Archive for the ‘astrobiologia’ Category

Raios Cósmicos Bombardeando Átomos da Terra e Corpos Humanos

sábado, julho 14th, 2018

xxxxx

IceCube: Unlocking the Secrets of Cosmic Rays

https://www.space.com/41170-icecube-neutrino-observatory.html

(varias informações uteis que se encaixam como evidencias para a tese da Matrix/DNA sobre a convergência de partículas-informação de todos os sete tipos de astros celestes sobre a Terra para produzir a origem dos sistemas biológicos – Vida. Voltar a ler e fazer pesquisa dos termos técnicos)

An IceCube sensor, attached to a “string,” descends into a bore hole in the Antarctic ice. Credit: NSF/B. Gudbjartsson

The Drake Equation: Vidas ou Inteligentes Civilizacoes no Universo

terça-feira, junho 26th, 2018

xxxx

 

TThe Drake Equation, a mathematical formula for the probability of finding life or advanced civilizations in the universe. Credit: University of Rochestehe Drake Equation

The Drake Equation, a mathematical formula for the probability of finding life or advanced civilizations in the universe. Credit: University of Rochestehe Drake Equation

 

What is the Drake Equation?

https://www.universetoday.com/39966/drake-equation-1/

My God !!!:

” There are an estimated 200 – 400 billion stars within our Milky Way, and modern estimates say that there between 1.65 ± 0.19 and 3 new star form every year.  Assuming that our galaxy represents the average, and given that that there are as many as 2 trillion galaxies in the observable Universe (current estimates based on Hubble data), that means that there are as many as 1.5 to 6 trillion new stars being added to the Universe with every passing year! However, some of the other values are subject to a great deal of guess work….

Wikipedia: https://en.wikipedia.org/wiki/Drake_equation

Dr. Frank Drake

Dentre os criticos negativos `a equacao de Drake tem:

The Fermi Paradox:

Com quase infinitas possiblidades de existencia de civilizacoes mais avancadas que a terrestre, entao porque nao somos visitados? Where is everybody?!

https://en.wikipedia.org/wiki/Fermi_paradox

The Fermi paradox, or Fermi’s paradox, named after physicist Enrico Fermi, is the apparent contradiction between the lack of evidence and high probability estimates[1] for the existence of extraterrestrial civilizations.[2] The basic points of the argument, made by physicists Enrico Fermi (1901–1954) and Michael H. Hart (born 1932), are:

  • There are billions of stars in the galaxy that are similar to the Sun,[3][4] and many of these stars are billions of years older than the Solar system.[5][6]
  • With high probability, some of these stars have Earth-like planets,[7][8] and if the Earth is typical, some may have developed intelligent life.
  • Some of these civilizations may have developed interstellar travel, a step the Earth is investigating now.
  • Even at the slow pace of currently envisioned interstellar travel, the Milky Way galaxy could be completely traversed in a few million years.[9]

According to this line of reasoning, the Earth should have already been visited by extraterrestrial aliens. In an informal conversation, Fermi noted no convincing evidence of this, leading him to ask, “Where is everybody?”[10][11] There have been many attempts to explain the Fermi paradox,[12][13] primarily either suggesting that intelligent extraterrestrial life is extremely rare or proposing reasons that such civilizations have not contacted or visited Earth.

Um paper sobre The fermi Paradox:

https://arxiv.org/abs/1806.02404

Dissolving the Fermi Paradox

Anders Sandberg, Eric Drexler, Toby Ord = (Submitted on 6 Jun 2018)

xxxx

The “Great Filter” Hypothesis:

Wik: https://en.wikipedia.org/wiki/Great_Filter

But perhaps the best known explanation for why no signs of intelligence life have been found yet is the “Great Filter” hypothesis. This states that since that no extraterrestrial civilizations have been so far, despite the vast number of stars, then some step in the process – between life emerging and becomes technologically advanced – must be acting as a filter to reduce the final value.

 

xxx

Uma possibilidade aventada apenas por mim:

Suspeito que existem muitas formas de inteligencia for a deste planeta que poderia ser captadas por nos, mas nunca poderiamos captar outra auto-consciencia de fora do planeta. E nem ela poderia nos comunicar. Porque?

