Archive for the ‘Formula da Matrix/DNA’ Category

Variações das ondas da Formula podem ser infinitas variando condições ambientais

quarta-feira, abril 24th, 2019

xxxxx

Tenho pensado em imagens mentais sobre como se da a dominância de uma parte sobre outra na formula. E sempre tenho pensado apenas na variação do comprimento, esticando ou encolhendo, No gráfico abaixo estas variações podem ser em muitos outros sentidos.

The sound wave p(t) below is produced by speaking the word “ski”.

Its four distinct segments has very different characteristics. One can choose from many levels of generators (hidden variables): the intention of the speaker’s brain, the state of the mouth and vocal cords, or the ‘phones’ themselves.

Circuito sistêmico de galaxia pela ciência oficial – Comparação com Matrix/DNA

domingo, março 31st, 2019

 

xxxxx

Temos na primeira figura o modelo teórico do circuito vital de uma galaxia da Teoria Cientifica. Nas segunda e terceira figuras, a formula da Matrix/DNA e o modelo teórico do building block das galaxias. Ocorreu a mudança de uma primeira galaxia primitiva formada por simbiose para galaxias de segunda geração formadas por auto-reciclagem. Pesquisar as diferenças e localizar quem e quem nas duas figuras.

Vamos ter que responder muitas perguntas sobre o modelo cientifico.

  1. Qual tipo de astro observado denominam de supernova? Supernova por definição seria o tipo de estrela mais nova de todas? Teria então a menos nova? Como e quando viram um astro explodir? Tem fotos, filmes? Ou dizem que “quando vemos tal situação e porque uma supernova explodiu…” não pode ser aceitável porque o fato real que tem e a situação, agora, senão se viu diretamente a causa da situação, qualquer causa sera teórica, sujeita a comprovação.
  2. Notar que o buraco negro e o fim do circuito. Então o que acontece com um buraco negro como fim do circuito? Sera eternizado infinitamente naquela forma ou vai mudar ou vai desaparecer? O que foi observado? Se nunca se observou o destino do buraco negro o que se tem não e fato cientifico, e sim teoria.
  3. Diz no modelo que se a supernova tem massa acima do limite vira buraco negro. Mas o que determina qual o limite de massa? Quando foi observado uma massa acima do limite, ou abaixo, virando buraco negro ?

galaxia circuito sistemico pela Ciencia 6E o desenho do circuito do fluxo interno de informação da fórmula da Matrix/DNA na sua versão de sistema perfeito fechado, na forma de diagrama de software

 

Matrix/DNA: O template para todos os sistemas naturais, de átomos a nucleotideos a galáxias e células. O circuíto energético padrão.

Matrix/DNA: O template para todos os sistemas naturais, de átomos a nucleotideos a galáxias e células. O circuíto energético padrão.

 

 

TENHO QUE IMEDIATAMENTE DESENHAR A FORMULA NA FORMA DO DNA

quinta-feira, março 14th, 2019

xxxx

Absurdo! Gastei caro durante 30 anos por não prestar atenção no “b” ao lado do “a”.

Ou desprezar o fato que alem do marmelo, existe seu passo seguinte, que é a marmelada…

Para ensinar o que é força natural que serve de alma dos sistemas naturais, continuo pensando que o mais apropriado seja mostrar a figura da força quando ela esta’ na sua forma de sistema perfeito – no qual ela tem dimensões astronômicas.

E para não conduzir a mente do aluno a sair viajando na imaginação do espaço, ao invés de por nas esferas da figura os astros correspondentes, eu ainda acho apropriado deixar as esferas vazias.

Mas para ensinar como a força esta presente e atua nos sistemas vivos, nenhuma das duas figuras é apropriada. Somente agora percebi isso! Tantas desavenças, mal-entendidos, prejuízos, poderiam terem sido evitados!

TENHO QUE IMEDIATAMENTE DESENHAR A FORMULA NA FORMA DO DNA

A formacao de clitoris e penis pela formula da Matrix/DNA e o site “My Vagina”

quinta-feira, fevereiro 28th, 2019

xxxxx

A formula da Matrix/DNA explica claramente como se formam as formas masculina e feminina, dirigidas por ela e o processo do ciclo vital. Estas formações ficam mais claras na formula em estado de sistema fechado, quase-perfeita, que foi seu estagio evolutivo na forma astronômica. Quando a formula passou do ancestrrl astronomico para o inicial biologico, obviamente teve que adaptar o processo para as novas condicoes ambientais e características da nova materia. Mas como sempre notamos em todos os casos, a formula sempre mantem a funcao de suas partes e tenta ao máximo manter a mesma forma. Entao comparamos a F1 – que na formula corresponde ao feminino – ‘a formacao embrionária da parafernália feminina, e ao pesquisar informacoes no meio cientifico tivemos a surpresa de aprender que o clitoris não e como pensávamos – apenas uma glândula arredondada – e sim uma especie de cone com dois tentáculos, ou bracos. Justamente como se apresenta F1, que contem dois apêndices , um de entrada, antes do proprio órgão se formar, que nas galaxias trazem o material estelar, e outro de saida, que nas galaxias representam a emissão dos germes astrais. Vejamos a real forma do clitoris:

https://myvagina.com/the-clitoris-and-female-orgasm/

The clitoris and female orgasm

O clitoris e toda essa parte amarelada na figura. Observe-se a aparência de “garfo”.

