Archive for the ‘Formula da Matrix/DNA’ Category

Onda magnetica emitida pelo Polo Sul: anatomia do planeta pela formula da Matrix/DNA?

quarta-feira, julho 4th, 2018

xxxx

What’s Really Going On? Another Huge Wave Anomaly Caught Coming from Antarctica

E’ preciso notar que o autor deste video fez brilhantes predicoes. Em 2017 ele disse que a concentracao e movimento das ondas sobre a America central poderia causar terremotos. E em 2018 houve terremotos nesta regiao e mais ainda, a erupcao de vulcoes.

Ok. Para quem tem a cosmovisao da Matrix/DNA em mente, uma onda emitida por um polo do planeta lembra as ” ondas ” emitidas pelas funcoes 1 e 4 da formula.

Entao a seguir vem uma hipotese: os polos norte e sul do planeta estao para a formula justamente como F1 e F4. Conclusao: os dois polos podem emitir “alguma coisa relacionada as partes do sistema que constituem o planeta”. Mais exaytamente F1 pode emitir o germe de uma nova parte ( ou se as partes estao fixadas, uma nova onda que avancara reafirmando a existencia de todas as partes); e F4 pode emitir o sinal para F1 emitir o germe.

Entao tem que haver uma atencao voltada para esta questao: os polos realmente representam F1 e F4? Se sim, qual e’ F1 e qual F4?

Numa seguinte analise, e perguntando-se o que ou quais seriam as partes do sistema-planeta, surgem duas alternativas: ou podem ser as camadas esfericas a partir do nucleo ( como sao as partes no atomo), ou podem ser os continentes (o numero de continentes bate com o numero de partes, e os continentes se situam em posicoes na superficie do circuito esferico que lembra as posicoes das partes na formula). Essa questao nao foi solucionada ainda.

Se, o Polo Sul for realmente uma funcao da formula e justamente F1, e se F1 planetario emite germes na forma de ondas do campo magnetico, e ainda se estas ondas afetam cada parte onde chegam, a primeira parte a ser atingida e apresentasr efeitos seria F2, em cuja posicao estao a America do Sul e America Central. Em seguida seria afetada F3, America do Norte e Groenlandia. A seguir seria F6, a Europa, ou Eurasia, abarcando os dois porque pertencem ao mesmo continente. E depois Africa, Oceania (F7).

A hipotese ja’ fornece assim algum elemento para ser testada. De fato houve turbulencias em F2, em 2018. Devemos ficar atentos se houver turbulencias em F3, e depois nos demais continentes e nesta mesma sequencia.

Digno de nota aqui e’ como a Historia Humana bate com a formula. A formula funciona formado pelo p;rocesso do ciclo vital, o qual transforma as formas das partes, instalando um circuito sistemico no sentido horario. Pois a Historia Humana e a lovcalizacao dos povos em seus continentes parece repetir exatamente esta sequencia em sentido horario do ciclo vital.

A F2 representa o mais novo, o embriao feito crianca. nesta posicao estao as Americas, que justamente em termos da Historia Humana sao os povos mais “novos”; a funcao 3 representa um grau mais avancado, em que a crianca se torna adolescente e ate jovem adulto iniciando a puberdade: o povo da America do Norte apresenta um nivel mais evoluido, mais Maduro, que as outras duas Americas; F6 reprenta o adulto da puberdade ao inicio da senilidade, a idade da maior atividade e assimilacao da aprendizagem, o que parece exatamente o papel do povo europeu e a mais velha ainda Asia, na Historia; a F7 representa a senilidade ou decadencia do sistema. De fato, o povo do continente africano deveria ser considerado o mais velho do planeta, pois foi la’ a a origem da humanidade e de onde sairam os povos para os outros continentes.

 

 

Stonehenge – Explicação da Matrix/DNA: Reprodução da fórmula universal dos sistemas naturais

segunda-feira, junho 25th, 2018

xxxxx

Todas as teorias propostas até agora sobre o que significa Stonehenge, qual seu propósito, e como foi construída, não tem credibilidade, como elucida o artigo com link abaixo. No entanto é inevitável imediatamente reconhecer uma reprodução da fórmula Matrix/DNA ao observador que vê a cena e conhece a fórmula. Inclusive as pedras transversais que estão posicionadas na horizontal em cima das pedras levantadas em vertical reproduzem as seis partes ou seis órgãos da fórmula ( observe na segunda imagem que duas pedras no chão estão exatamente preenchendo a posição que falta a dois órgãos. Observe o círculo representando o circuito esférico sistêmico. Observe a pedra maior horizontal `a esquerda representando inclusive o segundo órgão mais importante da fórmula, que é F4, exercendo a função masculina. No centro está F1, a funçao geradora feminina – na verdade a fórmula desenhada abaixo e’ uma espiral tendo F1 como vórtice-base central, porém não é factível desenhá-la como espiral nas duas dimensões desta tela. No comentário copiado abaixo que postei no artigo tem informações adicionais e a seguir uma cópia da fórmula Matrix/DNA no seu aspecto como sistema fechado. Entre F4 ( órgão representado pela pedra horizontal grande `a esquerda da imagem) e F1 ( representada pelas pedras no centro), existem algumas pedras caídas e outras em pé justamente representando o circuito de F5, o símbolo e função da perpetuidade pela procriação.

https://hypescience.com/cientista-propoe-teoria-polemica-para-explicar-como-stonehenge-se-formou/comment-page-1/#comment-309739

Cientista propõe teoria polêmica para explicar como Stonehenge se formou

Comentario enviado por Luis C. Morelli em 25/6/18:

Reprodução da fórmula natural universal que a Natureza tem aplicado para organizar materia caotica em sistemas funcionais. A forma como as pedras estão dispostas reproduzem a formula, inclusive com F1 – funcao sistemica n. 1 no centro do circulo. A forma como a luz diaria o SOL se move entre as pedras projetada no centro redesenha o circuito sistêmico. Para que fazer isso? Um motivo óbvio é a busca da saúde perfeita, pois a fórmula está em nossas celulas, esta’ na unidade fundamental de informação do DNA ( dois pares laterais de nucleotídeos) , na organização dos órgãos como sistema e na organização das partes do cérebro como sistema. A energia solar canalizada para dentro do corpo na forma da fórmula pode corrigir imperfeições de sistemas  que geram doenças. Outro objetivo poderia ser o abastecimento de energia a um veículo baseado na fórmula, muito sofisticado. E outro objetivo ainda seriam os rituais esotéricos para quem conhece a fórmula. Mas como um povo antigo ficou sabendo de um conhecimento que apenas agora com o último conhecimento científico estamos descobrindo?! Misterio. Ou pode ser mera coincidência as posições das pedras…

E o desenho do circuito do fluxo interno de informação da fórmula da Matrix/DNA na sua versão de sistema perfeito fechado, na forma de diagrama de software

E o desenho do circuito do fluxo interno de informação da fórmula da Matrix/DNA na sua versão de sistema perfeito fechado, na forma de diagrama de software

Cuja formula acima constroi por exemplo, os dois sistemas na imagem abaixo ( o sistema humano e o astronomico) aplicando o processo do ciclo vital:

The Universal Matrix/DNA

The Universal Matrix/DNA

Thelema: A Religiao da Gang Predadora fundada por Aleister Crowley

domingo, maio 13th, 2018

xxxx

Fiquei sabendo hoje da existencia desta crenca, seita, corrente filosofica ou religiao, por nome de Thelema. Fiquei sabendo porque alguns leitores que me fizram perguntas sobre a formula da Matrix/DNA sao adeptos desta filosofia. Entao vamos pesquisar algo sobre:

From: https://en.wikipedia.org/wiki/Thelema

  • O Livro sagrado ( veja link abaixo para a versao do Livro da Lei) contem uma joia de coletaneas de frases de odio contra as pessoas – como vou dizer… as pessoas que tentam ser e praticar o bem – e como o discipulo deve aplicar sobre elas seu poder e dominio, praticando sobre elas tudo o que lhe der vontade e seu desejo, pois estas pessoas sao como “caes”. Se eu conseguir elaborar as palestras aos pobres das favelas no Brasil, devo fazer uma coletane daquelas frases e ler para eles, antes de tudo, para saberem com quem estao tratando, quem e’ a gang predadora no Brasil.
  • O cantor e compositor brasileiro Raul Seixas foi um grande divulgador e seguidor da obra de Aleister Crowley. Suas principais canções sobre Crowley e a Thelema são “Sociedade Alternativa”, “Novo Aeon”, “Loteria de Babilônia” e “A Lei”.

Aleister Crowley (1875–1947) was an English occultist and writer. In 1904, Crowley claimed to have received The Book of the Law from an entity named Aiwass, which was to serve as the foundation of the religious and philosophical system he called Thelema.

traducao: Aleister Crowsley (1875-1947) era um escritor e ocultista ingles. Em 1904 Crowley proclamou ter recebido O Livro da Lei de uma entidade de nome Aiwass, cujo livro veio para server como a fundacao do sistema religiosos e filosofico que ele nomeou Thelema.

According to Crowley, every individual has a True Will, to be distinguished from the ordinary wants and desires of the ego. The True Will is essentially one’s “calling” or “purpose” in life. Some later magicians have taken this to include the goal of attaining self-realization by one’s own efforts, without the aid of God or other divine authority

traducao: de acordo com Crowley, cada individuo tem um Verdadeiro Desejo, a ser distinguido dos ordinaries desejos e preferencias do ego. O Verdadeiro Desejo e’ essencialmente o chamada ou proposito de alguem em sua vida. Alguns posteriors magicos usaram isto para incluir a meta de buscar lutando pela auto-realizacao pelos seus proprios esforcos, sem a ajuda de Deus ou outra autoridade divina.

