Archive for the ‘Ciência Acadêmica Oficial’ Category

Matrix/DNA Theory em nova tentativa de debate no forum da Richard Dawkins Foundation

segunda-feira, dezembro 3rd, 2018

xxxx

https://www.richarddawkins.net/2018/12/open-discussion-december-2018/#comment-234982

Open Discussion – December 2018

Hi, everybody! I am not satisfied with humans, their behaviors, social systems, religions, scientific method, etc. Living at Amazon jungle like a single primata I got a new world view totally different than all you know, and I would appreciate if somebody here that advocates and believes in the world view suggested by yours scientific theories want testing them facing a kind of alien.

First of all, I am saying that yours interpretations of this world are away off the beam (again, like when people believed in the Sun orbiting Earth, all species created by magics, etc.). The main cause of yours mistakes is the missing knowledge about “natural systems”. You don’t know neither 5% about what a natural system is. Since human bodies are individual natural systems composed by natural systems like cells and atoms, living inside systems like stellar and galaxies, all these systems are produced and aligned by a unique universal evolutionary lineage and all them are interacting, and you don’t know nothing about systems, all yours theoretical models about them are wrong, not complete, then yours wrong interpretations and world view. Some of this mistakes:

1) There are no origins of life in this Universe. Origins is a bad word, the cause of mystical creationism and mystical materialism. There is a long natural chain of causes and effects coming since the beginnings. And origins of something would mean coming from outside, which does not exist. There is no separation between Cosmological Evolution and Biological Evolution, then, must be an evolutionary link in between, I found it, but humans never search for it. Of course, the link is merely a different shape of the universal system evolving since the beginnings under a unique set of variable mechanisms, which are seven, but Darwinism knows only three of them (VSI – Variation, Selection, Inheritance). Life is another wrong bad word responsible by the disconnection between humans and their creative Nature. There is no division of systems into “living” and “non-living”: I am discovering that all biological properties already were existing at atoms, galaxies, in potential state or expressed, so, if you say that a human body system is alive, you must say that an atom and a galaxy are alive too.

2) Universal evolution, a unique process transforming an initial system into new more complexes shapes, obeying the same rules of life’s cycles, must have a universal genetics with an universal DNA. So, DNA was not created here, it is an evolving product of a universal Matrix/DNA that had the shapes of mechanistic astronomy, atomistic electromagnetism and even, quantum field substance. I found that the real force moving in that quantum field is waves of light and the inner anatomy of a natural light wave is equal the DNA formula.

3) DNA is not a “genetic code”. It is merely a pile of millions of diversified copies of a unique natural system, its fundamental building block, or unit of information. Since that I have decifreid this formula, which is the same formula for atoms and galaxies, and  which is published at my website, my interpretations of the whole world, its meaning and the meaning of human existence are totally different than yours.

I went to live at Amazon jungle as a naturalist philosopher because I was not supporting human civilization and because I was suspecting that at the untouched virgin Nature still there are the witness of the beginnings of this biosphere and they must have the answers to my existential questions. The answers I got are suggesting that you are doing almost everything wrong and Nature usually discards such species. A big cause is that you don’t want to give the necessary evolutionary jump in the scientific method, from reductionism into systemic approach. This world is ruled by a universal systemic formula, which produces systems as living fractals. There are this fractal microscopic shape below you at quantum, atomic level, and its astronomic macroscopic shape above you. You are one of this ling fractal at the middle. If you does not learn what the hell is this fractal, sorry, my fiend, you are going nowhere, like dinosaurs and all others. I suggest that you comes to testing yours world view now. For me will be good because, as a skeptical, I need testing my world view also facing yours criticism. Thanks,… Louis…

A Equacao do Standard Model: Excelente video me desperta para a possibilidade de que a equação seja explicada pelo ciclo vital na luz. Aberta a pesquisa.

quarta-feira, novembro 28th, 2018

xxxx

Quantum Fields: The Real Building Blocks of the Universe – with David Tong

There is not much stranger than physics and this is a good lecture if you have the time. If not, here are my notes:

What do we know about the fabric of the universe? You may have learned that all matter is made of atoms which differ in their numbers of sub-atomic particles.

