Archive for the ‘religiões’ Category

E o Verbo era a Matrix/DNA, a qual era Deus

quarta-feira, março 13th, 2019

xxxx

Algo que esta no Novo Testamento, e é um elemento central do Cristianismo, é uma ideia muito estranha, que sera ainda explorada e debatida por muito tempo. A ideia foi o que Joao disse sobre Cristo:

“E no inicio era o Verbo, e o Verbo estava com Deus, e o Verbo era Deus”

Perceba-se que Joao disse isso sobre Cristo, e ele considerava Cristo como Deus, entao quando ele diz que o verbo era Deus, tambem esta dizendo que era Cristo. Verbo é o motor que da’ dinâmica a uma frase, sem verbo a frase seria algo estático, sempre expressando uma ideia de algo inerte.

Vamos pensar nas origens e desenvolvimento da Vida.

“No inicio era o DNA. O DNA estava ” no”  ( ou “com”) o  Ser Vivo. E o DNA era o Ser Vivo.”

Mas agora vamos pensar no caso especifico do homem, de um ser humano qualquer aqui e agora. O corpo desse ser humano apenas surgiu porque seus pais transmitiram seu DNA. Antes desse corpo existir, existia o DNA, e o DNA esta no corpo. Entao podemos tambem dizer que:

“No inicio era o DNA do Pai, e o DNA estava com o Filho, e o DNA era o Pai”

Agora vamos pensar no que minha investigação sugeriu:

Nos encontramos que numa onda de luz universal, que veio do antes do Big Bang e junto com ele, esta’ registrada a formula para a inicial forma de um sistema natural. Este sistema evoluiu chegando a forma biologica e agora entra na forma autoconsciente. A onda de luz inicial, ao entrar e se propagar neste espaco onde e o Universo apenas encontrou aqui a substancia que preenchia todo o espaco, a dark matter. Ao se propagar nesta dark matter ocorre fricção entre a onda e a substancia, e essa fricção se torna como raios de relâmpagos que se movem, e é o que chamamos de energia. Portanto a única coisa que inicialmente traz movimento ao Universo, que dsempre foi a causa, o motor da dinâmica no Universo, foi a formula da Matrix.

Na forma biologica denominamos a formula de DNA, mas como ele veio do passado passando por todas as formas não-biológicas, vimos que ele e universal, e ao inves de ser apenas o DNA, na verdade e uma Matriz Universal.

Agora voltemos a frase da Biblia atualizando o que foi dito em forma metafórica, com nomes alegóricos, para a narrativa naturalista:

” E no inicio era a Matriz Universal, a Matriz Universal estava com Auto-Consciencia, e a Matriz era a Auto-Consciencia”.

Simples like that! Porem,…

E impossivel ao pequenino cerebro humano processar todas as informacoes do todo, da Verdade Ultima. Nos ainda não chegamos ‘a Verdade Ultima. Pois resta uma questao a responder, a qual é a metade do mundo: porque Deus faz/fez 50% de coisas boas e 50% de coisas ruins?

Pois não podemos ser como os religiosos encantados, tais como os ateus, que quando apresentam sua Verdade, estao apenas pensando nas coisas boas e convenientemente cegados para a outra metade da realidade, que são as coisas ruins, como o leao que mata, tortura e devora uma indefessa e inofensiva ovelha. Se Deus criou tudo, foi ele quem criou os monstros tambem… ou não?

Senao, tenho uma questao: se voce tem o poder, com uma arma na mão, e ve uma cena em que um leao se aproxima e vai matar a ovelha ( como estaria vendo Deus que a tudo ve e antecipa o futuro), voce faria outra coisa senao atirar e matar o leao? Se faria, entao entendendo porque vocês construíram e acreditam no tipo de Deus da Biblia. Eu jamais faria outra coisa. Por isso, o Deus da Biblia não é o meu Deus.

 

Porque recusei seguir as filosofias e religoes orientais

segunda-feira, fevereiro 25th, 2019

xxxxx

Simples: O quadro real hoje onde reina estas religioes e’ o de  super-populacao, escrava na pobreza. A obsessao em crer e buscar o “enlightenment” não se lembra que somos homens de carne e osso, portanto temos que viver como homens neste mundo a nos destinado. Alias, de dentro mesmo destas religioes vem um principio de lucidez, como visto no proverbio Zen:

 “Before enlightenment, chopping wood and carrying water. After enlightenment, chopping wood and carrying water.” — Zen Proverb

Se antes do “iluminar”, pelo qual um lutou tanto, vem o rachar lenha e carregar agua, como cortava lenha e carregava agua antes… qual a vantagem? Em carregar agua iluminado?!

