Archive for the ‘biologia’ Category

Origem da Vida: Cientista produz enzima sintetica em 2017 e suspeita que ela criou a vida a 4 bilhões de anos atrás!!!

segunda-feira, novembro 13th, 2017

xxxx

Então fui eu que tendo nascido neste século matei o Mar Morto a 2 bilhoes de anos atras… O artigo está no link abaixo e a seguir estao as copias de meus comentarios no debate do artigo.

Chemists May Have Found the ‘Missing Link’ to the First Life on Earth

https://www.livescience.com/60907-missing-link-first-life-on-earth.html?utm_source=notification

Louis Charles Morelli · Fritador de batatas fritas at Self employed – 12:56 PM – 11/13/2017
To the authors:
You said: ” … A subset of chemists have devoted their careers to puzzling…”
I think it is clear that a new kind of information from a more complex natural system were among the matter of that water slime. I can’t understand these chemists that are working with the effects and not searching the cause, because if they want to solve the puzzle, the rational way is going after the cause.DAP – if it ever existed naturally – is an effect, containing the entire or part of the cause, not the cause. We are watching everyday how a new life emerges from water slime produced not by the slime, but by a bunch of information coming from outside the womb’s water, so, why for the first life would be different? Why scientists are mimicking mysticals that need never seen before phenomens? Our method at Matrix/DNA Theory found a possible natural force/element that could be the source of these outside informations for first life. Chemists need know the models and looking inside DAP and the other primordial elements for this “invisible” genome. We are losing time and money.
xxxxx

Chris Sievert · Columbia (Missouri)

@Phillip Czekala –  I’m going to guess you’ve never actually witnessed the Birth of a Baby? If you had you would know how Ignorant your claim not to have started your life in “a bucket of shit water slime” because yours and everyone elses actually did start that way.You may or may not have started in shit, not all babies crap in Uetero, but you certainly started in “a bucket of piss water slime”. All Mammals do.
Louis Charles Morelli · Fritador de batatas fritas at Self employed – 12:56 PM – 11/13/2017

xxxx

Edward Guest · FSU College of Law

The ability to produce intelligent beings, well somewhat intelligent, through this process if true could likely occur in millions, maybe even billions, of star systems in our Universe. Maybe we will be surprised in a few billion Earth years how many species we find that are a lot like us.

Louis Charles Morelli · Fritador de batatas fritas at Self employed

Edward Guest – There is a curious option, maybe you don’t know it. Life is like agriculture, so, if a seed falls in an environment with good conditions, it will flourish. The seeds are splitted everywhere in space/time. But, what is this “seed” and from where it comes from? At Matrix/DNA Theory we discovered that a new theoretical model of galaxies fits exactly the configurations for a source of these seeds. The astronomical building blocks is the face and configuration of DNA building blocks. When I got these models, it was suggesting a new version of “universal history” from the Big Bang to nowadays. And the final history suggests that – as you said – initially must have diversification among aliens but all them will be fine tunelled to a unique final shape… which is the unknown shape of the natural intelligent system that triguered the Big Bang and must be existing beyond this Universe. Curious, isn’t it?
xxxxx

Philip Czekala

Total BULLSHIT.
It’s publish or perish in college land and this clown professor Ramanarayanan Krishnamurthy will make up and write ANYTHING to keep his job. Maybe his life started out in a bucket of shit water slime but mine didn’t. Just think about how many gullible assholes believe this crap too. We are DOOMED.

Louis Charles Morelli · Fritador de batatas fritas at Self employed

Philip – You are right, Our life began in water slime also but the womb’s water slime can do nothing without the insertion of an almost invisible genetic code from something existing above and beyond the womb ( it means also beyond Earth as the womb for first living thing). Why the modern academic mindset is separating cosmological evolution from biologiccal evolution?! The effects of this absurd faith is causing this blindness? Do you have any explanation for human behavior?
xxxx
Fred Wood You have a good point. There is a theoretical “universal natural formula for organizing matter into systems” and applying the formula for to calculate “life’s origins” the results of this calculations says exactly what you said about the role played by the Moon. New shapes of systems ( like the biological ones built at the abiogenesis period) begins by the Function 1 of the formula, which is “agitation for fragmentation and mixture of the elements of the environment”. We have not found other element able to do that function necessary for biological systems organization here. Then comes the F2, which takes the “baby” created by F1 and begins the agregration of nutrients. This formula explains how the first lighter gazeous starand the later stellar systems were made from an atomic nebulae, how galactic’s nuclei are created by central vortex, etc. If you are curious about the formula, search ” The Universal Matrix for All Natural Systems and Life’s Cycles”. Congratulations by the right insight.
xxxx

Jerry Bunker · Purdue University

Professing themselves wise they traded the truth for a lie. This garbage that once upon a time is sheer nonsense. Genesis chapter 1 verse 1 states that in the beginning God created the heaven and the earth. It takes much more faith to believe in these fairytales than to believe in the creator God

Louis Charles Morelli ·Fritador de batatas fritas at Self employed

Jerry: ” Genesis chapter 1 verse 1 states”
A book written by foreign ancient people states nothing to our people of our country and to people of XXI century, why are you coming at a Science issue and Western World telling that?! Don’t worry: if God has something to say to our country and to people of this time, He will say it directly to us, we does not accept humans intermediaries between us and God. 
Here you comes professing yourself wise. So, bring on to the table the proofs how life started and get the Nobel prize. Or are you trading the truth for a lie?
xxxx
Fred Wood – None

Something folks seem to miss in their Synthesis of supposed early biology is the intense stiring caused by the Moon tides which were a hundred or more times stronger than they are now. Not only 100-200 foot ocean tides, tides expressed in the ground around the sea and, more importantly, beneath the sea too, stiring up the lighter and heaver elements, separating the stone from the metal, breaking the shell of the Earth into mud and sand, even as it tries to harden, heating things up in a band beneath the Moon’s early orbit. Remember, the Moon, containing much of it’s present mass was only a few thousand miles above the Earth at that time, having been formed by a collision between the Earth and a stoney body about the size of Mars. It slowly escaped Earth’s gravity until now it’s effects on land is negiligable though the seas still rise and fall by tens of feet now, rather than by hundreds. THERE is your crucible!
Like · Reply · 1 · 4 hrs
Fred Wood –None

It occures to me that the occasion of the birth of our Moon might be quite rare in water planets. There might be fewer examples of life because of it, if the Moon tides really were a part of the equasion. The local sudden heating and cooling of subsurfice muds by those large tides might also have played a part, again making life as we know it even more rare.
 