These 118 different kinds of atoms are the chemical elements known to modern chemistry. Interestingly, there are only three particles that make up every kind of atom: electrons, up-quarks and down-quarks. The up and down quarks make protons and neutrons. This model is not the best we have, however.

Even more fundamental building blocks are fluid-like structures which spread across the entire universe and which ripple in interesting ways.

There are fields. For example, light is composed of electromagnetic field waves. But the fields aren’t smooth and continuous. The fields have little particles of light we call photons. They are spread everywhere, the electron field, a fluid that fills the entire universe. The ripples get tied into bundles of energy and these are called the electron particle. The electrons are all waves of the same underlying field.

Energy is not continuous, it is bundled up into packets or quanta. There are two quark fields, these fields give rise to the up-quarks and down-quarks, which are all connected as waves of the same fields.

What does it mean that we are made of fields instead of particles? If you take away all particles from a given space, you will still have fields constantly fluctuating in a very complicated way.

Nothing is a busy place. The simplest thing we can imagine in the universe is extremely complicated. It is filled with twelve (12) fields that give matter, and four (4) other fields that give forces. Space and time (space-time) itself is a field itself, the one responsible for gravity.  The world we live in is a combination of the 16 fields interacting in interesting ways.

This is the greatest theory in the history of human civilization, although it is referred to by the boring name “The Standard Model”.  There is one more field, the final building block, the Higgs field, which is responsible for all mass. From all of this, we have one equation that correctly predicts the results of every experiment we’ve ever done in science:

This amazing Standard Model equation does not cover everything, however. There are invisible particles in space like dark matter and there is the field of dark energy that causes everything in the universe to repel everything else, so we need to do better than the standard model which does not account for these two things.

The universe is 13.8 billion years old. In the first 380,000 years, the universe was a flickering fireball which we now see as cosmic background radiation. What caused the flickering was something that took place in the first few fractions of a second after the big bang. Tiny quantum vacuum fluctuations were caught and stretched 20 billion light years across the sky. These are the ripples in the fireball.

It may be that all of the forces and matter can be unified. This is the theory of super-symmetry. String Theory combines and contains all of the forces and types of matter.

According to our best theories of physics, the fundamental building blocks of matter are not particles, but continuous fluid-like substances known as ‘quantum fields’. David Tong explains what we know about these fields, and how they fit into our understanding of the Universe.

I’m grateful that we can pretend to understand this much of the universe, but I don’t really get what a field is. One current view is that a field is a physical quantity, represented by a number or tensor, that has a value for each point in space and time. A physical quantity. Hmmm.

xxxxx

Pesquisa sobre a equação:Quant

Image result for equation of theory of everything

http://www.preposterousuniverse.com/blog/2013/01/04/the-world-of-everyday-experience-in-one-equation/

 

Everyday-Equation

Exemplo de como a Síndrome da Separação malversa valores humanos

segunda-feira, novembro 26th, 2018

xxxx

A imagem pode conter: 1 pessoa, texto

Na integra, as palavras de Carl Sagan foram:

Nós podemos explicar o azul-pálido desse pequeno mundo que conhecemos muito bem. Se um cientista alienígena, recém-chegado às imediações de nosso Sistema Solar, poderia fidedignamente inferir oceanos, nuvens e uma atmosfera espessa, já não é tão certo. Netuno, por exemplo, é azul, mas por razões inteiramente diferentes. Desse ponto distante de observação, a Terra talvez não apresentasse nenhum interesse especial. Para nós, no entanto, ela é diferente. Olhem de novo para o ponto. É ali. É a nossa casa. Somos nós. Nesse ponto, todos aqueles que amamos, que conhecemos, de quem já ouvimos falar, todos os seres humanos que já existiram, vivem ou viveram as suas vidas. Toda a nossa mistura de alegria e sofrimento, todas as inúmeras religiões, ideologias e doutrinas econômicas, todos os caçadores e saqueadores, heróis e covardes, criadores e destruidores de civilizações, reis e camponeses, jovens casais apaixonados, pais e mães, todas as crianças, todos os inventores e exploradores, professores de moral, políticos corruptos, “superastros”, “líderes supremos”, todos os santos e pecadores da história de nossa espécie, ali – num grão de poeira suspenso num raio de sol. A Terra é um palco muito pequeno em uma imensa arena cósmica. Pensem nos rios de sangue derramados por todos os generais e imperadores para que, na glória do triunfo, pudessem ser os senhores momentâneos de uma fração desse ponto. Pensem nas crueldades infinitas cometidas pelos habitantes de um canto desse pixel contra os habitantes mal distinguíveis de algum outro canto, em seus freqüentes conflitos, em sua ânsia de recíproca destruição, em seus ódios ardentes. Nossas atitudes, nossa pretensa importância de que temos uma posição privilegiada no Universo, tudo isso é posto em dúvida por esse ponto de luz pálida. O nosso planeta é um pontinho solitário na grande escuridão cósmica circundante. Em nossa obscuridade, no meio de toda essa imensidão, não há nenhum indício de que, de algum outro mundo, virá socorro que nos salve de nós mesmos. (…)” –
Carl Sagan

xxxx

Porem, a Matrix/DNA Theory tem algo a acrescentar a estas palavras:

 

Matrix/DNA: “Bonitas palavras e com o intuito de criticar a arrogância de alguns humanos. Mas e’ a expressao de uma visao separadora entre o homem e seu Cosmos, tipico da mentalidade formada no metodo reducionista.

E’ uma maneira errada, incompleta, de ver a coisa. Nosso planeta é uma partícula nêutron dentro de um átomo astronômico chamado sistema solar dentro de uma célula chamada galaxia dentro de um sistema… que não sabemos o que é. A Terra é um ponto pela perspectiva limitada da Física e sua logica Matemática, as quais ignoram os fenômenos vitais. Mas o resultado final da evolução universal aqui não é o ponto e sim a Vida. Como a Vida não veio do sobrenatural, mas sim foi gerada pelos elementos desta galaxia, isto significa que as propriedades primitivas da vida tem que estarem presentes na anatomia da galaxia e isto esta sendo sugerido pela nova teoria da Matrix/DNA. Como micróbios de um ponto somos reduzidos ao mais insignificante, mas como a Vida no topo da evolução universal, nos tornamos bastante significantes. Essa diferença de perspectiva é de muita responsabilidade, pois a visão do ponto nos leva ao nihilismo e desmotivação para construir e nos agregar como especie, enquanto, como Vida, nos sentimos com um sério peso a carregar em nossos ombros que requer responsabilidade. Todas as estrelas, quasares e pulsares cumpriram sua missão evolutiva no seu devido tempo e entregaram a tocha a nos: de la’ nos espreitam torcendo com a esperança que demos continuidade a este esforço e os carreguemos dentro de nossa genética entregando a tocha a um destino sublime no infinito.” – Matrix/DNA

Biólogos e a grande falha no seu pensamento científico moderno: corpos vivos não são sistemas.

sexta-feira, novembro 9th, 2018

xxxx

Your question can’t be answered until you define what you mean by “system.” In all my years of experience as a biologist I have never heard “all living being” described as a system.
Bulldog Drummond· 12 hours ago
xxxxx
Minha pergunta a Bulldog:

Great, Buildog! I am waiting some biologists saying that all my life. There are systems, mass of systems, and merely, processes among parts inside a system. If living bodies are not systems in itself, what are they? Please, I need this answer.
xxxx

O beneficio das provas para a construcao de teorias

quinta-feira, novembro 1st, 2018

xxxx

A Matrix/DNA Theory foi construída obedecendo a fidelidade ‘a Natureza sob o rigor de apenas dar o passo seguinte se a conclusão anterior estava fundamentada em parâmetro real, natural, comprovadamente conhecido.

E Russell foi brilhante nesta intuição ( clique na imagem):

Quando a MatrixDNA Theory foi construida am cima de parametros reais

Por exemplo: a neurologia não provou que o cerebro é o criador unico e direto da consciencia. A antropologia não explicou e não provou ainda a transformação do macaco em homem com consciencia. Mas estas teorias são aceitas no meio acadêmico como verdades irrefutáveis.