Controle da Natalidade: A Luta de duas mulheres pela pilula anticoncepcional contra a besta fera na Igreja Católica e na Justiça do Sistema

segunda-feira, fevereiro 25th, 2019

xxxxx

Pílula anticoncepcional: a inesperada amizade entre duas mulheres que levou ao nascimento do popular método contraceptivo

  • 24 fevereiro 2019

https://www.bbc.com/portuguese/curiosidades-47284077

Margaret Sanger e Katharine McCormick

Margaret Sanger e Katharine McCormick se uniram na luta pelo controle de natalidade e planejamento familiar

Eu tenho uma inquieta questao e apreciaria se alguem pudesse responde-la: como foi e esta sendo a historia do controle da natalidade e da pílula anticoncepcional na Asia, onde acho que mais se preciso disso?…

Deveria fundar-se o “Dia do Controle da Natalidade”, que seria mais um dos dias em que a Consciência Cósmica conseguiu mais um passo evolutivo na sua inserção no cérebro humano, contra o Deus-demônio dos predadores que reina nas igrejas. E estas duas mulheres deviam neste dia serem as mais lembradas, como grandes heroínas que foram. Obrigado por terem existido e cumprido heroicamente sua missão de consciência, Senhoras Margareth e Katharine.

Do artigo:

O arcebispo Hayes argumentou:

“Tirar a vida depois de seu início é um crime horrível, mas impedir a vida humana que o Criador está prestes a realizar é satânico.”

“No primeiro caso, o corpo é morto, enquanto a alma vive; no último, não apenas a um corpo, mas a uma alma imortal é negada a existência no tempo e na eternidade.”

A oposição da Igreja Católica levou muitos a acreditarem que o controle da natalidade era imoral, o que dificultou ainda mais a aprovação de leis que favorecessem a disseminação de informações e contraceptivos.”

Minha discutível opinião: Que bandido! Em suas palavras nenhuma conotação com a realidade do mundo natural em que vivemos. Apelos a inventados conceitos imaginários abstratos por uma mente doentia, fora da realidade, que balbucia palavras como “alma”, “Criador”, “satânico” ( aqueles que o possuem em si se auto-projetam vendo-o nos outros), “imortal”, “eternidade”… Por acaso ele poderia trazer sobre a mesa alguma destas coisas inventadas por ele para provar que existem de fato? Claro que não, são tudo suas mentiras criadas pelo instinto predador para escapar do trabalho duro e se apoderar das guloseimas e produtos dos trabalhos de seus fieis escravos. E baseado nestas mentiras ele mandou seus capatazes armados prenderem as heroínas, e condenou mandando `a tortura milhões de mulheres que sofreram com concepções indesejadas que poderiam terem sido evitadas. Existem almas e satãs? Na visão de mundo que extrai principalmente da natureza virgem da selva amazônica e de meus cálculos na observação do Cosmos, extrai evidencias de que existem algo conceitual nessa linha do pensamento ( os fótons como software no DNA vindos dos sistemas da evolução cosmológica nunca “morreram”, o que gera a suspeita de que podem ser imortais, e os bilhões de males horríveis que vemos na Natureza como produto de um terço das forças naturais constituindo o estado de caos, que pode ser interpretado como o estado do mal para os seres vivos). Mas eu não posso afirmar e abusar de autoridade para impor torturas a humanos baseado nisto que ainda e’ apenas minhas teorias. Teorias abstratas deve-se aguarda-las para si e apenas servem para serem confrontadas e discutidas perante as outras teorias do mesmo nível). Muito menos podem serem usadas para atender meus interesses pessoais egoístas, os quais, bem posso raciocinar, são prejudiciais ‘a Humanidade. Deveria-se agora pô-los a trabalharem no duro para engolirem a poluição causada pela super-população da qual foram responsáveis e sustentarem, não com esmolas fazendo caridade com o chapéu dos outros, os bilhões de filhos que hoje vivem na miséria ou sem os lares destruídos.