Matrix/DNA – Bem,… cada gene existe porque cada gene tem uma verdadeiro desejo, apenas seu, especifico seu. Este “desejo” e o que o move a realizar seu trabalho, que e’ inserir a sua informacao especifica que so ele tem na construcao do embriao ou na producao de certas proteinas cunorindo assim sua missao suprema que e’ a razao de sua existencia. O fato de que um conjunto de informacoes geneticas tenha sido dividido em suas unidades fundamentais advem – segundo nossa cosmovisao – do evento em que a formula da Matrix/DNA se enveredou por uma direcao errada, tornando-se sistema fechado em si mesmo, o que aconteceu quando ela construia o building block das galaxias, e foi atacada pela entropia que a fragmentou em seus bits-informacao.

Assim o que veio para a Terra e iniciou abiogenese foram estes bits na forma de photons.  Este evento teria uma racional e inteligivel explicacao: a unica maneira de corrigir um sistema errado e ainda manter seu livre-arbitrio e’ divider seu grande erro, ou grande pecado, nas suas mais diminutas parcelas, e depois por todas estas parcelas a conviverem, o que acontecera o erro de um grande defeito sendo obrigado a ver e conviver com um grande numero de semlhantes todos errados para ele, e cada um mostrando um tipo de erro especifica, diferente de todos os demais. Assim este ser defeituoso porque carrega 1% do grnade erro vai apender a desgostar dos 99% de erros que sao o erro dele mesmo nos outros. Quandos todos odiarem os 100% do grande erro estarao curados, exorcizados dele. Portanto, essa ideia central em Thelema – apesar de totalmente metaforica, claro, sem explicacoes tecnicas, geneticas – bate com o que temos encontrado. Assim, o ” …  the goal of attaining self-realization by one’s own efforts, without the aid of God or other divine authority…) ( a meta de buscar auto-relaizacao pelo esforco proprio, sem a ajuda de Deus ou outra autoridade divina), e’ a mais racional e cientifica definicao de um gene, e por extensao, de um ser humano, mesmo que ambos nao saibam disso. e no caso humano, se equivoca pedindo ajuda nessa luta. Se alguem ajuda-lo livrando-o das agruras da missao ele nunca vai aprender a desgostar do grande erro que esta em si mesmo.

A Cosmologia de Thelema e’ uma identica descricao da Matrix no seu estado astronomico, porem em outra das varias versoes metaforicas

A Cosmologia de Thelema e’ uma curiosa coincidencia com a descricao da formula da Matrix/DNA no seu aspecto de matriz dos sistemas astronomicos. Os deuses da religiao parecem descrever exatamente cada funcao da formula ( cuja outro nome destas funcoes pode ser ” obreiros universais” por estas funcoes criam os orgaos, as partes de todos os sistemas), e o que e’ ainda mais curioso, a sequencia hierarquica de cada Deus, de acordo com suas descricoes, bate exatamente com a sequencia hierarquica de cada funcao no sistema da formula. Assim, a F1 que e’ a entidade feminina criadora da formula chama-se Deusa Nuit. De F1 nasce F2, que e’ o germe de astro ou estrela, o menor objetos da formula e Claro, o filho e’ complemento da mae, exatamente a descricao do Deus Hadit. F2 e’ quem inicia o movimento do circuito esferico, e como ele ‘e o nucleo ardente de cada astro, que se torna o DNA biologico, ele esta ni nucleo de cada homem e cada estrela, como diz a descricao de Hadit. Quando o texto abaixo fala de Ra-Hoor-Khuit e Horus ele parece estar exatamente descrevendo F3 e F4, os quais em astronomia sao os astros tipo planetas e pulsares que  executa a funcao masculine e o pulsar se transforma em sois, tal como o texto associa Horus ao Sol. A seguir, na formula comeca a entropia, com o circuito formando a estrela (F6), que comeca a decair, quando o texto descreve isso como a entrada no “silencio” e por fim o ultimo Deus descreve o processo de F7 quando massa e energia desgovernada e’ domada para reiniaciar outro ciclo da formula. Interessante coincidencia de intuicoes – a minha e a de Crowley – apesar de um estar falando um palavreado tecnico-cientifico racional e outro se expressando por metaforas metafisicas… quando o significado final e’ exatamente um so’ !

Cosmology

Thelema draws its principal gods and goddesses from Ancient Egyptian religion. The highest deity in the cosmology of Thelema is the goddess Nuit. She is the night sky arched over the Earth symbolized in the form of a naked woman. She is conceived as the Great Mother, the ultimate source of all things.[57] The second principal deity of Thelema is the god Hadit, conceived as the infinitely small point, complement and consort of Nuit. Hadit symbolizes manifestation, motion, and time.[57] He is also described in Liber AL vel Legis as “the flame that burns in every heart of man, and in the core of every star”.[58] The third deity in the cosmology of Thelema is Ra-Hoor-Khuit, a manifestation of Horus. He is symbolized as a throned man with the head of a hawk who carries a wand. He is associated with the Sun and the active energies of Thelemic magick.

Other deities within the cosmology of Thelema are Hoor-paar-kraat (or Harpocrates), god of silence and inner strength, the brother of Ra-Hoor-Khuit,[57] Babalon, the goddess of all pleasure, known as the Virgin Whore,[57] and Therion, the beast that Babalon rides, who represents the wild animal within man, a force of nature.

O evento da revelacao mistica:

O ano de 1904 foi capital para Crowley, o mistério que iria persegui-lo por toda a vida estava por se revelar, como dádiva e maldição. Ele já era um Magista competente, iniciado na Aurora Dourada, uma das mais importantes Ordens mágicas de todos os tempos.

Nesta época, Crowley estava viajando o mundo. Em março e abril ele estava no Cairo, Egito, em companhia de sua esposa, Rose Kelly. O casal se entregava às alegrias da viagem de núpcias, mas nem por isso Crowley deixava de ser um Mago. Ele faz uma invocação de elementais do ar para sua jovem esposa, e qual não foi a sua surpresa, ao invés dos silfos a mulher começa a balbuciar: Hórus falava através dela. O deus prescreve então uma série de detalhes para um ritual de invocação, o resultado deste Ritual se da nos dias 8, 9 e 10 de abril, nos quais Crowley recebe o Livro da Lei, um poderoso Grimório de instruções mágicas, a Lei da era de Aquário. Crowley se choca com o conteúdo do Livro, mas a força das revelações lá contidas, influenciando eventos históricos de magnitude gigantesca (Primeira e Segunda guerras mundiais, por exemplo), deixou fora de dúvida a veracidade, beleza e poder do Livro da Lei.

Ditado por uma entidade de nome Aiwaz (que mais tarde Crowley associou a seu Eu superior). Nele, a Lei da nova era é sintetizada na frase Faze o que tu queres há de ser o todo da Lei, e tem como contraponto e complemento Amor é a lei, amor sob Vontade. Facilmente poderíamos imaginar um paraíso da libertinagem, mas a vasta obra de Crowley nos mostra que liberdade sim, mas com conhecimento, em suas próprias palavras:  ” O tolo bebe, e se embebeda: o covarde não bebe. O homem sábio, bravo e livre, bebe, e dá glórias ao Mais Alto Deus.”

O Livro:

Texto inspirado pelo sistema fechado como a besta fera? Ou como o estado sabio do ser feliz? Ele parece-me querer dizer que os pobres e fracos sao assim porque tem medo de desafiarem o que acreditam ser Deus – nao obedecendo Seus mandamentos – enquanto a chave da felicidade e’ justamente o oposto, pois o mundo tem muitas dadivas para se aproveitar – Faca tudo de acordo com seu desejo – e seja a “serpent”, a esfera circular de um sistema fechado em si mesmo, que suga a propria cauda para ser immortal, sem escrupulos. Trouxas, fracos, miseraveis, sao os da plebe,  os que nao me conhecem porque nao querem me conhecer.

Matrix/DNA: Bem…, eu nao vou opinar para nao orientar ninguem, porque a Verdade eu nao conheco, e nao quero correr o risco de orientar errado. O que essa doutrina diz pode ser claramente vista como as duas opcoes fatais extremas existentes neste universo: ser um sistema fechado em si mesmo ou um sistema aberto `a sua aventura no desconhecido ate’ sua dissolucao. Por muitas razoes de observacao e interpretacao eu prefiro para mim ser o sistema aberto, ainda que eu ache que exista a terceira opcao, no meio dos extremos, a qual seria ser sistema aberto porem impondo-se certas restricoes, para transformar-se, transcendendo a sua forma, antes de dissipar-se. E perante esta preferencia, o autor do livro e’ meu oposto, meu inimigo. Alem disso, a sugestao indicada pela formula – de que somos 8 bilhoes de genes semi-conscientes – sugere uma postura na vida totalmente diferente do que este autor apregoa. Mas como nao conheco a Verdade, nao afasto a suspeita de que minha preferencia seja um erro fatal. No entanto, prefiro correr o risco sendo assim, porque tenho repugnancia `a alternativa preferencial do autor.

Este texto ( um texto do livro) esta em:

http://lib.oto-usa.org/libri/liber0220.html

17 – Hear me, ye people of sighing!

The ‎tristezas ‎of pain and ‎me arrependo

Are left to the dead and the dying,

The folk that not know me as yet.

18 – These are dead, these fellows; they feel not. We are not for the poor and sad: the lords of the earth are our kinsfolk.

