Archive for the ‘Vídeos Cientificos’ Category

Sistema Imunológico: Como a Natureza o Inseriu nos Sistemas Biológicos?

sexta-feira, março 17th, 2017

xxxxx

Vídeo da batalha entre vírus e anticorpos. Mas antes de assistir…

A humanidade esta’ pagando um preço muito caro por ainda não ter entendido a Natureza. Milhões, bilhões de humanos continuam sendo barbaramente torturados por doenças absurdas sem que a nossa Ciência nada consiga fazer para salva-los. Mas a Ciência não tem culpa disso, ela oferece a visão e os instrumentos suficientes para esse entendimento da Natureza. A culpa esta sendo dos humanos, cuja racionalismo esta empacado pela mistica. Soma-se `a esta imaginação infantil criadora de fantasias que impede a humanidade sair de sua infância e entrar na fase adulta, os interesses mesquinhos materiais e a arrogância dos humanos que se apoderaram da Ciência. A Natureza se abre como um livro para o estudante humilde e bem intencionado, mas para entende-la é preciso uma razão muito naturalista e concentrada no esforço de aprender com admiração, pois nas suas profundezas a Natureza universal, que produziu átomos, galaxias, elefantes e humanos, é muito, mas muito complexa…

Um exemplo é a moda cientifica atual de procurar e delegar as doenças a genes, um pequeno amontoado de átomos. genes teriam propósitos, como o de dirigir organismos complexos a se reproduzirem, sendo que genes não possuem o menor resquício sequer de algum principio de sistema nervos, quanto mais inteligência para ter propósitos para o futuro…Assim nunca vão erradicar as doenças mortais que a milênios estão ai’, torturando e matando humanos. Enquanto isso, esta’ visível que os genes pertencem a um sistema – o DNA – e que agem por comandos deste sistema. Mas a inteligencia humana se desviou do foco em sistemas naturais a seculos, e sem conhecer algo de sistemas naturais não se vai nunca descobrir a causa destas doenças.

Temos aqui outro exemplo, um vídeo tecnicamente muito bem feito, porem, revelando um conhecimento superficial que jamais resolvera’ o mal que ele relata.

Não faça como todo mundo, tal como se estivessem assistindo uma batalha mas sem saber quais países estão guerreando, quais armas e meios de comunicação estão sendo aplicados, sem conhecer os generais e presidentes dos países, porque estão guerreando, etc… No final, você viu uma batalha, viu o território onde foi realizada, mas saiu sem saber mais nada. E você ouviu um narrador contando a batalha, sem explicar nada.

Lembre-se que células e vírus nem sistema nervoso possuem, quanto mais um cérebro, o qual seria necessário para explicar as operações complexas nesta batalha. No filme, uma simples célula, sai de um rio de sangue, sobre nas margens, atravessa um longo território, passa por milhares de outras células, e vai diretamente sobre uma célula, adentra-a e la dentro encontra o que saiu a buscar: vírus. Ora, nem macacos com cérebros conseguiriam fazer isso, talvez nem humanos sem aparelhos técnicos. Mas para ela se decidir a sair do rio, recebeu antes a visita de uma outra célula que lhe trouxe uma ordem de comando para fazer aquilo. Ora, células não poderiam se comunicarem desta maneira.

Então qual a causa desta batalha que se torna tao complexa apenas imitada por humanos inteligentes? A resposta é simples, porem desconhecida de todos os envolvidos nestas observações. Acontece que cada célula possui átomos e estes, elétrons. Estes elétrons são invadidos por partículas de luz, chamadas fótons, como estas que vem do sol. Estes fótons vieram de um sistema completo e funcional, muito simples (abaixo mostrarei a face deste sistema). O sistema de onde vieram foi fragmentado em seus bits-informação, registrados nestes fótons, cada fóton é uma informação que continua ativa, e quando se encontram em qualquer outro lugar, tendem a se enfileirarem numa sequencia ordenada que é a mesma sequencia de posições que estavam no sistema desfeito. E assim tentam reconstruir materialmente o hardware, a arquitetura física, do sistema de onde vieram. Se o sistema reconstruído é uma célula, ela vai contem uma rede de network formada por estes fótons dentro dos elétrons de suas organelas e demais substancias. Depois de construírem as células, estes fótons usam-nas para construir organismos, pois buscam repetir a incrível perfeição do sistema de onde vieram.

Você vai assistir uma batalha dentro de um organismo, entre células e vírus. Os vírus também não sabem o que fazem, eles jamais teriam a capacidade para sair de um meio formado de células para entrarem num rio de sangue e irem pescar diretamente apenas um tipo único exclusivo de peixe, chamado de célula CD4.

Tanto células como vírus estão aqui movendo-se sob o comando de uma entidade de um sistema, na forma de uma maquina quase perfeita. Cada tipo de célula ou vírus representa uma peça dessa maquina, e peças funcionam sem intenções, percepções, inteligencia. Elas não se movem por si mesmas, são movidas pela engrenagem, e determinadas a fazerem um tipo de movimento. Depois do vídeo vou apresentar o sistema de onde vieram as informações que compõem o quadro onde se realiza a batalha. Você vera que neste sistema, e a bilhões de anos atras, muito antes das origens de células e vírus, a peça representada pelos vírus são movidas de uma posição e dirigidas para um único local exato. Então a célula alvo dos vírus, representa naquele sistema, a peça que esta naquele local naquele momento.

Apenas conhecendo-se a formula dos sistemas naturais, a formação de sua identidade e capacidade de controle do todo interno, mais seu aspecto hardware/software, realmente se entende e conhece este processo complexo. A unica outra alternativa racional seria a de uma montagem inteligente, porem, tendo-se conhecimento da formula não se necessita desta alternativa… a não ser que a formula – que surgiu no meio desta Natureza impressa em ondas de luz desde o Big Bang – tenha sido criada com inteligencia alem deste Universo.

Bem, aqui esta a “alma” do sistema que criou vírus, células e organismos.

E o desenho do circuito do fluxo interno de informação da fórmula da Matrix/DNA na sua versão de sistema perfeito fechado, na forma de diagrama de software

E o desenho do circuito do fluxo interno de informação da fórmula da Matrix/DNA na sua versão de sistema perfeito fechado, na forma de diagrama de software

Já foi detectado que os vírus são os representantes biológicos da função 5, ou F5. Produzidos em F4, se dirigem a F1. Então a célula alvo na corrente sanguínea esta’ representando F1. Os vários tipos de células que formam o sistema de defesa são peças formadas na sequencia desta formula pelo processo do ciclo vital. Então temos que identificar qual é F2, F3, e assim por diante. Quando o vídeo diz que a célula tal se dirige a outra célula tal e lhe passa uma informação é preciso entender que são representantes de duas funções vizinhas no circuito da formula. Uma célula, digamos, F2, se dirige apenas a F3, sem possibilidades de errar, pelo mesmo motivo que o ciclo vital faz com que a forma criança de um humano se dirija a forma de adolescente e esta a forma de adulto, pois não teria como um adolescente errar e ir para outra forma senão a de adulto.

Uma questão ainda não respondida pela Matrix/DNA. O nosso ancestral sistema astronomico, na sua forma de sistema fechado, não realizava qualquer troca com o mundo externo, portanto, devia ter um mecanismo impedindo invasores. Mas provavelmente se tratava apenas de um campo magnético, assim como o planeta Terra se defende. Existiria outro mais eficaz?

