Archive for the ‘A Grande Causa da Humanidade’ Category

A Humanidade esta’ se separando em duas especies, como ocorreu com os ancestrais macacos?

quinta-feira, agosto 16th, 2018

xxxxx

Eu acho que uma das maiores questões e mais serias que temos hoje se refere ‘as mudanças abruptas e colossais da tecnologia sobre as vidas dos humanos, ainda nesta geração. Por exemplo, a tecnologia mostrada no video abaixo. São muitos quesitos a considerar:
1) O que vai ser feito deste imenso aparato de estradas asfaltadas, viadutos, tuneis, postos de gasolina, etc., com a chegada dos carros voadores? O que vamos sentir ao ter que destruir tanto trabalho que custou o sangue de tantos trabalhadores, e se tornaram obras incomodas e inúteis? O que vamos fazer no lugar destas rodovias e vias urbanas? Jardins, agricultura?
2) Os grandes predadores erigiram a civilização dos automóveis e seus asfaltos, e nesse estado do meio ambiente se assentaram confortavelmente através de suas cotas nas companhias. Agora vão resistir o máximo para impedir o domínio dos carros voadores, porem, ao mesmo tempo, desejam o conforto que estes carros propiciam. Curioso conflito paradoxal que terão de resolver.
3) Como vai ficar a grande massa dos povos com mentalidade, valores, e comportamentos bruscos, grosseiros, ainda da idade da pedra lascada, num novo mundo super-suave que apenas vai selecionar os adaptados com mente capaz de abranger amplos horizontes no tempo e no espaço? Haverá uma nova divisão evolucionaria dentre a especie humana como houve entre os macacos quando um grupo deles evoluiu tanto que foram transformados em humanos? Estas cidades e comunidades que estão apoiando, investindo e participando mentalmente nestes galpões onde desenvolvem carros voadores e super-computadores serão os novos herdeiros absolutos da Terra? Enquanto o povão que permanece atraído e ocupado pelas coisas domesticas e instintos imediatos serão cada vez mais afastados para as florestas como foram os macacos?
4) Ao verem o novo mundo revelado em videos como este, como e’ possível que o povão continue nesse eterno ciclo de nascer/crescer apenas fisicamente/trabalhar no trabalho rotineiro estupidificante/escravizar-se ate o fim da vida neste trabalho ao casar-se e gerar filhos porque não conseguem dominar seus instintos sexuais e reprodutores/aposentarem-se para o estado de zumbis a salários miseráveis/morrer/ e seus filhos vão repetir a mesma rotina… ate o planeta mudar e não mais suportar a vida aqui?! Enquanto isso se riem e chamam os indivíduos que lidam com essas Ciências e tecnologias de “loucos”? Mas afinal eles não conhecem o exemplo dos macacos, para perceberem que os “loucos” são eles? Já sei… a resposta e’ que eles nunca se dirigem a procurar estes videos, pois estão ocupados vendo os videos esculachados de humor macaquico postados pela sua turma de seu nível mental, com a atenção voltada para os selfies dos corpos macaquicos das amigas, os videos pornográficos, as novelas, os jogos… nada que exercite o cérebro buscando os horizontes mais amplos que buscam os que vão transcender o animalismo na especie humana. Eles querem o destino dos macacos. E não tem como ajudar a evitar o terrível destino ‘aqueles que querem esse destino. E’ triste…

Ateismo: Dawkins com dois novos livros – “Atheism for Children” e “Outgrowing God”, atheism for teenagers.

quarta-feira, agosto 15th, 2018

xxxx

Richard Dawkins, atheist evangelist, is working on two new books, Atheism for Children which will be illustrated (!) and Outgrowing God, atheism for teenagers. I know, I can feel your excitement.

https://www.mercatornet.com/features/view/what-is-atheism-for-kids-all-about-god-knows/21546

What is Atheism for Kids all about? God knows

” Atheism is that odd faith that says there is no God, so perhaps the pages will be blank to reflect the emptiness of it all, the sheer nothingness of this belief that maintains life came from non-life, organisation came out of chaos, consciousness came out of non-consciousness and reason came out of irrationality.