Segundo a Historia Universal sugerida pela cosmovisao da Matrix/DNA, estivemos ha’ bilhoes de anos atras, na forma de um ancestral nao-biologico, o qual era esta galaxia. esta galaxia evoluiu ao ponto de se tornar a maquina ,ais perfeita possivel de se fazer com esta materia. Mas ela nao conseguiu dar o salto para a auto-consciencia. Ela seguiu o caminho contrario ao que permite a sua evolucao, tornando-se um sistema fechado em si mesmo, transformando seu inteiro corpo num Paraiso onde se acomodou definitivamente. Estava apenas seguindo a tendencia desta materia que e’ a busca do equilibrio termodinamico e talvez ainda a tendencia da energia natural produzido pelo atrito do avancar da luz na substancia especial de materia escura, que e’ alcancar a maior velocidade de movimento possivel de onde ela obtem seu frenesi orgastico.

Mas ao inves de se tornar definitivamente eterna neste estado, a galaxia comecou a ser atacada pela entropia, pela qual as particulas-informacao que correm no circuito esferico do sistema comecam a se desviar do fluxo e se internalizam pelo sistema caindo na direcao do seu nucleo. Isto enfraquece o sistema e comeca a gerar o caos no seu centro, devido a contradicao entre as informacoes e tendencias nas particulas do centro com as informacoes e tendencias das particulas da periferia ( exatamente como caiu o Imperio Romano). O acumulo de particulas da periferia produziu a emergencia dos sistemas biologicos e possivelmente outros nas superficies de astros como os planetas.

Agora a humanidade apresenta dois aspectos evolutivos pertinentes:

1) A robotizacao do corpo conduz `a construcao de um Paraiso para este corpo e a acomodacao dele definitivamente num novo sistema fechado em si mesmo. Com isso nao havera estimulo nem razao para sacrificios no empreendimento de viagens estelares e a civilizacao continua neste estado ate’ ser exterminada por fatores externos a ela. O feto de auto-consciencia que ela esta gestando pode ser abortado morto. ( exemplo: os dinossauros e o destino de todos os grandes predadores assim como das presas existentes hoje);

2) A emergencia ou fecundacao do corpo por uma nova entidade no universo, chamada de auto-consciencia, que esta em estagio de gestacao, talvez na forma de feto ou embriao. Ao finalizar este processo de gestacao, a entidade a nascer pode ser livre desta materia e vai habitar uma diferente dimensao. Assim a atual forma humana e sua substancia material pode passar por um salto evolutivo transcendental quando e’ transformado em outro tipo de arquitetura a suportar a auto-consciencia ( exemplo: o hipotetico alienigena puro energia e consciente);

Nos dois casos, provavelmente a civilizacao humana altamente tecnologica nunca vai realizar viagens interestelares nesta dimensao de materia que captamos… e outros no mesmo estado possam captar.

Acho que esta e’ mais uma possibilidade racional sobre “onde estao os outros”? Isto pode acontecer com todas as civilizacoes biologicas desta galaxia.

xxxx

 

 

Sistemas inteligentes e conscientes nao baseados em carbono

segunda-feira, junho 4th, 2018

xxxxx

Debate com a Matrix/DNA num forum na Internet:

Pergunta ao grupo em geral: “Tem alguma possibilidade de que exista outra forma de vida nao baseada no carbono?”

Resposta da Matrix/DNA:

Bem, Segundo a ciencia oficial, o carbono possibilitou este tipo de vida que temos neste planeta porque o carbono era o melhor atomo em construir longas cadeias com outros atomos interligados, alem da formidavel capacidade de realizar loops, etc. E a mesma ciencia oficial afirma ter descoberto que ao menos um outro atomo, o silicio, tem identicas ou quase identicas propriedades. Agora, teorizando um pouco baseado nestas informacoes e lembrando que nos temos construido computadores onde as partes mais sensiveis sao feitas de silicio e que estamos na direcao de inserir Inteligencia Artificial nestes computadores, Podemos imaginar que pode exitir no future aqui na Terra uma forma de vida inteligente baseado no silicio sendo que a vida baseado em carbono tenha sido a muito tempo extinta. Entao o que diriam os silicianos ao descobriram fosseis de vivos baeados em carbono?

– ” Oh, nos pri0mordios existiu uma forma de vida muita primitiva e formada de carbono, que esteve na base das nossas origens… coitadas daquelas quase bacterias de carbono… nao existem mais…”

Agora saindo do terreno da ciencia oficial mas mantendo ainda os fatos reais conhecidos pela ciencia oficial, vamos ao reino da Matrix/DNA. Esta sugere que podemos falar como os silicianos: ” oh,… nos primordios, mesmo antes das estrelas produzirem atomos acima de 5 particulas, como e’ o carbono 6, existia vida que esteve na base de nossas origens, entao em que era baseado esta vida?