19 – Is a God to live in a dog? No! but the highest are of us. They shall rejoice, our chosen: who sorroweth is not of us.

20 – Beauty and strength, leaping laughter and delicious languor, force and fire, are of us.

…. bem assim o racismo, preconceito, instinto selvagem predador, continua no texto …

Mas devo ler este texto com calma, pois existe muitos “interessantes”, descrevendo como seria realmente o carater de um grande predador, uma besta fera.

Nao sei ainda se a identidade de um sistema fechado teria esse carater em relacao a: 1) as partes internas do sistema; ou 2) ao restante do mundo fora do sistema. `A primeira vista deveria ser em relacao `as coisas fora do sistema, pois as partes internas sao os tentaculos da entidade, devem ser protegidos, saciados, etc. Mas o sistema fechado ancestral astronomico nao se relacionava com nada de fora, entao… Teria uma explicacao: ao cair na Terra, a ideologia do sistema fechado nao pode ser exercida no total poder porque o sistema nunca pode ser tao isolado como era no ceu, ele depende de quase tudo na Terra, inclusive do trabalho escravo de humanos. Entao seria de supor-se algo metafisico, fantastico: o espirito do ancestral, que ainda domina a astronomia, quer se reproduzir, se firmar fielmente na Terra, atraves dos humanos, porem os humanos sao sentimentalistas, tem essa coisa de escrupulos, compaixao. Sua necessidade seria de vir aqui tentar convencer uma pequena porcentagem dos humanos a se juntarem dentro da ideologia do espirito e formar algo como uma elite, os Illuminate, algo assim. Mas, para isso nao seria necessario vir um espirito fantasmagorico, mesmo porque a Matrix/DNA sugere que a entidade do ancestral nao tinha auto=consciencia e nenhuma inteligencia para elaborar tal tipo de textos, regras, etc.  A pista vem do autor Crowley: A divindade que me apareceu era meu proprio anjo da guarda. Isso significaria para a Matrix/DNA que a formula fechado registrada na nossa genetica esteve se expressando livremente no autor, vindo de sua memoria inconsciente, talvez pelo uso de drogas, ou alguma alteracao mental pela sua obsessao com ocultismo e magia… ‘E a mesma formula que cria a fera carnivora predadora na selva, e depois passa-se para o humano primitivo.

Veja algumas destas “joias”:

 26 – I am the secret Serpent coiled about to spring: in my coiling there is joy. If I lift up my head, I and my Nuit are one. If I droop down mine head, and shoot forth venom, then is ‎arrebatamento ‎of the earth, and I and the earth are one.

Para ver bem isso deixa-me trazer dois aspectos da formula da Matrix/DNA aqui:

E o desenho do circuito do fluxo interno de informação da fórmula da Matrix/DNA na sua versão de sistema perfeito fechado, na forma de diagrama de software

E o desenho do circuito do fluxo interno de informação da fórmula da Matrix/DNA na sua versão de sistema perfeito fechado, na forma de diagrama de software

O Ultimo Ancestral Não-Vivo e Inanimado

O Ultimo Ancestral Não-Vivo e Inanimado

Sim, o sistema fechado tem a forma de serpente, uma mistura de uma esfera que se torce e liga sua ponta inicial a ponta final fechando-se a esfera. Se ela levanta a cabeca e abre a boca ( justamente a forma e funcao de F1) ela chupa a propria cauda, onde esta seu rebento, as outras funcoes sistemicas, e assim a cabeca e as partes do sistema sao realmente uma unica entidade. Ela e’ assim enquanto building block da galaxia. Acontece que uma das partes ( a F3) e’ justamente um planeta como a Terra. Ela quer dizer que se desce envolvendo a Terra, o planeta se torna sua F3, e assim de fato ela e a Terra se tornam um. Na figura de baixo, F1 e’ o vortices `a esquerda e F3 – planetas – e’ a figura azul no topo.

 25 – Ye are against the people, O my chosen!

Isto, pela otica da Matrix/DNA, siginifica a entidade do sistema fechado ancestral chamando um pequeno numero de pessoas ( sua parentela, como ela diz em outros lugares) para serem um sistema isolado, contra o resto dos humanos.

27 – There is great danger in me; for who doth not understand these runes shall make a great miss. He shall fall down into the ‎poço ‎called Because, and there he shall perish with the dogs of Reason.

e depois: If Power asks why, then is Power weakness.

Certo! Eu encontrei uma grande felicidade para viver minha velhice, que e’ o meu tempo ser curto para o deleite de estudar e descobrir o mundo atraves da Matrix/DNA. Mas muitas vezes, quando saio da aura feliz da investigacao, me vem a tristeza, eu caio abaixo moralmente, basta ver as noticias e notar as acoes do predador, das monstruosidades do homem e da Natureza nas suas tragedias contra humanos, e entao minha Razao me domina, sempre se perguntando “porque?”. Ai todas minhas esperancas sofrem abalo e a duvida sobre se existe ou nao a Matrix/DNA me assola. Espero manter a aura da Matrix para nao perecer como “os caes da Razao”, nas palavras do autor. Ele prega que a Razao e’ um mal, e se ela observer escrupulos, perguntando-se porque ao inves de simplesmente praticar seus desejos, ela enfraquece o poder do individuo. E o pior que ele pode estar certo, os fatos reais que conheco nao descarta essa possibilidade, mas, se estiver certo eu repugno e combat o mundo, mantendo a Razao e perguntando porque? A vida sempre foi severa e torturante comigo, talvez esteja ai a causa, mas entao ela tera que continuar a ser ruim comigo, porque nao consigo ser de outro jeito. E ainda tem mais essa:

28 – Also reason is a lie; for there is a factor infinite & unknown; & all their words are skew-wise.

Certo! Eu sei que minha Razao nao pode ser “A Razao”, porque nao conheco tudo e A Razao apenas seria de fato apos conhecer tudo. E sim, minha razao e’ skew-wise, ela vai sempre estar mudando, `a medida que mais vou conhecendo.

Os tres itens abaixo sao forte indicativo de que a entidade reveladora nada mais e’ que  a expressao

de uma psique modelada pela genetica herdada do ancestral animal predador que foi fortemente alimentada va vida de

Crowley, um filho de rico, que viveu a vida como rico parasita em orgias. Nos tres dias de lua de mel ele deve ter ingerido muitas drogas.

36.

There are rituals of the elements and feasts of the times.

32

37.

A feast for the first night of the Prophet and his Bride!

38.

A feast for the three days of the w

Esta frase em 11 – Chapter III confirma o inconsciente predador que digo acima:

be upon them, o warrior, I will give you of their flesh to eat!

Para mim chega! Nao quero vomitar.

Espera… tem mais uma chave apontando para a correta teoria da Matrix/DNA:

http://lib.oto-usa.org/libri/liber0002.html

The Key to this Message is this word— Will. The first obvious meaning of this Law is confirmed by antithesis; “The word of Sin is Restriction.”

Again: “Thou hast no right but to do thy will. Do that and no other shall say nay. For pure will, unassuaged of purpose, delivered from the lust of result, is every way perfect.”

Take this carefully; it seems to imply a theory that if every man and every woman did his and her will— the true will— there would be no clashing. “Every man and every woman is a star,” and each star moves in an appointed path without interference. There is plenty of room for all; it is only disorder that creates confusion.

From these considerations it should be clear that “Do what thou wilt” does not mean “Do what you like.” It is the apotheosis of Freedom; but it is also the ‎mais rigorosas ‎possible ‎laço‎.

Do what thou wilt— then do nothing else. Let nothing deflect thee from that austere and holy task. Liberty is absolute to do thy will; but seek to do any other thing whatever, and instantly obstacles must arise. Every act that is not in definite course of that one orbit is erratic, an hindrance. Will must not be two, but one…

Deixemos a Matrix interpretar isto:

Bem,… desde que a forma da formula universal que criou a forma de sistema biologicos – ou seja, a Vida na Terra – era um sistema fechado, e’ compreensivel que a biosfera – ou seja, a cria – reproduza a forma de sua criadora – ou seja, o sistema fechado. O sistema fechado pode ser definido assim: ele se separa do mundo e se constitui num ser que existe para fazer apenas seu desejo, egoistamente. Essa tendencia, essa ideologia, esse carater, foi o que construiu o DNA biologico e nele se inseriu. A meta dessa historia evolutiva biologica e’ reproduzir na superfivie da Terra um sistema fechado, o mais fiel possivel ao criador, apesar das dificuldades do novo ambiente.

Esse carater deveria ser expressado por todos os individuos biologicos de todas as especies. E se o fosse – Segundo diz o texto sagrado de Thelema, nao haveria conflitos, choques, pois cada individuo e’ uma estrela ( a formula da Matrix/DNA diz que cada individuo do sistema fechado ancestral era um astro, um corpo astronomico, sendo uma estrela ou carregando o germe de uma estrela). Diz o texto que o espaco e’ grande, infinito, cada estrela pode realizar o caminho, a orbita que quiser que nao vai se chocar com outra. Assim, nao apenas o texto de Thelema, mas a propria logica natural trazida pela formula no seu estado de sistema fechado dizem isso: faca apenas e tudo o que desejas e nao se preocupe com mais nada. nao se pergunta porque, como, ee nao se preocupe com consequencias. Agindo assim esta-se dando livre curso `a natureza no seu caminhar, esta-se deixando a reproducao genetica acontecer sem perturbacoes.