Imagem do Citoplasma com Organelas em 3D

sábado, agosto 4th, 2018

xxxx

 

Imagem incrível de um citoplasma com suas moléculas e organelas em 3D! 😍 Créditos: David Goodsell

Imagem incrível de um citoplasma com suas moléculas e organelas em 3D! 😍
Créditos: David Goodsell

Parece uma vista aérea e não por acaso; esta obra foi desenhada por quem esta’ no ceu. Não por alguma divindade sobrenatural e sim apenas pelo sistema astronomico que produziu a Vida aqui… Pena que a crença acadêmica esta’ atrapalhando a Fisica e a Biologia ao separar o criador que veio da Evolucao Cosmologica da sua criatura que iniciou a Evolucao Biologica. Nao aceitem isso, e serao capazes de ver o Cosmos atraves do microscopio apontado para uma celula. Assim como não existe duas naturezas, não existem duas evoluções, ela e’ so’ uma,.. a Evolucao Universal. Prestem atencao na Matrix/DNA Theory que esta mostrando a figura do elo evolucionario entre a galáxia e o primeiro ser vivo…

Mensagem da Matrix: O que ha por trás dos escândalos sexuais na classe predadora

sexta-feira, julho 27th, 2018

xxxxx

https://www.msn.com/en-us/tv/news/leslie-moonves-accused-of-sexual-misconduct-in-ronan-farrow-exposé/ar-BBL8Yyk?ocid=sf

a man wearing a suit and tie

Leslie Moonves (CBS chairman and CEO) Accused of Sexual Misconduct in Ronan Farrow Exposé

Minha opinião sobre isso?

(publicado em Facebook, 27/07/18

E’ a sábia NATUREZA trabalhando ( ou seja lá quem está por trás dela) na sua silenciosa e paciente SABEDORIA. Para alcançar Seus PROPÓSITOS, em relacao ‘a ESPECIE HUMANA e a gestação da CONSCIÊNCIA COLETIVA EM GAIA, este planeta semi-vivo, Ela precisa exorcizar da PSIQUE HUMANA, os três instintos que o corpo humano herdou do corpo animal irracional: o instinto a predador maior (leões, tubarões, gorilas, aqueles que compõem a classe mais poderosa no momento), o instinto a predador médio (lobos, chimpanzés, aqueles que compõem a classe media), e o instinto a presa (o gado, a capivara, aqueles que compõem a classe inerte e por isso escravizada). Quando o cérebro produziu a PSIQUE PRIMARIA, a genética que havia construído os caninos no predador, modelou essa psique contendo a forma de caninos abstratos, e também abstratamente modelou o estomago e os pequenos chifres das presas. Com caninos e chifres abstratos na cabeça, inibindo as operações normais da RAZÃO, a HUMANIDADE fica assim, fazendo uma besteira atrás da outra. Mas como fazer com que o leão esqueça seus caninos e seus impulsos de energia destruidora, violenta, e deixe de matar para comer carne, e passe a fazer carinho lambendo as ovelhas, comendo apenas capim? Como convence-lo que não deve se apoderar do território e ditar as regras a lobos e ovelhas? Parece-nos impossível, nada, nenhuma mensagem religiosa, nenhum choro de mãe ante os filhos morrendo de fome, nenhuma revolução armada ameaçadora, vai fazer os predadores maiores mudarem seus hábitos, pois eles tem caninos abstratos psíquicos que precisam serem satisfeitos, e isso para eles é uma questão de vida ou morte, e disso obtêm os conhecidos arrufos de reações violentas, as coragens admiradas, que mantem os ditadores, mesmos os que se mascaram de “democráticos”.

Mas mesmo que fosse possível ‘a Natureza fazer este exorcismo abruptamente, em apenas uma rápida ação, Ela não o faria, pois com isto as ovelhas livres iriam se reproduzir como ratos e acabar com a vegetação do planeta acabando com elas mesmas. Comunismo colocando o proletariado no poder? Deus me livre! E’ trocar o mal de agora pelo pior.

Realmente a NATUREZA tem nesse caso um grande obstáculo, um grande problema a resolver. Mas Ela tem seus recursos, mecanismos e processos guardados, cartas marcadas guardadas em sua mangas. Pois uma vez Ela já conseguiu impor a um animal que era tão estupido, uma simples maquina de sangue frio a caçar e matar, que botava os ovos fora abandonando a prole ‘a própria sorte, ela fez aquele pequeno e desengonçado réptil parecendo mais um porquinho, o cinodonte, a absorver o amor maternal e aceitar os desconfortos e as dores da gravidez, a manter os ovos dentro protegendo a cria ate o nascimento, recompensando a fêmea com o transcendental salto para a forma de mamífero. Ela já fez isso varias vezes e vai fazer agora de novo, não se preocupe.