 

The MRI of the Clitoris

E no desenho abaixo, o clitoris e’ a parte rosa.

 

Sketch - vaginal opening

Nesta pesquisa, ao cairmos num video do Youtube, constatamos outra semelhança muito notável. A apresentadora sabiamente divide o clitoris em quatro quadrantes e informa que deve-se aplicar o deslizamento do objeto excitador no quadrante superior esquerdo em relacao ao corpo da mulher. Ora, no espaco sideral, o cone que representava o clitoris comeca a ter vida quando inicia a girar no sentido horário, quer dizer, para a esquerda. Fica entao registradas estas informacoes aqui para dar continuidade a estas pesquisas do processo evolucionario. Link para o video no Youtube… apesar de que o video e’ um chute no saco, pois apesar do esforço e boa explicacao da especialista, o apresentador fala demais, coisas estupidas, atrapalhando tudo…

 

Precisão matemática na geometria do sistema solar! Conduz ‘a hipótese de geometria na formula universal para sistemas

sexta-feira, fevereiro 22nd, 2019

xxxx

Neste link: https://www.lifecoachcode.com/2016/07/21/the-mind-blowing-chain-of-events-so-you-can-exist/

… foi obtido o seguinte texto:

In order for life to exist and thrive inside our solar system a planet needs to orbit the sun at just the right distance. Scientists call this belt “The Goldilocks Zone” were the conditions for life are just perfect. Guess what! Our home planet Earth formed EXACTLY inside this zone.

The Goldilocks Zone

xxxx

Like that’s not miraculous enough, our moon formed to be exactly in the right place so it would not conflict the evolution of life but help it thrive. When I say exactly, I mean EXACTLY and in an absolutely perfect ratio; not just with its distance but with its size too;

The Distance Between Moon and Earth and Sun

Really Interesting Fact: What makes a full solar eclipse possible is that the sun is 400 times the size of the moon, and the sun is also 400 times further from the moon than the moon is from earth. The distance between the moon and the earth is equivalent to 108 moons; the distance from the earth to the sun is equivalent to 108 suns; the radius of the sun is equivalent to 108 earths;

Perfect distance planet

Então surge nova hipótese de nova propriedade na formula universal para sistemas.

De fato, uma breve olhada na formula nos faz notar uma idêntica logica nas distancias e tamanhos entre as partes do sistema. A distancia e diferença de tamanhos entre F2 e F3 é bem menor que a distancia e diferença de tamanhos entre F3 e F6, e poderiam obedecer a uma razão proporcional.

Então vamos trazer a formula:

E o desenho do circuito do fluxo interno de informação da fórmula da Matrix/DNA na sua versão de sistema perfeito fechado, na forma de diagrama de software

E o desenho do circuito do fluxo interno de informação da fórmula da Matrix/DNA na sua versão de sistema perfeito fechado, na forma de diagrama de software

 

Suponhamos que a distancia entre F2 (a Lua na astronomia) e F3 ( a Terra) e F6 (a estrela Sol) obedeça a uma razão de proporção matemática.  Não vou me estender nisso agora que não tenho tempo, mas voltarei ao assunto. Se houver esta razão na formula, podemos juntar isso com o já calculado numero phi e adiantar nossa matematização da formula. Um grave obstaculo para estes cálculos é que não é possível fixar um momento exato que divide uma criança de um adolescente ou um jovem de um adulto. Então também esta dificuldade acontece na busca da exata dimensão dos astros num dado momento, pois eles também se transformam. E podemos também extrapolar para seres vivos, supondo que a diferença de tamanhos/volumes do corpo de uma criança de 2 anos (F2) com sua forma adolescente aos 14 anos (F3) e sua forma como adulto maduro aos 40 anos (F6) obedece a uma razão matemática, se o desenvolvimento físico for normal. Mas como calcular os volumes destes 3 corpos?

A experiencia do cientista maluco

Simples. Encher um tanque de 2 mts quadrados com água. Colocar dentro e inteiramente submerso o corpo de uma criança de dois anos. Colher a água que sairá do tanque numa vasilha. Encher o tanque, repetindo o mesmo com um adolescente e um adulto maduro. Então é só medir os 3 volumes de água. Vou agora correndo procurar três voluntários para experiencia e depois volto para continuar isso aqui…

A Onda de Luz Original e a Formula da Matrix/DNA

quinta-feira, fevereiro 14th, 2019

xxxx.

Esta hipótese sugere que tudo o que foi construído neste Universo são formas de sistemas naturais – desde átomos a galaxias a seres humanos – e o agente construtor surgiu inicialmente na forma de uma onda de luz natural. Isto porque, a hipótese acredita que descobriu, a formula de todos os sistemas nada mais e’ que a anatomia dinâmica de uma onda de luz.

