Archive for the ‘Evolucao Cosmologica’ Category

Uma grande vantagem da Matrix/DNA sobre a evolução universal

segunda-feira, abril 15th, 2019

xxxxx

Vamos supor um filme documentário de uma hora sobre a historia do Universo.

Agora vamos dividir a fita deste filme em 60 pedaços, cada um correspondendo a um minuto do filme. Vamos chamar cada pedaço de “variável” ( no método científico, uma variável é um fato que pode mudar de acordo com os ambientes, circunstancias, etc. Por exemplo, cada uma das based do DNA é chamada de variável).

Então a fita está dividida em 60 variáveis. Agora vamos supor que você nunca viu o filme e eu lhe dou apenas 4 pedaços, 4 variáveis e peço para você montar o quebra-cabeças, ou seja, monte um filme igual ao original. Claro que você não vai conseguir, pois tendo apenas 4 minutos sendo cada um aleatório de diferentes partes, não pode dar ideia sobre o que é o filme inteiro. Depois de muito pensar você pode montar um filme em que se encaixe os 4 pedaços, e esta será sua “teoria” sobre o que deve ser o filme.

Quando fiz esta experiência, pensei que um pedaço mostrando uma supernova explodindo era um ovo sendo quebrado, que o campo gravitacional de uma estrela era a asa de uma galinha, e meu filme final ficou sendo a história da galinha e  o ovo. Nada tinha a ver com o filme original.

Assim é a teoria do Big Bang. Tendo apenas 4 variáveis ( a cosmic wave background, a curvatura da luz, a expansão do Universo, e… não me lembro agora a quarta ), tentaram montar o filme dinâmico da História do Universo. Estas 4 variáveis levaram-nos a uma hipotética origem começando com uma grande explosão, a história toda se desenrolando ao sabor do acaso, etc.

Sera que montaram algo parecido com a real Historia do Universo ou algo como a historia da galinha e  o ovo, que nada tem a ver?

Eu tentei montar este filme com um método diferente. Partindo do pressuposto que tudo o que o Universo produziu e que podemos conhecer de fato hoje, foi por uma longa cadeia de causas e efeitos de 13,8 bilhões de anos, sem nenhuma interferência sobrenatural, eu desenhei tudo isso que pude em pedaços de papel e espalhei-os sobre o terreiro de cimento onde meu avô secava e rastelava os grãos de café ao sol, aproveitando um periodo entre safras. Lá estava o desenho de uma mitocôndria, de um chifre de cavalo… quero dizer… de uma vaca, a folha da jabuticabeira, o rabo do esquilo perto do rabo do macaco, a segunda lei da termodinamica, o átomo de tungstênio, o coitado do rebaixado Plutão, a tal cosmic wave background, etc., e etc. Por cima contei uns 1.500 papeis. Continuei por semanas fazendo mais papeis, pois sempre lembrava de novos fatos, eventos, fenomenos naturais que eram importantes, influenciaram na historia, nao podiam ser esquecidos. La ia pelos 3.000 papeis…

Então andava no meio deste terreiro olhando para os papéis no piso. Aí peguei o rastelo do meu avô mais uma pá e carreguei todos estes papéis pondo na caixa de cimento vazia que estava ao lado do terreiro. Fiz uns cálculos, cheguei ao número seis, peguei giz e rabisquei o chão separando o terreiro em seis retângulos. Pequei tábuas velhas da casa que meu avô havia desmanchado e as fixei acima das linhas de giz fazendo seis caixas separadas. Eu não queria que o vento levasse os papéis de um retângulo para outro.

Então pegava da caixa de cimento um punhado de papéis e olhava um por um, se era átomo ou organela de célula, ou órgão de organismo, etc., e colocava em caixas específicas. Assim separei a evolução universal em seis quadros, seis momentos históricos. Aí chegou a vez das varinhas. Se na casa das organelas tinha a mitocôndria, com certeza ela veio da evolução de algum principio que tinha de estar em algum daqueles papeis que estavam na casa do estado do mundo antes de surgir as mitocôndrias. Obviamente este estado do mundo era composto por astros, galaxias. O que mais funcionava como uma mitocôndria no espaço sideral? O que tinha ali com cara de mitocôndria? E ribossomos… E achava o pulsar, funcionando igual mitocôndria, produzindo igual mitocôndria, então deve ser este o danado ancestral. Para fixar aquela conexão eu cortava uma varinha no tamanho da distância entre o pulsar numa casa e a mitocôndria na outra casa e deitava ali entre os dois a varinha. Acabei tendo uma rede, uma network complicada dos diabos, quase acabei com a mata do meu avô para conseguir as varinhas, enquanto depois do trabalho ele ia no terreiro ficava olhando aquilo curioso, mas ainda me incentivava.

Finalmente as varinhas deram a dinâmica ao filme, as figuras se tornaram ativas personagens e mudando de formas ao longo de toda a historia, entao montei o filme final, uma nova versão do filme da história do universo.

Se esta versão estiver mais correta que a versão do Big Bang deve-se ao fato que,  enquanto os teoristas do Big Bang começaram e fizeram o filme todo com apenas 4 variáveis, eu comecei com milhares de variáveis.

Apenas para citar um exemplo, hoje ainda a Teoria da Evolução ( mesmo depois de milhares de remendos feitos na teoria do Darwin) esta apresentando muitos buracos. Estes buracos não existem na minha teoria da evolução, eles foram preenchidos e explicados. isto porque Darwin montou a teoria com apenas três variáveis – Variação, Seleção e,  Hereditariedade – enquanto eu encontrei na evolução cosmológica mais 4 variáveis. Então montei a teoria com sete variáveis, em situação mais favorecida que Darwin.

Quanto menos variáveis você tiver, mais difícil será calcular o filme inteiro. Uma variável apenas a mais, já ajuda muito. Imagina milhares de variáveis a mais…

Agora, cá entre nos… quando nos conscientizamos da inimaginável imensidão deste Universo, com um trilhão de galáxias cada uma com 100 bilhões de estrelas, e tudo isso rodando durante 13,8 bilhões de anos, um tempo que cérebro nenhum consegue processar, eu pergunto: Quantas variáveis, quantas evidencias, serão necessárias para montar a real Historia deste Universo?

