Archive for the ‘A Grande Causa da Humanidade’ Category

O segredo do sucesso estará em abrir mão de toda privacidade?

sexta-feira, abril 26th, 2019

xxxxx

Um sistema social será tanto mais defeituoso  quanto mais informações privadas os cidadãos negarem ao Big Brother. Pois ele terá menos capacidade para ajustar todos os diferentes cidadãos numa organização perfeita.

Um sistema social sera tanto mais perfeito quanto mais informações sobre cada individuo o Big Brother souber.

O Big Brother é a entidade abstrata dos sistemas que emerge como a soma de todas as informações de todas as partes mais as informações das interações entre as partes… e se o sistema não for isolado, sobre as interações das partes com elementos externos ao sistema. Esta entidade abstrata nos sistemas mais complexos vem da evolução do auto-controle dos sistemas não-vivos que mantem o equilíbrio termodinâmico interno. E’ comum entre os biólogos se falar num “comando invisível de instruções no DNA”. Este é o Big Brother dos genes.

Tudo isso se percebe de imediato quando temos em mente a formula universal que a natureza tem aplicado para organizar matéria em todos os tipos de sistemas naturais existentes:

E o desenho do circuito do fluxo interno de informação da fórmula da Matrix/DNA na sua versão de sistema perfeito fechado, na forma de diagrama de software

Fórmula da Matrix/DNA na sua versão de sistema perfeito fechado, na forma de diagrama de software

Existe enorme relutância das pessoas em partilhar sua privacidade. O diretor da Petrobras que foi preso por corrupção e se descobriu que ele tinha uma parede oca na casa com 20 milhões, não iria querer informar isso ao Big Brother. Este exigiria até que as pessoas informem se se masturbam ou não, quantas vezes, e quantas vezes vão ao banheiro, se tem cabelos brancos embaixo da tinta, etc. Mas pela definição de sistema perfeito, se uma unica informação, a mais aparentemente desprezível que possa ser, interna ao sistema, que não esteja somada na entidade do controle, o sistema não será perfeito.

Somos conduzidos a concluir com certeza que nunca, jamais, a humanidade terá uma sociedade perfeita.

Mas também temos certeza que, ou o ser humano muda de forma física ou a humanidade será extinta. Com certeza as mudanças que ocorrerão no planeta e no sistema solar chegarão a um ponto que não mais suportará a vida na Terra. Uma alternativa que parece ser a unica esperança é que o ser humano evolua mudando sua forma física, no sentido de menos massa e mais energia. Seria a unica maneira de realizar viagens interestelares, para encontrar outro planeta como a Terra, e/ou espalhar-se pelo Universo.

Mas para mudar de forma é preciso que haja transcendência. E transcendência provem da perfeita harmonia de todas as partes com abertura para a própria auto-evolução. Essa perfeita harmonia de todas as partes implicaria num sistema social perfeito. E sistema perfeito implica que todos os cidadãos abram mão totalmente de sua privacidade.

Estamos aparentemente diante de um problema paradoxal sem solução racional.

No livro e filme “Admirável Mundo Novo”, de Aldous Huxley, podemos ter uma representação de um sistema social perfeito. Mas o autor mesmo observa que o ser humano se torna uma especie de robot, estupido, onde é proibido descobrir coisa nova porque alteraria a ordem do sistema, seria proibido criar, e proibido ou inexistente o livre-arbítrio. Obviamente muitos dos humanos de hoje rejeitariam tal sistema, apesar dele proporcionar a felicidade física máxima.

Uma possível solução seria a humanidade procurar formar uma sociedade organizada, no sentido de harmônica, sem sistema nenhum. Isto implica, sem ter um núcleo, um governo central. Todas as decisões relacionadas ao nível social seriam ditadas por plebiscitos. Mas para isso teria antes que haver uma lenta evolução no sentido de cortar as arestas culturais, comportamentais, aproximando-se de culturas e comportamentos únicos. A maioria sempre venceria um plebiscito. Imagine se a maioria fosse muçulmana. Muitas de suas decisões seriam insuportáveis para ateus, materialistas, católicos, etc. Imagine ser obrigado a cobrir a face com um pano…, nunca usar calca jeans… Se a maioria fosse mulher e com o poder de ditar as regras, nem Jesus teria podido ficar na casa da mulher que não parava de mover-se limpando e arrumando a casa e reclamando que os homens não ajudavam naquele trabalho para ficarem falando de filosofias, politica…

Então talvez a solução pelo “sistema nenhum” seja possível, porem certamente seria muito lenta. Que todas as cabeças diferentes vão caminhando no sentido de um dia convergirem para ser uma cabeça só, teria que ser um processo em que cada geração mudasse um minimo detalhe de um comportamento menos comum no contexto da população global. Mas também o planeta teria que ir mudando no sentido de chegar a uma homogeneidade geral de clima, etc.

Talvez a solução suprema e possível esteja oculta num conceito que foi dito acima relacionado ‘a utopia de Huxley: felicidade física máxima.

Creio que existem dois tipos de necessidade humanas diferentes: as necessidades físicas e as intelectuais, ou espirituais. Então poderíamos pensar na humanidade chegando a dois tipos de organização harmônica. Uma, referente as necessidades físicas, seria o sistema perfeito, total acomodação e satisfação para o corpo, e outra, referente as necessidades intelectuais, sem sistema algum, harmônica mas inter-diferenciada, com o todo aberto a sua evolução. A necessidade intelectual continuaria a motivar a evolução espacial, e com isto retiraria da maquina social corpos para habitarem, como por exemplo, as estacoes espaciais. Pois no admirável mundo novo a estupidificação interromperia qualquer busca de evolução. As descobertas, a criação, a manutenção da consciência autônoma, se daria acima da Terra, portanto sem afetar o sistema social perfeito. Mas na nave não haveria lideres, comandantes, pois ali não poderia haver sistema algum.

As sociedades de abelhas e formigas são a encarnação biológica da formula universal para sistema perfeito. E’ compreensível que a formula encriptada na genética tenha conseguido se auto-projetar depois que formou o organismo, para ser o sistema social: formigas e abelhas não possuem intelecto, nem mesmo um cérebro digno de nota. Ali a rainha e a encarnação da identidade abstrata que emerge como controle do sistema. mas devemos notar que a própria rainha e escrava de e no seu próprio sistema. Ela tem que se submeter a regras rígidas de disciplina. Ela também não pode descobrir, não pode criar, não pode exercer o livre-arbítrio na sua totalidade, pois alteraria o sistema. O Big Brother também seria um escravo do sistema.

O Universo tem organizado – ou assistido a organização – de tudo em sistema. Até a mais remota pedra no fundo do oceano pertence a um sistema, o galáctico. E todo sistema é ruim, pois implica em morte, escravidão, etc. Mas parece-me que o Universo está mandando uma mensagem: a existência eterna, a liberdade total, só será agraciada ‘a especie em que as partes coexistam harmonicamente deixando de serem partes de um sistema.