Creio ser indiscutível – perante as evidencias – que o corpo humano tenha vindo do corpo do macaco. Mas não vejo processos naturais capazes de transformar um cerebro irracional em consciente. Nao vejo claro como um macaco da selva viria aprender a escrever, ler, construir computadores.

Talvez exista uma realidade paralela natural fazendo a funcao de software ao lado da realidade natural que faz a funcao de hardware. E que no cerebro humano o software pela primeira vez se expresse, assim como no individual a consciencia apenas se expressa aos 8 meses de idade. Uma consciencia que veio de fora do individuo, dos pais, e destes ninguem sabe de onde.

Assim, o corpo humano veio do macaco – é sensato dizer. Mas que o humano veio do macaco é temeroso dizer, pois o humano não é apenas corpo e sim, mais a consciencia. Nao existem provas cientificas para esta afirmação, e quando alguem a profere, é um ato de fé.

Por esta fé ser responsável pela manutenção e extensão do instinto predador na psique humana, e por este instinto ser o responsável pela inibição imposta aos de instinto de presa ‘a sua evolucao mental, ela é um dos grandes males da humanidade.

Evolução: Bom argumento dos criacionistas sugerindo que a Teoria da Evolução da Matrix/DNA é mais racional

sexta-feira, outubro 26th, 2018

xxxx

Texto de um criacionista criticando os evolucionistas ateus e a seguir, analise da Matrix/DNA

“Still no evidence for a talking snake.” – Says the atheists. But…

Human beings read, write, talk, publish books, design and fly airplanes and more, and:

  • Our ancestors were supposedly apes, so that means they are claiming populations of apes could eventually, over generations, learn to read, write, talk, publish books, design and fly airplanes and more if you just “give it enough time”.
  • Our ancestors were supposedly reptiles before that, so that means they are claiming populations of reptiles could eventually, over generations, learn to read, write, talk, publish books, design and fly airplanes and more if you just “give it enough time”.
  • Our ancestors were supposedly amphibians/frogs before that, so that means they are claiming populations of amphibians/frogs could eventually, over generations, learn to read, write, talk, publish books, design and fly airplanes and more if you just “give it enough time”.
  • Our ancestors were supposedly fish before that, so that means they are claiming populations of fish could eventually, over generations, learn to read, write, talk, publish books, design and fly airplanes and more if you just “give it enough time”.

This is what they call “reality”. Meanwhile they reference satan speaking THROUGH a snake as a “talking” snake, while believing populations of snakes could eventually learn to read, write, publish books, speak, pass laws, design computers and more, if you just “give it enough time”. Hypocrisy, which exposes the unfortunate willful ignorance.

Parecer da Matrix/DNA:

Pela interpretação da evolução, os acadêmicos consideram que o processo evolucionário desde a matéria sem vida, passando pelo primeiro ser vivo, até o homem foi Darwinista,  único e completo pelos três mecanismos – Variação, Seleção Natural, Hereditariedade.

Sabemos que os humanos puderam, eventualmente, aprenderem a falar, escrever, ler, publicar livros, desenhar computadores, mandar humanos `a lua. Se consideramos como correta a interpretação acadêmica do processo Darwiniano, temos que aceitar que os  nossos ancestrais macacos iriam, apos muitas gerações, serem capazes de falar, escrever, ler, publicar livros, desenhar computadores, e porem seus descendentes na Lua; que os anteriores ancestrais mamíferos de quatro patas como as vacas, iriam, apos muitas gerações, serem capazes de falar, escrever, ler, publicar livros, desenhar computadores e porem vacas… digo…, seus futuros descendentes, na Lua; e teríamos ainda que aceitar que os anteriores ancestrais, os repteis como as cobras, iriam, apos muitas futuras gerações, serem capazes de falar, ler, escrever, desenhar computadores e por cobras.. digo… seus futuros herdeiros, na Lua; mas teríamos que aceitar que os ainda mais antigos ancestrais, como os peixes e as sardinhas, iriam, muitas gerações no futuro, aprender a falar,ler, escrever, desenhar computadores, construir varas de pescar, e porem sardinhas… digo… suas futuras gerações, na Lua; mas teríamos que aceitar que antes, os vermes… iriam – dando-lhes o devido tempo de bilhões de anos – para a Lua, a bordo de espaçonaves!