Acontece que nos humanos somos microscópicos e por isso temos o nosso tempo demasiado acelerado, queremos tudo as pressas, queremos que grandes problemas se resolvam nos nossos 80 anos humanos de vida, mas a Natureza é o Universo, é o Cosmos, Ela tem seu tempo na escala astronômica que se conta aos bilhões de anos, por isso ela nos deixa irados com Sua paciência, mas quando existe um proposito, tudo vem a seu devido tempo. Alem dela de vez em quando provocar mutações genéticas que se tornam modelos psíquicos em alguns humanos tornando-os mestres sacrificados para trazerem e divulgarem sementes de mensagens de amor para os ouvidos reticentes dos predadores e rompedoras do extremo egoismo individualista das presas, sementes que também ficam germinando em tempos contados em milhares de anos, Ela deixa a sua face de caos operar bagunçando a ordem estabelecida pelos leões em seus territórios, como por exemplo os súbitos rompimentos de fogos florestais invadindo mansões nas vilas e cidades ricas, os terremotos e outras tempestades afins. Outra técnica da Natureza é o principio da autocura inoculado nos organismos e que se projeta na espécie inteira, quando os aplicativos corretores que vão lapidando as arestas dos caninos emergem de dentro dos próprios indivíduos. As vezes estes aplicativos surgem da especie e retroagem caindo sobre os indivíduos.

Creio ser este o método referente a estes recentes inúmeros casos em que as leis sociais da especie estão obrigando os predadores maiores a darem um jeito de controlarem seus impulsos animalescos sexuais. E assim mais um CEO, agora o todo poderoso da CBS, revela o sutil e paciente trabalho denotando que a nossa SAGRADA MÃE NATUREZA ( ou seja lá QUEM estiver por trás DELA) não nos abandonou, que ELA tem realmente o proposito de nos encaminhar ‘a nossa transcendência de forma superando esta forma herdada dos instintos inferiores, apenas devemos nos conformar com sua aparente lentidão, o que faz parte de sua incrível sabedoria. Halleluya !!! Vá para a jaula sossegar o facho, mister leão.

Na morte do corpo, a bolha contendo o feto de auto-consciência retorna ‘a nuvem mental de Gaia?

quarta-feira, julho 18th, 2018

xxxx

Click na imagem para ver a animação:

Na morte a bolha de consciencia retorna a nuvem de Gaia

Predador/presa também produzindo o conflito entre gerações?

domingo, julho 15th, 2018

xxxx

https://educacaoeparticipacao.org.br/tematica/juventude/

Juventude, expressão e participação

Esse novo ( a nova geração) que chega compete, inevitavelmente, com o presente, com as gerações passadas.

Como descreve o sociólogo Pierre Bourdieu (1978), “aquilo que para uma geração 1 foi uma conquista de toda uma vida é dado imediatamente à geração 2. […] a velhice também é um declínio social, uma perda de poder social. Os velhos são contra tudo aquilo que muda, tudo aquilo que move etc. justamente porque eles deixaram o futuro para trás, enquanto jovens se definem como tendo futuro, como definindo o futuro”.

Assim, fica mais fácil entender certas expressões ditas por aqueles que já não são jovens, como “na minha época era diferente”, “o jovem já não é o mesmo” etc. Há uma disputa de poder social: nada é o mesmo porque os adultos já não são mais jovens, já não representam o futuro nem uma esperança de mudança e mostram-se ameaçados pelo novo.

xxxx

Parecer da Matrix/DNA:

Descobrimos – através deste texto – uma nova faceta da questão “predador/presa”. Sobre a divisão de poder nos sistemas sociais. Alem da evidente imagem da divisão entre predadores e presas na selva (leões e ovelhas), que e’ projetada no sistema social (classes A,B e C) existe outro tipo de contorção do processo. E’ uma divisão dentro de uma mesma especie, ditada pela faixa etaria e forma do corpo dos indivíduos. E’ uma divisao entre velhos, jovens e criancas.

Os velhos são contra tudo aquilo que muda, tudo aquilo que move e monstram-se ameaçados pelo novo.  Isto indica a característica do grande predador.