Enfim, por enquanto a sugestão racional para a humanidade fé: transforme o planeta num jardim ajardinado e o humano inserido numa biosfera mecanicamente automatizada, onde o corpo terá  o máximo de sua satisfação, mas mantenha a mente fora disso, aberta a evolução.

Isso é possível. Só ainda não resolvi o que vamos fazer com nossa privacidade dos dados relacionados ao nosso corpo físico. O que inclui ate o ultimo centavo, ou a garrafa de uísque que mantenho escondida embaixo da cama. E como nos casos de imigração, se você quiser mesmo se naturalizar cidadão devido a casamento, podes ser obrigado a informar até a cor da calcinha da sua mulher, para provar que o casamento é verdadeiro…

E talvez por ai também vai se resolver a questão da privacidade. Você quer ser do sistema e você entende que para o sistema existir e se manter ele tem que obter e verificar informações, senão vira bagunça, o sistema pode se desfazer. Assim você perde toda vergonha, toda proteção de sua privacidade física, e entrega voluntariamente o corpo para o admirável mundo novo… Mas a mente, nunca!

Existiria uma maneira de todo mundo entregar o corpo e todos manterem a soberania sobre sua mente. Mas não poderia ser ateu e não pertencer a nenhuma religião organizada, nenhuma igreja. Todos concluiriam e teriam a intuição de que exista pelo menos uma inteligencia muito mais evoluída, e portanto com muito ou total poder sobre o mundo material. Esta intuição seria o único denominador comum entre todas as mentes. A igualdade das mentes terminaria ai. A partir dessa intuição cada mente iniciaria a buscar e montar a sua imagem e conceitos sobre o que seria essa “consciência cósmica”. Como todo humano é diferente em algo de todos os demais, todos tiveram experiencias de vida com algum detalhe diferente, não haveria um deus igual ao outro. Seria proibido falar de seu Deus e você não aceitaria ouvir outros falarem de seus deuses para não perturbar sua imagem. Cada Deus indica um caminho especifico, único, a seguir. Assim todos os humanos teriam direções intimas, inconfessáveis, diferentes, apesar de conviverem juntos. E’ possível, pois eu venho a tempos fazendo exatamente isso, minha divindade ninguém mais pode conceber igual, o meu templo é meu cérebro, somente eu posso entrar nele.

 

A especie humana sera extinta? Como respondem os materialistas e a Matrix/DNA

quinta-feira, abril 25th, 2019

xxxxx

( extraído de: Theskepticalzone.com)

Question:

It is possible for the human race to become ‎totalmente ‎extinct? Does the free will we have been endowed with make even that awful fate possible, or do you think that, because of the particular interest God has in us (we being created in His image, for example) this is not something that would ever be allowed to happen? In a word, should we take steps to ensure that there will still be human life in 100 years, or (assuming–at least for the moment–that the apparent dangers to our continuance haven’t just been fabricated somehow) homo sapiens are safe in God’s hands.

Answer:

I note that all but a small fraction of species have gone extinct — those alive today. And we seem to be in the midst of another mass extinction. I read that the average life span of a species generally is about 15 million years, about 20% of which is spent actually branching from a parent species. I can’t speak for theists, but most estimates I’ve read predict a relatively short life span for humans, certainly far less than one million years.

Also, they predict a population implosion after the planet’s carrying capacity for humans has been exceed by a large enough margin for long enough, making recovery unlikely due to resource depletion (read: fresh water). Human population growth since the scientific revolution has resembled bacteria more than it has resembled other mammals. I note also that reducing our carbon footprint will be achieved by reducing our population, and probably no other way. But nobody seems to be willing to mention this.

The consensus, as I read it, is that high intelligence is NOT a positive survival characteristic. That experiment might never be attempted again.

xxxxx

E como a Matrix/DNA responderia:

Futurologia com insuficientes dados ou dados confusos é perda de tempo. Ao inves desta abstração devemos voltar os olhos para a pratica. Pelas teorias mais convincentes correntes, o planeta e o sistema solar não tem sido estáveis, com períodos curtos de mudancas que teriam dizimado a humanidade. Talvez agora o sistema esteja numa fase mais madura, estável, e permaneça estável por milhoes de anos. Ou talvez não.

A atual aceleração na mudanca do polo magnetico e os constantes eflúvios de explosões solares são preocupantes. Tambem preocupante é que qualquer mudanca que não seja geologicamente devastadora deverá provocar uma guerra atômica ( por exemplo, falta de agua potável a um pais com arsenal nuclear), a qual pode completar um processo de extincao.

Pela visao de mundo da Matrix/DNA, o mais importante não é se a especie humana será  extinta, mas sim se o feto de auto-consciencia sendo gestado aqui vencera o período de incubação sem ser abortado morto, ou se terminara esse processo em outra especie, talvez ainda, em outro planeta. Cremos que nos estamos e nos somos esta consciencia e não este corpo. Se isto for verdade, devemos buscar a eternidade da consciencia e não da humanidade. Esta seria prejudicial nos mantendo prisioneiros.

Se realmente existe a consciencia e o feto dela aqui, cremos que ela está garantida na sua sobrevivência. Existiriam muitas inteligências mais evoluídas no Universo assistindo para sua proteção, porque para eles seria de um interesse supremo, quase mortal. E se de fato neste Universo está ocorrendo uma reproducao genetica como sugerem nossos modelos teóricos, muito provavelmente seria a reproducao de algo com consciencia, e de nivel cosmico, entao definitivamente ela estaria garantida. Mas para que ela esteja garantida não é necessario garantir a sobrevivência da humanidade antes que termine seu período de gestação. Aparelhos gestores poderiam serem substituiveis.

Portanto vemos que não existe sentido ou lucro em investir tempo e massa cinzenta nesta futurologia. Temos sim que nos voltar-mos para o fator pratico da questao. Temos que manter o planeta apropriado para sustentar a vida. Temos certeza que certos detalhes se continuados vao interromper a sustentação da vida. Entao temos que nos concentrar nestes detalhes para elimina-los, se nos for possivel. Uma vez concluído que seja possivel, devemos iniciar a atuar imediatamente, assumindo o compromisso total pelo que é possivel ao individuo fazer. Por exemplo, metropoles acima de 500.000 pessoas determinam que o espaco ocupado por elas perca as propriedades de suportar o ecossistema da vida natural. Se moramos em uma dessas metropoles temos que nos mudar para cidades menores e denunciar com veemência os que estao contribuindo para seus crescimentos. Por este raciocínio que me ocorreu apenas agora, percebo que tenho mais um motivo moral para mudar de onde estou morando ( New York City). Com certeza, a partir de agora vou procurar a mudanca, esta a utilidade pratica desta questao. Tenho que vender o carro e dar um jeito de usar transporte publico e de preferencia não a petroleo. Tenho que ser mais rapido nos banhos desperdiçando menos agua potável. Etc. Assim é o que devemos fazer e é a única coisa que podemos fazer. O resto, o que vai acontecer, so podemos deixar por conta dos dados que desconhecemos.