Para responder esta pergunta e’ preciso antes trocar a palavra “vida” pelo nome “sistema funcional”, e mais ainda, segundo a Matrix/DNA, pelo nome de “o sistema funcional universal, unico neste Universo”, captado pelos nossos cinco sentidos e atuais instrumentos de medicao cientificos. A palavra vida separa coisas dentro deste Universo. Quando um dos sistemas do Universo diz que e’ vivo, e os outros nao, ele esta tentando subir e se sentar num trono que nao existe, ele esta se separando do Universo que nao admite a separacao de todas suas coisas interconectadas porque ele em si e’ um so e mesmo Universo, como poderia algo ser separados e dentro dele? Por isso, por se separar do Universo a vida nao consegue encontrar suas origens. (aplausos)…

O nome sistema resolve o problema porque a ciencia oficial sabe que os vivos sao sistemas em si e sabe que tanto os atomos como as galaxias tambem sao sistemas. Da mesma forma que uma especie futura mais inteligente como os silicianos nao tiveram problema algum em ver que a vida baseada em silicio foi antecedida por uma ancestral vida baseada em carbono, nos deveriamos ter hoje essa inteligencia para entender e admitir que a nossa vida baseada em carbono foi antecedida por ancestrais vivos nao baseados em carbono… (esfusiantes aplausos).

Parece-me que a comunidade cientifica academica – ou ao menos aqueles que me criticaram nos foruns quando mencionei esta ideia – esta repetindo o mesmo pecado dos religiosos que nao aceitam e acham uma ofensa dizer que os humanos vieram de primatas, quando essa mesma comunidade nem sequer admitiu pensar que nos, os carbonados, viemos de ancestrais primitivos nao carbonados. Que nos, os biologicos, viemos de ancestrais primitivos nao-biologicos. Porque a resistencia, qual a ofensa nisso? Estariam tao melindrados quanto os que creem que sao descendentes de Adao e Eva?(aplausos)

Um dos outros elementos em que se baseou uma destas formas primitvas de vida, talvez a mais primitiva de todas, temos quase certeza que foi o foton. Mas ainda tem outra coisa. Os silicianos podem descobrir que possuam um padrao de codigo formados nao apenas pelos atomos mas tambem que pode nao ser necessariamente genetico, nem o DNA, porem ao descobriram o DNA biologico nos fosseis da vida antiga extinta podem acabar descobrindo que o seu atual codigo esta montado e ainda contem o sutil codigo em forma de DNA como template do codigo siciliano. Em outras palavras o DNA biologico pode nao existir mais na forma biologica porem ele existe numa forma talvez energetica, o que vale dizer que ele ainda existe. Da mesma forma, na Matrix/DNA nos suspeitamos que o codigo fotonico subjaz o codigo na forma de DNA. Ou seja, O DNA seria como um cerebro onde a operacao fundamental sao as sinapses, e no caso do DNA exista uma forma precursora das sinapses que seria uma network de fotons. Infelizmente nossos cinco sentidos e nossos instrumentos cientificos ainda nao captam estas sinapses no DNA o que e’ explicavel quando nos lembramos que nossos instrumentos cientificos apenas muito recentemente captou as sinapses no cerebro humano as quais sao milhares ou milhoes de vezes mais visiveis e maiores que as sinapses no DNA. Sim, e’ possivel, e provavel que exista outras formas de vida baseadas em outros elementos que nao sejam o carbono. Inclusive que tenham existido tais formas de vida que hoje nao existem mais ou existem como quasi-fosseis, como sao nossos ancestrais atomos e galaxias.