Bem, o certo e’ buscar a raiz, a causa do fenomeno. No ancestral sistema astronomico, o mais novo e menor se transforma no seguinte maior e mais velho, o que significa tambem – invertendo circuito – que o maior e mais velho sempre “engole” o menor e mais novo. Porem na astronomia o sistema e’ abstrato, nao se materializa, mas o ciclo vital da astronomia continua no biologico, os organismos tambem se transformam. E no biologico o papel invertido do predador se materializa, o maior e mais velho realmente engole o menor. Quanto a engolir o mais novo da mesma especie – o que seria canibalismo –  acontece apenas nas especies primitivas, ate os repteis.

Não esta facil elaborar a linha da evolucao aqui e nao tenho tempo agora. Porque em todas as asercoes existem senoes. Por exemplo, talvez tribos primitivas humanas que praticavam o canibalismo…

a velhice também é um declínio social, uma perda de poder social.

Isto denota as funcoes 6 e 7 da formula. Ai fica dificil descruzar o processo predador/presa do processo energia-em-crescimento/entropia. Talvez o emparelhamento de dois aspectos do mesmo mecanismo enfraqueca o mecanismo predador/presa. Por isso os velhos tenderiam a se retirarem de cena, deixando o poder aos jovens? Nao isso não acontece, basta lembrar do Trump, do Temer, com mais de 70 anos teimando em serem presidentes.

Bem, houve aqui a percepcao de que o conflito entre geracoes denota uma divisao do poder social, e precisa ser lembbrado quando se trata desta divisao apenas pela otica predador/presa.

 

 

 

Carne fabricada em laboratorio com células troncos

sábado, julho 14th, 2018

xxxx

LAB-GROWN MEAT IS COMING, WHETHER YOU LIKE IT OR NOT

https://www.wired.com/story/lab-grown-meat/

Incidência de aberrações nos comportamentos humanos: uma sugestão baseada na formula da Matrix/DNA

sexta-feira, julho 13th, 2018

xxxx

Artigo decorrente da noticia no New York Post, no link:

https://nypost.com/2018/07/13/woman-gets-40-years-in-prison-for-trying-to-sell-2-year-old-daughter-for-sex/