Fred Wood You have a good point. There is a theoretical “universal natural formula for organizing matter into systems” and applying the formula for to calculate “life’s origins” the results of this calculations says exactly what you said about the role played by the Moon. New shapes of systems ( like the biological ones built at the abiogenesis period) begins by the Function 1 of the formula, which is “agitation for fragmentation and mixture of the elements of the environment”. We have not found other element able to do that function necessary for biological systems organization here. Then comes the F2, which takes the “baby” created by F1 and begins the aggregation of nutrients. This formula explains how the first lighter gaseous star and the later stellar systems were made from an atomic nebulae, how galactic’s nuclei are created by central vortex, etc. If you are curious about the formula, search ” The Universal Matrix for All Natural Systems and Life’s Cycles”. Congratulations by the right insight.

Origens da Vida: Teoria do RNA World

domingo, novembro 12th, 2017

xxxx

Paper: Origin of Life: Transitioning to DNA genomes in an RNA world

https://elifesciences.org/articles/32330

Abstract

The unexpected ability of an RNA polymerase ribozyme to copy RNA into DNA has ramifications for understanding how DNA genomes evolved

Matrix/DNA: ‘Ok. De repente descobriram que o RNA tem uma polymerase ribozyme que copia o RNA e como resultado aparece o DNA ! Por isso surgiu a nova teoria do RNA-world. E com isso eles creem que vao obter o entendimento de como o genoma do DNA evoluiu. Nos percebemos a 30 anos atras quando elaboramos o modelo teorico da formula, que esta pode ser dividida em duas metades, uma face esquerda e outra direita. Observando-se a formula, percebe-se que a funcao 5 que ‘e intermitente, quando emerge e atua, ja’ divide a formula nas duas faces. Se o fluxo de informacoes que vem desde F1 no sentido horario, pela face esquerda, ultrapassar F4, ele constroi F6 e continua agora em queda entropica ate completar o circuito esferico. Isto significa que a formula determina que toda estrutura material elaborada por ela tenha a face direita como uma especie de copia da esquerda. Quando comparamos a formula com um building block do DNA percebemos que as duas sao a mesma configuracao e funcionamento, o que indica que o DNA pode ser dividido pela formula entre haste esquerda e direita. E qualquer uma das faces depois da divisao tambem representa a anatomia geral do RNA. Mais tarde descobrimos que F5 e’ o phi number, responsavel pela bi-lateral simetria. Ora, replicar o DNA, abrindo o zipper, separando os nucleotideos em duas hastes com suas bases, e’ produzir bi-lateral simetria.

Entao tinhamos a forte suspeita de que o RNA tivesse surgido primeiro que o DNA, e este apenas se formou quando a molecula de RNA foi capturando bits-informacao ralacionados `a face direita. nao nos surpreendeu quando depois surgiu a teoria do RNA-world. Porem aparentemente temos dois problemas entre as duas teorias.

  1. Enquanto existia apenas RNA – Segundo a teoria da Matrix – este era incapaz de replicar-se… ou nao? Vejamos. Quando o circuito chegou a F4, ele teria diretamente formado F6 ou F5? Se formou primeiro F5, a funcao replicadora, nao vejo como esta poderia funcionar sem o circuito esferico completo, na forma do DNA. Parece-me que F4 apenas seja estimulado a produzir F5 se a entidade do Sistema estiver instavel e buscar a estabilidade termodinamica. Alem disso, sabendo-se que RNA nao possui o acucar desoribose – que e’ F1 – ele deve ser constituido apenas de F2, F3 e F4. mas como F5 e’ uracila, que e’ uma base presente apenas no RNA, ele teria o orgao reprodutor porem nao teria a carga genetica completa para produzir DNA. Para ter ela complete precisaria ter F1. Entao o RNA nao podia se auto-replica. Ora, acredito que para o projeto de criar o primeiro DNA, a partir do RNA teria que existir muitos exemplares de RNA, apenas um nao teria tempo para executar tudo. O que significa que teriamos de considerer a hipotese de que nao houve um unico primordial RNA, mas sim, que essa molecula surgiu varias vezes separadas entre si. Mas se, formado o RNA, ao inves de partir para elaborar F5. o fluxo tivesse entrado a fazer a face direita fazendo ja F6, entao a direita construiu F1, o que permitiu ao Sistema iniciar sua replicacao.

Mas sabemos que o RNA tem a capacidade de se replicar. Como ele o faz, sem F1. Parece impossivel, a nao ser que F2 tenha em si mais da metade das informacoes de F1, o que tambem nao ‘e uma ideia confortavel. Entao surge aqui uma ideia e uma pergunta aos quimicos: Onde e como o RNA se auto-replica? Porque a Matrix sugere apenas uma possibilidade: que ele atue como virus, ou seja, ele precise penetrar no nucleo da celula e utilizer a F1 do DNA para se replicar.

Esta  questao preciso consultar os quimicos ou a biologia molecular.

2. O Segundo problema e’  que no DNA, os dois fluxos de informacoes – da haste esquerda e da direita – tem sentidos e significados opostos entre si. Na primeira a energia e’ crescente, fase de desenvolvimento e construcao; na segunda a energia e’ entropica, decrescente, fase de degeneracao, auto-aniquilamento. Entao para que o RNA produzisse DNA, quando seu fluxo chegasse a F4, e ao sair dessa funcao, teria que ter em si agregada a funcao da entropia. Vinda de onde, e como? A entropia nada constroi a nao ser caos, nao iria construir F6. E se o RNA adquirisse a entropia a partir de F4, ele nunca se auto-replicaria.