” Sanger foi considerada culpada por um juiz que afirmou que as mulheres “não tinham o direito de copular com uma sensação de segurança que não haveria nenhuma concepção resultante”.

Minha discutível opinião: Mas quem se julga ser este macho que não possui corpo de fêmea para decidir e impor `a força da mão armada o que um corpo de fêmea deve fazer de sui mesma?!

Sem duvida se eu tivesse poder e este crápula estivesse vivo eu o poria imediatamente atras das grades por crimes hediondos contra bilhões de mulheres.

Epistemologia nas ruas: Videos com métodos dos céticos questionando as crenças do povo

terça-feira, janeiro 29th, 2019

xxxx

Epistemologia nas ruas

Definição de epistemologia:

Epistemologia e` o ramo da Filosofia que que trata dos problemas relacionados com a crença e o conhecimento, sua natureza e limitações. A epistemologia surgiu com Platão, pela qual ele se opunha à crença ou opinião ao conhecimento. A crença é um ponto de vista subjetivo e o conhecimento é crença verdadeira e justificada. A teoria de Platão diz que conhecimento é o conjunto de todas as informações que descrevem e explicam o mundo natural e social que nos rodeia. ( Ver mais em… https://www.significados.com.br/epistemologia/ )

XXXXXXXXXXX

O povo pobre brasileiro foi classificado por uma pesquisa internacional como o mais crédulo no que ouras pessoas dizem, sem desconfiar ou refletir no que dizem. Tenho o link para a pesquisa no meu website. Se queremos tirar este pais desta situação e tentar dirigi-lo para um estilo de primeiro mundo, temos que antes de tudo mostrar as pessoas os comportamentos que mantem um atraso. A pesquisa descobriu que existe este denominador entre os países mais pobres que tem abundancia de recursos naturais, e descobriu que nos países mais ricos, mesmo que com menos recursos naturais, como a Inglaterra, a Suíça, etc, são os povos mais desconfiados mais incrédulos. Estatísticas são números que representam fatos e contra fatos não existem opiniões pessoais.
Mesmo nos países ricos existem os mais pobres que são crédulos. E algumas pessoas acham que essas pessoas atrasam seu pais, por isso saem na rua combatendo as crenças que não se baseiam em fatos reais. E o fato do autor desta series de videos com link abaixo. Por exemplo ele aborda uma pessoa que é crente entusiasta na lei da atracão, disseminada pelo livro O Segredo. E pergunta de chofre: ” Você esta dizendo que não existe limite para o sucesso no ramo imobiliário para uma pessoa que acredita e aplica a lei da atracão. Pois bem: se eu acredito na lei da atracão, você acha que vou conseguir fazer minha mão crescer mais que outros? Que não existira limite para o crescimento das minhas mãos?” De repente acaba o entusiasmo do crente. Ele se torce, esfrega as mãos nervoso e mostra uma reações patética, descabida: começa a rir. E balbucia algumas incoerências, tenta, e nunca responde a pergunta. O autor então diz que ele ingeriu uma falsa crença que não tem respaldo na realidade porque ele nunca refletiu com cuidado sobre o que lhe disseram com tantos argumentos falsos.
No Brasil precisamos mais que nunca de gente fazendo isso nas ruas. Principalmente porque os pregadores de crenças no irreal abundam nas ruas e falam alto, com megafones. Quem vai pagar o preço por essa preguiça e debilidade mental alem de nos mesmos, serão nossos filhos, as próximas gerações, sempre vivendo nestas crises intermináveis. O filho de classe media que fosse verdadeiro patriota e amante de seu povo pobre, desejando que eles se desenvolvam para ajuda-lo a desenvolver a nação, deveria empregar seu tempo sobrando traduzindo estes videos, aprendendo a fazer novos, indo as ruas.