Parecer da Matrix/DNA

Uma mulher de 25 anos num pais de primeiro mundo, branca de olhos verdes, oferece a filha de 2 anos de idade na Internet para sexo por 1.200,00 dólares!
Inúmeras aberrações humanas desse tipo ( como o casal no Brasil mantendo duas crianças numa jaula), em pleno seculo XXI, indicam que algo esta acontecendo de errado no cérebro humano. Os sintomas são a total falta de sensibilidade com outros humanos, mesmo sendo parentes próximos. Seria porque depois de três gerações das escolas estarem ensinando que humanos vieram dos macacos e portanto nada mais são que macacos finalmente a teoria se materializa no circuito cerebral formador da psique? Provavelmente esta não é a causa, mas existe uma causa, qual é ela então? Algum tipo de vírus, ou uma mutação genética desastrosa pipocando aqui e acola’? Seria alguma especie alienígena como os reptilianos que teria telefonado para o pacato motorista da Uber pegar uma arma e sair atirando nas pessoas? Seja o que for, a causa existe, um inimigo terrorista da humanidade esta atuando, e porque não vejo ninguém, nenhum governo, formando uma equipe para investigação cientifica destes cérebros? Pois existe possibilidade de da humanidade ativar seu sistema de defesa imunológico contra a causa, seja qual for. Mas não percebem essa possibilidade porque as áreas cientificas, incluindo a neurologia, estão interpretando a natureza, e por consequência os cérebros naturais, de maneira errada. A Ciência não pode ser também mistica crendo que existam demônios sobrenaturais atuando ou que acasos genéticos produzem tais eventos, pois o que se repete não é acaso. Existe algum elemento real, natural, no meio ambiente, atuando ou na formação dos cérebros ou nos cérebros já formados. Mas a academia cientifica aponta erradas convicções sobre algo que a neurologia ainda desconhece ( como se relaciona o cérebro com os pensamentos, a mente?), e mais estatísticas e cálculos da probabilidade, como se isso fosse um fenômeno matemático e não biológico, e com isso engole, sem perceber, a conclusão de que acasos mágicos, sobrenaturais, existam.
Esta insensibilidade com elementos de mesma especie dentro de um sistema como o humano social tem um nome mais esclarecedor: ausência de “empatia”. As origens do que nos humanos e em sua psique se tornou em empatia remonta aos sistemas naturais ancestrais e hoje compondo cérebros ou rodeando-os por todos os lados, antes mesmo das origens da vida. Não é o caso de apontar a força de atracão eletromagnética onde contrários se atraem e iguais se repelem, como o positivo e o negativo. E’ o caso de falha na força onde semelhantes atraem semelhantes, como átomos de carbono atraem outros átomos como nitrogênio, hidrogênio para formarem aminoacidos.
Mas esta segunda força só é detectada quando vemos a matéria formando sistemas, e como sempre, pelo processo do ciclo vital. Um sistema natural apenas repele e se torna insensível a outros sistemas, inclusive aos semelhantes, quando se torna fechado em si mesmo. Nestes, as partes se alinham num circuito que une suas duas pontas e faz a energia com seu fluxo de informações rodopiar sobre si mesma perpetuamente, ate que a entropia o ataque. As partes se conectam numa rede forte e coesa e cedem sua identidade para um emergente controle geral do sistema. Vemos então que existe altruísmo de cada parte para com todas as outras, onde uma procura ceder algo que melhore as próximas, e aqui o fenômeno meramente físico, bruto, começa a adquirir ares de uma propriedade mais evoluída, que e’ a empatia pelo semelhante. Não importa que este altruísmo só exista em relacao aos componentes do mesmo corpo sistêmico e adverso a tudo o mais que exista, o que denota um altruísmo falso que e’ extremamente egoísta porque presta culto a uma entidade de um sistema extremamente egoísta. E’ como cada gangster da mafia ser fiel aos outros gangsteres e ao chefe do grupo, onde ele é altruísta a uma minoria mas egoísta e prejudicial em relacao ao conjunto da humanidade.
O cérebro humano foi montado pela mesma formula que montou estes sistemas nos níveis atômicos e astronômicos. Então o cérebro, a nível de glândulas, apresenta sete glândulas cada qual executando uma função sistêmica, como na formula. Em outra camada, o cérebro é dividido em sete regiões, cada qual com a mesma função. Se hoje temos um aparato tecnológico a ser usado pela Ciência, como o MRI, os eletroencefalogramas, inclusive os registros e atividades das sinapses, aconselha o bom senso que procuremos comparar os dados obtidos com estes instrumentos com a formula template natural para identificar quem é quem no contexto de sistema cerebral. Mas ninguém esta fazendo isto.
A empatia deve ser um produto relacionado ao ciclo vital. Um humano na forma adulta e’ conectado psiquicamente `a ele mesmo quando estava na forma anterior, da adolescência, e tem previsões a ele mesmo na forma futura de idoso. Esta força que modifica as formas de um corpo ao longo de sua existência e chamada de ciclo vital é quem produz as vaias formas das varias partes que vão formar sistemas naturais. Seria logico esperar que um humano se lembre de suas formas infantis anteriores com carinho, empatia, e que deseje o melhor para suas formas futuras, onde novamente aparece sutilmente a empatia ligando formas humanas. Este instinto inconsciente pessoal deve se extrapolar para outros humanos quando criam os sistemas sociais. Mas estas aberrações indicando esta falta de empatia, uma quebra de conexões, parecem nos levar a concluir que tais humanos odeiam suas formas anteriores e negligenciam ou são suicidas em relacao a suas formas futuras. E isto também se reflete, extrapola, para o social.
Isto só deve acontecer em sistemas abertos, como o são todos os sistemas biológicos, como o cérebro. Estou investigando o caso pelo método da anatomia comparada entre a anatomia cerebral e a formula natural para sistemas abertos, mas não vou a lugar nenhum porque não é suficiente ter o mapa geral do cérebro comum, e’ preciso ter os mapas dos cérebros defeituosos. Superpondo estes mapas sobre o mapa da formula, pode se detectar ou os desvios nas conexões ou os pontos de entradas de elementos externos perturbando o normal curso do sistema. Em outras palavras, a Justiça deveria imediatamente autorizar a Ciência a submeter os cérebros defeituosos a mapeamento instrumental. E liberar o nosso acesso a estes mapas, pois somos os únicos a trabalhar com o método da formula natural. E’ uma questão de vontade politica e força de representatividade de um grupo numeroso, o que não esta acontecendo porque o principal grupo que deveria estar interessado -a academia cientifica dominada por uma visão mistica crente em acasos mágicos – não tem a capacidade de descobrir e entender a formula natural dos sistemas, quase nada entende de sistemas naturais e portanto deste sistema que é o cérebro. E por isso a humanidade continuara sendo aterrorizada e obrigada a assistir diuturnamente estas aberrações produzidas em seu próprio meio.