Então vejamos como uma onda de luz se representa na tela do computador medindo sua anatomia, no que chamamos de electromagnetic spectrum:

Light-The-Electro-Magnetic-Spectrum by MatrixDNA THeory

Ao observar e estudar esta senoide partindo de uma fonte (‘a direita) e se desfazendo em partículas ‘a esquerda percebemos que ela imita a formula universal para todos os sistemas naturais, a Matrix/DNA. Por consequência da formula, notamos que a onda de luz apresenta diferentes formas quando se propaga da mesma maneira que um corpo humano muda de formas sob ação do processo do ciclo vital. Estas mudanças de formas foram detectadas nas sete diferentes formas de astros celestes, sugerindo que também estes apareceram pela ação do ciclo vital. Inclusive anotamos no gráfico acima os nomes das formas humanas, dos astros, em cada faixa em que eles com propriedades comuns se encaixam.

Então descobrimos que uma onda de luz natural pode também ser convertida na formula universal. Mas tivemos um problema: pela Historia Cosmológica, a luz natural surgiu antes de todos os sistemas naturais conhecidos – desde as partículas, os átomos, etc. Então antes da formula entrar em ação construindo o primeiro sistema natural, já existia a luz, e com a formula.

Então a dedução obvia é que a primeira onda de luz original surgida antes ou junto com o Big Bang era a formula em si mesma, ou seja, nela estava encriptada a formula. E mais, a forma do corpo dessa onda de luz, a sua anatomia, era a formula em si mesma.

Em vista disso, procuramos desenhar a onda de luz na mesma forma em que temos representado a formula universal, ou seja, na forma de um diagrama simples de software.

Agora vamos puxar para cá a formula universal natural de todos os sistemas naturais:

The Universal Formula of MatrixDNA as Software/Closed System

The Universal Formula of MatrixDNA as Software/Closed System

E assim calculamos como uma onda de luz natural original pode ter se constituído na formula universal, Matrix/DNA.

É  preciso lembrar que um corpo humano muda de forma quase infinitas vezes numa unica existência. A cada milisegundo esta morrendo uma célula e outra sendo feita para ocupar o seu lugar, mas como nunca existe uma célula exatamente igual a outra, a copia que veio substituir veio com algum minimo detalhe diferente, o que significa que o corpo inteiro teve sua forma mudada – a cada milisegundo. Mas por facilidade de comunicação e conveniência de estudo resolvemos resumir todas estas quase infinitas formas em apenas sete formas principais: a de morula, blástula, feto, embrião, baby, criança, adolescente, jovem, adulto, idoso e cadáver. Geralmente resumimos as formas embrionarias apenas numa, o embrião, e omitimos a forma de cadáver. Então essa lembrança é para explicar que na formula-diagrama aparecem esferas intermediadas por setas. As esferas representam os sete estados do corpo, as setas representam o tempo percorrido pelas formas intermediarias que omitimos no desenho. Na verdade as esferas representam o corpo em relação a dimensão espaço, quando ele assume sua forma de partícula material, e as setas representam o corpo em relação a dimensão tempo, quando o corpo assume sua forma de onda do tempo.

Então juntando a onda de luz com a formula da Matrix, temos:

 

A fonte (F1) da luz original deve ter sido algo desconhecido por nos existente antes ou no momento do Big Bang, e no desenho a representamos com uma bateria, mas em todo o caso a função sistêmica continua sendo a mesma em todos os sistemas naturais ( no caso do corpo humano essa fonte é o genoma recebido dos pais e F1 é o ventre gerador).

xxxxx

 

 

MatrixDNA as Light Wave MatrixDNA as Light Wave 2

xxxx

 Questao postada no reddit -askphilosopher em 04/15/19
https://www.reddit.com/r/askphilosophy/comments/bdfeky/philosophy_naturalism_applied_at_amazon_jungle/

Philosophy naturalism applied at Amazon jungle discovers a new world view.What do you think?

 You know that all living beings has a formula-template, the DNA. A non scientific but the naturalist philosophy method of connecting the data searching to solve the big puzzle had as result that the DNA is merely a biological product coming from a formula-template that is encrypted into atoms and galaxies, the Matrix/DNA. Now, the observation of a electromagnetic spectrum has suggested that a natural light wave is the formula, and the initial shape of the formula is a light wave. You can see all pictures of this theory at ……….
If it is next to the final truth, it means a total revolutionary world view, where the first light wave from the Big Bang brought the code for all natural systems and life like a genome of the Creator, and that inside this Universe is occurring merely a genetic/computational process of reproduction and we – as all intelligent life forms at other worlds – are genes in this great work. Any philosopher jhere could say something? Thanks.

O átomo de carbono foi o primeiro grande azar dos seres vivos. Mas veja que temos a oportunidade de corrigir isso.

sábado, janeiro 12th, 2019

xxxx

Por ser a copia mais fiel do nosso pecador antepassado (a Via Láctea como sistema fechado em si mesmo, extremamente egoísta) , o átomo de carbono foi pela galaxia o selecionado e o mais indicado para o processo de reprodução do malfadado antepassado na forma de sistema biologico, ao qual denominamos de “vivos”. E agora para que nos livremos dessa maldição desse pecado original porque aconteceu antes das nossas origens, não tem como mudar a matéria do corpo humano baseando-a em outro átomo, por exemplo, o nitrogênio. A unica alternativa para esta inteira biosfera e para nos que somos parte dela, escapar de se efetivar como reprodução do estupido ancestral que “caiu” derrubado pelas leis naturais maiores do Universo, seria depurar o nosso átomo de carbono de sua densidade material, destrona-lo de sua dominância entre os outros átomos, depurando assim nosso corpo físico para permitir o desenvolvimento do feto de auto-consciência. Mas para isso teremos que ter a vontade para faze-lo, conhecer o método de como faze-lo, e esse conhecimento depende antes de conhecer a verdadeira Historia Natural Universal, entendendo porque que nosso ancestral “criador” celeste selecionou o átomo do carbono para ser o senhor dominante dos átomos nos corpos dos seres vivos.