Watch People Learn Street Epistemology: Kenneth & Colton | Law of Attraction

Anthony Magnabosco

Cristãos Evangélicos na América Deixando as Igrejas Por Não Concordarem com Pastores Pregando Como Predadores

domingo, novembro 4th, 2018

xxxx

https://www.nytimes.com/2018/11/01/us/young-evangelicals-politics-midterms.html?action=click&contentCollection=Trending&module=Trending&pgtype=Article&region=Footer

Pastores colhidos na armadilha do efeito Bolsonaro

Muitos evangélicos na América estão deixando as igrejas porque não concordam com a atitude política discriminatoria dos seus pastores contra as minorias e certos costumes,  que assim o fazem aliados a Trump, e depois de se sentirem mais fortes com Trump. Uma de suas principais queixas é que não foi isso o que fez e ensinou Cristo, que sempre insistiu que estava aqui pelas minorias e morreu por elas. Muitos eram republicanos mas se incomodaram com as posições do presidente, e estão passando para os democratas, e como os pastores se alinham com as posições do presidente, se desligam dos pastores também.

Para mim é fácil entender o que está acontecendo. Pastores o são porque possuem a psique modelada pela genética que veio de animais predadores, por isso escolhem o caminho fácil do dinheiro e vida fácil sem terem que pegar no pesado, vampirizando as presas. Mas dos fiéis – muitos possuem a carga genética oposta, para o instinto de presas e obviamente se alinham com as minorias que são mais fracas como elas, alem de nao terem a disposicao ‘a violencia. Como Jesus foi o rei das presas, elas entendem melhor a mensagem e os valores de Cristo que os proprios pastores. E alguns dentre os evangélicos já alcançaram o estado evolutivo do humano transcendental, ou seja, já se auto-exorcizaram dos três instintos, que produzem esta divisão em todos os tipos de sistemas sociais criados pelos humanos: a oligarquia pelo instinto de grande predadora, a classe media pelo instinto dos medios predadores, e a classe pobre pelo instinto das presas. Claro, eles não percebem e não admitiriam que os humanos carregam estes instintos animalescos porque foram nascidos e criados dentro de lares que lhes incutiu a fábula de Adão e Eva, do Paraiso e bla-bla-bla, mesmo sob o pesado bombardeio das evidências demonstradas na escola pelas Ciências de que, pelo menos o corpo humano veio da evolução dos animais.

Mas se eu editei um artigo ainda semana passada que estou atrás de entender porque está havendo uma onda invisível de forças naturais reforçando o instinto predador no planeta inteiro – o que me deixa indignado pois isto significa maior atraso na evolução mental da humanidade , além do maior sofrimento para os pobres, claro – agora estou até desconfiando que existe uma certa sabedoria astuta por tras deste movimento natural. Para exorcizar a humanidade daqueles instintos é preciso exorcizá-los de certas doutrinas religiosas antes, pois estas doutrinas têm funcionado como o segundo maior poder dos predadores ( o primeiro, claro, são seus exércitos armados), na manutenção do domínio escravagista. Como são os pastores que trazem a religião para dentro da igreja, agora se aliam ao poder social de maneira que esta soma retorna contra a religião afastando os fiéis das igrejas… No Brasil, com a eleição do novo presidente com posições predadoras radicais ajudado pelos pastores evangélicos, a situação é exatamente igual.

Rapaz, estou suspeitando que esse tal Deus é esperto demais…

xxxx

Obs: as melhores informações estão na seção de comentários do artigo, onde centenas de evangelicos parece que estavam esperando a oportunidade para desabafarem e agora foi a gota d’água.

Depoimento de uma evangélica:

I gave a communion message in 2016 — it was, “Our God chooses to die the death of all these marginalized people. He dies like Matthew Shepard, like a kid at the hand of the state. He was a refugee.” My church reprimanded me for “abusing the pulpit.” Other members used it to openly stump for Trump and say hateful things about Muslims and L.G.B.T. citizens.

The world I was dreaming about was not the world my church was dreaming about. The world liberal evangelicals want to see is the one conservative evangelicals hope doesn’t happen.

I’m worried that we’ve done immense harm to the marginalized in the name of God. You realize it is not good news at all if you are just baptizing certain inequalities or biases.

I don’t feel so much like I am leaving conservative evangelicalism. I worship like one, I talk like one. It’s not like I can pull myself out of this relationship. I feel incredibly guilty for attending a church I can’t invite people to. But I love the community that raised me. A lot of evangelical parents are judged by the successful transmission of values to their children. I haven’t wanted to shame them.

