 01:05:21AM

What do you think…

More ordered states could prove to be unsustainable whether or not there’s some sort of overarching system such as you describe at play. Your assumptions seem to be quite complicated and thus get a low probability ahead of time, there’s no specifically supporting evidence (indeed it’s not even sure what supporting evidence for some super system sending down information would be.)

Basically the idea falls beneath the noise level for me in terms of credibility. Maybe ordered systems lose because the magical unicorns have a love of chaos in their hearts. I consider the two ideas about as seriously.

Meu replay para Estarilo:

Thanks, Estarilo. I really need to fix my world vision and thoughts. You said:

More ordered states could prove to be unsustainable whether or not there’s some sort of overarching system such as you describe at play.

I think yes, more ordered state must be unsustainable, eternally. But, chaos also must be unsustainable. If so, there are these cycles, when chaos produces order and order produces chaos. The final results is evolution, because each cycle is a little bit more complex. There is hierarchy of systems. Overarching systems can be  two types: 1) in relation to complexity and, 2) in relation to size, force. A lion is more strong than a human, but human is more complex. We have two systems modelling evolution at Earth. 1) the astronomical system (biggest size and less evolved), which is our ancestor, but we are inside it, he created us. This system is a perfect machine, but not intelligent, not rational like us. Whatever, he is the agent behind natural selection, because he is the whole environment. 2) The second system is untenable, but he must exists, because here there is mind, consciousnesses  and our ancestral astronomic has no mind. I don’t accept that this Universe creates things that he has no information for, so, the system that made the emergence of mind here must be superior to the Universe. And if he is ex-machine, makes no sense to talk about ordered or chaotic states. He must be more sustainable than the Universe. I am not talking about supernatural gods, I am suggesting a natural superior system from which this thing called consciousness is coming  from..

You said: ” there’s no specifically supporting evidence”

It is probable because we have a real known parameter. An embryo gets ” mind” because it comes from a superior hierarchic system that exists beyond his “Universe” (the womb). The superior system is the human species, his parents. So, it is possible that a natural super-system existing beyond our universe have transmitted before the Big Bang the informations for the mind appears here at the right time.

You said: ” Maybe ordered systems lose because magical unicorns…”

In the alternation between cycles, there are the alternations between dominant and recessive. If chaos is dominant here and now, the ordered state is weak and a loser, till the chaos being extinct. And rationality is more relative to order than chaos. But rationality is not the wisdom. Must have a third superior state. What do you think ?

XXXXX

Resposta de MugaSofer ao meu post:

MugaSofer13 April 2013 09:02:28PM0 points[-]

What if mind is product of a hidden superior natural system whose bits-information are invading our immediate world and being aggregated to our synapses

Well, our personalities, memories and so on can be affected by interfering with the brain, and it certainly looks like it’s doing some sort of information processing (as far as we can tell), so … seems unlikely, to be honest. Also, our minds do kind of look evolved to fit our biological niche.

If so, rationality as pure product of mind will make the most evolved rationalist a loser

I’m having real trouble parsing this. Are you saying evolution will make us irrational? Or that rationality is incompatible with lovecraftian puppetry? Or something completely different?

Here, in Amazon jungle, lays our real origins.

You … realize human’s didn’t evolve in the Amazon, right?

And you see here that this biosphere is product of chaos. We are product of chaos, not order. It seems to me that we are the flow of order lifting up from chaos. So, for long term winning, those that best represents this flow will have bad times because the forces of chaos are the strongest. Then, the winners now, are still representants of chaos, less evolved…

I’m not sure I’d characterize the natural world as “chaotic” as such. Complex, sometimes, sure, but it follows some pretty simple rules, and when we deduce these rules we can manipulate them.

But it seems to me that above the chaotic biosphere I see Cosmos at ordered state. So, I suspect that this Cosmos is the ” natural” super-system sending bits-information and modelling this terrestrial chaos into a future state of order

The universe is definitely ordered, but don’t forget evolution can produce some pretty “designed” looking structures.