As figuras a seguir ajudam a entender a herança do carbono desde nosso criador ancestral astronômico:

Fig.1 –

Sistema-Elo Entre os Sistemas Naturais Não-Vivos e os Sistemas Biológicos

Fig 1 – Neste desenho (feito rudemente nas condições precárias na selva amazônica), esta’ o modelo teórico do building block das galaxias, a “Formula da Matrix/DNA no seu estagio evolucionário de sistema astronômico”. Este building block ( ou tijolinho principal) esta fielmente reproduzido com átomos e moléculas como building block do DNA, a essência da “Vida”. E isto significa que houve uma direta transmissão genética do sistema astronômico onde surgimos e existimos para os sistemas biológicos, como são os corpos humanos. Se isto foi produzido por alguma entidade divina, esta passagem do macroscópico para o microscópico estava nos planos divinos antes ou na hora que criou o Universo. Se esta passagem ocorreu através das teorias cientificas como a abiogêneses, isto significa que havia um proposito pre-estabelecido que produziu a vida, ao contrario do que acreditam – que a Vida teria surgido por acaso. Não existem argumentos contra fatos, e o fato e’ que nosso DNA existia antes das nossas origens e ele veio das estrelas.

Note que trata-se de um circuito esférico e que representa um ciclo vital de um único objeto, ou corpo material (click na figura para ver ampliada). Tudo começa com uma nébula de átomos gasosos e/ou poeira cósmica oriunda da morte de um sistema anterior. Pela dinâmica do Universo a nuvem inicial gira sobre si mesma criando um vórtice turbilhonar ou rodamoinho no centro, na figura representado por F1. No interior do turbilhão formam-se esferas chamejantes constituídas de massa e energia, as quais são ejetadas (F2) imitando o nascimento de seres vivos, estas esferas são cobertas por camadas de poeira em diferentes temperaturas e estados de densidade que vão formar as placas tectônicas transformando o bolido em planetas. Quando um planeta vagando no espaço cai na orbita de uma estrela (F3), a energia/luz desta reativa o germe no núcleo e o qual começa a se alimentar das partículas nos átomos das camadas, indo formar o pulsar (F4). O pulsar ( no papel de macho do sistema), começa a “ejacular” cometas que levam energia para o centro da nebulosa (F5) para reiniciar novo ciclo quando o sistema morrer (imitando exatamente o processo de reprodução dos seres vivos). Do pulsar emerge uma estrela supernova (F6) a qual queima seu resto de material tornando-se cadáver estelar (F7), cuja matéria fragmentada vai refazer a nebulosa inicial em F1). O primeiro building block não tinha estrelas ativas para reativar o germe, mas isto foi feito num estagio primordial quando apenas existiam os átomos gasosos, como o carbono. Naquele estagio quem realizou esta dinâmica de transformações foi a onda ou ondas de luz vindas do Big Bang, e como mostro em outro artigo neste website, aquelas ondas contem em si a formula para construir ciclos vitais na matéria gasosa. Em outras palavras, ondas de luz primordiais continham em si o código para construir sistemas naturais, ou seja, o CÓDIGO DA VIDA. Nós somos agnósticos, o que significa que nada sabemos e nada temos certeza do que existe na metafisica alem das fronteiras materiais deste Universo natural, mas como existem os que tem fé em um tipo de entidade sobrenatural criadora, um Deus, por assim dizer, deveria se alegrar com esta possibilidade de que “Deus cria universos e vidas usando a luz como software geral, o que O engrandece e O restitui ao seu merecido nível de grandeza cósmica, depois de ter sido tão rebaixado pela antropomorfização como projeção da pequenez humana”.

 

Sistema-Elo Entre os Sistemas Naturais Não-Vivos e os Sistemas Biológicos

Fig 2 – O ciclo vital formando o building block de galaxias originais como circuito esférico no centro da figura é comparado com o ciclo vital humano. Observe que a formula da Matrix/DNA enquanto estava no estágio evolucionário dos astros era ( ou é) hermafrodita. Em F1 ela expressa a função geradora feminina e quando chega em F4  ela expressa a função geradora masculina ( no caso humano, o jovem tornando-se maturamente sexual como adulto e no caso astronômico, tornando-se um pulsar).

The Universal Matrix/DNA

The Universal Matrix/DNA

Fig 3 – Destes circuitos – presentes em todos os tipos de sistemas naturais – extraímos a “alma” dos sistemas naturais, uma espécie de software acompanhando todas as formas de um corpo sistêmico, o qual foi primeiro formado como ondas de luz ( como explico em outro artigo aqui). Esta especie de “alma” sera’ a Matrix Universal, que tem funcionado como o DNA funciona para todos os seres vivos, enquanto a Matrix funciona para todos os sistemas, de átomos a galaxias a células vivas.

