Archive for the ‘Aura’ Category

The Photonic Field: O Que Decide Quem Sera’ Rico ou Pobre

quinta-feira, outubro 20th, 2016

xxxx

Uma nova tese dentro da Matrix/DNA Theory: The Photonic Field

( E mais abaixo veja como funciona ou nao a intuicao que leva a espetaculares descobertas no relato do sonho que tive ao dormir pensando nesta tese)

Eu tenho certeza que existe um fator alem do nosso observavel e conhecido natural que mantem uma pessoa pobre e outra, leva-a a ser sempre rica. Isto pelas ocorrencias reais que tenho visto nesta vida. Acreditei nisso na quarta vez que estive para por a mão no pote de ouro, aconteceu algo absurdo, inesperado, vindo do mundo externo, escorreguei e cai no zero onde nasci.

Para um filosofo naturalista, que aplicou o mais extremado materialism racionalista na sua investigação sobre a existência, esta afirmação e’ totalmente for a de contexto. Mas o que e’ tem que ser, não depende se gostamos ou não, e isto e’ fato, e já havia desistido de solucionar este mistério, pois em termos de metafisica, não tenho o menor acesso – se e’ que ela existe e que este seja um fenomeno metafisico.

Mas e’ impensavel qualquer outra solução. Esta pressão para baixo, para manter o humano no nivel baixo das condições de vida, ou esta força que empurra outros sempre para mais acima, para mais fortunas e sorte na vida, existe. Mas pelo mundo que conheço, não ha lugar para esta força, por isso, pensei ser algo metafisico. E por isso, depois da quarta vez, deixei de tentar. Contra algo invisivel e tao determinado, tao poderoso, não tenho como lutar.

Porem, hoje me ocorreu uma ideia, que pode mudar o significado desta força. Pode ser que ela não seja metafisica. Pode ser que ela seja feita de substancia conhecida, porem ainda pratica,mente intocavel e invisivel. Os fotons. A luz.

Primeiro descobri que apenas os fotons podem explicar como esta galaxia se reproduziu na forma de sistema celular, de ser vivo. Eles formariam entre si uma rede, uma network reproduzindo o sistema  ” building block astronomico”, em tamanho miniaturizado, microscopico.

Mas e se eles formam redes tambem nos tamanhos de planetas? Digo, uma aureola em volta da superficie do planeta, em que eles se infiltram na crosta de terra e na atmosfera. Assim, eles estariam conectados com suas copias microscópicas, as quais estão dentro dos corpos humanos., e todos os outros seres vivos.

Esta rede terrestre teria as sete faixas de frequencias/vibrações da luz, e cada corpo tem uma sua vibração, assim se daria a conexão. Acontece que uma faixa existe embaixo, subalterna a outras, e esta faixa, conectada e imposta a mesma vibração do corpo humano, o manteria embaixo, subalterno a outras pessoas com faixas de vibrações mais altas.

Tenho pensado muito ultimamente no instinto a predador e presa que esta’ na carga genética humana, herdada dos animais, e algumas vezes, surge soluções apenas se alem de ser uma força interna ao humano, ela for tambem externa, atuando a nivel social.

Isto me lembra outras teses relacionadas, como a camada terrestre do inconsciente coletivo da humanidade de Teilhard du Chardin, e a minha tese já ensaiada em outros artigos aqui, sobre o super-organismo de Gaia.

Estaria relacionado a isto, tambem, os assuntos ou teses especulativas sobre um campo magnético do corpo humano, e teses sobre a aura.

Bem,… por enquanto isto vai seguir o curso normal das teses, vou deixar a ideia solta no ar e burilando na cabeca. Esta tese esta for a do escopo da Matrix/DNA ( ao menos, me parece), não faz parte do feitio desta cosmovisao, mas sao demasiados fatos, demasiadas evidencias, então não posso ignora-la. Voltarei neste artigo sempre que algum avanco ou assunto relacionado houver.

xxxx

O Sonho Motivado pela Reflexao na Tese “The Photonic Field”

Inacreditavel,… mas parece que tam a ver.

Deitei pensando nesta tese, imaginei como seriam as imagens desta rede ao redor da Terra, peguei no sono e, de manha me lembrei de ter tido um sonho estranho.

Apareceu na minha frente um conhecido que não vejo a uns 30 anos, o qual me ofereceu um emprego e uma casinha abandonada num terreno longínquo para morar. O Nilo era um turco filho de um meio-rico e que ficou muito rico. Me lembro dele com certa repugnância e revolta pois era um tendente a grande predador e com isso esfolava o que podia das presas em que punha suas garras. Bruto e estupido, decidi pela demissão numa discussão, mas continuei morando no casebre enquanto ele não me expulsasse e eu ano arrumasse outro emprego.

Então no sonho o turco apareceu na frente do casebre e veio entrando. Mas logo na porta ele olhou para o teto e surpreso perguntou o que era aquilo. Olhei tambem e fiquei sem palavras. O teto estava todo coberto por aquela planta que sobe nas paredes,  e’ erva daninha, no Brasil chamam-na de trepadeira. Tinha muitas folhas, verdes, grandes, e o resto era cipo. Olhei para fora e notei que todo o quintal e os terrenos vizinhos estavam cobertos pela planta. Admirei como eu não havia visto aquilo, principalmente estando pendurado n teto, caindo sobre moveis. Mas na minha vida isso não tem sido novidade pois como filosofo quando estou no lugar da morada estou pensando muito longe e alem disso, devia estar atarefado procurando trabalho e enfrentando as dificuldades alem de que devia estar pronto para sair dali.

Eu respondi que, se ele quisesse, eu riria cortar tudo e inclusive as ramas que vinham dos terrenos vizinhos para impedir que retornasse. Ele balbuciou algo como ” não adianta pois nesta altura as sementes estão espalhadas por todo lugar. E fazendo um ar de maroto esperto ele disse:

” A solução aqui e’ “devolução”. Mandar de volta para onde veio.”

E acordei por aqui, acho que apenas isto lembro do sonho. Agora vamos a minha interpretação.

A planta de ramagem de cipo e folhas representa a rede fotônica. Ela esta na atmosfera terrestre em volta do planeta, por isso a vi no teto da casa e por volta da casa. O turco representa o grande predador que faz parte dos três instintos humanos herdados dos animais da selva no tocante a divisão de poder. O predador apareceu no sonho porque foi este assunto que no dia anterior comecei a pensar buscando uma solução de como exorcizar estes três instintos dos humanos.  E no desenrolar destes pensamentos me lembrei de outra tese onde ” o comando invisivel do DNA não esta dentro dos genes, mas sim fora deles, no mundo externo a eles. E me parece que a força que faz presas continuarem sendo presas mesmo quando elas tem tanta ou maior força do que os predadores, elas não se unem para usa-la. Parece que são dominadas mentalmente, ficam abobalhadas. reclamam que sofrem sob o jugo dos predadores, mas parece que gostam disso, nada fazem para mudar a situação. A não ser quando aparece um lider ou ocorre alguma catástrofe natural, mas estas tambem são forças externas as presas. Então, buscando como seria e onde estaria esta força externa, me lembrando da invasão de fotons nas origens da vida, no inconsciente coletivo, etc., me surgiu a ideia da network fotonica. Esta seria a força invisivel mantendo a humanidade imitando as regras selvagens dos animais na forma de seus sistemas sociais.