What do you think…

I think you sound kind of like a crank, to be honest with you. You seem to be treating “order” and “chaos” more like elemental forces or something, and generally sound like you’ve got problems with magical thinking. That said, I had some trouble understanding bits of what you wrote, so it’s possible I’m inadvertently addressing a strawman version of your claims. Tell me, are you a native English speaker?

XXXXX

Minha resposta para MugaSofer:

Thanks, MugaSofer, for yours constructive reply. No, I am not a native English and my brain was hard-wired at the salvage jungle here, so, I think is a good opportunity for me debating our different experiences and world views. I hope that it must be curious for you too.

You said: ” Well, our personalities, memories and so on can be affected by interfering with the brain, and it certainly looks like it’s doing some sort of information processing (as far as we can tell), so … seems unlikely, to be honest.”   

Yes, these things (personality, memories, etc.) composes our ” state of being” and they are merely product of brains/nature. But, we have a real phenomena where we watch the emergence of consciousnesses without being product of brains: the embryo. There is no natural architecture able to be conscious of its existence, neither are the brains alone. So, where comes from the conscious state of embryos? From a superior hierarchic system that exists beyond his universe (the womb), and this system is called ” human species” . So, it is not zero the probability that human mind is product of a hidden superior natural system whose bits-information are invading our immediate world and being aggregated to our synapses, besides the possibility that it was encrypted into our genes (if my models about Matrix/DNA are right).

You said: “Are you saying evolution will make us irrational? Or that rationality is incompatible with lovecraftian puppetry? Or something completely different?”

No, evolution will make us more suitable to real natural world. But, due the alternation between chaos and order, and due our origins coming from chaos, the flow of order (which is the basis for rationality) is the baby and weak force just now. Chaos is dying, order is growing, but now, chaos still is the strongest, so. irrationality and randomness are the winners, by while.

You said: ” You … realize human’s didn’t evolve in the Amazon, right?” 

I don’t understand your question. Being still virgin and untouchable, the elements of Amazon hidden niches are witness of life’s origins. And we see chaos here. So, our origins came from terrestrial chaotic state of Nature, which came from ordered state of Cosmos… Cyclic alternations.

You said: ” I’m not sure I’d characterize the natural world as “chaotic” as such. Complex, sometimes, sure, but it follows some pretty simple rules, and when we deduce these rules we can manipulate them.” 

Natural world is the Universe, not this terrestrial biosphere alone. This biosphere is a kind of disturbance, a noise, in relation to the ordered state of Cosmos. Biosphere is product of an entropic process, like the radiation of sun. So, the disturbance is corrected by the ordered Cosmos, from which is coming the emergence of those rules you are talking about. The curious thing is that humans are the carriers of those rules, we are bringing order to our salvage environment.

You said: ” The universe is definitely ordered, but don’t forget evolution can produce some pretty “designed” looking structures.” 

The Universe, as a conglomerate of galaxies, seems to be mass with no shape, not a system. We don’t know if there is a nucleus,  relations among parts, etc. We can’t know if it is ordered or chaotic. Evolution is the result of a flow of energy moving inside this Universe. Like any fetus is under evolution due a genetic flow producing more designed looking structures. The source of this “evolution” is a natural system (human species) living beyond the fetus’ universe (the womb). This is the unique real natural parameter we have for theories about the universe.

You said:  You seem to be treating “order” and “chaos” more like elemental forces or something, and generally sound like you’ve got problems with magical thinking.

It is not magical thinking, it is the normal natural chain of causes and effects. Every system that reaches an ordered state is attacked by entropy, which produces chaos, from which lift up order again, but each cycle is more complex than the ancestors cycles. At chaotic states, like our biosphere, generations of empty minds are more likely to be winners, while generations of reasonable minds must be losers at short time and the final winner at long time.  But, maybe the jungle is teaching me everything wrong. What do you think?