Porque senão existia, o sistema de imunidade biológica foi um salto demasiado grande na evolução… não vejo a base solida para dar esse salto. E como não vejo uma função sistêmica capaz de exercer esta função de defesa, suspeito que isto seja produto da entidade do sistema.

Observando o vídeo:

  1. A corrente sanguínea imita o circuito esférico da formula para sistemas. Enquanto no circuito trafega energia e fótons na forma de informação, na corrente sanguínea trafegam muitos elementos, como nutrientes, células, etc.
  2. A entrada de vírus na corrente seria como a entrada de meteoritos ou qualquer outro invasor dentro do circuito astronomico. Desde que o circuito é um corpo rolando no espaço/tempo, estes invasores também no sistema astronomico adentram o corpo do sistema.
  3. Porque os vírus atacam o Linfócito CD4 (pesquisar), e não os outros elementos? Porque atacam diretamente os policias, os soldados do organismo? O que os informa, ou como eles sabem que são os soldados e não os civis, os primeiros a serem eliminados? Porque vírus e linfócitos são opostos entre si? Ou seria uma relacao predador/presa? Tera’ o linfócito, e apenas ele, um tipo de nutriente preferido pelos vírus? ( Ver a composição atômica e molecular dos dois).
  4. Com a morte dos linfócitos, macrófagos são atraídos pelos vírus. O que produz os macrófagos e como sabem que tem vírus? Pesquisar ou rememorar o que são macrófagos. Morreu a infantaria, agora vem a policia montada.
  5. Macrófagos passam uma informação aos linfócitos CD4, os quais se ativam. Ora isto é uma network! Coisa da entidade do sistema. Mas o que significa passar informação e o que significa ficar ativado, a nível molecular?
  6. Linfócito CD4 informa linfócito B e CD8 para ficarem ativados… ( eles não possuem radio ou telefone, tem que ter mensageiro levando as mensagens em mãos). Isto esta’ parecendo mais uma repetição do ciclo vital. Seriam as varias formas de linfócitos produzidas na sequencia do ciclo vital?
  7. Linfócitos CD8 saem da circulação sanguínea… Sera’ que vão combater os vírus no local que entram para invadir?
  8. Hummm… vão para as células infectadas pelos vírus. Apenas quando os vírus entraram na corrente sanguínea alertaram o sistema de defesa. Quer dizer que este Sistema não capta quando as células são invadidas?
  9. Os CD8 matam as células infectadas com vírus! Bons médicos…
  10. Linfócito B vai ao gânglio para produzir anticorpos… O que são gânglios? Como eles se encaixam na formula da Matrix/DNA? Como esse linfócito sabe que tem de ir la? E os linfócitos já não são, em si mesmos, anticorpos?
  11. Linfócito B sai dos gânglios carregado de anticorpos… e volta para a corrente sanguínea. Hummm… fazendo o papel de RNA-mensageiro e RNA-transportador?
  12. Então foram ativados dois tipos de linfócitos: um tipo para matar as células infectadas, e outro para produzir anticorpos e atacarem os virus dentro da corrente sanguínea… Mas os anticorpos não matam os virus, apenas os cercam, neutralizando-os. Entao vem os macrofagos que comem os virus na corrente. FIM

Raios! O que significa “inteligencia”? Senão um método complexo de apresentar resultados? E não acabamos de assistir um método complexo apresentando resultados? Eximias estrategias militares. Qual a diferença entre o método destas pequenas criaturas e o método dos humanos? Então existe inteligencia no mundo microcósmico? E antes das origens do homem?  Seriam estas pequenas criaturas, células, vírus, inteligentes?

Tem algo desconhecido ai’. Tem uma inteligencia dentro deste meio ou atuando neste meio desde fora. Se estiver dentro do meio, significa que a Natureza é e sempre foi inteligente, mesmo antes das origens do homem. Então… o que é “Natureza”? Mas se tiver fora… Seria a tao sugerida face software que a Matrix/DNA esta’ sugerindo existir em todo hardware-sistema? Tambem natural, porem imperceptível aos nossos sentidos?

xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx

Pesquisa: (ver linfócitos,macrófitos,gânglios)

  1. Linfocito CD4:

 

Linfócito é um tipo de leucócito (glóbulo branco) presente no sangue. São produzidos pela medula óssea vermelha, através das células-tronco linfoides…

Obs: Bem,… então antes temos que ver o que é leucócito.

Os leucócitos, também conhecidos por glóbulos brancos, são um grupo de células diferenciadas a partir de células-tronco pluripotenciais oriundas da medula óssea e presentes no sangue.

Obs 1: medula óssea, base da produção do sistema imunológico, seria o campo do campo magnético?

Obs 2: as células troncos não devem serem diferenciadas, seriam as primeiras células formadas na fecundação. A partir delas começa a diferenciação celular mas veja no quadro seguinte algo bem interessante:

xxxx

Obs: As primeiras células não são diferenciadas entre si, portanto iguais – e que devem formar a morula – se diferenciam em apenas dois tipos de células, as quais são ainda indiferenciadas. Um tipo, a mieloide, é que vai se desdobrar nas muitas células diferenciadas que vão compor a estrutura sistêmica e funcional do organismo. Mas o outro tipo é o grande mistério. Ele parece surgir como um ramo lateral vindo de algo estranho `a estrutura. E’ a célula indiferenciada linfoide. A partir dela vai surgir vários tipos de células diferenciadas, mas todas tem como unica função a defesa do sistema. Isto parece uma nova invenção no Universo, o mecanismo de auto-defesa ( porem a Matrix diz que isto não pode acontecer, este Universo não pode produzir nova informação do nada). A não ser que…

Isto me lembra o planeta Terra. Ele foi formado por material visível – poeira gazes – formando uma mistura indiferenciada e esta vai produzir a estrutura do planeta, vai se diferenciar em rochas, água, etc. Afora isso, e depois de estruturado surge um segundo elemento, invisivel, que parece vir de fora da linhagem hereditaria solida dos astros: o campo magnetico. E este exerce a funcao de defesa do planeta.

Isto sugere que … A CELULA TRONCO TENHA UM CAMPO MAGNETICO…!!!

Ou uma substancia biologica que imite ou represente os campos magneticos?

Não gosto disso. Parece que estou descambando para a metafisica. Mas busco a verdade, esta esta’ com o Universo, e o Universo esta’ pouco se lixando para o que eu gosto ou não…

Bem,… em varias outras situações a formula tem sugerido que todos os sistemas naturais tem como contrapartida um campo magnético, inclusive sistemas vivos. O qual – e aqui avançando muito na especulação – poderia ser a “identidade do sistema”.

Devo continuar este estudo. Parei na Wikipedia vendo leucócitos e linfócitos… 

Espetacular Video sobre a Divisão Celular, revela também a Posição dos Seres Vivos entre Diferentes Dimensões

sábado, junho 11th, 2016

xxxx

https://www.facebook.com/biologicasemacao/videos/1130516543635328/

E possível ao ser humano, com seu atual estagio de inteligencia, encontrar respostas para as antigas perguntas do ” quem somos?”, “o que somos?”, “para que e porque estamos aqui?” Eu encontrei mas não vou dar as respostas, pois elas so serão acreditadas se a pessoa encontra-las por si própria. Existe um método de pensar, raciocinar, que nos leva de encontro as respostas aquelas perguntas, o que vou fazer e’ explicar este método. Vamos começar com uma analogia:

Em um oceano muito grande existem duas ilhas, uma ao norte e outra, a milhares de quilômetros, ao sul. De repente nossos satélites informam que as duas ilhas estão se mexendo, se transformando. Depois de algum tempo, uma ilha se tornou uma fechadura e a outra, uma chave. Então as ilhas começaram a se moverem uma na direcao da outra e… a chave encaixou perfeitamente na fechadura!