Este problema nos leva a suspeitar que o RNA surgiu, originalmente, em duas formas, opostas entre si. Digamos, uma spin right e a outra, spin left. Alias, parece-me que tudo na natureza tem que surgir nestes dois pares opostos. O problema e’ que, tendo-se duas fitas de aparencias iguais, e nas duas correm um fluxo de energia de uma ponta a outra, e sendo as duas aparentemente no sentido horario, como se vai detectar que numa o fluxo vai da ponta A para a B e a outra vai de B para A? Se as 4 pontas parecem iguais, quem determina qual seja A ou B?

Olhem…, sabe de uma coisa? Para mim nao vejo vantage nenhuma em ficar titrando a poeira de cima dos registros historicos para saber quem veio primeiro ou depois. O importante e’ saber que tanto RNA como DNA estao contidos na formula da Matrix que veio do ceu. O que ela fez aqui primeiro ou depois nao me interessa a ponto de ficar quebrando a cabeca com esse enignma complicado. certo que sempre e’ util elaborar um esquema destas especulacoes, um raciocinio metodico e escrito como fiz acima, pois destes raciocinios muitas vezes surgem importantes insights para outros problemas. Como foi a cima a repentina questao ou hipotese de que o RNA primordial funcionou como virus. Mas eu vou parar esse assunto por aqui.

  • ” Ok, senhor Louis, podes parar e descansar a cabeca. Mas antes voce me permite apenas mais uma perguntinha, que nao tem a ver com RNA, DNA…?”
  • “Pois nao…”
  • ” Quem surgiu primeiro, o ovo, ou a galinha”? ( e o perguntador vai se afastando e saindo correndo…)
  • – ” Arrrrghhh…. vem aqui, moleque, ah, se eu te pego…”

z

 

Video: Irreducivel Complexidade versus Evolucao da Agulha Molecular versus Heranca da Evolucao Cosmologica

quarta-feira, outubro 4th, 2017

xxxx

Este artigo comecou aqui: https://evolutionnews.org/2017/09/charles-darwin-michael-behe-two-revolutionary-scientists/

e revelou-se de grande importancia para divulfdgacao da Matrix/DNA devido a grande polemica e o corolario de sites se abindo para o tema, o que noss fara’ proceder a uma pesquisa intense nestes sites, sempre tentando publicar a versapo da matricx. Outro link que se segue e’: http://www.nature.com/news/2008/080917/full/455281a.html , e

https://en.wikipedia.org/wiki/Type_three_secretion_system

Michael Behe e o Misterio das Maquinas Moleculares

https://www.youtube.com/watch?time_continue=3371&v=7ToSEAj2V0s

At this link ( http://theuniversalmatrix.com/en-us/articles/?p=15 ) is solved how the bacterial flagellum was built:
1) By “previous” design, but, not intelligent design, in the way that mother giraffe does not apply intelligence for building a new baby giraffe. The process applied for building the bacterial flagellum was pure natural genetics which is an evolutionary product from a mechanism that emerged with the Big Bang. So, the ultimate answer (if it is or don’t intelligent design, randomness or other thing), is unknown.
2) The bacterial flagellum is really irreducible complexity to anything existed before at Earth surface. But it is reducible ( all its parts) to the building blocks of galaxies, like this Milk Way (see the astronomic model at the website), which is the real last non-biological ancestor (LUCA). The way a galaxy rotates creating the spiral arms contains a kind of motor that is the same configuration of bacterial flagellum. So, there is irreducible complexity in relation to Earth, but there is no irreducible complexity in relation to natural astronomic systems;
3) We need to understand that the stupid matter of this lost planet did not invented – first time in the universe –  these complex things like genetic code, human beings, consciousness, etc. But, the Matrix/DNA Theory, working with the approach of systemic and not reductionist or mystical thoughts, re-wrote the Universal History from today to the origins of this world, finding that everything complex here had a long evolutionary history that began with a few information that can be seen at any natural light wave. So, the effect (our perceived world) is entirely explained but, the cause escapes from us because the source is beyond and before the Big Bang, then, as we can’t advancing beyond the last material frontier, what is or who is, is it intelligent or not,… the source still is merely humans conjectures.

O que é “Vida”? Vídeo Acadêmico e Interpretação da Matrix/DNA

sábado, setembro 23rd, 2017

xxxxx ( traduzir artigo)

https://www.youtube.com/watch?v=8-cTlKVsvvM

00:44 – What’s life? In the sky, a pulsar, performing the male function, erupted giant volcanoes (the male sexual organ) emitting comets (the spermatozoons) towards a quasar (the most beautiful body in the sky, performing the female function and attracting the comets with matter from the male), containing a nuclear vortex in which the matter for stars nucleus is generated, and from which is expelled a new baby-star. This system is not alive? Pions ( and maybe electrons) are produced by similar process, by a couple of protons/neutrons at the atomic nuclei, thousand times more simplest in evolutionary scale. Still, isn’t this system not alive? So, we are learning that what we call “life” is a kind of wrong anthropomorphization , a human self-projection upon its ancestors like the idea of “humans and Earth as center of the world”. The real thing is that since the Big Bang there is a unique system that is coming evolving which passed throught atoms, galaxies and now is in biological shape. The difference between what we call “a living system” and what we call “non-living system” is merely the evolutionary stage of these systems’ internal dynamism. Knowing that, we can suppose that this galaxy that created biological systems inside it, can create such diversity of systems that we can see some and not believing that it is “life”. (ok, everything here is based on the theoretical models of matrix/DNA Theory, so, I could be wrong…)

02:30 – If Schrodinger noticed that heredity is the key, it is about information and it is due the stability of cell structures… why he didn’t the rational question: ” From which forces and elements of the state of the world before “life, origins”, life got this natural phenomena called heredity? Of course, such complex phenomena dealing with informations could not be created, invented first time in the Universe, by the stupid matter of this lost planet alone. This is one of the rational question I did before elaborating Matrix/DNA Theory. So, I asked – “There was no heredity in cosmological evolution? There is a kind of heredity, or genetic transmission link, between the super-particles and the first atom, and later, between the atoms and astronomical systems. And later yet, between this astronomical system and the first biological system? Must have it because if not, heredity falls from the sky by magics? Let’s goo looking for it” – As result I found a theoretical rational model of cosmological evolution where heredity is there at all places and time. Ok, it is still merely theoretical, but is scientifically falsifiable and the unique rational I know. It makes no sense forgetting the Cosmos, the system surrounding us, when searching the “origins of life”. There was no origins of life inside this Universe, this Universe is not magic.