A imagem que me veio a mente durante o dia anterior ao sonho foi a de uma rede fotonica semelhante a rede neuronial com suas sinapses, no cérebro. Com a diferença de que a rede fotonica seria planetaria. Entrou ai tambem antigos pensamentos sobre a possibilidade do corpo humano ter um campo magnetico talvez da mesma natureza do campo magnetico da Terra.

Muita imaginação, aparentemente descabidas. mas como o cerebro guardou isso e sonhou com isso? Como e porque ele representou a rede fotonica com a trepadeira? Porque ele foi buscar uma lembrança muito antiga na memoria que pensava já esquecida, ao trazer o turco para a cena? Na época do turco eu nem sequer imaginava estas coisas de predadores e presas. Isto me apareceu na mente apenas uns 20 anos depois do turco, quando vivi na selva amazonica. Entao como o cérebro ligou o conceito de predador com a personalidade conhecida do turco? E porque o predador buscou sua face de astuto felino e disse” devolução”?!

As soluções encontradas tiveram que preencher certos e requisitos fundamentais antes de serem aceitas. Elas tem que obedecer a formalidade da logica, ou seja, o teorema da logica formal. Portanto tem de ser racional, fazer sentido `a luz do mundo real que experimento. Ela tem que apresentar um parâmetro real, factual, existente em algum outro lugar da Natureza. Por exemplo, minha teoria do que existe no centro da galaxia ( diferente da teoria do buraco negro, mas não muito), encontrou vários parametros ocorrendo em outros lugares da natureza.

Mas são soluções surpreendentes. Sao testaveis cientificamente, porem, uma ciencia com métodos diferentes dos atuais praticados e ditados por uma  visão do mundo inédita. Se eu vou encontrar uma solução para o comando invisivel do inconsciente coletivo responsavel por manter a carga genética humana com estes 3 instintos animais, sera mais uma solução espetacular. Que abrira as portas para novas investigações, novas ideias. Por isso registro aqui o sonho, para continuar a pensar na tese me lembrando da rede da trepadeira, do predador,… e de algo que parece importante.

Porque devolução?! Estaria sendo sugerido que o método ideal para erradicar essa erva daninha que e esta rede fotonica causando a manutenção dos instintos, ‘e manda-la de volta de onde veio? Mas ela veio da galaxia como sistema fechado em si mesmo. La já existe o fenomeno predador/presa.

Uma ideia me surge agora. Outra tese desenvolvida e’ a da onda de luz universal se desfazendo em fotons na sua ultima frequencia e estes fotons esparsos retornando a recompor a onda de luz, porem, com energia negativa e luz escura. Retornando ao Big Bang, onde volta ser reemitida como luz clara. Seriam esta rede fotonica e mais estes instintos a zona escura em que estes fotons retornam? Isto seria devolução.

Material para continuar a pensar nesta tese…..

xxxx

Pesquisa:

( Dar uma relida na energia de Reich e similares. Lembrar de ” as nuvens de pensamento, nourees, de Pietro Ubaldi)

 

 

 

Terceiro Olho, Glandula Pineal,… Baseado no Terceiro Olho da Tuataras

quinta-feira, agosto 25th, 2016

xxxx

Para aqueles que ja conseguiram exorcizar de sua mente o espectro herdado geneticamente dos animais relacionados aos instintos de predador/presa, qual a alternativa que temos na tentativa de conduzir outros humanos a realizar tal facanha? Praticamente nenhuma desde que o estado natural desta biosfera favorece eles e nao a nos, portanto. eles tem a forssa, as sortes, os privilegios.

Talvez houvesse uma alternativa, uma esperança. A mente – ou auto-consciencia – não e’ uma heranca desta galaxia (como sao os instintos animais), ela vem de algum lugar fora da galaxia, segundo o que esta sugerindo a formula da Matrix/DNA. Acho logico supor que esta dimensao inimaginavel da mente seja superior em complexidade, poder, `a galaxia e  suas coisas internas. E parece provavel que nesta dimensao superior haja entidades – ou coisas – conscientes. E estas “entidades” devem, de alguma forma, notar quando suas “crias” comecam a desabrochar em qualquer lugar. E talvez, ao verem estas crias em serias dificuldades, poderiam ate intervir e ajudar. Nesse caso, nos teriamos alguma ajuda para afrontar os humanos apoiados pela galaxia. Mas o que isto tem a ver com o “terceiro olho”, a glandula pineal, etc.?

Duas coisas. Primeiro que forssamos nossa mente a acelerar seu desenvolvimento e para tanto precisamos forssar o aprimoramento de nossos sensores. Existem sensores que regrediram na evolucao dos ancestrais, como esse terceiro olho das tuataras. Temos que buscar informacoes sobre tudo relacionado a eles. Segundo que se possivel for acelerar o desenvolvimento destes sensores ( pelo metodo esquematico de meditacao da Matrix/DNA), talvez consigamos gritar mais alto e ser-mos ouvidos pelas entidades do mundo auto-consciente. Claro isto e’ mera especulacao e uma possibilidade remota, mas a maioria do que conseguimos hoje era possibilidade remota antes de surgirem.

Entao no Reddit surgiu um debate sobre este assunto:

Tuataras have a “third eye” that is “no longer” used for vision. Was it earlier in evolution? Are there creatures with 3 functional eyes in the fossil record?

https://www.reddit.com/r/askscience/comments/4z2ie1/tuataras_have_a_third_eye_that_is_no_longerE sobre seu ^terceiro oljho_used/?sort=old&limit=500

E entao postei o seguinte comentario no debate:

TheMatrixDNA – 8/26/2016

This is speculation, but, based on a solid theory, Matrix/DNA. The third eye was the first sensor produced by the astronomic template of DNA for perceiving itself. This template was built by photons, which are the bits-information-like-genes trying to reproduce here at Earth surface the decayed astronomic system, that’s why the third eye, the pineal gland, the antennas, are related to light.

The problem was that the decay of this astronomic system was produced by entropy which creates chaos from which lift up order. Our biosphere began with the chaotic state of Nature, biological shapes surpassed the force of the ancestor template and the third eye, as everything related to light, became a recessive dominated trait, waiting that biological organisms reaches the state of order for coming back again. As I said, this is what I’m getting reading the formulas of Matrix/DNA and I could doing mistakes. But it is useful for us, in the sense that it wake up our wishes to resuscitate the third eye, the antennas through the recovery of pineal gland, because for understanding this world we will need sensors able to grasp electromagnetic fields… or the photons network behind the DNA, the solar system, the galaxy, etc., merely called “Matrix/DNA”. Cheers,…

xxxxx

Vamos fazer uma breve pesquisa e retornar depois ao debate no Reddit.

O que e’ tuatara?

Tuatara are reptiles endemic to New Zealand and which, although resembling most lizards, …

Sphenodon punctatus in Waikanae, New Zealand.jpg

Tuatara, apenas em New Zeland

E sobre seu terceiro olho:

The eyes ( tuataras) can focus independently, and are specialized with a duplex retina that contains two types of visual cells for both day and night vision, and a tapetum lucidum which reflects onto the retina to enhance vision in the dark. There is also a third eyelid on each eye, the nictitating membrane.

The tuatara has a third eye on the top of its head called the parietal eye. It has its own lens, cornea, retina with rod-like structures, and degenerated nerve connection to the brain, suggesting it evolved from a real eye. The parietal eye is only visible in hatchlings, which have a translucent patch at the top centre of the skull. After four to six months, it becomes covered with opaque scales and pigment. Its purpose is unknown, but it may be useful in absorbing ultraviolet rays to produce vitamin D, as well as to determine light/dark cycles, and help with thermoregulation. Of all extant tetrapods, the parietal eye is most pronounced in the tuatara. It is part of the pineal complex, another part of which is the pineal gland, which in tuatara secretes melatonin at night.[17] Some salamanders have been shown to use their pineal bodies to perceive polarised light, and thus determine the position of the sun, even under cloud cover, aiding navigation. The tuataras third eye are pronounced photoreceptive eye, which is thought to be involved in setting circadian and seasonal cycles.

A parietal eye, also known as a third eye or pineal eye, is a part of the epithalamus present in some animal species. The eye is photoreceptive and is associated with the pineal gland, regulating circadian rhythmicity and hormone production for thermoregulation.

Adult Carolina anole (Anolis carolinensis) clearly showing the parietal eye (small grey/clear oval) at the top of its head.

The parietal eye (very small grey oval between the regular eyes) of a juvenile bullfrog

 

 

 

 

 

 

 

 

The third eye ( https://en.wikipedia.org/wiki/Third_eye)

(also known as the inner eye) is a mystical and esoteric concept referring to a speculative invisible eye which provides perception beyond ordinary sight.[1] In certain dharmic spiritual traditions such as Hinduism, the third eye refers to the ajna, or brow, chakra.[2] In Theosophy it is related to the pineal gland.[3] The third eye refers to the gate that leads to inner realms and spaces of higher consciousness. In New Age spirituality, the third eye often symbolizes a state of enlightenment or the evocation of mental images having deeply personal spiritual or psychological significance. The third eye is often associated with religious visions, clairvoyance, the ability to observe chakras and auras,[4] precognition, and out-of-body experiences. People who are claimed to have the capacity to utilize their third eyes are sometimes known as seers.

According to this theory, humans had in far ancient times an actual third eye in the back of the head with a physical and spiritual function. Over time, as humans evolved, this eye atrophied and sunk into what today is known as the pineal gland…

The pineal gland, also known as the pineal body, conarium or epiphysis cerebri, is a small endocrine gland in the vertebrate brain. The shape of the gland resembles a pine cone, hence its name. The pineal gland is located in the epithalamus, near the center of the brain, between the two hemispheres, tucked in a groove where the two halves of the thalamus join. The pineal gland produces melatonin, a serotonin derived hormone which modulates sleep patterns in both circadian and seasonal cycles.

Debate no Reddit:

 

As 7 Formas/Dimensões Astrais do Corpo Produzidas pelo Ciclo Vital (Video)

terça-feira, janeiro 19th, 2016

xxxxx

Este não e’ um assunto para se discutir se existe ou não, se e’ cientifico ou não. O que existe são pessoas falando disso sem que eu saiba de onde tiram esta ideia, e existe as sugestões que emergem da Formula da Matrix/DNA. E neste caso estas duas vertentes estão falando, sugerindo existir isto e desta maneira. Se a sugestão da Matrix estiver correta, e pela sua promessa de possibilidade pratica, e’ aconselhável ver este assunto e deixa-lo pendente na mente, porque a partir deste ponto poem aparecer sinais na natureza que não temos percebido, os quais pode nos conduzir ao emprego util e pratico de algum conhecimento real que advenha do tema.

Entao antes de fornecer o link para o video, disponho apressadamente a sugestão que se extrai da formula (este comentario foi publicado no link ao artigo no Facebook):

Louis Charles MorelliLouis Charles Morelli – Jan – 9 – 2016
Se você entender porque e’ logico e natural ter estes sete corpos, este assunto sai da metafisica da qual você não obtêm nada pratico para aplicar na sua vida material, e entra na sua natureza envolvente para você começar a descobrir como aplicar de fato este conhecimento. Temos sete corpos porque somos envolvidos em sete diferentes dimensões de densidade da substancia universal e estas sete dimensões foram produzidas pela força do ciclo vital, a mesma que atua em seu corpo material fazendo-o se transformar em sete formas principais: embrião, baby, criança, jovem, etc. Tudo começou com ondas de luz que possuem sete tipos de frequência/vibrações dispostas numa sequencia logica, e estas ondas transferiram sua dinâmica para a substancia escura inerte que preenche o espaço sideral.
Então, uma dimensão inicial na forma de embrião foi se devolvendo como se desenvolvem os corpos humanos, cada forma de dimensão ficou fixada na matéria e quando a dimensão atingiu a fase senil,a sétima forma, ela parou de se transformar.. Agora, dentro de cada humano o que tem de trilhar o caminho destas sete dimensões e’ esta nova forma de sistema que surgiu denominada ” auto-consciência” Assim como uma onda de luz nascente contem em si todas suas formas futuras, mas em apenas uma forma se situa a atividade vibratória em uma fase de sua existência, a nossa consciência já tem em si estas sete formas porem esta’ vibrando, existindo de fato, apenas na forma de embrião, por enquanto. Mas com esse entendimento em mente, sua mente vai poder se ampliar e existir e ate atuar nas outras seis faixas onde não se encontra sua forma agora. Na formula da Matrix/DNA você entende melhor vendo as sete formas e como elas se conectam ( o meu avatar ao lado já da uma ideia)

Os Sete Corpos

xxxxxxxxxxxx

Back Up – Como aparece no Back Up arquivado no cartão de memoria SHDC

 – observar que o titulo dos artigos sempre aparecem no fim da copia.

INSERT INTO `wp_ptbr_posts` VALUES (10259, 2, ‘2016-01-19 19:25:38’, ‘2016-01-20 00:25:38’, ‘xxxxx\r\n\r\n

Este não e\’ um assunto para se discutir se exist ou não, se e\’ cientifico ou não. O que existe são pessoas falando disso sem que eu saiba de onde tiram esta ideia, e existe as sugestões que emergem da Formula da Matrix/DNA. E neste caso estas duas vertentes estão falando, sugerindo existir isto e desta maneira. Se a sugestão da Matrix estiver correta, e pela sua promessa de possibilidade pratica, e\’ aconselhável ver este assunto e deixa-lo pendente na mente, porque a partir deste ponto podem aparecer sinais na natureza que não temos percebido, os quais pode nos conduzir ao emprego util e pratico de algum conhecimento real que advenha do tema.\r\n\r\n

Entao antes de fornecer o link para o video, disponho apressadamente a sugestão que se extrai da formula (este comentario foi publicado no link ao artigo no Facebook):

\r\n<div class=”_ohe lfloat” style=”color: #141823;”><a id=”js_2p” class=”img _8o _8s UFIImageBlockImage” style=”color: #3b5998;” tabindex=”0″ href=”https://www.facebook.com/TheMatrixDNA?fref=ufi” data-ft=”{&quot;tn&quot;:&quot;T&quot;}” data-hovercard=”/ajax/hovercard/hovercard.php?id=1614614673&amp;extragetparams=%7B%22hc_location%22%3A%22ufi%22%7D”><img class=”img UFIActorImage _54ru img” src=”https://scontent-lga3-1.xx.fbcdn.net/hprofile-xfp1/v/t1.0-1/q73/c143.54.674.674/s32x32/317557_2330484034263_190396842_n.jpg?oh=1987c30ac0f8d33a88bd63dd8be2db4c&amp;oe=56FBD09F” alt=”Louis Charles Morelli” /></a><a class=” UFICommentActorName” dir=”ltr” style=”font-weight: bold; color: #3b5998;” href=”https://www.facebook.com/TheMatrixDNA?fref=ufi” data-ft=”{&quot;tn&quot;:&quot;;&quot;}” data-hovercard=”/ajax/hovercard/hovercard.php?id=1614614673&amp;extragetparams=%7B%22hc_location%22%3A%22ufi%22%7D”>Louis Charles Morelli</a> – Jan – 9 – 2016</div>\r\n<div class=”_ohe lfloat” style=”color: #141823;”></div>\r\n<div class=”_ohe lfloat” style=”color: #141823;”><span data-ft=”{&quot;tn&quot;:&quot;K&quot;}”><span class=”UFICommentBody”>

Se você entender porque e\’ logico e natural ter estes sete corpos, este assunto sai da metafisica da qual você não obtêm nada pratico para aplicar na sua vida material, e entra na sua natureza envolvente para você começar a descobrir como aplicar de fato este conhecimento. Temos sete corpos porque somos envolvidos em sete diferentes dimensões de densidade da substancia universal e estas sete dimensões foram produzidas pela força do ciclo vital, a mesma que atua em seu corpo material fazendo-o se transformar em sete formas principais: embrião, baby, criança, jovem, etc. Tudo começou com ondas de luz que possuem sete tipos de frequência/vibrações dispostas numa sequencia logica, e estas ondas transferiram sua dinâmica para a substancia escura inerte que preenche o espaço sideral. Então, uma dimensão inicial na forma de embrião foi se devolvendo como se desenvolvem os corpos humanos, cada forma de dimensão ficou fixada na matéria e quando a dimensão atingiu a fase senil,a sétima forma, ela parou de se transformar.. Agora, dentro de cada humano o que tem de trilhar o caminho destas sete dimensões e\’ esta nova forma de sistema que surgiu denominada ” auto-consciência” Assim como uma onda de luz nascente contem em si todas suas formas futuras, mas em apenas uma forma se situa a atividade vibratória em uma fase de sua existência, a nossa consciência já tem em si estas sete formas porem esta\’ vibrando, existindo de fato, apenas na forma de embrião, por enquanto. Mas com esse entendimento em mente, sua mente vai poder se ampliar e existir e ate atuar nas outras seis faixas onde não se encontra sua forma agora. Na formula da Matrix/DNA você entende melhor vendo as sete formas e como elas se conectam ( o meu avatar ao lado já da uma ideia)

</span></span></div>\r\n<div class=”_ohe lfloat” style=”color: #141823;”></div>\r\n<h3 class=”_ohe lfloat” style=”color: #141823;”><span style=”color: rgb(0, 0, 255);”><strong>

Os Sete Corpos

</strong></span></h3>\r\n<div class=”_ohe lfloat” style=”color: #141823;”><a href=”https://www.facebook.com/hashtag/compartilhe?source=feed_text&amp;story_id=775025035974303″ target=”_blank”>https://www.facebook.com/hashtag/compartilhe?source=feed_text&amp;story_id=775025035974303</a></div>\r\n<div class=”_ohe lfloat” style=”color: #141823;”></div>\r\n<div class=”_ohe lfloat” style=”color: #141823;”><a href=”https://www.facebook.com/182363741848862/videos/670085699743328/” target=”_blank”>https://www.facebook.com/182363741848862/videos/670085699743328/</a></div>\r\n&nbsp;’,

‘As 7 Formas/Dimensões Astrais do Corpo Produzidas pelo Ciclo Vital (Video)’, 0, ”, ‘publish’, ‘open’, ‘open’, ”, ‘as-7-formasdimensoes-astrais-do-corpo-produzidas-pelo-ciclo-vital-video’, ”, ”, ‘2016-01-19 19:25:38’, ‘2016-01-20 00:25:38’, ”, 0, ‘http://theuniversalmatrix.com/pt-br/artigos/?p=10259’, 0, ‘post’, ”, 0);

Fantastico Argumento Indicando que Existe Vida Apos a Morte

sexta-feira, janeiro 8th, 2016

xxx

 Existe vida apos a morte? Como e’ que posso saber, ninguem voltou de la’. Mas,… eu por acaso aprendi um método que tem me levado muito mais longe do que poderia imaginar. Quando você tem uma questão sobre a existência de alguma coisa, pergunte a Natureza e ninguem mais. A natureza de um jeito ou outro lhe propicia um sinal onde a resposta esta. Geralmente ela aponta uma cena, um evento ou um fenômeno acontecendo aqui e agora que explica dentro de uma logica impecável a pergunta feita. mas tinha que ser assim, pois a Natureza ‘e uma so, ela ‘e do tamanho do universo, o universo e’ natureza, então se e’ uma so, ela faz suas coisas diferentes aplicando um método so. Tal como o artista se revela em seus quadros. Se eu pergunto porque se no mundo todos os bichos botavam os ovos fora e de repente alguns acharam de manter os ovos dentro, gerando a parafernália da embriogênese, ela me mostra um modelo astronomico onde um sistema astronomico nosso ancestral ja fazia as duas coisas: botava os ovos fora e em seguida, mantinha os ovos dentro. se eu pergunto como e porque o Universo começou com um Big Bang, ela indica o momento da fecundação de um ovulo, me faz ficar pequenino e dentro do ovulo observando tudo, ai vejo chegando um espermatozoide que parece uma nave alienígena, a nave para no centro do ovulo, fico esperando abrir as portas para descer os genes-passageiros, mas ao invés disso, a nave explode num espalhafatoso big bang dentro do ovulo!. Acontece que o espermatozoide veio enrolado dentro de uma membrana e a membrana rompeu-se subitamente. Ai a Natureza me tira de dentro do ovulo, me faz ficar grande outra vez e me manda para casa dormir. No sonho duas cenas ficam se intercalando no meu cérebro: o big bang do universo e o big bang do ovulo… e as imagens se fundem numa so. Esta’ respondido! Claro, eu tinha começado a dormir bem antes, e a historia de que ela me levou para o ovulo já fazia parte do sonho.

Mas parece que tem um outro caboclo perdido por ai no mundo que esta me passando a perna. Ele aplicou o mesmo método perguntando a Natureza se tem vida apos a morte. A Natureza fez ele ficar pequenino, levou ele dentro de um saco embrionário onde estavam os embriões de dois gêmeos. E ai ele ouviu a seguinte conversa entre os gêmeos: ( esta em inglês, mas voltarei aqui para traduzir tudo)

Existe uma historia, escrita por um desconhecido autor, que fornece uma boa analogia do porque eu penso que deveríamos levar a serio a possibilidade de que exista vida apos a morte.

There is a story, written by an unknown author, gives a good analogy of why I think we should take seriously the prospect of an afterlife. It is based around two babies who’s whole life is dependent on the umbilical cord, analogous to our body, and they ponder if they can survive after it is cut. The mother is a reference to God, please ignore that, because I have no “evidence” for God at all:

— In a mother’s womb were two babies. One asked the other: “Do you believe in life after delivery?” The other replied, “Why, of course. There has to be something after delivery. Maybe we are here to prepare ourselves for what we will be later.”
“Nonsense” said the first. “There is no life after delivery. What kind of life would that be?”
The second said, “I don’t know, but there will be more light than here. Maybe we will walk with our legs and eat from our mouths. Maybe we will have other senses that we can’t understand now.”
The first replied, “That is absurd. Walking is impossible. And eating with our mouths? Ridiculous! The umbilical cord supplies nutrition and everything we need. But the umbilical cord is so short. Life after delivery is to be logically excluded.”
The second insisted, “Well I think there is something and maybe it’s different than it is here. Maybe we won’t need this physical cord anymore.”
The first replied, “Nonsense. And moreover if there is life, then why has no one has ever come back from there? Delivery is the end of life, and in the after-delivery there is nothing but darkness and silence and oblivion. It takes us nowhere.”
“Well, I don’t know,” said the second, “but certainly we will meet Mother and she will take care of us.”
The first replied “Mother? You actually believe in Mother? That’s laughable. If Mother exists then where is She now?”
The second said, “She is all around us. We are surrounded by her. We are of Her. It is in Her that we live. Without Her this world would not and could not exist.”
Said the first: “Well I don’t see Her, so it is only logical that She doesn’t exist.

Vida ou Não-Vida Após a Morte: Incrivel Nova Tese Nasce Dentro da Matrix/DNA: Seríamos A Dualidade Onda/Particula Em Evolutivo Feed-Back: Guidance Wave Theory

quinta-feira, março 19th, 2015

xxxx

Capitulo Contendo Coleções de Dados Sobre a Categoria “Vida ou Não-Vida Após a Morte?”

Esta nova teoria denominada Guidance Wave Theory de Ian Miller bate surpreendentemente com os resultados sendo sugeridos pela Matrix/DNA Theory sobre o que acontece na morte de um corpo humano. Veja meu comentário explicando como, a seguir:

Life after death

https://ianmillerblog.wordpress.com/2015/02/04/life-after-death/

ian miller blog

Meu Comentario ( a ser traduzido para português) ( Não Publicado, aguardando moderação):

A Vida Após a Morte Pode ser Explicada pela Dualidade Onda/Partícula. Cada corpo humano individual representa os aspectos “onda” e  “partícula”.  Partícula é seu aspecto corpo material visível, é sua posição em relação ao espaço, e onda em relação ao tempo é um aspecto invisível a nós, pois não vemos e não podemos tocar o tempo. Como partícula ela não se limita a um corpo individual ( o qual é apenas uma micro-cópia, um fractal da partícula) , ela se completa como o coletivo dos indivíduos, ou seja, a espécie. E espécies podem desaparecerem para sempre ou serem transformadas em novas formas, outras espécies. A espécie humana vem de uma linhagem evolutiva de um único sistema natural que se originou no Big Bang na sua mais simples forma e até o presente momento sempre foi transformado, ou seja, como partícula e no coletivo, ela nunca morreu.

No seu aspecto de onda do tempo, cada corpo humano no  seu tempo de existência é apenas um infinitesimal tempo do tempo total deste sistema sob evolução, ou seja, do tempo universal de 13,7 bilhões de anos. Isto quer dizer que na morte de um corpo a onda universal jamais morre ali. Em outras palavras, não existe vida após a morte porque simplesmente, na verdade, não existe “morte”.

We are arriving to same theoretical results coming from two different methods ( mine is comparative anatomy between living and nonliving natural systems). My theory called “Matrix/DNA, the universal formula for all natural systems and life’s cycles”, suggests that a unique body under the process of life’s cycle is at same time a wave and a particle. The particle is any momentum of that body and the wave is the lifelong time of that body. It happens that our DNA, which is the essence of every life’s species is merely the terrestrial biological shape of a universal essence, which I am calling “Matrix”. This result from my method is due when extracting the circuit flow connecting all parts of a system we get a formula in shape of computational diagram and it is equal from atoms to galaxies to plants cells to human brain’s configuration. Again, this universal formula coming within a system that emerged at the Big Bang and today is acquiring the shape of human brain and possibly also the shape of a new system called consciousness, is the universal Matrix/DNA.

So, it means that each momentum state of this unique universal system is a particle and this particle had appeared as several individuals which dies, but the particle’s shape continues to existing as the collective, called “species”. It is the particle as collective that is evolutionary transformed into new more complex systems. As sample we have an analogy with the individual human body, which could be called “particle” and we know that this particle under the process of life’s cycle is transformed into several shapes, from blastula to fetus to teenager, etc.  So, an individual body-particle dies, but the collective of this body particles does not: it is transformed. It means that this universal system-particle called human body is 13, 7 billion years old, like the Matrix/DNA.

But… the formula is showing that the body which is a system is seen by us as particle at a given moment of its lifelong, while we can not see its time running at that moment because the time or life’s cycle force is a wave. Since that there is a unique natural system evolving under the process of life’s cycle since the Big Bang to today consciousness, it means that there is a unique wave of time and it is 13,7 billion years old. It means that when a body-system-particle disappears as individual, the wave does not disappear because it is the collective of all individuals and it will continuing the evolution, certainly to the next transcendental or more complex shape of this universal system.

My method lead me to a new interpretation of the electromagnetic spectrum of light waves. From gamma ray to radio, all different states of frequencies/vibrations/colors are equal the sequence of transformations of the state of energy/vibration of a unique human body, from fetus to adult. It means that also a light wave is under the process of life’s cycle… in another words, a light wave is the most simplest “living thing”. So simplest that it goes back to the extreme singularity at the initial moments of the Universe… or, beyond it. It means that the Universal Matrix, which today and here is encrypted into the biological DNA, and is the formula organizing the brain and consciousness, was existing before this Universe in shape of light. If consciousness is the final end of this evolution, it must be returning to be the initial light. Again, as light, it is a wave.

Declarations like the famous neuroscientist that had a left hemisphere stroke and saw everything as light without separation between her body and the external world are good evidences that this theory about the consciousness being a kind of light waves the survives after death is in the right track. Congratulations Mr.Ian: you had an astonishing insight. (sorry by the English language errors and you can see the Matrix/DNA formula at its website).

xxxx

( Artigo copiado aqui para ser traduzido)

The issue of whether there is life, or consciousness, after death is one of those questions that can only be answered by dying. If there is, you find out. My wife was convinced there is, and she was equally convinced that I, as a scientist, would quietly argue the concept was ridiculous. However, as she was dying of metastatic cancer we had a discussion of this issue, and I believe the following theory gave her considerable comfort. Accordingly, I announced this at her recent funeral, in case it helped anyone else, and I have received a number of requests to post the argument. I am doing two posts: one with the mathematics, and one where I merely assert the argument for those who want a simpler account. The more mathematical post is at (http://my.rsc.org/blogs/84/1561 ).

First, is there any evidence at all? There are numerous accounts of people who nearly die but do not, and they claim to see a tunnel of light, and relations at the other end. There are two possible explanations:
(1) What they see is true,
(2) When the brain shuts down, it produces these illusions.
The problem with (2) is, why does it do it the same way for all? There was also an account recently of someone who died on an operating table, but was resuscitated, and he then gave an account of what the surgeons were doing as viewed from above. The following study may be of interest (http://rt.com/news/195056-life-after-death-study/ ) One can take this however one likes, but it is certainly weird.

What I told Claire arises from my interpretation of quantum mechanics, which is significantly different from most others’. First, some background. (If you have no interest in physics, you can skip this and go to the last three paragraphs.) If you fire particles such as electrons one at a time through a screen with two slits, each electron will give a point reading on a detector screen, but if you do this for long enough, the points give the pattern of wave diffraction. This is known as wave-particle duality, and at the quantum level, an experiment either gives properties of a particle or those consistent with a wave, depending on how you do it. So, how is that explained? Either there is a wave guiding the particles or there is not. Most physicists argue there is not and the electrons just happen to give that distribution. You ask, why? They tend to say, “Shut up and compute!” Einstein did not agree, and said, “God does not play dice.” What we know is that computations based on a wave equation give remarkably good agreement with observation, but nobody can find evidence for the wave. All we detect are the particles, but of course that is what the detectors are set up to detect. It is generally agreed that the formalism that enables calculations is sufficient. For me, that is not sufficient, and I think there must be something causing this behaviour. Suppose you cannot see ducks but you here a lot of quacking, why do you assume the quacks are just the consequence of your listening, and there are no ducks? There is a minority who believe there is a wave, and the pilot wave concept was formed by de Broglie.

Modern physics states the wave function is complex. In general, this is true, but from Euler’s theory of complex numbers, once (or twice) a period (which is defined as the time from one crest, say, to the next) the wave becomes momentarily real. My first premise is
The physics of the system are determined only when the wave becomes real.
From this, the stability of atoms, the Uncertainty Principle and the Exclusion Principle follow. Not that that is of importance here, other than to note that this interpretation does manage to do what standard theory effectively has as premises. My next premise is
The wave causes the wave behaviour.
At first sight, this seems obvious, but recall that modern quantum theory does not assert this. Now, if so, it follows that the wave front must travel at the same velocity as the particle; if it did not, how could it affect the particle? But if it travels at the same velocity, the energy of the system must be twice the kinetic energy of the particle. This simply asserts that the wave transmits energy. Actually, every other wave in physics transmits energy, except for the textbook quantal matter wave, which transmits nothing, it does not exist, but it defines probabilities. (As an aside, since energy is proportional to mass, in general this interpretation does not conflict with standard quantum mechanics.) For this discussion, the most important consequence is that both particle and wave must maintain the same energy. The wave sets the particle energy because the wave is deterministic, which means that once the wave is defined, it is defined for every future with known conditions. The particle, however, suffers random motion and has to be guided by the wave in my theory.

Now, what is consciousness? Strictly speaking, we do not know exactly, but examination of brains that are conscious appear to show considerable ordered electrical activity. But if electrical activity is occurring, that is the expenditure of energy. (The brain uses a remarkably high fraction of the body’s energy.) But since the movement of electrons is quantum controlled, then the corresponding energy must be found in an associated set of waves. Moreover, it is the associated wave that is causal, and it alone can overcome the randomness that may arise through the uncertainty of position of any particle. The wave guides the particle! Another important feature of these Guidance Waves is they are linear, which means they are completely separable. This is a general property of waves, and is not an ad hoc addition. It therefore follows that when we are conscious and living “here”, there is a matrix of waves with corresponding energy “there”.

Accordingly, if this Guidance Wave interpretation of quantum mechanics is correct, then the condition for life after death is very simple: death occurs because the body cannot supply the energy required to match the Guidance Waves that are organizing consciousness, and the random motion of particles in the brain, due to heat, overpower the order that bodily consciousness requires. The body now is no longer conscious, and hence is dead, and useful brain activity ceases. But if at the point where the brain can no longer provide its energy contribution for consciousness, the energy within the Guidance Wave can dissociate itself from the body and maintain itself “there”, and recall that the principle of linearity is that other waves do not affect it, then that wave package can continue, and since it represents the consciousness of a person, that consciousness continues. What happens next depends on the conditions applicable “there”, and for that we have no observations.

Is the Guidance Wave interpretation correct? As far as I am aware, there is no observation that would falsify my alternative interpretation of quantum mechanics, while my Guidance Wave theory does make two experimental predictions that contradict standard quantum mechanics. It also greatly simplifies the calculation of some chemical bond properties. However, even if it is correct, that does not mean there is life after death, but at least in my interpretation of quantum mechanics it is permitted. That thought comforted Claire in her last days, and if it comforts anyone else, this post is worth it.

xxxxx

Outro excelente artigo e posterior comentários com muitos links sobre o tópico:

Near death, explained

New science is shedding light on what really happens during out-of-body experiences — with shocking results.

http://www.salon.com/2012/04/21/near_death_explained/

( E como resposta ateísta de PZ Myers, ver:

Near-death, distorted

Taking aim at a recent Salon story about the science of out-of-body experiences

http://www.salon.com/2012/04/26/near_death_distorted/

Chakras: Serão estas as posições corretas?

sexta-feira, janeiro 9th, 2015

O azul no pescoço, violeta na testa?

xxxx

 

http://www.quazoo.com/q/Quazoo?scid=13024160&scd=s4.quazoo.com&fItemID=2397373&fditem=s5.quazoo.com&flink=true&ItemSlideshow

You Are a Rainbow – Seven Levels of Intelligence

Posted by Dr Sircus on February 7, 2015 | Filed under Medicine

A Unica Origem de Todos os Mitos e Religiões: Teoria de Campbell e Teoria da Matrix/DNA

sexta-feira, outubro 31st, 2014

xxxx

Este artigo foi inspirado em outro, aqui:

O Poder do Mito – Joseph Campbell

http://evoluasuaconsciencia.blogspot.com/2014/10/o-poder-do-mito-joseph-campbell.html

Para quem não sabe, a visão de mundo da Matrix/DNA Theory foi resultado de métodos e lógica puramente materialista, ou melhor, naturalista. Mas uma das maiores surpresas da minha vida foi quando, analisando os modelos e formas resultantes, descobri que se fosse descrever o modelo astronomico por exemplo, numa linguagem naturalista, eu apenas usaria palavras e metáforas diferentes dos autores de Gênesis, na Bíblia, ou do autor do I Ching, mas falando do mesmo quadro, do mesmo estado do mundo a 4 bilhões de anos atras! Assim um cético racionalista estremeceu em suas bases, mas por pouco tempo, pois uma experiencia inusitada na selva me levou a descobrir a explicação racional para tantas semelhanças. Ela está resumida no post abaixo que postei naquele artigo.

O artigo fala dos livros de Joseph Campbell, famoso mitólogo norte-americano do qual só tenho lido textos esparsos e menções publicas, alertando-me que devo lê-lo assim que tiver tempo.

xxx

Comentários postados no artigo:

Louis Charles Morelli, em  October, 31, 2014.

Os diversos mitos descendem de um único mito comum ancestral, assim como as diferentes espécies tiveram um comum ancestral. E o mito primordial nasceu no estado de infância da mente humana, quando ainda frêsca e com poucas das impróprias informações produzidas por esta nefasta milenar cultura tinha a capacidade de fazer vir à tona das sinapses suas vidas passadas tão longínquas como quando nossos antepassados eram meros sistemas galácticos. Concluí isso quando acompanhei as revelações de um xamã e curandeiro na Amazônia, após tomar suas beberagens tipo Santo Daime entrava em transe, e eu ao lado de seu leito anotando, desenhando tudo o que dizia. No final meu desenho era uma síntese dos símbolos do I Ching, com todos os símbolos de Adão e Eva no Paraíso, ao mesmo tempo que era a aura com chackras e kundalines. Porque? Nativos do Amazonas vivendo em um separado continente e 4 mil anos depois, tem as mesmas visões dos fundadores das religiões, quando estão com o cérebro alterado?! Mas é a mesma cosmogonia relatada na Doutrina Secreta por Helena Blavastky obtida entre hebreus ocultistas e o esoterismo que surgiu a partir de um visionário, chamado Schimeon Ben Jochai.

O mais surpreendente foi quando percebí que a aura nada mais é que uma grotesca descrição de quem…? sim, do DNA! Os chacras são as bases no meio das duas hastes, as serpentes de kundaline. Podes ver na fórmula Matrix/DNA em meu website, o template para todos os sistemas naturais, de átomos a galaxias ao cérebro humano, como estão ali visíveis os sete símbolos do mito do paraíso ( Adão e Eva ainda nas formas dos ancestrais astronômicos do que hoje são os cromossomas X e Y, a serpente, a arvore, o proibido sistema fechado em si mesmo na forma de maçã, o estado de existência do sistema como um verdadeiro paraíso egocêntrico e por fim a Queda, quando a galaxia se fragmenta e seus bits caem na superfície de um planeta para saírem se arrastando como seres vivos. Tudo registrado em nosso DNA, 13,7 bilhões de anos de História Universal! Aí está porque todos os mitos tem como fundamento um padrão único, pois ele surge em mentes frescas ou alteradas na forma de flashes, imagens, cenas, de eventos na evolução cosmológica, e como os nativos nada sabiam de FNA, galaxias, etc., cada qual interpretou os flashes à sua diferente maneira e com isso esta diversidade de mitos na base das religiões. Enfim, o que hoje é auto-consciência, ela dormia na nebulosa de átomos, sonhou como galaxia, começou a despertar como plantas e animais, acordou no Homem e outras vidas no Universo afora, e aqui em nossas-cabeças-ovo ela ainda é um embrião que nem sequer ainda abriu seus próprios olhos ( a terceira visão) para ver a substancia e forma de seu próprio corpo. Infelizmente não tive tempo para ler algo tão interessante como o tema de Campbell, qual foram os padrões que ele encontrou, mas sei que sua teoria será diferente da minha porque ele não foi no coração da selva ouvir in loco o que nos tem a revelar o espirito ainda selvagem testemunha das origens da vida. A suspeita final é de que neste Universo está ocorrendo um processo de reprodução genética do ser que existia/existe antes do Big Bang, que nós humanos dotados do embrião da auto-consciência somos os genes construindo o Filho daquele, e a ultima forma deste embrião aqui só pode significar que o ser alem-universo é auto-consciente.Mas posso estar todo errado, pois ainda estou testando tudo isso..

Louis Charles Morelli, em  November,02, 2014.

Abelhas, formigas e pagãos construíram o mesmo modelo de sistema social. Rainhas para os insetos, deusas para humanos primitivos. Porque? Esta é a tendencia genética de todos os seres vivos. Porque a fêmea no centro do sistema ainda permanecia na memória dos pagãos e foi enterrada pela cultura e religiões.Seres vivos são sistemas naturais feitos não pela Terra apenas, mas o sistema astronomico no qual estamos dentro, e nele, a fêmea estava no núcleo ( uma bela luminosa quasar contendo um buraco negro… que na verdade é branco). Este nosso passado como deuses do espaço onde a consciência ainda dormia e sonhava com eternidade foi rememorizado pelos povos primitivos em mitos como o do Paraíso. A fêmea tem tendencia a sistema fechado enquanto o macho a tem para sistema aberto, e quando a fêmea se assentou no trono sideral ela comeu a maçã proibida, ou seja, instalou o sistema fechado que fecha às portas à evolução. Por isso as sociedades das abelhas e formigas que imitam fielmente aquele paraíso de Eva nunca evoluíram. A arvore é a imagem da galaxia tendo como eixo central quasar/buraco negro na forma do tronco, os braços espirais na forma dos galhos, os planetas na forma das folhas e as estrelas na forma dos frutos maduros pendurados nos galhos. Outro simbolo do mito é a serpente, justamente a imagem da Matrix daquele paraíso, uma cobra engolindo a própria cauda, pois o sistema se auto-reciclava como podes ver na fórmula Matrix/DNA.. O pulsar emitindo cometas veio justo na forma do cromossoma Y. enquanto o núcleo feminino veio na formula do X, por isso Adão e Eva representando o aspecto sexual homem/mulher. Depois veio a Queda, quando alem das galaxias veio a força da entropia que degenera e envelhece os sistemas, fragmentando-os em seus bits-informação que mais tarde seriam os genes, e caíram nas superfícies de planetas para reiniciarem como sistema aberto à evolução, sem a capacidade da auto-reciclagem, obrigados a procurar seu alimento. Tudo bate, somos a imagem e semelhança do building block dos sistemas astronômicos porem, onde a consciência finalmente desperta e começa a levantar-se, ainda no estado embrionário. A cultura milenar animalesca imitando ainda as regras das selvas e as religiões foram maus necessários para corrigir o erro do nosso ancestral ( ou nosso na nossa forma ancestral) cometido no céu, pois se somos aqui como sistemas biológicos uma reprodução dos sistemas astronômicos, apenas a consciência poderá inverter a tendencia para sistema aberto e continuidade da evolução.O destino do nosso corpo físico é inevitável, estamos indo na direção do Admirável Mundo Novo de Huxley, governado não pelo Big Brother de Orwell mas a uma ditadura idêntica pela Big Mother ou Big Queen. Mas este novo sistema que desperta aqui, auto-consciência deverá manter-se livre e ela nos alavancará para a aventura no Cosmos… se entender-mos tudo a tempo.

Cérebro, Alma, Indeterminismo Quantico: Discussão

quarta-feira, outubro 1st, 2014

Neuroscience, quantum indeterminism and the Cartesian soul.

( scientific paper, visto apenas o abstrato)

http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/24355546

Procurar:   Eccles-Beck model

xxxxx

Quantum Theory Won’t Save The Soul

http://blogs.discovermagazine.com/neuroskeptic/2013/12/22/quantum-theory-wont-save-soul/

– the idea that neuronal function involves quantum coherence  (Ver  http://en.wikipedia.org/wiki/Quantum_decoherence

– This is the foundation of the Penrose-Hameroff theory(not about the ‘soul’ per se, but about consciousness). ( Ver …

Orchestrated objective reduction (http://en.wikipedia.org/wiki/Orchestrated_objective_reduction 

– We consider whether a fluctuation within the limits of Heisenbergian uncertainty could affect the presynaptic calcium concentration by permitting a chemical bond to be modified in an ion channel, as has been proposed… Ver 

Voltage-dependent calcium channel – http://en.wikipedia.org/wiki/Voltage-dependent_calcium_channel

xxxxx

DEEPAK CHOPRA MANGLES QUANTUM MECHANICS – AGAIN

http://www.skepticblog.org/2009/11/16/deepak-chopra-mangles-quantum-mechanics-again/

Acupuntura: O que é? É verdade ou não? Funciona ou não? – Sugestão da Matrix/DNA

sábado, agosto 23rd, 2014

xxxxx

Obs: Para esta pesquisa, ler as pesquisas em PDF sobre energias no corpo humano e campos eletro-magneticos do coração, sua relação com acupuntura, etc., no website:

http://www.heartmath.org/research/research-library/research-library.html

ver o item :

  • Energetics Research:

    The heart produces the body’s most powerful rhythmic electromagnetic field, which carries emotional information and mediates bioelectromagnetic communication, within and outside the body. This field affects one’s environment in fascinating ways not previously understood.

 

xxxx

Acupuntura: Realidade ou Mistica?

xxxxx

Ainda na selva, minha investigação me levava a deparar com varios indicios sugerindo que dentro dos nossos corpos, existiria uma rede de conexões produzida por fótons estelares dentro de nossos atomos e eletrons, numa dimensão que nem nossos olhos e nem nossos atuais instrumentos cientificos podem captar ainda, pois trata-se de luz pura original. Esta rede de conexões estaria configurada baseada na fórmula da Matrix, o que significaria que nosso corpo consiste de bilhões de cópias de DNA materializadas, prestando culto a um enorme DNA de luz que vai dos quadrís ao topo do cérebro. Depois da selva tenho me deparado com muitos fatos que parecem serem evidencias da real existencia desta oculta dimensão, por isso continuo considerando esta teoria como possivel e continuo testando-a e buscando seus efeitos no corpo, e mais evidencias, ou então, algum fato real que desminta a teoria. Nessa busca me deparei com uma existente antiga crença, ou filosofia, que apresenta um desenho de “aura humana”, e até uma pratica medicinal, chamada acupuntura. Devido aos muitos pontos que coincidem com esta teoria, mantenho tambem o estudo e acompanhamento dos avanços desta crença. Aqui abro um capitulo dedicado então a este estudo da acupuntura, assim como um registro das criticas dos grupos contrarios a esta crença.

xxxxxx

Artigos Relacionados

Richard Dawkins Foundation – Old website

https://richarddawkins.net/2014/06/acupuncture-for-macular-degeneration-why-i-reject-the-evidence/

Acupuncture for Macular Degeneration: Why I Reject the Evidence

Meu comentario postado no artigo: 

Yours article does not shows a real fact  as evidence  for rejecting acupuncture here. The real fact most be yours data about each patient, before the treatment and after it. Real Science is focusing on the object, here you are talking about theories. Then, there is a rational theory suggesting that acupuncture can works, and the human experience also suggests it, because there are 5 thousands years and people from all countries believing and/or practicing it.  The rational theory is “The Universal Matrix/DNA for Natural Systems and Life’s Cycles Theory”. Applying unusual methods ( comparative anatomy between living and non-living natural systems, reverse calculations of cosmological evolution, starting at human beings and going back to the Big Bang, etc), this theory found that a horizontal base-pair of nucleotides has the same configuration and functioning as have a model of original astronomical systems. Same configuration and functioning of systemic “pieces” were found at cell’s systems, atoms systems, brain as a system, etc. If really there is  this phenomenon, it means that not only biological systems have a common essence, called DNA, and so, all natural systems have its shape of “DNA”, so, DNA must be merely a biological shape of a universal “Matrix”. Which is shown as a formula, at Matrix/DNA website.

But… why this theory found something real in the “acupuncture world view”? Searching how an astronomical system that created here biological systems, could do that “creation”, I found that the genetic transmission process could do it, if the genes-bits-information from a decaying astronomical system due entropy, are transmitted, spreaded into space, in shape of photons by stellar radiation. These photons could penetrate terrestrial atoms, penetrating their particles as electrons, assuming the control of the atoms’ machinery and then, driving these atoms to perform a new kind of connections, which should reproduce the astronomical system microscopically and with new materials/ environment. The final result should be the first complete cell’s system, the first real living being.

If this theory will be proved the right one for explaining life’s origins here, it means that the whole human body is based over the Matrix formula, composed by photons connecting all electrons of all atoms pertaining to a human body. So, it it is correctly, must have a kind of light field/circuit which can not be grasped by our modern scientific instruments, yet, but as ever happened in Science evolution, we can grasp its side’s effects. There are evidences, theoretical evidences yet, and I am alone carrying this enterprise for searching more evidences. It is not merely human imaginations, faith ( Matrix/DNA was made by the most extremely materialistic view point) that must have something like the maps suggested by acupuncture apologists: it is a rational imperative. By another hand, the theory of abiogenesis and biological evolution that has been the foundation of yours “western modern temporary scientific world view”, seems to me not all rational.  Bring on real facts, go after the patients, the statements of doctors before and after the acupuncture treatment, then, maybe you will have real reason for rejecting it… or not. This kind of criticism is prejudice for Science, since that till today “yours” method have not solved the causes of the big millenar diseases.