Raios! Inacreditável! A primeira incógnita ocupando a cabeça dos humanos sera’: quem fez isso? E porque se perguntara’ quem fez isso? Porque sera’ evidente a todos que as ilhas não fizeram isso por si mesmas. As ilhas não tem inteligencia e não se comunicam para planejarem uma atuação visando um objetivo comum `as duas. Esse objetivo comum tem que ter vindo de um terceiro, oculto elemento.

Seria inacreditável, porem isso esta ocorrendo a todo momento na Terra e debaixo de nossos narizes. Quando um feto tem 3 meses ele não tem a genitalia sexual. São todos iguais, não se pode dizer que um e’ feminino e outro e’ masculino. Porem depois cada feto se desenvolve para um lado sexual. E um baby nasce na America do Norte como uma mulher ( a fechadura) enquanto ao mesmo tempo outro baby nasce na America do Sul como homem ( a chave). Tanto que em todas as populações, o equilíbrio entre números de machos e fêmeas e’ comum, e ninguem sabe explicar como os genes produzem estes números iguais. Ora, fetos não se mexem e desenvolvem aparatos sexuais por si próprios e muito menos aparatos que vão ser a metade exata complementar de outro feto que ele  não sabe existir. Isto foi feito por alguém escondido, oculto, um terceiro elemento, com certeza. Mas quem?

No caso sexual, a universal dicotomia entre opostos simétricos ocorre a olhos vistos. E sabemos a causa dessa dicotomia: aconteceu que a primeira célula, o primeiro ser vivo era hermafrodita, continha os dois sexos. depois este organismo se dividiu, ficando cada parte com um lado do sexo. Como o hermafrodita era um organismo de um único tamanho, peso, etc., e’ claro que suas partes sexuais tinham as mesmas dimensões, ou seja, eram perfeitamente complementares,. E essa complementaridade passou para os herdeiros divididos. Então aqui o mistério foi resolvido, o elemento oculto que tinha o plano da transformação e complementaridade foi o antepassado hermafrodita.

Mas existe um outro caso onde isso tambem ocorre… todo mundo o conhece. Porem, ninguém la fora desta sala sabe quem e’ o terceiro elemento oculto. So o descobrimos depois da formula da Matrix/DNA. Em dado momento, dentro do núcleo de uma célula, uma especie de linha chamada cromátide, começa a se transformar, a se espiralizar. Para um observador vivendo no oceano nuclear, aquilo não faria sentido, afinal, esta se espirilarizando para que? Porem, ao mesmo tempo, muito distante do núcleo ou ilha celular, tem outra ilha que tambem começa a se transformar. E’ o centríolo. De repente ele começa a desenvolver tentáculos, chamados de fusos. Outro observador ali por perto tambem ficaria sem entender nada.

Mas passa-se algum tempo, estas duas ilhas começam a se moverem uma na direcao da outra, os fusos agarram uma haste e puxam-nas separando em duas, que serão a razão dos organismos se reproduzirem, crescerem e reporem células perdidas, um fundamental e muito importante objetivo comum aqueles dois corpúsculos.  Ora, centríolos são meramente um punhado de átomos, eles não tem a menor inteligencia, atuam automaticamente. O mesmo acontece com os cromossomos. Um não tem a menor consciência da existência do outro. Então, quem foi o terceiro elemento oculto?

Hein?!

A resposta a este mistério vai elevar o ser humano `a capacidade de encontrar no Cosmos – num nível de tempo e de espaço na escala astronômica – talvez 70 ou 80% da resposta aquelas perguntas de ” quem somos?”, ” o que estamos fazendo aqui, para onde vamos?”

Pois vejamos.

A dez bilhões de anos atras, começou a se formar no espaço celeste, esta galaxia denominada por nos de Via Láctea. Existia uma nebulosa esparsa de átomos. Devido a rotação de outras galaxias e talvez do Universo, esta nuvem de poeira e detritos começou a girar em si mesma. Isto fez com que aparecesse no centro uma especie de ralo, ou rodamoinho, como forma a água rodopiando na pia. Com o tempo, este tornado foi se ampliando de maneira que toda a nuvem era um so rodamoinho. Mais algum tempo, e este cone espiral foi se dividindo internamente em dois cones – o cone central e o cone formado pela região periférica – devido ao jogo de forças centrifuga e centrípeta do sistema, e as linhas circulares ou forças desse rodamoinho se quebravam, separando-se formando uma especie de aranha com pernas, ou tentáculos. Ou seja, a forma da galaxia hoje com seus bracos espiralados. Mas podemos dizer que hoje a espiral, o ralo esta no centro, enquanto a sua volta estão os… fusos. O mais interessante que e’ que da interação entre a periferia com estes fusos e outros elementos e o centro com seus elementos produzem tambem a reprodução, ou auto-reciclagem, das galaxias. Portanto, vemos um único processo ocorrendo tanto numa célula como numa galaxia, e nos dois casos o processo tem a mesma finalidade. Claro, pela logica tinha que ser assim.

Acerca de 3,5 bilhões de anos atras, essa galaxia atacada pela entropia começou a se fragmentar e radiar seus bits-informação que cairão na superfície de planetas como a Terra. Estes bits trabalharam como genes tentando reconstruir ou reproduzir o sistema de onde vieram, a galaxia. Porem, aqui era tudo diferente do espaço celeste e a galaxia se saiu na forma de uma célula viva. Isto tudo esta’ detalhadamente explicado neste website.

Nos viemos – o DNA veio – de um ancestral que tem a imagem de algo espiralado no centro e envolvido por fusos que puxam esta espiral devido a força centrifuga do núcleo que ao alcançar o cone periférico se torna uma força centrípeta.  O jogo entre estas forças se torna a homeostase, o equilíbrio do sistema. E’ a mesma cena que vemos acontecendo entre as cromátides e os centríolos. Então quem foi aqui neste caso, o terceiro elemento oculto? Novamente, foi um nosso ancestral. Centríolos e núcleos celulares podem ser um mero punhado de átomos, separados, porem fazem parte de um único e mesmo sistema, um sistema celular, a identidade abstrata dos sistemas que coordena os movimentos complementares de suas partes internas. Mas sabemos que um mero estupido sistema celular não teria se inventado sozinho e com toda essa complexidade. E para que pensar e apelar a magicas, quando agora conhecemos o sistema ancestral do celular, e como os dois se assemelham em quase tudo? No céu existem partes da Matrix/DNA na forma espiral nos núcleos, e fusos nas periferias, também. Ai esta’ o elemento oculto.

Um detalhe a ser lembrado aqui e’ que esta nova maneira de ver a coisa toda esta’ sugerindo que dentro de uma célula existe um campo de forças e uma identidade abstrata de sistema que atuam na reprodução celular, como sendo um campo eletro-magnético semelhante ao do planeta. Nosso atual conhecimento cientifico nada captou disso, não tem conhecimento desta dimensão de eventos dentro das células. Por outro lado temos doenças milenares que continuam incuráveis, sendo produzidas por defeitos nas operações destas células, ou do organismo inteiro como sistema. Estes elementos sendo apontados agora estão envolvidos no fantástico fenômeno de um corpúsculo se transformar ao mesmo tempo que outro para os dois atingirem uma meta comum futura. Estão envolvidos nas raízes mesmas destas doenças. Então não se admire que ate agora estas doenças não foram definitivamente eliminadas. Ainda existem elementos desconhecidos pela Ciência dentro das células.  Mas a formula da Matrix/DNA nos fornece agora um mapa muito mais nítido da célula. Com um mapa melhor, estaremos melhor equipados para localizar o que precisamos.