 

 

 

Um dos motivos porque o livro A Bíblia mente – segundo minha opinião.

quarta-feira, abril 24th, 2019

xxxxx

Um dos motivos porque o livro A Bíblia mente – segundo minha opinião.

Imagine um ser tao inteligente e poderoso capaz de criar o corpo de uma ovelha. Sua mente tem de criar os materiais como osso, carne, músculos, nervos, sangue, etc.. Dai tem que perguntar: vou fazer este corpo ter a necessidade de se alimentar ou não? Vamos supor que Ele concluiu que deve se alimentar. A próxima pergunta será : esse corpo vai se alimentar como as plantas, fazendo fotossíntese, ou de outra maneira?… Comendo minhas plantas? Seria irracional escolher comer suas plantas, seria muito pior para o corpo pois a energia do sol se desperdiça e tem `a vontade. Mas vamos supor que Ele tivesse alguma razão “de outro mundo”. Então porque não criar esse corpo no outro mundo e sim aqui? Continua sem sentido inteligente. Então sem sentido inteligente ele resolveu que o corpo iria comer Suas plantas, para azar delas. Claro que ela vão dizer: “Maldito criador, criando monstros para nos comer vivas!”.  Não ligando para o choro delas Ele agora tem que pensar em montar um sistema de absorção e digestão destas plantas para no final tirar delas a energia que vem do Sol… Ora, tira essa energia diretamente do Sol e o sistema para absorve-la já existe, deixe de ser burro!  Mas vamos continuar com a irracionalidade. Então Sua inteligencia tem que pensar e criar pela primeira vez no Universo um estomago, com ácidos, os quais também tem que criar pois não existem ainda, a entrada e saída, e ligado a bílis, criar um aparelho que vai chamar de pâncreas, e depois o figado para limpar as impurezas, e depois as bactérias para digerir o alimento, e depois os intestinos… Agora tem que criar um sistema de circulação no corpo, e Ele tem que aplicar Sua inteligencia para criar outra coisa que nunca viu, o coração, e dai as traqueias, as veias, etc. E ai tem que criar algo como boca, com língua, os dentes, os maxilares e depois a respiração criando o nariz, os pulmões e depois as coisas do sexo, e depois o sistema excretor, e depois a complicada visão, a audição, o cérebro…

Bem, vamos dar uma chance para a Bíblia e continuar com esse absurdo. Depois de todo esse trabalho Ele diz: ” Seu nome será  “Ovelha” e o objetivo de sua existência é ser comida pelo leão!”

E o leão não vai servir para nada… vivendo apenas ate o dia que as mudanças no planeta apague seus rastros e o mundo se esqueça de que um dia tenha  existido…

Muito sensato, muito inteligente, faz todo sentido… talvez no mundo imaginário de fantasias dos recém-nascidos ainda no berço…

Mas ai se tivesse um humano por perto mesmo um pouquinho inteligente perguntaria de imediato: ” Mas o leão vai come-la viva?” – ” Não! Você acha que sou um monstro? Que sou o demônio? A ovelha é minha criatura, minha grande obra, que tanto trabalho me deu, e claro, que amo minhas criaturas, jamais as criaria para serem torturadas, o leão vai mata-la antes de começar a comer!” – “Oh,… sim? E como vai mata-la?” – ” Ora vai aparecer para ela, ela vai sair correndo desesperada, o leão vai persegui-la, ai ela vai sentir o leão rasgando-a toda com suas garras, depois estraçalhando sua garganta com os caninos de vampiro, ai ela vai ficar gritando de dor e horror, o leão vai ficar ao lado esperando ela espernear até morrer e só ai vou autoriza-lo a come-la”

– ” Mas porque não fazes isso de outro jeito? Sem dor e horror? Por exemplo, o leão tem um olho emitindo um facho de luz que chega por traz da ovelha e a mata instantaneamente, sem ela sentir e sem vê-lo? Ou porque não faz a ovelha com genética para não sentir dor?”

– ” Ora,… porque… porque…

Eu não vou dar uma resposta. Deixo isso para os autores e defensores da Bíblia e vou ficar esperando eles responderem. Enquanto não responderem, fico com pena dos defensores e crentes nas lendas desse livro  como fico com pena de uma criancinha que acredita nas mentiras do adulto que esta enganando-a para ela o acompanhe ao mato onde ele vai estupra-la. Fico com pena e raiva ao mesmo tempo de ver adultos se comportando como as criancinhas que acreditam em tal mentiroso, pois estes adultos são inúteis quando os chamo para qualquer obra inteligente em favor da humanidade… “Ah, não, isso é coisa de Deus, não vou me envolver nisso…”. E fico com ódio dos autores da Bíblia, que nada mais foram que o adulto mentiroso que tinha o objetivo de escapar do trabalho duro para comer seu pão e percebeu que mentindo o povo ia carrega-lo nas costas como escravos. E assim vão enfiando a mão nos seus bolsos tirando o misero dinheirinho que podia comprar alguma felicidade para os filhos, como a criança crédula segue o estuprador para o mato…

Por seu lado o estuprador é tao desviado mentalmente que acredita estar praticando o que foi determinado por Deus, pois ele vai achar no “livro” algum versículo que confirma isso, como “Devereis multiplicar-vos!” E termina o ato fazendo o nome do Pai para que Este veja que ele obedece.

Esse mundo com humanos assim é, de fato, REPUGNANTE. Como pode o cérebro humano estar ainda tao disfuncional, tao débil e primitivo?!

Você pode até observar o mundo, não ver as explicações racionais para as coisas que vês, pode tentar evitar o trabalho de esmiuçar a Natureza para procurar estas explicações, imaginando que exista algum tipo de ser poderoso e consciente que tem um plano para o mundo ser assim e para você ser o que é nesse mundo. Até ai ainda consigo entender, pois eu também as vezes certas questões são tão complexas que me induzem a suspeitar em algum tipo de consciência cósmica, ou de outra dimensão que não sou capaz de ver. Mas, seja qual for a figura que você imaginar, ela será sua e somente sua! De mais ninguém! Seu relacionamento com esse ser, esse amigo imaginado só pode ter algum resultado na sua própria e unica relação com esse ser. Que você aceite intermediários que sabem igual ou menos que você, muitas vezes com a intenção de tomar algo seu ou te usar para os interesses dele, outro humano que nada mais é que igual a você, no meio do caminho entre você e seu Deus! Isso é absurdo! O estuprador se veste como palhaço para engabelar a criancinha, e você cair na balela de batas e togas para te engabelar? Fique ciente que estas na frente de um doente mental que acredita que está  obedecendo a seu Deus enquanto com isso convenientemente escapa da miséria e do trabalho duro. Estas prejudicando o escritor de mentiras ou falso mensageiro de mentiras ao alimenta-lo no seu pecado! Um messias ou real enviado de um Deus-Pai jamais teria saído deste mundo deixando leões monstros soltos comendo ovelhas vivas e estupradores torturando criancinhas, entenda isso!