E o desenho do circuito do fluxo interno de informação da fórmula da Matrix/DNA na sua versão de sistema perfeito fechado, na forma de diagrama de software

E o desenho do circuito do fluxo interno de informação da fórmula da Matrix/DNA na sua versão de sistema perfeito fechado, na forma de diagrama de software

Note que a Matrix surgiu primeiro apenas como a anatomia de uma onda de luz e veio desde então adentrando a massa/energia material modelando essa matéria em formas que reproduzem suas sete partes, ou frequências de ondas. Nesta evolução da matéria a Matrix só pode expressar a forma de corpo em que ela se encontra em dado momento, apenas mais tarde ela consegue expressar todas as formas num só sistema, o que aconteceu na forma biológica. Portanto, enquanto na sua fase de formação astronômica ela expressa separadamente as formas criadas, não existe um sistema astronômico fixo representando o building block. Assim era ( ou ainda é) com a Matrix enquanto se encontra no estagio de formação dos sistemas atômicos. Começando com o primeiro semi-átomo, o hidrogênio, este apenas materialmente expressa a função F1, apesar de eletromagneticamente já conter os princípios gerais da formula Matrix, cujas outras funções são apenas suas camadas eletrônicas. A presença de ao menos um elétron numa destas sete camadas eletrônicas faz o átomo expressar apenas a função correspondente. Quando a evolução na formação dos átomos chega no carbono, que contem seis elétrons ( numero atômico 6) e no núcleo seis prótons, seis nêutrons, a Matrix esta com sua formula completa de ciclo vital ( excetuando-se F5, pois átomos materiais não conseguem efetivar sua auto-reciclagem, ou se ressuscitarem). Por isso o carbono era o representante fiel da Matrix vinda do espaço sideral quando ela aqui iniciou a formação da forma biológica do sistema natural universal, por isso ele foi selecionado a compor e dominar os corpos dos seres vivos.

Quando a formula da Matrix foi plantada na superfície terrestre como uma espécie de semente, primeiro ela criou o ser unicelular que é hermafrodita. Então, no estado em que a formula veio, como hermafrodita, podemos ver o estado em que se encontrava os elementos macho e fêmea ( na figura abaixo), de cujo estado se originaram os cromossomas X e Y nos sistemas biológicos. Como simples curiosidade lembre-se da leitura de Gênesis, que sugere ter existido antes um paraíso perfeito ( que seria a maquina perfeita galáctica), onde existia uma arvore (cuja forma imita exatamente a forma da galaxia, inclusive com os frutos maduros amarelos nas pontas dos galhos imitando as estrelas nos braços espirais da galaxia, as folhas opacas imitando os planetas, etc.), onde teria existido Adão e Eva, e uma cobra ( cuja forma de serpente engolindo a própria cauda representa exatamente o circuito sistêmico de um sistema fechado que se auto-recicla como era o building block das galaxias) dando um conselho (para usarem o livre-arbítrio e escolherem a forma egoísta de sistema fechado), e depois a Queda, de onde os descendentes de Adão e Eva foram transformados em filhos da necessidade e num mundo infernal ( como a fragmentação e debandada dos fótons do sistema galáctico chegando na superfície da Terra e iniciando a reconstrução do ancestral celeste). Desta fantástica intuição vista nos escritores antigos estamos suspeitando que essa historia no seu aspecto cientifico esta registrada no DNA no centro dos neurônios, e casos alterados mentais produzem flashes de cenas daquela época, o que se torna as intuições com interpretações misticas equivocadas dos escritores. Se eles tivessem o conhecimento de astronomia e biologia que eu tinha quando entrei na selva, estes flashes teriam sido interpretados mais corretamente, e outra teria sido a lenda do Gênesis. Mas isto é apenas mais uma interessante hipótese que emerge de meus cálculos. Observe a figura 4:

Fig 4 – O circuito esférico é parecido com um cabo elétrico carregando internamente a corrente elétrica e alternando-se com as chaves liga-desliga, por isso, na figura azul acima, inclui a figura de um sistema elétrico domestico. Quando a chave esta em “liga”, o sistema expressa a parte ou órgão correspondente. Mas no caso da formula Matrix, o circuito esférico carrega a corrente das informações do sistema. Observe que quando chega em F4 o circuito se bifurca, lançando um ramo lateral que se constitui em F5 e retorna direto para o núcleo. Com isto, o circuito esférico total, de F1 a F7 contem todas as informações expressadas, enquanto o circuito meia-lua ou meia-face que vai de F1 a F4 expressa apenas a metade das informações, apesar de conter em si todas as informações também. Quando a formula passa do estagio astronômico para o estagio biológico, o circuito total torna-se o cromossoma feminino X, enquanto o meio-circuito torna-se o cromossoma masculino Y. No caso da reprodução sexual biológica, se a célula inicial tiver a combinação XX, o copro sera feminino, e se tiver XY sera masculino, porque a função de F4, masculina, é expressada duas vezes tornando-a dominante na construção do corpo.