Entao quem seriam os “outros”, ou seja a enorme massa de “ignorantes”, “fracos” ” como caes” que devem ser atacados e eliminados? ora todos aqueles que fossem de alguma forma uma perturbacao ao livre curso do processo genetico. Assim como o DNA contem em si um mecanismo que identifica, combate e elimina os erros graves de transcricao genetica ou mutacoes aleatorias, assim o magnetism da vida, o DNA de toda a biosfera tera que combater os erros em si, os individuos que perturbam o processo de reproducao. E entao existem os humanos que sao movidos por “emocoes”, “sentimentos” “escrupulos” e sao cautelosos em fazerem seus desejos com medo de consequencias. Estes sao os a serem combatidos e eliminados, pois – como diz o texto de Thelema – eles causam disordem, e com isto criam as condicoes para os conflitos, os choques de interesses.

De fato a doutrina tem uma logica racional impecavel – segundo essa interpretacao sob a perspectiva da Matrix/DNA. Mas… sera’ ela a verdadeira logica para o bem da humanidade? A Matrix diz que nao, tem um erro fundamental, profundo, nisso tudo, que levaria a humanidade ao sofrimento e extincao. E ja li outros autores chegando a conclusao que se um dia a sociedade humana chegasse a constituir-se um sistema fechado em si mesmo, ela se extinguiria. Os primeiros passos para isso seria seguir no rumo do Brave New World, de Huxley, sob o governo de direito ” The Big Brother”, porque o governo poderoso de fato estaria acoima do Big Brother, fazendo deste tambem um escravo, seria a “entidade invisivel e abstrata de controle do sistema”. E a biologia evolutiva aponta varios casos de especies que se tornarem sistemas fechados em si, becos sem saida para a evolucao, e foram descartados, como os dinossauros e todos os grandes predadores.

Me lembro agora de duas razoes malignas para a humanidade apontadas pela Matrix.

  1. O Universo ( e se houver algo acima dele) nao suporta, nao tolera, e destroi todo sistema fechado em si mesmo. Pois o Universo nada mais e’ – enquanto aglomerado de galaxias – que um ovo cosmico, contend esta placenta constituida de sistemas astronomicos, onde internamente ocorre a evolucao de um feto pelo processo natural de reproducao genetica daquilo que criou o Universo. Entao, os sistemas astronomicos nada mais sao que uma formas provisoria deste ser universal, e se este sistema querer se perpetuar eternamente, parando a evolucao, seria como na genese de um embriao humano houvesse um aborto no estado de morula, ou feto… Para continuar o processo genetico, a evolucao, e’ preciso que os sistemas sejam abertos `a sua evolucao. O que o texto de Thelema esta querendo insinuar e’ que o “espirito” do nosso ancestral sistema fechado veio aqui ditar um livro com leis para os genes que estao corretos no processo de reproducao da galaxia e dando-lhes poder para combater e aniquilar os que estao tentando manter o caminho aberto para a evolucao universal. Se os resultados de minha investigacao que me levou `a sugestao de que exista a formula da Matrix/DNA estiverem mais proximos do acerto, tocando os pes da Verdade, a versao da  Historia Universal Natural escrita por esta cosmovisao diz que o nosso ancestral foi atacado pelo Universo, atraves da entropia, foi destruido, fragmentado em seus bits-informacao e jogados nas superficies dos planetas para se arrastarem ate aprenderem o caminho correto. Entao, esta entidade de Thelema e’ um caso perdido, jamais deveriamos reproduzi-lo. Se tentar, vem a Queda. ja aconteceu uma vez, e a logica imperativa diz que acontecera tantas outras vezes quanto haja reincidencia neste erro.
  2. Podemos – a biosfera toda, com todas suas especies biologicas – estar-mos condenados atraves de nossos genes, a reproduzir o deus caido, o nosso ancestral que cometeu um pecado inaceitavel pela natureza universal. Alias, o codigo impresso no DNA determina esse destino. Assim como a gestacao de um animal ocorre livre e naturalmente, assim deveria ser a gestacao da qual fazemos o papel de genes aqui. Mas… algo saiu errado. Existem estes elementos pertubadores que, inclusive, segundo o texto sagrado do Thelema, obriga a entidade elemental do sistema galactico a vir aqui como um remedio, uma droga terapeutica, fazer correcoes no processo reprodutivo. Inoculando soro revigorante nos seus anti-corpos para combater os elementos pertubadores ( na minha teoria nao existe uma entidade elemental consciente de sistemas anteriores, mas pode existir uma forssa com substancias e energias que nao captamos que esta inserida na psique humana por acao destes genes, e isto seria o insconsciente do escritor deste texto).

Entao, o que teria sido a causa da perturbacao? Ora, nossos genes, nossa genetica, esta sendo palco de duas forssas convergentes: a reproducao do sistema fechado astronomico e a reproducao do sistema aberto universal. Assim nossa genetica esta dividida em duas opcoes, porem, devido a galaxia estar logo aqui a nossa volta, e o Universo estar mais distante, a tendencia da reproducao da galaxia se torna dominante, e o Universo, recessivo. Mas sabemos que na genetica, os genes recessivos, mesmo assim, influenciam alguma coisa na formacao do baby. E existem os momentos de fraqueza do dominante, que sao aproveitados pelo recessive para inserir algo de seu carater, seu desejo. Eu desconfio que a causa da perturbacao e’ sugerida pelos meus resultados em outro plano da cosmocvisao; a que o sistema universal tem sido um conjunto de duas faces distintas, uma funcionando como duro, materializado hardware e a outra como suave, quase abstrato, software. A face software e’ a que vem do universo ou alem dele, ao que denominamos “consciencia cosmica”. Apesar de recessive, tendo as portas da psique humana fechadas, essa suave substancia tem penetrado de alguma maneira neste processo reprodutivo ocorrendo aqui, e seria ela a causa das perturbacoes. Porem, apesar de eu apreciar esta ideia e ver nisto uma logica, nao deixa de ser uma metafisica, nem de teoria poderia ser chamada, entao, fica ao criterio de cada um.

Somos estrelas? Nao, somos seres rastejantes sem brilho na superficie de um planeta, estrelas sao outra coisa. mas nem mesmo metaforicamente? Bem, somos – segundo a versao cientifica – feitos com material das estrelas, mas passaros e avoes sao ambos feitos de atomos, ambos tem asas e voam, no entanto sao coisas muito diferentes entre si. Assim, o corpo do ultimo ancestral dos sistemas biologicos era composto por estrelas, a biosfera tem a tendencia a se reproduzir como algo assemelhado ao buiding block dos sistemas astronomicos, mas – segundo a Matrix – nos building blocks a consciencia cosmica dormia, e em nos ela esta se despertando e se levantando, e ela sera nosso destino, nao as estrelas. Alem disso, a superficie da Terra e’ um espaco limitado, os seres moventes aqui se chocam, inevitavelmente. A entidade do Crowley esta’ “far away off the beam”.

 

Matrix/DNA: Uma unica formula aplicada a sete tipos de sistemas naturais, ciclos e acessorios de sistemas

quinta-feira, abril 26th, 2018

xxxxx

Foto de Louis Charles Morelli.

A Marca Negra da Matrix/DNA

domingo, abril 22nd, 2018

xxxx

Comprovado esta’ o fenomeno em que alguns individuos humanos passam a viada inteira sob uma opressao negativa, de origem e essencia misteriosa. Com a nova ideia do holograma matricial pairando sobre especies e dirigindo-as a serem organizadas em sistema social na imagem da formula da Matrix/DNA, vem a ideia de que estes individuos sao estigmatizados com alguma especie de marca, e no momento em que nascem. Seria uma marca como o sinal de Caim na testa, um sinal de maldicao, e impresso nos rebeldes ao sistema fechado que veio do passado astronomico. Estes individuos estariam empunhando a bandeira dos sistemas abertos, e por todas suas “reincarnacoes”.

Fica mais esse topico em aberto para refletir e pesquisar.

DNA: dois machos opostos entre si (acidos ion positivo) separados por 4 femeas (bases ion negativo)

sábado, abril 14th, 2018

xxxx

O DNA e’ composto de dois acidos separados entre si por bases. Os acidos sao fortes ions positivos, as bases sao fortes ions negativos. Entao uma nova imagem do DNA se nos apresenta, a de, por exemplo, dois homens vestidos de vermelho e querendo brigar ( ou se fundirem?), separados por 4 mulheres vestidas de amarelo.  E lembra o nucleo atomico onde dois protons positivos sao separados por neutrons.  Mais uma evidencia de que existiu uma linha evolutiva desde o sistema atomico para o sistema biologico. Porem, onde ficam os eletrons nesta historia? Mas… porque a Natureza precisa que sua formula basica da vida – o DNA – tenha que ser assim? Uma estrutura em que a energia, ou cargas eletricas sao fundamentais ? Onde tem que existir a dicotomia dos opostos? Onde fica claro que os opostos se atraem e os iguais se repelem? mais tarde esta linha evolutiva produziu o cerebro onde temos esta divisao entre hemisferios direito e esquerdo – sera que esta dualidade eletrica existe tambem entre os dois hemisferios?!.

Esta questao surgiu casualmente na leitura do seguinte paragrafo:

Arrhenius theory, theory, introduced in 1887 by the Swedish scientist Svante Arrhenius, that acids are substances that dissociate in water to yield electrically charged atoms or molecules, called ions, one of which is a hydrogen ion (H+), and that bases ionize in water to yield hydroxide ions (OH). It is now known that the hydrogen ion cannot exist alone in water solution; rather, it exists in a combined state with a water molecule, as the hydronium ion (H3O+). In practice the hydronium ion is still customarily referred to as the hydrogen ion.