Eu chutaria umas cem bilhões de variáveis, apenas para calcular algo próximo da historia real. Por isso não posso acreditar na minha versão desta história, feita com apenas miseras 3,000 variáveis. O que não me entra na pchuluca da minha ideia e como estes caras, com apenas 4 variáveis, criaram tanta fé na sua versão desta história!

  • ” Mas… mas se não se pode acreditar em nenhuma versão da Historia do Universo, porque você botou tanto trabalho para fazer uma?”
  • ” Well… por dois motivos principais: Primeiro, justamente para me vacinar contra a fé, que fecha as mentes ‘a busca de mais conhecimentos, a criatividade, etc. Se fosse educado num ambiente acadêmico certamente esta teria entrado e dominado minha mente como uma doutrina, e tendo uma outra diferente versão, eu fico suspeitando sem ser doutrinado; Segundo porque as teorias tem ajudado muito no desenvolvimento do nosso conhecimento. Teorias sugerem, nos iluminam a fazer experiencias que sem elas nunca sequer imaginaríamos. Por exemplo, o Einstein teorizou que a luz distante de uma estrela deveria se curvar ao passar perto de um astro. Então alguns pesquisadores por causa dessa teoria montaram uma aparelhagem de observação numa eclipse solar e constaram a tal luz se encurvando. isto pode ter muitas aplicações em tecnologias, mas se não houvesse uma teoria, jamais teria sido descoberto. Outro caso foi a teoria de que deveria existir uma ressonância de fundo como uma especie de eco do Big Bang. Tipo de teoria que geralmente entra por um ouvido e sai pelo outro, não teria qualquer aplicação prática, mas é curiosa e isto fica memorizado na mente do leitor. Vai daí que certo dia engenheiros da telefônica estavam pesquisando as origens de ruídos nas linhas, detectaram um ruido vindo de longe… Se não tivessem lido a teoria, este ruido seria esquecido, como algo inevitável da natureza sem explicação, mas a teoria levantou e deu realce ao ruído, e aplicou-se a várias outras pesquisas e mais teorias, etc. Eu acho que não perdi meu tempo. Minha teoria geral esta falando de milhares de coisas que nunca se pensou e um dia uma destas coisas pode ajudar em mais um pequeno passo na grande senda conhecimento humano.

E se alguém tem curiosidade sobre como esta fé acadêmica esta funcionando, veja o vídeo no outro artigo seguinte.

 

 

Cosmic Natural Selection: Fisicos comecam a entrar na Evolucao Biologica

sábado, março 30th, 2019

xxxxx

https://www.youtube.com/watch?v=v6ef99T-IJE

xxxx

No video abaixo, pela primeira vez na historia da comunidade cientifica, um fisico ou cosmologista anuncia uma teoria que parece copia da teoria da Matrix/DNA que foi registrada a 30 anos atras. Lee Smolin diz que ” ao inves de buracos negros serem como estao sendo teorizados, com interna extrema singularidade, talvez eles nada tenham de singularidade mas sim sejam instrumentos de reproducao dando origens a novos universos”. Justamente o que Matrix/DNA escreveu, combatendo a teoria dos buracos negros e se adiantando com a sugestao de que no lugar de buracos negros existem vortices nucleares executando a funcao de gestação e desenvolvimento de germes de novos astros.

https://www.youtube.com/watch?v=mbYLTqvo774

Meus comentarios postados neste video:

This is pure Matrix/DNA Theory, registered copyrights 30 years ago. The theory introduces a model of astronomic building blocks of galaxies where inside the nucleus there is a vortex mixing interestellar dusty and magma from pulsars generating seeds or germs of new astronomical bodies, a similar process of sexual reproduction. Since the model is identical with the building blocks of DNA, the author, Louis Morelli deducted that Biological Evolution was not invented by Earth, it is merely a sequitur of Cosmological Evolution. It is good that Lee Smolin be the first cosmologist arriving to similar deductions.
I like this idea. I have a question. How did the first universe creating black hole get formed in this theory of cosmological natural selection?
How the first human woman got her reproductive apparatus, the womb, etc.? By evolution from simplest species, some of them have no womb, as reptiles laying eggs out. So our universe got black holes and was reproduced throught black holes coming from less evolved cosmological species…
xxxxx

Fantástica indicação da previsão da Matrix/DNA sobre “dois processos para formação de galáxias”?

sexta-feira, junho 15th, 2018

xxxx

http://www.pnas.org/content/early/2018/06/04/1720167115

Neste paper da PNAS, pela primeira vez vejo mencionado   com grande insistencia os termos “first generation”, and “second generation” referindo-se a nebulosas estelares e pre-condicoes de formação do sistema solar. Assim de chofre sem ler cuidadosamente o paper, estou entendendo que separaram a formação destes sistemas em duas fases porque numas amostras de material interestelar so’ aparecem moléculas e elementos nao-organicos, e em outras amostras aparecem estes ingredientes acrescentados de carbono organico…! Isto e’ fenomenal para o modelo teórico astronomico da Matrix/DNA.

Primeiro porque fui o primeiro ( a 35 anos atras) a sugerir como resultados dos meus modelos que – assim como a célula vital teve duas fases ou dois processos diferentes de formação ( a primeira quando formou a primeira célula e a segunda quando a célula aprendeu a se reproduzir e formou todas as outras posteriores – também a formação de galáxias e/ou sistemas estelares tiveram dois processos de formação, pelo mesmo motivo. Como na teoria tratamos da formação do building block de galáxias, não pudemos ate hoje calcular como teria sido a transformação da primeira para a segunda fase, pois isto envolveria um estudo químico muito complexo e detalhado. Com isto ficamos sem afirmar um modelo de formação da Via Láctea e do nosso sistema solar, por não saber-mos se pertencem `a primeira ou segunda geração.

Se nos debates e fóruns da Internet em que participei esta alusão a dois processos de formação produziu nos interlocutores discredito, incompreensao e ate’ ironías, acontece que eles ainda nao sabiam destes recentes estudos e revelações dividindo as gerações pela Ciência Astronômica Oficial.