Vale ainda lembrar que a ciencia oficial descobriu ( e aqui me desculpem que me falha a memoria em que artigo cientifico eu li isso, mas sei que era confiavel e revelador porque ao ler aquilo eu corri a estudar a tabela periodica com novo olhar), a ciencia descobriu que a cada 7 ( ou oito?) elementos da tabela periodica, o proxima elemento repete as mesmas propriedades de um atomo localizado antes na tabela. Eu calculei que entao existe um ciclo vital na formacao dos elementos, o qual se repete a cada sete geracoes, ou seja, ate a evolucao dos elementos basilares do universo obedece ao mesmo processo da evolucao universal. Se isso for verdade, ou seja, se a ciencia oficial descobrir que o processo do ciclo vital esta inserido na formacao dos elementos, confirmando minha previsao, isto significa que a  cada 7 atomos ou cada sete diferentes numeros atomicos depois do carbono existe outro atomo que pode ser a base da vida ( desculpem, a base de sistemas funcionais) de uma forma de vida/sistema bastante diferente da nossa baseado em carbono. Se existem arredondando, 180 elementos na tabela, deveriamos divider 180 por sete que vai dar cerca 26 atomos que podem ser a base de 26 formas de vida diferentes da nossa. E cada uma sera uma estontante surpresa abrindo um leque para milhoes de coisas que ainda desconhecemos. Imaginem cada uma dessa colossal surpresa multiplicada por 26… e dentro deste nosso Universo…

 

Origens da Vida: Moleculas da vida encontradas em volta de estrelas novas

quinta-feira, agosto 3rd, 2017

xxxx

Site: EternosAprendizes.com > nao copia link

titulo: ALMA descobre ingredient da vida em torno de estrelas recem-nascidas

Veja porque a minha teoria explica mais racionalmente que a teoria academica, como e porque o sistema solar produziu a vida dentro dele

domingo, julho 30th, 2017

xxxx

No artigo com link e titulo abaixo, o autor faz um brilhante trabalho explicando informcoes cruciais para se entender o Sol. Porem, trata-se de uma interpretacao do Sol pela otica da academia cientifica desta era, e como sabem, tenho insistido que existe outra interpretacao mais logica e racional tendo-se em vista o que o sistema solar produziu aqui sob nossas vistas: a Vida! Acho que fui feliz num comentario postado no artigo chamando a atencao para este problema:

Fim do Sol

O Fim do Sol

http://fisicameuespacotempo.blogspot.com/2011/05/o-sol-um-dia-vai-acabar.html

O Sol um dia vai acabar?

E meu comentario postado no artigo:

Louis Charles Morelli – 30/Julho -07/2017

 Andre, perdao por invadir seu espaco, e com uma observacao “far away off the beam”, como alguns astronomos Americanos tem me dito. Mas se gostas de entender a natureza universal mais que defender as teorias humanas, forneco “good food for thought”. Voce diz no comentario que ainda tem muitos detalhes a acrescentar no texto acima, e penso que conheco todos, porem, mesmo assim, voce nao acha que essa teoria academica esta super-reduzindo a complexidade de dois astros – o Sol e a Terra – que juntos tinham todas as forcas e elementos naturais necessarios para produzirem a primeira celula viva dentro deles? Onde e qual era a forca ou elemento que transformou materia inorganica em organica? Qual a forca que dirigiu atomos terrestres a novas combinacoes resultando nas primeiras moleculas quimicas organicas? Qual elemento do sistema solar sabia se auto-replicar, ou ao menos ja continha os principios fisicos para tal mecanismo? E assim por diante… se o sistema solar nao tinha algum destes principios, teriamos que acreditar que algo veio de fora do sistema solar para produzir a vida na Terra, o que nao e’ la’ muito cientifico.
Pois bem. Com estas perguntas passei 7 anos estudando a biosfera amazonica, buscando tambem as causas de suas origens, e os resultados sempre apontavam que a luz solar trouxe muitas mais informacoes do que sabemos. Buscando como estas informacoes estariam inseridas nestes astros, acabei por desenvolver um diferente modelo ou teoria astronomica, o qual contem todas aquelas forcas e elementos necessaries para produzir o que vemos aqui. Mas claro, nao sou astronomo, e mero filosofo brasileiro, ninguem vai sequer pensar no assunto, entao so’ me resta deixar o tempo fornecendo mais dados para testar qual teoria esta certa. Se voce tiver interesse em ver um trabalho que parece for a de foco em relacao `a visao academica official atual, digite: http://theuniversalmatrix.com  Abracos….

Cientistas russos descobrem formas de vida na superfície da ISS

segunda-feira, junho 12th, 2017

xxxx

Cientistas russos descobrem formas de vida na superfície da ISS

http://hypescience.com/agencia-espacial-russa-descobre-formas-de-vida-na-superficie-da-iss/

TRAPPIST-1: Onde esta a maior chance da primeira descoberta de Vida fora da Terra. Panspermia?

sábado, junho 10th, 2017

xxxx

http://www.trappist.one/#

https://www.eso.org/public/unitedkingdom/images/eso1706o/

A size comparison of the planets of the TRAPPIST-1 system, lined up in order of increasing distance from their host star. The planetary surfaces are portrayed with an artist’s impression of their potential surface features, including water, ice, and atmospheres.