Com isso a mente humana deu um salto gigantesco na direcao das respostas a suas questões existências. Ja não e’ mais ” quem somos’, de onde viemos”, etc., limitando esta pegunta a um individuo existindo aqui e agora. A Ciência já andou ampliando essa pergunta para ” o que e’ a vida, de onde ela veio, para onde vai?”

Agora já não faz mais sentido perguntar o que e’, de onde veio, para onde vai,… os corpos humanos, ou a vida. Agora estas perguntas se aplicam a “sistema, natural”. E não são perguntas aplicadas a quem são ou o que são todos os sistemas naturais. As perguntas se aplicam a um único ” sistema natural”. Um sistema que começou com o Big Bang, passou pela forma de átomo, de sistema estelar, de galaxia, de vegetal, de réptil, de humano e agora esta entrando na forma de auto-consciência. Não interessa que em cada uma destas formas ele se multiplicou em muitas copias, formou especies, etc. O que interessa e’ que neste Universo esta existindo um único sistema “universal”, que esta evoluindo sob as regras do ciclo vital, tal como nossos corpos passaram por varias formas – desde a forma de morula, blastula, feto, criança, adulto, etc. E nos humanos, ao menos aqui nesta região do Universo e nesta idade do Universo, somos a forma ápice, a mais evoluída deste sistema universal. Foi ou não um gigantesco salto na direcao das respostas finais? E nossa inteligencia avança-se para ainda mais proxima da resposta ultima quando percebemos que todo este processo pelos qual tem evoluído este sistema universal e’ semelhante ao processo que ocorre nos 9 meses da gestação de um ser humano. Neste Universo esta’ ocorrendo meramente um processo de reprodução genética – ou computacional, que e’ quase a mesma coisa – e esta’ sendo reproduzido aquilo ou aquele – ainda desconhecido – sistema que existia antes e alem deste Universo, e o gerou. As galaxias que vemos no espaço sideral preenchendo este Universo não deve ser muito diferente da cena que veriam micróbios inteligentes situados dentro de um ovo ou saco embrionário e observando a placenta.

Então já temos quase certeza, podemos dizer mesmo que já sabemos, para onde vai esta ultima forma deste sistema universal, que ‘e a auto-consciência. Ela veio do dia do Big Bang e vai nascer no dia do Big Birth para ser o filho, a filha, daquilo ou daquele que esta alem deste Universo. Claro!

-” E’,… mas isto não ajuda muito em termos de esperança para nossas vidas. Pois todos vamos morrer e então de que nos vale saber que la no futuro ma forma que veio de nos e’ quem vai viver eternamente…”

-” Hummm… Quando você estava na forma de morula, você morreu para se tornar uma blástula? Na forma de criança, você morreu para se tornar um adolescente? Ou a morula estava viva dentro da blástula? A criança estava viva dentro do adolescente? Assim, o sistema universal que agora e aqui esta’ na forma deste feto de auto-consciência e ele e’ você, nunca morreu nestes 13,7 bilhões de anos… a qual e’ a sua idade real.”

-” Assim já esta melhor, porem ainda fica um resquício de duvida. Toda a logica do mundo não e’ suficiente para me fazer ver eu como este sistema universal, e nada ha’ provando que nossa morte como humanos não seja a morte definitiva…”

-” Então vamos tentar se por outro lado você consegue ver. Na fase da embriogênese, todo feto ou embrião humano começa a manifestar a consciência nos sete ou 8 meses, depois que o cérebro esta formado, certo? Mas sera que cada embrião humano inventa, cria por si mesmo, esta coisa denominada ” consciência”? Segundo a moderna neurologia materialista, seria mais ou menos isto que ocorre, pois eles acreditam que não existe esta coisa de mente, consciência, que tudo não passa de circuitos químicos-elétricos produzidos pelo cérebro humano. Mas, voltando ao feto… Foi o seu cérebro que criou, produziu esta faculdade de consciência pela primeira vez na historia do Universo? Ou já existia antes dele a consciência em algum outro lugar, fora do seu pequeno universo intra-oval? Claro que sim, sabemos que alem de seu pequeno universo existia e existe a especie humana e com ela existe a consciência. Então como e’ que a consciência existe agora dentro do cérebro do feto isolado dentro de seu pequeno universo e ao mesmo tempo existe fora de seu universo? Sem nenhum contacto entre as duas? Ora, a resposta e’ que a consciência já existia no primeiro instante da fecundação, ela sempre esteve presente em todas as formas anteriores do feto, desde a primeira célula, da morula, da blástula, ela estava la’, oculta, apenas em estado potencial, esperando a evolução aprontar  a forma adequada de cérebro para ela florescer e vir `a luz do mundo.

Mas vamos agora falar do Universo dentro do qual estamos. Ele e’ gigantesco, suas escalas de tempo e espaço são enormes, inimagináveis para nos.  Sete meses da nossa existência corresponde a 13,7 bilhões de anos do Universo. E’ nesta idade dos universos que a evolução apronta o feto do sistema universal para iniciar a manifestar a sua forma de consciência. Como já disse o famosos guru a milhares de anos atras: ‘ A alma dormia nos átomos, sonhava nas galaxias, começou a acordar nos vegetais, a despertar nos animais, para começar a levantar-se no homem…”

-” Agora sim, a logica e’ incontestável. Porem não foi isso que o guru disse. Ele falou que a alma dormia nos vegetais, despertou nos animais…”

-” Porque nos hoje sabemos muitas coisas que ele não sabia, como sobre átomos, DNA, galaxias. Então agora tivemos que expandir a sua fala, amplifica-la para as dimensões universais. E’ assim que vamos explicar a coisa mais complexa que existe no mundo, que e’a resposta final aquelas questões. Se o guru não disse a coisa completa, agora estamos dizendo,… uai “.

Mas vamos continuar com mais surpreendentes exemplos nesse método de raciocinar, que vão nos levar ainda mais perto das sagradas respostas, agora melhor ajudados por um video.

Entendendo o significado universal de cada cena vista aqui.