Aberrações psicológicas humanas analisadas pela cosmovisão da Matrix/DNA

quinta-feira, julho 12th, 2018

xxxx

https://noticias.uol.com.br/cotidiano/ultimas-noticias/2018/07/12/casal-e-detido-acusado-de-prender-gemeos-de-tres-anos-em-caixote-no-es.htm?utm_source=facebook&utm_medium=social-media&utm_campaign=noticias&utm_content=geral

Espaço era pequeno e dividido em dois, para que as crianças não tivessem contato uma com a outra

Analise e solucoes baseada na cosmovisao da Matrix/DNA

O atraso da evolução biológica em certas linhagens genéticas revela essa ausência da empatia, pela qual outra genética mais evoluída com empatia teria a capacidade de sentir em si mesmo o que iria sentir estas crianças quando enjauladas. Mas não pode ser apenas o atraso evolutivo dessa raça, pois alguns animais irracionais nossos ancestrais já demonstram alguns exemplos de empatia. Isto significa que por algum motivo houve um atrofiamento e retrocesso evolutivo, e temos que procurar a resposta para melhorar a qualidade da humanidade. Assim, `a primeira vista, eu chutaria que a causa é a miséria física somada e causada pelo instinto predador da classe dominante nestes lugares. E mais o condicionamento religioso de uma religião que aceitava serem sacrificados os rebentos no altar dos sacrifícios aos deuses, o qual inconscientemente e’ projetado pela crença que é normal aos adultos e pais sacrificarem os filhos. em comportamentos castradores. Cinco seculos e 20 gerações dessa dominação e neste estado pode atrofiar propriedades biológicas e psíquicas que antes lutavam para se fixarem perpetuamente.
Resumo do que do leitor mais evoluído adota como atitude para erradicar este tipo de aberração:
1) Combate não-violento ao instinto predador da classe dominante do lugar;
2) Combate ao instinto de presa genético ( pelo qual as ovelhas saem correndo deixando para trás os filhotes a serem devorados pelos leões) explorado pelos predadores através de suas inventadas religiões para os pais e adultos entendam que não tem que se oferecer os mais novos a sacrifícios de nenhuma maneira;
3) Ensino aos pobres vivendo sob aquele ciclo eterno da miséria a se unirem em associações cooperativas de produção e consumo para boicotarem as fontes de renda e poder da classe dominante.
4) cientificamente fazendo o que estou fazendo: buscando mais conhecimento sobre a propriedade da empatia, da qual já detectei suas origens: ela vem do estado egoísta dos elementos de um sistema fechado egoísta ao se unirem altruisticamente para conservarem aquele estado.
5) Luta pelo controle de natalidade e planejamento dos nascimentos pela sociedade.

O Mistério da Auto-Consciência: o Fisicalismo, o Panpsiquismo, a Combinação de Mini-Consciências, Cosmopsiquismo/Idealismo ou Universal Reproducionismo da Matrix/DNA?

sábado, julho 7th, 2018

xxxx

https://hypescience.com/poderia-o-disturbio-de-personalidade-multipla-explicar-a-vida-o-universo-e-tudo-mais/comment-page-1/#comment-309846

Poderia o distúrbio de personalidade múltipla explicar a vida, o universo e tudo mais?

Meu comentario enviado a HypeScience (verificar se foi publicado):