Numa aldeia rural nos penhascos da Grécia tem um povo simples onde os pais repetem incansavelmente aos filhos desde que nascem que ali existiu um gigante com força sobrenatural chamado Sansão que derrubou os pilares do palácio com suas mãos, que enfrentou a górgona com sete serpentes na cabeça, que matou o dragão nos subterrâneos da Terra, que dizimou os demônios fantasmas que saiam dos porcos… que conversou com cobras falantes enroscadas em arvores… E depois quando estas crianças crescem acreditam nisso e estes pais lhes dão o livro das lendas de Sansão. E de fato lá estão as ruínas de um palácio com os pilares destruídos pelo tempo, tem o Rio Eufrates por onde Sansão teria navegado… E estes filhos quando se tornam pais fazem os mesmos com seus filhos com os netos… a aldeia crê no Deus Sansão, quando na verdade um escritor imaginativo –  que assistiu uma batalha ao lado de um soldado mais grande e mais forte mas que morreu e ficou lá estirado no chão – escreveu um livro com estas fantasias e para vende-lo dizia ser verdade… Que isso pudesse acontecer de fato é possível, pois o cérebro humano sem maiores ciências, sem microscópios e sem telescópios para ver as explicações dos fenômenos naturais que ele pode enxergar, funciona muito mal.

Que alguém aceite intermediários entre o que lhe sussurra sua alma e suas intuições sugerindo um modelo de Criador, intermediários humanos sem sua alma e suas intuições que nada fazem de magicas supernatural para provarem suas amizades poderosas, isso nunca vou entender e aceitar. Com meu Deus só eu posso conversar e no silencio da noite escura embaixo das minhas cobertas. Quanto aos outros humanos que vão pegando no martelo e enxada e trabalhando duro para não virem tomar o que produzo em troca de conversa fiada ou letras escritas em folhas de papel. Se eles tem um Deus, um Pai Espiritual ou seja la como for, que conversa ou conversou com eles, esse não é meu Pai, pois Ele nunca veio falar comigo. Por algum motivo que desconheço, meu Pai apenas me ouve, talvez atenda ou não meus pedidos, mas não sei por qual motivo Ele não pode responder na minha língua. E também por isso não acredito que outro pai espiritual responda  conversando com criaturas humanas. Afinal, Deus fez meu corpo para crescer e virar adulto e não teimar em ser criancinha a vida toda acreditando nas mentiras deste tipo de adultos …

Estas mentiras tem causado muita dor, muita tortura, muita miséria e muita escravidão entre a humanidade. O crente nessas mentiras se alia a fantasmas e serve a fantasmas em detrimento de sua união com seus irmãos terrestres e humanos pela qual muito seria alcançado. Um Deus de verdade diria que não precisa de pucha-sacos nem baba-ovos, mas sim precisa de gente que se una para somar com seus filhos que trabalham e produzem seu pão na Terra sem tomarem nada de ti, que por acaso, são seus irmãos.

 

O que fazer para chamar atenção de inteligencias mais evoluídas, não humanas?

sábado, abril 20th, 2019

xxxx

Li sobre um debate se existem alienígenas nos observando. E alguém colocou uma hipótese muito interessante.

Imagine quando você está num zoológico observando animais. Ou num aquário observando peixes. Separando você dos animais tem uma cerca como uma tela de arame. Javalis pastando grama, girafas esticando o pescoço no alto das arvores, macacos comendo banana e fazendo macaquices. Formigas mostram um sistema social com divisão de trabalho, construção de casa-cavernas e tuneis, abelhas fazem favos de mel… Tem macaco que gosta de agarrar cipos e voar no ar, outros ficam rolando dando piruetas, outros ainda puxando rabo dos cavalos…

Qual sua reação, que importância você da aquela cena, o que você aprende disso tudo? São seres vivos, alguns muito interessantes, alguns se movem fazendo coisas a mais que apenas comer, dormir, fornicar… Mas tudo termina ai’. Eles ficam repetindo o que fazem do nascer ao morrer, e no final o resultado de tudo que fazem e terem extraído do meio-ambiente  algo, desmanchando, destruindo, nunca construindo diferente, nenhum faz algo mais notável que os outros não sejam capazes de fazer. E isto vira rotina, você se cansa, a cena apesar de ser cheia de movimentos por dentro, e estática em relação a horizontes mais amplo, se nada mudar no ambiente aquela cena sera eterna.

Você volta os olhos as suas costas e vê os humanos andando no meio do zoológico, mais alem os arranhas céus, a catedral, a avenida, os carros… A cena tornou-se bem mais complexa, você sabe que mesmo o ambiente planetário mantendo-se o mesmo, os humanos mudam o ambiente imediato, tem muitos que fazem algumas coisas que outros não fazem, etc. Qual a causa fundamental destas diferenças entre humanos fora da cerca e animais dentro da cerca? Você dá um nome, um rotulo geral, abstrato porque não sabe definir direito o que significa: inteligencia. E logo se lembra que o cérebro humano e diferente de todos os animais, ele tem uma estrutura mais complexa chamada de córtex, e dai você entra mais na abstração de onde ressurge com um nome… “auto-consciência”. Sabe muito menos o que esse conceito abstrato significa, mas inteligencia e auto-consciência, mais o córtex, e o conjunto da base da diferença entre as duas cenas.

Agora imagine que você se cansou de ver os animais e já se prepara para se retirar quando um macaco te chama a atenção, porque ele esta te olhando, grunhindo como se te chamando, e movendo os pés, arrastando-os de modo inusual. Você se aproxima mais da cerca, o macaco pega uma vareta e risca o chão fazendo riscos e de repente, estupefato, você vê que um desenho e a figura de uma igreja, exatamente da catedral! O macaco continua rabiscando e para esperando você ver os rabiscos e mais estupefato você vê palavras escritas… ” preciso trocar ideias com vocês”.

!!!…

Claro que no final aquele macaco sera retirado da cerca e levado para um salão especial, rodeado de humanos, etc.

Assim, esta acontecendo quando a Terra significa ser um enorme zoológico e tem visitantes de fora observando os seres vivos. Assim como os macacos peraltas chamam mais a atenção dos humanos porque fazem mais coisas, algumas ate parecidas com o que humanos fazem, também os humanos chamam mais a atenção dos alienígenas, pois fazem cidades, carros, aviões… Mas tudo termina ai. Os humanos não tem os pelos ou as penas dos bichos, os alienígenas não tem o esqueleto ósseo e a carne dos humanos. Seus corpos são mais energia que massa. Seus cérebros já não tem divisão entre esquerdo e direito nem a parafernália do hipocampo, tem uma especie de córtex mais energética ainda que parece uma esfera de luz. Não existe possibilidade de comunicação por algum sinal programado inteligente, apenas talvez se os alienígenas ficassem brincando jogando bolas para cachorros pegarem, riscando o chão para macacos olharem, etc. O pior e que os humanos nem sequer olham na direção da cerca para verem os alienigenas lá fora os observando, pois humanos não tem sensores para captar, ver, os alienigenas.