03:04 – Schrodinger: “There is a code script in the chromosomes…” That’s wrong! There is no genetic code. Code would infer a kind of intelligence, because only intelligence can creates symbols representing things and obeying some sort of logics. At Matrix/DNA Theory we found that: 1) All natural systems are derivation of a unique universal initial system, so, the natural formula – the template or blueprint of the system’s circuits – must be the formula that build all following evolutionary shapes of that system. As the DNA is the formula that build all living species. 2) The first biological system’s shape must have the evolutionary state of that formula at the astronomical system that created it, which we will call “Matrix/DNA”; 3) The formula is seen composed by four nucleotides, aligned laterally horizontal and vertical: that’s the building block of DNA, the fundamental unit of information, and it is a complete working system; 4) All sequential units of DNA are merely diversified copies of that system, each one with a minimal difference; Would make sense saying that the set of employes in a car’s factory compose a code script? All them are copies of a unique species – humans – each one with a minimal specific difference. There are divisions in groups making the parts of a car, like there genes in the DNA, groups of nucleotides. Saying code is a disservice to Science and human kind because it deviates our rationality to mysticism: one group will need mythical gods, other group will need mystical magical randomness. But,… Schrodinger was a Physicist, so, we understand that he did not understood Biology. -” Then,… from where came the first code of the first shape of the universal system? Isn’t this circular reasoning?” – someone smart would ask. -” Nope: We found that the vital process that results in all life’s cycle of all systems is the same dynamics that makes a light wave propagating into time/space. See the Matrix/DNA Theory interpretation of the electromagnetic spectrum. A specif wavelength with its frequency/vibration is the first basics of an specific shape of a human life. It must be also the a specific systemic function of all systems. And the first light wave with this “code” came with the Big Bang, so, it is coming from somewhere before this Universe. If a god or randomness are the creator, they do it using merely a light wave, and everything there is here and now will be…” – ” Lol! I am creationist, I told that has a God behind everything, God is light!” – ” No. I am atheist, I told about the quantum foam from Nothing, its vibrations, etc. Nothing is pure light…” Matrix/DNA: – ” Well… I don’t know… because I only can deal with natural real facts, whose last limit is the event of the Big Bang. I can go only till the Big Bang. What is beyond it, for me, is in the reign of metaphysics, which is not my business… You believe in what you want…”

06:41 – “Biology was considered a second class science and the first molecular biologists came from Physics background…” This is the cause of Biology nightmare till today. For explaining it I need an analogy with the human body. If to a Physicist with a Mathematician would be asked to apply their fields at a human body, searching to translate it into Math logics and all anatomy movements as Physical laws, how they would do it? For sure, they would begin by the bone skeleton, is is all mechanics, loved by Physicians and Mathematicians. But arriving to the last limits of the bones, and beginning the soft meat, the cellular working, etc., what they could do? And when arriving to the neurological level? The thoughts level? Almost nothing. For studying this Universe with life on it is same thing. We had cosmological evolution with its building blocks – particles, atoms, galaxies – which is the frame, the supportive skeleton after which, the soft biological systems begins. At Matrix/DNA Theory we are discovering all life’s properties already existing and some of them being expressed at those skeletons composing systems. These properties are hidden from nude eyes, we need smart intelligence for identifying it. A complete reproductive sexual system can be performed by five kinds of astronomical bodies’ inter-connections, in the sidereal space! Same for metabolism, homeostasis, etc. It merely indicates that life’s properties are not created here at Earth, they are product of universal evolution that begins with brute forces at the Big Bang. Atom system is so subtle and primitive alive that it express only a organ – let’s say, a stomach, or a liver – at its entire existence. Not a liver as we know it, but the universal systemic function that creates at all system a tool that performs it. So, an electron at energetic level number 6 is to atoms, what a lysosome is to a cell system, a dying star is to an astronomic system, as what a liver is to a human body system. So, the Universe today is composed all places by a bone skeleton which cells are galaxies and it is getting as a thin cover, a biological aspect, the soft meat. Do not try to see this Universe in relation to space – you will not see the truth about it because you are the universe’s cover just now – but try to see in relation to time, its evolution through time. Life creates the skeleton and not skeletons creates life. So life is most important than its skeleton, that’s saying: Biology, Neurology, would be the Science first class. It happens that our living body is inside the skeleton, he will survival if we learn about the skeleton and which technology we can do mimicking the properties of skeletons, starting by the skeleton. That’s why Physics and Math has the power today producing this kind of technology we have today. Wait more a few years… Quantum minded computers, genetic robots, a real technology for humans as living beings and not a technology for humans as machines. We will never get a Theory of Everything by Physics and Math alone, without the participation of Biologists, Neurologists… Without them we arrive to Krauss’ “Something from Nothing”…

(11:00) – The difference between life and the whole world is that life is based on chemistry? But, what is Chemistry? There is no chemistry in non-living world? The key here is that life is based in organic chemistry. And organic chemistry is merely the evolutionary product from the forces and elements of Physics when is added the liquid state of matter, the mean being water. Because the ancestors of biological systems (aka, life) were atoms and galaxies which were formed only with particles, electromagnetic forces and/or solid and gaseous states of matter. So, our ancestor produced liquid and organic chemistry like mammals produces amnion and placenta for their new baby. Life ( a wrong word) is based on our ancestors, which you call non-living, mistakenly. ( ok, I am merely expressing the Matrix/DNA Theory world view. It could be wrong )

As origens da Biologia se escudando na Fisica e deixando-se dirigir por ela ate’ hoje

sexta-feira, setembro 22nd, 2017

xxxx

O vídeo com link baixo, nos seus 6;oo minutos menciona o livro do físico  Schrodinger( o do Schrodinger cat),  “What’s Life” escrito nos anos 1940, e explica como ele influenciou os biólogos que na época era a Biologia considerada uma ciência de segunda classe. Muitos dos biólogos que seguiram escrevendo sobre teorias da vida nos anos sequentes vieram também com background da Física.