E finalmente, a matéria sem vida da Terra, apos 3,5 bilhões de anos de sua evolução, venceu as distancias do espaço vazio e foi visitar a matéria sem vida da Lua. Enquanto isso, a matéria sem vida da Lua, sem precisar de todo este esforço evolucionário de 3,5 bilhões de anos, visita a matéria da Terra enviando simples meteoritos…

Qualquer esforço de racionalismo detectara’ que existe algo errado nesta interpretação.  O erro esta’ no desconhecimento da amplitude do processo evolucionário e qual o significado cosmológico, universal, natural, de sua existência. A evolução não consiste em transformar especies constituídas de simples matéria e mais adaptadas em novas especies mais complexas. Ela consiste em disponibilizar mais informações para serem materializadas por um único sistema universal que surgiu no Big Bang construído por uma formula, tornando-o cada vez mais complexo. Para entender isto, uma analogia vem a calhar… Na embriogênese, uma simples formula inicial – o DNA – em meio material, cria um sistema celular e depois fornece informações transformando esta célula em blastula, feto, embrião, criança, adulto, etc, sempre complexificando o mesmo sistema.

Mas na embriogênese, percebemos que aos 6 ou 8 meses, quando o cérebro esta formado, surge uma auto-consciência expressada. Isto não significa que cada cérebro cria uma auto-consciência e pela primeira vez no Universo, mas sim que a auto-consciência estava presente como potencial latente desde a primeira célula. E mais: a auto-consciência já existia alem do pequeno universo ovular do embrião, na especie humana, que foram seus criadores.

Voltemos então `a evolução universal. Estamos percebendo que aos 13,8 bilhões de anos, nesta região do Universo, se expressou a auto-consciência, e no sistema universal que teve inicio no Big Bang. Sendo tudo o mais igual – a embriogênese humana é uma auto-projeção da embriogênese do sistema universal – a auto-consciência esteve todo este tempo de 13,8 bilhões de anos no estado de potencial latente, vinda do alem deste Universo. Esta auto-consciência – como a mente de um sistema natural, sempre teve seu espaço reservado e mantido por todos os sistemas ancestrais – de átomos a galaxias a bactérias – que foi ocupado ela entidade do sistema, uma especie de software mantendo as regras internas dos sistemas. Apenas o cérebro humano, quando forma novas arquiteturas como o neocortex, esta’ preparado para iniciar a expressão desta auto-consciência. A qual traz consigo as propriedades de criar a linguagem, a fala, aprender a escrever, a ler, a publicar livros, a desenhar computadores e por cérebros humanos na Lua.

Não, nem macacos, nem vacas, nem peixes, nem amebas, e nem fetos humanos, poderiam jamais produzir descendentes que aprendessem a falar, a desenhar computadores, se contassem apenas com as propriedades e mecanismos da interpretação darwiniana do processo da evolução. Existe uma crucial diferença entre a especie humana e todas suas formas ancestrais. A auto-consciência dorme nos átomos e galaxias, sonha nos vegetais e nos animais, e finalmente começa a despertar e levantar no Homem. Levanta-se trazendo consigo a inteligencia, para falar, escrever, ler, desenhar computadores, e alavancar o corpo humanos para sua grande aventura cósmica. Até agora, apenas dentro da Matrix/DNA Theory, estamos aprendendo a amplitude e todos os constituintes do processo evolucionário universal.