Eu quero ser o macaco que olha na direção dos alienigenas, emite algum tipo de ruido que eles percebam e faça coisas mais próximas do que fazem, chamando-lhes a atenção, eu sou diferente, e preciso trocar ideias com vocês.

Mas em que direção olhar, que ruídos, que coisas a fazer?

Desde os primórdios existiram e existem os misticos que acreditam em seres sobrenaturais, em deuses, e já tentaram de tudo para estabelecerem contacto, trocar ideias, principalmente para pedir alguma coisa a eles. Muitos tem dito que conseguiram comunicação, resultados, mas nada que possa ser provado aos demais e imitado pelos demais, e se conseguiram algo, esse progresso morre com eles. As técnicas escolhidas nessa busca de comunicação tem sido as rezas, os rituais, as meditações.  Já tentei todas, para mim, e sei que para a grande maioria, nada funcionou.

Então tenho que mover neurônios buscando outra técnica. Mas… espera ai… por acaso sou mistico crendo em sobrenaturais? Acho que existe uma diferença. Ela começa a ser percebida na própria hipótese em que eu tentei descrever não fantasmas sobrenaturais, mas alienigenas materiais transformados pela logica natural da evolução. Energia se torna massa, massa se torna energia, e sabendo-se que energia e mais poderosa que massa, a evolução deve transformar o corpo denso de osso e carne em algo mais energia. A divisão do cérebro em duas metades deve ser de grande prejuízo para operações mentais, um cérebro inteiro sem divisões deve ser muito mais capaz de obter e processar mais informações. A evolução pela teoria de Darwin não está completamente provada mas as evidencias são avassaladoras, justifica que eu aposte nessa teoria e inicie tudo supondo que a natureza tem a propriedade da evolução. Então estou sendo naturalista, não mistico, racionalista, não imaginativo. Posso conseguir descobrir técnicas que demonstrem alguns resultados incontestáveis, que se estabeleçam, possam ser imitados pelos outros humanos.

Então como começar a procurar a direção certa onde focar a visão, os pensamentos, quais tipos de ruídos, quais comportamentos produzindo algo mais próximo do que os alienigenas produzem?

Ao pensar nisso fico irritado comigo mesmo pela impressão de que estou sendo meio louco, fora da realidade, tentando o impossível. Mas as coisas fáceis não envolvem irritação, insatisfação, as difíceis sim, e tenho visto que as difíceis, muitas vezes consideradas impossíveis, foram realizadas quando o individuo não desistiu no estado de irritação, e sim desafiou-o, insistiu, tentou ir mais a fundo, mais a frente. Então não sei como mas tenho que continuar. Tem que haver ruídos, sinais, que funcionem. Nenhum macaco fez o que meu hipotético macaco fez no meu hipotético zoologico, nenhum humano fez o que experimentar fazer, o macaco conseguiu, eu vou conseguir…

Eu encontrei soluções para a maioria das questões consideradas inexplicáveis pelos humanos. Encontrei explicações para a origem da vida, do universo, do DNA, o qual não é um código genético mas sim uma pilha de copias diferenciadas de um sistema natural original, etc. Podem ser explicações erradas, ainda não tenho como comprova-las mas também ninguém ainda as desaprovou, mas o fato é que elas nunca foram registradas e aconteceram agora pela primeira vez na historia da humanidade, nenhum outro ser humano encontrou estas diferentes explicações e mais, todas alinhadas numa mesma sequencia racional logica. E’ tao difícil fazer zero pontos na loteria esportiva como fazer todos os pontos certos. Se errei tudo, fiz algo difícil, quase impossível. Mas para encontrar estas explicações eu tive que aguentar a irritação, a tortura do exercício cerebral alem do que conseguia nas vez anteriores, ultrapassei as barreias, sai do outro lado. O meu sucesso foi resultado da técnica que empreguei. Por exemplo, na busca de explicações para as origens da vida na Terra a humanidade encontrou muitas linhas sequenciais que podiam serem construídas com certo tipo de padrão de explicações. Linhas sequenciais tao diferentes entre si, tao opostas entre si, como a dos materialistas em oposição a dos deístas. Mas teve sempre algo em comum entre todas estas sequencias: todas elas partiram da crença de que existem dois tipos de Natureza. Tem a nossa natureza imediata, a qual chamamos de real, e uma outra natureza invisível, a qual ambos grupos acreditam serem reais, e essa natureza invisível faria coisas que a nossa real não faz. Como por exemplo ela faria coisas aparecerem por magicas de sobrenaturais, ou de acasos-acidentes que ao invés de destruir ou desmanchar objetos mais complexos, construíram objetos mais complexos. E o meu sucesso se deveu a que eu não acreditei numa natureza invisível, fiquei apenas na real de nessa procurei minhas técnicas. E nesta unica natureza real encontrei que o corpo da minha mãe que gerou a minha vida corresponde a uma cena muitos bilhões de anos atras onde o corpo do sistema solar gerou pelos mesmos mecanismos e processos, a primeira forma de vida. Então peguei o corpo da minha mãe e fui reduzindo-o calculando a evolução ao inverso, do futuro para o passado, para obter o retrato falado do que era o corpo do sistema solar a 4 bilhões de anos atras… e como foram os respectivos mecanismos e processos reduzidos na sua complexidade.

Aqui surge um alento motivador que me da energia para tentar a comunicação com os alienígenas. Vou fazer agora o contrario. Vou pegar o corpo humano de agora e vou nele aplicar os mecanismos da evolução e vou calcular como este corpo estará daqui a alguns milhões de anos. Assim terei o retrato falado do que deve ser o procurado alienigena. Assim vou calcular o que ele faz, como se comunica, em que dimensão se situa, etc.

Se alguém ler isso ate o final, o que não acredito que alguém tenha conseguido passar do texto sobre o zoologico, vai rir pensando que o coitado pirou de vez. Vai perder tempo, com certeza. E com isso ninguém vai desta vez me ajudar em nada, como ninguém acreditou e ajudou quando trabalhava na outra investigação. Mas eu gostaria d comentar que a vida humana fica meio sem graça sem os sonhos. E lembrar que os sonhos ajudaram muito a humanidade, como por exemplo, o sonho dos irmãos Walter e do Santos Dumont de poderem voar como pássaros. E comum na America se repetir a frase “o sonho Americano” e diga o que quiserem os incrédulos em sonhos, a America continua sendo o maior sucesso na Terra, desbravando a escuridão, o desconhecido, arrancou energias do átomo e pós o homem na Lua. Costumo dizer… “minha gente, tenham pensamentos positivos, estes fazem aparecer os sonhos de cenas mais felizes, e persigam, tentem concretizar estes sonhos, isso tem sido bom para nos”. Então ao invés de desincentivar, este leitor deveria me dizer o mesmo. “Oh… você teve um sonho de uma cena mais feliz para os humanos, vá em frente…”

Pois o clima esta pesado no ar, tem muitos detalhes correndo continuamente na imprensa nos boatos de botequim, que estão trazendo pensamentos pessimistas sobre o nosso futuro. Estes boatos quase sempre terminam numa sentença implacável: não tem mais jeito de voltar atras, estamos no rumo de dias piores… De fato, analisando os boatos e comparando com o que pode fazer a especie humana, também concluímos que nada existe mais que possamos fazer para salvar nosso destino. Eu tento não pensar nas cenas horríveis pintadas pelos boatos, essa pode ser uma especie de sonho ao contrario, ou seja, temos pensamentos negativos e temos sonhos com cenas negativas. Mas tivemos a prova de sonhos positivos de fato podem resultar em futuros melhores.