Por exemplo, observe quando as duas forças laterais de estrias marrons puxam as duas cordas roxas, separando-as. As cordas formam uma especie de parede e no meio fica um espaço vazio. Porque e para que a natureza faz isso, essa tal de meiose, mitose, etc.? E’ para emparelhar, misturar, cada informação que vem do pai com a mesma informação que vem da mãe, e assim produzir um filho que seja um meio-termo entre os dois. O DNA so pode ter duas hastes e não três ou quatro. Então como fazer um DNA contendo todas as informações vindas de dois DNAs, sem  aumentar tamanho, volume, etc? Não se poderia adicionar a cada trecho do DNA do pai um trecho do DNA da mãe, pois isto resultaria num DNA defeituosos com mais hastes. Então a solução inteligente foi, primeiro duplicar as informações de um DNA. Assim, no caso da espécie humana, as células normais possuem 46 pedaços do DNA, chamados cromossomos. Mas quando ocorre a fecundação, 23 cromossomos presentes no espermatozoide juntam-se com os 23 cromossomos presentes no óvulo, pelo que os 23 cromossomos do espermatozóide são homólogos aos 23 cromossomos do óvulo.
Então o que a Natureza faz e’ separar um DNA em suas duas hastes e colar em cada uma outra haste vinda da mãe. De um lado, uma parede, seria o masculino, do outro, a outra parede seria o feminino. Mas note que o trabalho que constrói o novo baby se da’ apenas no espaço entre as duas hastes, feito pelas moléculas citosina, timina, etc.  A molécula que fica fixada formando as hastes são apenas o depositário da memoria, guardando os resultados do trabalho efetuado no espaço central. Em outras palavras, os eventos biológicos ocorrem como um fluxo avançando pela avenida entre dois muros.  
Este processo e esta mesma cena revela a situação da vida biológica como uma dimensão especifica, com sua frequência e vibração tipicas, existindo no meio de duas outras dimensões com vibrações diferentes, sendo um lado com vibração nais forte e o outro com vibração mais fraca. Assim o mundo que nossos sensores cerebrais percebem, a unica faixa de luz que vemos, e’ apenas uma dimensão entre outros mundos com outras faixas de frequência/vibração. A nossa biosfera significa apenas mais onda circular das outras seis deste planeta, um a onda circula que rodeia a superfície da Terra e tem apenas uma faixa de alguns metros de largura.
Tambem esta cena de um corredor vazio entre duas paredes e’ a mesma cena revelando a avenida curva em volta do Sol por onde orbita nosso planeta. Isto porque o Sol emite radiação em ondas circulares e cada onda tem sua vibração especifica, então os planetas que cada qual tambem tem uma vibração especifica diferenciada dos outros, se alinha na onda adequada e com isso não se perde no espaço. Observamos assim que ” o que vemos embaixo, aqui e agora, inclusive a nível microscópico, e’ igual ao que acontece em cima nos tempos/espaços maiores da historia cósmica universal.” Foi com essa intuição, projetando o que sabíamos aqui e agora sobre o que não sabíamos dos átomos, galaxias e universo, que descobri a formula da matrix/DNA e re-escrevi a historia universal, na qual emerge um significado e um futuro sublime para nossa existência. Nos somos uma ponte entre duas realidades, uma perigosa travessia. Não nos ‘e permitido saltar para uma dimensão de vibração superior enquanto não tiver-mos o corpo e a consciência física adequada para suporta-la. Mas podemos errar em nossa missão de vida nos acomodar num falso paraíso nesta atual dimensão, quando então pode acontecer o que ja aconteceu com todas as especies que foram por este errado caminho, como dinossauros, leões, baleias, águias, são becos sem saída que fecharam as portas da evolução para si mesmos.
xxxxxxxxxxxx
 
No nosso Facebook e website somos chatos, não publicamos assuntos de futebol, esportes, relacionados a sexismo, etc. Apenas assuntos que sentimos são necessários para o conhecimento elevar a consciência uma forma transcendental, pois quem não evolue mentalmente não tem futuro, por mais rico e posses materiais que obtenha.
Este video revela as imagens de como ocorrem importantes processos a nível microscópico dentro das cellulars. Para quem não e’ profissional em Biologia ou Bioquímica, a voz da apresentadora estraga tudo, pois ela nada explica quando fala o linguajar técnico com nomes e palavras desconhecidas fora do meio especializado e os assistentes tem sua atenção desviada para captar nomes e jargões técnicos perdendo a atenção no evento de fato. Para ajudar teria o link abaixo de um artigo sobre o processo, mas também na verdade ao invés de ajudar atrapalha mais ainda pelo mesmo problema de fazerem uma confusão de jargões técnicos que acaba impedindo que o não-profissional entenda e memorize o processo.

Etapas da mitose: I ao III prófase, IV metáfase, V e VI anáfase, VII e VIII telófase.

Anatomia do Sistema Reprodutor Masculino – Ótimo Video

sexta-feira, janeiro 15th, 2016

xxxx

A maioria dos homens morrem sem saber o que e’ próstata, ou o que tem dentro daqueles ovos, etc. Este video surpreende com uma complexidade existente que não imaginávamos.

Human Physiology – Functional Anatomy of the Male Reproductive System

https://www.youtube.com/watch?v=v22CjFYizi0

xxxx

E como não podia deixar de ser, publiquei um comentário no video:

Louis Charles Morelli – Jan – 15 – 2016

So, I have invented a contraceptive male method. Attach two ice’s stones at the scrotum, before sexual intercourse. The sperms will freeze and not go up. My mother said that I am a genius, she was pretty right!

A Visao da Dra. Jill Taylor (My Stroke Insight) conectada `a nossa dimensao pela Matrix/DNA

terça-feira, dezembro 1st, 2015

xxxx

My Stroke Insight

Jill Bolte Taylor

https://www.ted.com/talks/jill_bolte_taylor_s_powerful_stroke_of_insight?language=en

  Dr. Jill Bolte Taylor – Neuroanatomist – Brain researcher Jill Bolte Taylor studied her own stroke as it happened — and has become a powerful voice for brain recovery

Meu comentario postado no video:

Louis Morelli – Posted at Dec, 01,2015

That’s fantastic coming from a scientist, but Physics, Biologists, atheists, Mathematicians, should understand how this “illusionary stroke’s produced picture of the world” can be real and added to  our picture made off “the scientific empiricist knowledge”, if we know the final results from the pure materialistic rationalism applied to the whole scientific data we have today trying to get the bigger picture – a rational theory. What’s this ” light”, his “energy”, this ” Nirvana sensation”? How they interacts, how they relates, to our sensorial world, described by Newtonian mechanics and mathematics equations? The results of such method were:

( Tradução: Isto e’ fantástico desde que vem de uma cientista, mas Fisicos, Biologos, ateus, matematicos, poderiam entender como esta ” diferente visão do mundo produzido por uma ilusionaria visão de um ataque cerebral” pode ser real e adicionado a nossa visão do mundo feita do “empirico e cientifico conhecimento”, se nos conhecermos os resultados finais de um puro materialista e racionalista método aplicado a totalidade dos dados que nos temos hoje, tentando obter este grande quadro – uma teoria racional. O ue e’ esta ” luz”, esta “energia”, esta ” sensação de Nirvana”? Como elas interagem, como elas se relacionam, com nosso mundo sensoreo, descrito pela mecânica Newtoniana e pelas equações matematicas? Os resultados de tal metodo foram: 

1) Biological systems, as cells, human brains,etc. are merely evolution from non-living systems, as atoms, galaxies, etc;

1) Sistemas biologicos, ( continuar tradução)

2) So, there is an evolutionary link between cosmological evolution and biological evolution, which makes a unique universal system under evolution through 13,7 billion years. Then, there was no “origins of life”, no abiogenesis by chance, etc.

3) Like cells and all living beings has as blueprint, the DNA, this blueprint ( in primitive shape and substances) is present also in astronomical and atomic systems. So, instead DNA we call it universal Matrix/DNA. It is the building block of all natural systems, does not matter sizes, ages, etc.