A size comparison of the planets of the TRAPPIST-1 system, lined up in order of increasing distance from their host star. The planetary surfaces are portrayed with an artist’s impression of their potential surface features, including water, ice, and atmospheres.

Enhanced interplanetary panspermia in the TRAPPIST-1 system

https://arxiv.org/pdf/1703.00878.pdf

We present a simple model for estimating the probability of interplanetary panspermia in the recently discovered system of seven planets orbiting the ultracool dwarf star TRAPPIST-1, and find that panspermia is potentially orders of magnitude more likely to occur in the TRAPPIST-1 system compared to the Earth-to-Mars case.

Nos apresentamos um simples modelo para estimar a probabilidade de panspermia interplanetaria no recente descoberto Sistema de sete planetas orbitando a ultrafria estrela ana TRAPPIST-1, e achamos que panspermia e’ potencialmente de grande magnitude para parecer mais possivel ocorrer em TRAPPIST-1 comparado com o caso de Terra-para-Marte.

As a consequence, we argue that the probability of abiogenesis is enhanced on the TRAPPIST-1 planets compared to the Solar system. By adopting models from theoretical ecology, we show that the number of species transferred and the number of life-bearing planets is also likely to be higher, because of the increased rates of immigration.

( continuar traducao)

 

Vida Extraterrestre: Nova teoria

sábado, junho 3rd, 2017

xxxx

Interessante artigo onde enviei o post copiado abaixo que esta aguardando aprovacao do moderador

Gizmodo

Hibernating Aliens Could Explain The Great Silence

Read more at https://www.gizmodo.com.au/2017/06/hibernating-aliens-could-explain-the-great-silence/#comment-3885145#pSublsCE04V1Zfsl.99

https://www.gizmodo.com.au/2017/06/hibernating-aliens-could-explain-the-great-silence/#comment-3885145

 

thematrixdna @thematrixdna

Reading all comments here, nobody remembered this possibility. Matrix/DNA Theory is suggesting that any advanced life form more evolved than human beings, will create its own environment, where a unique astronomical body performs the seven systemic functions performed today by the known seven kinds of astronomic bodies. Such final astronomical body and the physical structure of such life form, I think, can not be detectable by our current technology.
Stars, planets, quasar, pulsar, comets ,black holes, moon, each one has a specific systemic function that fits this life form needs. So, why not resume 7 into 1, having everything at the same time/space?
For understanding such astronomical body you need know the astronomical systemic model that works like the perfect automated machine, almost a perpetum motor, at my website.
People are forgetting that the first change when any new intelligent species does is about its environment, like humans changed the landscape of jungle into urban cities.

Algumas das Nebulosas Influencias que Minha Teoria esta Exercendo no Mundo Hoje

domingo, março 12th, 2017

xxxx

Do meu post publicado no meu Facebook em Mar/03-12-2017

 Louis Charles Morelli – Mar/03-12-2017

 

 

 

Minha teoria sendo usada num projeto de 100 milhoes de dolares!

Fiquei sabendo por acaso, surfando na Internet. Procurei pela sigla “Matrix/DNA” no Google, porque so eu uso esta sigla e descobri-a mencionada num jornal Americano de New Hampshire. Ali esta a copia de um comentario que postei num jornal e de um artigo que escrevi no meu website. Inclusive com todos meus erros de ingles, o trecho foi copiado fielmente, em ingles.

A unica e primeira pessoa no mundo que disse que os astros como a Terra tem uma existencia que imita o ciclo vital humano, fui eu, como resultado de meus calculos e modelos na selva amazonica, estudando os sistemas que compoem aquela biosfera – e cujas questoes me remeteram a questionar algo que eu nunca pensei que faria: o Cosmos! Porque e’ impossivel entender a cria (a nossa biosfera terrestre), sem entender o criador – o Cosmos. E o trecho no jornal fala desta minha teoria.

Um milionario excentrico fez uma doacao de 100 milhoes de dolares para uns cientistas que tem um projeto para procurar vida fora da Terra. Minha teoria da Matrix/DNA faz algumas sugestoes nao pensadas pelos cientistas, e ate’ agora ainda nao descobri como acharam minha teoria e porque esta mencionada no jornal. E infelizmente, sozinho e sem as necessarias condicoes para tocar meu projeto com eficiencia, tenho que ficar calado. Mas meus amigos do Facebook sao testemunhas. Clique no link abaixo e veja este meu texto que esta ali copiado.

