Archive for the ‘Entropia Degeneração’ Category

Lei da Conservacao da Energia: Em Conflito com a Teoria da Matrix/DNA

terça-feira, abril 23rd, 2019

xxxx

Num debate contra ideologias de qualquer tipo, fui interpelado por conservadores quando afirmei que devido o processo da evolução natural a Natureza não conserva nada, portanto não é naturalmente racional ser conservador. Mas então me lembrei da Lei da Conservação da Energia, que vai contra o que eu disse. Rezei para os conservadores não se lembrassem disso naquela hora e terminado o debate sai correndo para pesquisar e resolver esse conflito com minha teoria. Resolvi então pesquisar os fundamentos dessa “lei”.

De principio notei que a causa do equivoco dos declaradores dessa pseudo lei e porque iniciam citando “sistemas isolados”, e depois que descobri a formula natural dos sistemas constatei que eles nunca souberam e ainda não sabem o que e um sistema natural. Para começar não pode existir sistema isolado e ao mesmo tempo, funcional, e com energia. Isso seria um moto-continuo e nunca ninguem o apresentou. De fato enquanto busco vou vendo que se referem apenas a “processos” – que sao partes internas dentro de sistemas ou entao interacoes entre corpos que nao constituem sistemas. Pela formula se observa que a unica vez que a materia chegou mais perto de montar um sistema fechado em si mesmo, ou seja, completamente isolado do mundo, foi na formacao das primeiras galaxias originais. mas antes que o sistema estivesse finalizado iniciou o processo da degeneracao, o qual é medido por nos pelo nome de entropia. estes sistemas sao montados pelo mecanismo do ciclo vital, o qual se constitui numa primeira fase de montagem onde a energia cresce devido massa transformada e quando entra na segunda fase o processo de inverte, a energia do fluxo sistemico comeca a decrescer realçando o aspecto massa. E isto acontece porque apos a primeira fase, partículas de energia começam a escaparem do fluxo sistêmico, momento em que fazem a função de radicais livres, e se dirigem internamente para o núcleo central do sistema. Invadindo este núcleo começa a perturbação da ordem do órgão controlador do sistema, ou seja, começa a degeneração. Não porque a energia diminui e sim porque a qualidade do sistema diminui. De maneira que quando o fluxo chega na peça que faz a função de cadáver do sistema, o sistema morre antes… sem nunca ter de fato se tornado um sistema completo, isolado do mundo, um moto-continuo. Vemos ainda que no tocante as glaxias originais essa energia anterior fica numa nebulosa misturada com toda a massa anterior e dessa nebulosa o sistema ressurge se auto-reciclando. Porem, nao vai se completar pela mesma razão. E sistemas que possam ficar eternamente se auto-reciclando nao esistem de fato, pois nao conseguem saltarem sobre sua morte.

Mas vamos fazer toda a pesquisa para ver o que eles tem de fato real, e nao teorias e processos, pois posso estar errado…

xxxx

Wikipedia – Lei da Conservacao da Energia

https://pt.wikipedia.org/wiki/Lei_da_conserva%C3%A7%C3%A3o_da_energia

Em física, a lei ou princípio da conservação de energia estabelece que a quantidade total de energia em um sistema isolado permanece constante. Tal princípio está intimamente ligado com a própria definição da energia. Um modo informal de enunciar essa lei é dizer que energia não pode ser criada nem destruída: a energia pode apenas transformar-se.

Matrix/DNA: trata-se de teoria pois nunca ninguém mostrou um sistema isolado. Isolado do resto do mundo ou isolado de que? Se for isolado de alguma coisa mas não do mundo ele não é sistema isolado pois esta dentro de outro sistema maior que e o universo, o qual de alguma maneira esta dentro do sistema ao menos com sua materia e portanto continua a influencia-lo. Se tal sistema existir ele pode ser apenas totalmente inerte, morto, o que ja nao e mais sistema. Um sistema fechado em si mesmo isolcdao do mundo e funcional teria que ser um moto-continuo eterno, o que nao esta provado que possa existir. Que a energia dentro de um sistema nao e criada nem destruida isto esta parente na formula dos sistemas. No caso das galaxias primordiais a energia nao e criada nem destruida, ela se mantem no espaco onde o sistema se desfaz ou se move para longe dele.