What’s Life?

https://www.youtube.com/watch?v=8-cTlKVsvvM

Diferença entre célula procariota e célula eucariota

sexta-feira, setembro 8th, 2017

xxxx

Fazer desenho para dar ibope.

Celula procariota:

Monografias.com

A Evolução Biológica foi um desenvolvimento da Evolução da Química?

domingo, setembro 3rd, 2017

xxxx

Obtido em:

https://www.youtube.com/watch?v=mRzxTzKIsp8

What is Chemical Evolution?

 

A evolução química pode, por si só, construir complexas moléculas e até membranas de fatty acids, chegando inclusive ao RNA. Mas para chegar a química orgânica, ou iniciar a evolução biológica é preciso antes conseguir que alguma destas moléculas se reproduzam por si só. E isto ainda não esta’ claro para a Ciência Moderna como acontece.

Então eles estão pensando mais em que significa “reprodução” e uma das palavras que lhes veio `a mente é “repetição”, ou “replicação”. Ora, repetição é um processo muito mais simples que a complexa reprodução, então reprodução pode ter começado por algum processo de repetição. E assim eles vão no estado do mundo antes das origens da vida procurar o que existia que se repetia. Encontram os ciclos repetitivos, como ciclo do Co2, o fato de que nos astros ocorrem movimentos repetitivos como o aquecimento do dia e o esfriamento da noite, as repetitivas erupções dos vulcões, o levantamento e abaixamento das ondas do mar, etc. Estas repetições mexem com as coisas inertes repetidamente e repetitivamente produzem, ou dão nascimento a novas moléculas e sistemas químicos. E daqui vão para o evento onde se formaram as primeiras membranas de fatty acids, como elas mantem unidades de fatty acids dentro delas oferecendo novo e melhor ambiente para elas evoluírem. E daqui pulam para a crença de que reprodução aconteceu de alguma maneira por ai, sem precisar de maior explicação, Tendo a causa principal da vida em mãos – que é a auto-reprodução – eles saltam para a crenca de que a química por produziu a Vida.

Para mim, tendo a Matrix/DNA Theory em mãos e observando seus modelos teóricos, fico com a impressão que os cientistas são tímidos quando se defrontam com o espaço sideral. Pois fizeram uma rápida e curta incursão neste espaço e retornaram correndo. Assim ficam sem conhecer por completo o que são os sistemas que criaram a Terra, a química, e aos quais estas coisas pertencem. Como eu fui mais longe e fiquei mais tempo por la’ procurando, encontrei o mecanismo da auto-reciclagem dos sistemas astronômicos. Ora, auto-reciclagem é repetição e de uma certa maneira, reprodução, inclusive, na auto-reciclagem podem ocorrer mudanças, que geram variações, enquanto que na mera repetição isto não pode acontecer porque então não seria repetição..

Se os meus modelos astronômicos estiverem corretos, a auto-reciclagem dos building blocks das galaxias já apresentavam princípios da reprodução sexualizada que necessita do concurso das funções masculinas e femininas. E justamente isso o que vemos fazendo certos astros num sistema reunindo ambas funções, demonstrando que ele é hermafrodita, tal como a primeira célula viva criada por ele.

Agora os cientistas do Center for Chemical Evolution e outros grupos em volta do mundo estão trabalhando duro tentando provar sua hipótese, ou seja, de que moléculas químicas complexas podem, por si só, iniciarem a se reproduzirem. Ainda não conseguiram, mas pode ocorrer que vejam uma molécula se reproduzir na sua frente e vão sair contando a merecida vitoria. Mas isto só vai acontecer se em tal molécula de alguma forma penetraram os fótons que trazem informações relativas `as funções 1 e 4 da formula universal, ou seja, de vortices nucleares e pulsares… Isto vem por radiação cósmica ( principalmente a função 4) e/ou pelos profundos ventos oceánicos vindos do núcleo terrestre que tem metade das informações para auto-replicação, porem não é fácil que tais informações caiam aqui no mesmo ponto do espaço/tempo e justo encima das moléculas colhidas pelos cientistas.

Mas se isto acontecer, vão ver o certo mas interpretar o mundo errado novamente, pois estão ignorando a força interna `as moléculas dirigindo o evento. Nas origens da vida, que durou bilhões de anos, estas moléculas estavam a céu aberto ou em câmeras marinhas sobre ventos oceânicos, e num planeta continuamente bombardeado por radiação cósmica, o calculo das probabilidades sugere que isto deve ter acontecido.

Estão chegando perto de onde chegou a Matrix/DNA (isto se  a teoria da Matrix/DNA estiver correta) . Mas crer que a evolução química por si só produziu a evolução biológica seria o mesmo que crer que a evolução da carroça por si só produziu a evolução do automóvel, sem ver os agentes ocultos, como a mente humana num caso e a formula da Matrix/DNA no outro, dirigindo a evolução universal.

xxxx

E meu comentario postado no Youtube:

Louis Charles Morelli – 9/3/2017

Congratulations, but,… these scientists are doing a big mistake. They are too shy, timid, when they went to the right place – the astronomic and planetary state of the world before life’s origins – searching for anything that were replicating or doing something repetitive. There is no other way for proving this hypothesis and the answer must be there, of course ( it is not plausible that quantum fluctuations could acting over big complex molecules). By another hand, I kept me about seven years at the virgin biosphere of Amazon jungle looking for explanations about life’s mysteries and like this “reproduction” issue, and found something very rational.

There is no way to explains complex properties of life with our modern current astronomical theories and models. So ( I thought), these models are not complete and a method for searching best models is calculating evolution by its reverse way, starting at the first cell and going back, if possible, till the Big Bang. The results are new models that offers events of self-recycling at astronomical scale where Earth is participating. Self-recycling is another name for repetition, but it can be more complex, included, permitting variation.
So, we have these models resumed at “The Universal Matrix/DNA formula for all Natural Systems and Life’s Cycles Theory” ( you can Google it) and see a model where astronomical bodies composing a system performs the principles of sexual reproduction. Go back to the space – but not to the wrong space – because the answer is there.