Ha 5 anos atras um famoso radialista e evangelico dos USA criou um website para criar um novo movimento baseado na … (segundo suas palavras)… “fantastica descoberta da formula de Deus para criar o mundo, por um autor desconhecido…” Os ateus dos USA e Inglaterra deram em cima, combateram, ameacaram-no de plagio usando meu nome, e ele teve que parar seu website. E eu tive que ficar assistindo, calado!

“The study proposed a model Matrix/DNA model which the researchers think could tell how to look for aliens in space.
“It suggests that planets are developed by the life’s cycle process, suggests the ideal age and conditions a planet must have to harbor biological life, and suggests the ideal slice of electromagnetic radiation frequency/variation that could permitting planets to self-communicating”, said a researcher, René Heller. Various spacecraft and telescopes captured many images and data on Cosmos that do not hint life could be there. It suggests that the current models that astronomers are using are wrong.”

Study proposes Novel Method to Hunt for Aliens Looking at Us

Submitted by Jeanne Rife on Wed, 03/02/2016 – 15:21

http://nhv.us/content/16034673-study-proposes-novel-method-hunt-aliens-looking-us

Study proposes Novel Method to Hunt for Aliens Looking at Us

 

Origens da Água na Terra: Novas Descobertas Sao mais Evidencias para a Teoria da Matrix/DNA

domingo, janeiro 29th, 2017

xxxx

 

Os caras estão mais perdidos que cego em tiroteio, e como nos, da Matrix/DNA, continuamos acertando todas nossas previsões, estaríamos rindo de segurar a barriga, porém, estamos furiosos por estarem prejudicando a evolução mental da humanidade.

Para entender-mos a nossa existência neste planeta precisamos entender a existência do planeta, seu lugar no contexto do Cosmos. Mas para este entendimento precisamos de informações, e informações sobre coisas tao distantes dos nossos limitados cinco sensores cerebrais, são difíceis, exigem muita investigação, cientifica.Enquanto não acha soluções para fenômenos e eventos naturais distantes da nossa percepção, os humanos inventam misticas, fantasias, pois a humanidade esta’ na sua infância coletiva a qual imita a infância imaginativa e magica individual, de toda criança. Assim surgem as invenções de deuses… e de gerações espontâneas, ao acaso, de fenômenos sólidos concretos, como é o nosso planeta.

Infelizmente esta infância mental inventa suas fantasias e elas dominam a educação escolar até nossas universidades modernas. Ali é ensinado que nosso planeta se formou quando uma nebulosa de gás e poeira formou o Sol e da sobra desse material surgiu a Terra… tudo muitíssimo simples, espontâneo, ao acaso. Por outro lado, nos, da Matrix/DNA tivemos que trabalhar dia e noite arduamente por 30 anos investigando as origens e formação deste planeta, e chegamos a uma teoria totalmente diferente e muito, muitíssimo complexa. Ora, o principal motivo nesta brutal diferença dos resultados finais, é que eles começaram seus cálculos a partir de outra teoria nas origens do Universo – o Big Bang – e continuando a calcular os passos evolucionários seguintes desta ” grande explosão”, chegaram a tal nebulosa de gaz e poeira e com ela tiveram que calcular como nela surgiria um planeta. Enquanto por nosso lado, primeiro observamos o planeta aqui e agora, tudo o que ele produziu, inclusive e principalmente a vida biológica, e juntando todas as forças e elementos da vida mais o que se sabe de fato concreto do Cosmos, descemos do futuro em relacao ao passado para chegar ao estado do mundo que produziu este planeta. Nos começamos do presente e não do passado remoto porque apenas sabemos com alguma certeza o que existe no presente. A incrível complexidade dos produtos deste planeta não poderia deixar ninguém, em sã consciência e racionalidade, acreditar que o mundo que o fez e o método com que o fez tenham sido de tanta simplicidade.