Circuíto Sistêmico ou "Software" extraído da fórmula da Matrix/DNA, Revelando o aspecto Hermafrodita

Circuíto Sistêmico ou “Software” extraído da fórmula da Matrix/DNA, Revelando o aspecto Hermafrodita

Fig 5 – O desenho artístico de um átomo de carbono, no qual não se revela as sete camadas eletrônicas:

 

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Assim como uma célula inicial reproduz sua inteira arquitetura como um organismo multicelular, assim foi nas origens da vida quando o átomo de carbono começou a se compor como molécula multiatômica. Porque o átomo não podia se reproduzir crescendo e dividindo-se por mitose como as células, ele iniciou esta evolução capturando ou ligando-se a outros tipos de átomos que expressam as outras funções da Matrix, formando assim os primeiros aminoácidos, e com estes formando as moléculas complexas como RNA, proteínas e por fim o DNA. O que não pode ser esquecido é que toda essa evolução dos sistemas biológicos – os seres vivos – esta’ ainda sendo dirigida como mero processo de reprodução do ancestral celeste, o qual, por que era dotado de livre-arbítrio, sem inteligencia ou consciência própria, apenas obedecendo a tendencia das leis da matéria – que é a busca da acomodação eterna num estado de equilíbrio termodinâmico, ou sistema fechado em si mesmo – seria um desastre para nos se viesse a se concretizar plenamente. Pois o nosso ancestral é uma maquina perfeita, funcionando como um relógio, mas uma maquina estupida, sem consciência de sua existência, e isto faria desta total biosfera na superfície deste planeta uma reprodução biológica desta maquina, na qual a especie humana seria apenas mais uma parte, uma peça, robotizada e estupida. A presença e tentativa da consciência se instalar nos sistemas biológicos na forma humana vem de outro nível do Universo, acima das galaxias, mas ela obedece ao mesmo principio de evolução dirigido pelo principio do ciclo vital, por isso, em nossas cabeças-ovos, que tem como a função de placenta o nosso cérebro, esta’ a germinar um feto de auto-consciência cósmica. Mas se vencer o processo de reprodução do ancestral celeste este feto pode ser abortado e/ou aprisionado, suprimido, o que levaria a biosfera a se constituir tecnologicamente numa maquina perfeita e nos, nela, como peça estupida, robotizada, vivendo como num paraíso auto-suficiente mas sem futuro, apenas aguardando que as transformações do planeta e do sistema solar extingua a vida aqui.

Por isso insisto em divulgar esta cosmovisão, nos temos a opção de escolha, mas apenas se soubermos que existe esta opção de escolha, e soubermos o que existe para escolher, entre o que escolher, qual o caminho a seguir. Nenhuma outra cosmovisão ou conhecimento humano esta’ nos mostrando e alertando sobre esta ameaça que paira sobre nos, a qual, ao mesmo tempo, e uma grande oportunidade para transcender-mos esta forma física e psíquica animalizada. Mas sempre insisto e lembro que elaborei apenas uma cosmovisão “teórica”, e apesar de eu ver nesta cosmovisão maior logica e racionalidade do que em todas as outras existentes que conheço, não tenho certeza absoluta de que isto é a verdade enquanto não conseguir provar factualmente a existência da Matrix/DNA, por isso, o leitor, a leitora, deve raciocinar sobre o que estou sugerindo, e dirigir seus caminhos pela sua própria cabeça. A unica coisa que imploro aos leitores é lerem e raciocinarem sobre o que encontrei como resultado das minhas erradias e debeis pesquisas, feitas nas condições rudes da selva com o cérebro torturado retornando as condições dos primatas selvagens, pois sinto que essa reflexão e extremamente necessária nesta altura da nossa evolução. Quando vejo a juventude ignorando a vida e origens naturais, se apegando a aparelhos eletrônicos como celulares e computadores, cada vez mais escrava da atenção em imagens dos videos nas redes sociais, e vídeo-games, sinto um frio no estomago porque pressinto a dominância da maquina celestial mecanizando os seus cérebros, sinto que o feto de auto-consciência se contorce em agonia ameaçando ser abortado, e como tenho como unica missão e amor na vida a busca de deixar uma geração no caminho mais próximo do ideal para melhorar suas condições de existência, só me resta gritar a existência desta cosmovisão. Mas uma andorinha só não faz verão, se não houver leitores e racionando sobre este tema, acho que nada poderá salvar as futuras gerações. Pense nisso, por favor! Ignore-me totalmente se concluíres que estou dizendo asneiras, pois nem eu sei se estou certo ou errado, me submeto ‘a sua vontade e decisão, mas que ela seja sua decisão e sem a minha influencia.

Apenas para acrescentar entendimento, permita-me apresentar a figura do que denomina “a onda de luz primordial contendo em si, como sua própria anatomia, o principio do ciclo vital, o qual nada mais é que o principio do código da vida porque e’ o principio que organizou a matéria bruta e caótica na primeira forma do sistema universal natural do qual a forma de corpo humano e apenas mais um estagio de sua evolução:

Fig 5: Uma onda de luz inicia-se com uma fonte externa e propaga-se nas dimensões do tempo e espaço pelo mesmo processo do ciclo vital pelo qual nasce e cresce e se desenvolve um corpo humano. Ela nasce como “raios gama” e morre fragmentando-se em suas partículas, os fótons. Estes adentram os elétrons nos átomos e tentam assumir sua maquinaria interna para dirigi-los a se combinarem reproduzindo a anatomia da onda de luz. Os fótons deixam os átomos combinados no processo da radiação eletromagnética, e esta radiação é o que vemos como luz, cujo conjunto forma o que denomino “onda de luz” secundaria produzida no espectro eletromagnético.