XXXXX

Resposta de CCC14 ao meu post:

CCC14 April 2013 09:35:39AM

I don’t accept that this Universe creates things that he has no information for

It is possible to create something without having the information for it. The classic example; if enough monkeys type at random on enough typewriters for long enough, then sooner or later (probably much, much later) one of them will randomly type o ut the complete works of Shakespeare. Even if none of the monkeys have ever heard of Shakespeare

Minha resposta para CCC14

TheMatrixDNA14 April 2013 08:31:40PM

I can’t grasp yours example. Typewriters has the informations. Letters are graphic symbols of sounds that are signals of real things. My world vision started with comparative anatomy between all natural systems and the universal patterns founded here were projected for calculations about universes and first causes. As final result we got the same theory of Hideki Yukawa calculating the nuclear gluon, how protons and neutrons interacts. As result, this universe started with all informations for everything here, like any new  origins of any human being started with prior information for creating the embryo and its womb (his entire universe). But these informations for universes are natural. Two groups of vortexes  one spin right, other spin left. The interactions between then creates the intermediary movements. Each vortexes has at least seven properties which were the physical brutes forces(tendency to inertia, tendency to movement; tendency to grow, tendency to shorter; etc.). The different intensities of these forces and their interactions produces an  infinity of individual types or vortex. Each vortex is one information, like genes. Th ere are genes that begins working later, so, there are universal informations in the air not applied yet. Like those building consciousness here. But, my results from these method is still theoretical. It makes sense and one day will be falsifiable

XXXXX

Resposta de MugaSofer

MugaSofer14 April 2013 03:11:35PM

An embryo gets ” mind” because it comes from a superior hierarchic system that exists beyond his “Universe” (the womb). The superior system is the human species, his parents.

Well, an embryo develops a mind because it’s got the genetic code for it – which, yes, comes from the larger external system that evolved that code. Is that what you meant?

So, it is possible that a natural super-system existing beyond our universe have transmitted before the Big Bang the informations for the mind appears here at the right time.

I must admit, I don’t see how that follows. Are you suggesting our universe was designed specifically as a “womb” to create us? That’s the only analogy I can see, and evolutionary advantage seems a simpler reason for sentience to evolve – although I guess those aren’t mutually exclusive, if this “natural super-system existing beyond our universe” anticipated that would result in us. But why postulate this? It could as easily have designed the universe as a “womb” to produce muffins! We could as easily be part of this muffin-womb. (Man, there’s a sentence I never expected to type.)

If chaos is dominant here and now, the ordered state is weak and a loser, till the chaos being extinct. And rationality is more relative to order than chaos.

But science again and again has discovered that what we thought was “chaos” is merely the complex result of simple rules – order, in other words, that we can exploit with rationality.

And rationality is more relative to order than chaos. But rationality is not the wisdom. Must have a third superior state. What do you think ?

If rationality works in ordered states, what’s the analog that works in “chaotic” states?

Minha resposta para  MugaSofer14 April 2013 03:11:35PM

TheMatrixDNA14 April 2013 09:00:08PM

You said: “Well, an embryo develops a mind because it’s got the genetic code for it – which, yes, comes from the larger external system that evolved that code. Is that what you meant?”

Our conflict is due two different interpretations of genetic code. You think that biological systems (aka life) evolved a genetic code, so, you think that had no genetic code before life. It is not what is suggesting the results from my different method of investigation. There is no ” code” in the sense that are composed by symbols. Each horizontal base-pair of nucleotides is a derivation with some little difference of an ancestor system, the original first galaxies. (you need see the model of this galaxy and how it fits as nucleotide in my website). So, DNA is merely a pile of diversified copies of a unique ancestor astronomical system, which produces diversification and functional biological systems. But, galaxies got their system’s configuration from atoms system, and they got from particles as systems, so, the prior causes of this ” genetic makeup” seems to be beyond the Big Bang. The informations for building the mind of an embryo came from a system outside his womb; maybe informations for building minds in the whole universe came from a natural system outside the universe. Why not?

(Sorry, I need stop now but I will come back. Sheers…)