Bem,… a bom tempo, desde que se começou a fabricar instrumentos que funcionam como extensões dos nossos sentidos para perceber os invisíveis micro e macrocosmos, eles vem levando cacetadas atras de cacetadas, a cada dia que um Hubble da vida passeando nas fronteiras do nosso sistema manda uma imagem do Cosmos. As imagens não batem com seu modelo teórico, mas apesar de tantas cacetadas, ao invés de recalcularem o modelo e procurar outro, ficam remendando-o fazendo da teoria uma colcha de retalhos já impossível de sustentar-se. Enquanto isso, a nossa voz miúda que não alcança as universidades, continua anunciando como cada imagem esta batendo com nosso modelo. Ate quando imagens começarem a negar nosso modelo, mas ai não teremos problema nenhum em abandona-lo ou reforma-lo a luz das novas informações.

Um dos maiores problemas que se apresentou a teoria acadêmica trata da existência da água neste planeta. Se ele foi formada como sobra do Sol, no meio de uma nuvem de gaz e poeira, como surgiu esta imensa quantidade de água que é maior que o volume de todos os continentes juntos?! Apenas isso seria fato suficiente para desacreditar-mos de nosso modelo e partir para buscar onde erramos. Mas não. O ego, o presente status social, as privilegiadas condições sociais em que acomodaram suas vidas, jamais os permitira sequer pensar que teriam de chegar aos estudantes e mandarem esquecer tudo o que ensinaram, jogar os textos do curriculum escolar no lixo, e terem que reaprender tudo de novo, depois de terem atingido a meia-idade… Imagine se Platão chegasse um dia a seus discípulos e dissesse que descobriu que seus ensinamentos sobre geração espontânea da vida estava toda errada… Ele cairia no descredito imediatamente, estaria morto e hoje ninguém ouviria seu nome.

E quando nos debates pergunto a um especialista… ” E a água?” ele fica irritado e responde algo que poderia ser traduzido assim: ” Eu gosto, só como farofa, não suporto comer mingau. Então não venha botar água na minha farofa transformando-a em mingau que eu prefiro morrer do que comer mingau.” E se agarra a sua farofa protegendo-a com unhas e dentes. Mas… e a água?

O nosso modelo de formação da Terra não tem nenhum problema com a água, alias, obrigatoriamente ela tem que existir, segundo o modelo. Por que os nossos planetas não foram formados como sobra de estrelas – ao contrario, eles carregam o germe de uma estrela em seus núcleos. Não foi formada numa nebulosa de gaz e poeira apenas, havia muitos outros elementos e forças. E ele veio de longe, tao longe que atravessou nebulosas de poeira congelada, a qual se agregou a sua superficie, e quando caiu na orbita de uma estrela quente, o gelo simplesmente derreteu, formando os oceanos que quase cobrem toda a superficie. A água esta do nosso lado, como mais uma evidencia arrolada a favor do nosso modelo.

Mas,… se qualquer extraterrestre racional iria ficar horrorizado ao ouvir falar que gás e poeira ao redor de uma estrela quente gera água, os nossos acadêmicos, e gerações mais gerações de estudantes, engole a absurda proposta sem qualquer raciocínio. Não é de se surpreender, se estes mesmos acadêmicos e estudantes elegeram a pouco como best-seller um livro que chama-se ” O Tudo Veio do Nada”. Esta na moda, é a onda do momento, o que faz os que o pronunciam nas rodas de botequim como um intelectual respeitado. Porem, existem as exceções que ainda de alguma maneira conseguem manter um pouco de controle sobre suas propriedades mentais, e estes não engoliram tao fácil o absurdo. Sentiram-se incomodados, suspeitaram da “verdade cientifica”. Porem, como também estes estão com os seus neurônios compactamente configurados pela visão de mundo explosivo com seu Big Bang ao acaso, não puderam atinar com algo mais racional e remendaram a teoria com outro absurdo: a água no planeta veio de colisões com cometas que eram ricos em água… Meu Deus, tenha a santa paciência! E’ a onda do momento, quem repete isso é expert, a nata da intelectualidade mais moderna!

Acontece que,… se o cérebro humano é produto natural de matéria mole e de uma  biosfera que teve origens caóticas, portanto ainda apresentando muitos defeitos, este mesmo cérebro tentou se reproduzir tecnologicamente com matéria mais dura, na forma de computadores. Estes cérebros eletromecânicos – apesar de também serem milhões de anos-luz fora da realidade natural – não conseguem fazer tanta besteira como faz a matéria mole. E então nesta semana alguns tecnólogos produziram uma simulação computacional de como seria as origens do planeta, e, a água apareceu! La’ nos primeiros momentos da formação do planeta! Raios… mas então não existiu bombardeio pesado de cometas aguados!