Light-The-Electro-Magnetic-Spectrum by MatrixDNA THeory

xxxx

A seguir, o texto de uma seita com seu link abaixo que inspirou-nos neste artigo:

Mudando a densidade do carbono

Nos estamos limpando a básica densidade do carbono fora de nossas subatômicas e molecular estruturas, e tornando menos densos e mais refinados, e nisto estamos ancorando na nossa real cristalina estrutura, a qual e de base silicato cristalino.

Isto e como pegar  um átomo de carbono na sua mais densa forma e tentando alquimicamente mudando em mais refinados estados de padrões oscilatórios de mais eleadas vibrações. Assim, este e nosso objetivo nestes tempos, como natural parte do processo de Ascensão. Portanto, e importante manter isso em mente…

(traduzido em parte do texto abaixo:

Shifting Carbon Density

… there were groups of souls (see Soul Matrix) that were responsible to anchor and work with the first five DNA strands and to participate in the Earth experiment in working with those particular levels of consciousness. Our original goal was to re-evolve the divine human template to its original intention which was as a 12 strand DNA, which would mean 12 simultaneous dimensions of existence while still retaining a particular type of form. The form would not be this dense, in terms of the carbon material our physical elemental body is comprised of at this time. It would be more of a silicate or etheric Plasma Waves type of nature. So, this is where we are going, we are clearing the carbon based density out of our molecular and Subatomic structures, and becoming less dense and more refined, in that we are starting to anchor more of our actual crystalline structure, which is of a silicate crystalline base. We can imagine that as we go through this transformation it can be very intense at times. It’s like taking the most dense carbon form, a Carbon Atom and attempting to alchemically shift that into more and more refined states of oscillating patterns of higher vibration. So, that is our goal at this time, as a natural part of what the Ascension process is. So, it’s important to keep that in mind.

https://ascensionglossary.com/index.php/Silicate_Matrix

Este texto esta numa especie de Wikipedia da seita, cujo link para pagina principal e`:

https://ascensionglossary.com/index.php/Main_Page

O principal website da seita e`:

ENERGETIC SYNTHESIS

https://energeticsynthesis.com/

Formula da Matrix/DNA na pratica (1)

sábado, novembro 10th, 2018

xxxx

https://www.facebook.com/197112874320533/videos/217883225576831/?t=2

Excelente oportunidade para uma atividade social e pesquisar a formula.

Imagens incríveis de mitose em microscopia de contraste de fase indicam a entidade dos sistemas

quinta-feira, outubro 18th, 2018

xxxx

https://www.facebook.com/Soubiomais/videos/178277339719849/

Para quem não vai a escola apenas atras de objetivos materiais mas também mentais:

Pensar que cada átomo participante desta cena – esteja ele compondo o que for com outros átomos, seja uma organela, um cromossoma – está atuando por si mesmo repetindo um movimento direcionado a algum objetivo, não faz sentido. Mas resumindo ao ultimo, é isso que acredita o cientista que acredita que genes tem motivos futuros, como buscar sua máxima reprodução. Ora, genes nada mais são que um especifico punhado de átomos, como poderiam prever o futuro?! Esta forma de acreditar é efeito do método reducionista, que é a grande Ciência aplicada pela metade. A mim está obvio que existe um comando de instruções vindo do todo que é um sistema natural. A soma de informações de todas as partes de um sistema, mais as informações das interações entre estas partes e o meio externo, gera um terceiro elemento no sistema, algo que, no nível de nosso conhecimento atual, parece ser invisível, abstrato. E essa entidade como uma maestra de uma orquestra que está movendo isso tudo e tao coordenadamente. Por isso estou insistindo: o próximo grande salto evolutivo ‘a espera dos novos cientistas está no nível do pensamento sistêmico, a outra metade da Ciência. E não se entende sobre sistemas se não conhecer a formula que descobri inserida como entidade em todos os sistemas naturais, a Matrix/DNA.  Ignorar isso é escolher ficar fora da nova onda.

 

Fato cientifico e mais Matrix/DNA sugerem a existencia da aura, e uma tecnica de meditacao para se autocurar.

quinta-feira, outubro 11th, 2018

xxxx

Em 1864, durante a guerra da Prússia com a Dinamarca, o médico alemão Gustav Fritsch tratou de muitos soldados com ferimentos que deixavam o cérebro à mostra e observou que, quando ele tocava num hemisfério cerebral, o lado oposto do corpo estremecia. Mais tarde Fritsch demonstrou sistematicamente que, quando ele estimulava eletricamente o cérebro, o hemisfério esquerdo controlava o lado direito do corpo e vice-versa. Foi uma descoberta fantástica, demonstrando que o cérebro é de natureza basicamente elétrica, e que uma região controla o lado oposto do corpo.