4 ) The Matrix/DNA has organized matter into atomic and astronomical working systems by applying the force of life’s cycle on a unique initial body, and from it, made the another bodies/shapes/functions for creating a complete working system. The working system is composed by a spherical circuit where flows the flux (or stream) of informations about the system. At the advanced point of this flux is created a point of light and this point alternates between wave and particles, when it creates the pieces of the system. Observing the running of the point of light we see the system arising by series, while observing this flux at right speed we see the point of light as line of light representing the whole system at the same time, which is the parallel processing. The serial processing is saw by the nowadays dominant left hemisphere, while the parallel processing should be saw by the nowadays recessive right hemisphere. Since that the whole circuit emits  a new phenomena called ” the identity of the system”, which is a kind of the systems’ software, this identity is the consciousness of the system. Everything as Dr. Jill had interpreted her experience.

But, where this Matrix came from? What is the difference with ordinary matter?

5) We find the answer when discovering that the life’s cycle force is merely the waves of light that are produced from magnetic radiations, like gamma rays, radio,etc. The real surprise thing is: they are not produced by radiation, they walks in parallel to these radiations linked by an energy obtained from the friction between the two sides. So, our supposed explanation is that since the Big Bang – or before it – there are these light waves – which is the Matrix/DNA – expanding and penetrating a kind of dark matter, or space’s substance. The light wave works in parallel – there is no past and future, only present – and its produced energy plus dark matter works in series, creating time. When this two dichotomic reality build human brains, from space’s substance, they are walking together through the brain, but the left side, wich represents space substance plus that created ” energy” is dominant, while the light at the right side is recessive. So, this universe is like the placenta occurring a merely natural process of genetic reproduction of the unknown ex-machine system that triggered the Big Bang. And as material bodies we are the genes working this process right now and here. If you like it, see Matrix/DNA Theory and its new models of atomic, astronomical systems and interpretation of light waves. From this rational and naturalist world view, I can understanding and accepting everything that Dr. Jill said, even that I don’t like when she says words like spirit, nirvana, etc., because in my world view, these things have scientific names, like genes, friction bridges as energy, etc.

Traducao do video:

00:11 – I grew up to study the brain because I have a brother who has been diagnosed with a brain disorder, schizophrenia. And as a sister and later, as a scientist, I wanted to understand, why is it that I can take my dreams, I can connect them to my reality, and I can make my dreams come true? What is it about my brother’s brain and his schizophrenia that he cannot connect his dreams to a common and shared reality,so they instead become delusion?

00:11 – Eu cresci estudando o cerebro porque eu tenho um irmao que foi diagnosticado com desordem cerebral, esquizofrenia. E como uma irma e mais tarde, como uma cientista, eu quiz entender porque e’ que eu posso saber dos meus sonhos, eu posso conectar eles a minha realidade, e eu posso fazer meus sonhos se tornarem realidade? O que acontece com o cerebro do meu irmao e sua esquizofrenia que ele nao pode conectar seus sonhos com uma comum e compartilhada realidade, e ao contrario, eles se tornam descrentes?

( Cont. traducao)

Cerebro: Videos com Imagens de Sinapses

quarta-feira, janeiro 22nd, 2014

Flashing fish brains filmed in action

http://www.nature.com/news/flashing-fish-brains-filmed-in-action-1.12621

Matrix/DNA Conduz-me a Produzir Nova Teoria Sobre a Mudança dos Polos Magnéticos Que Esta Ocorrendo no Sol

sexta-feira, agosto 30th, 2013

Veja o vídeo no Youtube pelo link abaixo, qual é a explicação acadêmica, aceita pela NASA, para o fenômeno, e veja aqui abaixo a inusitada e surpreendente explicação que obtive ao consultar os modelos teóricos astronômicos da Matrix/DNA. ( bom assistir os vários outros videos relacionados no Youtube):

ScienceCasts: The Sun’s Magnetic Field is About to Flip (O Campo Magnético do Sol Vai Ser Sacudido)

http://www.youtube.com/watch?v=34gNgaME86Y

Meus comentarios postados no video, baseados na Matrix/DNA.

TheMatrixDNA 

TheMatrixDNA 1 second ago

Não existem Solar Max, nem Solar Minimum. O Sistema Solar é descrito pela Mecânica Newtoniana e funciona como uma maquina perfeita, uma especie de relógio de incrível precisão, em perfeito equilíbrio termodinâmico. Existe fluxos de energia dentro do Sol porque o Sol é o núcleo de um sistema, o qual é um evolucionário passo criado pelos sistemas atômicos que haviam na nebulosa primordial. O movimento de energia dentro do Sol tem o mesmo equilíbrio do fluxo de energia dentro do núcleo atômico. Ok, isto é a Matrix/DNA Theory, a qual também pode estar errada. Os modelos teóricos astronômicos da Matrix/DNA Teoria sugerem uma explicação diferente para esta reversão dos polos. Esta mudança dos polos magnéticos acontecem no Sol pela mesmo mecanismo descoberto pelo físico e Premio Nobel Hideki Ywkawa que produz as mudanças de próton em nêutron e vice-versa, no núcleo atômico.  Cada campo magnético tem a forma de um cone e os dois se acoplam  na região do núcleo solar. A reversão dos polos é um processo evolutivo e adaptado as condições astronômicas, a partir da reversão nuclear atômica entre prótons e nêutrons que geram a cola nuclear. Pense no nêutron como um ponto que se infla de energia formando um balão que explode por excesso dessa energia. Ao seu lado tem o próton, um balão cheio de energia que se esvazia ate se tornar um ponto e desaparecer por falta de energia. Mas quando a energia que decresce no próton é transferida para o nêutron que estava diminuindo por falta a situação se inverte e o próton torna-se nêutron, criando um eterno equilíbrio cíclico. A troca ocorre por uma partícula denominada píon. De alguma maneira as estrelas herdaram este mecanismo e fazem com que seu polo protônico se torne o polo neutrônico a cada 11 anos. Não faz sentido algum chamar um polo do Sol de Sul e o outro de Norte. Sul e Norte em relação a qual ponto d referencia, se a galaxia e talvez o Universo são redondos?! Deveriam chamar-se Polo Protônico e Polo Neutrônico Esta teoria é mais logica, racional, que a teoria acadêmica. Pois pergunte-se aos acadêmicos quais as forças que existiam nas nebulosas que criaram este fenômeno dos polos magnéticos nas estrelas. Sem saber-se as causas e origens e sem ter como medir ou observar diretamente no Sol o que são seus campos magnéticos, a teoria acadêmica esta atirando no escuro. Por outro lado, a Teoria da Matrix/DNA sugere causas e origens para tudo o que de material existe neste Universo quando projetou os conhecidos mecanismos da Evolução Biológica sobre os desconhecidos mecanismos da Evolução Cosmológica por suspeitar que existe uma unica Evolução Universal, do Big Bang ao Homem (veja os modelos astronômicos no meu website). Postado em Ingles: TheMatrixDNA 

TheMatrixDNA 1 second ago

There is no Solar Max, neither Solar Minimum. The Solar System is described by Newtonian Mechanics and works as a perfect machine, a wonderful precision clock, at perfect thermodynamic equillibrium.There is flow of energy inside the Sun because Sun is the nucleous of a system which is an evolutionary step created from atoms systems. The movement of energy inside Sun has the same equillibrium of atom nuclei flow of energy. Ok, that’s a Matrix/DNA theory model, it can be wrong… also. TheMatrixDNA 
TheMatrixDNA 1 second ago