Quantum Biology, Video: A variacao em Biologia e’ produzida pela probabilidade quantica?

sábado, setembro 2nd, 2017

xxxx

Quantum Biology: The Hidden Nature of Nature

Published on Sep 17, 2015

https://www.youtube.com/watch?list=PLNo5MCiPJ6c9T7RcptFQVuoah2ZF5zgff&time_continue=5507&v=ADiql3FG5is

 

A cultura humana foi produzida pela sua biologia, porem, já existia cultura nas estrelas – revela a Matrix/DNA

sexta-feira, setembro 1st, 2017

xxxxx

Bom artigo sobre origens e desenvolvimento da cultura humana, defende a tese de que a biologia é a causa produtora da cultura. Por meu lado, fui consultar a formula da Matrix/DNA e conclui que a cultura humana esta’ para o sistema social humano assim como a identidade dos sistemas naturais estão para os sistemas, portanto, o que se entende por cultura já existia antes das origens dos sistemas biológicos. Postei um comentário explicando isso no artigo, o qual vai copiado abaixo do link:

O ser humano como um animal biologicamente cultural

https://universoracionalista.org/o-ser-humano-como-um-animal-biologicamente-cultural/?utm_medium=botao&utm_source=ur&utm_campaign=onesignal

O ser humano como um animal biologicamente cultural

Louis C. MorelliLouis C. Morelli – 1/9-set/2017

Good food for thought! Mas eu acrescentaria algo ao artigo. Dizer que a cultura é biológica leva a crer que a biologia criou a cultura pela primeira vez na Natureza, mas vou buscar fatos no passado quando ainda não existia a biológica organização da matéria para sugerir que cultura veio antes, seria uma constante universal. A formula universal para todos os sistemas naturais sugere que cultura é um nome para outra coisa existente mais profunda: a identidade de um sistema natural qualquer.

Como a formula demonstra, sistemas são o conjunto de partes especificas e funcionais inter-conetadas dentro de um involucro qualquer. A soma de informações de cada parte gera o sistema que tem mais informação do que todas suas partes separadas. Porem, como estas partes interagem entre si gerando sub-partes que também interagem, mais informações internas são geradas, as quais não são agregadas `as partes, porem são acrescentadas ao conjunto total de informações que é o sistema. Com isso, o sistema gera uma identidade própria, diferente e muito maior que a identidade de cada parte.

E’ esta identidade de sistema que controla o equilíbrio interno ( que vem da evolução do equilíbrio termodinâmico nos sistemas “não-vivos”) entre todos os seus elementos. E isto acontece em qualquer sistema natural, desde os mais simples como átomos, sistemas estelares, galácticos, vegetais, bacterianos, etc. Pois esta identidade destes sistemas simples, muitos antes da biologia aparecer, que evoluiu para cultura quando a humanidade criou sistemas sociais.

Vendo ” cultura” por esta perspectiva se entende melhor este fenômeno, pois vamos buscar suas raízes, suas causas primeiras desde o Big Bang. E assim encontramos explicação para algo que é dito no artigo mas fica difícil de engolir: que novos genes são produzidos para encaminhar ao homem cultural. Não se trata de novos genes, a função e seu mecanismo já existia disponível na nossa herança dos sistemas não-biológicos, bastava expressa-la. E também acabamos de criar outra definição para cultura: é a identidade de um sistema. Cultura também pode ser a sua mente em relacao ao seu corpo como sistema, ou ainda, cultura é uma espécie de software que permeia um sistema natural físico, o qual é o hardware. Mas tudo isso que digo é resultante da minha interpretação dos modelos teóricos da Matrix/DNA Theory e posso estar cometendo erros de interpretação.

xxxx

O paragrafo notável do artigo que revela sua tese da cultura como produto biológico é o seguinte:

”  O ser cultural do homem deve ser entendido como biológico. Há mais do que um jogo de palavras na afirmação de que o homem é naturalmente cultural, ou ainda, de que a chave para a compreensão da natureza humana está na cultura e a chave para a da cultura está na natureza humana. O homem é a um só tempo, criatura e criador da cultura. Nas palavras de Morin (1973, p. 92), “o que ocorreu no processo de hominização foi uma aptidão natural para a cultura e a aptidão cultural para desenvolver a natureza humana”. Desse modo, “desaba o antigo paradigma que opunha natureza e cultura” (p. 94). Entretanto, apesar da força do argumento, mesmo várias décadas depois, ainda não se foi muito adiante.”

Porque a Natureza fez todas as Faces Humanas diferentes?

quarta-feira, agosto 16th, 2017

xxxxx

Existem quase 8 bilhões de seres humanos, mas não existe um individuo igual a outro. Quem ou que determina que não exista um individuo igual a outro?! E porque? Como a Natureza na Austrália sabe que não pode fazer lá alguém de uma forma porque essa forma já existe a milhares de quilômetros dali, e perdida lá na imensa área da Sibéria, na Russia?! Ao menos uma minima diferença deve ser a especifica identidade de cada ser humano, só ele ou ela tem aquilo, ninguém mais! Cada ser humano e’ uma mensagem, unica, como uma carta escrita para ele entregar em mãos, e será esta a sua missão, como sugere a Matrix/DNA?!  Mas esta e’ a característica e a missão de cada gene do seu corpo: e’ como se eles trouxessem cartas, cada qual sendo um projeto a fazer, para entregarem a você, quando acabassem de construí-lo/a.

Esta incrível diversidade é um fenômeno real, acontecendo aqui e agora, na frente de nossos olhos. Porque e como a Natureza produziu este fenômeno? Foi para algum proposito ou emergiu apenas por acaso?

A cosmovisão da Matrix/DNA Theory está dizendo que a causa deste fenômeno veio das estrelas, já estava escrita na galaxia…!

-“Hein?! Será mesmo?…”

A Ciência descobriu que existe uma outra situação similar na Terra alem da diversidade entre os animais onde exitem milhões de indivíduos de mesma especie, mas nenhum igual a outro.E isto no mundo microscópico, muito distante a olho nu. Trata-se dos genes. E se a teoria da Matrix/DNA estiver acertando, isto está acontecendo também entre os bilhões de nucleotídeos que compõem a unidade fundamental de informação do nosso DNA! Ora,… se um fenômeno existe no distante microcosmo, existe no nosso médio-cosmos, e existe também no outro distante macrocosmos, então, não é um acaso, é um mecanismo, um processo, uma Lei Natural!

Porque existe esta lei? Esta lei determina que se houver um trilhão de humanos e não tiver mais forma diferente de face para inventar, ela vai fazer um novo individuo com nariz que tenha apenas um buraco,… ou três buracos no nariz, ao invés dos dois que todos os outros tem?! “Pare de brincadeira, seu Louis, viemos aqui para aprender serio…!”

-” Ah… mas eu sempre achei este negocio meio esquisito. Teria sido muito mais inteligente criar um nariz com um buraco só, ou então com quatro, do que dois. Eu já fiz experiencias com isto, sugando água de um balde com um, dois, 4 canudinhos, medindo a energia que meu corpo gasta em cada caso, como a energia que gasta o nariz para inalar o ar. E depois de tomar dois baldes de água, com a barriga estourando, consegui completar as contas e descobrir que um buraco só economizaria muita energia…”

-” Mas não basta ser cientista maluco para entender a Natureza. A Matrix/DNA explica por exemplo, como já existia a bilhões de anos, e na galaxia, o ancestral do nariz, e com dois buracos. Por isso temos dois buracos, mera transmissão genética do nosso ancestral… ”

-” Hein?!… Nas estrelas? Você está dizendo que galaxias também respiram?! E você ainda vem dizer que eu sou o cientista maluco… Oh, raios, por acaso fui eu quem na selva amazônica acreditou que ouviu a Natureza virgem sussurrando esse segredo nos meus ouvidos… e por isso fiz a teoria da Matrix/DNA… Mas você tem razão, vamos deixar de brincadeiras e voltar `a nossa aula.”

Quando alguns dentre nos falam com soberba dizendo que nossas Ciências já sabem tudo, vamos descobrindo que há muito mais coisas que a Natureza ainda esconde de nos. Porque a Natureza está brincando de jogar dados conosco? Ora a Natureza não joga dados com suas criaturas, ela sempre revela seus segredos `aqueles que não a ignoram porque vivem artificialmente em cima de uma camada de asfalto que os separa dela, mas sim aos que ainda a namoram com respeito, amor e humildade, ajoelham-se acariciando e cheirando a terra, prestando seu culto `a sua majestade e curiosos para conhece-la por inteiro, aplicam dois métodos infalíveis – o reducionista e o sistêmico – ambos científicos.

Assim, este curioso fenômeno nos leva a conhecer mais um pouco da nossa fantastica biologia, pois os biólogos descobriram algo: ao polimorfismo da face humana eles acrescentam o polimorfismo dos nucleotídeos que são um dos tijolinhos básicos na construção dos nossos corpos. Click na imagem para aumenta-la:

Single nucleotide polymorphisms (SNPs) -2

Existem posições no nosso código genético onde indivíduos tem um nucleotídeo ( por exemplo, G), e outros tem um diferente nucleotídeo (exemplo, C). Porque? Por acaso ou por um proposito, como sugere a Matrix/DNA?

Polimorfismo de nucleotídeo único ou polimorfismo de nucleotídeo simples

As formas dos nucleotídeos é assunto de interesse da Matrix/DNA. Segundo esta teoria, a unidade fundamental de informação no DNA é constituída por 4 nucleotídeos, porque a configuração do conjunto de 4 nucleotídeos é exatamente igual a formula universal para sistemas naturais, o que significa portanto, que é um sistema, ou seja, os building blocks do DNA são copias diferenciadas entre si de um mesmo e único sistema.

O conjunto total dos seres humanos tem suas origens no conjunto total de informações do DNA. Onde a Matrix/DNA Theory está sugerindo que nestas bilhões de unidades de informação, cada uma é unica, não existe uma igual a outra. Desde que a humanidade é evolucionariamente uma auto-projeção do DNA, ou sua genética, o resultado desta projeção deve ser similar `a coisa sendo projetada. Então, nos sabemos porque e como a Natureza produziu este fenômeno em relacao `a humanidade, faltando porem `as Ciências Acadêmicas a busca de resposta a essa questão em relacao ao DNA.

A Matrix/DNA já tem uma sugestão para esta questão: LUCA, o astronomico Ultimo Universal Ancestral de Todos os Sistemas Biológicos, ou seres vivos, está sendo fragmentado pela entropia em seus bits-informação, e em planetas como a Terra – com boas condições – estes bits estão trabalhando como o fluxo de ordem que se levanta em cada ciclo “caos>ordem>caos…”. Este processo está tentando reproduzir LUCA neste novo meio-ambiente (totalmente diferente do meio-ambiente onde LUCA foi formado), resultando nesta nova forma de sistema, que denominamos de “sistemas biológicos”.

Desde que estes bits-informação são emitidos para o espaço interno da galaxia ( colapso termodinâmico do quase-fechado sistema), espalhados, dispersos em diferentes tempos e espaços, os novos sistemas obtém quantidades e qualidades diferentes destes bits, quando compondo aminoacidos e nucleotídeos, e isto pode ser  resposta ao polimorfismo dos nucleotídeos.

Single nucleotide polymorphisms (SNPs)

Single nucleotide polymorphisms (SNPs)

Polimorfismo de nucleotídeo único ou polimorfismo de nucleotídeo simples

Esta sugestão da Matrix/DNA é racional, faz muito sentido, porem, isto quer dizer que as nossas diferenças não são causadas pela Natureza maior, a Universal, e sim veio a existir porque os sistemas astronômicos onde fomos gerados estão em decaimento? Então as nossas diferenças e nosso sofrimento nesta era de caos aqui não são leis naturais, universais?