Vídeo de Bill Nye debatendo com Ken Ham na Arca

quarta-feira, outubro 31st, 2018

xxxxx

Este vídeo e` bom para quem tem curiosidade sobre os porquês da nossa existência e da existência deste mundo. Um conhecido ateu que ficou famoso nas gerações de 70 a 90 nos Estados Unidos porque apresentava um programa de tv – Bill Nye, the Science guy – e atualmente anda combatendo o ensino de religião que nega a teoria da evolução, percorre a grande construção construída pelos cristãos, chamada The Ark que pretende ser um museu da criacao pela Bíblia dentro de um edifício que imita a arca de Noé. O anfitrião e conhecido também homem de shows e palestras defendendo o criacionismo, Ken Ham, acompanha Bill Nye numa interessante discussão entre ateísmo e deísmo tendo por foco os fenômenos naturais, enquanto mostram a arca e o povo visitante. Por meu lado, assistindo o debate, fico pensando em como e porque estão configurados dois cérebros assim de maneira errada Pois para mim ambos estão vendo o mundo de forma errada. Sou obrigado a concordar uns 70% no que se refere ao conhecimento e interpretação das evidencias para as teorias que nasceram dentro do tipo de ciência aplicada ate agora pela humanidade cientistas. Mas penso que os ateus extrapolam os limites racionais com teorias que beiram a um estado de fé, e são infelizes nisso como podemos ver no vídeo. Bill Nye se vê obrigado, para reafirmar o que disse antes, perante uma linda menina de seis anos, a dizer que ela e’ um animal. Em outra situação, ele cai na apatia do publico quando diz que ao morrermos acaba-se tudo. E não sabe responder porque então ele esta preocupado com o futuro da America, das mudanças climáticas, etc, se tudo isso vai acontecer quando ele não existir mais. Usando os mesmos fatos científicos que o Bill Nye usa, mas conectando-os de uma maneira diferente, também logica e racional, eu jamais diria que o humano e` um simples produto da evolução do animal, porque a teoria esta sugerindo um processo evolutivo pelo qual, sobre o homem, e expressou na forma de consciência uma velha formula natural que vem desde o Bib Bang, e isto diferencia o homem de todos os animais que lhe emprestaram corpo biológico. E a mesma teoria esta sugerindo que esta formula não morre junto com o corpo biológico. Quanto ao criacionismo de Ken Ham discordo das poucas evidencias, e interpretações delas, em quase todas. Tambem não entendo como pode um ocidental americano acreditar num livro escrito a 3.000 anos atras por pessoas que não sabiam 10% do que sabemos hoje sobre a natureza e se ele me vem perguntar se acredito no Deus dele eu responderia algo como: ” Se existir um pai espiritual dos humanos, e ele só veio falar com judeus, não vindo falar comigo, que também sou filho, eu saio de casa e renego esse pai. Então deixe os judeus com o Deus deles, não e’ o meu Deus.” Mas o longo vídeo, alem de ser um belo passeio dentro do museu, a vista das pessoas que lotam suas dependências, e o interessante debate, eu recomendo. Para quem não entende o inglês ainda pode entender algo do debate.
Bill Nye deveria ser repreendido pela academia cientifica quando se dirige a crianças dizendo que elas são animais, pois a Ciência não tem provas disso. Enquanto a neurologia não resolver a questão de como os neurônios estão ligados ao pensamento, `a mente, ou a consciência, a Ciência não pode afirmar que a consciência seja um produto a evolução do cérebro, portanto, biológica. E possível que Bill Nye esteja correto, mas por enquanto e` a sua teoria, ele não pode acenar com os livros da Ciência quando afirma isso.Mas e se ele estiver errado? Como reparar o mal que fez a estas crianças, das quais, quando perdem a biológica habitual fantasia infantil muito precocemente, pode ser dispor ao niilismo que conduz facilmente as drogas? não vejo diferença entre o mal que esta religião esta fazendo com as crianças e o que ele esta também fazendo, ambos baseados em teorias sem provas concretas.

https://www.youtube.com/watch?v=PPLRhVdNp5M

Deus existe? Melhor artigo sobre o argumento ontológico

domingo, outubro 14th, 2018

xxxx

https://www.iep.utm.edu/ont-arg/

Anselm: Ontological Argument for God’s Existence

Sobre: Religiao

O Colapso do Intelligent Designer: Mas a Matrix/DNA pode levanta-los, mais curados, para trilhar caminhos supremos mais sabios

terça-feira, outubro 2nd, 2018

xxxx

Os tres fortes argumentos do Intelligent designer derrubados,

A estrategia dos criacionistas agora e’ a critical analyzes of evolution

Como as teorias cientificas do Big Bang, da abiogenesis e da evolucao, estao muito falhas e incompletas, Esse bombardeio critico em cima da Ciencia pode enfraquece-la, dando oportunidade ao ressuscitamento dos criacionistas entrando nas escolas.