O Mecanismo: Uma descoberta que toca nos bastidores da formula da Matrix/DNA

terça-feira, março 27th, 2018

xxxx

Filme no link (netflix):

https://www.netflix.com/watch/80121143?trackId=13752289&tctx=0%2C2%2C46db119443e29980da9a3bb9897ed7ebac21160e%3A5969efa7ed2d7f6f8a1e4dba94523fbc7291280f%2C%2C

Depois que descobri um padrão comum na estrutura de todos os sistemas naturais deste Universo, percebi que e’ uma formula de um circuito interligando todos os elementos dos sistemas, como o mecanismo de um relógio. Este mecanismo e’ o que mantem a impressionante perfeição funcional do sistema solar, a eternidade de um átomo que não seja perturbado pelo exterior, a memoria viva que se transmite na forma genética por 3,5 bilhões de anos como building block, ou unidade de informação do DNA.

Não tem como algo neste mundo escapar deste mecanismo. Por isso pensei logo numa Matriz, universal, ( 20 anos antes de sequer imaginarem o filme Matrix ou publicarem algo sobre a ideia). Muitos anos depois analisando as causas da desgraça que sempre abateu o povo pobre no Brasil, de cujo meio eu nasci, e ter vivido sete anos na selva virgem, percebi como o mecanismo se transferiu do sistema da cadeia de alimentos na selva para os sistemas sociais feitos por humanos. A projeção dos instintos animalescos como o instinto para grande predador, para médio predador, e para presa, sobre os tipos de sistemas sociais humanos, sempre compostos por uma classe aristocrata predadora, uma classe media parasitaria, e uma classe baixa de gado pobre, era uma clara projeção da formula e seu mecanismo de um nível menos evoluído para o próximo nível com alguma maior complexidade. Neste sentido me chamou a atenção quando conheci os fractais de Mandelbrot, pois os sistemas aumentam ou diminuem de tamanho, são simples ou mais complexos, mas a sombra infra-estrutural encriptada em todos e’ sempre a mesma.

Então houve o filme da Matrix e surpreso ate’ desconfiei que ou a instituição brasileira ou a americana onde registrei os direitos autorais de uma ficção cientifica com o nome de Matrix/DNA teria vazado os originais para os escritores do livro.  Mas não, os fundamentos do filme são diferentes, apenas revelam a coincidência de que quando uma ideia desponta no quadrante norte da Terra, ela esta mais ou menos na mesma época despontando nos outros cantos do planeta, numa especie de sincronia da consciência coletiva de Gaia.

E agora assisto a ficção no Netflix intitulada ” O Mecanismo”. Ora, vi a formula da Matrix/DNA levemente tocada em duas ocasiões: o mecanismo do sistema social desenhado no quadro negro e os fractais no tablet da menina.

Digo levemente tocada porque o personagem no filme não capta a verdadeira formula, apenas o circuito esférico externo do sistema, faltando ali um elemento chave, que e’ o numero “phi”, ou seja, a função sistêmica da auto-reciclagem ou reprodução destes sistemas, que e’ outro fluxo do circuito interno ao sistema. Neste filme-documentário, o agente funcional representando esta função que perpetua o mecanismo por mais que ele tenha suas cabeças de hidra cortadas uma vez, ‘e o 13 * empresario, o verdadeiro chefe, o que possui o cordão fetal ligado ao verdadeiro poder oculto do mecanismo. Por isso, este combate temporário ao mecanismo no sistema social brasileiro, por meio deste cordão fetal com a verdadeira Matrix, não vai extirpar o sistema selvagem social.

Eu disse acima que e’ impossível a algo dentro deste Universo escapar do mecanismo, da formula. E também vemos agora que nos e’ impossível alcançar e tocar o mal que se situa numa dimensão oculta e muito maior que a nossa. Mas a mesma mestra Natureza na selva que me levou a descobrir a formula, também por outro lado revelou uma historia universal evolutiva com um proposito, o qual determina que a Matrix/DNA sera vencida. Como?

Tanto o mecanismo desenhado no quadro negro do filme como no mecanismo que desde a formação dos sistema solar tem reinado sobre os sistemas biológicos, ou seja, a Vida, são apenas o aspecto de sistema fechado em si mesmo da formula. Mas ela tem três estados, não apenas esse. Ela pode estar no estado de sistema fechado, ou sistema aberto, ou no estado transcendente, quando ela deixa de ser um mecanismo, uma formula, e retorna a ser a Fonte.

Quando um sistema esta no estado fechado, todas suas partes são escravas da entidade do sistema, o qual. por sua vez, e’ escrava da entidade da Matrix, que e’ universal e extrapola os sistemas. Um comum exemplo e’ o sistema social dos insetos, onde todos são escravos, inclusive a rainha, que representa nestes sistemas a sua entidade abstrata, não pode escapar de suas próprias regras. Mas toda vez que os sistemas entram neste estado, como a matéria procura o equilíbrio termodinâmico e se consegui-lo ela fica eternamente inerte neste estado, o sistema pode sobreviver por milhões ou bilhões de anos, mas esta fatalmente condenado a ser transformado, pelo principio universal da entropia. E quando um sistema esta no estado de sistema aberto, ele esta aberto a sua própria evolução, aberto as trocas com o mundo externo, então as partes internas – a sua população – tem um grande nível de liberdade. Mas não total, pois o circuito esférico auto-reciclável permanece e e’ isso que permite a perpetuação das especies do sistema, as quais morrem e são reproduzidas.  E esta característica de não-liberdade total, de não livre-arbítrio total e’ providencial, porque num sistema aberto suas partes tenderiam a se abrirem ao infinito, desfazendo-se totalmente.

Resta o terceiro estado, que e’ quando um sistema aberto tem a sorte ou aprende a evitar cair no estado de sistema fechado e ao invés disso, ele se auto-sacrifica em algumas de suas necessidades e impulsos o que o faz transformar-se, transcendendo suavemente, sem a aplicação das cirurgias dolorosas a sistemas estabelecidos. Porque a natureza e esta formula conduz os sistemas a sempre aumentarem em complexidade, a evoluírem, de transformação em transformação, de transcendência em transcendência, não conseguimos ainda captar, porque a resposta jaz antes do Big Bang, alem deste Universo. Digo isso porque as ultimas instancias da minha investigação tem resultado em que a primeira manifestação da formula, do mecanismo universal, neste universo foi na forma aparentemente simples de uma onda de luz. Digo aparentemente simples porque descobrimos que nas entrelinhas de sua aparente simplicidade se encontram as informações para a maior complexidade possível neste mundo. E estas ondas de luz foram emitidas por uma Fonte, existente antes e alem do nosso mundo, pelo mesmo processo de reprodução genética quando humanos emitem de seu corpo o seu genoma para se auto-reproduzirem. Tem ocorrido que ao avançarem se propagando no tempo e no espaço deste universo, as ondas vão perdendo suas partículas, os fótons, cada qual sendo uma reprodução da onda inteira mas também sendo uma informação genética do sistema, uma unidade fundamental de informação. A onda de luz acaba poer desaparecer quando se desligaram todos os fótons, os quais adentram os elétrons dos átomos assumindo o mecanismo do sistema atômico e conduzindo-os a conexões que aos poucos produzem na matéria a formula universal. parece-me que o proposito e destes fótons e’ reconstruir a onda de luz de onde vieram mas para isso precisam do meio material, e a direcao deles e’ exatamente oposta e contraria `a direcao anterior da onda, o que significa que os fótons reproduz a onda retornando a fonte de onde foi emitida, assim como o genoma constrói um exemplar da especie que retorna ao mundo ambiental da especie que emitiu o genoma.

Mas enquanto estamos na situação de “genes” dispersos e neste trabalho de reconstrução, estamos sujeitos `a formula universal. Mesmo quando estamos no estado de sistemas abertos, como os sociais humanos, uns mais abertos, outros mais fechados, como as monarquias, as ditaduras, etc.  O sistema social brasileiro atual imita fielmente o sistema dos nossos ancestrais animais nas selvas, revelando não apenas que os instintos atravessam as especies, mas também que, na verdade, o estado sofrível do sistema social brasileiro tem como causa o mecanismo que se manifesta na forma destes instintos, devido nossa herança ainda mais antiga, uma herança de antes das origens da vida, onde o mecanismo era forte e fechado em si mesmo, no aspecto de nosso ancestral astronomico. descrito pela mecânica Newtoniana. Agora que deciframos o código, que conhecemos e desmascaramos nosso inimigo – o qual esta dentro de nos e modelando o ambiente que nos circunda – temos a inteligencia para amenizar seus efeitos indesejáveis em nossas vidas, porem não o poder para extirpar este câncer de sistema fechado de uma unica vez, pois isto envolve todas as forças e elementos da Natureza, e a natureza em lenta segundo a perspectiva humana, ela demora milhões ou bilhões de anos para transformar um sistema. Não vamos nos auto-exorcizar daqueles instintos, não vamos n os livrar do mecanismo, não vamos construir o sistema social ideal, teremos que aguentar com paciência o tempo astronomico deste planeta. Mas o simples fato de conhecer-mos a gora a verdade, sera um grande incentivo para que mesmo inconscientemente vamos na direcao de auto-exorcizar-nos dos instintos animalescos. Basta aos que forem conhecendo a Matrix/DNA, divulgarem com insistência  toda manifestação daqueles instintos, pois os humanos não apreciam serem comparados a animais e desejarão mostrar um comportamento afastado destas origens.

xxxxx

Exemplo de comentario a ser postado na midia:

Brilhante intuição do mecanismo por fractals. Mas a formula que encontraram não esta completa, e’ um mero tatear na sua superfície, e por isso, não conseguiram eliminar o mecanismo, deixando livre o ultimo tentáculo livre, de numero 13, que tem o cordão umbilical ligado direto `a fonte que se auto-recicla, e o mecanismo retorna. Para quem conhece a formula completa do mecanismo – a Matrix/DNA – sabe que aquele esquema no quadro apenas revela o circuito esférico externo do mecanismo, mas tem outro, decisivo, que e’ um ramo interno lateral, responsável pela auto-perpetuação do sistema. Para se entender o sentido mais amplo do mecanismo, devemos lembrar que o sistema social humano e’ uma real imitação do sistema selvagem dos nossos ancestrais das selvas, de onde viemos, e isto explica as projeções por fractais : tem a classe dos grandes predadores (leões, gorilas), dos médios predadores (lobos, raposas) e das presas (gado, ovelhas), ou seja, classe alta, media e baixa, tudo igual. Porque o mecanismo ‘e universal, ele move a mecânica celeste, o equilíbrio termodinâmico dos sistemas atômicos, os fluxos de informações como unidade fundamental do DNA, o metabolismo da célula, a performance neuronial, etc. Nossa esperança reside no fato que a Matrix/DNA que herdamos e tem imperado aqui e’ sua face de sistema fechado, mas a formula tem mais duas faces ( a de sistema aberto e o salto para transcendência) e nisto reside a estrategia para estancar a perpetuação deste sistema. Se alguém se interessa em conhecer a formula completa do mecanismo, basta googlar: ” A Matriz Universal dos Sistemas Naturais e Ciclos Vitais”

 

Postado em:

(enviado para moderação, checar se saiu):

http://odiarionacional.org/2018/03/26/vergonha-do-stf-e-representada-em-serie-o-mecanismo-assista-o-trecho/

 

A comparacao entre a formula simples do computador digital com a formula da Matrix/DNA e similaridade com o computador quantico

domingo, março 4th, 2018

xxxx

Uma das primeiras estranhezas que as pessoas notam quando apresento a formula da Matrix/DNA e que as conduzem `a incredulidade surge quando digo que ela e a construtora de todos os sistemas e seus acessorios naturais. Parece-nos algo igual a antidga forma de dizer  “Deus fez tudo”. Mas…

As pessoas se esquecem que o modernos computadores usam bilhoes de transistores e multiplos niveis de codigos para produzir videos de alta definicao e complexos apps, mas se olharem mais atentamente vao notar que tudo deste mundo digital se reduz a uma simples series de bits, com duas variaveis apenas, 1 e 0.

Ok, o mundo real, o universo, tem muito mais coisas do que as que podemos ver produzidas nas telas dos computadores. Mas tambem tudo se reduz a uma formula muito mais complexa do que a formula do computador. vamos classificar as diferencas:

  1. Para comecar esta formula tem 7 variaveis principais e nao apenas duas.  Se conseguirmos um computador com sete variaveis – e teria que ser quantico para entrelacar com velocidade da luz estas variaveis – ele sera milhoes de vezes mais poderoso do que o atual. Mas note que eu disse ” principais variaveis”. Porque? Ora, o fluxo da corrente energetica ou de informacoes que corre dentro da formula obedece ao processo do ciclo vital. E o que este processo produz nos organismos, nos nossos corpos? Que a cada minute more uma celula e entao e’ produzida outra para ocupar seu lugar mas a nova sera em algum detalhe diferente da anterior porque o momento, forma, e estado do corpo quando a celula morreu vai se transformar e o momento, forma e estado do coepo quando a outra celula vier tera algum detalhe de diferenca.  Num corpo humano nos dizemos por conveniencia que existem seis estados ao longo de uma vida:  forma fetal, embrionaria, infantil, juvenile, adulto, senil, cadaver, ou seja la que outro tipo voce queira divider isso. Estas sao as variacveis peincipais, os carros-chefes, as que mais vixsiveis vemos. Mas atras delas vem as variaveis de cada minute, cada Segundo que o corpo tem um estado e forma unica, entao a formula tem uma quantidade de variaveis que tende ao infinito, se voce for dividindo as principais e entrelacando-as com suas variaveis vizinhos obtendo as intermediarias, etc. Nao sao apenas os bits que tendem ao infinito, mas tambem o numero de letras do algfabeto da linguagem que a Matrix fala. Nossa mente nao tem o poder para sequer imaginaar a grandeza disso.
  2. Em segundo lugar, o movimento da energia dentro do computador que conduz o software, os comandos de instrucao, e’ unidirecional, so tem um caminho e para a frente, um caminhar sem outro significado senao o de ir galgando degraus como quando se move numa escada, subindo. Cada novo dado inserido nesse fluxo de informacoes e ele apenas e’ acrescentado, quantitativmente, para fazer crescer em volume e peso o fluxo, nao sao dados que inseridos vao transformar retroativamente os dados anteriores para melhorar a qualidade e desta aumentando tambem a diversidade de produtos.  Ora, na formula da Matrix/DNA o movimento do fluxo de informacoes e’ feito pelo processo do ciclo vital, de maneira que as informacoes internas ja possuem a instrucao para transformar estados de um momento para diferentes estados nos momentos seguintes, o que significa que existem muitos mais niveis, camadas, dimensoes de codigos previstos na formula.
  3. Alem disso, as duas variaveis do computador nao constituem um sistema functional e sim apenas um processo de bate e rebate com igual direcao, intensidade e significado. E’ preciso diferenciar sistemas de processos: processos sao apenas as trocas, as interacoes automaticas entre dois ou tres elementos onde o objeto que circula entre os agentes permanence sempre o mesmo. Sistema e’ o conjunto de todos estes processos internos mais os extrnos e ainda de uma maneira que pelo ciclo vital transforma os objetos que circulam. O priocesso entre as duas variaveis no computador e’ como ficar eternamente “hitting around the bush”, rodeando em circulos sem avancar do lugar, por isso o computador nao sabe criar nada de si mesmo, nao sabe transformar, apenas engrossar. Se o fluxo avanca mecanicamente, linearmente, de uma posicao para outra, ‘e por pura contingencia das forssas fisicas. Enquanto isso, a formula da Matrix/DNA, as variaveis principais tem a escolha ou possibilidade de seis caminhos diferentes na interacao com as seis outras variaveis e depois uma infinidade de caminhos nas interacoes com as variaveis secundarias. Quando ela pode fazer este entrelacamento, esta danca flexivel, ela pode trnsformar e criar coisas novas.
  4. Nos nao inventamos o computador por uma ideia vindo do nada. Conscientemente ou nao nos estamos fazendo computadores porque nos temos uma natureza que possui recursos, mecanismos e processos, para fazer cerebros que fazem processamento de informacoes. Nos comecamos com pedrinhas substituindo os dedos para criar numerous e contas primarias, depois substituimos as pedrinhas pelo abaco e chegamos as maquinas mecanicas a manivela de calcular. Quando aplicamos energia eletrica nestas maquinas a potencialidade delas surgiram multiplicadas e entao comecamos, inconscientemente, a perceber que aquela maquina podia manter memoria, processar informacoes pela simples tecnica de acrescentar dados, e hoje, a cada dia mais, o verdadeiro criador do computador, que e’ o cerebro humano, nao o esta criando do nada mas sim se auto-projetando num Claro processo de autoreplicacao. Ora, mas o cerebro humano foi feito, criado, depois de muito trabalho evolutivo, pela formula da Matrix/DNA. Entao, indiretamente, quem produziu e esta aprimorando a maquina computadora ‘e a Matrix. Ela nao pode ainda se autoprojetar com sua quase infinita capacidade, ela tem ainda apenas nem um feto, tem uma morula, uma blastula desta autoprojecao. Entao nao se admire que tudo o que voce ve o computador fazer vindo de uma formula tao simples seja uma analogia veridical com tudo o que voce ve vindo da formula da matrix/DNA.

A seguir algumas dicas para entender melhor um computador nos seus aspectos relacionados `a sua formula:

Let’s begin by reminding ourselves how digital computers work.

Vamos comecar lembrando-nos como computadores digitais funcionam.

The basic ingredient is the binary digit, or bit, which may take only the values 0 or 1. In modern computers, bits take the form of tiny electrical switches called transistors. Transistors are in one of two states. When they are switched on, they conduct electrical current. This is the “1” state. When switched off, they are not conducting current. This is the “0” state.

O ingrediente basico e’ o digito binario, ou “bit”, o qual pode ter apenas dois valores: ou 1 ou 0.

In a physical computer chip, we might find a series of transistors in the following states: on, on, off, on. In binary, the mathematical language of computation, the series becomes 1101.

This might appear to be an inadequately crude method of communicating information—how could we possibly convey the rich tapestry of the world using only this black-and-white mold? The first step is recognizing that bits can represent numbers in our traditional counting system. For example, 1101 represents the number 13 and 0110 represents the number 6.

In fact, these are the only ways we can represent 13 and 6 using bits, creating a unique translation dictionary between strings of bits and normal numbers. In this way, we can assemble arbitrarily large numbers by stringing together bits. The MacBook Pro uses a 64-bit processor to express every number up to 18,446,744,073,709,551,615.

But if computers could merely store numbers, we would not find them very useful. The reason computers have become ubiquitous is we can use these numbers to further represent many other things.

Take shades of gray: simply interpolate between pure black (0) and pure white (255, by convention). Colors can be decomposed into red, green, and blue components, each having their value interpolated up to 255. Logic operations, musical notes, letters in the alphabet, internet pages, online dating profiles and many other types of information may be expressed in the same way.