Wiki:

Por exemplo, na combustão da gasolina dentro de um motor de combustão interna, parte da energia potencial associada às ligações químicas dos reagentestransforma-se em energia térmica, que é diretamente associada à energia cinética das partículas dos produtos e à temperatura do sistema (que se elevam). Pelo princípio da conservação da energia, a energia interna do sistema imediatamente antes da explosão é igual à energia interna imediatamente após a combustão.

Matrix/DNA: Ora, um motor de combustão não fe um sistema, e muito menos “natural”. Sistema e aquilo constituído de partes que desempenham funcoes especificas e mais uma entidade sistemica que ecxerce o controle interno por ser a soma de todas as onformacoes das partes mais as informadcoes geradas pelas interacaoes entre as partes. Vamos supor que num corpo humano o coracao ou o estomago, ou ambos juntos formem o motor. Tiremos o coracao ou o estomago do corpo e agora o que sao, para que servem? E sobre o que resta? Qualquer outra coisa, menos um sistema e funcional. Tiremos o Sol como motor do sistema solar, o que acontece com o resto. Um automovel inteiro com todas suas partes mais ou menos imitam o corpo de um cavalo, o qual em si e um sistema. Mas mesmo o automovel e um sistema artifical. Esta claro que pela declaracao desta lei quiseram se referir ao comportamento da energia na natureza, portanto referindo-se a sistemas naturais.

Wiki:

Deve-se ter atenção com o princípio de conservação da energia no que se refere ao escopo de sua aplicação. Em seu sentido mais abrangente,a conservação da energia implica que se entenda a energia a ser conservada como a energia total do sistema, em acordo com o princípio da equivalência entre massa e energia. Assim, a massa é tratada como se energia fosse e não há lei de conservação de massa para o sistema, apenas a lei da conservação da energia em seu sentido mais abrangente. Ou seja, a conservação da energia, em sentido amplo, de acordo com a teoria da relatividade restrita de Albert Einstein, diz respeito à conservação de uma grandezaque engloba massa e energia, dentro de um sistema isolado. No âmbito da física clássica, porém, massa e energia são entidades distintas e não relacionadas, e nestas condições a lei da conservação da energia se divide em duas leis clássicas: a lei da conservação da energia em seu sentido mais restrito, e a lei da conservação de massas.

Matrix/DNA: Sim, tanto Einstein como Newton já foram lembrados, acatados e enunciados no primeiro paragrafo da Matrix/DNA, acima. A formula mostra claramente como ocorrem as leis de conservação de energia e massa.

Orbital motion.gif

Matrix/DNA : Esta figura é apresentada como exemplo de um caso de Lei de Conservação da Energia. de acordo com a definição do que e um sistema natural segundo a formula dos sistemas naturais isto ai não é um sistema, muito menos isolado. E’ um processo, que seja um mecanismo, o movimento orbital. A Terra em si não é um sistema, ela é uma parte de um sistema, o solar. Retire-se a Terra do sistema solar e o que teremos? Temos encontrado planetas livres no espaço interestelar mas nenhum deles ainda foi encontrado mantendo satélites nem artificias nem naturais como luas, isto ainda esta para ser provado. Em qualquer caso e de qualquer maneira um planeta não consegue conservar sua energia eternamente, isso é obvio.

Enfim, lendo-se o resto do texto conclui-se que o conservador não pode ter razão ao afirmar que a Natureza conserva a  energia, alem dos eventos imediatos e de curto prazo. O que vemos de exemplos para esta lei são focos em processos e não em sistemas e eventos temporários, não eternos. Qual o sentido ou a vantagem em dizer que a energia num sistema ou mesmo na interação entre dois objetos e conservada se o sistema certamente vai deixar de funcionar por energia e/ou ela no futuro estará conservada na forma de massa ou em outro distante lugar? Ate hoje nunca ninguém apresentou – que eu saiba – nem mesmo um processo onde uma quantidade X de energia vai e volta entre dois objetos que dure para sempre, pois a formula indica que todo o conjunto sucumbe pela entropia.

Mas vamos continuar a pesquisa entrando agora em livros e textos mais profundos da Física para conhecer a matéria cientifica de fato.

 

 

O dualismo universal do “bem & mal”: de onde vem? Pesquisa aberta pela Matrix/DNA

segunda-feira, dezembro 3rd, 2018

xxxxx

O dualismo entre o bem e o mal

A cosmovisão da Matrix/DNA esta patinando encalacrada no seguinte fenômeno real da Natureza:

Ainda não descobrimos de onde, diabos, veio este fenômeno natural da “dualidade bem & mal”, materializadas nas “forças da construção & destruição”, nos “estados de ordem & caos” e na “dicotomia positivo & negativo”. Parece-nos que esse dualismo vem desde antes do Big Bang, de antes das origens deste Universo, pois esta origem parece ter sido no estado de caos – onde predomina o mal, a destruição – e do qual se levantou um fluxo de ordem. Pela Física vemos o Universo iniciando pelo embate entre partículas girando para a esquerda e outra metade girando para a direita ( spins left & right). Ultimamente a Matrix/DNA tem chegado nas ondas de luz carregando a formula Matrix/DNA no meio da “espuma quântica” que sobra como ultima indestrutível coisa do vácuo total. isto esta sugerindo que esta dualidade neste Universo começou com o “bem” sendo trazido por ondas de luz e o mal não inicial não foi localizado, mas como só foi detectado luz e espuma então resta alternativa mais provável de que a “espuma quântica” tenha trazido o “mal”.

Muito material temos sobre este fenômeno e aqui deixamos o tema em aberto para ir desenvolvendo-o na medida do possível. Se a fonte, a causa primeira deste fenômeno natural estiver antes do Universo, devemos esquecer de tentar explica-la pois ai entraríamos na metafisica, a qual não e` nosso campo de capacidades intelectivas. O tema já foi esmiuçado pelo intelecto humano entre os maiores filósofos mas sempre sem resultados concretos e sempre caindo na metafisica, de onde uma curiosidade interessante se vê no simbolo do Yin/Yang:

O dualismo entre o bem e o mal YINYANG

A curiosidade aqui esta’ em que a figura representa muito bem um dos efeitos importantes deste dualismo: as alternâncias entre dominância e recessividade. Digamos que quando o mal esta dominante temos a face negra da figura, na qual a face branca do bem se encolhe minuscula; quando ao contrario, o bem esta dominante, temos a meia-face branca, onde a face negra do mal se encolhe, minuscula.

Mas todas as coisas escondidas ( como eram os prótons, nêutrons e elétrons dentro dos átomos) foram descobertas porque começou-se a estudar os efeitos dessas coisas nas suas redondezas, assim temos que reunir aqui os efeitos deste fenômeno no nosso mundo real, e` só o que podemos fazer por ora. Esperamos as contribuições, opiniões, informações, de mais pessoas, pois e` muito melhor quanto mais se tem cabeças pensantes.

Ciclo Vital das Células: Oscilação do Núcleo

segunda-feira, setembro 11th, 2017

xxxx

http://www.alphr.com/science/1006968/internal-clock-is-discovered-in-a-living-human-cell

Internal clock is discovered in a living human cell

Sugestao da Matrix/DNA = Ele é produzido pelo circular de informação no circuito. Tal como acontece com uma onda de luz (a qual é a primeira ocorrência deste fenômeno no universo e desde o qual o fenômeno é repetido em todos os sistemas naturais), a vibração ou intensidade dos flashes cintilantes começa forte, na maior intensidade do circuito, e continua forte em crescente ate a F4, quando começa a decair porque começa a entropia.)

Matrix/DNA suggestion – It is produced by the flux of information in the circuit. As it happens with a light wave (which is the first occurrence of this phenomena in the Universe and from which the phenomena is repeated at natural systems), the vibration or intensity of the scintillating flashes starts strong at the highest intensity of the circuit and continues strong in increasing to the F4, when it begins to decay because entropy begins.)

The discovery may give insights into how and when diseases start – 11 Sep 2017

Cells dramatically change their shape and size during a lifetime. But this is the first time the changes have been seen over short time periods.

O ritmo da  cintilacao num  precise point of a cell in its life cycle…. During the lifetime of the cell, the amount the cell changes in shape during these ‘flickers’ also gets smaller. This means measuring the fluctuations can give away the age of the cell.

“However, with this discovery, which shows that the nucleus exhibits rapid fluctuations that decrease during the life cycle of the cell, we can enhance our knowledge of both healthy and diseased human cells.”

the nucleus of the living cells, and saw a part of it, known as the nuclear envelope, flickering over a period of a few seconds. 

(Este mecanismo de oscilacao do nucleo das celululas foi projetado nos organismos? De que forma os corpos de organismos sinalizariam estas pulsacoes?)

“This process can serve as an internal clock of the cell, telling you at what stage in the cell cycle the cell is,”

“We know that structural and functional errors of the nuclear envelope lead to a large number of developmental and inherited disorders, such as cardiomyopathy, muscular dystrophy, and cancer,” she said. “Illuminating the mechanics of nuclear shape fluctuations might contribute to efforts to understand the nuclear envelope in health and disease.”

xxxx

A proposito, eu postei esta resposta num debate:

God of War – Q1. what are the type of mathematical equations that describe the growth of organisms?

Matrix/DNA : – Lol, good! I am just coming back from reading the best scientific news today, it is related to “grow of organisms”, which is related to life’s cycles and here you have a little idea how the knowledge of Matrix/DNA models and formula works in parallel with official science and offers different interpretation for natural phenomena. The news is in the link:
http://www.alphr.com/science/1006968/internal-clock-is-discovered-in-a-living-human-cell
Please, read the article and come back to this post….
I never knew that cells’ nucleus are flickering. But, missing this knowledge was my fault, because my formula predicted it 30 years ago. My fault is due no enough time for analyzing all predictions from the formula, which must be millions. So, look what Matrix/DNA says now:
” This internal clock is produced by the flux of information in the systemic circuit. As it happens with a light wave (which is the first occurrence of this phenomena in the Universe and from which the phenomena is repeated at natural systems like cells), the vibration or intensity of the scintillating flashes starts strong at the highest intensity of the circuit and continues strong in increasing to the F4, when it begins to decay because entropy begins. It is merely the life’s cycle pathway.”
Since you don’t know how to analyzing the formula, I think you will not understand this says from Matrix/DNA, but my long time doing it ( 30 years), I am very practical doing it.
Where and when the researchers would have this interpretation, linking a reductive detail of a phenomena to the whole Cosmos, linking it with the first waves of light emitted at the Big Bang? When they will linking thermodynamics like entropy to this phenomena for having new glimpses how to control it and finding ways for avoiding the diseases they are looking for? That’s why I am here alerting that the current scientific method and scientists world view must be amplified for inserting the systemic method upon the reductive method, and how is the new kind of lab we are in needs just now.
Organisms grow and decay are very well represented by Matrix/DNA formula, which is not showed as mathematical equation but by software’s diagram because the dynamics of life are based on codes, genetics codes, and computational codes are not writing with mathematical equations. Now I will take my beer in commemoration of more one victory of my theory… Cheers…

Termodinamica: A Segunda Lei Obedecida Pela Matrix/DNA Formula

quarta-feira, março 15th, 2017

xxxx

Muito se debate a respeito da questão de que seres vivos não obedecem a segunda lei da termodinâmica.

A Segunda lei da Termodinâmica estabelece que, num sistema fechado, nenhum processo ocorre que aumente a rede de organização ( ou diminui a rede de entropia) do sistema.

A minha formula de sistema total, completo, funcional, isolado, fechado em si mesmo, apresenta a mesma lei. Vejamos:

E o desenho do circuito do fluxo interno de informação da fórmula da Matrix/DNA na sua versão de sistema perfeito fechado, na forma de diagrama de software

E o desenho do circuito do fluxo interno de informação da fórmula da Matrix/DNA na sua versão de sistema perfeito fechado, na forma de diagrama de software

Para que aumente o nível de organização de um sistema – o que implicaria em aumento de complexidade, evolução – é necessário nova informação, no sentido de que informação seja qualquer novo elemento com forma e função inexistentes antes. Como nada cria informação do nada, e o sistema e’ fechado, não realizando trocas de nenhuma especie com o mundo externo, nenhuma nova informação ira’ surgir dentro deste sistema.

Também a entropia, uma vez iniciada, não teria mais como o sistema estanca-la. No sistema fechado da Matrix/DNA a entropia tem inicio quando partículas saem fora do circuito de informação/energia, indo para o interior em direcao ao núcleo. Isto significa que na próxima rodada do circuito o sistema não mais sera’ de tanta perfeição como nas rodadas anteriores, e o aumento destas partículas desviadas acaba desmanchando o sistema.

A Ciência Academica Oficial não tem a formula natural universal para sistemas naturais, por isso faz grande confusão entre sistemas, processos e partes ativas ou desativadas despregadas de sistemas. Por exemplo, vejamos um texto onde essa falha produz erros conceituais:

” Devido a segunda lei da termodinâmica, o Universo tomado como um todo esta inevitavelmente movendo-se na direcao do estado de completo caos e acaso, sem qualquer ordem, padrão, ou beleza. Este destino foi popularizado no seculo 19 como a “morte quente” do Universo”.

Ora, não existe nenhuma prova de que o Universo constitua um sistema. Onde esta’ o núcleo? Quais são as partes funcionais e como funcionam? Como estão conectadas?

Conforme a Matrix/DNA o Universo deve ser uma massa de sistemas – as galaxias, ou conglomerados de aglomerados de galaxias – mas não um sistema, mesmo porque, sua função como reprodutor genético lhe da’ mais a forma disforme e função de placenta. Mas sem a formula da Matrix/DNA realmente muito se confunde sobre o que realmente são sistemas naturais.

Então o falho conhecimento sobre sistemas causa esse tipo de desentendimento, por exemplo, entre a vida e a teoria termodinâmica, ou mais exatamente entre os conceitos biológicos e as rígidas leis da Física. Vejamos:

Quando a entropia teve inicio num sistema astronomico, mais preferivelmente um sistema galáctico, ela se inicia na periferia e seus produzidos radicais livres são colapsados para o interior, já que do sistema fechado nada escapa. Estes bits-informação podem se encontrarem na superfície de um planeta na mesma época e causarem o caos entre si pois bits distantes uns dos outros no sistema não se reconhecem e não possuem a tendencia para se conectarem. Disputam espaço, energia, etc. Mas quando bits que foram vizinhos no circuito do sistema se encontram, se reconhecem e se reagrupam tentando reconstruir o sistema para o qual foram modelados. Tudo acontece normalmente como meteoritos no espaço são atraídos para astros e não para gazes.

Este caos inicial produz a continuidade do aumento da entropia, já que o sistema esta’ se enfraquecendo e mais partículas se desviam do circuito. Eu diria mesmo – e isto me ocorreu apenas agora – que, desde que o Sol esta sob entropia, perdendo sua energia, o sistema solar tende a desaparecer pela entropia. ( mas se a formação do sistema se deu pelo primeiro método original, os planetas ainda ativados vão sair antes do sistema, na forma de estrelas, ou novos sois).

O sistema esta’ morrendo, a operação automática de auto-reciclagem vai parar de funcionar, mas na verdade ele não esta’ desaparecendo, e sim, se transformando. Pois os bits reagrupados vão re-ergue-lo, dentro de seu próprio corpo, porem, devidos as abruptas mutações devido a gênese diferente de sistema fechado para sistema aberto, o sistema se transforma de astronômico em biológico. Então a entropia produz o caos, mas no caos ocorre a mutação, transformação e reordenação do estado de ordem. Este é outro detalhe que a Ciência Oficial e a teoria da termodinâmica não alcançaram ainda.

Envelhecimento, entropia

sexta-feira, abril 22nd, 2016

xxxxx

www.fastcoexist.com

One-of-the-worlds-top-aging-researchers-has …

Pesquisar:

NAD – nicotinamide adenine dinucleotide –

Sua presença no corpo vai caindo a medida que a idade avança, sendo que um adulto tem a metade do que tinha quando jovem. Não se sabe como evitar o declínio. Nas experiencias mostraram que dar um boost de NAD no adulto rejuvenesce os tecidos orgânicos.

—–

Sirtuins – um grupo de enzimas envolvidas no metabolismo celular e produção de energia que são comuns a um amplo espectro de organismos. Boosting as atividade das Sirtuins estende  o tempo de vida.

 

Átomo Oxigênio e a Entropia na Formula da MatrixLight/DNA

sexta-feira, abril 22nd, 2016

xxxx

Pesquisar isto. lembrar que na formula do RNA-ribose, a entrada de 3 átomos de O na face direita indica que o átomo ‘e buscado quando inicia a entropia. Se eme ‘e um  receptor de electrons, quer dizer que a entropia esta se esvaindo através de elétrons.

“… oxygen is the terminal electron acceptor.”