Louis Morelli em Julho/07/2018

Todas estas complicadas e metafisicas suposições podem ser compiladas e resolvidas numa só racional e naturalista suposição: a de que neste Universo esta ocorrendo um mero processo de reprodução genética da coisa que o criou através de um Big Bang ( cujo evento e’ exatamente igual ao instante da fecundação que cria uma nova vida), a qual deve ser um sistema natural auto-consciente.
Um embrião de 8 meses já possui uma consciência enquanto dentro dele existem milhões de genes executando cada qual uma missão da qual devem ter alguma ofuscada consciência. Mas a coisa fica mais interessante quando descobrimos que os genes possuem como anatomia uma formula natural funcional igual a que se nota como formadora do cérebro, e desde que o cérebro e’ a estrutura da qual emerge a consciência, se deduz que a consciência esta sendo formada como uma nova forma de sistema natural e pela mesma formula.
Estas suposições emergiram como resultado dos meus cálculos e modelos teóricos elaborados pelo método da anatomia comparada entre todos os sistemas naturais conhecidos, de átomos a galaxias a cérebros. Como os modelos estão sugerindo que esta formula e’ constituída de fótons (biofótons) eu suspeito que o fenômeno da múltipla personalidade tem origem num defeito do “big bang” inicial de um indivíduo onde, ao invés de apenas uma copia da formula se manifestar, ao evento convergem varias copias ao mesmo tempo, consolidando algo como uma superposição quântica de camadas de luz, a qual se fixa durante a vida do individuo ( não admira que a DPI foi constatada laboratorialmente apenas em relacao a cegueira, que justamente envolve a luz).

Sei que resumir a coisa assim fica difícil de entender, para isso seria necessário dar uma olhada no meu website, nos modelos, na formula e nos métodos utilizados. Mas se temos um parâmetro real, físico, visível aqui perante nossos olhos, explicando a relacao de uma consciência sendo construída por múltiplas microscópicas consciências, para que vamos rebuscar teorias metafísicas? Estes exercícios filosóficos mentais são bonitos porem complicam, desviando a razão para uma área que cheira `a mistica desnecessariamente. Esta faltando a navalha de Occam para estes filósofos.

xxxx

Analise do texto e pesquisa dos links:

Distúrbio da personalidade múltipla – oficialmente conhecido como Distúrbio da Dissociativo de Identidade (DDI) – e’ uma condição na qual a psique dá origem a múltiplos centros de consciência operacionalmente separados, cada um com sua própria vida interior privada. Foi constatado laboratorialmente primeiro com a mulher que esporadicamente afirmava estar cega nada vendo apesar de ter os olhos normais e abertos, e o MRI constatou que a parte do cérebro relacionada com a visão estava inativa. Porem quando a mulher dizia estar vendo tudo, a mesma região estava ativa.

Realidade física e o problema difícil da consciência

De acordo com a visão metafísica dominante do fisicalismo (segundo a teoria do fisicalismo, todos os aspectos da realidade, inclusive estados mentais e afetivos, somente adquirem plena compreensibilidade e concretude se analisados como realidades físicas), a realidade é fundamentalmente constituída por coisas físicas externas e independentes da mente. Os estados mentais, por sua vez, devem ser explicáveis em termos dos parâmetros dos processos físicos no cérebro.

Um problema-chave do fisicalismo, no entanto, é sua incapacidade de compreender como nossa experiência subjetiva – como é sentir o calor do fogo, a vermelhidão de uma maçã, a amargura da decepção e assim por diante – poderia surgir de meros arranjos de coisas físicas.

O Problema difícil da consciência

Entidades físicas, como partículas subatômicas, possuem propriedades relacionais abstratas, como massa, spin, momentum e carga. Mas não há nada sobre essas propriedades, ou sobre a maneira como as partículas são organizadas em um cérebro, em termos das quais se pode deduzir como é o calor do fogo, a vermelhidão de uma maçã ou a amargura da decepção. Isso é conhecido como o “problema difícil da consciência”.

Panpsiquismo

Para contornar esse problema, alguns filósofos propuseram uma alternativa: essa experiência é inerente a toda entidade física fundamental na natureza. Sob esse ponto de vista, chamado “panpsiquismo constitutivo”, a matéria já tem experiência desde o início, não apenas quando se organiza na forma de cérebro. Até mesmo partículas subatômicas possuem alguma forma muito simples de consciência. Nossa própria consciência humana é, então, alegadamente constituída por uma combinação das vidas interiores subjetivas das inúmeras partículas físicas que compõem nosso sistema nervoso.

Problema de Combinação de Mini-Consciências

Como nada na ciência e na filosofia é muito fácil de ser explicado, o panpsiquismo constitutivo tem um problema crítico próprio: não há nenhuma maneira coerente de esclarecer como os pontos de vista subjetivos de várias partículas subatômicas poderiam se combinar para formar pontos de vista subjetivos de nível mais alto, como o meu e seu. Isso é chamado de “problema de combinação”.