Grandes cientistas de ontem eram filósofos também: Comunicadores da Ciência de Hoje são contra a Filosofia

sábado, setembro 29th, 2018

xxxx

https://www.facebook.com/jswilkins/posts/10155664860895796?__tn__=-R

e debatido no Pharyngula:

https://freethoughtblogs.com/pharyngula/2018/09/29/that-wilkins-guy-loves-to-rub-it-in/#comments

Mudanca no paradigma da Psicologia: a consciencia foi criada com a linguagem, mas a linguagem genetica criou a linguagem do cerebro, nao a consciencia.

quinta-feira, setembro 27th, 2018

xxxx

Lembro-me da noite que eu estava numa mesa de bar com 12 pessoas, todos recém-formados em psicologia. Em dado momento fiz uma pergunta sobre qual seria a origem da consciencia e todos foram unanimes em responder que a consciencia, ou os pensamentos, são pura linguagem. O que quer dizer que quando os primatas começaram a inventar a linguagem comecou a se firmarem os pensamentos contínuos, e isso e’ a consciencia.

Pensei um pouco na proposta e não gostei dela – ela esta’ contra o que meus mapas e modelos teóricos do mundo estao sugerindo: os sistemas naturais, de atomos a corpos humanos, sempre foram constituídos de hardware e software. Consciencia e’ uma evolucao, ou melhor, o despertar, a expressao desse software.

Entao, claro, procurei erros no paradigma da Psicologia. E pensei nos genes, trabalhando, construindo um edifício, o embrião. Devem se comunicarem, ou entao obedecerem a um comando central, para cada qual entrar na obra no momento certo com a substancia certa. Os biólogos dizem que existem sinais movendo-se dentro do DNA como imput/output, entra/sai, fecha/abre, etc. Inclusive estao descobrindo que muitos destes sinais ativandos genes vem do outrora chamado DNA-lixo.

Mas o que são estes sinais, independentes de onde vem? E’ um tipo de comunicação, mesmo que com outra forma de energia, som, química. E’ um tipo de comunicação, e a linguagem humana e’ um tipo de comunicação.

Mas quem veio primeiro? A linguagem da genetica que fez o cerebro humano ou a linguagem humana feita depois pelo cerebro? Claro, a linguagem na forma genetica.

Mas se os genes ja tinham inventado a linguagem, nem por isso ficaram auto-conscientes. O que lança duvidas ‘a teoria de que a linguagem reproduzida ( e não inventada) pelo cerebro fez surgir a autoconsciência.

Bem, o fato e’ que os doze ficaram me olhando de forma esquisita quando indaguei, questionei e expliquei a teoria da linguagem genetica que me surgiu naquela hora. Não sei o que pensaram, mas claro, logo afugentaram minha fala, pois eu era analfabeto e estava contestando seus professores. Nao adiantou eu pedir maior explicacao de como impregnar um pedaço de materia com linguagem faz de repente a materia ter pensamentos contínuos… e autoconsciência! Não adiantou eu pedir para apontarem onde mais na Natureza detectaram um fato igual, um parâmetro natural real, conhecido, comprovado, que nos possa certificar de que a natureza e’ capaz de aplicar esse tipo de criacao. A cerveja foi buscada com rapidez e o tilintar dos copos desviou o assunto para as piadas do cotidiano.

So’ eu fiquei serio com um grilo na cuca. Não e’ possivel que um individuo apenas esteja certo e 12 aqui presentes, mais milhares la’ fora que constituem o corpo acadêmico, estejam errados. Mas, diabos, onde estou errando,…  que não percebo?

E’ certo que o que levou o individuo que raciocina de forma anormal, naquela mesa, a contestar a crença geral, foi que o individuo anormal tem como visao de mundo algo bem diferente da visao de mundo dos psicologos. Senão não teria surgido a duvida. E e’ fato que nenhuma das duas visões do mundo pode ser comprovada cientificamente, por enquanto. No entanto, uma das duas tem que estar mais proxima da verdade. Portanto, a teroia escolhida sera uma questao de preferencia, ou opiniao pessoal. Mas cabe ao pessoal da Psicologia provar que a linguagem humana foi a primeira linguagem surgida no mundo, pois não seria uma auto-projecao da linguagem genetica. E por todas cargas d’agua, eu não vou aceitar essa teoria sem provas, vao ter que me mostrar onde esta cortado o cordao umbilical entre a linguagem humana e a linguagem genetica.

