Archive for the ‘Sociobiologia’ Category

Bystander effect (Efeito Espectador) – Sozinho és altruísta, com outros és egoísta. Social Psicologia

quinta-feira, janeiro 31st, 2019

xxxxx

Muita gente, no meios intelectuais, mencionam este nome. Bystander effect. O que e’ isso? E’ um tema importante para se estudar o comportamento das massas. No Wikipedia não existe nem o assunto em português. Vejamos…

https://en.wikipedia.org/wiki/Bystander_effect

 

Social psychology research

The bystander effect was first demonstrated and popularized in the laboratory by social psychologists John M. Darley and Bibb Latané in 1968 after they became interested in the topic following the murder of Kitty Genovese in 1964. These researchers launched a series of experiments that resulted in one of the strongest and most replicable effects in social psychology. In a typical experiment, the participant is either alone or among a group of other participants or confederates. An emergency situation is staged and researchers measure how long it takes the participants to intervene, if they intervene. These experiments have found that the presence of others inhibits helping, often by a large margin.[3] For example, Bibb Latané and Judith Rodin (1969) staged an experiment around a woman in distress. 70 percent of the people alone called out or went to help the woman after they believed she had fallen and was hurt, but when there were other people in the room only 40 percent offered help.

(Cont. a ler… e fazer a pesquisa)

E o que a formula da Matrix/DNA nos diz sobre isso? Qual a causa?

Quando existe um sistema fechado em si mesmo, a formula mostra que todas as partes perdem sua identidade própria, cedendo-a para a entidade que emerge do sistema. Ele se torna ativo apenas para realizar sua função automatizada, mas inativo para qualquer outra iniciativa. Neste sentido cada parte é altruísta em relação ao todo, ao sistema. Mas como o sistema é fechado, expressando o extremo egoismo, o sistema, a entidade do sistema é egoísta, em relação ao mundo externo. Sem interação com o mundo externo, não emerge nenhuma moral externa, principalmente social.

No caso de um individuo espectador no meio de outros espectadores, seria o grupo considerado como um sistema? Acho que senão tem um líder, não. O clima é mais de massa de sistemas. A não ser que a configuração do cérebro herdada do ancestral sistema fechado ainda interpreta qualquer agrupamento de semelhantes como um sistema.

Mas vejamos o caso do individuo sozinho.  Ele e um sistema aberto, tem que procurar interações com o mundo externo para poder sobreviver. Nestas interações ele vai aprendendo o que fazer, como se comportar, ao receber recompensa ou punição. Surge a moral, a aprendizagem de que fazer o bem a outra pessoa pode resultar em recompensa.

Talvez esteja ai uma causa, mas deve haver outras, neste mundo de cruzamentos e hierarquias entre sistemas. Uma das causas do individuo tomar a iniciativa de ajudar outro em dificuldade vem da emergência da empatia, que cresce ‘a medida que aumenta em seu ser a quantidade da substancia da auto-consciência. Existe casos em que o espectador sozinho, ao invés de ajudar uma pessoa em dificuldade, aproveita para saqueá-la. Isto sugere quase total de empatia, de substancia consciente.

E’ uma questão que só vamos responde-la por completo quando pudermos observar a mente de uma pessoa, ler os pensamentos.

A Síndrome do Pensamento Acelerado (vídeo): Produzida pela formula dos Sistemas Naturais

segunda-feira, janeiro 28th, 2019

xxxx

https://www.facebook.com/augustocury.autor/videos/725868777789437/

A doença que nenhum remédio cura!
E minha opinião:

Infelizmente, o vosso conhecimento, humanos, esta muito atrasado para entender e detectar a solução. Sendo um sistema natural em si mesmo, o cérebro e` governado pelas regras da formula dos sistemas naturais ( a qual pode ser vista no meu website). Existe uma fase em que o fluxo da energia no circuito sistêmico passa a dominar seu par, a massa, e tenta estabelecer sua meta suprema, que e` aceleração na velocidade da luz. Isto aconteceu com um nosso ancestral, as galaxias. Mas um sistema para se desenvolver saudavelmente ate se transcender tem que ter equilíbrio entre as partes. O que o Cury intuiu com perspicácia sem saber disto e` a tentar reagir o nosso aspecto massa, desacelerando os fluxos no cérebro. Porem ninguém vai aplicar essa instrução abstrata porque não conhece a amplitude e profundidade da causa, e nesta se vê a solução que depende antes de desacelerar o sistema social, principalmente no aspecto econômico/consumista. Mas a energia tem seus agentes entre nos que estão no poder e estes se impõem sobre a grande massa inerte. Não adianta entrar no “salve-se quem puder” apenas tentando disciplinar a si mesmo, tens antes que lutar no aspecto social.

Entendendo como funciona e aumenta a atual divisao entre ideologias

sexta-feira, janeiro 25th, 2019

xxxx

How the Covington Catholic firestorm reinforced America’s divisions

https://www.msn.com/en-us/news/us/how-the-covington-catholic-firestorm-reinforced-americas-divisions/ar-BBSJVro?ocid=spartanntp

The  ongoing culture war.

… in this deeply divided America, most people live, work, learn, worship, protest and play inside of bubbles filled by people much like them. We all tend to like and hold in greater esteem people who are like us, people in our “group.” That dynamic contributes to clashes when the bubbles collide, resulting in viral moments of which no one should be proud and raising tensions around unstoppable demographic and social change.

“Everyone wants their side to be good, to be right, and the other to be clearly bad,” Motyl said. “But since we don’t watch the same news, we don’t read the same information and we don’t talk much to people with other perspectives, it’s as if we are actually living in different worlds where no one has really grasped the truth.”

… since the 1990s, something dramatic has taken shape: People’s average esteem for those who share their views has grown to around 90, while mistrust and “coldness” toward those who do not have slipped to an average of 10. Those on the other side of the political spectrum are no longer regarded as simply different but potentially evil or disreputable, many attributed the worst possible motives to those offering differing interpretations.

Starting in the 1960s, many white Christian conservatives left the Democratic Party for the Republican camp in opposition to expanding civil rights to African Americans. They rejected the race mingling and other social changes that would follow. And by the 1990s, when opposition to abortion, gay rights and later gay marriage ranked among the chief political concerns of conservative white Christians, right-leaning Catholics began to join this fold. At the time, white Christians represented a true majority. As recently as 2008, white Christians — Catholics and Protestants — made up 54 percent of the country. Today, that figure is 42 percent.

 

 

“Stand Out of Our Light” – Livro para libertar a mente humana dos “zumbis internetianos”

sábado, agosto 25th, 2018

xxxx

Quando o Google, o Facebook, o Whats’up aponta seus supercomputadores na sua direcao eles dizem: “Xeque-mate!”
E você não se dá conta disso. Eles se apossaram da sua alma. E’ o mesmo poder da Bíblia e todas suas igrejas amortecendo a Razão para condicionar escravizando as mentes das presas para viverem na Matrix criada pelos grandes predadores. Saia de casa, caminhe resistindo a olhar o celular, pois o objetivo profundo e invisível por trás destes supercomputadores e’ o de levá-lo de volta ao Paraíso do Eden, de onde você já foi expulso uma vez para ter mais uma oportunidade para se corrigir e fazer o que o Universo espera de você.
Seu corpo foi criado por esta perfeita e automática máquina ‘a sua volta, da qual este planeta e’ apenas mais uma peça, a qual era o paraíso termodinâmico para a matéria que ainda rege seu corpo, ali estavam aprisionados seus ancestrais, aos quais os misticos, ao verem flashes destas imagens em sua memoria, chamaram de Adão e Eva. A nossa genética física veio dessa maquina celeste e ao estar tentando se reproduzir através de nos, ela esta recriando o falso e terrível paraíso dos estúpidos sem mente.
Mas você não e’ apenas corpo material, você recebeu do além desta galaxia a semente da consciência cósmica, a esta sim, você deve ser acessível, deve abraçar como sua causa, pois nesta esta’ o seu destino divino.
Veja neste artigo do New York Times como isso funciona:
Os criadores destas super-companhias de tecnologia computadorizada se reuniram e um deles perguntou: “Ok, conduzimos o consciente da humanidade para onde queríamos, hoje basta mandar fazer qualquer coisa, comprarem uma marca, ou irem para as ruas derrubar governos, e fazem. Mas pergunto: quem de vocês realmente vai gostar do mundo que criamos… que levante a mão, por favor…”
Ninguém levantou. Criaram a Matrix sem perceber o que estavam fazendo, quem na verdade os estava dirigindo a criarem isso. Ora esse mundo já foi imitado ou imposto aos insetos como formigas e abelhas, com suas sociedades automaticamente mecanicistas, mas insetos não tem consciência, nem inteligencia, você não e’ inseto, não vá cair nessa fria.
E agora os antigos empregados-gênios do Google estão se reunindo para tentar destruir o que fizeram. E’ o principio da autocura natural no seu último esforço de nos salvar do terrível destino naquele falso animalesco e robótico paraíso, como seres estúpidos, sem mente. Esforce-se, ajude a causa, se não cairmos a segunda Queda, se vencer-mos o complexo de Adão e Eva, daremos o salto para o verdadeiro e supremo paraíso divino além destas galáxias-máquinas.

xxxxxx

Finding It Hard to Focus? Maybe It’s Not Your Fault

The rise of the new “attention economy.”

xxxx
Ver, ler, livro:

“The liberation of human attention may be the defining moral and political struggle of our time,” writes James Williams, a technologist turned philosopher and the author of a new book, “Stand Out of Our Light.”

Sociobiologia

sexta-feira, julho 22nd, 2016

xxxx

Um dos mais importantes assuntos para a Matrix/DNA é o grave problema dos instintos do primata – grandes predadores, médios predadores, presas – estarem ainda fortemente presentes nos comportamentos humanos , sendo a causa nefasta de todos os tipos de sistemas sociais e civilizacoes erradas criadas até hoje criados pela Humanidade. E nas ciências academicas, este assunto é mais tratado pela sociobiologia. Portanto abrimos aqui mais este capitulo de pesquisas e estudo

https://pt.wikipedia.org/wiki/Sociobiologia

Sociobiologia é um ramo da biologia que estuda o comportamento social dos animais, usando conceitos da etologia, evolução, sociologia e genética de populações. O termo foi popularizado por Edward Osborne Wilson, em seu livro Sociobiologia: A Nova Síntese, lançado em 1975.

Essa disciplina científica propõe que comportamentos e sentimentos animais, também existentes nos seres humanos, como o altruísmo e a agressividade, são em parte derivados da genética, e não são apenas culturais ou socialmente adquiridos. Esse tipo de afirmação causou grande controvérsia no cenário intelectual, e até hoje divide os pesquisadores. Entretanto, boa parte das críticas são interpretações errôneas da teoria, muito confundida com o darwinismo social.

Mas a introdução em Inglês esta melhor

Sociobiology is a field of scientific study that is based on the hypothesis that social behavior has resulted from evolution and attempts to examine and explain social behavior within that context. It is a branch of biologythat deals with social behavior, and also draws from ethology, anthropology, evolution, zoology, archaeology,population genetics, and other disciplines. Within the study of human societies, sociobiology is closely allied to the fields of Darwinian anthropology, human behavioral ecology and evolutionary psychology.

Sociobiology investigates social behaviors, such as mating patterns, territorial fights, pack hunting, and the hive society of social insects. It argues that just as selection pressure led to animals evolving useful ways of interacting with the natural environment, it led to the genetic evolution of advantageous social behavior.

( Continuar)