Mas se constatamos que nada podemos fazer para cenas futuras felizes, como aconteceria estas cenas? Os dois grupos, deístas e ateístas, podem criar uma subconsciente esperança nos seus deuses mágicos, que de alguma maneira vão intervir mudando tudo. Eu acredito que existe a evolução na Natureza e portanto deve existir os alienígenas muito mais evoluídos e poderosos e como tais, eles podem estar nos observando em nosso zoologico. Não vejo como minha teoria possa ser mistica, sem os pés firmes no chão. Se nos conseguíssemos desperta-lhes a atenção, comunicar nossa situação e fazer pedidos, é possível que mudariam nosso destino para melhor, talvez até salvando nossa especie. Tenho todos os motivos do mundo para começar já, pondo meu corpo na mesa e começar a calcular o que a evolução pode fazer com ele. Se alguém me ver amanha em campo aberto com fachos de raio laser desenhando coisas esquisitas na montanha ou no solo… pense que sera mais conveniente torcer para que de certo.

 

 

O Third Way como sistema social e irrealizavel? Que fazer, entao?

sexta-feira, abril 19th, 2019

xxxxx

( para incluir no livro como fala de Austriak)

Wikipedia: From Haclav ( Checo)

After the dismantling of his country’s communist government, Czechoslovakia’s conservative finance minister Václav Klaus declared in 1990: “We want a market economy without any adjectives. Any compromises with that will only fuzzy up the problems we have. To pursue a so-called ‘third way’ is foolish. We had our experience with this in the 1960s when we looked for a socialism with a human face. It did not work, and we must be explicit that we are not aiming for a more efficient version of a system that has failed. The market is indivisible; it cannot be an instrument in the hands of central planners”.[78] In historical context the ‘third way’ proposals of 1960s Czechoslovakia were better described as “liberalized centrally-planned socialism” rather than the “socially-sensitive capitalism” that Third Way policies tend to have been identified with in the West.

Bem… tambem acho que e impraticável porque teríamos que partir da estrutura que esta ai montada, totalmente caótica porem sob uma ordem mantenedora do caos que vem do instinto predador. So seria possivel passando um trator, limpando tudo o que foi construído ate agora e reiniciar de novo, dividindo a terra boa em partes iguais para cada ser humano, e dai dividindo os recursos naturais etc.

Nao se põe remendo novo em tecidos velhos.

Nas diferencas entre as duas versoes da Historia universal, emerge a fe religiosa da versao academica

terça-feira, abril 16th, 2019

xxxx

David Christian: A Grande história

(legendado em portugues)

https://www.ted.com/talks/david_christian_big_history/discussion

https://www.youtube.com/watch?v=yqc9zX04DXs

Interessante nova ideia deste autor é sobre o “collective learning”, onde o conhecimento humano avançaria como um bólido unico formado por todas as mentes cada uma conhecendo algo especifico. A formacao de Gaia?

The wrong arguments from faith in this version of history:

Os argumentos errados baseados na fé, nesta versao da Historia

1: Complexity arose from simplicity.

1: Complexidade surge da simplicidade.

Matrix/DNA Theory: This video about the beginning of time is theory, very metaphysical, it is not proved. The Universe is shown to us here and now that He makes simplicity coming from complexity also. I am telling about the extreme simplicity of a single initial cell that came from a larger complex organism, for becoming itself a complex organism. This is the real fact about what the Universe does. So, as nobody knows what was the beginning, we can’t know which came first, if there was no complexity before the theorized Big Bang, or if there are another alternatives we don’t know. Dr. David is doing a statement of faith, not rationality.

Matrix/DNA Theory: Este video sobre o inicio do tempo é teorico, muito metafisico, isto não esta’ provado com fatos. O Universo tem mostrado para nos aqui e agora que Ele faz surgir simplicidade desde a complexidade tambem. Estou falando da simplicidade de uma simples celula inicial que veio de um complexo organismo, para se tornar ela mesma outro complexo organismo. Este é o real fato provado sobre o que o Universo faz. Entao, como ninguem conhece o que foi o inicio, nos não podemos saber o que veio primeiro, se havia ou não complexidade antes do teorizado Big Bang, ou se foram outras alternativas que nos desconhecemos. O Dr. David esta’ fazendo uma declaração de fé, não de racionalidade.

2: The Universe is ruled by entropy.

2: O Universo é dirigido pela entropia.

Matrix/DNA Theory: Godel’s theorem: ” Nobody can knows the ultimate Truth of a system standing inside it”. So, Mr. David statement is about faith, not rationality.

Matrix/DNA: Teorema de Godel: “Ninguem pode conhecer a Verdade de um sistema estando dentro dele”. Assim, a declaração de Mr. David é uma declaração de fé, não do racionalismo.  

3. The second law of thermodynamics determines that the Universe goes from order to chaos.

3: A segunda lei da termodinâmica determina que o Universo vai da ordem para o caos.

Matrix/DNA: Nope. Closed systems goes from order to chaos, by natural degeneration measured as entropy. Opened systems goes the opposite way, from chaos to order. Since nobody knows which kind of system is the Universe, this is again a statement of faith. This mistake in the human interpretation of order and entropy is due Physics not knowing the universal natural formula as template of all natural systems, as DNA is the formula-template of all biological systems.

The fact is: the modern minds controlling the State’s Science is becoming a religion.

Matrix/DNA: Nao. Sistemas fechados vao da ordem para o caos, por degeneração natural medida pela entropia. Sistemas abertos vao na oposta direcao, do caos para a ordem. desde que ninguem conhece qual especie de sistema o Universo é, esta novamente é uma declaração de fé. Este equivoco da interpretacao humana sobre ordem e entropia é devido ‘a Fisica desconhecer a formula natural universal como template de todos os sistemas naturais, de atomos a galaxias a celulas, assim como o DNA é a formula-template de todos os sistemas biologicos.

O fato é que as modernas mentes no controle das Ciencias Acadêmicas estao se tornando religiosas.

xxxxxxxxxxxxxx

Traducao para Portugues:

Os argumentos errados baseados na fé, nesta versao da Historia

1: Complexidade surge da simplicidade.