Isto vem de encontro ao que minha pesquisa pessoal – aplicando tantos métodos diferentes, como anatomia comparada entre sistemas vivos e não-vivos, hipnotismo dos curandeiros sob o Santo Daime na selva amazônica, etc – esta’ sugerindo, e devido a tal sugestao elaborei um esquema de meditação técnica que aplicada nos casos que tive ferimentos ou inicio de doencas, para mim tem dados resultados que, se não forem meras coincidentes, são quase “magicos”. Veja a sequencia da pesquisa que me levou a esta conclusão:

  1. O metodo da anatomia comparada entre todos os sistemas naturais me levou a descobrir um padrão comum em todos, consistindo de um circuito energético dinâmico idêntico a uma formula para sistemas;
  2. Se este circuito estava na primeira celula viva e estava tambem no sistema astronômico que criou esta celula, o processo pelo qual este circuito ou formula passou do sistema astronomico para o sistema celular deveria ser o da transmissão genetica. Experimentando aplicar o resultado calculado deste processo cheguei aos genes semi-vivos, que seriam particulas fotons emitidas tambem pelo Sol. Mas quando todos fotons se juntavam aqui na superficie da Terra, formavam uma especie de formula invisível que penetram atomos terrestres organizando-os nos sistemas vivos e passando a constituir uma especie de aura destes sistemas, que seria outro nome para o padrão comum que encontrei;
  3. Os depoimentos visionários dos xamans relatavam a visao de uma figura energética indo do cerebro aos quadris, e quando desenhei esta figura notei que coincidia surpreendentemente com os relatos de milhares de anos atras dos videntes orientais, que criaram aqueles desenhos de aura compostos de duas serpentes (kundaline) enroscada em espiral tendo entre elas, especies de sois luminosos cada qual numa cor, que chamaram de chakras. Mas o relato dos xamans acrescentavam algo mais ao desenho oriental: uma especie de vórtice turbilhonar escuro – descrito por eles como um buraco negro – situado mais ou menos no alto da cabeca, sobre o cortex. O qual viria a se tornar a funcao F1 na formula da Matrix/DNA;
  4. Juntando as quatro pistas – o desenho da figura sistêmica vinda da galáxia que era o padrão comum, mais o relato dos xamans, mais os relatos dos orientais, e mais o nosso conhecimento atual científico do DNA, cheguei a conclusão que a tal aura nada mais seria que um gigantesco DNA feito como sinapses das conexoes dos fotons dentro dos atomos ocupando o corpo todo e ao qual todos os outros bilhoes de microscópicos DNAs das celulas prestam culto. Pois as tais serpentes que se mexiam e contorciam se assemelham as duas hastes do DNA, ambas em espiral, e os chacras no meio delas seriam as moléculas de bases nitrogenadas. Mas entao a aura seria apenas duas secções do DNA, uma menor apenas formando a cabeca seu cerebro, e a outra maior formando o tronco e quadris.
  5. Considerando as conexões conhecidas entre o cerebro e as demais partes do corpo, e sabendo-se que no DNA, se numa secção a haste A esta’ na direita, na proxima ela torce-se para se tornar a haste B na esquerda, estava previsto que a haste A que vinha do lado direito do cerebro estaria passando pelo lado esquerdo do tronco, e vice-versa.

E esta teoria toda, resultado de 30 anos de trabalho, sofreu em forte embalo quando tomei conhecimento do fato descoberto pelos cientistas. Porem, a meu ver o mais importante disso e’ que a teoria toda estava firmemente apontando a sugestao de que nosso cerebro, atraves da nossa mente ( e aqui tive nova grande surpresa quando tomei conhecimento dos conceitos extraídos pelos cientistas que lidavam com os fenomenos quânticos, o que veio a ocorrer bem mais tarde) pode captar estas particulas fotons do ar ( no relato do xaman elas flutuam em volta dos corpos humanos e são atraídas pelo vórtice turbilhonar na posicao do cortex), e dirigi-las atraves dos circuitos energéticos que são as hastes da aura para todo local do corpo onde ocorre algum problema. Como a mente conhece a formula para sistema perfeito e considera que esta formula e’ composta pelos fotons, a mente pode organizar mentalmente a formula perfeita aplicando-a na região afetada, a qual certamente estará com alguma parte da sua copia da formula com algum defeito, e assim fazer a formula perfeita se impor e consertar os problemas fisiológicos na região. Nisto consiste o tipo de meditação que planejei e que me surpreendeu quando tive acidentes graves ficando prontamente curado e sem dor, ou quando estava sendo atacado, contaminado por agentes nocivos com o perigo de iniciar uma doenca grave, como as malarias na selva ou uma simples gripe nas cidades. Mas como sou filosofo naturalista sou entao o mais extremista materialista, e portanto o maior cético que so acredita no que puder ver e tocar, e como so apliquei esta técnica sobre mim mesmo, não posso ser desonesto afirmando que ela existe e funciona. Para alguém interessado eu so posso sugerir: e’ pegar ou largar. Eu não largo pois apos 40 anos depois que aprendi isto e não ter sido necessario tomar um comprimido sequer para nada, sem nunca ter ficado doente ou com sequelas graves de acidentes, eu repito: não vou largar porque…

” em time que esta’ ganhando – mesmo que não se saiba por que esta’ ganhando – não se mexe.”