A Cosmovisao da Matrix/DNA reforça e completa estas teorias cientificas, porem quando apontam para o processo de reproducao universal abrem caminho para o prévio design, e portanto para um proposito supremo na evolucao. Quando abre essa porta a teoria aponta para um gerador natural e consciente, o que pode ser do agrado de ateus/céticos/cientistas, mas tambem deixa a porta aberta para a possibilidade de uma divindade não-natural, nas diferentemente do criacionismo, uma divindade mais distante, muito maior e complexa.

https://www.youtube.com/watch?v=Ohd5uqzlwsU

Agnósticos batem religiosos e ateus na Harvard University

sábado, setembro 29th, 2018

xxxxx

https://features.thecrimson.com/2018/freshman-survey/lifestyle/

Agnosticos – 22,3%

Catholics –  20,0 %

Atheists – 16,0%

A Matrix/DNA é atéia? Qual o tipo de Deus deduzido da Filosofia Naturalista?

quinta-feira, setembro 20th, 2018

xxxx

Não. Ateu é o individuo que entra na imaginaria metafisica para dizer que lá não existe Deus. A Matrix/DNA lida apenas com fenômenos e eventos naturais, e perseguindo estes ela chega ate’ as ultimas fronteiras do Universo, o tempo vai até o instante do Big Bang, mas sempre para ai’, e dai’ retorna, revendo o que viu. Então ela não poderia ser deísta – do tipo de deísmo sugerido pela Bíblia – porque em toda essa caminhada ela nunca viu nada metafisico, nenhum Deus sobrenatural. Inclusive acho um contra-senso os deístas imaginarem que exista um Deus “que não é deste mundo”, que é “espirito”, um ser sobrenatural, que faça magicas fazendo coisas aparecerem do nada. Um deus desse tipo seria inútil para humanos. A forma de funcionar sua consciência, sua inteligencia, seus pensamentos, seriam totalmente diferentes dos pensamentos, sentimentos, desejos e emoções dos humanos. Se para um humano é insuportável assistir uma fera predadora comendo uma ovelha viva, para esse deus isso ignorável, sem importância.  Esse deus teria que se vestir de natural quando quisesse se relacionar com humanos, viver no meio de humanos, assistir e interferir na vida de humanos. Teria que comunicar-se nos idiomas dos humanos e ter a voz captável pelos ouvidos humanos. Mas ele não precisa disso, pelo mesmo motivo que a mãe gravida não se comunica com os genes que constroem seu filho. Basta ele ter a certeza que de uma maneira ou outra os genes construirão seu filho e perfeito.

Mesmo que esse Deus fosse metafisico – para entender e se envolver na vida humana, ele não pode ser metafisico. E aqui então, apenas aqui, a Matrix/DNA, tem a sensação, durante sua caminhada, e na analise do que vê, que exista ao menos um deus. Mas é um deus natural, que gera filhos e não cria do Nada. Que gera pelo mesmo processo genético. Que só recebe o nome de deus porque não tem outro nome adequando para algo natural que já existia desde antes do Big Bang, que deflagrou o Big Bang num mero ato de fecundação como meus pais deflagraram o microscópico big bang ao romper da membrana de um espermatozoide no centro do ovulo e deu inicio ao meu corpo num ato de fecundação.

Que só recebe esse nome porque em toda essa caminhada se sentiu uma estrela sempre indicando o norte, e quando chegamos na ultima fronteira, a estrela continua lá, indicando o norte, o mesmo caminho natural. Com esse deus natural ainda seria quase impossível a nos comunicar-mos, pois o resultado aprendido na caminhada indica que esse deus, é hermafrodita, está gravida, e nem uma mãe nem um pai pode se comunicar com os genes que constroem o embrião de seu filho. Talvez a oração fervorosa, de um tipo realmente emocional, especial, seja captada e ouvida e até atendida pelo pai e a mãe, porque ela pode funcionar como quando o embrião chuta a barriga, reclamando que algo vai mal.