Ou entao provarem que não existe linguagem genetica. mas e’ fato comum na Biologia se referirem a um “comando de instruções” no DNA. Se existem instruções, existe uma especie de linguagem. Ou não?!

Eu sou analfabeto em relacao a moderna Ciencia da Psicologia, mas… com’on… isto não significa que não seja capaz de refletir um pouco… os doutores da Psicologia caíram no meu conceito enquanto não derem uma explicacao mais racional para seu paradigma.

Porque a evolução e o ancestral comum ainda não são “fatos científicos” e sim, “teorias cientificas”.

sexta-feira, setembro 7th, 2018

xxxx

https://ciencianautas.com/evidencias-da-ancestralidade-comum/#comment-2401

Evidências da ancestralidade comum

Debate publicado no artigo:

Tens certeza disto? Ou continuas buscando e gosta das ideias de outros, como eu? Um ancestral comum pode ter existido, várias evidencias e a lógica racional aponta para esta solução. mas como nunca foi mostrado, comprovado cientificamente, continua sendo uma teoria. Porem a logica racional nps leva a duvidar da teoria da biogênese tal como ela está’ hoje e a duvidar do mecanismo proposto pela teoria evolucionista de Darwin. Talvez o ancestral comum nunca tenha existido na superfície da Terra, como propõem os resultados dos meus modelos e cálculos teóricos.
Uma analogia pode embasar a minha teoria. Todos irmãos de uma família vem de um ancestral comum, que foi um casal de humanos. E o metodo natural pelo qual isso acontece e’ unicamente pela transmissão de DNA, de geradores a herados. Pois então quando surgiu a Vida neste planeta ela deve ter recebido do ancestral, algo como o DNA. Se ela veio do inorganico, esse ancestral DNA deve ter sido inorganico. Então quem foi o ancestral e o que e’ esse DNA inorganico? Ora, justamente o que meus resultados estão a indicar: o building block desta galaxia onde a vida surgiu e portanto criada por ela e’ baseado num circuito sistemico que pode ser representado como uma formula, e esta formula semeada na superfície da Terra dirigiu o período e processos da abiogêneses a reproduzir este ancestral astronomico. Por isso denominei a formula de Matrix/DNA. Mas não se irrite com essa ameaça `a teoria darwiniana, pois estou como vocês, sem provas ainda. E’ teoria logica contra teoria logica.

xxxx

A evolução é um fato científico, temos graus de parentesco com todas as formas de vida e como já disse no texto,em alguns casos podemos observar a especiação e além das evidências da embriologia e da anatomia dos animais.

xxxxx

Louis C. Morelli – 07/09/18

Não, a evolução não é fato cientifico. Apenas sera’ se tiver-mos o ancestral comum lado a lado com o ultimo produto deste movimento natural e comprovar que no ultimo a complexidade é maior que no primeiro. Nos estamos dentro do processo, e como determina o teorema de Godel, ” quem esta’ dentro de um sistema não pode saber a verdade do sistema”. Pode ser que estejamos assistindo os meros passos graduais de um grande processo de reprodução, maior que a historia biológica. Por enquanto a evolução é uma teoria racional e provável, mas não um fato cientifico. Sinto muito ser chato, mas é preciso nos policiar, pois muitos se tornam arrogantes fanáticos crendo que sabem… e se estiverem errados? Nos somos quase cegos e insensíveis, apenas vemos o lado da matéria que e’ iluminado e vibra numa das sete dimensões da luz. Sugere a logica que a nossa evolução, ao ver as sete dimensões, vai mudar todas nossas crenças atuais. Mas essa evolução só ocorre se manter-mos respeitando a disciplina cientifica, a qual nunca se refere a fatos que ela não esta vendo e tocando.

Entendendo Lições de Ciências – The Science Flowchart

terça-feira, agosto 28th, 2018

xxxxx

https://undsci.berkeley.edu/index.php

The Science Flowchart

https://undsci.berkeley.edu/lessons/pdfs/complex_flow_handout.pdf