Matrix/DNA Theory: Este video sobre o inicio do tempo é teorico, muito metafisico, isto não esta’ provado com fatos. O Universo tem mostrado para nos aqui e agora que Ele faz surgir simplicidade desde a complexidade tambem. Estou falando da simplicidade de uma simples celula inicial que veio de um complexo organismo, para se tornar ela mesma outro complexo organismo. Este é o real fato provado sobre o que o Universo faz. Entao, como ninguem conhece o que foi o inicio, nos não podemos saber o que veio primeiro, se havia ou não complexidade antes do teorizado Big Bang, ou se foram outras alternativas que nos desconhecemos. O Dr. David esta’ fazendo uma declaração de fé, não de racionalidade.

2: O Universo é dirigido pela entropia.

Matrix/DNA: Teorema de Godel: “Ninguem pode conhecer a Verdade de um sistema estando dentro dele”. Assim, a declaração de Mr. David é uma declaração de fé, não do racionalismo.

xxxxxxxxxxxxxx
Tradution to English:
The wrong arguments from faith in this version of history:
1: Complexity arose from simplicity.
Matrix/DNA Theory: This video about the beginning of time is theory, very metaphysical, it is not proved. The Universe is shown to us here and now that He makes simplicity coming from complexity also. I am telling about the extreme simplicity of a single initial cell that came from a larger complex organism, for becoming itself a complex organism. This is the real fact about what the Universe does. So, as nobody knows what was the beginning, we can’t know which came first, if there was no complexity before the theorized Big Bang, or if there are another alternatives we don’t know. Dr. David is doing a statement of faith, not rationality.
2: The Universe is ruled by entropy.
Matrix/DNA Theory: Godel’s theorem: ” Nobody can knows the ultimate Truth of a system standing inside it”. So, Mr. David statement is about faith, not rationality.
3. The second law of thermodynamics determines that the Universe goes from order to chaos.
Matrix/DNA: Nope. Closed systems goes from order to chaos, by natural degeneration measured as entropy. Opened systems goes the opposite way, from chaos to order. Since nobody knows which kind of system is the Universe, this is again a statement of faith. This mistake in the human interpretation of order and entropy is due Physics not knowing the universal natural formula as template of all natural systems, as DNA is the formula-template of all biological systems.
xxxxx

4: The scrambled egg does not return as complex egg.

Matrix/DNA: This return is just what the Universe does by returning history from future to past. The scrambled egg goes back to be an egg which goes back to be a chicken. it is relative to which point in history the observer is focused.

 

 

As dimensões da galaxia e do Universo, inimaginaveis! A probabilidade de vida lá fora.

domingo, abril 14th, 2019

xxxx

A via láctea tem 100 mil anos luz de diâmetro – e isso é algo muito, mas muito grande!- e existem cerca de 250 bilhões de estrelas como o sol apenas dentro dela, cada uma com alguns planetas em suas órbitas! Astrônomos afirmam que o número de galáxias conhecidas no universo chegue a 150 bilhões!!!! Agora, multiplique 150 bilhões por 250 bilhões, e multiplique o resultado por 5 , que é uma média conservadora de planetas que orbita cada estrela, e diante da magnitude assustadora da quantidade de planetas conhecidos no universo, você não terá nenhuma dificuldade em chegar a brilhante conclusão de que, delirante não é quem acredita em vida inteligente extraterrestre, mas precisamente quem não credita!

Somos micróbios e nosso sistema solar e um grão de areia. E micróbios não tem cerebros capacitados sequer para pensarem boas teorias sobre a existencia de humanos.

E não se esqueça que apenas vemos a materia iluminada por apenas uma das sete faixas da onda de luz. Entao é possivel que ao nosso lado e talvez compartilhando o mesmo espaco existam ao minimo mais 6 universos, seis dimensoes diferentes das quais não podemos fazer a minima ideia.

Matar, morrer, ferir, tentar impor, ter ideologia e ser radical nela, baseando-se numa visao de mundo, com fé que esta é a Verdade Ultima, é o mais absurdo desvio de um cérebro.

Como evitar que a face má da formula Matrix/DNA se torne uma má ideologia?

sábado, abril 13th, 2019

xxxx

NÃO SE MIRE NA FORMULA DO MAL QUE DESCOBRI NO MUNDO

O mais cruel desvio da Teoria da Evolução de Darwin está contido, ironicamente, em frases que Darwin nunca proferiu: ” sobrevivência do mais forte”, ” a lei da selva”, e ” a natureza vermelha dos caninos e garras”. Podem procurar em seus livros e nas suas cartas, ele nunca disse nada disso. Estas noções tem sido enormemente influentes. Elas mascararam a evolução numa competição regida pela violenta oposição entre predadores e presas.

É a velha historia dos mestres que descobrem algo novo com boa intenção no coração e tentam ensina-lo visando melhorar o mundo, quando um grupo de encantados ouvintes se tornam discípulos militantes, mas como os discípulos nunca tem as nobres intenções dos mestres, e sim almas ou genéticas atrasadas ainda dominadas pelos instintos de predadores e/ou presas, desvirtuam toda a obra dos mestres. Aconteceu também com Darwin, até com Jesus Cristo. Como explicar que seus discípulos portanto as chaves das portas dos templos mandem queimar humanos em fogueiras quando o mestre não teve sequer a coragem de atirar uma pedra numa prostituta e condenou o ato veementemente? Portanto nunca siga discípulos pregadores e mantenha-se alerta senão alteraram as falas dos mestres nas escrituras.

Mas estas noções incluídas na obra pelos discípulos muitas vezes realmente traduzem aparentes e temporárias realidades, como as cenas entre predadores e presas na selva. Como alguns discípulos tem tendencia a predadores, as noções são infiltradas por eles por interesse anímico e se tornam auto-justificativas divinas e sagradas para se manter os sistemas sociais baseados em classes oligárquicas escravagistas e classes pobres inertes escravizadas. Os caninos do animal predador e os chifres do animal presa estão na genética que constroem o ego psíquico destes humanos modelados contendo caninos e chifres abstratos. Isso não permite evolução e sim interrompe-a, e a unica alternativa para reencetar a evolução em tal especie é esperar que os acontecimentos – geralmente como cirurgias dolorosas aplicadas pela evolução – produzam a exorcização destes instintos.

Pois eu descobri a formula natural universal da Matrix/DNA, presente em todas as situações onde a Natureza construiu sistemas de matéria e energia. Esta formula tem duas meias-faces, uma construtiva, boa, e a outra destrutiva, má. Por azar, e por conta do pouco conhecimento humano, eu apresento a formula realçando seu estado de má. Porque tenho que apresentar a face inteira numa só formula e esta contem a metade má, e justamente o produto mal, destrutivo, se produz quando a formula se aproxima da extrema perfeição material, estado em que ela se torna um sistema fechado em si mesmo. É a imperfeição errada, falsa, pois a perfeição buscada pela matéria – o eterno equilíbrio termodinâmico – seria a extrema imperfeição para a consciência. Assim a formula completa tem a forma de circunferência, mas quando se apresentar apenas a metade boa, teria a forma de uma reta com duas pontas livres, representando um sistema aberto `a sua evolução, um sistema bom.