 Theoretical astronomical models by Matrix/DNA Theory suggests a different explanation for this flip. This magnetic pole shift happen in the Sun by the same mechanism discovered by physicist and Nobel Prize winner Hideki Ywkawa which produces proton changes into a neutron and vice versa, in the atomic nucleus. Each magnetic field has a conical shape and the two are coupled in the region of the solar core. The reversal of the poles is an evolutionary process from the atomic nuclear reversal between protons and neutrons that causes the nuclear glue, adapted for the astronomical conditions, . Think of the neutron as a point that inflates energy forming a balloon till exploding due the excess of energy. At his side is the proton, a balloon full of energy that empties until becoming a point and disappear for lack of energy. But when the energy decreases in the proton it is transferred to the neutron, who was declining due to lack of energy, then, the situation is reversed and the proton becomes a neutron, creating an  eternal cyclic equillibrium. The exchange occurs by a particle called pion. Somehow the stars inherited this mechanism and makes their pole proton becoming a neutron pole every 11 years. It makes no sense calling a solar pole as South and the other, North. South and North in relation to what point of reference? If the galaxy, and maybe the Universe, are sphericals?! This theory is more logical, rational, than the academic theory of NASA. Ask to academics what forces existed in the nebula that created the phenomenon of magnetic poles in the stars. Without knowing the causes and origins and no way to measure or observ directly in the sun what are their magnetic fields, the academic theory is shooting in the dark. On the other hand, the Theory of Matrix/ DNA suggests causes and origins for all material that exists in this universe because I projected the known mechanisms of biological evolution over the unknown mechanisms of Cosmological Evolution due suspecting that there is a single Universal Evolution, from the Big Bang to man (see the astronomical models on my website).

E comentario postado no meu Facebook:

Se eu não tivesse que trabalhar hoje 12 horas para pagar minhas contas, poderia aplicar o tempo para causar um reboliço no meio intelectual internacional. Pensadores do mundo todo estão atentos ao que esta acontecendo no Sol e apreensivos com o que vai acontecer na grande virada dos polos magnéticos nos próximos meses. Claro, se houvesse qualquer deslize, qualquer alteração nos movimentos dos fluidos internos daquela fornalha nuclear, nos seriamos torrados aqui em minutos. Ou uma variação muito leve destruiria todo nosso aparato de comunicação como celulares, internet, satélites, etc. e isso nos levaria a uma tragedia econômica. Apenas os pobres alienados da massa ignorante não esta sabendo disso. Neste momento torna-se importante uma voz dissonante clamando por um quadro nunca visto ou imaginado que surta o efeito de esperanças tranquilizantes ao mesmo tempo que desperta e lembra a mente humana que este mundo real tem mostrado sempre novas dimensões reais nunca vistas antes que mudam todas as teorias cientificas, todas as visões de mundo ( veja meu artigo em http://theuniversalmatrix.com/pt-br/artigos/?p=6500) . Como por exemplo aconteceu quando se começou a vislumbrar a dimensão molecular do DNA em biologia, ou a dimensão da quantica na Fisica, ou ainda a dimensão da evolucao das especies. Todas estas dimensões foram inicialmente uma voz dissonante clamando em meio sua própria fraqueza e escuridão. Por isso aprovo o ensino da Teoria do Inteligente Designer nas escolas, mesmo que minha teoria sugira que somos produto de prévio design, mas não inteligente, ainda que deixe a porta aberta para a existência de uma inteligencia superior alem do Universo: estas vozes discordantes tem feito os biólogos evolucionistas pesquisarem mais quando sem elas, o conhecimento incompleto de Darwin teria se instalado como verdade definitiva. Agora a minha voz gritando em nome da Matrix/DNA, dizendo absurdos como o de que os sistemas naturais ditos inanimados tambem tiveram sua copia de DNA, que os astros tambem apresentam ciclos vitais e portanto parecem coisas vivas, etc., pode ser fruto de uma mente perturbada pelas torturas na selva, pode estar toda errada, mas tem o mérito de estar sendo a unica voz discordante do modelo e visão de mundo estabelecido nas escolas que sugere o inicio do Nada por explosivos Big Bangs. Hoje os mapas da Matrix me fizeram mais uma vez a ver nas origens do Universo o inicio das origens de forças magnéticas e culminam compondo os campos magnéticos dos astros, mas então sugere um quadro totalmente diferente do quadro que todos estão acreditando estar ocorrendo no distante e intocável Sol. Estou alertando que pode ter, deve haver, escondidas dimensões da realidade que mantem um equilíbrio astronômico quase eterno, que não temos motivos para nos preocupar agora com o Sol. Eu deveria ter tempo agora para levantar todos os meios de comunicação que noticiaram esse evento, os documentos científicos que foram elaborados a respeito, e entrar anunciando esta diferente teoria, mas não posso, tenho que pagar meu pão com o suor do meu rosto, e sufocar a voz discordante no silencio das mentes daqueles que são posicionados na esteira da produção em serie das fabricas mecanizadas. Tem que estar incompleta ou muito errada a atual teoria acadêmica, mas se nenhuma voz lembrar isso aos estudantes de hoje, as suas mentes programadas por uma doutrina de certeza absoluta jamais vai questionar essa teoria. E nossos herdeiros chorarão o nosso fracasso. xxxxxx

Pesquisa da Matrix/DNA – Terra e Sol Campos Magnéticos 

1) Os varios pequemos vórtices magnéticos vistos no Sol (em 0:11/4:04) são reminiscencias dos gigantescos vulcões que existiam antes do Sol s formar a partir de um condensado de matéria que pode ter sido um pulsar ou semelhante a um pulsar. 2) Como ocorre a formação de sistemas estelares iguais ao nosso Sistema Solar é um campo aberto a pesquisa pela Matrix/DNA que tenta um método de abordagem nunca aplicado antes. Por isso nos interessa sobremaneira informações como estas deste vídeo e artigos sobre a radiação do Sol, mesmo porque a luz e suas vibrações é ultimamente o ultimo ou mais recente fenômeno de interesse da Matrix/DNA. A Os modelos da Matrix/DNA estão sugerindo que os sistemas astronômicos obedeceram a dois processos diferentes de formação, assim como aconteceu com a célula vital. Houve a formação do primeiro sistema e a partir dele formado mudou o processo para reciclagem ou reprodução. Ainda não tive tempo para calcular detidamente como seria essa transição de processos de formação  no nível astronômico. 3) Posts que contem informações: ighttowers 4 hours ago

latest SEPs impacts suggest that the earth magnetic + pole maybe has shifted southwards near to the Equator . This year the Sun did not produce so many flares as 2012 , the difference; In 2013 Sun almost only produced socalled Proton flares or SEPs( the strongest on may 21 with protons accelerated almost to c) those all have a deep Impact to the geomag field. cosmical influences? solar x ray activity becomes lowest during the soltices- ( gravity from Sagittarius “A” and/or Sirius?) I agree with Mr Eric Dollard, who says NASA has seen through sun spots that the “Sun is dark inside- resp contains dark low energetic and highly compressed matter and the friction between the core and the outer gaz hull makes that energetic nucl. transformation. Universe only consists out of solid matter. The only property matter has is GRAVITY. ENERGY= acceleration of mass had only once to be induced with the big bang when sth./ so. brought that piece of matter into rotation- has no substance magnetic flip obviously means, that electrons within the suns magnetosphere will change their direction, Same as on the earth, the Northern Pole is currently the + or “gravity” pole attrackting solar electrons (measurable esp. after SEP events, The Southern pole contains more energetic electrons (-) attrackting solar protons. My theory: The Sun`s Center of gravity is NOT located right in its middle. and shifts all 11y to the South/ North, Then electrons will also change their direction Maya K 1 week ago

This video is confusing. She says a “field reversal” is to occur in a few months. Does she mean MAGNETIC field reversal? I hope so. Anyway, it does NOT occur every 11 years, or at least that is what every class on the subject I’ve taken has said over and over. Magnetic field reversals only happen on the order of thousands of years … right? What am I missing? ezdeezytube 2 weeks ago

Question regarding this video: If the sun’s north pole has already “changed sign”, yet the south pole has not, are you inferring that the sun currently has two magnetic south poles now? I didn’t think that was possible.