Outra grande e espetacular possibilidade que surge com estas recentes descobertas vai de encontro com outra sugestão feita a 35 anos atrás: a de que os sistemas astronômicos são internamente exclusivamente físicos e mecânicos, porém já apresentam uma cobertura de organização orgânico-biológica da matéria, a qual evoluiria para os princípios da origem da vida. Quando eu dizia isto então, os ouvintes iam ao delírio do criticismo. Pois neste paper se descobre que o carbono organico ja existia nas nebulosas pre-solares de segunda geracao e inclusive era forte catalizador na agregação de grandes compostos de elementos inorgânicos.

E para quem não percebeu ainda, a propalada transformação do inorgânico para o orgânico que sempre e’ acreditada nas teorias das origens da vida existentes, pode estar errada, e pode estar certa a minha teoria quando sugeriu ha’ 35 anos atras que esta transformacao se deu fora e antes da formação da Terra. Assim como a minha teoria está sugerindo que a teoria evolucionista darwiniana esta demasiado incompleta porque  a evolucao biologica neste planeta foi e e’ afetada por variáveis vindas da evolucao cosmologica ainda desconhecidas de quem não conhece a minha teoria.

Um dos textos do paper referindo-se a duas diferentes gerações:

” We interpret these observations as evidence for two sequential generations of aggregation, possibly in different environments. GEMS are thus first-generation aggregates in which subgrain mantles may have played a role in the aggregation (or accretion) process. The second generation of aggregation involved sticking of GEMS grains, crystals, and nanoglobules, also perhaps facilitated by a second generation of mantles, to form the aggregate structure with organic matrix observed in cometary IDPs…. 

Espero que tenha tempo, condições financeiras e disposição para retornar a este paper com link acima para fazer uma detalhada pesquisa nos papers derivados e relacionados ao tema. São centenas, milhares de indicações, evidências, como estas, que me fazem suspeitar que realmente a minha teoria tenha uma forte conexão com a realidade da natureza universal…

A Morte de Uma Estrela Sendo Fotografada Para Comparação com o Modelo Da Matrix/DNA

sexta-feira, setembro 22nd, 2017

xxxx

Crescente Olho Vermelho: Bolha Cósmica Envolve Velha “Estrela de Carbono” 

https://www.space.com/38202-carbon-star-bubble-alma-photos-video.html?utm_source=notification

Diferenças no trabalho entre Darwin e o autor da Matrix/DNA Theory

segunda-feira, setembro 11th, 2017

xxxx

Tem pessoas adiantando que estou me comparando a Darwin. Entao copio abaixo uma resposta que enviei a um destes criticos ( e a registro aqui porque com certeza tereii que envia-la a outros mais):
There are differences:
1) We both applied comparative anatomy, but, he applied the reductive method, working details, I applied systemic method, searching the division, location and relationships among systems, starting with the whole biosphere as unique system and calculated the reverse of evolution, arriving to a point. Then the point pointed out to the solar system, so, from the point I went to the whole Universe, applying now comparative anatomy and reverse mechanisms of evolution between living and non-living systems (atoms and astronomic systems): Here I discovered the mechanisms of cosmological evolution and that these mechanisms continuing to driven biological evolution. Darwin did not perceive it. So, I re-calculated evolution applying the Darwinian mechanisms plus the cosmological mechanisms. The final results explained all gaps in Darwinian theory.
2) The idea of evolution was existing before Darwin’s travel to the field, at the tropics. He went to confirm the idea. The idea about an evolutionary link between cosmological evolution and biological evolution, and the idea that those non-biological systems linked evolutionary to biological system must be formed by the same biological formula (an ancestor of DNA); the idea that the building blocks of galactic systems has expressed or not the seven properties of life; and the final idea that in fact, there is no evolution, but, merely, a universal process of reproduction of the thing that triggered the Big Bang… these ideas were nowhere at my time, never existed before, and till now I am the unique human being with these ideas and formulas, models, supporting them. plus 1.600 evidences enrolled at my website and lots more at home, and hundred of previous predictions from 30 years ago confirmed by data obtained by official Science. Neither I had these ideas before going to the field, it was the pure nature never touched by human beings that suggested them. My unique idea before was that the first cell system was the first complete and real living thing, systems only comes from prior systems, less evolved or not, biological or not, and nobody in any time has searched a system when searching the cause of life’s origins. I went searching such system that, probable, was inside the primordial soup.
3) Darwin worked limited to the planet Earth and stood in the field 4 years: he discovered micro-evolution, 3,5 billion years old, because biological evolution is micro: I stood in the field 7 years, putting all time the whole universe on the table when drawing and calculating my models, i worked with universal macro-evolution which is 13,8 billion years old;
4) There are ideas that you suspects it is real, you work hard on it, sometimes given your life for it, you build a new theory, but, reality approves one idea and not approve others. Biological evolution is approved already, Darwin was lucky. Universal evolution still is not approved and can be debunked ( I am almost convinced that it will not, but, not sure yet), I will lose. Still I will leave my contribution: nobody will do the same mistake again.

A Ciencia do Cerebro Busca as Origens da Compaixao e Empatia nos Humanos… e Entra em Conflito com a Matrix/DNA

segunda-feira, maio 25th, 2015

xxxx

Seres humanos de uma parte do globo mostram o comportamento de separarem alguns de seus pertences e envia-los a pessoas no outro lado do globo que sofreram algum desastre. A isso se d’a o nome de ‘ compaixao” . Agora cientistas estao empenhados em buscar como este fenomeno da compaixao surgiu nste mundo e justo – Segundo eles – nos seres humanos. Interessante artigo com video explicativo foi motivo para eu postar um comentario no artigo, porque a cosmovisao da Matrix/DNA tem uma surpreendente sugestao sobre como esta propriedade apareceu aqui. Abaixo vai o link para o artigo e video e a seguir uma copia do meu comentario. Tambem inseri no final uma copia da fala no video paa aquels que tem dificuldade em ouvir o ingles ( espero ter tempo para retornar aqui e traduzir tudo).

Na selva amazonica observando que compaixao e empatia ja existia de uma forma muito simplista em animais e buscando mais explicacoes na formula da Matrix/DNA fui descobrindo que as raizes destas propriedades se estendem para alem dos animais, localizando-as em sistemas nao vivos como esta galaxia que nos criou e fui descendo ainda mais no tempo ate chegar a conclusao que ela veio mesmo do antes das origens deste Universo, carregadas por ondas de luz as quais por coincidencia sao as mesmas substancias que agora estao formando nossas mentes… ou seja: as propriedades da compaixao e empatia ficaram dormindo na materia durante sua evolucao, assim como a autoconsciencia de uma nova crianca ficou dormindo na morula, na blastula, no feto e so veio a se expressar de fato na crianca, porque esta era a copia final da especie humana que a gerou e a qual ja continha em si a autoconsciencia. Desta forma, a mente humana que esta se formando com a substancia luminosa de nuvens que resultam das sinapses dos pensamentos comeca a ser a copia completa da luz que a comecou antes mesmo do Big Bang, e apenas agora comeca a expressar estas propriedades da empatia e compaixao, significando que aquela luz original ja possuia estas propriedades. Arre!…

The Science of Compassion: Kindness Is a Fundamental Human Trait

http://bigthink.com/videos/science-of-compassion

Avatar

– May, 25, 2015

Which were the primordial roots of empathy and compassion, when life was not existing yet? Matrix/DNA theoretical models from those past times had located those roots, included at stupid astronomic systems. And there is no full knowledge about something if we does not know its causes, origins, evolutionary history and universal meanings. Dr. Thupten Jinpa need to know what Matrix/DNA has to say here, looking to the image below. Any natural system ( be it the human brain, atoms or galaxies) is built and based on that universal natural formula for systems and observing it we can discover the systems’ properties, like empathy and compassion. Before life’s origins, the universal system reached an evolutionary top as perfect closed system in the shape of ” building blocks of primordial galaxies”. At that system all of its seven parts worked synchronized for keeping the system’s self-defense and functioning. So, there was altruism from each part in relation to the another six parts, besides the fact that there were no neuronal network neither consciousness about this property, like  working liver is “altruistic” in relation to the organs to whom it sends clean blood.

So, the seeds, the physical forces and elements that later were used by humans brains for producing these stranger and abstract properties were installed at our ancestral non-living natural systems, like atoms and galaxies. But,.. how these mechanistic altruisms evolved to empathy and compassion when this universal system reached the more complex shape as human brains? The answer can not be demonstrated yet, but we can suppose it by logics. We have identified all existing living properties of a chimpanzee body in its mechanistic shape at a building block of astronomical system through the formula in the image below. We can see there the digestive apparatus, the blood circuit, till the reproductive sexual system, in mechanic fashion. That’s why the body of chimpanzees are the most perfect biological system reproduction of the system that created and are had driven biological evolution through its also terrestrial created environment. There is a unique property in human bodies that we never located at our creator astronomical system: consciousness and its derivative, intelligence. It means that this new property came from some natural system superior in complexity and existing beyond this galaxy, it is coming from the Universe… or beyond it. And this unknown system is using those physical structures like the altruism that emerges from closed and stupid system for installing its specific more complex properties, like compassion and empathy, now in a conscious way.

Closed systems – like this astronomic Milk Way that created biological systems- are extremely selfish. They does not interacts with any other thing in this Universe. From this our ancestor we inherited the selfish gene and our tendency to be predators in our own species, family. The very true fact is that the altruism of every systemic part means, in reality, leaIty to a closed selfish system, which means that that altruism is in fact, selfishness.  I have not identified any process that could drive the mechanistic altruism/selfishness for to give the evolutionary jump into conscious empathy, that is why I am supposing that information from a superior conscious system is in the air and being absorbed by humans brains.

Thumbnail

The Matrix/DNA Formula as Closed System

Transcricao do video:

Thupten Jinpa: When we talk about the science of compassion, it’s also tied down with science of empathy. Empathy is compassion, altruism, kindness. They are all very interrelated and much of the current scientific studies really fall into two main categories. One is the study of altruistic behavior, particularly in animals and very young children. And the thinking is that if we can see altruistic behavior in animals and very, very young children, that it must have very deep biological roots. So that’s the kind of logic behind why they are focusing more on animal studies and children. The other important area that overlaps the science of compassion is the study of empathy. And again here, a lot of the work has been done on nonhuman primate studies and there is an American professor at Emory by the name of Frans de Waal and he was one of the pioneers. Many people might have seen the video of apes, you know; there were two juvenile apes fighting and one of them loses and another ape who’s not a blood relation comes over and hugs him and consoles him. So it clearly is an indication that empathy can be found in nonhuman primates as well.

And then there are some interesting studies coming from the studies of meditators who meditate many hours on compassion and then looking at their brain. You can actually see the brain’s expression in action. So this is called functioning in an MRI, which has the ability to look at a brain in action as it were. At least the claim is that the meditators are, unlike novices like us, have some ability to consciously direct their attention and thoughts so in the scanner, the brain-imaging scanner, you can ask the meditator: Can you do this? Can you do that? Can you just stay on the level of empathy and feel the pain? Now can you move onto compassion, wishing the other person to be free of suffering or wanting to do something about it. And try to tease out what brain signature, brain regions get activated when you are just in empathy feeling and when you are moving onto compassion when you are wishing to see the relief. In this way, the whole mapping of the brain regions that are involved in something like compassion is beginning to be done.

 

Um Grave Pecado os Humanos estao Cometendo contra Deus, contra a Natureza, Sua Informacao Natural e Genetica

domingo, maio 24th, 2015

xxxx

Para melhorar a qualidade de vida e ter uma mente mais fraternal e social, os humanos precisam comecar a buscar o entendimento da natureza feita por Aquele que disse – ” Se queres conhecer a Mim e saber como Eu penso, estude a Minha Obra que e’ o elo entre tu e Eu, ou seja, a Natureza” . Pois todo artista se revela na sua obra. Ora, a Natureza tem sido observada e estudada pelos humanos desde suas origens portanto era de se supor que ja tivessemos aprendido bastante como Deus pensa e faz as coisas da Natureza. Aprender como Deus pensa e’ aprender a ser cada vez mais sabio e amoroso. Aprender como Deus fez os detalhes da Natureza e’ aumentar a capacidade de melhorar a qualidade de vida pela solucao dos obstaculos ( desculpem a falta de acentos, cedilha, etc, porque estou usando um teclado ingles). E’ isso que voce pensa estar vendo na humanidade de hoje? Se sim, voce vai discordar do que esta escrito daqui para diante, porque eu penso que nao.

