Archive for the ‘Campos Magnéticos’ Category

Campo magnetico das galaxias: Importante na busca de entendimento do Universo

terça-feira, agosto 29th, 2017

xxxx

(Este artigo tem muitas novas informações sobre campo magnetico, portanto devera ser traduzido e analizado pela Matrix/DNA. Abaixo meu comentario postado no artigo)

https://www.seeker.com/space/astronomy/magnetic-field-5-billion-light-years-away-offers-insight-into-our-universe

Magnetic Field 5 Billion Light-Years Away Offers Insight Into Our Universe

The most distant galactic magnetic field that has ever been observed provides intriguing clues about the evolution of magnetism in the unfolding universe.

Cientistas procuram a energia que ativa campo magnetico nos nucleos de luas

sexta-feira, agosto 11th, 2017

xxxx

Isto interessa na teoria do germe estelar:

“It was generally thought that planetary bodies as small as the moon could not have magnetic fields lasting for billions of years because their small sizes would cause their cores to cool and run out of energy to power a dynamo relatively early in solar system’s history,” Tikoo said. “Therefore, showing that the moon generated a field that lasted at for least 2 billion years, either in a continuous or intermittent state, really pushes the boundaries on what we thought was possible. It challenges us to think of new power sources and mechanisms that can help give the cores of small bodies an energy boost.” – Surprise Finding About Moon Puts Hunt for Alien Life in New Light – Aug.10.2017

https://www.nbcnews.com/mach/science/surprise-finding-about-moon-puts-hunt-alien-life-new-light-ncna791566?cid=sm_npd_nn_fb_mc_170811 via NBC News

Germe estelar como nucleo de planetas

germe estelar morto?

A perfeicao mecanica celeste produzindo e protegendo a vida!

domingo, julho 30th, 2017

xxxx

… mas isto nao prova a teoria religiosa de que um deus teria vindo aqui e planejado cada detalhe num desenho inteligente. Mas serve como mais uma evidencia de que realmente existe a formula perfeita da Matrix/DNA construindo estes sistemas. Agora… quem fez a formula e porque?… a resposta jaz alem deste universo.

Mais uma descoberta cientifica espetacular indica a certidao da minha teoria (veja link para o artigo abaixo):

“Segundo nota emitida pela NASA sobre a descoberta, a explicação mais provável para a constituição do “escudo invisível” são outras “partículas espaciais” ainda desconhecidas ou não detectadas.” – diz o artigo

Na Matrix/DNA, observando sua formula, a tempos venho desconfiando que o motivo das orbitas dos planetas em volta do Sol pode ser que o nucleo solar gere sete faixas de ondas concentricas, como os atomos. Cada faixa teria sua frequencia e vibracao especifica como acontece nas ondas de luz e cada planeta teria uma vibracao unica que o alinharia `a faixa solar de mesma vibracao. Agora estamos descobrindo que a Terra tem outra faixa de radiacao alem da conhecida por Cinturoes van Allen. Para mim faz sentido que tambem os nucleos de planetas emitam as sete faixas de ondas, como se fossem atomos, pois, na minha teoria, os nucleos de planetas sao germes de estrelas incubadas, portanto, o mesmo nucleo do sol.

http://imagensdouniverso.blogspot.com/

Terra tem “escudo invisível” contra radiação cósmica

A busca da Matrix/DNA na sua forma de campo áurico sistemico fotonico ou força vital no corpo humano

domingo, maio 7th, 2017

xxxx

A maior causa da grande tragedia humana é a nossa fraqueza tecnológica que nos impede de alcançar as áreas a que chegam nossas conquistas mentais, ou seja, nossas teorias naturalistas. A Natureza nos proíbe o conhecimento a partir de um limite que ela determina através das limitações dos nosso complexo sensorial e aparato tecnológico. Eu vejo sabedoria nisso: mesmo eu, descobrindo forças poderosas na Natureza, não as revelaria a esta humanidade, enquanto ela estiver neste estagio mental infantil e dominada pelos grandes predadores de humanos, os quais sempre se apossam dos poderes científicos e tecnológicos para reforçarem seu domínio escravagista sobre as presas humanas. E talvez alguém ja’ tenha agido assim, alguém que tenha compreendido isto, alguém como Tesla. E talvez alguém como Einstein, Fermi, etc., tenha ha’ muito suspeitado e teorizado as forças destrutivas dentro dos átomos, mas tenha se contido em publicar, só, fazendo-o num caso de extrema urgência quando não havia mais outra alternativa. Se Hitler vencesse, Einstein como judeu teria sua vida e a da humanidade prejudicada. Eu aprendi na própria pele que quando alguém tem seu horizonte mental ampliado pelo esforço na grande busca, ele se torna também responsável consciente pelo estado de vida da humanidade, e recebe com isso a obrigação de zelar por ela.

A cosmovisão da Matrix/DNA nos leva a suspeitar fortemente que o maior segredo da vida esta oculto a nos, porem a um passo de nossas mãos. Não teria outra alternativa logica natural para o processo de como a ultima forma evoluída da evolução universal a 4 bilhões de anos atras – as galaxias – terem se transmitido hereditária e geneticamente para a forma da primeira célula viva – senão através de fótons na função de genes, ou bits-informação. A reunião em qualquer ponto no espaço tempo que reúna certas condições “agriculturáveis”, de todos os fótons vizinhos irradiados por astros de um sistema galáctico torna-se a semente da vida e podem proliferar na forma dos materiais dominantes no tal espaço/tempo. Estes fótons penetram átomos, e dentro de átomos penetram suas partículas – ao menos seus elétrons – e como vírus passam a dominar a maquinaria dos átomos conduzindo-os a novas combinações, recompondo a rede de conexões e reproduzindo as partes do sistema galáctico de onde vieram. Por isso a unidade fundamental de informação do DNA biológico tem a mesma exata configuração e suas partes tem as mesmas funções do sistema galáctico. E esta configuração depois se amplia projetando-se na mesma forma como sistema celular biológico, ou seja, o primeiro ser realmente vivo, completo e funcional. E numa fase posterior essa mesma forma se amplia projetando-se como organismos.

Isto significa que os organismos estejam montados em cima de um mapa, um template, um esquema, que é essa rede de fótons. E quando dos organismos emergiu os cérebros – outra manifestação da mesma formula -, também estes tem suas partes e substancias montadas em cima desta formula. Se pudéssemos “ver”, “sentir”, ou capturar sua imagem e funcionalidade, mesmo que fosse com aparatos tecnológicos, nossos conhecimentos e poder se multiplicaria por mil. Para começar poderíamos eliminar todas as doenças mortais tradicionais e hereditárias. Poderíamos montar sistemas de produção de bens consumíveis libertando totalmente o ser humano dos trabalhos rotineiros escravagistas ( claro, isto se exorcizássemos antes os instintos animalescos da psique da aristocracia dominante hoje). Mas qual a dificuldade nos impedindo de alcançar estes campos fotônicos?

Dias atras, uma fantastica descoberta pelos astrônomos, pode bem servir de analogia para explicar isto. Na varredura que nossos potentes telescópios fazem pelo universo, aparecia uma pequena área totalmente negra, escura, como se ali não existisse nada, o que levou `a suspeita de que estariam vendo uma forte presença da teorizada matéria escura. Grande esforço tecnológico foi feito para reunir todas as lentes e ampliar suas diversas faixas de tomadas de fotos, etc, sobre essa área. Quando as fotos apareceram, uma estranha surpresa: aquela pequena região negra era na verdade como uma janela fechada encobrindo milhares ou milhões de galaxias luminosas!

Isto pode significar que aquelas galaxias estão muito mais distantes das que normalmente aparecem nas lentes, ou seja, são galaxias mais antigas, das origens do universo.

Isto me lembra quando viajando na selva tivemos o carro atolado na lama, desligado,e depois quando conseguimos desatola-lo e liga-lo novamente já na noite escura, eu estava na frente dos faróis e ao se acenderem, o negro tomou conta da minha visão. Luz forte demasiada nos cega, vemos o ilusório negro.

Então, quando hoje tento em meditação, ver o interior do meu cérebro, em regiões cada vez mais microscópicas, o negro toma conta conta da minha ilusória visão. E assim acontece com todos os instrumentos e experiencias cientificas que foram feitas buscando aclarar essa historia narrada por videntes sobre uma possível aura luminosa dentro e fora do corpo humano. Nos teremos que aprimorar nossos instrumentos para que atravessem ou contornem essa mancha escura saindo pelo outro lado, ou por baixo, e ai se nos revelara’ o esplendor da Matrix.

Abriremos uma janela escura para ver e admirar um mundo la’ fora num dia ensolarado…

O campo fotônico não é eletricidade nem magnetismo. Isto esta sendo evidenciado ( não confirmado definitivamente ) pelas buscas de autores relatados no artigo com link abaixo. Dentro da cosmovisão da Matrix/DNA, ela sugere que existe uma forma de luz natural muito forte que nos cega os olhos e nossos instrumentos, que ela é composta de sete partes ou frequências/vibrações diferentes entre si, e isto esta mais ou menos sugerido na nossa figura do espectro eletromagnético neste website. Que possivelmente exista uma luz muito forte como fundo do mundo material também foi narrado pelos meus pesquisados leigos e nativos em estados mentais alterados. Ela sugere que esta onda de luz é “semi-viva”, que foi a primeira forma surgida dentro deste universo de um sistema natural. Que ela é emitida continuamente por uma fonte pulsante e por isso as ondas emitidas se justapõem, e assim a veríamos num plano horizontal, mas se a olhar-mos num plano vertical a veríamos pulsando como espirais na forma como vemos o DNA. E isto, ela sugere, alem de ser o template de todos os sistemas naturais do universo, é a aura humana ainda invisível a nos.

Eu não admito que a possível existência de uma super-consciência cósmica esteja a nos vigiar e nos negue este conhecimento, permitindo continuar esta horrível carnificina na Terra em estado de caos. Eu não admito que uma mente sensível dotada de nossas emoções e com poder total permitisse que seja um animal, quanto mais um ser humano, sendo torturado na cama até a morte por uma doença como o câncer, etc. Não existe justificativa racional para isso, a não ser que tal super-consciência seja insensível ou não esteja ciente do que esteja ocorrendo aqui. A usurpação de tal conhecimento pela classe dominante para usar tal conhecimento apenas em seu beneficio e escravizando ainda mais o resto dos humanos não seria justificativa, pois se me dessem o poder deste conhecimento bastaria me dar junto o poder para consertar este sistema social e eliminar qualquer possibilidade de divisão social e dominação.

Então nos sobra a realidade: a natureza nos esconde um conhecimento seria maligno para nos agora mas ao mesmo tempo seria um grande beneficio no combate ao que nos tortura agora. Conclusão: não existe inteligencia conduzindo o desenvolvimento do nosso conhecimento, o que existe é o simples desenvolvimento da evolução, cada conhecimento ocorre naturalmente `a medida que o cérebro se aprimora e se torna devidamente aparelhado para apresentar tal conhecimento.

O meu maior lamento hoje é não ter as condições necessárias para montar meu laboratorio, como comecei a montar um na selva amazônica, oculto da civilização, justamente porque se eu descobrisse algo para aumentar o poder da humanidade eu não o entregaria `as águias de rapina. O meu foco central seriam muitos, como as buscas para elucidar o sistema oculto no cérebro humano, nas células, e focalizaria principalmente as energias radiadas pelo sol e núcleo terrestre em busca dos tais fótons e suas redes de conexões.

Enquanto o laboratorio permanecer apenas nos sonhos que serão sonhados enquanto eu estiver vivo, vou tentando ampliar as teorias, e por isso tenho que conhecer tudo o que outros autores que andaram resvalando no grande segredo, descobriram ou ao menos teorizaram. O artigo com link abaixo, do Dr. Buryl Payne, é um bom começo, já que e’ um autor que tem apresentado inventos práticos, com a mente bem firme no solo, e parece fornecer uma boa relacao de outros pesquisadores. Quando o Dr Payne diz que a substancia do “biofield” não parece ser nem energia nem magnetismo e sim algo ainda desconhecido ele bate com a nossa cosmovisão que sugere ser a substancia de luz primordial:

The Discovery of Biofield

A Different Type of magnetism?

http://www.buryl.com/biofield.htm

 

Sugestoes Sobre Biosfera Reproduzindo Sistema Fechado Galactico

sábado, maio 6th, 2017

xxxx

No processo da hereditariedade, um feto humano tendera’ a produzir um ser vivo na forma humana e nao na forma de macaco ou reptil, que foram ancestrais distantes. Nos reproduzimos o nosso ultimo gerador direto.

Mas existe a hierarquia de sistemas. Sistemas menores estao dentro de sistemas maiores que estao dentro de sistemas maiores ainda. Ou sistemas simples estao dentro de sistemas mais complexos…. E desde que todos sao sistemas naturais, e todas as diferentes formas de sistemas naturais pertencem a uma unica linhagem evolucionaria, isto quer dizer que tambem a hereditariedade ocorre nas sucessoes da hierarquia dos sistemas, seja em ralacao ao tamanho ou `a complexidade.

E vale ainda lembrar dois mecanismos naturais: nanotecnologia e giantologia. Um homem adulto de 2 metros torna-se um microscopico genoma e um microscopico genoma torna-se um homem adulto. Na nanotecnologia e’ mais facil reproduzir uma galaxia cabendo dentro da cabeca de um alfinete que um corpo humano, pois este e’ muito mais complex portanto sua reproducao necessita muitos mais atomos que para reproduzir uma galaxia mais simples.

Entao, dentro dos nossos estudos baseados na cosmovisao da Matrix/DNA, entramos aqui com duas novidades:

  1. Humanos reproduzem humanos. Mas podemos ampliar isso e dizer que humanos reproduzem sistemas biologicos. Acontece que quem foi nosso ancestral antes dos primeiros sistemas biologicos foi um Sistema galactico, que e’ mecanicista e fechado em si mesmo. Nos somos sistemas dentro de um Sistema maior, astronomico. Mas nao apenas a especie humana foi gerada dentro e por esse Sistema, e sim toda a biosfera. Entao pode-se supor que todos os sistemas biologicos, ou toda sua evolucao, nada mais e’ que um processo de reproducao do sistema maior, o astronomico. Mostro em outras teses aqui como e’ esse processo, porque a forte mutacao, a questao da nanotecnologia natural, etc. Sera possivel?
  2. O comportamento dos humanos nao e’ racional, logico. O simples exemplo de que um humano passa 30 ou 40 anos levantando-se de manha, indo para uma fabrica, passando ali o dia inteiro sem ver a luz do sol, nao e’ um comportamento logico natural de seres vivos, nada o justifica. O comportamento da selva bruta em geral e’ de caos. A humanidade esta sendo usada para transformar a desordem do caos num estado de ordem, porem nao ideal para o ser vivo, e sim para uma sociedade tipo Admiravel Mundo Novo sob o Grande Irmao. O meio ambiente global esta se tornando uma paisagem mecanicista sendo trabalhada automaticamente por maquinas. E isto lembra a maquina perfeita que e’ a galaxia. Entao a hipotese duvidosa do item anterior e’ assim reforcada, porem, continua uma hipotese estranha.

Vamos supor que a hipotese fosse confirmada. A primeira grande pergunta seria quais elementos materiais, quais forsas naturais, estariam envolvidas nessa direcao  genetica hereditaria? Como estaria ocorrendo este processo?

Existem estudiosos que estao investigando a hipotese de que os campos magneticos dos astros afetam a vida no planeta e e as ondas dos processamentos do cerebro humano. No artigo (copiado abaixo para traduzir) existem  frases que se encaixam na hipotese da reproducao do estado do sistema galactico. Claro, e’ um campo quase abstrato e cientificamente ‘e quase impossivel comecar um trabalho investigativo, mas… temos que registrar a hipotese. Por exemplo, o autor diz que somos marionetes manipuladas pelos campos magneticos, temos apenas 5% de livre-arbitrio, mas assim mesmo, se quisessemos, poderiamos vencer a dominancia destas forsas astronomicas e nos tornarmos livres. Bem,…, a cosmovisao da Matrix/DNA diz que mesmo o Sistema galactico esta dentro de outro Sistema maior ainda – o Universo – e que a nossa ancestralidade nao comecou pela galaxia, mas sim pelo que havia antes do Big Bang. Entao haveria uma segunda linha diretiva hereditaria, um Segundo processo de reproducao nos envolvendo, maior ainda que o astronomico. E que o que estamos reproduzindo do alem do Universo e’ algo libertador, sublime, etc. Mas como humanos reproduzem humanos – o ancestral mais proximo – e nao bacterias – um ancestral mais longinquo, porque a genetica recem adquirida da especie humana e’ mais forte que a genetica da bacteria em nossa hereditariedae, entao teriamos a tendencia de reproduzir a galxia antes que o Universo. A nao ser que descobrimos a verdade, desmascarando nosso ancestral dominante e como diz o autor, temos forsas cerebrais para tender para a reproducao sublime. Entao estariamos numa encruzilhada entre a escravidao e a Liberdade e transcendencia. Eu acho isso muuuuiiiito importante, por isso nunca me condenarei por gastar tempo e esforco nesta pesquisa, mesmo que no fim ela se revele sem fundamento.

  1. Earth’s Magnetic Field: Is it a Global Brain?

http://www.buryl.com/global_brain.htm

Earth’s magnetic field is one of the most complex variables known. It varies with the Sun’s activity, the Sun’s rotation, the Moon’s rotation, the Earth’s rotation, and the positions of the planets.

The Sun is constantly emitting particles, and waves of all frequencies.  When the particles hit Earth (mostly those particles called electrons and protons) they are deflected by the magnetic field of Earth. The positively charged protons go one way, and the negatively charged electrons go another. They swirl around the Earth, many of them temporarily staying in orbits, called the Van Allan belt. The solar wind particles disturb the Earth’s magnetic field and produce tiny irregularities in it.

The Earth is affected by the planets around the Sun and their positioning, which is also associated with the sunspot formation and changes in the solar wind. Sometimes when a planet is relatively near Earth, and the Moon lines up with it, there is also a magnetic disturbance (Payne, 2008). Even the thoughts and feelings of humans, when synchronized, also affect the solar activity and therefore the GM field, (Payne, 1986).

A typical GM pattern is shown in Figure 1.  The rapid fluxuations on the afternoon 7/25 correspond to a rare alignment of Mercury, Venus, Saturn, and Jupiter.

 

Figure 1. – Earth’s Geomagnetic Field.  Time of day along x axis.

 

Figure 2. A Typical Brain Wave for One Second.

Although the GM field and brain waves do not appear to be similar, except that they are complex electromagnetic waves, there must be some connection that has not been noticed yet. For centuries humans have noticed connections between human behavior and planetary positions. For thirty years, I have consistently noticed connections between geomagnetic activity and planetary positions, especially when the Earth was near these planets in its yearly orbit and the Moon was either conjunct or trine to them. Figure 3. shows the influence of planetary patterns on the geomagnetic field. When Saturn and Pluto were close to one another in 1982, the effect was greater, clearly showing in the data. The only exception was observed when two other planets briefly moved into exact opposition. It is clear that the Sun’s activity and the positions of the planets both affect the geomagnetic field. Laboratory studies have found that magnetic fields can affect brain waves as well as glandular activity, although precise correlation’s between brain wave patterns and the geomagnetic field have not yet been discovered, it seems a strong working hypothesis.

Figure 3. Combined influence of Saturn and Pluto on the Geomagnetic field.  1983.

This is not the sole influence on human behavior, perhaps only about 15% on the average.  Yet, there are a few exceptions, when the influence of the geomagnetic fields increases to as much as 90% and sometimes decreases to practically 0. Not only human behavior, but all life is influenced by the solar-planetary-geomagnetic field network.

In a way this could be called the default program. That is, the most likely condition or influence on behavior UNLESS HUMANS ACTIVELY CHOOSE TO THINK AND DO OTHERWISE, ESPECIALLY COLLECTIVELY. That is going “against the flow” as it is said. Not easy, and sometimes a waste of effort, for “the flow” is too strong. The question could be: “Are we self conscious, choosing humans or are we biomechanical, biochemical robots?”  What percent of ‘free will’ do humans have? I often say it is less than 5%, which is insignificant in statistics. Look around at the world, or your own life; what do you think?

Tuning in.

The brain is always generating a pattern of internal neural frequencies, so called alpha, theta, delta, and beta; names for different ranges of frequencies, plus others, some of which are altered by the patterns of electromagnetism in our environment. Radio waves, cell phone microwaves, TV, and general noise from electric circuits also generate electromagnetic frequencies. The minute electromagnetic patterns of the Earth are also a part of the environment. Brain waves are a mixture of these frequencies, which vary depending on human activity, that is, sleeping, meditating, visualizing, concentrated alertness, etc. During meditation, the higher frequencies diminish and the lower ones become dominant. Although, external radio frequency noises are always present. Quieting the internally generated neural patterns can make us more receptive to the geomagnetic patterns. Perhaps this is what people call tuning in to the super conscious, Higher Self, or the over soul. The activity of the Sun and any nearby planets that the Moon amplifies by lining up with them, will dominate. This could be called “The Global Brain”. That doesn’t mean it’s always good. During solar flares, it could be agitating and the patterns from some planets may also be annoying or may amplify difficulties in our personal horoscope (so called ‘squares’.)

Knowledge and awareness of external electromagnetic influences is helpful so people can make the best personal choices.

The GM field also affects brain rhythms and hormone balance. As human’s hormones vary, so do the person’s feelings.

A very noticeable and powerful influence of the GM field is the cyclic nature of mass human behavior. The late Professor Raymond Wheeler at the University of Kansas found that wars increase and decrease in approximately 11 year cycles. This cycle was found to be in phase with solar cycles, and geomagnetic activity. Since few people are aware of this there is scarcely any way to know when to strengthen resolves for peace.


Figure 6. – Stressful Times

Figure 4. Illustrates the 11 year cycle of International battles.  Figure 5. illustrates the sun spot cycles, also of 11 yrs. Figure 6. shows a typical solar cycle.

Warring behavior is not the sole effect of solar and geomagnetic activity; business activity and creativity are also stimulated by geomagnetic activity. Every geomagnetic pattern is different and has different influences on people.

When the planet Jupiter is nearby and the Moon is aligned with it, good feelings prevail. When Earth passes Pluto, there are storms, or cold snaps for a couple of days, and so forth, in diverse yet somewhat predictable patterns. The study and practice of astrology is mostly about geomagnetic patterns and behavior, though few astrologers are aware of this and fail to be complete in their predictions.

Humans are almost like puppets dangling on magnetic field lines. Almost, but not quite. We have a little freedom. People are alive and have their own little magnetic or spin force. Minute, compared to the Earth’s and Sun’s, but it does exist. By combining thought forces, many accomplishments can be made.

 

REFERENCES

Dewey, E. R., Evidence of Cyclic Patterns, Index of International War Battles. 600   B.C.-A.D. 1957, Cycles, 21(6), pp 121-158, 1970.

Payne, B., Spin – A Collection of Experiments and Observations.  EBook   available from the author’s website: www.buryl.com.

Payne, B. How To Predict Sunspots and Geomagnetic Changes.

Payne, B. The Power of Thought to Influence the Sun. buryl.com

Cerebro e Campo Magnetico da Ionosfera: 10.5 Hz

terça-feira, abril 25th, 2017

xxxx

A frequencia media pela qual circula o potencial minimo na cavidade da ionosfera terrestre e’ a mesma frequencia dominante como ritmo da onda potencial no cerebro.  Alguns cientistas sugerem que isso nao pode ser mera coincidencia. Na teoria da Matrix/DNA, e depois da descoberta da luz “viva”, varios modelos e formulas estao sugerindo que elementos de uma mesma orbita possuem uma vibracao igual entre si, porem diferentes dos elementos nas orbitas vizinhas.

Fica registrado o texto do artigo em PDF – paper – onde o obtive:

http://www.vitatec.com/docs/referenz-umgebungsstrahlung/palmer-2006.pdf

Solar and geomagnetic activity, extremely low frequency magnetic and electric fields and human health at the Earth’s surface

Hainsworth (1983) noted that the average frequency at which there is minimum power circulating in the Earth-ionosphere cavity is the same frequency as the dominant human brain-wave rhythm—10.5 Hz. Cannon and Rycroft (1982) and more recently Schlegel and Fu ¨llekrug (1999) reported the effects on Schumann resonances produced by ionospheric disturbances induced by solar activity. Solar Proton Events (SPEs) have been found to decrease the frequency of the Schumann Resonance modes. Roldugin et al. (2001) found that, during the peak of four SPEs, the frequency of the first Schumann mode decreased by about 0.15 Hz, as measured in the Kola Peninsula of Russia. Roldugin et al. (2001) also reported an increase in the frequency and a resonance bandwidth decrease of about 0.2 Hz of the first Schumann mode as a result of a very intense solar X-ray burst. Any change in the Schumann resonance signals due to ionospheric disturbances will be superposed on the diurnal (i.e. circadian) variations due to solar heating and ionisation on the dayside. As visual and auditory stimulation produce biological effects, Hainsworth (1983) argues that electromagnetic signals at frequencies in the brain wave spectrum can be expected to produce biological effects too. He also argues that the association with the human alpha-rhythm near 10 Hz with the frequency of a minimum energy in the Schumann resonance spectrum and, therefore, of minimum natural interference is unlikely to be coincidence

Video do campo Magnetico: Torus, Animais do Zodiaco,etc. Interessante.

quinta-feira, abril 13th, 2017

xxxx

Santos Bonacci me chamou atencao na Internet por uma frase: “todos os simbolos e nomes de todas as religioes se resume a uma unica fonte.” Aqui na Matrix/DNA tenho dito isto, desde que nativos do Amazonas em estado mental alterado pelas suas bebidas alucinogenas descreveram quadros visionarios iguais muito semelhantes as figuras de chacras e outras das religioes orientais fundadas a milhares de anos e na Asia. Tambem a descoberta de que o modelo de galaxia original que propaga seus fotons-sementes de vida biologica pode ser perfeitamente descrito com os simbolos e nomes usados em Genesis na Biblia, que esse modelo tem o formato de um par lateral de nucleotideos – a unidade de informacao do DNA –  e que novamente, coincide com a figura dos chacras, eu nao poderia ter outra conclusao senao a de que, o criador da vida aqui, que foi este Sistema astronomico nesse modelo, esta’ registrado na memoria do DNA, portanto no centro dos neuronios, e estados alterados da mente pode ver flashes desse modelo, gerando dai a fabula do Paraiso em Genesis, a aura dos orientais, o simbolo do I Ching, etc. Alguem ou alguns tiveram estas visoes, mas como nada sabiam de galaxias e DNA, e como a visao revela uma historia em movimento, interpretaram os flashes de maneira fantasiosa, criando deuses, misticas, a partir de coisas reais, palpaveis, porem de aparencia fantasmagorica e supernatural.

Entao precisei pesquisar o autor da frase e descobri que ele tem um website com uma teoria ou diferente visao de mundo. Ele a meu ver deturpa seus estudos centrados na cultura da antiguidade e se apega muito a elocubracoes com nomes e letras, o que desvirtua seu trabalho. Porem ele mostrou um video com algo que nunca ninguem fez: usando magnetos e a supercelula, mostra as formas reais do campo e linhas magneticas, manchas do polo sul e norte, bem semelhantes a figura de Torus, e por isso registro o video aqui para retornar. Um aspect interessante que preciso pesquisar e’ sua crenca que as diferentes figuras formadas pelos campos magneticos sao figuras dos 12 animais simbolos do Zodiaco…

A teoria do Santos chama-se The Universal Truth, no link,

http://universaltruthschool.com/syncretism/about-syncretism/

E o video:

https://www.youtube.com/watch?v=PMxTDla90TE

Energia na Base dos Instintos para Predadores e Presas – Ben Davidson – ThumderboltsProject

segunda-feira, janeiro 23rd, 2017

xxxxx

https://www.youtube.com/watch?v=rJ08nS32KrI

xxxxx

Meu comentario postado no Youtube sobre este video:

Louis Charles Morelli Louis Charles Morelli – jan-01/23/2017

Congratulations. The EU is developing in parallel with other world view, The Matrix/DNA Theory, which suggests the existence of a unique universal system containing different shapes of DNA, evolving since the Big Bang to us today. We suggest a universal formula for systems that suggests a lots about how energy works. The common points are:
1) New natural systems (as atoms, galaxies, biological cells), are composed when Nature applies the force of vital cycle upon a body resulting as mass of a prior less evolved system. The body change shapes like our body goes from the shape of fetus to kids to adults due this force. These new shapes becomes the working parts of a new complex system. A nebulae of atom becomes a galaxy, a mass of unicellular becomes a multicellular organism. But, where Nature gets the force of life’s cycles? From the universal light wave composed by all seven kinds of electromagnetic radiations. The exactly sequence of different frequencies/vibrations of this light wave is seeing as the exactly sequence that yours body is transformed into new shapes. So, we have found that when a light wave emitted by a source like the Big Bang and propagates through dark matter, it creates a system (atom) that evolves to galaxies, cells, human brains. But light does not creates it directly. When light propagates it causes friction at dark matter and the results is energy, electricity. So, the Electric universe is the link between the code for systems ( and life) imprinted into a light wave and the spatial substance, which can be called dark matter, aether, etc. It is important to know the destructive effect of electricity that occurs in chaotic environment like the Earth biosphere and the constructive effect created by energy at ordered state environments.
2) One of the biggest puzzle and mission of Matrix/DNA world view is exorcising the instincts for predator/preys from the human psyche and genetic charge inherited from animals, and yours video has contributed a lot for it. All social systems created till now ( feudalism, monarchy, communism, capitalism) are merely mimicking the rules of the jungle among animals, so, the big predators are at the high class, the medium predators composes the medium class and the mass of poors, the preys of the lower class. Our question was from what dimension of the non-biological world this mechanism came from. We can see the functions of predators and preys easy and clear at the galactic systemic model, we know where the ancestral of these instincts were at our ancestral and creator galaxy. But, where the galaxy got it? The image of DC showing how works the two sides sources of the electric current solved this problem. At Matrix/DNA formula, the stronger side is F1 and the weak side is F7, and mow we have a big understand about what is going on in this black box. You can see and analysing the inter-relations between the two sides and everything equal the relations between predators and preys. Now I will search what is the two magnetic sources at a human body, why they produces DC and not AC, end how to fix it. This will meaning the exorcism of these instincts, which leads all other species to their extinction and is the cause of the nowadays torture of 90 % percent of global population. If you see the universal formula for natural systems at my website, you can improve the EU knowledge. Google: ” The Universal Matrix of All Natural Systems and Life’s Cycles”. Cheers..

xxxxx

A Base Elétrica da Materia Mostrando os Princípios dos Instintos para Predador e Presa: Sensacional!

O que revela as imagens no vídeo, quando a corrente alternada e corrente continua são acionadas:

AC – Alternating current: os dois lados são iguais, a corrente vem dos dois lados, a descarga e’ igual nos dois lados, a imagem ‘e muito simples, forma-se um raio curvo e simples, completo, igual, dentro de toda a câmara.

DC : um lado e’ muito mais ativo que o outro. O anodo esta no lado onde o raio esta empurrando-se para longe dele e invadindo o outro lado. Quando se liga os emissores de DC, na câmara que estava apresentando o raio igual do AC, o raio inteiro e’ puxado apenas para um lado, o qual se apresenta como o mais forte e mais ativo.

Ok. Para mim, particularmente, da Matrix/DNA, a visão destas imagens imediatamente me lembra um dos maiores assuntos que estou pesquisando agora. Trata-se de buscar entender a presença dos instintos animalescos com tendência a predador e presa que estão encravados na genética e na psique humana. Entendo que exorcizar a alma humana destes instintos e’ a condição primeira exigida para eliminar este escravagismo de um lado e a luxuria com seu consumismo supérfluo dos recursos naturais, do outro, esta carnificina e tortura praticada por um dos lados, ou seja, mudar totalmente o estado da humanidade, e dirigir a humanidade a desviar-se do destino da auto-extinção. Acho que não existe outro objetivo mais supremo no momento para a humanidade… exorcizar estes instintos.

Mas de onde os animais receberam estes mecanismos, processos, forças? Na formula da Matrix/DNA para o estado de sistema astronomico se vê claramente ali estes instintos, quando a peça anterior no circuito sempre se transforma na peça seguinte, ao mesmo tempo que pode se interpretar ao reverso, onde a pesa seguinte sempre devora a anterior. Isto faz parte inevitável do ciclo vital. Que as moléculas orgânicas, e depois as bactérias, repteis, leões, e humanos apresentem este fenômeno, já era de se esperar.

Mas porque a formula tinha que ser assim? Ela vem de um onda de luz, e nesta vemos que toda frequência se transforma numa frequência seguinte. Tambem continua isto acontecendo na formula quando ela montou os sistemas astronômicos. Que a forma seguinte engole a forma anterior e’ apenas uma questão relativa do ponto de observação. Vendo-se por outro ponto o que se vê e’ a forma anterior transformando-se na forma seguinte. Porem quando se formaram os sistemas biológicos, a linha evolucionaria que carrega a transformação funcionou mas ao mesmo tempo, se dividiu e funcionou também pela outra perspectiva, aquela onde realmente a forma seguinte – que e’ a maior, mais forte – devora, se sobrepõe, escraviza, parasita, a forma anterior – que e’ a menor, mais fraca. A linha da transformação funcionou transformando bactérias em repteis e repteis em mamíferos. Mas surgiu em paralelo a linha da cadeia alimentar, dividida entre predadores e presas. Este surgimento e’ o grande mistério e o qual precisa ser eliminado da face da Terra. Sabemos que ele surgiu quando a Natureza apresentava como dominante a sua face do caos, mas ainda não resolvi se o caos produz a carnificina primeiro, ou se o cais foi produzido pela carnificina primeiro. Este fenômeno, estava presente na onda luz original? Sim, mas apenas a linha das transformações de sequencias. A luz nunca se colapsa fazendo o caminho inverso. A ano ser que uma outra nossa teoria tenha consistência: a de que a onda de luz original de fragmenta em fótons e estes reencetam o caminho inverso através da matéria, reproduzindo a onda de luz, dirigindo-se de volta a fonte inicial. mas isso envoveria

Ora, as imagens de DC (   ….  ) do que ocorre na dimensão evolucionaria anterior `a existência de sistemas astronômicos e biológicos, revelam que esta dicotomia conflitante já existia desde quando o avançar da luz criou a energia. Então a causa primeira destes instintos esta no Universo Elétrico?! Entao estes instintos fazem parte de um significado cosmico muito distante do nosso conhecimento? Entao seria impossivel exorcizar estes instintos da psique humana, pois toda vez que o cortassemos fora, a base energetica da carga genetica o traria de volta?

Sinto que acabamos de dar um grande passo na busca do entendimento destes insintos, porem, caimos numa dimensao muito distante e complexa, e nela teremos que esmiucar e buscar explicacoes.

Sera um efeito da diferenca entre sistema fechado e sistema aberto? Porque essa diferenca entre os efeitos da AC e da DC? Ok,… de subito nos surge a verdade de que nao avancaremos aqui senao voltarmos ao tempo da escola e pesquisar tudo o que define AC e DC.

( hipotese em desenvolvimento)

xxxx

The Fibonacci Spirals no Sol

Não apenas Ben Davidson e seu pessoal da Teoria do Universo Elétrico defende essa ideia, mas também a NOAH, do governo Americano desenharam a espiral de Fibonacci sendo vista no Sol. Ben diz que essa espiral e’ vista em todo lugar no Sol.

Isto une duas predições feitas a 30 anos atras tendo como base a formula da Matrix/DNA:

  1. Na origem dos sistemas biológicos entraram informações carregadas por fótons vindos de dois lugares principalmente: do Sol e do núcleo da Terra onde jaz um germe estelar. O processo que determinou estas duas vindas e’ o mesmo processo sexual mostrado pela formula, onde a energia da Terra seria feminina e a energia do Sol, masculina. Sendo assim, a energia do Sol opera com base na F5, que e’ a carga genética masculina emitida para fecundar a carga feminina na Terra. Ora,…
  2. A espiral de Fibonacci esta relacionada com o numero Phi, responsável pela simetria dos corpos que da ordem e beleza aos corpos. Mas a formula da Matrix/DNA mostra que no circuito sistêmico onde cai o numero de Phi (1,618…) e’ justamente a posição ocupada por F5. Sendo responsável pela função da reprodução, deduzimos que a simetria ocorre porque F5 copia ou reproduz a face esquerda dos sistemas e a situa a sua direita, para se tornar a face direita. Portanto a formula já havia previsto que o Sol produz F5, o qual e’ Phi, através da espiral de Fibonacci.

Grande evidencia para a teoria da Matrix e ótima informação fornecida por Ben Davidson, novamente.

xxxx

Teoria da Mente tendo como substância, um plasma:

Num frasco-câmara passa a corrente eletro-magnética gerada por dois magnetos. O ambiente dentro da câmara pode ser mudado, do vácuo total para atmosfera. Cada ambiente muda e produz um estado específico da corrente. Num ambiente ela se apresenta como plasma (no vácuo total), no outro se apresenta como linhas ou raios vibrantes de eletricidade ( quando a câmara e’ enchida com ar).

Dai me leva a suspeitar e elaborar os princípios de uma nova hipótese, quando junto isso com a formula da Matrix/DNA. Sabemos que as imagens das sinapses se assemelham ‘a imagem da energia na forma de raios, aleatórios. Isto acontece no ambiente da massa de neuronios. Mas dessa massa e destas sinapses, se produz a mente, os pensamentos, e mais exatamente em outro local, o neocortex. Então podemos suspeitar que no neocortex o ambiente e~diferente, e produz o outro estado desta energia, uma espécie de plasma.

A primeira questão aqui seria: se na câmara podemos ver o estado de plasma, porque o MRI que vê as sinapses não pode ver o plasma da mente?

( teoria a desenvolver ) 

xxxx

Elegant Simplicity

Ben defende que a teoria do Universo Elétrico e’ construída sobre argumentos que são elegantemente simples. O que define esta expressão? penso que se trata do seguinte: pega-se fenômenos naturais simples e conhecidos e interpreta-se de maneira diferente do que foi interpretado ate agora, mas de maneira que na imagem do simples se adivinha encriptado complexos significados, processos e mecanismos. Se for isso, isso e’ justamente o que e’ a Teoria da Matrix/DNA, principalmente ‘e o que sente ao ver a formula da Matrix.

Mas porque a Teoria do Universo Elétrico impregna estes fenômenos simples com elegância? Baseando-me na Teoria da Matrix/DNA, realmente deve existir um mundo elétrico como template, como substancia de fundo, do universo material que nossos sensores captam. Isto porque tudo tem inicio quando a onda de luz universal composta dos sete tipos de radiações eletromagneiticas, se expande infiltrando-se na substancia do espaço – que deve ser a dark matter – ela produz friccao neste contacto. O produto desta friccao e’ o que denominamos de energia, ou pode ser o mesmo que eletricidade. Então como essa luz contem em si o código para ciclo vital que e’ o que monta os sistemas naturais, ela passa esse código para a energia. Esta existindo no meio da dark matter, separa-a em porcões de acordo com cada tipo de sua vibração e assim cria as partes para montar os sistemas. Então, a energia ‘e o elo entre a dark matter – que fornece a massa para o hardware – e a luz, que e’ o software. Se realmente for assim, então e’ claro, a energia esta na base, como pano de fundo, de todas as coisas materiais desse Universo. Não se esta errando ao chamar isto de Universo Elétrico e realmente os modelos teóricos desta teoria são elegantemente simples – porque na verdade revelam uma complexidade estonteante e bonita.

xxxx

Teoria da Gravidade versus Teoria da Atracão da Eletricidade:

Mostrando como um lado e’ mais forte e puxa o mais fraco, Grahan sugere que esta eletricidade e’ o que mantem astros e galaxias unidos e não a hipotética força chamada de gravidade.

xxxx

Jatos cosmicos de luz dos buracos negros sugere a emissão de um circuito sistêmico vital pelo núcleo galáctico segundo a Matrix/DNA

A imagem de um jato emitido por uma região do espaço sideral ( onde, como Ben diz, o mainstream diz existir um buraco negro, mas ele não concorda com esse nome e teoria, e espera que se ache um nome melhor, justamente como nos da Matrix/DNA não concordamos e esperamos esse nome melhor) mostra o jato dividido em segmentos que são “equidistantes `a parte”, quer dizer, o jato e’ dividido em segmentos de tamanhos iguais e têm distâncias iguais entre si. Isto bate com o que sugeriu a Teoria da Matrix, 30 anos atras. Este emissor deste jato seria um astro executando a função número 1 da formula (F1) e ele deveria emitir o template do circuito por onde a semente ou germe de um novo astro vai percorrer tocado pelo processo do ciclo vital. Como este processo vem de energia produzida por uma onda de luz – e a onda de luz contem a formula para este processo vital – cada segmento antecipa uma das formas que o astro vai apresentar em determinada idade. Em outras palavras, se a Matrix/DNA estiver acertando aqui, este jato cósmico deve ser dividido em sete segmentos, cada qual composto pelo estado vibratório da frequência eletromagnética que ele representa. Muito boa previsão da Matrix e ótima informação do Grahan.

xxxx

Efeito Placebo: Efeito de ondas magnéticas emitidas pelo cérebro sobre a química do corpo…?

Estas possibilidades sugeridas pelo Universo Elétrico leva Ben Davidson a citar o The Global Consciousness Project

xxxx

Pesquisa:

Procurar no website de Ben e outros lugares, imagens dos dois magnetos lado a lado da câmara produzindo a visão da eletricidade, para por no site e fazer cartaz para palestra.

Origem e Evolução dos Órgãos Sensoriais

quarta-feira, novembro 23rd, 2016

xxxx

Sea nettles.jpg

Medusas Cnidarias – Primeiro sensor?

De onde a Natureza tirou a ideia de criar órgãos sensoriais em certos corpos para perceberem o mundo a sua volta?! Talvez a pergunta esteja mal formulada. Como e porque num corpo natural – e pela primeira vez nos 13,8 bilhões de anos do Universo – a Natureza se moveu na direcao de fazer este corpo perceber o mundo a sua volta?! Quais forças e elementos naturais abriram este caminho, e porque?

As outras formas de vida alienígenas, que tipos de sensores terão? Os nossos sensores vão evoluir? Por exemplo, a visão, evoluirá para enxergar as outras faixas do espectro eletromagnético? Nos desenvolveremos outros sensores ainda nem sequer imaginados?

Como sera para sempre proibido ter certeza do que ocorreu exatamente nos primórdios dos órgãos sensoriais ( a não ser que exista um espelho do tempo onde esteja filmada toda a historia passada), todo mundo terá apenas teoria. E talvez uma destas teorias acerte exatamente com as respostas.

Na minha teoria cosmovisionária – a Teoria da Matrix/DNA – os órgãos sensoriais “biológicos” se explica a partir da intuição de que o que criou os sistemas biológicos foram os sistemas astronômicos. E os criou por um processo primitivo similar ao processo genético biológico. Ou seja – sistemas biológicos são meras evoluções dos sistemas astronômicos.

O estado de sistema em que estava este sistema galáctico denominado Via Láctea era o de sistema fechado em si mesmo, oposto ao sistema aberto. Ao menos e’ isso que se conclui ao se observar o meu modelo cosmológico. E um sistema fechado em si mesmo jamais vai criar órgãos sensoriais voltados ao exterior, pois ele se encontra isolado do mundo externo e não teria qualquer motivo para realizar o esforço dessa criacao.

Porem, a cria dos sistemas astronômicos na superfície terrestres sofreram uma mutação devido ao aparecimento do estado liquido da matéria, e esta mutação os fez como sistemas abertos. E os sistemas abertos dependem mortalmente das interações com o mundo externo para sobreviver. Então os órgãos sensoriais biológicos foram criados aqui, pela matéria orgânica e seus sistemas. Porem, como a natureza nunca pode criar informação do nada, deduz-se que os órgãos sensoriais biológicos foi mais uma evolução mutada de sensores existentes nos sistemas ancestrais – astronômicos e atômicos. Teremos que incluir na pauta de nossas pesquisas a busca do que eram e como estavam estes ancestrais dos sensores biológicos nos sistemas não-biológicos. Por exemplo, se uma partícula interage com outra a distancia, ou mesmo uma estrela se conecta a um planeta, e’ porque possuem sensores para perceberem o que alem delas, mesmo que não tenham consciência que o percebem.

Alem de suscitar uma grande indagação filosófica existencial, o conhecimento total da historia das origens no Big Bang e sua evolução ate chegar aos nossos sensores atuais – e nos que ficaram perdidos em outras especies inferiores – nos devera ajudar sobremaneira a desenvolver nossa tecnologia.

Portanto, abre-se mais este capitulo de pesquisa. Iniciaremos por registrar um paper cientifico para posterior leitura, tradução, e pesquisa:

Evolution of sensory structures in basal metazoa

http://icb.oxfordjournals.org/content/47/5/712.full

Abstract

Cnidaria have traditionally been viewed as the most basal animals with complex, organ-like multicellular structures dedicated to sensory perception. However, sponges also have a surprising range of the genes required for sensory and neural functions in Bilateria.

Family tree of Cnidaria and the origins of animals ( ver melhor em https://en.wikipedia.org/wiki/Cnidaria:

Metazoa
Glass sponges
Demosponges
Calcareous sponges
Eumetazoa
Ctenophora (comb jellies)
Planulozoa
Cnidaria
Anthozoa
(sea anemones and corals)
Medusozoa
Hydrozoa
(Hydra, siphonophores, etc.)
Cubozoa
(box jellies)
Staurozoa
Scyphozoa
(jellyfish, excluding
Staurozoa)
Placozoa
Bilateria
Myxozoa
Other Bilateria
(more complex)

 

Luz e Ondas Eletromagnéticas: Importantes Informacoes

sexta-feira, novembro 11th, 2016

xxxx

 

 

(Wiki) – Ondas eletromagnéticas são normalmente descritas por qualquer uma das seguintes propriedades físicas: frequência (ƒ), comprimento de onda (λ), ou por energia de foton (E). O comprimento de onda é inversamente proporcional a frequência da onda, a qual representa o números de períodos existentes na unidade de tempo. Desta forma, raios gama tem comprimentos do tamanho de frações do tamanho de um átomo, enquanto o comprimento de ondas no extremo oposto do espectro podem ser tão grandes quanto o universo. A energia de um fóton é diretamente proporcional à frequência de onda, portanto os raios gama possuem a maior energia, enquanto ondas de rádio possuem energias extremamente baixas.

Interpretacao:

Qual a diferenca entre “ondas eletromagneticas” e luz?

A luz é uma onda eletromagnética, cujo comprimento de onda se inclui num determinado intervalo dentro do qual o olho humano é a ela sensível.[1] Trata-se, de outro modo, de uma radiação electromagnética que se situa entre a radiação infravermelha e a radiação ultravioleta.

A onda ou radiação eletromagnética é uma oscilação em fase dos campos elétricos e magnéticos, que, autossustentando-se, encontram-se desacoplados das cargas elétricas que lhe deram origem.  Dentro do ponto de vista da Mecânica Quântica, podem ser entendidas, ainda, como o deslocamento de pequenas partículas, os fótons.

Portanto a radiacao de um corpo, ou emissao de radiacao, nao sai em linhas retas formando raios, mas sim na forma de ondas. Como a desta figura:

Circular.Polarization.Circularly.Polarized.Light Right.Handed.Animation.305x190.255Colors.gif

Representação do vetor campo elétrico de uma onda eletromagnética circularmente polarizada