Modern computers use billions of transistors and multiple levels of code to produce high-def video and complex apps, but look closely enough, and the digital world reduces to a simple series of bits. 

(Check out this video to learn more about how binary works.)

https://www.youtube.com/watch?time_continue=14&v=kcTwu6TFZ08

Bem, agora a evolucao dos computadores estao entrando na era dos computadores quanticos. A grosso modo eles sao milhoes de vezes mais eficientes e poderosos do que os atuais digitais porque enquanto o digital so pode fazer uma operacao a cada vez, limitado pelas portas 1 ou 0, os quanticos poderao fazer milhoes de operacoes ao mesmo tempo. Os muitos estados em que ocorrem as operacoes me parece uma timida imitacao dos quase infinitos estados que um organism pode apresentar como variaveis. Vamos ver no link abaixo uma  das melhores explicacoes sobre o que e’ computador quantico:

 This Is What Makes Quantum Computers Powerful Problem Solvers

https://singularityhub.com/2017/03/30/this-is-what-makes-quantum-computers-powerful-problem-solvers/#sm.0000ts2qoko8sfrnuve1ro1f2je6a

This Is What Makes Quantum Computers Powerful Problem Solvers

 

A dança do DNA: mais uma esplêndida descoberta prevista e explicada pela formula da Matrix/DNAd

sexta-feira, fevereiro 9th, 2018

xxxx

APRENDENDO A EXTRAORDINÁRIA ENGENHARIA DA NATUREZA

Baseado no artigo:

Dynamic DNA dance identified with new CRISPR/Cas9-based labeling

http://med.stanford.edu/news/all-news/2018/02/dynamic-dna-dance-identified-with-new-crispr-cas9-based-labeling.html

Meu comentario postado no Facebook em fev/09/18

Imagine que você precise amarrar o cadarço do sapato, e está em pé. Obvio que voce nao vai curvar a coluna tentando levar as mãos ao pe. Então sua mente entra em cena para planejar e mover seu corpo. De alguma maneira, seja sentado ou com os pés em cima de algum patamar, você vai dobrar as pernas. Quer dizer, você vai puxar os pés para mais perto das mãos. Pois bem..

Cientistas descobriram agora que o DNA faz a mesmíssima coisa quando vai produzir uma proteína mas uma parte do código está num local dele e outra parte esta longe. Ele se rebola, dança, puxa a parte distante para perto… Foi mais uma daquelas descobertas que deixou os cientistas boquiabertos, porque nunca tinham imaginado que o DNA faz isso e o mistério de como partes distantes do DNA se ligam tem gasto muito tempo em estudos e experiências.

Aqui na Matrix/DNA visão do mundo, estou comemorando mais uma conquista. Pois minha teoria previa isso e sugeria uma explicação. Esta os cientistas não pensaram ainda.

Ao contrario da crença geral de que o DNA seria um código genético, tenho dito que não e’, e sim uma mera pilha de cópias diferenciadas de um único sistema. Mas aí vem a segunda parte que os cientistas desconhecem: todos os sistemas naturais, de atomos a galaxias a building blocks ou tijolinhos do DNA, foram feitos por uma mesma e única formula natural. A qual eu montei e denominei “Matrix/DNA”.

Acontece que essa formula, quando comparada e colocada como template ou forma de fundo de qualquer sistema natural, nos abre um leque imenso de descobertas sobre o que na realidade são os sistemas naturais. Ela me levou a descobertas de arrepiar os cabelos, por exemplo, a percepção pela primeira vez no mundo de que uma mao humana mostra exatamente o enredo da história da nossa vida: a palma representa a fonte da criacao como a barriga de uma mulher grávida, o dedo mindinho representa o corpo na forma de baby, o outro a forma de criança ate o polegar encurvado representar o velhinho idoso. Mas isto nao e’ mero acaso: a formula dos sistemas foi feita com um único corpo sendo modificado pela força do ciclo vital, então cada forma diferente se torna uma parte funcional que depois o circuito se fecha e assim surge um sistema perfeito, vivo! E para fazer as mãos, a natureza forneceu uma cópia da mesma formula. As sociedades de abelhas e formigas que funcionam de forma engrenada e automática se encaixam perfeitamente nos seus mínimos detalhes quando as comparo com a formula. E assim por diante, a cada dia vou descobrindo que milhões de coisas na Natureza agora se explicam maravilhosamente.

Mas o que tem a ver a formula da Matrix/DNA com a danca do DNA descoberta agora?

Ora, uma outra revelação da formula e’ que todo sistema natural cria sua própria identidade. E’ uma entidade abstrata, oculta aos nossos sentidos, mas que pode ser percebida ao se observar os efeitos internos e externos, e as historias dos sistemas. Esta entidade emerge como o conjunto de informações do sistema, ou seja, a soma das informações de cada parte do sistema, mais as informações das interconexões destas partes e as relações externas. Dois exemplos fáceis são a mente no cérebro e o software no seu computador, o qual, por não ser um sistema-hardware natural, não pode criar sua própria personalidade.

E então, alem do DNA ser uma pilha de cópias diferenciadas de um sistema, quando ele se torna uma individualidade, estas regiões de cópias passam a serem suas partes e no seu todo ele se torna tambem um sistema. A forma de seu sistema e’ uma projeção evolutiva do sistema que e’ seu building block. Entao, novamente a Matrix/DNA…

Voltando-nos agora para os cientistas que ate hoje nao sairam do laboratorio pois estão embasbacados observando o que descobriram, eu perguntaria a eles qual a forssa, a causa, que move o DNA a se mover e dançar assim de maneira a executar uma obra, específica?! Pois na realidade – ignorando-se os segredos nas entrelinhas – o DNA nada mais e’ que uma porção de átomos conectados entre si ao que se denomina de molécula. Ora, atomos e moleculas nao tem inteligencia alguma para executarem nada previamente planejado. Muito menos poderiam prever o futuro, pois fazer algo desejado e’ prever de antemão a imagem do objeto que se vai fazer. Claro, os cientistas não tem a menor explicação e vão sempre responder do mesmo jeito: “Bem,… e’ isso que acontece. e’ isso que vemos acontecer – a dança – apenas isso que sabemos e agora vamos procurar utilidades práticas nessa descoberta”. A Ciencia descreve fenomenos e eventos, separados entre si. Quem busca causas, razões e tenta conectar os fenômenos para obter um quadro geral, sao os filósofos naturalistas, como eu. A ciência vê um aborígene ou um pássaro movendo-se numa espécie de dança e para por aí, emitindo um postulado: ” Eles se movem dancando”. E este comportamento e’ aleatório, não faz sentido. Apenas quem vê o conjunto e busca mais a fundo porque eles dançam vão perceber que a dança tem um motivo prático, logico, que e’ seduzir um possível parceiro sexual.

O que esta movendo o DNA a se contorcer, dobrar-se, e’ sua “mente”, sua entidade personalizada como sistema natural. Claro que sendo uma arquitetura muito simples, um arranjo molecular de átomos, e’ uma entidade sem qualquer consciência, sem inteligência para planejar projetos futuros. ‘E uma entidade um grau mais evoluída do que a entidade do planeta Terra, que mantem todo este sistema complicado funcionando numa equilibrada homeostase, gerando furacoes para corrigir indesejadas compressões, blocos de gelo num lugar para diminuir uma tórrida e perigosa temperatura em outro lugar, essa nossa sagrada sabedoria da mãe Terra a qual denominamos de Deusa Gaia. Mas mesmo assim, tanto Gaia quanto a entidade do DNA são queridas ancestrais do que hoje se tornou a prodigiosa mente humana. Uma linhagem evolucionária da qual a Matrix/DNA está aqui apontando com firmeza, emergiu la’ nas origens do Universo junto com o Big Bang.

Porém, o conhecimento deste mundo todo novo revelado por essa formula me leva ja’ a planejar mais um passo de pesquisas além da descoberta de hoje. Pois como a entidade do DNA “sabe” que la no meio da célula, ou na corrente sanguínea além da célula, ou la no fígado do organismo, esta precisando de uma especifica proteina, dentre as mais de 20.000 existentes?! Ora, não pode saber, ele mal poderia saber o que acontece dentro de seu casulo nucleico. Entao de onde parte o inicio do projeto, quem ou o que notifica o DNA do projeto a fazer? Esta questão me apareceu apenas agora, então corro para o oráculo da fórmula mais uma vez. E a resposta surge clara, limpida, obvia! Ora, o DNA criou um organismo, o corpo humano, que e’ um sistema e portanto tem uma entidade. Isso ai nada mais e’ que um papo, uma conversa entre entidades ocultas ocorrendo dentro do nosso corpo! Penso que a entidade organica que se ocupa disso nao seja a mente, e sim a entidade do sistema nervoso secundario que cuida de todas as tarefas rotineiras automaticamente, como a respiração. A mente e’ outra forma mais evoluída vinda destas entidades antigas e internas, ela e’ entidade de um novo sistema mil vezes mais complexo, denominado cérebro.

Então agora surge a questão que me levaria correndo ao laboratorio de seu tivesse acesso a algum: como a entidade do organismo se comunica com cada entidade de cada DNA?! E olha: descobrir isso pode ser um duro golpe eliminando a maioria das doenças com causas sistemicas, como diabetes, cancer, etc. Oxala’ alguem que seja alguem de fato e não apenas um mero meio-macaco melhorado recém vindo da selva resolva ressuscitar a abandonada ciencia dos sistemas, descubra a formula, aprenda a entender estas descobertas e com acesso ao meio acadêmico conduza as pesquisas que tanta tortura humana de hoje pode eliminar para sempre.