Pois vejamos um exemplo: o sistema social humano ainda esta imitando fielmente o sistema social selvagem dos animais. Na selva os animais se dividem em tres classes, e nas civilizacoes humanas tambem. Tem a classe dos grandes predadores ( a casta economica), a classe dos medios predadores ( a classe media) e o resto na classe das presas ( a classe trabalhadora e deserdada). Por outro lado estamos ainda tao fora da sintonia de vida com a Natureza do planeta que ele esta ameacando nos exterminar a todos. Outro exemplo e que nao aprendemos ainda a entender a Natureza nos seus aspectos dualisticos. Um deles e a dicotomia causada por um ciclo entre caos e ordem. Vivemos aqui numa biosfera que foi produzida pela entropia do sistema astronomico que nos envolve, a qual gera o caos, portanto somos produtos e filhos do caos ( o qual, na verdade, foi produzido por nossos antigos ancestrais, se a visao de mundo sugerida pela Matrix/DNA estiver correta em tudo). Mas basta levantar os olhos para o ceu e ver que nele impera o estado de ordem, nem precisa lembrar a mecanica newtoniana pela qual nosso sistema estelar funciona como um relogio perfeito. E nossas ciencias fisicas e astronomicas estao projetando o estado de caos do nosso mundo imediato para fazer seus modelos , calculos e teorias cosmologicas, num puro antropomorfismo narcisista. Estao levando para os ceus os monstros humanos, mesmo que seja apenas em suas fantasias, como e’ o caso da invencao de buracos negros canibais engolindo e triturando galaxias inteiras. A Matrix/DNA produz outro modelo teorico e poe no lugar de buracos negros uma ancestral parafernalia do sistema reprodutor feminino gerando estrelas bebes.  Em que temos evoluido? Onde a mente humana esta se tornando mais fraterna, social e amorosa, aproximando-se mais do Deus que os homens de bem desejam?

Se agora voce concorda comigo, tambem notaste que existe uma contradicao nisso tudo: apesar do milenar estudo da Natureza, e termos copiados varios mecanismos dela na forma de nossas tecnologias, a forma como nos a estamos interpretando nao esta nos fazendo distanciar-nos dos comportamentos dos animais irracionais e nem nos aproximando da forma amorosa como deve ser a forma de Deus.  Porque esse paradoxo?

Acontece que a Natureza tem sido estudada de varias maneiras todas erradas, sendo a ultima ainda mais errada, o metodo reducionista que chamam de cientifico e teimam em nao darem o salto para o metodo cientifico sistemico, o qual em muito ampliara nossos horizontes. Eu apenas percebi isso quando vivendo na selva amazonica e estudando-a da forma como Deus nos aconselhou que fizessemos, comecei a perceber que  as interpretacoes humanas de quase todos os fenomenos e eventos naturais estao errados. Isto porque, primeiro se interpretava toda a Natureza tendo em mente a crenca na mentira de que Deus violaria suas proprias leis naturais aplicando o metodo magico, depois se passou a interpretar a Natureza tendo em mente a mentira inexistente do acaso absoluto. Ta ai meu amigo, a explicacao para o gargalo em que estamos metidos. Nem magia nem acaso incontrolavel pois o significado de Deus ao produzir a Natureza Universal e’ o mesmo de uma mae humana naturalmente produzindo a placenta onde germinar o Seu filho e pelo metodo genetico natural, portanto a mente sabia deve se basear na pura genetica natural. Mas esta nova mentalidade muda totalmente a nossa visao da Natureza universal e por consequencia, as interpretacoes de cada fenomeno e evento natural.

Temos no artigo “Is ‘Information Theory’ Misnamed?”,  com link abaixo, um exemplo de como nossa maneira moderna dita cientifica de abordar a Natureza  e aprende-la esta errada. Criaram um campo complexo dentro desta ciencia denominado “Teoria da Informacao”, mas quem comecou foram matematicos e depois entraram os fisicos e juntos conduziram esta teoria para a area das ciencias da computacao, ou seja, informacao artificial. Esqueceram-se totalmente ate agora de estudar o que e informacao natural. Ja qu o Universo e sua natureza nao sao magicos e nao podem criar informacoes do Nada, quais e como eram as informacoes originais que aqui foram insridas junto com o Big Bang para que produzissem este complex universo ue vemos hoje? Apenas eu – sinto dizer – estou investigando isso e ja bastante adiantado nesse estudo. Enquanto isso os biologos incapazes de formularem uma grande teoria da biologia porque querem assentar a Vida terrestre em cima da interpretacao dos fisicos e dos matematicos sobre a Natureza cosmologica, estao comecando a perceber que a teoria da informacao deles nao esta se casando com o conceito de informacao que eles estao observando na genetica. E claro que desse jeito a interpretacao sobre o que e informacao natural nunca vai se casar com o que e informacao genetica, pois as primeiras informacoes que surgiram neste universo ja vieram para serem aplicadas ao processo genetico que e a meta do Criador. Os fisicos e matematicos estudam a parte da Natureza como so podem estudar um corpo humano, limitados a infra-estrutura instalada, ou seja, ao seu esqueleto, e nao a parte relacionada a carne suave e  a neurologia mental. E todo esqueleto, tal como o nosso, so existe porque foi gerado por informacoes geneticas, assim e’ o mundo limitado das ciencias fisicas e matematicas. Por isso a fisica e a matematica ignoraram a informacao no seu aspecto natural e se enveredaram a inventar a informacao artificial a nivel computacional. Sao os biologos, geneticistas e neurologistas que devem ir ao Big Bang estudar as origens de todas as informacoes naturais, as quais produziram as forcas e elementos da mecanica estudados pelos fisicos e calculados pelos matematicos.

Infelizmente eu nao tenho mais tempo hoje para traduzir o artigo e os comentarios que postei no debate que se seguiu ao artigo, por issome limitarei aqui a copier os meus comentarios em ingles, os quais dao uma ideia dos conflitos entre as interpreacoes da natureza feitas or eles e as feitas por mim dentro da cosmovisao da Matrix/DNA Theory. O artigo:

Is ‘Information Theory’ Misnamed?

http://bigthink.com/errors-we-live-by/is-information-theory-misnamed

Para melhor estudar este tma devemos tamber ler ests outros artigos relacuionados:

DNA Is Multibillion-Year-Old Software

E a seguir meus comentarios postados no debate:

Avatar

DNA is not a code neither a message, it is merely a large number of different copies of a unique initial system – which was the evolutionary top produced by cosmological evolution and at Matrix/DNA Theory you can see this system in shape of a universal matrix formula for all natural systems. It does not makes sense to say that 8 billions human beings ( which are different copies of a unique system) composes a code and that Humanity is a message. I need studying more about academic information theory but I know that it is vey different from Matrix/DNA’s information theory, which says that natural information is a very solid and active agent resulting from the entropy of the natural system that produced this universe: bits-information has a physical presence but a genetic meaning even at quantum and cosmological scales. The image below is the building block of DNA, its unit of information, a lateral base-pair of nucleotides, but it is also the formula for first generation of galaxies and at its more evolutionary simplest shapes is the formula for atom systems (sorry, I uploaded the wrong image but it is the same formula and the right one you can see in my website). Any new natural information is like any new gene, produced by fuzzy logics resulting from the needs of a system plus the limitation of the previous existent hierarchic superior system ( the new system can be a human baby or a star-baby and the previous system can be the human parents or the star’s galaxy). That’s why we will see strange and weird life-forms at other planets.

Thumbnail

A formula da Matriz/DNA como algoritmo de um sistema fechado:

F1) Existem ingredientes crus no espaco, na forma de massa e energia, e rodopiando devido rotacao do espaco?

Se sim, forme-se o rodamoinho e misture ingredients crus cozinhando-os ate que bolhas sejam ejetadas para o espaco externo. As bolhas serao o nucleo de um novo corpo astronomico;

Se nao, nao se forme o rodamoinho.

2) Uma bolha agrega mais ingredientes crus e congelados do espaco?

Se sim, continue se dirigindo para dentro do espaco sidereal, agora sob o nome de semente estelar ou planeta;

Se nao, desfaca-se como bolha.

3) O planeta passa perto de uma estrela?

Se sim, caia na sua orbita;

Se nao, continue vagando no espaco ate se desfazer.

4) O nucleo e’ alcancado pela energia da estrela?

Se sim, inicie reacoes nucleares se alimentando das camadas externas de ingredients, ou seja, das camadas geologicas;

Se nao, torne-se uma lua.

5) A reacao nuclear evolue comendo as camadas ate a superficie?

Se sim, a pressao forma os vulcoes que ejetam cometas que caem na espiral galatica rumo ao nucleo;

Se nao, congele-se como uma lua.

6) A reacao nuclear atingiu a ultima camada superficial?

Se sim, colapse-se como uma estrela supernova;

Se nao, congele-se como lua.

7) Esgotaram-se as particulas de energia dentro dos atomos das camadas de nutrientes?

Se sim, desfacao o resto em massa ingrediente para formar novo rodamoinho;

Se nao, torne-se um planeta gigante morto de gas inerte.

A formula da Matriz/DNA para sistemas abertos:

1) Repita todos os passos ate F5

2) Queres se eternizar nesta forma de corpo?

Se sim, vas internamente para o nucleo;

Se nao, vas externamente para se relacionar com o exterior desconhecido.

Traducao para o Ingles:

 

 

xxxx

Avatar

Another point is that you confuse information theory with computer science. They are quite different, although they of course overlap.

Avatar

The big problem is that neither information theory based on mathematics, neither computer sciences are studying natural information. Only at Matrix/DNA Theory we are doing that. The weird thing is that our method arrived to a never imagined before conclusion: natural bits-information are photons particles resulting from the fragmentation of light waves emitted by pulsating big-bangs. Any natural light wave has a sequence of vibrations/frequencies that is the same sequence of shapes/state of energy of any living body. Since that the differences among living bodies’ shapes are result of a force called ” lifes cycles’ we arrive to the weird conclusion that light waves carries on the first code for life… I am sure that when human beings will remember that we need to study and investigate natural information our whole modern and academic world view will suffer a revolution like Copernicus did with the geocentric world view.

Avatar

This is a very interesting article, but it follows from a fundamental misunderstanding of Shannon’s theory of communication. It is precisely the separation of the concept of information from those of meaning and reference that allows us to regard human communication and biological communication in the same frame. For Shannon, information is just entropy, and entropy is a statistical property of sequences that allows communication to take place. Communication in this sense — not in the hermeneutic sense of conveying meaning between minds — is the task of replicating a sequence between two points. Both biology and culture do this in various ways, the first through DNA, RNA, signal transduction, the second through texts and other media, and the application of information theory to both domains is entirely appropriate. However, in both cases there is the interesting question of how we proceed from the replication of sequences which are essentially instructions to things like bodies and ideas.

Avatar

This question is easy for Matrix/DNA Theory. We could refer to an analogy. Think about Chineses from different places of China arriving at different times and places in the United States. No matter the obstacles all them will go to the place of the first settlement of Chineses, like Chinatown. And in Chinatown a recent arrived Chinese from Beijing will live next other already settled Chinese from Beijing. The previous neighborhood in China will determine the sequence of Chineses/houses composing the neighborhood of Chinatown. And the cause of immigration is that China was under economic entropy, so, Shannon was right. But he forgot that every state of chaos have the seeds for the state of order and vice-versa. Human language is the state of order emerged from chaotic humans sounds, genetic order is the state of order from chaotic dispersion of primordial molecules such aminoacids. And those aminoacids selected for composing biological systems were like small settled groups of immigrants that came from the Milk Way fragmentation by entropy, that’s why the first living cell is just the copy of galactic building blocks. If you don’t put cosmological evolution and biological evolution inside the same bag, you will never understand the origins and evolution of natural information, genetics and biological systems like human beings.
Saying that replication of sequences are instructions only makes sense if you considers that the instructor is the prior and outside system fragmented by chaos. Because the new sequences will merely mimics the old systemic sequence. That’s why human parents ( the prior and outside system in relation to the new embryogenesis) generates human babies and not giraffes babies. And that is why the human life’s cycle is mimicking the astronomical bodies life’s cycles as expressed by my avatar here.

Avatar

Information theory might have a focus different than what the term “information” means in different contexts, but, above there is an unfortunate level of understanding of what “information theory” covers, epitomised in the sentence “To a signaling engineer, the messages “set” and “ant” have equal amounts of information, three symbols each.” This is incorrect, without the knowledge of prob. of occurences of symbols from a codebook (which are presumed to be defined for the problem at hand in a way compatible with the rigorous constructs of the theory requires) it is not meaningful to talk about information as in information theory in the first place. Chaitin, as far as I remember, uses “Algorithmic information theory” in which the constructs are programme strings. In that sense, it is a theory with different constructs, although there are strong connections with information theory (which can be traced back to, e.g., Kolmogorov’s algorithmic information concept and surrounding theorems). It might be worthwhile to dig the literature a bit deeper before jumping on to conclusions.

Avatar

Should it be worthwhile to dig the biblical literature a bit deeper before jumping on to conclusions about how nature works? Where is the guarantee that Nature is based on algorithms like the Mathematicians have theorized it? I agree that sometimes our extensive academic curricula of information theory really works producing good effects, but, it also works the Bible when suggesting prays since that it produces the placebo effect. The messages ” set” and “ant” will be misunderstood if based on the symbols from the wrong codebook. A wrong codebook is the opposite of the Germany ” Enigma” at second war: the lies for to elude the enemy is not in the symbols of what were said by radio, but, in the cryptography message underlying the words. That’s Nature as based on human algorithms.
The very problem is that it need to be biologists, geneticists and neurologists that must go to the Big Bang investigating the primordial original natural bits of information that produced this complex Universe we see today, included the mechanical and skeletal aspect of the world studied by Physics and Math, because those information had genetic origins and meanings. Like the human body’s skeleton is a physical and mechanical structure, but it is produced by genetic information. I am telling this ” weird things” because my personal investigation is suggesting that the living formula called Matrix/DNA is more appropriated as natural information than algorithms. But… I could be wrong, who knows…

Avatar

No time for straw man arguments as in “Should it be worthwhile to dig the biblical literature a bit deeper before jumping on to conclusions about how nature works?” sorry. If you are criticising a theory, you need to learn more about it.

Avatar

Yes, this is the same answer I get from advocates of biblical theories. They acts as straw man. Of course we need learn a theory, but never forgetting it is a theory to the point that we loose the ability to criticize and questioning it. Then, these people says that have no time for it. Do you know what is the solution for both of us? You never will read my posts because you are head-closed by yours world view, and I will continuing to read yours posts because they are good for testing my world view. Cheers,…

 

Astronomia: Erupções no Sol e Possíveis Causas

domingo, maio 3rd, 2015

xxxx

Shared publicly  –  Yesterday 12:44 PM

https://plus.google.com/u/0/+NASA/posts/TGqc2rvMJrp

Go full screen on this one, put on your headphones, kick back and enjoy mesmerizing views of our sun. Our G Type Gv2 Yellowish dwarf star sun  luminous sphere of Molted Plasma. 

E meus comentários postados no artigo ( mexendo com os donos da verdade acadêmica produtora desta cultura que mantem 93% dos humanos escravos nesta vida absurda): 

Louis Charles Morelli – 12:55 AM
These eruptions are the remains of ancient volcanoes when the sun was a pulsar-like, accordingly to the astronomical model of Matrix/DNA Theory. Every time or cicle of 11 years and the flares will be weaker till the old star stop producing them…
xxxx

Louis Charles Morelli – May, 03, 2015 – 2:52 PM
+William Mills Life at Earth emerged by magics, be it from the “Nothing” of Krauss and its absolute chance, or by divine gods. That’s make sense for you. Are you not seeing in this video that the reactions of the Sun were the primitive states of the reactions today at the sugar deoxyribose in the DNA strands? Are you not seeing that the process of life’s vital cycles are inherited from the same primitive process of astronomical systems? “Oh… this is nonsense ( you say). The extraordinary engineering of genetics and vital cycles were invented by the stupid matter of this lost planet”… Oh, comm’on, wake up..
xxxx

Alfonso Ramirez – Yesterday 3:45 PM
It seems that ” our” Sun is not an object but an event.
xxxx
Louis Charles Morelli – May, 03, 2015 – 2:52 PM
 Good intuition! The Sun is not the object but a temporary event. For understanding it we can talk by analogy. The shape of yours body just now ( be it an adult, a teenage or a baby) is not the whole body as object, but an event in its lifetime. Our body do that because we inherited this process from the stars like the sun: it also was a baby or a seed of a star, then a teenage as planet, then an adult as pulsar, collapsed as supernova and now is a senior going to death. Ok, maybe this is wrong, if the Matrix/DNA astronomical model is not complete yet.
xxxx

ANGEL WILLIAMS – Yesterday 8:07 PM
Lindo,espetacular,e tem gente que acha que Deus não existe,que viemos do nada,mas nada somos.Parabéns NASA.
xxxx
Louis Charles Morelli – May, 03, 2015 – 2:52 PM
 Deus seria um péssimo inteligente designer se tivesse criado esta fornalha nuclear como o Sol que a qualquer momento pode com estas chamas matar toda a vida na Terra, como pode ter eliminado a vida primitiva de planetas mais próximos como Marte. Engenheiros humanos criam lampadas que iluminam as noites sem essa turbulência e ameaça que são estas “lampadas-estrelas criadas por Deus apenas para iluminar as noites do homem”… Você que não ajude empreendimentos como a NASA que um dia poderá fazer nossa mudança para outro mundo habitável e fique esperando pela proteção de Deus para você ou suas futuras gerações serem pêgas em tragédias, pois este planeta e este Sol estão evoluindo, mudando e vão morrer. Mas você está certo ao intuir que estes fenômenos solares fazem parte de um programa ordenado que “parece”vir de um Deus mágico” e que nós não somos nada pois fazemos parte deste plano ordenado… natural e geneticamente.
xxxx

Louis Charles Morelli – 4:14 PM
Stars are like chicken-mothers which are worried for protecting  their  chicks under their gravitational wings and nurturing them with their energetic nectar”. ( Matrix/DNA Theory) But… sometimes the mother became sick or furious principally when viruses like humanoids are attacking her daughter…

Ei, pessoal: Nossos irmãos-genes do Nepal estão precisando do nosso socorro. E entenda porque Deus não evitou a Tragédia

domingo, maio 3rd, 2015

Apesar de estar meio-duro nesta crise, eu já mandei o ganho num dia de meu trabalho para lá… mas eventos como este nos faz pensar. Milhares de crianças, nenês, jovens sonhadores, idosos que lutaram uma vida para fazer uma casinha, de repente as forças descontroladas e brutais da Natureza os esmaga sob pedras. Claro que não havia nenhum Deus por perto, pois nenhum humano prevendo o futuro teria permitido tal tortura e carnificina a seus filhos. A explicação tem que ser buscada em outros lugares reais deste mundo.