Resposta da Matrix/DNA: Eles não se combinam, e sim se agregam pela evolução de um sistema inicial que foi fragmentado e volta a se reconstituir.  Exemplo: o genoma dos pais e’ um sistema dividido em duas copias diferenciadas que se fragmentam na fecundação para suas partículas genéticas se amalgamarem e tornarem-se um só sistema, igual ao anterior, com a maior complexidade emergida da mistura.

Cosmopsiquismo ou Idealismo

Uma forma de resolvê-lo é postular que, embora a consciência seja de fato fundamental por natureza, ela não é fragmentada como matéria. A ideia é estender a consciência para todo o tecido do espaço-tempo, em vez de limitá-la às partículas subatômicas individuais. Essa visão – chamada de “cosmopsiquismo” na filosofia moderna, mas que pode ser reduzida ao que classicamente tem sido chamado de “idealismo” – é que existe apenas uma consciência universal. O universo físico como um todo é a aparência extrínseca da vida interior universal, assim como o cérebro e o corpo vivos são a aparência extrínseca da vida interior de uma pessoa.

Resposta da Matrix/DNA: Na formação de um novo cérebro humano, emerge uma nova consciência sem conhecimento que e’ copia de uma existente consciência com conhecimento, a de seus pais, ou da especie humana. Porque não também em relacao ao sistema natural que esta se desenvolvendo dentro do Universo? Cada forma de vida em cada galaxia e’ uma nova consciência sem conhecimento que e’ copia de uma consciência com conhecimento do sistema antes e alem do Universo. Não se pode no entanto que pode-se estender esta consciência extra-universal a todo espaço-tempo existente, porque podem existir outros universos, populações de universos, cada qual com uma consciência distinta. E indo mais alem, pode ser que todas as distintas consciências de todos os universos sejam produzidas por uma consciência ainda superior a elas…  

Uma Unica Consciencia Universal se contradiz com as diferenciadas consciencias individuais?

Não é preciso ser um filósofo para perceber o problema óbvio dessa última ideia: as pessoas têm campos de experiência particulares e separados. Normalmente, não podemos ler os pensamentos de tudo que existe, nem estamos cientes do que está acontecendo no universo o tempo todo, certo? Seria bom, mas…

Portanto, para que o idealismo seja sustentável, é preciso explicar – pelo menos em princípio – como uma consciência universal dá origem a múltiplos centros de cognição privados, mas simultâneos, cada um com uma personalidade e senso de identidade distintos

Resposta da Matrix/DNA : Não existe esse problema quando entendemos que no Universo esta ocorrendo um processo de reprodução genética. Os genes são individualizados e separados na formação de um novo corpo enquanto o corpo não existe ainda no interior do universo ovular. Mas antes deste processo de embriologia eles se juntavam numa só consciência ( ou um casal de corpos de uma só especie) e depois do corpo formado voltam a ser uma consciência.

Solucao final academica: O DDI deve acontecer na relacao entre nossas consciências e a consciência universal. Os alter-egos

É aqui que entra a dissociação. Sabemos empiricamente que a consciência pode dar origem a muitos centros operacionalmente distintos de experiência simultânea, cada um com sua própria personalidade e senso de identidade.

Portanto, se algo análogo ao DDI acontece em um nível universal, uma única consciência universal poderia, como resultado, dar origem a muitos alter egos com vidas internas privadas, como a sua e a minha. Nesse caso, todos seríamos alter egos da consciência universal.

Se alguma forma de DDI universal acontece, os alter egos da consciência universal devem ter uma aparência extrínseca. Kastrup teoriza que essa aparência é a própria vida: os organismos metabolizadores são simplesmente o que os processos dissociativos de nível universal parecem.

Conforme ele explica ao portal Scientific American, o idealismo é uma visão tentadora da natureza da realidade, na medida em que elegantemente contorna dois problemas indiscutivelmente insolúveis: o problema difícil da consciência e o problema da combinação. A dissociação oferece um caminho para explicar como uma consciência universal pode se tornar muitas mentes individuais, proporcionando uma maneira coerente e empiricamente fundamentada de dar sentido à vida, ao universo e a tudo que existe.

xxxx

O artigo acima e’ traducao compilada de:

https://blogs.scientificamerican.com/observations/could-multiple-personality-disorder-explain-life-the-universe-and-everything/

Could Multiple Personality Disorder Explain Life, the Universe and Everything?

xxxx

Ver outros links nos dois artigos acima relacionados ao tema: