Archive for the ‘Campos Magnéticos’ Category

Energia na Base dos Instintos para Predadores e Presas – Ben Davidson – ThumderboltsProject

segunda-feira, janeiro 23rd, 2017

xxxxx

https://www.youtube.com/watch?v=rJ08nS32KrI

xxxxx

Meu comentario postado no Youtube sobre este video:

Louis Charles Morelli Louis Charles Morelli – jan-01/23/2017

Congratulations. The EU is developing in parallel with other world view, The Matrix/DNA Theory, which suggests the existence of a unique universal system containing different shapes of DNA, evolving since the Big Bang to us today. We suggest a universal formula for systems that suggests a lots about how energy works. The common points are:
1) New natural systems (as atoms, galaxies, biological cells), are composed when Nature applies the force of vital cycle upon a body resulting as mass of a prior less evolved system. The body change shapes like our body goes from the shape of fetus to kids to adults due this force. These new shapes becomes the working parts of a new complex system. A nebulae of atom becomes a galaxy, a mass of unicellular becomes a multicellular organism. But, where Nature gets the force of life’s cycles? From the universal light wave composed by all seven kinds of electromagnetic radiations. The exactly sequence of different frequencies/vibrations of this light wave is seeing as the exactly sequence that yours body is transformed into new shapes. So, we have found that when a light wave emitted by a source like the Big Bang and propagates through dark matter, it creates a system (atom) that evolves to galaxies, cells, human brains. But light does not creates it directly. When light propagates it causes friction at dark matter and the results is energy, electricity. So, the Electric universe is the link between the code for systems ( and life) imprinted into a light wave and the spatial substance, which can be called dark matter, aether, etc. It is important to know the destructive effect of electricity that occurs in chaotic environment like the Earth biosphere and the constructive effect created by energy at ordered state environments.
2) One of the biggest puzzle and mission of Matrix/DNA world view is exorcising the instincts for predator/preys from the human psyche and genetic charge inherited from animals, and yours video has contributed a lot for it. All social systems created till now ( feudalism, monarchy, communism, capitalism) are merely mimicking the rules of the jungle among animals, so, the big predators are at the high class, the medium predators composes the medium class and the mass of poors, the preys of the lower class. Our question was from what dimension of the non-biological world this mechanism came from. We can see the functions of predators and preys easy and clear at the galactic systemic model, we know where the ancestral of these instincts were at our ancestral and creator galaxy. But, where the galaxy got it? The image of DC showing how works the two sides sources of the electric current solved this problem. At Matrix/DNA formula, the stronger side is F1 and the weak side is F7, and mow we have a big understand about what is going on in this black box. You can see and analysing the inter-relations between the two sides and everything equal the relations between predators and preys. Now I will search what is the two magnetic sources at a human body, why they produces DC and not AC, end how to fix it. This will meaning the exorcism of these instincts, which leads all other species to their extinction and is the cause of the nowadays torture of 90 % percent of global population. If you see the universal formula for natural systems at my website, you can improve the EU knowledge. Google: ” The Universal Matrix of All Natural Systems and Life’s Cycles”. Cheers..

xxxxx

A Base Elétrica da Materia Mostrando os Princípios dos Instintos para Predador e Presa: Sensacional!

O que revela as imagens no vídeo, quando a corrente alternada e corrente continua são acionadas:

AC – Alternating current: os dois lados são iguais, a corrente vem dos dois lados, a descarga e’ igual nos dois lados, a imagem ‘e muito simples, forma-se um raio curvo e simples, completo, igual, dentro de toda a câmara.

DC : um lado e’ muito mais ativo que o outro. O anodo esta no lado onde o raio esta empurrando-se para longe dele e invadindo o outro lado. Quando se liga os emissores de DC, na câmara que estava apresentando o raio igual do AC, o raio inteiro e’ puxado apenas para um lado, o qual se apresenta como o mais forte e mais ativo.

Ok. Para mim, particularmente, da Matrix/DNA, a visão destas imagens imediatamente me lembra um dos maiores assuntos que estou pesquisando agora. Trata-se de buscar entender a presença dos instintos animalescos com tendência a predador e presa que estão encravados na genética e na psique humana. Entendo que exorcizar a alma humana destes instintos e’ a condição primeira exigida para eliminar este escravagismo de um lado e a luxuria com seu consumismo supérfluo dos recursos naturais, do outro, esta carnificina e tortura praticada por um dos lados, ou seja, mudar totalmente o estado da humanidade, e dirigir a humanidade a desviar-se do destino da auto-extinção. Acho que não existe outro objetivo mais supremo no momento para a humanidade… exorcizar estes instintos.

Mas de onde os animais receberam estes mecanismos, processos, forças? Na formula da Matrix/DNA para o estado de sistema astronomico se vê claramente ali estes instintos, quando a peça anterior no circuito sempre se transforma na peça seguinte, ao mesmo tempo que pode se interpretar ao reverso, onde a pesa seguinte sempre devora a anterior. Isto faz parte inevitável do ciclo vital. Que as moléculas orgânicas, e depois as bactérias, repteis, leões, e humanos apresentem este fenômeno, já era de se esperar.

Mas porque a formula tinha que ser assim? Ela vem de um onda de luz, e nesta vemos que toda frequência se transforma numa frequência seguinte. Tambem continua isto acontecendo na formula quando ela montou os sistemas astronômicos. Que a forma seguinte engole a forma anterior e’ apenas uma questão relativa do ponto de observação. Vendo-se por outro ponto o que se vê e’ a forma anterior transformando-se na forma seguinte. Porem quando se formaram os sistemas biológicos, a linha evolucionaria que carrega a transformação funcionou mas ao mesmo tempo, se dividiu e funcionou também pela outra perspectiva, aquela onde realmente a forma seguinte – que e’ a maior, mais forte – devora, se sobrepõe, escraviza, parasita, a forma anterior – que e’ a menor, mais fraca. A linha da transformação funcionou transformando bactérias em repteis e repteis em mamíferos. Mas surgiu em paralelo a linha da cadeia alimentar, dividida entre predadores e presas. Este surgimento e’ o grande mistério e o qual precisa ser eliminado da face da Terra. Sabemos que ele surgiu quando a Natureza apresentava como dominante a sua face do caos, mas ainda não resolvi se o caos produz a carnificina primeiro, ou se o cais foi produzido pela carnificina primeiro. Este fenômeno, estava presente na onda luz original? Sim, mas apenas a linha das transformações de sequencias. A luz nunca se colapsa fazendo o caminho inverso. A ano ser que uma outra nossa teoria tenha consistência: a de que a onda de luz original de fragmenta em fótons e estes reencetam o caminho inverso através da matéria, reproduzindo a onda de luz, dirigindo-se de volta a fonte inicial. mas isso envoveria

Ora, as imagens de DC (   ….  ) do que ocorre na dimensão evolucionaria anterior `a existência de sistemas astronômicos e biológicos, revelam que esta dicotomia conflitante já existia desde quando o avançar da luz criou a energia. Então a causa primeira destes instintos esta no Universo Elétrico?! Entao estes instintos fazem parte de um significado cosmico muito distante do nosso conhecimento? Entao seria impossivel exorcizar estes instintos da psique humana, pois toda vez que o cortassemos fora, a base energetica da carga genetica o traria de volta?

Sinto que acabamos de dar um grande passo na busca do entendimento destes insintos, porem, caimos numa dimensao muito distante e complexa, e nela teremos que esmiucar e buscar explicacoes.

Sera um efeito da diferenca entre sistema fechado e sistema aberto? Porque essa diferenca entre os efeitos da AC e da DC? Ok,… de subito nos surge a verdade de que nao avancaremos aqui senao voltarmos ao tempo da escola e pesquisar tudo o que define AC e DC.

( hipotese em desenvolvimento)

xxxx

The Fibonacci Spirals no Sol

Não apenas Ben Davidson e seu pessoal da Teoria do Universo Elétrico defende essa ideia, mas também a NOAH, do governo Americano desenharam a espiral de Fibonacci sendo vista no Sol. Ben diz que essa espiral e’ vista em todo lugar no Sol.

Isto une duas predições feitas a 30 anos atras tendo como base a formula da Matrix/DNA:

  1. Na origem dos sistemas biológicos entraram informações carregadas por fótons vindos de dois lugares principalmente: do Sol e do núcleo da Terra onde jaz um germe estelar. O processo que determinou estas duas vindas e’ o mesmo processo sexual mostrado pela formula, onde a energia da Terra seria feminina e a energia do Sol, masculina. Sendo assim, a energia do Sol opera com base na F5, que e’ a carga genética masculina emitida para fecundar a carga feminina na Terra. Ora,…
  2. A espiral de Fibonacci esta relacionada com o numero Phi, responsável pela simetria dos corpos que da ordem e beleza aos corpos. Mas a formula da Matrix/DNA mostra que no circuito sistêmico onde cai o numero de Phi (1,618…) e’ justamente a posição ocupada por F5. Sendo responsável pela função da reprodução, deduzimos que a simetria ocorre porque F5 copia ou reproduz a face esquerda dos sistemas e a situa a sua direita, para se tornar a face direita. Portanto a formula já havia previsto que o Sol produz F5, o qual e’ Phi, através da espiral de Fibonacci.

Grande evidencia para a teoria da Matrix e ótima informação fornecida por Ben Davidson, novamente.

xxxx

Teoria da Mente tendo como substância, um plasma:

Num frasco-câmara passa a corrente eletro-magnética gerada por dois magnetos. O ambiente dentro da câmara pode ser mudado, do vácuo total para atmosfera. Cada ambiente muda e produz um estado específico da corrente. Num ambiente ela se apresenta como plasma (no vácuo total), no outro se apresenta como linhas ou raios vibrantes de eletricidade ( quando a câmara e’ enchida com ar).

Dai me leva a suspeitar e elaborar os princípios de uma nova hipótese, quando junto isso com a formula da Matrix/DNA. Sabemos que as imagens das sinapses se assemelham ‘a imagem da energia na forma de raios, aleatórios. Isto acontece no ambiente da massa de neuronios. Mas dessa massa e destas sinapses, se produz a mente, os pensamentos, e mais exatamente em outro local, o neocortex. Então podemos suspeitar que no neocortex o ambiente e~diferente, e produz o outro estado desta energia, uma espécie de plasma.

A primeira questão aqui seria: se na câmara podemos ver o estado de plasma, porque o MRI que vê as sinapses não pode ver o plasma da mente?

( teoria a desenvolver ) 

xxxx

Elegant Simplicity

Ben defende que a teoria do Universo Elétrico e’ construída sobre argumentos que são elegantemente simples. O que define esta expressão? penso que se trata do seguinte: pega-se fenômenos naturais simples e conhecidos e interpreta-se de maneira diferente do que foi interpretado ate agora, mas de maneira que na imagem do simples se adivinha encriptado complexos significados, processos e mecanismos. Se for isso, isso e’ justamente o que e’ a Teoria da Matrix/DNA, principalmente ‘e o que sente ao ver a formula da Matrix.

Mas porque a Teoria do Universo Elétrico impregna estes fenômenos simples com elegância? Baseando-me na Teoria da Matrix/DNA, realmente deve existir um mundo elétrico como template, como substancia de fundo, do universo material que nossos sensores captam. Isto porque tudo tem inicio quando a onda de luz universal composta dos sete tipos de radiações eletromagneiticas, se expande infiltrando-se na substancia do espaço – que deve ser a dark matter – ela produz friccao neste contacto. O produto desta friccao e’ o que denominamos de energia, ou pode ser o mesmo que eletricidade. Então como essa luz contem em si o código para ciclo vital que e’ o que monta os sistemas naturais, ela passa esse código para a energia. Esta existindo no meio da dark matter, separa-a em porcões de acordo com cada tipo de sua vibração e assim cria as partes para montar os sistemas. Então, a energia ‘e o elo entre a dark matter – que fornece a massa para o hardware – e a luz, que e’ o software. Se realmente for assim, então e’ claro, a energia esta na base, como pano de fundo, de todas as coisas materiais desse Universo. Não se esta errando ao chamar isto de Universo Elétrico e realmente os modelos teóricos desta teoria são elegantemente simples – porque na verdade revelam uma complexidade estonteante e bonita.

xxxx

Teoria da Gravidade versus Teoria da Atracão da Eletricidade:

Mostrando como um lado e’ mais forte e puxa o mais fraco, Grahan sugere que esta eletricidade e’ o que mantem astros e galaxias unidos e não a hipotética força chamada de gravidade.

xxxx

Jatos cosmicos de luz dos buracos negros sugere a emissão de um circuito sistêmico vital pelo núcleo galáctico segundo a Matrix/DNA

A imagem de um jato emitido por uma região do espaço sideral ( onde, como Ben diz, o mainstream diz existir um buraco negro, mas ele não concorda com esse nome e teoria, e espera que se ache um nome melhor, justamente como nos da Matrix/DNA não concordamos e esperamos esse nome melhor) mostra o jato dividido em segmentos que são “equidistantes `a parte”, quer dizer, o jato e’ dividido em segmentos de tamanhos iguais e têm distâncias iguais entre si. Isto bate com o que sugeriu a Teoria da Matrix, 30 anos atras. Este emissor deste jato seria um astro executando a função número 1 da formula (F1) e ele deveria emitir o template do circuito por onde a semente ou germe de um novo astro vai percorrer tocado pelo processo do ciclo vital. Como este processo vem de energia produzida por uma onda de luz – e a onda de luz contem a formula para este processo vital – cada segmento antecipa uma das formas que o astro vai apresentar em determinada idade. Em outras palavras, se a Matrix/DNA estiver acertando aqui, este jato cósmico deve ser dividido em sete segmentos, cada qual composto pelo estado vibratório da frequência eletromagnética que ele representa. Muito boa previsão da Matrix e ótima informação do Grahan.

xxxx

Efeito Placebo: Efeito de ondas magnéticas emitidas pelo cérebro sobre a química do corpo…?

Estas possibilidades sugeridas pelo Universo Elétrico leva Ben Davidson a citar o The Global Consciousness Project

xxxx

Pesquisa:

Procurar no website de Ben e outros lugares, imagens dos dois magnetos lado a lado da câmara produzindo a visão da eletricidade, para por no site e fazer cartaz para palestra.

Origem e Evolução dos Órgãos Sensoriais

quarta-feira, novembro 23rd, 2016

xxxx

Sea nettles.jpg

Medusas Cnidarias – Primeiro sensor?

De onde a Natureza tirou a ideia de criar órgãos sensoriais em certos corpos para perceberem o mundo a sua volta?! Talvez a pergunta esteja mal formulada. Como e porque num corpo natural – e pela primeira vez nos 13,8 bilhões de anos do Universo – a Natureza se moveu na direcao de fazer este corpo perceber o mundo a sua volta?! Quais forças e elementos naturais abriram este caminho, e porque?

As outras formas de vida alienígenas, que tipos de sensores terão? Os nossos sensores vão evoluir? Por exemplo, a visão, evoluirá para enxergar as outras faixas do espectro eletromagnético? Nos desenvolveremos outros sensores ainda nem sequer imaginados?

Como sera para sempre proibido ter certeza do que ocorreu exatamente nos primórdios dos órgãos sensoriais ( a não ser que exista um espelho do tempo onde esteja filmada toda a historia passada), todo mundo terá apenas teoria. E talvez uma destas teorias acerte exatamente com as respostas.

Na minha teoria cosmovisionária – a Teoria da Matrix/DNA – os órgãos sensoriais “biológicos” se explica a partir da intuição de que o que criou os sistemas biológicos foram os sistemas astronômicos. E os criou por um processo primitivo similar ao processo genético biológico. Ou seja – sistemas biológicos são meras evoluções dos sistemas astronômicos.

O estado de sistema em que estava este sistema galáctico denominado Via Láctea era o de sistema fechado em si mesmo, oposto ao sistema aberto. Ao menos e’ isso que se conclui ao se observar o meu modelo cosmológico. E um sistema fechado em si mesmo jamais vai criar órgãos sensoriais voltados ao exterior, pois ele se encontra isolado do mundo externo e não teria qualquer motivo para realizar o esforço dessa criacao.

Porem, a cria dos sistemas astronômicos na superfície terrestres sofreram uma mutação devido ao aparecimento do estado liquido da matéria, e esta mutação os fez como sistemas abertos. E os sistemas abertos dependem mortalmente das interações com o mundo externo para sobreviver. Então os órgãos sensoriais biológicos foram criados aqui, pela matéria orgânica e seus sistemas. Porem, como a natureza nunca pode criar informação do nada, deduz-se que os órgãos sensoriais biológicos foi mais uma evolução mutada de sensores existentes nos sistemas ancestrais – astronômicos e atômicos. Teremos que incluir na pauta de nossas pesquisas a busca do que eram e como estavam estes ancestrais dos sensores biológicos nos sistemas não-biológicos. Por exemplo, se uma partícula interage com outra a distancia, ou mesmo uma estrela se conecta a um planeta, e’ porque possuem sensores para perceberem o que alem delas, mesmo que não tenham consciência que o percebem.

Alem de suscitar uma grande indagação filosófica existencial, o conhecimento total da historia das origens no Big Bang e sua evolução ate chegar aos nossos sensores atuais – e nos que ficaram perdidos em outras especies inferiores – nos devera ajudar sobremaneira a desenvolver nossa tecnologia.

Portanto, abre-se mais este capitulo de pesquisa. Iniciaremos por registrar um paper cientifico para posterior leitura, tradução, e pesquisa:

Evolution of sensory structures in basal metazoa

http://icb.oxfordjournals.org/content/47/5/712.full

Abstract

Cnidaria have traditionally been viewed as the most basal animals with complex, organ-like multicellular structures dedicated to sensory perception. However, sponges also have a surprising range of the genes required for sensory and neural functions in Bilateria.

Family tree of Cnidaria and the origins of animals ( ver melhor em https://en.wikipedia.org/wiki/Cnidaria:

Metazoa
Glass sponges
Demosponges
Calcareous sponges
Eumetazoa
Ctenophora (comb jellies)
Planulozoa
Cnidaria
Anthozoa
(sea anemones and corals)
Medusozoa
Hydrozoa
(Hydra, siphonophores, etc.)
Cubozoa
(box jellies)
Staurozoa
Scyphozoa
(jellyfish, excluding
Staurozoa)
Placozoa
Bilateria
Myxozoa
Other Bilateria
(more complex)

 

Luz e Ondas Eletromagnéticas: Importantes Informacoes

sexta-feira, novembro 11th, 2016

xxxx

 

 

(Wiki) – Ondas eletromagnéticas são normalmente descritas por qualquer uma das seguintes propriedades físicas: frequência (ƒ), comprimento de onda (λ), ou por energia de foton (E). O comprimento de onda é inversamente proporcional a frequência da onda, a qual representa o números de períodos existentes na unidade de tempo. Desta forma, raios gama tem comprimentos do tamanho de frações do tamanho de um átomo, enquanto o comprimento de ondas no extremo oposto do espectro podem ser tão grandes quanto o universo. A energia de um fóton é diretamente proporcional à frequência de onda, portanto os raios gama possuem a maior energia, enquanto ondas de rádio possuem energias extremamente baixas.

Interpretacao:

Qual a diferenca entre “ondas eletromagneticas” e luz?

A luz é uma onda eletromagnética, cujo comprimento de onda se inclui num determinado intervalo dentro do qual o olho humano é a ela sensível.[1] Trata-se, de outro modo, de uma radiação electromagnética que se situa entre a radiação infravermelha e a radiação ultravioleta.

A onda ou radiação eletromagnética é uma oscilação em fase dos campos elétricos e magnéticos, que, autossustentando-se, encontram-se desacoplados das cargas elétricas que lhe deram origem.  Dentro do ponto de vista da Mecânica Quântica, podem ser entendidas, ainda, como o deslocamento de pequenas partículas, os fótons.

Portanto a radiacao de um corpo, ou emissao de radiacao, nao sai em linhas retas formando raios, mas sim na forma de ondas. Como a desta figura:

Circular.Polarization.Circularly.Polarized.Light Right.Handed.Animation.305x190.255Colors.gif

Representação do vetor campo elétrico de uma onda eletromagnética circularmente polarizada

The Photonic Field: O Que Decide Quem Sera’ Rico ou Pobre

quinta-feira, outubro 20th, 2016

xxxx

Uma nova tese dentro da Matrix/DNA Theory: The Photonic Field

( E mais abaixo veja como funciona ou nao a intuicao que leva a espetaculares descobertas no relato do sonho que tive ao dormir pensando nesta tese)

Eu tenho certeza que existe um fator alem do nosso observavel e conhecido natural que mantem uma pessoa pobre e outra, leva-a a ser sempre rica. Isto pelas ocorrencias reais que tenho visto nesta vida. Acreditei nisso na quarta vez que estive para por a mão no pote de ouro, aconteceu algo absurdo, inesperado, vindo do mundo externo, escorreguei e cai no zero onde nasci.

Para um filosofo naturalista, que aplicou o mais extremado materialism racionalista na sua investigação sobre a existência, esta afirmação e’ totalmente for a de contexto. Mas o que e’ tem que ser, não depende se gostamos ou não, e isto e’ fato, e já havia desistido de solucionar este mistério, pois em termos de metafisica, não tenho o menor acesso – se e’ que ela existe e que este seja um fenomeno metafisico.

Mas e’ impensavel qualquer outra solução. Esta pressão para baixo, para manter o humano no nivel baixo das condições de vida, ou esta força que empurra outros sempre para mais acima, para mais fortunas e sorte na vida, existe. Mas pelo mundo que conheço, não ha lugar para esta força, por isso, pensei ser algo metafisico. E por isso, depois da quarta vez, deixei de tentar. Contra algo invisivel e tao determinado, tao poderoso, não tenho como lutar.

Porem, hoje me ocorreu uma ideia, que pode mudar o significado desta força. Pode ser que ela não seja metafisica. Pode ser que ela seja feita de substancia conhecida, porem ainda pratica,mente intocavel e invisivel. Os fotons. A luz.

Primeiro descobri que apenas os fotons podem explicar como esta galaxia se reproduziu na forma de sistema celular, de ser vivo. Eles formariam entre si uma rede, uma network reproduzindo o sistema  ” building block astronomico”, em tamanho miniaturizado, microscopico.

Mas e se eles formam redes tambem nos tamanhos de planetas? Digo, uma aureola em volta da superficie do planeta, em que eles se infiltram na crosta de terra e na atmosfera. Assim, eles estariam conectados com suas copias microscópicas, as quais estão dentro dos corpos humanos., e todos os outros seres vivos.

Esta rede terrestre teria as sete faixas de frequencias/vibrações da luz, e cada corpo tem uma sua vibração, assim se daria a conexão. Acontece que uma faixa existe embaixo, subalterna a outras, e esta faixa, conectada e imposta a mesma vibração do corpo humano, o manteria embaixo, subalterno a outras pessoas com faixas de vibrações mais altas.

Tenho pensado muito ultimamente no instinto a predador e presa que esta’ na carga genética humana, herdada dos animais, e algumas vezes, surge soluções apenas se alem de ser uma força interna ao humano, ela for tambem externa, atuando a nivel social.

Isto me lembra outras teses relacionadas, como a camada terrestre do inconsciente coletivo da humanidade de Teilhard du Chardin, e a minha tese já ensaiada em outros artigos aqui, sobre o super-organismo de Gaia.

Estaria relacionado a isto, tambem, os assuntos ou teses especulativas sobre um campo magnético do corpo humano, e teses sobre a aura.

Bem,… por enquanto isto vai seguir o curso normal das teses, vou deixar a ideia solta no ar e burilando na cabeca. Esta tese esta for a do escopo da Matrix/DNA ( ao menos, me parece), não faz parte do feitio desta cosmovisao, mas sao demasiados fatos, demasiadas evidencias, então não posso ignora-la. Voltarei neste artigo sempre que algum avanco ou assunto relacionado houver.

xxxx

O Sonho Motivado pela Reflexao na Tese “The Photonic Field”

Inacreditavel,… mas parece que tam a ver.

Deitei pensando nesta tese, imaginei como seriam as imagens desta rede ao redor da Terra, peguei no sono e, de manha me lembrei de ter tido um sonho estranho.

Apareceu na minha frente um conhecido que não vejo a uns 30 anos, o qual me ofereceu um emprego e uma casinha abandonada num terreno longínquo para morar. O Nilo era um turco filho de um meio-rico e que ficou muito rico. Me lembro dele com certa repugnância e revolta pois era um tendente a grande predador e com isso esfolava o que podia das presas em que punha suas garras. Bruto e estupido, decidi pela demissão numa discussão, mas continuei morando no casebre enquanto ele não me expulsasse e eu ano arrumasse outro emprego.

Então no sonho o turco apareceu na frente do casebre e veio entrando. Mas logo na porta ele olhou para o teto e surpreso perguntou o que era aquilo. Olhei tambem e fiquei sem palavras. O teto estava todo coberto por aquela planta que sobe nas paredes,  e’ erva daninha, no Brasil chamam-na de trepadeira. Tinha muitas folhas, verdes, grandes, e o resto era cipo. Olhei para fora e notei que todo o quintal e os terrenos vizinhos estavam cobertos pela planta. Admirei como eu não havia visto aquilo, principalmente estando pendurado n teto, caindo sobre moveis. Mas na minha vida isso não tem sido novidade pois como filosofo quando estou no lugar da morada estou pensando muito longe e alem disso, devia estar atarefado procurando trabalho e enfrentando as dificuldades alem de que devia estar pronto para sair dali.

Eu respondi que, se ele quisesse, eu riria cortar tudo e inclusive as ramas que vinham dos terrenos vizinhos para impedir que retornasse. Ele balbuciou algo como ” não adianta pois nesta altura as sementes estão espalhadas por todo lugar. E fazendo um ar de maroto esperto ele disse:

” A solução aqui e’ “devolução”. Mandar de volta para onde veio.”

E acordei por aqui, acho que apenas isto lembro do sonho. Agora vamos a minha interpretação.

A planta de ramagem de cipo e folhas representa a rede fotônica. Ela esta na atmosfera terrestre em volta do planeta, por isso a vi no teto da casa e por volta da casa. O turco representa o grande predador que faz parte dos três instintos humanos herdados dos animais da selva no tocante a divisão de poder. O predador apareceu no sonho porque foi este assunto que no dia anterior comecei a pensar buscando uma solução de como exorcizar estes três instintos dos humanos.  E no desenrolar destes pensamentos me lembrei de outra tese onde ” o comando invisivel do DNA não esta dentro dos genes, mas sim fora deles, no mundo externo a eles. E me parece que a força que faz presas continuarem sendo presas mesmo quando elas tem tanta ou maior força do que os predadores, elas não se unem para usa-la. Parece que são dominadas mentalmente, ficam abobalhadas. reclamam que sofrem sob o jugo dos predadores, mas parece que gostam disso, nada fazem para mudar a situação. A não ser quando aparece um lider ou ocorre alguma catástrofe natural, mas estas tambem são forças externas as presas. Então, buscando como seria e onde estaria esta força externa, me lembrando da invasão de fotons nas origens da vida, no inconsciente coletivo, etc., me surgiu a ideia da network fotonica. Esta seria a força invisivel mantendo a humanidade imitando as regras selvagens dos animais na forma de seus sistemas sociais.

A imagem que me veio a mente durante o dia anterior ao sonho foi a de uma rede fotonica semelhante a rede neuronial com suas sinapses, no cérebro. Com a diferença de que a rede fotonica seria planetaria. Entrou ai tambem antigos pensamentos sobre a possibilidade do corpo humano ter um campo magnetico talvez da mesma natureza do campo magnetico da Terra.

Muita imaginação, aparentemente descabidas. mas como o cerebro guardou isso e sonhou com isso? Como e porque ele representou a rede fotonica com a trepadeira? Porque ele foi buscar uma lembrança muito antiga na memoria que pensava já esquecida, ao trazer o turco para a cena? Na época do turco eu nem sequer imaginava estas coisas de predadores e presas. Isto me apareceu na mente apenas uns 20 anos depois do turco, quando vivi na selva amazonica. Entao como o cérebro ligou o conceito de predador com a personalidade conhecida do turco? E porque o predador buscou sua face de astuto felino e disse” devolução”?!

As soluções encontradas tiveram que preencher certos e requisitos fundamentais antes de serem aceitas. Elas tem que obedecer a formalidade da logica, ou seja, o teorema da logica formal. Portanto tem de ser racional, fazer sentido `a luz do mundo real que experimento. Ela tem que apresentar um parâmetro real, factual, existente em algum outro lugar da Natureza. Por exemplo, minha teoria do que existe no centro da galaxia ( diferente da teoria do buraco negro, mas não muito), encontrou vários parametros ocorrendo em outros lugares da natureza.

Mas são soluções surpreendentes. Sao testaveis cientificamente, porem, uma ciencia com métodos diferentes dos atuais praticados e ditados por uma  visão do mundo inédita. Se eu vou encontrar uma solução para o comando invisivel do inconsciente coletivo responsavel por manter a carga genética humana com estes 3 instintos animais, sera mais uma solução espetacular. Que abrira as portas para novas investigações, novas ideias. Por isso registro aqui o sonho, para continuar a pensar na tese me lembrando da rede da trepadeira, do predador,… e de algo que parece importante.

Porque devolução?! Estaria sendo sugerido que o método ideal para erradicar essa erva daninha que e esta rede fotonica causando a manutenção dos instintos, ‘e manda-la de volta de onde veio? Mas ela veio da galaxia como sistema fechado em si mesmo. La já existe o fenomeno predador/presa.

Uma ideia me surge agora. Outra tese desenvolvida e’ a da onda de luz universal se desfazendo em fotons na sua ultima frequencia e estes fotons esparsos retornando a recompor a onda de luz, porem, com energia negativa e luz escura. Retornando ao Big Bang, onde volta ser reemitida como luz clara. Seriam esta rede fotonica e mais estes instintos a zona escura em que estes fotons retornam? Isto seria devolução.

Material para continuar a pensar nesta tese…..

xxxx

Pesquisa:

( Dar uma relida na energia de Reich e similares. Lembrar de ” as nuvens de pensamento, nourees, de Pietro Ubaldi)

 

 

 

Formula da Matrix/DNA mais Metodo da Homeopatia: O Fim de Todos os Corpos Doentes?

sábado, agosto 6th, 2016

xxxxxx

Ha algum tempo eu vinha me fazendo uma questao: se desde que descobri a formula da Matrix/DNA, e suspeitei que a mente humana pode interagir com ela no espaco, construi um metodo de meditacao que visaria manter meu corpo saudavel. Bem isso foi a 35 anos, tenho feito a meditacao de vez em quando, e desde entao, nunca mais precisei tomar um comprimido sequer, pois simplesmente nao pego nem gripe. Ok, pode ser que me tornei um cara com sorte a 35 anos atras – porque antes tive um monte de doencas, desde as malarias na selva – e minha saude seja um fator de sorte, ao acaso. Mas,… por via das duvidas, de vez em quando dou uma meditacaozinha. A questao que passei a fazer foi: Se a Matrix/DNA e’ a formula que a Natureza usa para fazer sistemas naturais perfeitos, e se conseguissemos reproduzir esta formula em laboratorio, bastaria ingeri-la na agua, por exemplo, e todas as doencas acabariam, o corpo humano se tornaria um sistema trabalhando perfeitamente bem. Mas como nao tenho um laboratorio… o tempo vai passando e as ideias ficam apenas no projeto. Agora,…

Agora li o artigo mais claro e explicativo de como ‘e a teoria do metodo homeopata. E a coisa bateu em cheio com o meu projeto! Parece que os homeopatas tinham 50% do conhecimento total necessario para fazer o remedio milagroso e a formula da Matrix/DNA sao os outros 50% de conhecimento que faltava. Obviamente que fazendo a formula como uma substancia liquida, materia concreta, palpavel, digestivel, deve funcionar melhor ainda que botando a mente abstrata para cassar pedacos abstratos da formula abstrata no espaco. (obs.: eu sei que cassar e’ com c cedilha e tem muitas falhas de ortografia aqui, mas nao porque sou analfabeto total – so um pouquinho – acontece que meu computador, ou teclado, so fala ingles).

O artigo merece ser lido e vamos abrir aqui mais um capitulo para pesquisa:

Why and How Homeopathy Works – A Superficial Look at the Human Information System

http://aetherforce.com/why-and-how-homeopathy-works-a-superficial-look-at-the-human-information-system/

Meu comentario postado no artigo:

Louis Charles Morelli · 08/06/2016
Homeopathy is 50% of the total knowledge for building the drug for a perfect working human body. The other 50% is the knowledge derived by the universal formula for all natural systems, called Matrix/DNA. But, one group does not know the other. If someone has some interest, I will coming back here for a dialogue. Best wishes, great article…

Pesquisa:

Ver o que e’ Meyl’s Theory of Objectivity, quem ‘e Prof. Dr. Konstantin Meyl , o que e’ sua Scalar Waves in Medicine

Ver ” Tesla’s patent from 1900 titled “System of Transmission of Electrical Energy”.

Homeopathy is 50% of the total knowledge for building the drug for a perfect working human body. The other 50% is the knowledge derived by the universal formula for all natural systems, called Matrix/DNA. But, one group does not know the other. If someone has some interest, I will coming back here for a dialogue. Best wishes, great article…

 

Campo Magnético e o Sexto Sentido Humano?

segunda-feira, julho 4th, 2016

xxxx

Baseado no texto-introdução ( copiado para traduzir e pesquisar):

The Radical Search for a Magnetic ‘Sixth Sense’ in Humans

http://singularityhub.com/2016/07/03/the-radical-search-for-a-magnetic-sixth-sense-in-humans/?utm_source=StoryGrid&utm_medium=link&utm_campaign=content%20access

Shelly Xuelai Fan is a neuroscientist at the University of California, San Francisco, where she studies ways to make old brains young again. In addition to research, she’s also an avid science writer with an insatiable obsession with biotech, AI and all things neuro. She spends her spare time kayaking, bike camping and getting lost in the woods.

“Magnetic pull.”

We often use the phrase to describe attraction, but only in a figurative way. After all, unlike homing pigeons, humans don’t have the power to perceive magnetic fields.

Or do we?

magnetic-sixth-sense-in-humans-61

According to a small group of maverick scientists, the possibility of finding working compasses within our bodies ranges from “not surprising” to “overwhelming.”  The idea that humans can sense magnetism has been floating around in fringe academic circles for decades, mostly relegated to an unsavory pool of research topics that includes telepathy and mind control.

Study results from early pioneers only added to the contention. Some reported positive results with their human subjects; others dismissed the data when they couldn’t be replicated. No one had a clue how such a sense could work mechanistically or why humans  — who aren’t obligatory migratory animals — should have the ability.

Yet the evidence kept piling up. One group discovered proteins that respond to changes in magnetic fields in the human retina. Another found trace amounts of a highly magnetic mineral scattered all over the human brain.

And magnetic sense doesn’t just serve migratory animals. Among biologists, it’s now widely accepted that many species are attuned to the Earth’s magnetic field. Among these are surprising candidates such as bacteria, lobsters, and mammals including wood mice and dogs.

“It’s part of our evolutionary history. Magnetoreception may be the primal sense,” says Dr. Joe Kirschvink, a geophysicist at the California Institute of Technology.

It’s a ripe time for a re-investigation. A strong proponent of human magnetoception, Kirschvink is spearheading a new $900,000 project, funded by the Human Frontier Science Program, to finally figure it all out.

Push and Pull

The debate over whether humans can sense and extract spatial information based on the Earth’s magnetic field kicked off 30 years ago, when Dr. Robin Baker at the University of Manchester published a bizarre result in the esteemed academic journal Science.

In a series of experiments, Baker took hundreds of blindfolded university students on a bus trip that followed a tortuous road for up to 32 miles. At the final destination, he asked the students to point to the compass direction of the university.

Uncannily, most students could pick out the correct quadrant. When Baker added a bar magnet into their blindfolds to block the presumed magnetic sense, however, they lost their ability.

The subjects didn’t know why they pointed the way they did. They weren’t following a mental map, and most were surprised when their guess was so near the correct direction, Baker wrote in his paper.

Baker’s results seemed conclusive, but there was one big caveat. When asked to repeat his tests in the US, his efforts failed. Kirschvink was among his critics. Intrigued by the potential of human magnetoreception, the geophysicist tried to replicate several of Baker’s findings, but ultimately failed.

Amid all the controversy, research in the field dwindled.

Magnetite and Cryptochrome

Ironically, it was Kirschvink who picked up the torch.

A big breakthrough came in the 1990s, when his team discovered a highly magnetic mineral called magnetite in human brain cells.

The crystals are present at a minimum of 5 million per gram of brain tissue, they reported in the paper. That’s a lot.

Previous work had already shown that magnetite functions as a magnetic sensor in certain types of bacteria, allowing them to navigate based on the Earth’s magnetic field.

How the mineral activates neural pathways is still debatable. One idea is this: magnetite is an integral part of proteins called magnetoreceptors that sit on a neuron’s surface. Changes in the magnetic field tugs magnetoreceptors open, which lets ions rush into the cell. This creates a current, which is then passed down to the next neuron.

It’s a plausible theory, but the mere presence of magnetite in the brain doesn’t mean it’s functional. At the time of his discovery, Kirschvink speculated that magnetite might be behind some of the health issues associated with electromagnetic fields, only adding in passing that a better than average magnetic sense (presumably due to higher levels or more sensitive magnetite) might be why some people have a better sense of direction.

Two decades later, another finding pushed human magnetoreception back into the limelight. While studying monarch butterfly migration, Dr. Steven Reppert at the University of Massachusetts homed in on an ancient protein called cryptochrome.

Cryptochrome is an integral part of the body’s clock system — it belongs to a family of proteins found in all kingdoms of life. The protein changes its chemical behavior at the quantum level based on changes in magnetic fields. This is thought to create light and dark patches across an animal’s vision, allowing it to sense the field through its vision.

In 2010, Reppert found that fruit flies lacking cryptochrome lost their innate ability to detect magnetic fields. Surprisingly, when his team introduced the human version of the protein into cryptochrome-deficient flies, they regained their magnetic sense.

The conclusion? Since the protein is situated on our retina, humans may also be able to “see” magnetic fields. Why we can’t consciously perceive the fields like we do color, however, is an open mystery.

Although healthy skepticism is in order, the findings “suggest that a reassessment of human magnetosensivitiy may be in order,” wrote Reppert and colleagues.

Cagey Experiments

A reassessment, using all the tools modern science has to offer, is exactly what Kirschvink and colleagues set out to do.

The plan is this: volunteers, wearing an EEG cap, are placed into a human-sized dark metal box lined with aluminum. Known as a Faraday cage, the device efficiently blocks out ambient electromagnetic noise from cell phones, computers and other confounding instruments.

During a test, wire coils along the Faraday cage generate a rotating magnetic field similar in strength to the Earth’s. If humans have a magnetic sense, the scientists reason, this should trigger the brain to respond, which can be measured through EEG readings.

Earlier this year, at the Royal Institute of Navigationconference Kisrchivink presented his preliminary findings using two dozen subjects.

When the magnetic field rotated counterclockwise, EEG showed a sharp drop in alpha waves after a few hundred millisecond delay. Usually this happens when neurons fire up, suggesting the brain is actively responding to the change.

Intriguingly, the effect vanished when magnetic fields were rotated clockwise. It seems that the human compass has polarity, says Kirschvink.

Although Kirschvink hasn’t yet published his results, he’s completely behind them.

“Nailed it,” he wrote in an email to Science, “Humans have functioning magnetoreceptors.”

Rethinking Direction

Contrary to Kirschvink’s statement, the quest is far from over.

The results first need to be replicated before they gain wider acceptance. Then comes the harder questions: if humans have magnetoreception, where are the receptors, how do they work and can we actually use them to navigate?

Conclusive answers are a ways off, but scientists have some ideas.

Cryptochromes, which sit in the eyes, likely measure changes in the field’s intensity and inclination — that is, how sharply the magnetic field’s angle strikes the Earth’s surface — rather than the state of the field directly. The even more mysterious magnetite may be present in other organs related to navigation, such as the inner ear. Both systems could work together to provide a spherical coordinate system used for spatial orientation.

Part of the reason human magnetoreception is so hard to study is that it’s so muted compared to our other senses. If it exists, it’s likely processed subconsciously.

Why would such a useful sense dwindle in humans?

Perhaps humans learned to rely on other means for navigation, such as place cells and grid cells in the hippocampus of the brain. Without use, the magnetic sense withered away.

Or perhaps we still have our full ability to detect and use magnetic fields, but “our electromagnetic world is interfering with our ability to do this kind of stuff,” says Dr. John Phillips at Virginia Tech.

Since we can’t (or won’t) shut down our electronics, could we perhaps one day boost our innate magnetoreception system? After all, optogenetics — using light to activate neurons — is steadily marching towards clinical trials. Is finding a magnetic tool to activate magnetite-containing receptors impossible?

It’s a moonshot, but it’s fun to speculate. As Phillips put it, “this is the fun stage where we are not constrained by many facts.”

 

As 7 Formas/Dimensões Astrais do Corpo Produzidas pelo Ciclo Vital (Video)

terça-feira, janeiro 19th, 2016

xxxxx

Este não e’ um assunto para se discutir se existe ou não, se e’ cientifico ou não. O que existe são pessoas falando disso sem que eu saiba de onde tiram esta ideia, e existe as sugestões que emergem da Formula da Matrix/DNA. E neste caso estas duas vertentes estão falando, sugerindo existir isto e desta maneira. Se a sugestão da Matrix estiver correta, e pela sua promessa de possibilidade pratica, e’ aconselhável ver este assunto e deixa-lo pendente na mente, porque a partir deste ponto poem aparecer sinais na natureza que não temos percebido, os quais pode nos conduzir ao emprego util e pratico de algum conhecimento real que advenha do tema.

Entao antes de fornecer o link para o video, disponho apressadamente a sugestão que se extrai da formula (este comentario foi publicado no link ao artigo no Facebook):

Louis Charles MorelliLouis Charles Morelli – Jan – 9 – 2016
Se você entender porque e’ logico e natural ter estes sete corpos, este assunto sai da metafisica da qual você não obtêm nada pratico para aplicar na sua vida material, e entra na sua natureza envolvente para você começar a descobrir como aplicar de fato este conhecimento. Temos sete corpos porque somos envolvidos em sete diferentes dimensões de densidade da substancia universal e estas sete dimensões foram produzidas pela força do ciclo vital, a mesma que atua em seu corpo material fazendo-o se transformar em sete formas principais: embrião, baby, criança, jovem, etc. Tudo começou com ondas de luz que possuem sete tipos de frequência/vibrações dispostas numa sequencia logica, e estas ondas transferiram sua dinâmica para a substancia escura inerte que preenche o espaço sideral.
Então, uma dimensão inicial na forma de embrião foi se devolvendo como se desenvolvem os corpos humanos, cada forma de dimensão ficou fixada na matéria e quando a dimensão atingiu a fase senil,a sétima forma, ela parou de se transformar.. Agora, dentro de cada humano o que tem de trilhar o caminho destas sete dimensões e’ esta nova forma de sistema que surgiu denominada ” auto-consciência” Assim como uma onda de luz nascente contem em si todas suas formas futuras, mas em apenas uma forma se situa a atividade vibratória em uma fase de sua existência, a nossa consciência já tem em si estas sete formas porem esta’ vibrando, existindo de fato, apenas na forma de embrião, por enquanto. Mas com esse entendimento em mente, sua mente vai poder se ampliar e existir e ate atuar nas outras seis faixas onde não se encontra sua forma agora. Na formula da Matrix/DNA você entende melhor vendo as sete formas e como elas se conectam ( o meu avatar ao lado já da uma ideia)

Os Sete Corpos

xxxxxxxxxxxx

Back Up – Como aparece no Back Up arquivado no cartão de memoria SHDC

 – observar que o titulo dos artigos sempre aparecem no fim da copia.

INSERT INTO `wp_ptbr_posts` VALUES (10259, 2, ‘2016-01-19 19:25:38’, ‘2016-01-20 00:25:38’, ‘xxxxx\r\n\r\n

Este não e\’ um assunto para se discutir se exist ou não, se e\’ cientifico ou não. O que existe são pessoas falando disso sem que eu saiba de onde tiram esta ideia, e existe as sugestões que emergem da Formula da Matrix/DNA. E neste caso estas duas vertentes estão falando, sugerindo existir isto e desta maneira. Se a sugestão da Matrix estiver correta, e pela sua promessa de possibilidade pratica, e\’ aconselhável ver este assunto e deixa-lo pendente na mente, porque a partir deste ponto podem aparecer sinais na natureza que não temos percebido, os quais pode nos conduzir ao emprego util e pratico de algum conhecimento real que advenha do tema.\r\n\r\n

Entao antes de fornecer o link para o video, disponho apressadamente a sugestão que se extrai da formula (este comentario foi publicado no link ao artigo no Facebook):

\r\n<div class=”_ohe lfloat” style=”color: #141823;”><a id=”js_2p” class=”img _8o _8s UFIImageBlockImage” style=”color: #3b5998;” tabindex=”0″ href=”https://www.facebook.com/TheMatrixDNA?fref=ufi” data-ft=”{&quot;tn&quot;:&quot;T&quot;}” data-hovercard=”/ajax/hovercard/hovercard.php?id=1614614673&amp;extragetparams=%7B%22hc_location%22%3A%22ufi%22%7D”><img class=”img UFIActorImage _54ru img” src=”https://scontent-lga3-1.xx.fbcdn.net/hprofile-xfp1/v/t1.0-1/q73/c143.54.674.674/s32x32/317557_2330484034263_190396842_n.jpg?oh=1987c30ac0f8d33a88bd63dd8be2db4c&amp;oe=56FBD09F” alt=”Louis Charles Morelli” /></a><a class=” UFICommentActorName” dir=”ltr” style=”font-weight: bold; color: #3b5998;” href=”https://www.facebook.com/TheMatrixDNA?fref=ufi” data-ft=”{&quot;tn&quot;:&quot;;&quot;}” data-hovercard=”/ajax/hovercard/hovercard.php?id=1614614673&amp;extragetparams=%7B%22hc_location%22%3A%22ufi%22%7D”>Louis Charles Morelli</a> – Jan – 9 – 2016</div>\r\n<div class=”_ohe lfloat” style=”color: #141823;”></div>\r\n<div class=”_ohe lfloat” style=”color: #141823;”><span data-ft=”{&quot;tn&quot;:&quot;K&quot;}”><span class=”UFICommentBody”>

Se você entender porque e\’ logico e natural ter estes sete corpos, este assunto sai da metafisica da qual você não obtêm nada pratico para aplicar na sua vida material, e entra na sua natureza envolvente para você começar a descobrir como aplicar de fato este conhecimento. Temos sete corpos porque somos envolvidos em sete diferentes dimensões de densidade da substancia universal e estas sete dimensões foram produzidas pela força do ciclo vital, a mesma que atua em seu corpo material fazendo-o se transformar em sete formas principais: embrião, baby, criança, jovem, etc. Tudo começou com ondas de luz que possuem sete tipos de frequência/vibrações dispostas numa sequencia logica, e estas ondas transferiram sua dinâmica para a substancia escura inerte que preenche o espaço sideral. Então, uma dimensão inicial na forma de embrião foi se devolvendo como se desenvolvem os corpos humanos, cada forma de dimensão ficou fixada na matéria e quando a dimensão atingiu a fase senil,a sétima forma, ela parou de se transformar.. Agora, dentro de cada humano o que tem de trilhar o caminho destas sete dimensões e\’ esta nova forma de sistema que surgiu denominada ” auto-consciência” Assim como uma onda de luz nascente contem em si todas suas formas futuras, mas em apenas uma forma se situa a atividade vibratória em uma fase de sua existência, a nossa consciência já tem em si estas sete formas porem esta\’ vibrando, existindo de fato, apenas na forma de embrião, por enquanto. Mas com esse entendimento em mente, sua mente vai poder se ampliar e existir e ate atuar nas outras seis faixas onde não se encontra sua forma agora. Na formula da Matrix/DNA você entende melhor vendo as sete formas e como elas se conectam ( o meu avatar ao lado já da uma ideia)

</span></span></div>\r\n<div class=”_ohe lfloat” style=”color: #141823;”></div>\r\n<h3 class=”_ohe lfloat” style=”color: #141823;”><span style=”color: rgb(0, 0, 255);”><strong>

Os Sete Corpos

</strong></span></h3>\r\n<div class=”_ohe lfloat” style=”color: #141823;”><a href=”https://www.facebook.com/hashtag/compartilhe?source=feed_text&amp;story_id=775025035974303″ target=”_blank”>https://www.facebook.com/hashtag/compartilhe?source=feed_text&amp;story_id=775025035974303</a></div>\r\n<div class=”_ohe lfloat” style=”color: #141823;”></div>\r\n<div class=”_ohe lfloat” style=”color: #141823;”><a href=”https://www.facebook.com/182363741848862/videos/670085699743328/” target=”_blank”>https://www.facebook.com/182363741848862/videos/670085699743328/</a></div>\r\n&nbsp;’,

‘As 7 Formas/Dimensões Astrais do Corpo Produzidas pelo Ciclo Vital (Video)’, 0, ”, ‘publish’, ‘open’, ‘open’, ”, ‘as-7-formasdimensoes-astrais-do-corpo-produzidas-pelo-ciclo-vital-video’, ”, ”, ‘2016-01-19 19:25:38’, ‘2016-01-20 00:25:38’, ”, 0, ‘http://theuniversalmatrix.com/pt-br/artigos/?p=10259’, 0, ‘post’, ”, 0);

A Visao da Dra. Jill Taylor (My Stroke Insight) conectada `a nossa dimensao pela Matrix/DNA

terça-feira, dezembro 1st, 2015

xxxx

My Stroke Insight

Jill Bolte Taylor

https://www.ted.com/talks/jill_bolte_taylor_s_powerful_stroke_of_insight?language=en

  Dr. Jill Bolte Taylor – Neuroanatomist – Brain researcher Jill Bolte Taylor studied her own stroke as it happened — and has become a powerful voice for brain recovery

Meu comentario postado no video:

Louis Morelli – Posted at Dec, 01,2015

That’s fantastic coming from a scientist, but Physics, Biologists, atheists, Mathematicians, should understand how this “illusionary stroke’s produced picture of the world” can be real and added to  our picture made off “the scientific empiricist knowledge”, if we know the final results from the pure materialistic rationalism applied to the whole scientific data we have today trying to get the bigger picture – a rational theory. What’s this ” light”, his “energy”, this ” Nirvana sensation”? How they interacts, how they relates, to our sensorial world, described by Newtonian mechanics and mathematics equations? The results of such method were:

( Tradução: Isto e’ fantástico desde que vem de uma cientista, mas Fisicos, Biologos, ateus, matematicos, poderiam entender como esta ” diferente visão do mundo produzido por uma ilusionaria visão de um ataque cerebral” pode ser real e adicionado a nossa visão do mundo feita do “empirico e cientifico conhecimento”, se nos conhecermos os resultados finais de um puro materialista e racionalista método aplicado a totalidade dos dados que nos temos hoje, tentando obter este grande quadro – uma teoria racional. O ue e’ esta ” luz”, esta “energia”, esta ” sensação de Nirvana”? Como elas interagem, como elas se relacionam, com nosso mundo sensoreo, descrito pela mecânica Newtoniana e pelas equações matematicas? Os resultados de tal metodo foram: 

1) Biological systems, as cells, human brains,etc. are merely evolution from non-living systems, as atoms, galaxies, etc;

1) Sistemas biologicos, ( continuar tradução)

2) So, there is an evolutionary link between cosmological evolution and biological evolution, which makes a unique universal system under evolution through 13,7 billion years. Then, there was no “origins of life”, no abiogenesis by chance, etc.

3) Like cells and all living beings has as blueprint, the DNA, this blueprint ( in primitive shape and substances) is present also in astronomical and atomic systems. So, instead DNA we call it universal Matrix/DNA. It is the building block of all natural systems, does not matter sizes, ages, etc.

4 ) The Matrix/DNA has organized matter into atomic and astronomical working systems by applying the force of life’s cycle on a unique initial body, and from it, made the another bodies/shapes/functions for creating a complete working system. The working system is composed by a spherical circuit where flows the flux (or stream) of informations about the system. At the advanced point of this flux is created a point of light and this point alternates between wave and particles, when it creates the pieces of the system. Observing the running of the point of light we see the system arising by series, while observing this flux at right speed we see the point of light as line of light representing the whole system at the same time, which is the parallel processing. The serial processing is saw by the nowadays dominant left hemisphere, while the parallel processing should be saw by the nowadays recessive right hemisphere. Since that the whole circuit emits  a new phenomena called ” the identity of the system”, which is a kind of the systems’ software, this identity is the consciousness of the system. Everything as Dr. Jill had interpreted her experience.

But, where this Matrix came from? What is the difference with ordinary matter?

5) We find the answer when discovering that the life’s cycle force is merely the waves of light that are produced from magnetic radiations, like gamma rays, radio,etc. The real surprise thing is: they are not produced by radiation, they walks in parallel to these radiations linked by an energy obtained from the friction between the two sides. So, our supposed explanation is that since the Big Bang – or before it – there are these light waves – which is the Matrix/DNA – expanding and penetrating a kind of dark matter, or space’s substance. The light wave works in parallel – there is no past and future, only present – and its produced energy plus dark matter works in series, creating time. When this two dichotomic reality build human brains, from space’s substance, they are walking together through the brain, but the left side, wich represents space substance plus that created ” energy” is dominant, while the light at the right side is recessive. So, this universe is like the placenta occurring a merely natural process of genetic reproduction of the unknown ex-machine system that triggered the Big Bang. And as material bodies we are the genes working this process right now and here. If you like it, see Matrix/DNA Theory and its new models of atomic, astronomical systems and interpretation of light waves. From this rational and naturalist world view, I can understanding and accepting everything that Dr. Jill said, even that I don’t like when she says words like spirit, nirvana, etc., because in my world view, these things have scientific names, like genes, friction bridges as energy, etc.

Traducao do video:

00:11 – I grew up to study the brain because I have a brother who has been diagnosed with a brain disorder, schizophrenia. And as a sister and later, as a scientist, I wanted to understand, why is it that I can take my dreams, I can connect them to my reality, and I can make my dreams come true? What is it about my brother’s brain and his schizophrenia that he cannot connect his dreams to a common and shared reality,so they instead become delusion?

00:11 – Eu cresci estudando o cerebro porque eu tenho um irmao que foi diagnosticado com desordem cerebral, esquizofrenia. E como uma irma e mais tarde, como uma cientista, eu quiz entender porque e’ que eu posso saber dos meus sonhos, eu posso conectar eles a minha realidade, e eu posso fazer meus sonhos se tornarem realidade? O que acontece com o cerebro do meu irmao e sua esquizofrenia que ele nao pode conectar seus sonhos com uma comum e compartilhada realidade, e ao contrario, eles se tornam descrentes?

( Cont. traducao)

Luz: Mais Informacoes Primarias

quarta-feira, setembro 9th, 2015

 

xxxx

http://www.sofisica.com.br/conteudos/Otica/Fundamentos/luz.php

1) Aqui posso eliminar a confusao entre luz e ondas eletromagneticas:

Há muito tempo sabe-se que a luz faz parte de um grupo de ondas, chamado de ondas eletromagnéticas, sendo uma das características que reune este grupo a sua velocidade de propagação.

A velocidade da luz no vácuo, mas que na verdade se aplica a diversos outros fenômenos eletromagnéticos como raios-x, raios gama, ondas de rádio e tv, é caracterizada pela letra c, e tem um valor aproximado de 300 mil quilômetros por segundo, ou seja:

A luz, ou luz visível como é fisicamente caracterizada, é uma forma de energia radiante. É o agente físico que, atuando nos órgãos visuais, produz a sensação da visão.

Para saber mais…

Energia radiante é aquela que se propaga na forma de ondas eletromagnéticas, dentre as quais se pode destacar as ondas de rádio, TV, microondas, raios X, raios gama, radar, raios infravermelho, radiação ultravioleta e luz visível.

Uma das características das ondas eletromagnéticas é a sua velocidade de propagação, que no vácuo tem o valor de aproximadamente 300 mil quilômetros por segundo, ou seja:

Podendo ter este valor reduzido em meios diferentes do vácuo, sendo a menor velocidade até hoje medida para tais ondas quando atravessam um composto chamado condensado de Bose-Einstein, comprovada em uma experiência recente.

A luz que percebemos tem como característica sua freqüência que vai da faixa de (vermelho) até (violeta). Esta faixa é a de maior emissão do Sol, por isso os órgãos visuais de todos os seres vivos estão adaptados a ela, e não podem ver além desta, como por exemplo, a radiação ultravioleta e infravermelha.

2) Aqui da uma ideia de como a luz interage com a dark matter ( entao preciso fazer uma pesquisa sobre “sais do filme”):

Câmera fotográfica

A câmera fotográfica é um equipamento capaz de projetar e armazenar uma imagem em um anteparo.

Nos antigos equipamentos, onde um filme deve ser posto dentro da câmera, o anteparo utilizado é um filme fotossensível capaz de propiciar uma reação química entre os sais do filme e a luz que incide nele.

xxxx

3) Aqui tem-se a confirmacao que a luz carrega energia:

Cor de um corpo

Ao nosso redor é possível distinguir várias cores, mesmo quando estamos sob a luz do Sol, que é branca.

Esse fenômeno acontece pois quando é incidida luz branca sobre um corpo de cor verde, por exemplo, este absorve todas as outras cores do espectro visível, refletido de forma difusa apenas o verde, o que torna possível distinguir sua cor.

Por isso, um corpo de cor branca é aquele que reflete todas as cores, sem absorver nenhuma, enquanto um corpo de cor preta absorve todas as cores sobre ele incididas, sem refletir nenhuma, o que causa aquecimento.

xxxx

4)

Cor e frequência

No intervalo do espectro eletromagnético que corresponde à luz visível, cada frequência equivale à sensação de uma cor.

Cor

Comprimento de onda
( = )

Frequência
()

Violeta

3900 – 4500

7,69 – 6,65

Anil

4500 – 4550

5,65 – 6,59

Azul

4550 – 4920

6,59 – 6,10

Verde

4920 – 5770

6,10 – 5,20

Amarelo

5770 – 5970

5,20 – 5,03

Alaranjado

5970 – 5220

5,03 – 4,82

Vermelho

6220 – 7800

4,82 – 3,84

 

Conforme a frequência aumenta, diminui o comprimento de onda, assim como mostra a tabela acima, e o trecho do espectroeletromagnético abaixo.

Quando recebemos raios de luz de diferentes frequências podemos perceber cores diferentes destas, como combinações. A luz branca que percebemos vinda do Sol, por exemplo, é a combinação de todas as sete cores do espectro visível.

Bebês e Câncer: Ultrasom produz câncer, mesmo a longo prazo? Seria esta a causa de tanto câncer nos adultos hoje?

terça-feira, agosto 18th, 2015

xxxxx

Uma mulher grávida faz um exame de ultrassom em um hospital do subúrbio de Paris, em 22 de julho de 2013

Tema baseado na declaração (em pdf) pelo seguinte link:

http://www.ncrponline.org/Publications/Reports/Misc_PDFs/Ultrasound%20Summary–NCRP.pdf

Publicado pelo Departamento Americano “National Council on Radiation Protection and Measurements”

( Este tema interessa-nos nas pesquisas da Matrix/DNA Theory devido tratar de campos eletromagnéticos e radiação da luz – principais tópicos de investigação nestes momentos.)

Resumindo, e cientificamente, o fato verdadeiro e’ que ” ninguém sabe ainda”, e qualquer pessoa que afirme ou garante algo deve ser assim refutado.. Como se pode ver pela seguinte declaração neste documento:  O NCRP conclui que ” o conforto obtido da ausência de dados ate esta data de nenhum maleficio baseado em evidencia epidemiológica deve ser temperado com o fato de que não existem apropriados e adequados estudos epidemiológicos para a pratica clinica atual”.

Vamos iniciar traduzindo (em azul) a introdução do documento das autoridades americanas (acrescentando em vermelho nossas anotações e opiniões). Os muitos erros de gramatica e falta de acentos deve-se a que estou usando um teclado em ingles. 

Diagnostic Ultrasound Safety

A summary of the technical report “Exposure Criteria for Medical Diagnostic Ultrasound:

II. Criteria Based on all Known Mechanisms”

Seguranca no Diagnostico de Ultrasom

Um resumo do documento técnico ” Critérios de Exposição para Diagnostico de Ultrassom em Medicina”

Criterio baseado em todos os mecanismos conhecidos

Physicians have used ultrasound to make images of the inside of the human body for nearly half a century. Most infants now born in the United States were exposed to ultrasound before birth. And in Germany, Norway, Iceland and Austria, all pregnant women are screened with ultrasound. To date, researchers have not identified any adverse biological effects clearly caused by ultrasound, even while three million babies born each year have had ultrasound scans in utero (while in the womb). This is an enviable safety record.

Médicos tem usado ultrassom para fazer imagens do interior do corpo humano por cerca de meio seculo. (por isso nossa pergunta no titulo deste artigo, pois estou surpreso com o repentino estouro de casos de câncer em pessoas que nasceram apos essa época). A maioria das crianças agora nascidas nos Estados Unidos foram expostas ao ultrasom antes de nascerem. E na Alemanha, Noruega, Irlanda e Austria, toda mulher gravida são filmadas com ultrasom. Ate esta data, pesquisadores não tem identificado qualquer efeito adverso biológico claramente causado por ultrasom, mesmo quando três milhões de bebes nascidos a cada ano tem tido radiografia ultrassônica no útero (enquanto na barriga). Este e’ um avaliável recorde de segurança.

However, the National Council on Radiation Protection and Measurements (NCRP) advocates continued study of ultrasound safety, improvements in the safety features of ultrasound systems and more safety education for ultrasound system operators. Because of the sheer numbers of people exposed to ultrasound, any possibility of a harmful effect must be investigated thoroughly. This summary is drawn from a report that reviews the studies of ultrasound safety to date, and makes recommendations for further research and for improving the safeguards designed to ensure that the benefits of ultrasound continue to outweigh any risks.

Todavia, o Conselho Nacional Sobre Proteção Radioativa e Medidas defende o continuado estudo da segurança no ultrassom, melhorias nas características de segurança dos sistemas de ultrasom e maior educação de segurança para operadores de sistemas de ultrasom. Devido ao grande numero de pessoas expostas ao ultrasom, qualquer possibilidade d um maléfico efeito deve ser investigado a fundo. Este resumo e’ obtido de um registro que revê os estudos sobre segurança  de ultrasom ate esta data, e faz recomendações para posterior pesquisa e para aperfeiçoar os cuidados recomendados para assegurar que os benefícios do ultrasom continuem a superar quaisquer riscos.

( Se alguém precisar de mais tradução avise na seção de comentarios ou mande e-mail ( austriac727@hotmail.com ), que o farei sem custos. Para mim, continuarei a ler o documento e registrar algo na seção pesquisas abaixo.)

No entanto, registro uma importante informacao captada mais a frente no documento, a qual nos serve de bas par responder  qualquer pessoa que afirme ou garanta que o ultrasom nao faz mal: ” Cientificamente, ninguem sabe.”

Thus, the NCRP concludes that “the comfort obtained from the absence to date of any harm based on epidemiological evidence must be tempered by the fact that there are no epidemiological studies appropriate and adequate for current clinical practice.”

Assim, o NCRP conclui que ” o conforto obtido da ausência de dados ate esta data de nenhum maleficio baseado em evidencia epidemiológica deve ser temperado com o fato de que nao existem apropriados e adequados estudos epidemiológicos para a pratica clinica atual”.

E’ possivel ate que o ultrasom esteja criando uma nov rassa de super-humanos. Tive essa ideia ao ler isto: ” When exposed to stressful heat, mammalian cells produce heat-shock proteins. Scientists believe that these proteins somehow help to protect the cells against damage from heat. However, ultrasound heats the tissues so quickly that the cells may not have time to produce these protective heat-shock proteins.” ( Quando expostas a temperaturas mais elevadas que o normal no utero, como pode fazer o ukltrasom, as células dos mamíferos produzem proteínas combatentes do calor. Cientistas tem acreditado que estas proteínas de alguma maneira ajudam  proteger as células contra danos do calor. Todavia, o ultrasom esquenta tão rápido que estas células pode não ter tempo par produzir estas proteínas combatentes.” O que pensei foi numa raça de humanos conseguindo chegar mais perto do Sol ou aguentando melhor os efeitos do aquecimento terrestre.  bebe

xxxx

Pesquisas da Matrix/DNA:

– What is ultrasound?

Este paragrafo me informa que ultrasom e uma onda de som em alta frequência maior que as frequencias normais dos varios tecidos e órgãos do corpo humano.

Se esta onda invasora altera as frequencias mais baixas do corpo ou se passa sem alterar nada, e’ uma questão. Talvez possa não alterar nada no momento, mas talvez ela possa deixar residuos de sua alta vibração, que com o tempo podem serem incorporados no codigo do corpo, e se isso acontecer, esta inserção pode ir lenta e imperceptivelmente mudando o código e se manifestar mais tarde.

– If ultrasound exposure were causing a dramatic or novel effect on fetuses, it would be relatively easy to identify the effect. However, it is difficult, from a statistical point of view, to identify a slight increase in a common trait.

Bem… baseado nos resultados teoricos da Matrix/DNA eu suspeito dessa informação. O metodo pelo qual as informações do sistema astronomico se inseriram nos atomos da Terra para produzir os sistemas biologicos teria sido a transmissão de fotons-bits-informação – ancestrais dos genes – e nem os fotons e nem as configurações de conexões que eles formam entre os atomos foram captados pelos instrumentos cientificos. Esta configuração deve formar uma aura energético/luminífera de fundo subjazendo todos os materiais do corpo, como fundações do corpo – inclusive vibratorias. Então qualquer possivel alteração nesta dimensão invisivel não estaria sendo captada.