Como explica ( ou apenas sugere), a minha cosmovisão denominada Matrix/DNA, este evento é produto de quatro leis naturais:

1) toda nova forma do sistema universal ( tal como é esta que está emergindo das nossas cabeças e chamada de “auto-consciencia”), passa por duas fases evolucionarias. A primeira é a fase dos “ovos botados fora e a prole abandonada à própria sorte”… na aparencia ilusória imediata, pois a longo prazo a fórmula da Matrix mostra que na verdade nenhuma prole foi abandonada pois ela permanece dentro do circuito de um sistema hierarquicamente maior. A segunda fase é a dos “ovos mantidos dentro, protegidos e nutridos até sua maturação”. Assim ocorreu com o sistema universal quando tinha a forma astronomica, assim está ocorrendo com a forma biológica onde os ovos botados fora durou desde as plantas até os répteis e a partir daí surgiram os mamiferos mantendo os ovos dentro. Nós carregamos uma nova forma do sistema,  a da auto-consciencia, estamos ainda na fase dos ovos botados fora, por isso sujeitos a todos os predadores e tragédias… mas a fórmula garante que a Matrix genética que somos e carregamos não morre…

2) O planeta Terra contem um germe efervescente de estrela no seu nucleo, o qual está se alimentando da placenta planetaria que são as camadas tectonicas. Este germe respira e emite isso cujo material é ejetado através de vulcões como o que entrou em erupção no Chile agora tambem. Este planeta está sob evolução e certamente vai mudar até não mais suportar vida na sua superficie, porem isso acontece muito lentamente, em tempo na escala astronomica. Estas mudanças ocorrem tambem projetadas num espaço e tempo maior abrangendo o sistema solar inteiro, pois o ciclo vital dos planetas corresponde ao ciclo vital do sistema: enquanto seu corpo muda com a idade, estas mudanças são acompanhadas por mudanças nos corpos de seus pais, avós, etc. A minha teoria está tão correta nesta sua sugestão que vimos a NASA registrando no dia 21 de abril – poucos dias antes do terremoto no Nepal e do vulcão no Chile – uma gigantesca erupção de energia no Sol, a qual certamente cutuca o germe do seu baby no centro da Terra. Veja isto:

NASA, Watch: https://youtu.be/WEd0kRjhi1Y

3) A terceira lei é a que estabelece: À todo período de ordem sucede um período de caos, o qual produz outro período de ordem… e através destes ciclos avança a evolução do sistema universal. Nós sofremos as tragédias das perturbações naturais não apenas por ser-mos ovos botados fora mas porque isso vem acompanhado de outra noticia ruim para nós:  somos ainda recentes filhos e herdeiros de uma biosfera caótica, basta para ver isso se lembrar do caos das leis animalescas na selva. A biosfera terrestre foi produzida por fragmentos na forma de fótons-genes decaídos da entropia de um sistema em estado de ordem… o sistema galáctico que nos envolve. E como este planeta vai entrar em caos para a vida, significa que não será aqui que vamos entrar na fase dos ovos mantidos dentro num estado de ordem: é o Cosmos que nos espera de braços abertos para esta fase, mas para isso precisamos eliminar nossas picuinhas e conflitos mútuos para trabalhar em conjunto evoluindo nossa tecnologia espacial a qual nos salvará e nos levará à nossa transcendência…

4) Somos aqui e agora 8 bilhões de genes construindo o baby de auto-consciencia que será um órgão consciente de um sistema que está sendo construído tambem por outros genes em varias galaxias. Cada desastre desse é uma ameaça de que genes irmãos vitimados tenham sua missão atrapalhada e sua informação truncada, o que pode fazer com que o embrião terrestre nasça com algum aleijão. Nós – os outros genes – temos que socorrer e levantar os que caíram mas ainda estão vivos.

Mas tudo isso é apenas o que está sugerindo a fórmula que penso ter descoberto na selva e apesar de tudo ser muito lógico e racional, eu não tenho certeza de coisa alguma. Por isso, neste estado de incerteza heisenberguiano que produz esta sensação  de insustentável leveza de ser e existir pisando num solo inquieto que se move e pode me engolir a qualquer momento, vou fazendo o que me fornece paz e tranquilidade consciente, como por exemplo, dividindo agora o meu pão com meus irmãos do Nepal.  Se uma criança que teve os dentes quebrados por pedras não for atendida agora por um dentista, ela sofrerá amargamente o resto da vida… e ao diabo todos os deuses e todos os ovos e todas a s leis naturais… neste momento eu tenho que ser o deus e a fôrça natural a fazer o possível por elas. Não concordas?

Descoberto em Novo Sistema Estelar Moléculas Orgânicas Complexas

quinta-feira, abril 9th, 2015

xxxx

Mais evidencias para a Matrix/DNA Theory:

Complex organic molecules discovered in infant star system – Hints that the building blocks of the chemistry of life are universal

http://www.eurekalert.org/pub_releases/2015-04/e-com040715.php

This is an artist impression of the protoplanetary disc surrounding the young star MWC 480. ALMA has detected the complex organic molecule methyl cyanide in the outer reaches of the disc in the region where comets are believed to form. This is another indication that complex organic chemistry, and potentially the conditions necessary for life, is universal. CREDIT – Saxton (NRAO/AUI/NSF)