A Matrix/DNA nunca se esquece, nos seus estudos, de seu Deus. Porque ela nunca se esquece da Natureza em sua totalidade atuando sobre o minusculo objeto que ela estuda, e isto é seu Deus. Mas ela nunca percebeu nenhuma força atuando nos fenômenos e eventos que não tenha sido detectada como natural, e nunca vê deus influenciando no objeto e nos eventos ao redor dos objetos, então, porque se preocupar ou ocupar-se com sua existência? Basta ‘a Matrix/DNA que ela procura aprender tudo e agir correto para contribuir com o processo da embriogênese, ou seja, com a evolução natural. Alias, em algum lugar foi escrito: ” Se queres conhecer a Mim, se queres saber como penso, observe e estude a Minha Obra!” Todo artista se revela em sua obra. E qual o elo entre um deus, mesmo que fosse metafisico, e o homem? Senão a Natureza?

Porem, não se deve esquecer que a biosfera terrestre, e mesmo esse sistema solar, são partes da natureza mais imediatas e próximas a nos, ao alcance do nosso tato e visão. Mas a Natureza é universal, é o Universo, e este – as fotos do Hubble estão avisando – é de uma dimensão estonteante, parece não ter fim. O ambiente e essa biosfera que nos cerca está em estado de caos, o que é apenas 33% da Natureza, ou de um ciclo da evolução. Depois de conhecido este estado de caos pelo qual nossos corpos físicos foram criados, vem o estado da ordem, já vislumbrado ao se levantar os olhos e ver a perfeita sincronia da mecânica do sistema solar. Para entende-lo temos que superar o pensamento reducionista e entrar no pensamento sistêmico. Mas mesmo depois do estado da ordem ainda temos apenas 66% da Natureza Universal. Os outros 34% por cento vem da comparação entre caos e ordem, de onde emerge seu nome, a SABEDORIA.

Se a Matrix/DNA tem o desejo e a necessidade de ser eterna, infinita, de não morrer com tão pouca vida, ela não precisa de um deus sobrenatural para lhe dizer que ela tem uma essência infinita. Ela aprendeu que todo sistema natural é composto de hardware e software, que sua mente, ou auto-consciência, e o software em seu cérebro. E ela sabe que a copia do cérebro, chamado de computador, tem suas gerações e mais gerações de hardwares abandonados, desaparecidos. Ela sabe que uma copia de um software foi inserida em uma unidade do hardware, que essa copia de software se foi quando o hardware se foi.  Mas ela sabe também que o verdadeiro software nunca foi totalmente colocado num computador. Em cada unidade, em cada geração, o software emitiu uma copia e a destacou para tal lugar, para tal unidade, para executar sua função. Quando aquela copia se vai com o hardware, a função executada, os obstáculos enfrentados, a aprendizagem adquirida, tudo isso é incorporado ao software total que de longe observou.

Assim como o DNA primordial teve trilhões de copias materiais divisíveis e todas morreram ou estão para morrer, mas o DNA primordial continua vivo, apenas evoluiu nestes 3,5 bilhões de anos. Como?  Porque?  Ora porque DNA visível é hardware, mas ele apenas funciona sob um comando de instruções, o qual é invisível, é o seu software, o seu projeto primordial que mais tarde se tornara mente no cérebro e auto-consciência da luz. Um software que não é apenas DNA, mas sim uma Matrix que apenas aqui neste Universo já conta 13,8 bilhões de anos e nunca morreu. E como tudo indica, esse software já tinha muito mais de 13,8 bilhões de anos quando se inseriu aqui.

Em certo momento de sua investigação, a Matrix/DNA flagrou o instante em que o software vem do espaço sideral e se insere num hardware. Foi quando a semente da galaxia chegou a Terra e gerou esta Vida. Nesse flagrante a Matrix descobriu  muito rapidamente, num relance, qual a substancia do software: fótons. Fótons vieram da luz primordial, a 13,8 bilhões de anos atras. Então a Matrix aprendeu que este software entra e sai de corpos hardwares a todo momento, ele continua inteiro, vivo, evoluindo, crescendo. Ele entrou no meu cérebro, ele vai sair, e vai para outro hardware. Isso é o que me interessava saber. Estou realizado.

” No principio, tudo era escuridão, e então a luz surgiu. E dessa luz tudo o mais foi feito”. Se existe deus, de qualquer forma, seus bracos e suas mãos que criam coisas são de luz. Ou a luz é a sua ferramenta. Na luz, todas as informações podem ser gravadas, e como a onda de luz funciona pelo ciclo vital, as informações se tornam vivas.

Todo galho pensa que é a arvore. Mas seus suportes e seus alimentos químicos vem do tronco de uma arvore. A arvore verdadeira tem suas raízes ocultas em algo que o galho nunca conheceu, o solo da Terra. Jamais um galho vai conseguir se agir e se entender como uma arvore. Quanto ‘a arvore, apenas emite cílios, extensões, para realizar certas tarefas, como captar mais luz do sol, etc.. Perdendo um galho, apodrecendo um galho, a arvore continua.

A ideia mais próxima do conhecimento humano que uso como analogia para explicar o que é a mente de um humano é a do lago de água produzindo bolhas contendo água em forma de vapor que sobem, flutuam, e voltam a cair no lago desfazendo-se, seus conteúdo de água misturando-se na água do lago, retornando ao lugar de onde veio. A bolha também pode ser chamada de ego humano, enquanto ela flutua separada do lago. O ego é descartável, o conteúdo da bolha, a auto-consciência, é eterna, volta porque pertence ao lago, o alicerce sempre solido. Mas na verdade não deve e não pode existir nada que possa ser conhecido pelo cérebro humano que sirva de analogia exata ao que seja auto-consciência e o mundo a qual ela pertence. O cérebro humano e o ego não teriam capacidade para processar tal informação.

Sabemos que o Windows existe em cada computador que compramos e jogamos fora, mas sabemos que o Windows continua numa mente fora do computador, na mente do Bill Gates, do pessoal da Microsoft, e continuará na mente humana depois que o Bill Gates morrer.

Agora, como entender que o EU, o EU que é software, não é apenas a copia no meu corpo, e sim algo muito maior que está fora e alem do meu corpo, que quando meu corpo hardware se for, o Eu continuará sendo o mesmo software que terá evoluído, crescido, um pouco mais, eu concordo que é difícil entender isto. Pois a mente do Bill Gates não está dentro do meu computador, aqui só está uma criacão, uma emissão produzida por ela. O Bill Gates não tem a menor idéia da existência deste computador ‘a minha frente. Então como o Eu tem ideia, sabe da existência do meu corpo? Ora, nem precisa saber. Ele só utiliza daqui os efeitos, os resultados, os obstáculos reclamados, para ele aprimorar-se.

Eu não vejo a mente do Bill Gates. Mas nem por isso eu a classifico como metafisica, ou como de outro mundo. Sei que ela existe aqui, agora, e em outros lugares. Por eu não ter acesso a essa mente, não vou nem tentar entende-la na sua substancia, na sua razão de existência, não adiantaria, eu nunca conseguiria. Assim acontece com Eu. Eu não existo aqui neste corpo, este corpo não sabe e não pode dizer o que é o Eu. Não tem capacidade para processar esta informação. A sede do software total, original, real, é onde existe o Eu. Não a copia. O resultado da existência do meu corpo não será inutilizado, ele será absorvido pelo Eu. Ele será sacramentado, entrará no tronco da arvore da evolução, ficará ali registrado para toda eternidade, como base do EU que não é apenas a arvore total, mas a forma transcendental em que ela estará se transformando na sua transcendência.

Talvez o Eu não seja material, não seja natural, talvez seja metafisico. De que me valeria saber isso agora? Nada, ou melhor, só atrapalharia, pois imediatamente eu deixaria de agir naturalmente, a copia do software num computador começaria a dar pane, fazer tudo errado. A copia tem que agir como copia, esta sua função, não querer ser o original. Como disse Don Juan a Carlos Castaneda: ” Estás na Terra como homem, então atue, exista, como homem”.

A copia é a imagem no espelho quando o original mira-se a si mesmo. O espelho se quebra, a copia, a imagem se vai, o original em nada será afetado por isso. A imagem do espelho não pode sair do espelho para ver o mundo do original. Por isso a ultima fronteira do Universo material é – para a Matrix/DNA – o bate-e-volta: dali não posso e nem quero passar agora. Deixei muitos problemas urgentes a serem resolvidos antes.