Videos Inesqueciveis: The Great Debate: THE STORYTELLING OF SCIENCE (OFFICIAL) – (Part 1/2)

segunda-feira, abril 22nd, 2013

https://www.youtube.com/watch?v=_J4QPz52Sfo

O Grande Debate: Historias da Ciência – Partes 1/2)

Para quem gosta – não da Ciência como abstração das elites – mas do conhecimento da Natureza, deste Universo onde existimos, de manter seu intelecto evoluindo – este vídeo  onde grandes cientistas militantes da causa do despertar o ser humano comum para o poder da Ciência – este vídeo é indispensável.

Do Video “Inner Life Of a Cell”: Pesquisa Pela Matrix/DNA

domingo, março 10th, 2013

http://www.youtube.com/watch?v=yKW4F0Nu-UY&NR=1&feature=fvwp

Inner Life Of A Cell – Full Version.mkv

1) A existência do sistema imunológico é um mistério

Leucócitos – são células brancas do sangue com a função de imunização, devorando corpos estranhos. São criadas pelas células hematopoiéticas e aqui me recordo de um grande enigma para resolver: Como os sistemas biológicos criaram o fenômeno da autodefesa, ou imunização ! De onde a matéria burra da Terra tirou essa ideia!  O que havia antes das origens dos sistemas biológicos que executavam tal função! Nos átomos, nas galáxias…

Bem…LUCA era um sistema fechado em si mesmo, não permitia nada de fora entrar. Mas acho que essa propriedade era obtida colateralmente, sem uma forca ou mecanismo dirigido diretamente para isso. A autodefesa era uma consequência da velocidade de giro do circuito externo, o qual criava uma espécie de casca compacta, impedindo a entrada de elementos externos. Se nossos planetas girassem a mesma elevada velocidade, o Sol seria defendido. Mas nos sistemas biológicos esse mecanismo, essa forca com essa função, é especifica, dirigida, autônoma. Tem uma possibilidade, mas que é demasiado grandiosa, e se verdadeira, revelaria que falta muito ainda para entendermos da Natureza e LUCA. A possibilidade de que a autodefesa seja criada por uma psicologia sistêmica, que remonta aos sistemas astronômicos, atômicos e vai ter suas origens na Luz! Seria mais um indicio de que a “alma” surgiu aqui a bordo da Luz, dormiu nos sistemas não biológicos e começa a acordar nos biológicos. Mas se isto for a resposta, significa que essa alma não estava inerte nos ancestrais. Por enquanto não vejo outra explicação para a existência desse mecanismo aqui. Por enquanto, o primeiro elemento onde esse fenômeno se manifestou são as hematopoiéticas… devemos continuar a busca antes delas…

Epa!… A lampadinha das grandes descobertas parece que acendeu outra vez dentro do meu cocuruto! Estou vendo mentalmente as imagens rápidas de onde estavam em LUCA os mecanismos e como eles geraram a medula óssea, os ossos, e as células do sangue… o próprio sangue! Foi tudo copiado da região do circuito, inclusive o “cabo” que contem o circuito corrente, numa espécie de campo eletromagnético.

2) Descoberta pela Matrix/DNA das origens da Medula Óssea (Tutano), Ossos e Sangue!

Qualquer corpo externo a um sistema solar que tivesse seus planetas em alta velocidade giratória precisaria muita potencia para sequer atingir um planeta. Pois todo planeta tem uma cobertura de repulsão (basta ver como o campo magnético da Terra segura as radiações solares) e se em alta velocidade essa forca de repulsão deve aumentar. Pois esse envoltório rígido, árduo de ser penetrado se tornou ossos, nos sistemas biológicos. Em LUCA não era apenas planetas que carregavam esta cobertura repulsiva e sim todas as seis formas de astros. E seu circuito era relativamente as suas proporções, veloz, frenético, pois LUCA existia em constante estado orgástico, o que denuncia a fricção rápida.

O circuito de LUCA nunca era alcançado por invasores externos. Mas o circuito era composto dualmente: no seu aspecto “espaço”, representado pelos corpos dos astros, e no seu aspecto “tempo” pelas setas intermediarias entre duas formas. Pois os corpos se tornaram as células hematopoiéticas da medula, e as setas s tornaram as células do sangue, ou o próprio liquido do sangue. E as células da medula óssea não são também atingidas por invasores externos, pois estes teriam que penetrar os ossos, que são os representantes do que fora outrora o campo, ou cabo, magnético. Sensacional! Isto merece um artigo a parte, e a partir daqui vamos entender melhor como tratar ossos, medulas e sangue e entender as causas de suas doenças. Por exemplo, os componentes do sangue são renovados continuamente e a medula óssea é quem se encarrega desta renovação. Porque! Porque ela veio de um ancestral que auto-reciclava todos seus componentes…

Wikipédia: Medula Ossea 

A medula óssea, também conhecida como tutano, é um tecido gelatinoso que preenche a cavidade interna de vários ossos e fabrica os elementos figurados do sangue periférico como: hemácias, leucócitos e plaquetas.

A medula óssea é, um órgão hematopoiético. Ela é constituída pelas linhagens que originam os três elementos citados acima, de células que tomam parte na fabricação do osso (osteoblastos e osteoclastos), de células e fibras que compõem uma malha para sustentar todas as células referidas (fibras e células reticulares). É onde estão as células progenitoras das células sanguíneas. Ali também têm origem as alterações que vão ser responsáveis por inúmeras doenças. No homem adulto sadio produz cerca de 2,5 bilhões de eritrócitos, 2,5 bilhões de plaquetas e 1,0 bilhão de granulócitos por kg de peso corporal.[1]

A medula óssea é constituída por um tecido esponjoso mole localizado no interior dos ossos longos. É nela que o organismo produz praticamente todas as células do sangue: glóbulos vermelhos (Eritrócitos), glóbulos brancos (Leucócitos) e plaquetas (Trombócitos). Estes componentes do sangue são renovados continuamente e a medula óssea é quem se encarrega desta renovação. Trata-se portanto de um tecido de grande atividade evidenciada pelo grande número de multiplicações celulares.

xxxx

Estou fugindo do tema deste artigo que era o vídeo, mas isso é assim mesmo, por se tratar de sistemas a Matrix/DNA começa por pesquisar um especifico fenômeno e acaba sempre tendo que dar a volta no Universo inteiro. Mas depois devo separar os tópicos em vários artigos.

Ainda falta explicar de onde e como a matéria burra da Terra obteve a ideia para o sistema de autodefesa dos organismos! Acho que não: o mecanismo existia dentro de uma função, ele apenas adquiriu vida própria e na forma de guerreiro, predador.

xxxx

 

 

Plutônio: Vídeo Interessante. Curiosidades do Método Cientifico

quinta-feira, janeiro 3rd, 2013

http://www.youtube.com/watch?feature=player_detailpage&v=89UNPdNtOoE