 

 

Grafeno: A Natureza o criou comecando pelo estado de morto, e lhe proibiu ser vivo em nossa dimensao! Ou ele existe vivo em outra dimensao e vem para ca quando morre?

segunda-feira, fevereiro 5th, 2018

xxxx

Capitulo Geral Sobre Grafeno

Anotar que a principal razao das pesquisas do grafeno e’ a busca de metodos tecnicos para extrair o grafeno da grafite, pois o problema todo no momento esta em que os metodos conhecidos atuais tornam o custo proibitivo. ( Ver no artigo da Gazeta do Povo a diferenca entre os precos da grafite e do grafeno, o qual se compara ao preco do ouro ou diamantes. Para mim o fato das folhas de grafeno serem separadas entre si, parlalelamente, nunca se ligando, e’ efeito logico dos sistemas fechados, porem, a uniao de grafenos e num plano e’ a grande estranheza, pois pela lei natural essa uniao nao poderia acontecer. Entao existe alguma minima deformacao do grafeno em relacao a formula perfeita. Encontrar esta deformacao e buscar outra deformacao que ligue as folhas e’ a grande meta trilionaria do momento.

graphene hexagonal lattice of carbon atoms

O grafeno é o primeiro material bidimensional – tem largura e comprimento, mas sua espessura é de apenas um átomo – já produzido: uma lâmina de grafeno é uma treliça formada por átomos de carbono ligados de forma hexagonal, todos num mesmo plano. Mas sua origem é humilde: ele vem do grafite, uma forma comum de carbono.

Ver varios videos no YouTube e TEDTalk digitando “graphene”

 

 

Comentario publicado no Facebook em 2/5/18

Estou curioso com a formula do grafeno, e somente eu estou percebendo um detalhe intrigante porque a configuracao do grafeno e’ exatamente a forma da minha formula, a Matrix/DNA, no seu aspecto de sistema fechado em si mesmo.

Tornar-se sistema fechado perfeito significa issolar-se do resto mundo, o que pode significar que o sistema entra numa outra dimensao diferente da nossa 3D. E isto significaria que todos os elementos da nossa dimensao nao o tocaria, nao o afetaria. Claro, somente eu tenho teorizado estas coisas sobre sistema fechado porque ninguem mais conhece a formula, e quando falam em sistemas fechados, como em termodinamica, estao equivocados, pois trata-se de processos e nao sistemas, processos que sao partes do sistema. Sistema – em termos narurais – e’ algo muito mais complexo do que a humanidade tem imaginado. Entao eu havia previsto o que agora descobriram: o grafeno e’ o material mais resistente, mais forte que o aco, mais duro que o diamante, e melhor conductor que cobre e silicio,  apesar de ser estranhamente leve. Isto esta claramente explicito na minha formula, qualquer um que reflita sobre ela pode ver isso, porem, quando o homem ve a formula quimica do grafeno, sem conhecer a minha formula de sistemas, fica sem entender o porque destas propriedades tao estranhas.

Mas eu nao consigo visualizar nem imaginar o que seria um objeto feito da materia da dimensao perceptivel aos nossos sentidos, entrando em outra dimensao de substancias nao perceptiveis a nos, adquirindo uma propriedade desta dimensao desconhecida, mas ao mesmo tempo continuando a existir em nossa dimensao. Ou seja, parece que o grafeno esta com um pe dentro do nosso mundo e o outro, fora. Conceitualmente o elemento torna-se algo fantasmagorico, um alienigena presente em nosso ambiente.

Nao existe ninguem neste planeta com quem eu possa dialogar sobre isso. E eu nao tenho um laboratorio para pesquisar isto e fazer as experiencias que imagino.

Outro detalhe inquietante e’ que a formula dos sistemas nos vem na sua forma de extrema perfeicao, como sistema fechado. E nao existe na natureza nenhuma arquitetura materializada neste estado. Nao deve existir porque ele seria o moto continuo, ou motor perpetuo, eterno. Todos os sistemas naturais – de atomos a galaxias a celulas – sao copias imperfeitas da formula, por isso sao sistemas abertos. Penso que se existir um sistema perfeito fechado constituido da nossa material, ele se torna uma especie de buraco negro isolado onde nada entra e nada sai, nem mesmo nada o pode tocar. E como toda a materia do nosso universo tende a ser sistema perfeito, o universo se tornaria uma mera colecao de buracos negros existindo neste estado por toda eternidade. Por isso nao consigo assimilar a ideia dos buracos negros mesmo porque a formula esta sugerindo que onde pensamos existir um bruraco negro descrito Segundo a teoria atual, existe outra coisa diferente, um vortice com a propriedade de prototipo do aparato feminino de reproducao.

Entao como o grafeno se forma, como ele existe? Acho que encontrei uma explicacao. Observando a forma quimica de uma unidade de grafeno, se percebe que ele nao ‘e um sistema ativo, funcionando, como e’ previsto na minha formula. Ele se apresenta como um sistema morto, sem vida, um fossil. Um cadaver. E mesmo sendo o cadaver, ele mantem a extrema rigidez que se nos apresenta. Isto explica porque o grafeno e’ o material mais forte da Terra porem nao e’ indestrutivel > todos os cadavers tendem a decomposicao. Ele tambem tem um limite de Resistencia. Ora, Segundo a minha formula, este sistema no seu estado vivo, functional, nao teria limites de Resistencia. Mas seu cadaver torna-se destrutivel, e isto e’ intuitivo, logico.

(Nota: depois que escrevi este texto acima, tive uma aula tecnica sobre grafeno onde um detalhe chama a atencao e pode mudar ou complementar minha hipotese acima. Ao se referir ao grafeno que estao produzindo, cientistas dizem que: ” Imperfeicoes nao sao necessariamente coisas mas ou ruins. Perfeito nao e’ sempre o melhor”. Entao estao aplicando tecnicas para adicionar imperfeicao ao grafeno. Nao me explicaram se encontraram imperfeicoes feitas pela natureza, o que significaria um afastamento do conceito de sistema fechado. Eles dizem:

– ” Existem muitos tipos de possiveis imperfeicoes no grafeno, tais como:

  • Missing carbon atoms (vacancies) and combinations of missing atoms;
  • Doping and impurities (non-carbon atoms);
  • Using multiple layers ( but not enough to be graphite);
  • Functionalization ( attaching specific larger molecules);
  • Bending and curling;
  • Particle or complete conversion to graphANE.

Acho que isto explica porque existe o grafeno, que tem como formula de composicao a copia mais fiel hoje conhecida da formula perfeita para sistemas naturais: o grafeno tem algum detalhe deformado.

Pelo meu tipo unico de abordagem do fenomeno, as experiencias baseadas neste material e sendo tratado com base na minha formula, poderia realizar resultados espetaculares. Primeiro, porque eu iria experimentar uma infinidade de outros compostos sintetizados por mim, aplicando o que fosse possivel das propriedades do sistema vivo sobre este sistema morto. Eu nunca conseguiria dar-lhe vida enquanto ainda nao identifiquei a forssa vital que corre na minha formula. Mas tenho suspeitas que estao bem adiantadas e por ora, meus resultados estao sugerindo que ela se trata de uma especie de luz, nao essa que conhecemos, mas sim aquela resultante do evento do Big Bang e que deve estar ainda presente em todo este espaco. Entao eu iria tartar o grafeno com luz, e’ possivel que ela ative alguns trechos o que implicaria que a forma quimica realizaria processos… jamais vistos e imaginados pelo homem.

Vou continuar a perseguir as Ciencias que trabalham com este elemento, quero saber tudo sobre ele, e tentar entabular uma conversa aberta inteligente com alguem que o esteja pesquisando em laboratorio. Eu sempre pensei que o homem pode transcender sua forma atual e entrar nas dimensoes vizinhas `a nossa, mas imaginava que essa entrada so seria possivel na forma de consciencia. Nunca pensei que a nossa tecnologia nos levasse a produzir instrumentos que iniciasse essa penetracao e atras de si puxasse a consciencia. Em todo caos, estamo0s no limiar e algo muito novo, um choque espetacular…

xxxxxxx

Bom artigo introdutorio em portugues pela Gazeta do Povo

Grafeno: O que ele é e o que pode fazer pela economia do Brasil?

http://www.gazetadopovo.com.br/ideias/grafeno-o-que-ele-e-e-o-que-pode-fazer-pela-economia-do-brasil-5elqinre8g26xybdbjpg4e9qz?utm_source=facebook

xxxxxxx

Aplicacao pratica da minha teoria com o grafeno:

Os especialistas ouvem a minha descricao das aparencias do grafeno e eles devem tentar interpreter e ver relacoes nestas descricoes com os detalhes tecnicos  que eles conhecem. Assim une-se a visao sistemica com a visao internalista, reducionista. Por exemplo, dia um detalhe tecnico que as propriedades eletronicas do grafeno sao incomuns, e que na verdade nao existentem os eletrons e sim os fermions de Dirac, os quais se movem a vleocidade quase igual a da luz.  A formula da Matrix/DNA sugere que a forssa fluibndo dentro dos circuitos internos de um sistema fechado tendem a elevar sua velocidade, pois o estado ideal ‘e o orgasmico com sua energia interna na maxima velocidade porque isso produz mais copula e portanto mais satisfacao, o que e’ o prototipo do orgasmo sexual. A mencao e estas propriedades eletronicas, fermions de Dirac, etc., estao no video: