Archive for the ‘LUCA’ Category

Porque a Galaxia produz o Gene Egoista que Produz os Predadores Humanos

sábado, outubro 12th, 2013

Uma mesma pessoa estará propensa a ajudar os pobres quando esta com fome e mudara para egoísta se estiver bem alimentada. O resultado desta pesquisa com link abaixo já tinha sido previsto e explicado pela Matrix/DNA. Enquanto o intelecto humano estiver subjugado a influencia da psicologia dos nossos ancestrais ( animais, galáxias, átomos, etc.) nosso corpo e cérebro procurar o supremo objetivo da matéria, que é a busca da acomodação num sistema com equilíbrio termodinâmico, fechado em si mesmo. Isto gera a propriedade denominada “supremo egoísmo”, e mossa genética carrega essa tendência no que chamamos de genes egoístas.  Sem tempo agora para pesquisar o artigo e desenvolver este tema, deixo -o registrado:

When your body needs calories, you are more inclined to help the poor

http://ps.au.dk/en/current/allnews/news/artikel/when-your-body-needs-calories-you-are-more-inclined-to-help-the-poor/

New research shows that hunger affects our attitudes towards the welfare state. And when hungry people state their support of the welfare system, it is not so much a reflection of their concern for the poor; rather it is a strategy for securing further resources for themselves.

Cientistas Descobrindo o Que a Matrix/DNA Descobriu a 30 Anos: Não Abiogêneses e Sim a Fabrica Cósmica!

sábado, outubro 5th, 2013

Scientists Discover Cosmic Factory for Making Building Blocks of Life

http://www.sciencedaily.com/releases/2013/09/130915134341.htm

(Por falta de tempo agora, artigo fica registrado para analise posterior)

Sep. 15, 2013 — Scientists have discovered a ‘cosmic factory’ for producing the building blocks of life, amino acids, in research published today in the journal Nature Geoscience.

Comet Hartley 2. Scientists have discovered that when icy comets collide into a planet, amino acids can be produced. These essential building blocks are also produced if a rocky meteorite crashes into a planet with an icy surface. (Credit: NASA/JPL-Caltech/UMD)

The researchers suggest that this process provides another piece to the puzzle of how life was kick-started on Earth, after a period of time between 4.5 and 3.8 billion years ago when the planet had been bombarded by comets and meteorites.

Célula Animal, Célula Vegetal: A Diferença que estava Escrita nas Estrelas antes da Origem da Vida

sábado, setembro 21st, 2013

Por favor, se interessar, clique nas figuras para ver as legendas, enquanto não consigo resolver êste problema técnico)

xxxx

Célula Animal e Vegetal em Imagem Comparativa

celula-vegetal-celula-animal.jpg

O primeiro ser vivo que surgiu na superficie dêste planeta foi uma célula, ou seja, um sistema celular completo com tôdas as organelas capazes de realizar tôdas as propriedades vitais. Mas porque surgiram duas formas diferentes de célula, de maneira que uma deu origem a êsse imenso reino vegetal e a outra a a êsse igualmente imenso reino animal? Procurei saber de professores mas sempre desviam a pergunta para responder como é a diferença entre as duas e não respondem o porque das diferenças. Apenas nos modêlos da Teoria da Matrix/DNA existe uma explicação, muito lógica e racional, penso eu, mas claro, como se trata de uma teoria, vamos continuar a pesquisar êsse mistério.

Quem criou a primeira célula, ao menos no planeta Terra, foi o planeta Terra, ou algo dentro dêle, ou algo fora dêle, ou algo que está dentro dêle e fora dêle ao mesmo tempo. Alguma dúvida até aqui? Acho que não, mas se alguem a tem, gostaria de saber a causa da dúvida. Não vale contra-argumentar com crenças em coisas super-naturais aqui, pois aí saio fora da discussão.

Se alguem defender a primeira alternativa, a de que foi o planeta Terra inteiro que convergiu com todos seus constituintes para essa criação, terá que apresentar um modêlo do planeta no seu estado evolutivo a cêrca de 3 bilhões de anos atrás, ou outra data momentos antes das origens da primeira célula completa. Êste modêlo terá que conter todos os fenômenos contidos na primeira célula, em seus estados menos evoluídos, e mostrar quais foram os processos que atuaram para transformar aquêles estados menos evoluídos daquêles fenômenos nos estados evoluídos dos fenômenos celulares. O que existia no planeta antes da origem da vida que se parecia com uma mitocondria e atuava como uma mitocondria? O que existia que se reproduzia pela meiose? E assim por diante.

Claro que a Ciência acadêmica responderia que tudo isso veio do reino da química, mais exatamente da quimica orgânica. Depois vão reduzir a quimica organica à inorganica e assim apresentar os principios de tudo na matéria inanimada do planeta. Quais foram as fôrças e elementos da materia inanimada do planeta que produziram quais reações quimicas que mais tarde produziram o fenômeno sexual? Ou a engenharia do aparelho digestivo?

Acho que ninguem – alem de mim na Matrix/DNA – tem procurado responder estas questões, talvez nem mesmo sequer pensado nestas questões. Ao menos tenho procurado nas bibliotecas e nada encontrado. E porque não? Porque a quimica seria mágica. Mas não a maior mágica terrestre, pois esta foi a biologia, que criou coisas espetaculares que jamais existiram antes no Universo. Para mim, que experimentei afastar o conhecimento da civilização e buscar um aprendizado na natureza primitiva da selva, na minha cabeça não existia as palavras “quimica” e “biologia” quando estava fazendo minha investigação na selva, o que existia no meu raciocinio era apenas a matéria e seus processos. Estas palavras são criações dos humanos nas cidades que para mim nada diziam. Portanto nunca pude desviar o raciocinio da matéria para encontrar “nomes mágicos”, pois no meu mundo apenas existia a normal correnteza de causas e efeitos que meus sentidos percebiam.

As células são as unidades estruturais das plantas e animais, os tijolinhos básicos dêstes edifícios que são os nossos corpos como seres vivos. Mas basta olhar para um elefante ao lado de uma árvore para se ficar admirado como o mesmo tijolinho inicial – a primeira célula que surgiu na Terra – fêz coisas tão diferentes entre si! Como e porque, em dado momento, a célula inicial se dividiu em duas diferentes, como se uma escolhesse seu futuro indo para o sul e a outra na direção do norte?!

Bem,… as que foram por um caminho foram se transformando, tornando-se mais complexas e poderosas e hoje chegam a constituir gigantescas árvores, como as castanheiras, as sequóias! As que foram pelo outro caminho se transformaram ainda mais e tornaram-se mais complexas e chegaram ao tamanho dos dinossauros e à inteligência do homem.

Ok … A maioria das pessoas de hoje têm a vida muito ocupada com os afazeres diários, estudos, video-games, etc., por isso elas olham para êste mundo como êle é e ponto final, não perdem tempo com elocubrações mentais se perguntando porque, de onde, diabos, veio isso tudo? O nosso método cientifico reducionista moderno está mais preocupado em resolver problemas imediatos que dêm lucro, que buscar as respostas aos porques, procurando chifres em cabeça de cavalos.

Mas eu acho que em algum lugar aí fora do meu mundinho tem gente quase como eu, que tem a vontade e consegue escapar da vida mundana para curtir seus pensamentos intimos pensando mais profundamente sôbre a vida e a existência. E quando se presta atenção a detalhes do mundo que os normais desprezam, começamos a suspeitar que o mundo material imediato e perceptivel – apesar de largamente anunciado pelos cientificistas que as Ciências Naturais já sabem tudo do nosso mundo médio, faltando agora apenas desvendar algumas coisas do micro e macro cosmos – por si só não possui os recursos que foram necessários para fazerem certas coisas acontecerem. Aqui nós tambem – os “raros inquietos” – nos dividimos como fêz a primeira célula. Uns escolhem o caminho que sugere existirem fôrças supernaturais atuando no nosso mundo, e vão avançando tanto por este caminho que passam mesmo a acreditar em entidades supernaturais, como deuses, etc. Outros escolhem outro caminho, o de suspeitar que o mundo material contem muito mais recursos do que os que conhecemos, sejam vindos dos invisiveis micro e macro cosmos, ou das ondas invisiveis de luz, vibrações e estas coisas tôdas ainda não bem entendidas que não captamos com nosso complexo sensorial mas vemos seus efeitos no mundo real.

E o que tem isso a ver com a pergunta: como e porque a célula inicial se dividiu em duas a ponto de uma se tornar uma gigantesca castanheira e a outra numa girafa que estica o pescoço para tentar no alto, alcançar as fôlhas destas árvores? Tem tudo a ver, mas calma lá…

Eu saí fora da vida normal mundana e caí no reino dos raros inquietos, acho que um pouco por vontade própria e um muito porque fui na verdade expulso para fora da civilização. Sabe como é… fiquei órfão sem familia aos três anos, fiquei fisicamente raquitico e feio, era um pêso e significava problemas para quem me visse e assim era afastado para os guetos. Acabei fugindo para o meio da selva viver com cobras e macacos que tambem não gostaram de dividir seus territórios comigo mas ali eu tinha alguns predicados que me davam alguma fôrça para impor-me e manter o meu território, só meu. E ali eu tinha muito tempo para escapar do mundo material e ficar com meus pensamentos intimos perguntando o porque das coisas serem como são. Mas é claro: eu só conhecia a metade feia do mundo e não poderia aceitar sequer a hipótese de que haveria algo supernatural e inteligente e bondoso por trás dos fenômenos observados no mundo como acreditaram aquêles que davam bolas ao pensamento na civilização mas que tambem conheceram a outra metade bela do mundo. Então eu escolhí ou fui conduzido pelo caminho e método extremamente materialista que exibe respostas aos porques baseadas nos recursos materiais do mundo.

Por exemplo, na selva eu coçava o cocuruto quando olhava para uma capivara ao lado de uma castanheira e me perguntava como uma unica célula inicial produziu duas coisas tão diferentes. Quando eu saía do meu casulo e ia para o lugar dos feios e desventurados que buscavam ouro na selva para retornar triunfantes na civilização, como era a mina de Serra Pelada, e dava uma esticada até a cidade de Marabá, comprava livros, um monte dêles (arrumei até uma luneta para ver o céu e um microscópio rudimentar para observar a lama dos pantanos e cada fôlha ou bichinho que atravessava meu caminho), muitos cadernos e tons of canetas, lápis de cor para desenhos e voltava correndo para meu casulo, desenhar as cenas que só eu via na escuridão e no coração da selva. Sei que será fantasia dizer isto, mas seis ou sete anos depois fiquei tão anormal e psicótico que acreditei que desenvolví uma espécie de empatia para com as coisas da selva, que eu entrava nos corpos das árvores e dos bichos e penetrava com visão microscópica até suas células e átomos para entende-los e me pegava ás vêzes na minha rêde de dormir a sonhar que conversava com um espirito selvagem que sentia emanar da selva. Outras noites ao anoitecer eu apontava a luneta para o céu e ficava horas observando o céu limpido e admiravelmente estrelado visto da selva e me perguntando – de onde, diabos, veio tudo isso?! E adormecia sonhando que falava com estrêlas, galáxias, até ter pesadelos acordando de repente com a cena de estar explodindo junto com o Big Bang – influencia dos livros de Ciências que roubava da biblioteca da universidade ou adquiria nas lojas onde não resistia a comprar os livros sôbre as grandes teorias cientificas: aliás, o método cientifico era uma das unicas coisas que apreciava da civilização dos homens lá fora, pois êle me esclarecia sôbre os recursos do mundo material e explicava muitas causas das coisas que eu queria entender. Mas a luneta mostrando o mundo estrelado à noite e o microscópio mostando o mundo invisivel e pequeno no dia começou a me fazer ficar obcecado por certos padrões comuns, como por exemplo, o mais grosseiro dêles , que é o fato dos building blocks do céu, os sistemas estelares, ser constituidos de nucleo e ter corpos na periferia, com a célula e átomos tambem terem nucleos e corpos na periferia. Porque corpos originados na Terra, com milhares de outras alternativas para escolherem, foram escolher seus building blocks exatamente à imagem e semelhanca do que suporta o Cosmos, e se os átomos surgiram primeiro, porque o sistema estelar imitou sua configuração, seu jeitão geral, e se a célula surgiu depois, porque ela imitou o jeitão do sistema solar?! Tinha que ter elos entre estes dois mundos, talvez os recursos pairando nos céus tivessem influenciado a divisão da célula inicial. Mas quais?!

As teorias cientificas recusavam ver os possiveis mas evidentes elos, era eu que estava no “wrong track”, estas teorias fantásticas diziam e eu abaixava a cabeça aceitando, afinal o que era eu, senão o patinho feio escondido na lata de lixo? Mas eu reagia de algum modo pois elas eram muito baseadas no desenvolvimento do raciocinio matematico, ao qual eu procurei entender um pouco como funciona. E acabei por afirmar a mim mesmo que tinha algo errado com as teorias porque a lógica matematica não poderia ser a lógica natural porque a Natureza criou coisas, como a reprodução de corpos, os pensamentos, etc, que foram saltos criando buracos dentro da lógica matematica. Quando a evolução dos répteis chegou aos dinossauros ela não seguiu a lógica do raciocinio matematico aduzindo complexidade e se dirigindo na direção do mamifero, mas ela, a evolução, ou seja, o normal fluxo dce causas e efeitos, descartou o dinossauro e regressou ao pequeno cyanodonte para dele chegar ao mamifero. Holes. buracos no nosso percebido espaço/tempo, não capturáveis pela lógica matematica por que esta é linear e não abre pausas para o espaço contrair e o tempo regredir do futuro em direçao do passado, mas nem por isso são buracos fantasmagóricos ou supernaturais, pois eles podem ser captados pela lógica da Razão se esta retornar ao seu reino real e não teórico. Eu podia estar no caminho errado, mas as evidências sugeriam que a civilização lá fora com sua poderosa inteligencia tambem estava num caminho errado. O reino real tinha que falar mais idiomas que a matematica. Mas quais? Eu perguntava às árvores e bichos da selva durante o dia e ao céu estrelado durante a noite.

(xxxx)

Então … porque a Natureza criou dois tipos diferentes de células e determinou que todas as futuras geracoes da celula vegetal ficariam plantadas, imoveis, recebendo seu alimento gratuitamente na boca, e todas as futuras geracoes da celula animal mover-se-iam, caminhando para “obter o pao com o seu suor”?!

Esta’ na resposta a esta questao um dos maiores indicios de qual o proposito da existencia do Homem na Terra. E queremos saber a explicacao, pois esse assunto e’ um dos mais importantes, ja’ que devido a essa obra da Natureza, consumimos a maior parte do nosso tempo trabalhando, cacando os recursos para satisfazer nossas necessidades, e muitas vezes alguns passam a vida toda torturados num trabalho indesejado. Enquanto isso a arvore frondosa nos espreita sempre de bracos cruzados… mas foi justo essa especie de maldicao sobre os seres do reino animal que salvou a vida da Matriz Universal, e esta especie de presente de grego ao reino vegetal que os condenou a se tornarem um beco sem saida determinado `a extincao.

A resposta surge quando observamos o corpo de LUCA (Last Universal Common Ancestor), o verdadeiro criador da Vida na Terra. (Infelizmente esta imagem das celulas nao esta’ terminada, pois falta inserir e enfatizar as setas que indicam o circuito sistemico, o qual fara o leitor imediatamente perceber a mesma configuracao da imagem de LUCA. Mas a inclusao das funcoes ao lado dos nomes de cada organela sao uteis nessa visualizacao). Enfim, resumindo a explicacao temos:

“LUCA era dotado do livre-arbitrio. E uma das importantes escolhas que ele podia fazer era algo entre estas duas alternativas:

1) Tornar-se um Sistema Natural Fechado em Si Mesmo: Esta alternativa implicaria em viver num paraiso, eternamente, pois teria o alimento gratuito, seria hermafrodita para poder viver 24 horas no orgasmo, mas com a disvantagem de ter que cortar relacoes com o mundo externo ao seu corpo, inclusive com qualquer outro ser vivente. Escolher esta alternativa seria  a revelacao ou expressao maxima do egoismo e LUCA fecharia as portas `a Evolucao, tentando eternizar sua forma que certamente era uma forma provisoria;

2) Continuar como seus ancestrais, sendo um Sistema Aberto ao mundo, a outros seres, todas as vantagens e disvantagens que isto acarreta. Esta alternativa seria escolhida por uma personalidade nao-egoista, e manteria as portas abertas `a Evolucao.

LUCA, nosso ancestral, cujo DNA hoje e’ a nossa essencia, o que significa que LUCA era nos mesmos a 4 bilhoes de anos atras, escolheu a primeira alternativa. Basta uma rapida olhadela em sua anatomia e seu mundo para ver  o paraiso, o manah caindo do ceu, o hermafroditismo e o total isolamento.

Mas LUCA errou num detalhe: eternidade. A Historia mostrou que LUCA como sistema fechado nao era eterno.   No corpo do Homem hoje observamos o fenomeno em que, todas as informacoes particulares, especificas, de todas as celulas diferenciadas, inclusive das partes superficiais do corpo, sao resumidas numa miniatura denominada genoma, encontrado quase no centro do corpo de onde e’ emitido para gerar outro corpo humano. Pois com LUCA aconteceu algo similar. Coimo LUCA era um ser meio-mecanico/meio biologico, podendo tambem ser explicado pela mecanica Newtoniana, esse mesmo processo vai cahamar-se entropia, um principio da termodinamica.  De alguma maneira,  a materia da superficie do sistema, sutil e muito lentamente comecou a se decompor, a irradiar suas unidades que sao bits-informacao, mas como LUCA era uma ilha cercada pelo nada, e a materia necessita de um meio para se mover, estes bits nao eram lancados para o espaco externo, mas sim decairam na direcao do centro ou nucleo do corpo de LUCA. Por um processo mais complexo que descrevemos em outras partes deste website, estes bits, como unidades geneticas, quando em queda podiam encontrar obstaculos no meio do caminho, como por exemplo, um planeta. E aqui se juntaram. Como, na verdade, eram fragmentos do genoma de LUCA, quando expelidos tentaram fazer o mesmo que fazem no corpo humano, ou seja, reproduzi-lo.  Reproduziram aqui na Terra, da melhor maneira possivel com novos materiais e num ambiente totalmente diferente,  o corpo de LUCA, que resultou, em alguns lugares,  no sistema celular vegetal e em outros, no sistema celular animal.

Mas a celula vegetal foi a reproducao mais bem sucedida, uma copia fiel, contendo como organelas todas  as sete funcoes universais executadas pelos sete orgaos do corpo de LUCA. Por isso ela esta’ conectada direta mente ao Sol, de onde recebe o alimento e faz a fotossintese.  Mas esta fidelidade ao seu progenitor significa tambem que ela herdou o mesmo carater: expressao maxima do “selfish gene”, so nao se tornou um sistema fechado perfeito porque isso era impossivel, mas mesmo assim, ligando-se com o planeta por baiso e a estrela por cima ela praticamente cria um circuito de sistema isolado e auto-reciclavel, ou seja, aquele em que os nutrientes sao produzidos e consumidos pelo circuito sistemico.

Quanto a celula animal, precipitou-se, ou foi abortada prematuramente, pois ainda nao havia recebido ou completado as constituicoes das ultimas pecas, que e’ o instrumento material da Funcao Universal n.6 e n.7, e saiu-se a mover. Como podemos ver no corpo de LUCA, a F6 e’ ocupada pela estrela, cuja versao terrestre e’ o cloroplasto, por isto o cloroplasto trabalha a energia da estrela. Os poucos “genes cosmicos” que havaim adentrado o corpo da celula animal, nao conseguindo completar-se como a organela cloroplasto, aderiram `a vizinha mitocondria, dando a esta um reforco tecnico que resultou numa melhor operacao e producao do ATP. Quanto aos genes da Funcao 7, que em LUCA produziu o cadaver estelar e correlato horizonte de eventos, ou por toda a regiao para onde e’ excretada a materia degenerada do cadaver, e cuja tarefa ‘e limpar o sistema dos detritos e tudo o mais inutil,  vieram ainda em numero tambem pequeno e conseguiram apenas uma especie de caroco do que iriam fazer, que e’ a organela denominada lisossomo. Com a evolucao da primeira celula animal e sua culminancia atual na forma de corpo humano, este ainda ressente de um sistema escretor que mal funciona e mal desenhado, inclusive com baixa operacionalidade o que resulta em materia fecal retida no organismo, enquanto o vegetal nao tem esse problema.

Mas foi realmente uma maldicao o destino dado `a celula animal e a toda suas futuras geracoes? Penso que nao. Enquanto o reino vegetal nao tem como e nao quer evoluir, pois a facilidade da fotosintese o acomoda num modo super-especializado de ser, e portanto esta inexoravelmente condenado `a extincao, seja alntes por alguma causa ou entao quando o planeta mudar e nao mais suportar a vida,  a celula animal sofreu, mas lutou e transcendeu ate chegar a constituir-se na especie humana. E como continua a manter as portas abertas `a evolucao, e’ possivel que jamais seja extinta, pois a humanidade pode emigrar quando o planeta mudar.

Voces devem ter notado a semelhanca desta historia com a fabula metaforica na Biblia, sobre Adao no Paraiso. Sim, mas este e’ assunto para outro artigo.

Super-Preocupante: 7,2 bilhões! Esta Bomba Populacional e o Estrago no Planeta sera o Inferno para Seus Filhos!

terça-feira, julho 16th, 2013

Ninguem me tira isto da cabeça; “As Mulheres São as Culpadas da Destruição da Humanidade e São a Perdição dos Homens Analfabetos. É Peciso que a Mulher Vença o Sexismo que Domina sua Cabeça e Todo Seu Comportamento! Antes que Caia como Eva caiu Pelo Mesmo Pecado”

Baseado no artigo:

Now 7.2 billion humans, and counting

http://earthsky.org/human-world/un-reports-global-human-population-now-7-2-billion-and-counting

O mapa dos países do mundo pela população total, com as áreas mais escuras indicando as maiores densidades populacionais. Image via Wikimedia Commons

Este mapa mostra a distribuição global das 400 maiores áreas urbanas com no minimo 1.000.000 habitantes em 2006. Note também a porcentagem da população global vivendo ao longo da costas, no litoral ( razão pelo qual poderia ocorrer uma elevação do nível do mar o que da ideia da enorme catástrofe se isso continuar). Map via Wikimedia Commons; statistics from Mundi Index World Demographic Profile 2013.

Meu Comentario Postado na EarthSky:

Avatar
TheMatrixDNA • a few seconds ago

Eat the apple that Eva offers to you Adam! Don’t worry that will be a second Fall…a third… one day our spirit will learn the lesson and will do different…

– – – – – – – – – – –

Opiniao do Autor:

Pelo menos isso elas deveriam assumir, com urgência, com energia, com responsabilidade, com religiosidade cósmica: punir as que dentre elas estão gerando mais que dois filhos, sejam pobres ou ricas. Aqui não tem discussão, não tem justificativas nem senões. E coibir a gula feminina e consumo do supérfluo, que tem arrastado a população masculina para fora de sua tendencia a evolução mental filosofica e trazendo o homem para o retorno dos ancestrais impulsivos animalescos! De que adiantara as bandeiras do feminismo num planeta totalmente deserto e em nenhuma vida!

Bem… a minha visão é diferente de todo mundo porque me baseio numa versão da Historia Natural Universal que ninguém mais.. conhece… e claro, tenho consciência que minha visão do mundo pode estar mais errada que todas as outras… apesar que nos últimos 30 anos são os eventos reais, os fatos como fenômenos naturais comprovados cientificamente, e não opiniões humanas, nem mesmo a minha, que apontam estar a minha mais certa que as outras.

A Vida foi produzida por esta galaxia e dentro dela, indiretamente. Diretamente foi produzida pelo Sistema Solar, o planeta e mais esta estrela chamada Sol. O resto, as outras teorias, são meros devaneios mentais sem suporte nos fatos aqui e agora. É preciso ter o modelo correto do que é a galaxia e o sistema solar para entender o criador da Vida e entender o que é a Vida, sua criatura. E pelo meu conhecimento só existem dois modelos neste momento que resistem a todos os fatos confirmados conhecidos desta galaxia e deste sistema solar: o Modelo da Ciência Acadêmica e o meu modelo cosmológico dentro da teoria geral denominada ” A Matriz/DNA Universal”.

O modelo cientifico em nada colabora para se ver a galaxia e sistema solar como ancestrais últimos não-biológicos dos sistemas biológicos – ou seja, vivos. O pensamento cientifico se acomodou na absurda crença de que a Historia da Evolução Universal esta separada entre Evolução Cosmológica, que vai desde o Big bang ate a formação desta galaxia, e a Evolução Biológica, que viria do RNA-World ate o ser humano. O meu modelo descobriu o link entre as duas evoluções. Era a própria galaxia. Ela não é simplesmente organizada pelas leis eletro-magnéticas e mecânicas – descritas suficientemente pela Física e a Matemática – mas ela apresenta uma cobertura com um inicio primitivo de leis biológicas, e ai estava sua capacidade para criar sistemas biológicos. O meu modelo apresenta uma galaxia muito mais racional, do ponto de vista material e simplesmente, naturalmente, histórico. E o modelo mostra que nesta galaxia já existiam os principios, as forcas, que mais tarde se revelariam como este fenômeno que denominamos masculino/feminino. O elemento feminino esta no trono da galaxia, é o elemento dominante contra sua contra-parte simétrica, o masculino. Ela regula e controla as leis, o estado da galaxia, com seu trono nuclear no centro desta galaxia. Ela é a Rainha-Mãe e que foi muito bem reproduzida nos primeiros seres vivos ainda herdeiros quase diretos, como abelhas e formigas: estes insetos apresentam um modelo social exatamente igual ao da galaxia. E esta galaxia foi a a nossa perdição na forma de nossos ancestrais primitivos ainda semi-biologicos. Ela escolheu o caminho errado de criar para si um paraiso encantado com pretensões de eternidade oferecendo o maximo do prazer material, um sistema fechado em si mesmo, cortando relações com tudo mais o que existia no Universo, fechando as portas a sua propria evolução, indo contra os desígnios de algum possível criador dela mesma, existindo alem dela, talvez a nível universal, ou ainda talvez a nível extra-universal. Ela chamou para si a ira e a capacidade de cirurgião corretivo do criador maior, que desfechou contra ela a forca da entropia, a forca da morte. Pela desintegração entropica e destino de seu pó, estamos aqui agora nos arrastando, começando arduamemte tudo de novo, não apenas com a liberdade de escolher o outro caminho, mas com a obrigatoriedade que a seriedade da questão merece.  Não mais a Rainha-Mãe com sua ideia estupida, extremamente egoísta, leviana, inconsequente, instintiva sem a menor ponderação da inteligencia. As mulheres de hoje tem que saber quem foi a verdadeira EVA, para que mudem, para que evitam cair na mesma armadilha, para que tenham outro mais que o terrível destino que apanhou nossa intempestiva ancestral. E o homem de hoje tem que aprender quem foi o verdadeiro Adão, porque ele se deixou levar estupidamente pelos desejos impossíveis de Eva, não mais ouvi-la, não mais cair por seus encantos animalescos, se não quiser mais vez repetir o mesmo enredo e ver-se arrastando de novo na lama de algum outro mundo.

Esta super-população faz parte do intento de reprodução genética desta galaxia aqui na superficie deste planeta. Ela precisa do maior numero de operarios para elevar o poder da rainha-mãe, a ultima peca biosférica na montagem de uma maquina descrita pela mecânica newtoniana. Ela precisa expulsar daqui esta emergente propriedade inteligente da auto-consciência que veio do criador do Universo e ameaça seu futuro, ameaça-a de se reproduzir e continuar a existir com seu novo falso e estupido paraiso. Ela precisa que que os genes do novo baby universal sejam cada vez mais fragmentados em informações cada vez menores e portanto mais fracas. Dividir para reinar! É isto que significa esta super-população. Depois sera apenas necessário eliminar todo o proletariado com uma tragedia climática e sobrarão apenas os humanos no poder que tiveram suas mentes modeladas como maquina. O desaparecimento da quase totalidade desta humanidade! Numa grande tragedia de choros, ranger de dentes, torturas. Um assassinato em massa! O cérebro eletromecânico foi criado, as maquinas substituem os operários, os quais traziam informações, eram genes da auto-consciência cósmica, a qual sera abortada como feto morto. Temos que acordar estudando agora todos os fatos reais como fenômenos naturais para tentar conhecer e entender este n mundo e ter uma visão clara do caminho que estamos trilhando, o destino que aguarda no fim deste caminho.  Temos que trazer os dois modelos para a mesa, e mais se algum houver, temos que nos debruçar sobre eles comparando com o mundo real… descobrir qual a nossa verdadeira condição… agora, antes que seja tarde demais.

 

Novas Descobertas sobre sociedade de formigas, mais evidencias para Matrix/DNA e Debate na Wired

terça-feira, julho 9th, 2013

What Do Ants Know That We Don’t?

  • BY DEBORAH GORDON
  • 07.06.13
  • 8:30 AM

http://www.wired.com/opinion/2013/07/what-ants-yes-know-that-we-dont-the-future-of-networking/?cid=9568334

MEUS COMENTARIOS POSTADOS NA WIRED;

TheMatrixDNA • 9 hours ago

Ants are driven automatically by forces coming from LUCA, the Last Universal Common Ancestor. Everything that ants do, the body of LUCA do it since 10 billions years ago. See the picture of LUCA and see the social organization of ants, bees: every mechanism, process, group functions, etc. are the same at the two pictures. Ants are guided by the sum of the forces of their atoms and the environment, both created and ruled by this process of biological reproduction of LUCA at Earth surface. The worst thing is that we see the same social configuration at the utopia Brave New World, ruled by a Big Mother, as happens at LUCA’s body. We are going to be such ants` zombies because LUCA is the most perfect machine, described by Newtonian mechanics. Ants does not know anything else than we know, they are guided like us by an agent that was our ancestor, he surround us, but humanity still did not learn to see it. ( the LUCA~s picture is at my website, only, sorry.)

YOYO • 15 hours ago

Ants are retarded.

I once watched several ants charge about all day on a table a not once did they stumble over the sugar. Their random search pattern was deeply lacking.

TheMatrixDNA  DaYOYO • 10 hours ago

The explanation is that sugar over table is not supposed to exists by the natural forces guiding the bodies of ants. They are guided to find food at the places that it naturally occurs. Remember that ants’ genetics and the natural environment are created by a unique creator – Nature – which created the lines of connections between them. So, ants are retarded, they are merely automaton guided by natural blind forces that composes extraordinary engineered systems.

DaYOYO  to   TheMatrixDNA • 18 hours ago

What would you recommend?

TheMatrixDNA  DaYOYO

DaYoYo: Do you get light without wires between the wall-plug-in and the lamp? A table is an artificial environment, not natural, so, Nature can not applies its forces as usually she (it) does. Same thing will happening with AI (Artificial Intelligence at computers made off non biological substances). I think that the expression “random patterns” is nonsense. If there are patterns, there is no randomness, at least, this is a premise that I obeyed when observing natural dynamics of biological elements. Patterns means  ” under control of some evolutionary lineage”, then, we must looking for the source of control. I recommend the observation of ants at their natural habitat where the invisible cables for connections among atoms, molecules, cells and the surrounding environment are naturally created. But, then, a new world full of unsuspected phenomena will appears for you. As example, think bout this question: Where and how is the connection-link between yours shape as a kid and yours shape as an adult? Which kind of informations has flowing inside this link? Of course, must have a link, it is not really existent but it is known: the process of life’s cycles. It happens that these kind of natural links are about dimension time, which is not visible and not manifested at space dimension. Then, the control driving ants from one step to the next is the system identity that is encrypted inside their DNA and inside the whole biosphere. But you only will easy understand this complex issue seeing the natural Matrix formula. Before that, be advised that this whole thing is merely a theory yet, under testing.

stedge • a day ago 

They would do really well in some professions, I’m thinking cops, stockbrokers, product managers…

TheMatrixDNA  stedge • 20 hours ago

Human professions are systemic functions of a social system that mimics the functionality of natural systems, like atoms, cells, galaxies. Ants do well some professions, inventing them before humans existence, because our ancestor galactic system is composed by parts doing those functions. See the picture of a building block of original galaxies, and see how each non-living element already does those functions. Ants and bees were a successful phenomena of this long process of genetic reproduction of our non-biological ancestors, like galaxies.

Krutawn • 10 hours ago

Someone has spent too much time watching ants.

TheMatrixDNA ( NAO PUBLICADO)

Krutawn:  “Someone has spent too much time watching ants.”

Krutawn, at ants and bees societies lays the most profound secret of Nature, which can be the solution for to save human mind from falling as slave into the horrible destiny that the dark side of Nature is leading us. You are not seeing how ants and bees societies works as perfect machines, like biological living motors. These social systems are reproduction of the system that created biological systems, aka life, here. This creator system is described by Newtonian mechanics because that’s it, a machine. The whole biosphere is going to be the reproduction of this machine, human beings will be merely a central, nuclear, piece of this machine. Somebody already grasped it, like Huxley in The Brave New World, and Orwell with his Big Brother. Look to the kids how they love video games and this kind of mechanical technology. Look at computers. It was not this planet alone that created us because there is no life without sun’s energy, so, it was the solar system and every creature is reproduction of its creator, does not matter if the environment or the substances are different and causes great mutations. Nature has applied a unique formula for organizing inertial mass/matter into systems, but this formula has two faces, two sides. One is about perfect closed system, which is a closed door to evolution, because it becomes an eternal machine, and this side was chosen by astronomical systems, by plants’ cell system, it driven ants and bees into systems, it is the dark side; the other side is towards opened systems, a open door to evolution, chosen by animal cells, it is a rebellion against our natural creator. But we have the dark side encrypted at our DNA, expressed as selfish genes, pulling us towards to build the closed social system. I think that it is not evitable that our body is going to the Brave New World, but if we know who is the Matrix – ant ants societies are good source for this knowledge – we can elude it, keeping our mind free, and our mind free will leads us to outside the body of this creator, by getting the knowledge for spatial travel. I think that Deborah’s job, like of thousands of scientists observing Nature and reavealing its secrets is the most heroic job for human kind. Ants and bees failed eternally under the control of this creator, because they have no intellect, so, it is easy for the forces flowing inside their atoms driven the whole body into the mechanic connections. But we have mind, we can be great than the forces inside us and modelling this biosphere escaping out of this horrible destiny, if more scientists do these jobs.

 

– – – – – – – –

ANALISE DO ARTIGO:

Ever notice how ant colonies so successfully explore and exploit resources in the world … to find food at 4th of July picnics, for example? You may find it annoying. But as an ecologist who studies ants and collective behavior, I think it’s intriguing — especially the fact that it’s all done without any central control.
Minha resposta postada no artigo:
TheMatrixDNA • 17 minutes ago
Deborah, you could making your life easiest if you spent a few minutes listen to me. I did what you can’t do: living about seven years isolated at Amazon jungle studying the whole picture, this biosphere and the surrounding astronomic system. As an ecologist studying collective behavior of biological systems like ants we need trying to understand the ancestor system that created biological life, and it was this whole galaxy, the Milk Way. Natural systems are made of by a natural universal formula (see the formula at my website, called “The Matrix/DNA”)  and collective behavior is result of actions from this formula organizing elements into a new shape of system. This formula is seen at the fundamental unit of information in DNA, a horizontal base-pair of nucleotides, and it is seen as the building blocks of galaxies, but we go further seeing it building the atoms systems, and furthest, we see it as any natural light wave. We see the forces, the mechanisms and process that ants applies as brute natural forces flowing inside the formula. You belief that “ants do it without any central control”, because you are not seeing the source of this control, it is inside the ants genetics and it is modelling the biosphere surrounding the ants. Ants has no brain or intelligence for inventing something new, neither complex mechanisms for social organization, they are automatons driven by the forces inside their bodies which becomes their instincts. If this theoretical formula is wrong ( I am testing it just now), at least you will discover news about natural systems never seen before, you will not losing your time and I am sure, you will boost yours understanding about collective behavior, helping my own research as feed-back.
– – – – – – –
WIRED/Deborah: What’s especially remarkable: the close parallels between ant colonies’ networks and human-engineered ones. One example is “Anternet”, where we, a group of researchers at Stanford, found that the algorithm desert ants use to regulate foraging is like the Traffic Control Protocol (TCP) [updated with correct spelling] used to regulate data traffic on the internet. Both ant and human networks use positive feedback: either from acknowledgements that trigger the transmission of the next data packet, or from food-laden returning foragers that trigger the exit of another outgoing forager. 
Matrix/DNA:
 networks
Deborah: Both ant and human networks use positive feedback
But… yours own body uses the same positive feedback, same algorithm, as do it the organelles inside cells systems, particles inside atoms – and astronomical bodies inside galaxies… This network, be it applied by ants or by human-engineered ones is used by Nature since the Big Bang and the force behind it is called ” the process of life’s cycles”. When a human body is a kid at 07’s,  his/her DNA has informations that triggers the transmission of the next data packet, which is the same body as a teenager shape, at 14’s.  But… the teenage shape is brought by returning adults shapes of a precursor cycle, the parents life cycle. It is clear when you see the natural formula for systems. I have a question for you: how dispersed molecules/organelles, like mitochondria, ribosomes, lysosomes, etc, were joined into the cell’s system? The best theory today is Margullis symbiotic theory. But… which are the informations flowing inside the channel that works like a link among ribossomes to mitchondrias to lysossomes? Answer: the force or process called “life cycle”. All these organelles are different shapes of a unique system under a unique life’s cycle. Ribossomes makes the same function that matured sexual young do in relation to a human life cycle, and after that, the function that they do in relation to the human family system (you can ask me this). At Matrix/DNA formula you see the same differentiation of shapes of a unique body creating the seven kind of astronomical bodies, from pulsars to stars to planets, etc. These networks were not invented by ants neither human beings, Nature did it 13, 7 billions years ago when joining ghosts vortexes into quarks, leptons, and after that when joining quarks into protons, neutrons, etc…. and maybe before the Big Bang… Now we are discovering that there is another deep force behind the process of life`s cycles: teh different shapes of frequencies that composes a natural light wave. Resuming: the first phenomena, or first cause, behind these networks… is natural light. Ok, we can debate each issue I wrote here if you keeps yourself talking only about facts, known natural phenomena, not other theories.
– – – – – – – – 
Deborah: ” Restraint therefore emerges as the best strategy at the colony level. Long-lived colonies in the desert regulate their behavior not to maximize or optimize food intake, but instead to keep going without wasting resources.
Matrix/DNA:
Deborah: ” Restraint therefore emerges as the best strategy at the colony level.
Ants colonies does not regulate their behavior by themselves. There is no ants strategy, ants have no brain, no intelligence for calculating the stock of resources and which quantities can be wasted, because ants and their colonies does not know about future. It is all about the ability of natural systems balancing automatically the input and output like keeping a thermodynamic equilibrium.  The self-control can be seeing at Matrix/DNA formula for natural systems, it is very difficult to explain with words, but we can grasp the systemic dynamics with our intelligence. It is the identity of the whole ant social system plus the identity of the external systemic environment that works automatically to fit the future, because the circuit of informations of these systems is the same circuit of any life cycle, where past, present and future are encrypted into a unique code, like DNA. The circuit keeps the balance between the input and output of resources like the force of life cycle leads a kid’s body (the input) with the right quantity of resources towards the needs of a teenager’s body (the output) automatically. There is nothing seeing the future, there is nothing doing strategies about the future, because the past and the future are always encrypted with the present into a unique internal circuit of informations.  For a better understanding we need know the process by which matter is organized into functional working systems. First there is a unique shape of several bodies containing the same kind of matter( adult ants in the desert or stars in the sky). Then Nature inserts the force of life cycle, making several different dispersed shapes of a unique species.  Then, Nature take each one of these shapes and connects then in the same sequence of life cycle. Finally you have a working system. The flow of a life cycle becomes the systemic internal circuit connecting its parts. This was the method used for creating the first atoms from particles, the first galaxy from astronomical bodies, the first cell system from dispersed organelles, the ants social system, the human ideal family and now, the human social systems. But… neither Nature has strategies about the future, Nature does nothing, Nature does not insert an invisible force called life cycle. It is all about natural light, waves of light, which has the different frequencies of a life cycle course, invading inertial matter, as explained by Matrix/DNA Theory.
( Interrompido aqui a analise do artigo, para voltar mais tarde)  

 

 

LUCA e as Origens da Vida: Criatura Parecida com Rocha Tem Vida. Pesquisar Vanadium

segunda-feira, julho 8th, 2013

Crazy living rock is one of the weirdest creatures we’ve ever seen

(Rocha viva é uma das mais estranhas criaturas que temos visto)

http://grist.org/list/crazy-living-rock-is-one-the-weirdest-creatures-weve-ever-seen/

 

pyura_chilensis Rocha Viva Produtora de Vanadium

pyura_chilensis Rocha Viva Produtora de Vanadium

 

Anotacoes Importantes:

1 – Matrix/DNA: O conhecimento da formula da Matrix/DNA, na forma de LUCA explica todas as caracteristicas desta criatura, de onde veio cada uma delas. Mas tambem o fato de que a criatura emite espermatozoides e óvulos para o exterior formando uma especie de nuvem ao seu redor, e o fato de que eles podem se unirem e gerarem novas criaturas, é mecanismo vindo das origens da materia no Universo, quando nuvens de vórtices spin right e spin left levando a conexão entre os dois geravam as primeiras particulas fundamentais, tais como quarks e leptons.

2 – It’s also completely immobile like a rock — it eats by sucking in water and filtering out microorganisms — and its clear blood mysteriously secretes a rare mineral called vanadium.

3 – Also, it’s born male, becomes hermaphroditic at puberty, and reproduces by tossing clouds of sperm and eggs into the surrounding water and hoping they knock together.

4 – Self-sexing vanadium-secreting intestine-rock thing is actually calledPyura chilensis (terser, though less descriptive), and it’s found off the coast of Chile and Peru. Locals eat it raw or in stews, and non-locals describe the taste as “bitter” and “soapy” with a “weird iodine flavor.” Sort of what you’d expect from a meat-rock, I guess? Maybe that’s the vanadium, a mineral also found in crude oil and tar sands — creatures like P. chilensis can have up to 10 million times more vanadium in their bodies than is found in the surrounding water, for no obvious reason.

5 – P. chilensis can often be found in densely packed aggregations of thousands or small handfuls of just a few, or they can be found on their own — in which case they must reproduce asexually, as there is no way of them moving to find a mate. This means P. chilensis is hermaphroditic, with the gonads of both a male and a female that can release eggs and sperm simultaneously to meet as a fertile cloud in the surrounding water. If the sperm-egg collisions are successful, they will produce tiny tadpole-like offspring that will eventually settle onto a rock to grow into the adult form.

6 – I’m going to be looking more carefully at rocks in the future. Also possibly trees and dirt. Who knows what apparently inanimate objects might be filled with innards and holding perverse “selfing” orgies right in front of our noses?

PESQUISA: 

– Vanádio é um elemento químicosímbolo Vnúmero atômico 23 (23 prótons e 23 elétrons) de massa atómica 51 u que, nas condições ambientes, é encontrado no estado sólido.

– Está situado no grupo 5 (VB) da tabela periódica dos elementos. É um metal dúctil, macio e apesar de ser bem mais abundante que o cobre, com uma abundância crustal de 160 ppm, forma poucos minerais. A razão do vanádio formar tão poucos minerais reside no  facto de o ião (ion) V3+ ser geoquimicamente semelhante ao ião Fe3+, um ião abundante e constituinte de muitos minerais. Assim, o ião V3+geralmente substitui o Fe3+ nos minerais (notavelmente na magnetita) em lugar de formar os seus próprios minerais.

Matrix/DNA: Bem… a coisa começa a fazer sentido quando o Vanádio tem semelhança com o Ferro. Enquanto LUCA produzia o ferro para ser o amnion contendo dust e cometas, o p. chilenses que imita LUCA fielmente não pode produzir o ferro então produz vanadio, o qual, por dedução, deve ser atuar como amnion aos seus espermatozoides e ovulos lançados na agua. 

( continuar pesquisa do vanadio)

A Real Matrix: Herança Genética Da Maquina Astronômica Modelando a Cultura da nossa Voluntaria Escravidão

sexta-feira, junho 28th, 2013

The Land of the Blind: The Illusion of Freedom in America

http://www.gilmermirror.com/view/full_story/22970623/article-The-Land-of-the-Blind–The-Illusion-of-Freedom-in-America?instance=special_coverage_bullets_right_column

By John W. Whitehead

June 24, 2013

Opinião deste Autor:
Não é o tema do brilhante artigo abaixo relacionado com o comportamento do governo americano que me interessa apenas, mas sim o comportamento da inteira Humanidade e quica, desta biosfera terrestre. Por isso intervenho no website daquele autor postando o comentario que podes ver abaixo. Ninguem pode negar que estamos dentro de uma maquina natural que funciona perfeita. Nos existimos na superficie de um planeta que esta orbitando em torno de uma estrela, a qual esta orbitando em torno do nucleo desta galaxia, e ela funciona como um relógio perfeito. Enquanto ninguem mostrar alguma outra coisa existente alem desta galaxia que teria estado aqui criando a Vida, e através dela, nos criando, o nosso criador só pode ser a galaxia, uma maquina funcional. Tanto é uma maquina automatica que a melhor descrição humana para ela ainda é a da mecânica Newtoniana.
Essa maquina fez a biosfera, e nela, o DNA. Portanto ela nos rodeia por todos os lados e ao mesmo tempo esta dentro de nos, dentro do nosso centro diretor. Ninguem pode negar que essa maquina dentro de nos é nossa herança, nossa carga genética. E essa maquina por trás da biosfera inteira nos impõe um comportamento que coincide com o comportamento que nos dirige desde dentro, portanto o exterior controla para que o interior não saia fora do seu modelo. Isto tudo é a Matrix. Uma Matrix que nada tem de virtual, supernatural, e parece não ter proposito outro que não seja sua eterna existencia.  A Matrix é puramente natural, é a Natureza em si mesma.
A Matrix tem tido longa existencia ( ja conta 13,7 bilhões de anos), portanto nos parece eterna, mas ela muda de formas, e para tal, ela morre temporariamente com a certeza de que ira ser reciclada ressuscitando. Sua morte é produzida pelo processo da entropia que existe a nivel universal, alem dela, pois ela não consegue evita-la. A entropia a faz fragmentar-se em seus menores fragmentos, que são seus bit-informação, poe-nos a girar caoticamente dentro de vortices, mas dos quais sempre emerge um principio de ordem que restabelece a configuração da maquina perfeita. A nossa biosfera foi assim construida sob o estado de caos, produzindo essa biosfera selvagem e tempestiva, a 3,5 bilhões de anos, mas todos os elementos dessa biosfera vão lentamente se acomodando pela forca do processo da ordem. Nos humanos somos um destes elementos, seremos por forca invencível da Natureza, mais uma peca da maquina que vai finalmente se instalar aqui. Portanto, nenhuma surpresa que governantes dirigem seus sistemas sociais para esse destino de maquina, e nenhuma surpresa de que nos mantemo-nos submissos a esse destino, inconscientemente. No artigo abaixo o autor pinta o governo como se fosse o demonio, o unico demonio, mas o governo e composto por humanos, e todos os humanos são dirigidos inconscientemente para esse destino. As pessoas dos governos nao sabem o que fazem, ou seja, construindo sua propria futura prisão, para si e seus filhos. Para condicionar o cerebro humano a maquina tem usado os proprios humanos para erigirem uma forca irresistivel denominada “cultura”. Todos os simbolos da cultura, seus sons de linguagem, são virtuais, uma representação irreal da realidade para iludir nossa psicologia que metida a refletir o seu estado no mundo. Isso é perigosos para a maquina, mas a cultura e a sua ferramenta que anula essa ameaça.
Mas a galaxia não é o Universo e sendo menor que este, pressupõe-se que aquele seja mais poderoso. Pela logica, o Universo deve ser a mesma maquina, apenas uma sua forma primitiva, mais antiga. Mas o Universo sera o limite ultimo? Ou haverá algo mais alem dele que tambem tem influencia sobre as existencias aqui dentro? As evidencias estão sugerindo que sim, que existe algo alem da galaxia que nao ev uma maquina e esta atuando, ou tentando se manter e atuar aqui, para nos levar a um destino diferente. Essas evidencias são – o fato de que a galaxia certamente ev estupida e não consciente, portanto sua genetica nao teria sido capaz de produzir aqui dentro dela a auto-conciencia que emerge dos cerebros humanos. A substancia e genetica dessa auto-consciencia deve estar vindo de alguma fonte alem e independente desta galaxia, e no caso, ate deste universo. O fato de que esta auto-conciencia conseguiu descobrir e desmascarar a Matrix indica que temos dentro de nos uma forca que pode nos salvar do terrivel destino de zumbis-pecas do  modelo de maquina que o nossos ancestrais não conscientes tentam ainda impor a nos simplesmente deixando sua carga genetica atuar.
O resultado final jamais imaginado antes em que cai com essa minha mania de investigador naturalista foi esse. Eu vi a imagem, a cara da Matrix. Talvez foi uma ilusão de óptica como as comuns que atacam torturados no deserto e nas selvas brutas. Mas para mim tudo faz muito sentido racional, penso que a ameaça existe, penso que a oportunidade de eliminar a ameaça tambem existe, e como não tenho mais nada em que investir minha vida, assumo como minha missão ficar repetindo isso para quem eu puder fazer ouvir.  Se estiver tudo errado, não causarei prejuízo algum a Humanidade, tudo sera rapidamente esquecido, mas se tiver certo, apenas a menção dessa Matrix sera a semente que facilitara o trabalho daquela fonte alem deste mundo – se é que ela existe.
Uma das formas de eu gritar apontando a cara da Matrix e chamar a atenção das pessoas para notarem-na, sera sempre tentando desmascarar os simbolos da cultura. Por exemplo, a palavra “lucro” é um simbolo da cultura que nos cega para o fenômeno de que sempre que obtemos algo que nao produzimos com nossas maos, esse algo foi produzido pelo suor e calejamento das mãos de outro ser humano. Então quando alguem diz que teve um lucro eu entro imediatamente dizendo que não, que ele acabou de praticar mais um ato predador. E assim que se vai desmascarando e dilapidando essa arma da Matrix.
O artigo abaixo tem interessantes insights sobre este tema, por isso o copio aqui para analisar isto depois com mais tempo. Mas antes veja meu comentario postado:
TheMatrixDNA – Less Than A Minute Ago

“… virtual slavery—a lifelong hibernation state—imposed by hyper-advanced artificial intelligence machines…”

I can’t understand why you are not seeing the obvious. We, humans, are under slavery, you are seeing it. The system is going towards to be a functional automatic machine, you are still seeing it. We, humans all life forms in this planete were created by a machine, described by Newtonian mechanics. You are forgetting to see it. There is a machine inside us and surrounding us, modelling us from inside and modeling us from outside. Driving us and the whole biosphere towards to be a reproduction of that machine, with new materials, new states of matter, as the liquid state. There is “the machine” ” the Matrix” , but it not virtual, not supernatural and neither intelligent. It’s all about Nature, the free course and flow of natural forces. The Brave New World under the political control of the Orwellian Big Mother – like any bees and ants colonies – but under the rules of the celestial machine, is irreversible, inevitable.

You need see it, and quick. The very fact that here there is something different from all properties saw in that natural machine, and that this “something different” can see the Matrix, is indicative that we have an opportunity for a freedom future. At human brains has emerged this thing called consciousness, productor of intelligence, hidden from the Matrix’s knowledge, we need exercising this property, we need a great calling for everybody to know that, at least in theory, there is an evil behind government, behind us, inside us, surrounding us, and if we do not be vigilant, we can make the story telling of the Bible, about Adam falling under the traps of the serpent, be real just now and here. And Newton will write the same history with his technical and scientific words. Go to my website to see the black face of the Universal Matrix/DNA, pictured as formula like a computer diagram of genetics software, see the shape of the serpent swallowing its own tail, see the tree, the fake paradise, the apple, and how happened the fall that crested this chaotic biosphere from where abiogenesis lifted up a flow of order, towards the reproduction of this celestial and natural machine. Do not focus on governments, they are victims, like we are.

Read more:The Gilmer Mirror – The Land of the Blind The Illusion of Freedom in America

– – – – – – – – – –

 The Land of the Blind: The Illusion of Freedom in America

“How far does a man have to go to be thought so dangerous that he needs to be locked away, physically separated from the rest of the world, behind stone walls and iron bars? Clearly, it is a last resort.”—Joe,Land of the Blind

In the Wachowskis’ iconic 1999 film,The Matrix, the protagonist Neo is wakened from a lifelong slumber by Morpheus, a freedom fighter seeking to liberate humans from virtual slavery—a lifelong hibernation state—imposed by hyper-advanced artificial intelligence machines. With their minds plugged into a perfectly crafted virtual reality, few humans ever realize they are living in a dream world to such an extent that most are willing to give their lives in order to preserve the system that enslaves them.

Sound familiar? It should, because as I make clear in my new book, A Government of Wolves: The Emerging American Police State (available on Amazon.com and in stores), we too are living in a fantasy world carefully crafted to resemble a representative democracy, while in reality we are little more than slaves in thrall to an authoritarian regime, with its constant surveillance, manufactured media spectacles, secret courts, inverted justice, and violent repression of dissent. And for the few who dare to challenge the status quo such as Edward Snowden, they are assured of being branded either as conspiratorialists, alarmists, lunatics or outright traitors.

Consider how quickly the government’s attack dogs went from defending the NSA’s warrantless mass surveillance of Americans’ phone calls to targeting and punishing any and all parties involved in the “leak” of sensitive information, including labeling Snowden a traitor, charging him with espionage and warning foreign governments against giving him refuge. Adding to the surreal drama, President Obama has begun preaching about the need for Americans to “trust” their government, insisting that the NSA’s surveillance is perfectly legal with no acknowledgment of the fact that the information leaked by Snowden shed much-needed light on government corruption, illicit programs and treachery on the part of our so-called representatives.

So well-oiled and interconnected are the cogs, wheels and gear shifts in our government machinery that it can be near to impossible to decipher where the fault lies when something goes awry. What some are slowly coming to realize, however, is that the mechanism itself has changed. Its purpose is no longer to keep our republic running smoothly. To the contrary, this particular contraption’s purpose is to keep the corporate police state in power. Thus, when hiccups, belches, whinges and jams arise, they are not being caused by the mechanism itself becoming faulty—its various parts are already a corrupt part of the whole. Rather, that’s the sound of someone jamming the mechanism and interrupting the smooth flow of the corporate state.

Just consider how insidious and incestuous the various “parts” of the mechanism have become.

Congress.Perhaps the most notorious offenders and most obvious culprits in the creation of the corporate-state, Congress has proven itself to be both inept and avaricious, oblivious champions of an authoritarian system that is systematically dismantling their constituents’ fundamental rights. Congress’ most grievous behavior, however, is its failure to bring the president to task, who for all intents and purposes now operates above the law. The precedent set during the Bush administration of Congressmen going along with senseless and illegal White House policies has turned the office of the president into an untouchable, unstoppable force.

The President.Despite having ridden into office on a wave of optimism and the promise of a new America free of civil liberties abuses, President Obama has proven to be a more effective manipulator of the American people than his predecessors. His presidency has been defined by “kill lists,” the murder of civilians in secret drone strikes, the assassination of American citizens, the continued operation of Guantanamo Bay, the championing of warrantless surveillance of American citizens, and most recently, the funneling of arms to al-Qaeda backed rebels in Syria.

The Supreme Court.The U.S. Supreme Court—once the last refuge of justice, the one governmental body really capable of rolling back the slowly emerging tyranny enveloping America—has instead become the champion of the American police state, absolving government and corporate officials of their crimes while relentlessly punishing the average American for exercising his or her rights. Consider that in the past month alone, the justices have determined that criminal suspects, who are supposed to be treated as innocent until proven guilty, may have their DNA forcibly extracted from them by police. They have decided that staying silent while the police question you may be considered evidence of guilt, despite the Fifth Amendment’s protection against self-incrimination and the well-established “right to remain silent.” Finally, the Court has decided that it operates in a zone in which First Amendment protections cease to exist, as they have unilaterally barred protests outside the Supreme Court building, countering a federal court decision that determined that activities on the Supreme Court grounds are protected by the First Amendment. These are just three examples of a Court that, like the rest of the government, places profit, security, and convenience above our basic rights.

The Media.Of course, this triumvirate of total control would be completely ineffective without a propaganda machine provided by the world’s largest corporations. Besides shoving drivel down our throats at every possible moment, the so-called news agencies which are supposed to act as bulwarks against government propaganda have instead become the mouthpieces of the state. One need only look at the media’s behavior post-9/11 to understand what I mean. From championing the invasion of Iraq based upon absolute fabrications, to the fanatic support of all surveillance state policies and the demonization of whistle blowers like Edward Snowden and Bradley Manning, the pundits which pollute our airwaves are at best court jesters and at worst propagandists for the false reality created by the American government.

The American People.Of course, the most superior engine in the world still requires some form of energy to bring it to life and maintain it, and in this particular mechanism, “we the people” serve that vital function. We are the petrol that powers the motor, for good or bad. We now belong to a permanent underclass in America. It doesn’t matter what you call us—chattel, slaves, worker bees, drones, it’s all the same—what matters is that we are expected to march in lockstep with and submit to the will of the state in all matters, public and private.

Through our complicity in matters large and small, we have allowed an out-of-control corporate-state apparatus to take over every element of American society. Our failure to remain informed about what is taking place in our government, to know and exercise our rights, to vocally protest, to demand accountability on the part of our government representatives, and at a minimumto careabout the plight of our fellow Americans has been our downfall. Having allowed ourselves to descend into darkness, refusing to see what is really happening, happily trading the truth for false promises of security and freedom, we have allowed the police state to emerge and to flourish.

Having started withThe Matrix,allow me to conclude with a woefully overlooked film,Land of the Blind(2006), a dark political satire in which tyrannical rulers are overthrown by new leaders who prove to be just as bad, if not worse. In the film, citizens perceived as questioning the state are sent to “re-education camps” where the state’s concept of reality is drummed into their heads. Joe, a prison guard, is so impressed with a political prisoner Thorne that he eventually joins a coup to unseat the present dictator and replace him with Thorne. Before long, however, Joe becomes the target of the new government and comes to realize that the old boss is the same as the new boss.

In an age of governmental doublespeak, media obfuscation, and insidious subterfuge on all sides, it can at times be hard to know who is working for whom, and which side the “good guys,” if there are any, are really on. When in doubt, just remember what Orwell had to say about the matter inAnimal Farm: “Four legs good, two legs bad.”

Read more:The Gilmer Mirror – The Land of the Blind The Illusion of Freedom in America

– – – – – – – – – –

“… virtual slavery—a lifelong hibernation state—imposed by hyper-advanced artificial intelligence machines…”

I can’t understand why you are not seeing the obvious. We, humans, are under slavery, you are seeing it. The system is going towards to be a functional automatic machine, you are still seeing it. We, humans all life forms in this planete were created by a machine, described by Newtonian mechanics. You are forgetting to see it. There is a machine inside us and surrounding us, modelling us from inside and modeling us from outside. Driving us and the whole biosphere towards to be a reproduction of that machine, with new materials, new states of matter, as the liquid state. There is “the machine” ” the Matrix” , but it not virtual, not supernatural and neither intelligent. It’s all about Nature, the free course and flow of natural forces. The Brave New World under the political control of the Orwellian Big Mother – like any bees and ants colonies – but under the rules of the celestial machine, is irreversible, inevitable.

You need see it, and quick. The very fact that here there is something different from all properties saw in that natural machine, and that this “something different” can see the Matrix, is indicative that we have an opportunity for a freedom future. At human brains has emerged this thing called consciousness, productor of intelligence, hidden from the Matrix’s knowledge, we need exercising this property, we need a great calling for everybody to know that, at least in theory, there is an evil behind government, behind us, inside us, surrounding us, and if we do not be vigilant, we can make the story telling of the Bible, about Adam falling under the traps of the serpent, be real just now and here. And Newton will write the same history with his technical and scientific words. Go to my website to see the black face of the Universal Matrix/DNA, pictured as formula like a computer diagram of genetics software, see the shape of the serpent swallowing its own tail, see the tree, the fake paradise, the apple, and how happened the fall that crested this chaotic biosphere from where abiogenesis lifted up a flow of order, towards the reproduction of this celestial and natural machine. Do not focus on governments, they are victims, like we are.

Mais uma Espetacular descoberta da Matrix/DNA: Porque a Água-Viva é Imortal: Auto-reciclagem

quarta-feira, maio 22nd, 2013

xxxxxx

( Lembre-se que existe o outro caso da imortalidade da população inteira do jellyfish ou água-marinha em relação as ondas alternando-se me mare baixa e alta, com artigo aqui > digite jelyfish na busca) 

 

The only known living organism that is Immortal

O único organismo vivo conhecido que é imortal

http://wewillblowyourmind.blogspot.be/2013/05/the-only-known-living-organism-that-is.html

Ver o interessante video anexo: http://www.youtube.com/watch?feature=player_embedded&v=2kLSiE-eNjw

Foi descoberto que um ser vivo é imortal! Trata-se de uma especie de água viva. Ela começou um ciclo de vida normal como todos nós ( nascimento, maturação  reprodução  degeneração e morte), mas quando chegou na maturação e se reproduziu, seu ciclo retornou para o começo  para uma fase denominada “polipo” . Isto alvoroçou a comunidade cientifica, pois imagine o que isto significa se conseguir-mos reproduzir este fenômeno  Desde a cura do câncer ate o elixir da longa vida. Mas eu também fiquei tonto com a noticia (mais do que já sou) e corri para a formula da Matrix/DNA, meu supremo oraculo, buscar a explicação para o fenômeno  E a encontrei, é simplesmente fantástico! Tem muita coisa ai envolvida, os mais belos segredos e mecanismos da Natureza. Esta envolvido o mecanismo que gera o famoso numero Phi,  a sagrada geometria. Esta envolvida aquela imagem curiosa que surge em nossa mente quando tentamos entender o que acontece no núcleo atômico; um proton lança sua carga tornando-se um neutron, mas a carga alcança um neutron que torna-se um proton, em seguida a carga volta, e assim fica essa metamorfose eterna. Basta aqui olhar para água viva madura e pensar no proton, imaginar seu ciclo de vida como sendo a carga de energia, o polipo como sendo o neutron, e ai ver a cena transformando continuamente polipo em agua-viva e agua-viva em polipo. Fascinante tambem é perceber na formula da Matrix/DNA que na agua-viva, a forca da morte se torna a força do numero Phi! Mas só observando a formula se ve isso imediatamente.   

Mas que não se alegrem os humanos, não sera possível obter assim a imortalidade, simplesmente por um detalhe: não somos hermafroditas.

Vejamos o primeiro paragrafo do artigo em inglês: 

” While the humans have been looking for the elixir of life throughout every period of history, it appears that there is one species of jellyfish that are actually immortal. Turritopsis nutricula, or sometimes – Turritopsis dohrnii, is able to transform its cells from mature state back to immaturity, in other words – back to youth. The medusa leads a regular cycle of life, but after maturing and mating, it reverts back to its initial state – a polyp colony. The process is referred to as“transdifferentiation”, and it basically makes the jellyfish unable to die.

Read more at http://wewillblowyourmind.blogspot.com/2013/05/the-only-known-living-organism-that-is.html#FBXgxPBSUyPVuC0y.99

Vamos agora buscar a formula da Matrix/DNA e o ciclo de vida da agua-viva:

A fórmula da Matrix/DNA na sua versão de sistema perfeito fechado, na forma de diagrama de software

A fórmula da Matrix/DNA na sua versão de sistema perfeito fechado, na forma de diagrama de software

 

Jellyfish Life Cycle

 

Vamos explicar o segredo da imortalidade da agua-viva:

Observe a formula da Matrix/DNA. Ela apresenta um circuito esférico que passa por seis figuras, mas que se bifurca na figura numero 4 criando um ramo lateral que retorna a figura numero 1. O circuito esférico é o fluxo de um ciclo de vida, e as seis figuras representam seis principais diferentes formas que um corpo adquire em sua vida. Mas o corpo aqui é hermafrodita, sendo a figura numero 4 representando seu aspecto macho, e a figura numero um, representando a fêmea.  Esta é a formula no seu estado de perfeição  completa, que a Natureza usaria para transformar a matéria inerte em sistemas naturais ao mesmo tempo que lhe imprime a dinâmica da vida. Agora, observando o ciclo vital da agua-viva, vemos perfeitamente o circuito esférico  faltando o fluxo interno, Função numero 5.  Que é a função reprodutora do sistema. O que aconteceria na formula da Matriz se a Função 5 se encurvar e tomar o lugar do circuito que vai de 4 a 1… Vai ocorrer um vai-e-vem entre F1 e F4 ininterrupto, enquanto as figuras 6 e 7 desaparecem.  Ora, mas é justamente em F4 que começa a entropia, o decaimento da energia do sistema, ou seja, a força que leva o sistema a degeneração e morte. E na agua-viva esse trecho do circuito foi suprimido. A Função 4 é na Matrix/DNA o ponto da maturação e reprodução .. a agua-viva muito esperta parou por aqui! Esta assim explicado o segredo da imortalidade.

Tenho aqui um longo artigo explicando como o ponto do fluxo interno F5 que coincide com o centro da esfera é medido resultando no numero 1,618. E este numero é conhecido, trata-se do famoso numero Phi, que ev encontrado em muitos casos da Natureza e diz-se ser o numero que confere beleza as arquiteturas naturais. Portanto descobrimos na Matrix/DNA que o Phi é justamente o fluxo da reprodução que reproduz a face esquerda da Matrix numa copia como face direita, e por isso acontece a bi-lateral simetria, desde na face humana como nas flores, etc. Hora, vimos que na agua-viva esse fluxo se desloca para tomar o lugar do trecho a direita da esfera. Por isso a agua-viva é talvez o único ser vivo que não apresenta bi-lateral simetria. Alias, tudo isso aqui esta revelando que a agua-viva é um animal diretamente herdeiro de LUCA, o que é comprovado pela Ciência quando ensina que trata-se de uma das especies mais antigas, desde a 600 milhões de anos, tendo sobrevivido a seis eventos de extinção em massa de outros seres vivos. E sendo uma herdeira direta, ela respeita o velho lema: tal pai, tal filha. Sua forma e quase a mesma forma da Milk Way! Veja, compare, analise.

Como estamos vendo, esse mecanismo da agua-viva não foi inventado por ela, ele existe na formula universal, esta a disposição de todos os seres vivos, quando a formula se torna o par-lateral de nucleotideos do DNA. A Matrix apenas exige que o elemento seja hermafrodita, não ha como aplicar esse mecanismo em dois corpos separados. Mas então vemos tambem porque o fantástico fenômeno da cola nuclear que gruda protons a neutrons existe. Um proton emite sua carga energética tornando-se neutron, a carga alcança um neutron que o transforma em proton, assim como na agua-viva a medusa se torna polipo. Em seguida a carga retorna do proton que era neutron e volta a ser neutron para alcançar o agora neutron que era proton para voltar a ser proton, assim como o agora polipo que era medusa volta a ser medusa…

A agua-viva foi a pouco tempo atras noticia de sensação entre cientistas quando se descobriu porque a totalidade delas não se extingue quando a mare abaixa as arrasta para alto-mar todas as noites e no outro dia de manha elas reaparecem nas praias fazendo seu almoço. Tambem naquela ocasião a formula da Matrix/DNA forneceu outra explicação atordoante que foi motivo de um longo “artigo aqui e o leitor pode encontra-lo se puxar a categoria “agua-viva ou jellyfish”.

Meu amigo, minha amiga… a Natureza é fantástica!

Quando se descobre a Matrix!

Quando chega a um certo ponto de seu ciclo de vida (mais ou menos no meio do circuito), ao invés do circuito continuar para a face direita – da degeneração – ele retorna para Função 1. Assim, e claro, ela fica sempre na fase da energia crescente e nunca morre. Isto e totalmente novo, nunca pensado, e se conseguíssemos repetir este circuito, poderíamos ate conseguir o motor perpetuo.

Tenho que pesquisar a fundo isso.

– – – – – – – – –

E meu comentário para postar no artigo e no Youtube:

If immortality is fascinant, more fascinant is the explanation of this phenomena: the force that produces death becomes in jellyfish, the force of “Phi number”. For understanding it you need see the Matrix/DNA formula, where the Matrix is the building block of galaxies, and DNA is it biological shape. When the flow of the systemic circuit arrives at Function 4, there is a bifurcation. One (F6) will be entropy, death, the other (F5) is the flow of reproduction that goes to F1. This galactic mechanism was transferred to biological systems, but galaxies inherited it from atomic system, when proton becomes neutron and vice-versa. Here, at jellyfich, the mature shape mimics proton and the polypo shape mimics  neutron. See my article about.

Bomba! Estou Descobrindo Quem foi o Criador do Sistema Imunologico de Defesa: o Selfish Gene de LUCA!

sexta-feira, maio 3rd, 2013

Sim! … Porque não pensei nisso antes?!!!

Pesquisando agora uma materia que nada tem a ver ( no meu artigo ao lado “Minociclina: Cientistas descobrem a “pílula da desconfiança” contra mulheres bonitas”) cheguei ao conhecimento da Microglia:

Wilipedia:

Microglia

are a type of glial cell that are the resident macrophages of the brain and spinal cord, and thus act as the first and main form of active immune defense in the central nervous system (CNS).

E a coisa toda faz muito sentido! Sempre foi uma pedra no meu sapato esse negocio de imuno-defesa biologica, pois eu não conseguia sequer pensar numa hipótese de como a matéria burra da Terra inventou isso, se o sistema astronomico em que a Terra esta nunca teve isso. Eu cheguei a olhar para a Matrix procurando algum mecanismo que poderia ter gerado isso mas nada encontrei. Raios, a resposta estava na cara! O meu erro foi olhar dentro da formula da Matrix, quando o mecanismo esta fora, na superficie, no circuito esférico, é o sistema todo, ou seja, é a identidade de LUCA como sistema fechado em si mesmo!

Assim como LUCA “se fechava o corpo contra maus olhados”, assim seus descendentes biológicos se fecham o corpo contra virus, bacterias e outros elementos nocivos.

Só poderia gerar uma auto-defesa quem conseguiu se fechar, se isolar do mundo e impedir que qualquer elemento externo entre dentro de si. Então .. também o sistema imunológico já estava escrito nas estrelas… não foi invenção da matéria burra da Terra sozinha… como vou provando que nada foi.

Mas agora tenho que voltar a pesquisa da Minociclina e parar essa pesquisa que de ser estendida ao infinito, pois este assunto de sistema imunológico é demasiado importante para a Humanidade!

Assim esta aberto mais um capitulo extenso de pesquisa que vai iniciar tendo a microglia como pista inicial.

XXXX

Vejamos onde me leva o português:

Os microgliócitos ou micróglia são as menores células da neuróglia. Possuem elevado poder fagocitário e representam uma variedade dos macrófagos que atuam na defesa do sistema nervoso. Os microgliócitos são capazes de reconhecer e fagocitar antígenos, aderindo proteínas do mesmo na sua membrana citoplasmática. Posteriormente, o microgliócito apresenta essas proteínas a outras células de defesa.

As células da glia, geralmente chamadas neuróglia, nevróglia ou simplesmente glia (grego para “cola”) ou gliócitos1 , são células não neuronais do sistema nervoso central que proporcionam suporte e nutrição aos neurónios. Geralmente arredondadas, no cérebro humano as células da glia são, aproximadamente, 10 vezes mais frequentes que os neurônios no corpo humano.  Ao contrário do neurônio, que é amitótico, nas células gliais ocorre a mitose

 

Por décadas, neurocientistas acreditaram que os neurônios eram os responsáveis por toda a comunicação no cérebro e sistema nervoso e que as células gliais, embora nove vezes mais numerosas que os neurônios, apenas os alimentavam

Novas técnicas de imagem e instrumentos de “escuta” mostram que as células gliais se comunicam com os neurônios e umas com as outras sobre as mensagens trocadas pelas células nervosas. As células gliais são capazes de modificar esses sinais nas fendas sinápticas entre os neurônios e podem até mesmo influenciar o local da formação das sinapses.

Devido a essa proeza, as células gliais podem ser essenciais para o aprendizado e para a construção de lembranças, além de importantes na recuperação de lesões neurológicas. Experiências para provar isso estão em andamento.

Oligodendrócito é um tipo de célula da glia

Oligodendrócito é um tipo de célula da glia

Obs: Notar que as microglias nao sao as neuroglia, mas sim um tipo delas, menores em tamanho e especializadas em imunologia. 

Função

As principais funções das células da glia são cercar os neurônios, e mantê-los no seu lugar, fornecer nutrientes e oxigênio para os neurônios, isolar um neurônio do outro, destruir patógenos e remover neurônios mortos. Mantêm a homeostase, formam mielina e participam na transmissão de sinais no sistema nervoso.

As células de glia têm a importante função de produzir moléculas que modificam o crescimento de dendritos e axónios. Descobertas recentes no hipocampo e cerebelo indicam que também participam ativamente nas transmissões sinápticas, regulando a libertação de neurotransmissores ou libertando-os elas mesmas e libertando ATP que modela funções pré-sinápticas.

São cruciais na reparação de neurônios que sofreram danos: no sistema nervoso central a glia impede a reparação – os astrócitos alargam e proliferam de modo a produzirem mielina e moléculas que inibem o crescimento de um axónio lesado, no sistema nervoso periférico as células de Schwann promove a reparação regressando a estado de desenvolvimento mais jovem.

 

Novas descobertas mudam a historia dos dinossauros e mostram que o astronomico comanda a evolucao

quinta-feira, março 21st, 2013

Novas descobertas suportam a teoria que massivos eventos vulcânicos dividiu Pangeia e dramaticamente mudaram o clima terrestre, resultando na maior mudança biológica da historia do planeta, criando as condições para a emergência e crescimento dos dinossauros. Esta novidade é mais um grande argumento em favor da Matrix/DNA Theory. Veja porque:

Segundo a Matrix/DNA, na Terra a historia da biologia, desde abiogêneses ate o macaco, foi um processo de reprodução genética do sistema astronômico “LUCA”, dentro do qual a “vida” surgiu. As informações vindas de LUCA funcionam como seus genes, na forma de fótons, resultantes das reações nucleares do planeta mais a radiação do Sol. Estes fótons são emitidos na ordem das funções de LUCA, ou seja, estes astros possuem varias camadas sedimentadas como as camadas de uma cebola e os fótons vão sendo emitidos desde a camada 1, para a 2, etc. Quando termina uma camada, grandes mudanças acontecem nos seres vivos, pois o mecanismo é o mesmo que faz um feto mudar para forma de embrião. Fases como massiva atividade vulcânica sinalizam estas mudanças de camadas. Não apenas a poluição do ar, mudanças climáticas, destroem espécies, mas a nova onda de diferentes fótons podem alterar formas de espécies. A evolução não foi dirigida apenas pelos mecanismos de Darwin (variação, seleção natural, herança ), mas também com períodos de pontuação equilibrada como disse Jay Gold, e as causas vieram de uma dimensão mais profunda e complexa.  

A seguir copio o artigo para estuda-lo tecendo os comentários da Matrix/DNA.

Volcano-induced die-off paved way for dinosaurs, study suggests

By Geoffrey Mohan, Los Angeles Times

March 21, 2013, 5:14 p.m.

http://www.latimes.com/news/science/la-sci-volcanoes-dinosaurs-20130322,0,4693426.story

New findings support the theory that a massive volcanic event tore apart Pangea and dramatically changed Earth’s climate, ushering in the biggest biological shift in the planet’s history.