Eu nunca vou ser um mestre porque sou escondido como um zé ninguém. Só falo através do website que não tem chances para leitores comentarem, assim evitamos a formação de grupos de discípulos. Para um ou dois amigos chegados em quem confio as boas intenções ou ao menos a neutralidade, uso um facebook sem nenhuma repercussão social. Mas no futuro alguém vai descobrir a formula, alguém que seja alguém e tenha alguma posição social e se tornara um mestre. E se ele não for avisado, vai se trair, se enganar drasticamente, pensando que fez o bem ao mundo, porque seus discípulos vão ignorar a face boa da formula e vão cantar aos quatro cantos a face má. Como fazem com Darwin, com Jesus Cristo…

Acontece ainda que existimos numa biosfera construída pelo estado de caos, da face má. Do caos sempre se levanta o fluxo da ordem, mas ele começa fraco e sofrendo todas as agressões e martírios, porque ele começa fraco enquanto seu adversário e o poderoso dominante. E sendo filhos do caos os humanos erram e carregam as forças do caos, motivo pelos quais vão darem a vitoria, sempre apenas temporária, a face má da formula.

Mas certa vez eu caminhava na selva com facão abrindo picadas no emaranhado de galhos e folhagens espessas pulando sobre cobras e escorpiões, quando de repente vi no chão uma linda flor. Me despojei do pesado romanxim – aquela mochila de taquaras e lonas dos nativos – e agachei ao lado da flor, acariciando-a, sentindo seu perfume. Meu ser se encheu de tristeza. Aquela criatura débil, sem maldade nenhuma, indefesa, só veio ao mundo para fornecer seu néctar, revelar beleza e perfuma-lo, não era predadora de ninguém, estava ali isolada e só, justo no solo, no meio de mil ervas daninhas, cipos pesados, e pesados predadores passando por cima. Sem falar que uma primeira tempestade iria afoga-la carregando-a. Não pude continuar o caminho deixando-a ali. Sabendo que isso poderia me matar de sede mais a frente se não encontrasse água, cortei meu galão plastico de água, esvaziei-o e com a faca, cortei o solo ao redor da plantinha, sacando o terrão com todas as raízes e a coloquei no vaso improvisado, levando-a para a tenda.

Mas ao caminhar uma súbita alegria recuperou a luz no meu ser. Estava ali naquela forma minuscula e débil, o ser mais forte de todos os tempos e universos, que desde o caos inicial nas origens do Universo veio sendo ameaçada de todas as maneiras, mas como que por magica continua existindo, e brotando no cerne do meio do mal. Ali estava a evidencia do emergir e florescer do fluxo da ordem por ação da face boa. Ali estava a prova de que o amor sofre, mas resiste sempre e vencerá!

Infelizmente ainda por algum tempo esta humanidade vai caminhar vendo os produtos da face do mal que lhe dá a sobrevivência como filhos do caos e não vão sequer verem as florzinhas no caminho antes de pisoteá-las. Por isso é provável que da formula da Matrix/DNA vão selecionar, eleger e cantar o aspecto de sistema fechado, de onde veio o tal gene egoísta e nosso ego atual. Não siga os pregadores, não admita intermediários entre você e seus mestres e seus deuses. O seu cranio é o seu verdadeiro templo, e dentro deste templo só existe um cérebro, uma alma, que é você. Este o templo sagrado onde de fato falas com seus mestres e deuses. Tem destes discípulos vociferando venenos nos altares exclamando que os pecadores vão queimar eternamente no inferno, quando seu mestre nunca disse isso, ao contrario, disse que seu Pai sempre perdoa… apos os devidos corretivos da evolução, claro.

Formula da Matrix/DNA: Mais uma aplicação pratica, em inteligencia emocional para empresas

sexta-feira, abril 12th, 2019

xxxx

Para empresas e instituições em geral tornou-se importante e bastante constante as palestras de gurus sobre inteligencia emocional e desenvolvimento de pessoas na situação do trabalho. Este artigo revela a base do discurso destas palestras, que é o conselho de uma liderança mais flexível e democrática contra a arcaica liderança técnica e fria.

Acontece que ao ler o artigo desde o inicio fui me lembrando da formula Matrix/DNA pois o professor nada mais esta falando de como funciona um sistema aberto ideal, mas sem ter noção de que ele esta fazendo isso. Ou seja, eu poderia fazer uma palestra muito mais interessante resultando numa mensagem final mais memorizável, mais aplicável na pratica. Descobri um novo campo de aplicação para a formula. A seguir vai o comentário que enviei no artigo, o qual sumiu, talvez para a moderação e preciso voltar a ver se foi publicado e se tem respostas ou perguntas.

‘Em vez de brigar, eu resolvo o problema’

https://www.folhadelondrina.com.br/folha-mais/em-vez-de-brigar-eu-resolvo-o-problema-2937364e.html

https://www.folhadelondrina.com.br/folha-mais/em-vez-de-brigar-eu-resolvo-o-problema-2937364e.html

O professor convenceria melhor os alunos se aplicasse a formula para os sistemas naturais porque o ambiente de trabalho e um sistema, o líder e a identidade abstrata que emerge da soma não apenas das informações de todos os envolvidos mas sim também das relações internas entre os envolvidos. Assim como a Natureza monta os seus sistemas, uma equipe ou unidade produtiva e montada nos moldes do ciclo vital que começa pela entrada de matéria prima, como dados, etc., e processada com a mistura das informações e objetivos da unidade de onde nasce o germe do produto final, esse germe cresce com agregação de mais dados como a demanda do mercado, quando então o fluxo do produto se bifurca, com metade das informações voltando ao centro de processamento e memoria a ser acumulada como experiencia para as próximas produções e a outra metade vai embutida no produto rumo ao mercado. A formula, denominada Matrix/DNA e descoberta por um brasileiro esta na Internet, e a visão ou perspectiva do conjunto como sistema ajuda muito, inclusive mostra como tornar cada parte altruísta e portanto mais produtiva ao mostrar empaticamente as necessidades e tendencias que cada função na produção afeta o individuo que a exerce. Quanto a lideres ditatoriais técnicos são os partidários de impor a ordem dos sistemas fechados, os quais terminam por se isolarem e saírem ultrapassados fora do mercado.

Georgismo: modelo econômico baseado na propriedade social da terra?

segunda-feira, abril 8th, 2019

xxxx

https://pt.wikipedia.org/wiki/Georgismo

georgismo, também chamado de geoísmo e imposto único, é uma filosofia econômica desenvolvida por Henry Georgeeconomista norte-americano (18391897), e que se funda num imposto único sobre a renda da terra.

No pensamento georgista, embora os indivíduos devam possuir o bem que produzem, o valor econômico derivado da terra deve pertencer igualmente a todos os membros da sociedade.

https://en.wikipedia.org/wiki/Georgism