Aconteceu o seguinte. Em 2014, pesquisadores japoneses testaram algumas reações químicas baseadas em hidrogênio liquido e quartzo, que é o mais comum e estável forma de sílica nesta parte do planeta, sob altas pressões e temperatura. Depois, uma equipe da University of Saskatchewan no Canada raciocinou que se estas reações ocorrem com sílica e ela esta no interior do planeta, no manto, então porque não fazer uma simulação computacional desta reação acontecendo justamente naquele lugar? Fizeram isso e descobriram surpresos que no manto a reação produz… água! Claro, é apenas simulação computacional, o mapa nunca é real como o território, mas as vezes a simulação pode se aproximar bastante do evento real.

Este material nestas temperaturas e pressão existe entre 40 a 400 quilômetros de profundidade. Então imediatamente perceberam que o nosso planeta não é apenas azul quando visto do espaço, mas é azul também de dentro para fora…

O resultado da simulação ganha mais força quando lembramos que estudos realizados nos últimos anos encontraram evidencias da existência de vários oceanos plenos de água comprimidos em rochas tao profundas quanto os 1000 quilômetros. E então o responsável pela equipe diz que “esta pesquisa sugere que a água do planeta veio de dentro,… apesar de que ninguém de nos sabe ainda exatamente como isso aconteceu”.

Bem, segundo sugere o nosso modelo de formação da Terra, o seu núcleo esférico era pequeno quando começou a crescer devido ser agregado por detritos e poeira congelada a mediada que atravessava a zona de eventos logo apos o vórtice nuclear e portanto, este gelo pode ter milhares de quilômetros de profundidade. Mas o gelo também estava na superfície quando o planeta se aproximou do Sol e seu calor começou a descongela-lo na forma de rochas e água, portanto, a água veio de dentro e de fora também.

Fica registrado o artigo ( link para o paper que originou este artigo, abaixo), como mais uma evidência a favor da Matrix/DNA Theory. E lembrando mais uma vez que não vamos entender nossa existência aqui senão entender-mos o planeta e a galaxia que nos fez dentro dela. Mas para isso a Humanidade precisa amadurecer para deixar de ter sua mente povoada de fantasias como as mentes de nossas crianças. Por isso gasto meu tempo com estes assuntos astronômicos, que não era meu proposito no inicio da minha investigação.

Apenas mais um adendo:

O artigo diz que: “Water formed in the mantle can reach the surface via multiple ways, for example, carried by magma in the form of volcanic activities.”

Sim, e chego até mesmo a suspeitar de algo estarrecedor. Essa água no interior do manto e tao próximo do núcleo efervescente, recebendo aquele imenso calor, pode estar se evaporando no inteiro do planeta e chegando na superfície, e dai para a atmosfera no estado de vapor e… não estaria ai a principal causa do famigerado efeito estufa?!

NEWScientist

27 January 2017

Planet Earth makes its own water from scratch deep in the mantle

https://www.newscientist.com/article/2119475-planet-earth-makes-its-own-water-from-scratch-deep-in-the-mantle

xxxx

paper:

http://Journal reference: Earth and Planetary Science Letters, DOI: 10.1016/j.epsl.2016.12.031

xxxx

paper dos pesquisadores japoneses:

Restricted access

Formation of SiH4 and H2O by the dissolution of quartz in H2 fluid under high pressure and temperature

http://ammin.geoscienceworld.org/content/99/7/1265

These results indicate that the chemical reaction between dissolved SiO2components and H2 fluid caused the formation of H2O and SiH4, which was contrastive to that observed in SiO2–H2O fluid. Results imply that a part of H2 is oxidized to form H2O when SiO2 components of mantle minerals dissolve in H2 fluid, even in an iron-free system.

xxxxx

meus comentarios publicados na midia:

https://www.reddit.com/r/science/comments/5qjvyv/planet_earth_makes_its_own_water_from_scratch/

Planet Earth makes its own water from scratch deep in the mantle from science

TheMatrixDNA  – 1/29/2017

Ok. The existence of water in this planet has been a puzzle only because the theory of planet formation is wrong. My astronomic model – The Matrix/DNA Theory – suggests a different process for planet’s formation and in this process, water was present at the formation as in the whole interstellar space, and still can come from within. And it does not need these elevated pressures and atmosphere

xxxx

Louis C. Morelli, New York, United States, 1/29/2017

Read more: http://www.dailymail.co.uk/sciencetech/article-4165242/Earth-makes-water-deep-mantle.html#ixzz4X8sjUojw