Bem… A Matrix/DNA responde isso com duas sugestões:

1) Os humanos possuem cabeças fazendo a função de ovos dentro das quais existem os cérebros fazendo a função de amnion e placenta, e um embrião de auto-consciência, um novo tipo de sistema natural. Como aconteceu com todos os sistemas naturais, a evolução os cria em duas fases. Primeira a fase dos ovos botado fora e a prole abandonada a própria sorte, e a segunda fase onde se revela que na verdade os ovos nunca foram botados fora dentro do grande esquema das coisas, pois eles sempre estiveram dentro de um sistema maior, o qual sempre nutre e protege os ovos e passa isto biologicamente no fenômeno do amor maternal que começou a aparecer com os repteis, o que fez uma especie deles evoluir para mamíferos, os quais justamente mantem os ovos dentro até o nascimento do baby…

Como o embrião de consciência que carregamos na cabeça é um sistema natural ainda na primeira fase, somos, em sentido universal, ovos botados fora, abandonados a própria sorte, sem saber que, na verdade, o embrião que carregamos tem sua feliz gestação garantida na hierarquia dos sistemas naturais, por um sistema maior que não vemos. Por isso estamos sujeitos nossos corpos estão sujeitos a tragedias, dores, panicos, predadores…e morte, enquanto nosso Eu sendo gestado não é afetado fisicamente por nada disso…

2) Galaxias não possuem consciência expressada, apesar de já carrega-la como estado potencial, assim como fetos humanos ainda não expressam consciência porem já a tem em estado dormente na sua genética. Mesmo sem consciência, elas foram formadas pela genética extra-universal que esta resumida na formula da Matrix/DNA, e esta sim, por ser o principio vital, possui livre-arbítrio, mesmo quando esta na sua fase inconsciente. Ora, as galaxias, que são as nossas ancestrais, devido este livre-arbítrio se enveredou por um caminho errado, com a tendencia a se tornar um super-egoísta sistema fechado em si mesmo. Então nossa criadora cósmica cometeu um grande ” pecado”, um grande erro. Ela tentou eternizar uma forma atrasada e incompleta, provisoria, da evolução, interrompendo sua própria evolução. Ela se fez ao seu próprio corpo como a um paraíso, para viver mais intensamente os gozos neste paraíso, mas um paraíso errado onde ela não pode se suportar e teria como único destino sua total extinção.

E se você pudesse, a ajudaria? De que adiantaria a ajudar uma criatura inconsciente de que existe um caminho errado e ela aprecia ir por ele? Ela retornaria ao mesmo pecado. Porem existe um método. Você fragmenta seu corpo em todos seus bits-informação, de maneira que, se o erro total é 100%, cada bit sera’ uma fracão diferenciada deste erro. Depois você leva todos estes bits para outro lugar ( digamos, a superfície de um planeta onde as condições sejam ideais), e os solta ali, deixando-os com seu livre arbítrio, sua parcela do grande erro, mas sem o falso paraíso, para se defrontarem. Obviamente no inicio vão estar em conflito mutuamente, pois a parcela de erro de um incomoda todos os outros 99%, enquanto esse um é incomodado pelas parcelas de erro nos outros. Geram inicialmente o caos `a sua volta, mas vão apanhando tanto nesse caos – já que em cada batalha, mesmo vitoriosa, se desgasta e perde alguma coisa – que começam a perceber que eles mesmo criaram o caos devido seus conflitos. e passam a querer cooperar com os outros que chamam para fazer o estado de ordem. Assim como estamos agora aumentando o caos aqui porque estamos novamente construindo o tipo de paraíso errado que esta interferindo negativamente no clima da Terra. Então cada individuo começa a aceitar o acerto dos outros e se obriga a conter seu erro. No final, respeitando o livre arbítrio deles e sem você dar tudo de mão beijada, você os conduziu a serem arautos da ordem e da justiça, pois quem foi vitima da injustiça sempre sera’ ardente defensor da justiça. Assim parece que as nossas diferenças que causam sofrimentos aqui não são as diferenças genéticas, benéficas, como genes que somos, mas sim as diferenças maléficas, e alguém ou algo parece que esta a nos ajudar com um método bem eficiente e inteligente. Ou então isto esta’ acontecendo meramente por leis naturais porque nosso universo estaria tunelado naturalmente como um ovo a gerar um ser aqui, e dentro deste ovo existiria os mecanismos de correção de erros.

-” Essa Matrix/DNA sempre surpreendendo com suas historias malucas mas que fazem um sentido logico do capeta! Somos vitimas de tragedias, mas podemos tender a crer que é tudo por acaso ou por algum proposito… cada qual tem que escolher sua preferencia e eu respeito cada escolha como soberana! Mas agora me lembro de um livro grosso dos diabos que meus professores me enfiaram goela a dentro para ler, senão levava palmatoria: a Bíblia. La’ tem uma fabula exatamente igual, falando que estamos aqui devido ao “pecado original”, quer dizer, cometido antes das nossas origens. Raios… deve ser mera coincidência… E ela quer dizer que carrego um ovo encima do pescoço e l’a dentro estou gerando um embrião?!… Que eu estou gravido? Ora, gravida esta a avo dela…! Bem,… na verdade, ela diz isso no sentido de eu ser um gene cósmico, ai’ a coisa fica mais `a altura da minha grandiosidade…”

Um importante passo na busca de mais conhecimento do DNA é buscar meios de visualizar esta unidade de informação internamente para localizar onde cada uma tem algo diferente da formula perfeita, o que indicará a sua diferença. E para essa identificação, a forma externa dos nucleotídeos também podem contribuir. Deparo-me agora com esta noticia de que a biologia acadêmica já tem uma área de pesquisa e informação dos dados obtidos ate, a respeito das formas externas dos nucleotídeos, a qual se chama SNPs – Single Nucleotide Polymorphisms. Portanto, está aberta nova área de pesquisa para sabermos o que a Biologia já sabe sobre isso. E depois retornamos com esse conhecimento para consertar algumas coisas e acrescentar as novidades na cosmovisão da Matrix/DNA.

What are single nucleotide polymorphisms (SNPs)?

https://ghr.nlm.nih.gov/primer/genomicresearch/snp

(ler e continuar a Google pesquisa)

Single nucleotide polymorphisms (SNPs) - 3

Polimorfismo de nucleotídeo único ou polimorfismo de nucleotídeo simples