Archive for the ‘Astronomia’ Category

Astronomia: mais evidencias para Matrix/DNA?

sexta-feira, junho 22nd, 2018

xxxx

https://www.space.com/40870-interstellar-dust-from-solar-system.html

” Scientists are following a trail of interstellar dust all the way back to the formation of the solar system

” they discovered that GEMS ( glass with embedded metal and sulfides) are made of smaller “sub-grains” that formed before their comet parent; therefore, before our solar system first developed

” With these observations, the researchers think that GEMS could “represent surviving pre-solar interstellar dust that formed the very building blocks of planets and stars,”

” Scientists have been studying GEMS for years, but this team has found compelling evidence that these grains survived the original building phase of our solar system….

“these types of carbon decompose with relatively low heat, according to the statement. Because of this, the researchers think that this dust, and its parent comet, couldn’t have come from the hot, inner solar nebula. Instead, they think the dust more likely formed in a farther, colder, radiation-rich location, such as an outer solar nebula or even a pre-solar molecular cloud, according to the statement. 

Paper deste artigo:

http://www.pnas.org/content/early/2018/06/04/1720167115

Multiple generations of grain aggregation in different environments preceded solar system body formation

de onde se extrai evidencias como esta:

Cometary IDPs contain varying abundances of a-silicate grains known as GEMS (glass with embedded metal and sulfides). They are prime candidates for the initial bricks and mortar used to make planets because (i) some have been shown to have nonsolar isotope compositions consistent with origins in the outflows of other stars or supernovae… ( ou pulsares…)

sexta-feira, junho 22nd, 2018

xxxx

https://scienceandbelief.org/2018/05/31/guest-post-how-can-messy-and-disordered-processes-produce-complexity-and-life/#comment-161617

Guest Post: How can messy and disordered processes produce complexity and life?

Meu comentario postado em 22/06/18: nao saiu publicado talvez aguardando moderacao. Voltar e verificar se foi publicado porque apareceu minha conta do WordPress, postei sob conta do WordPress e devo verificar se isto funciona)

Posted by Louis Morelli at 06/22/18: 

Interesting! Nature ( or God) took 10 billion years building the frame for supporting life. The construction of the frame began in chaotic state and arrived to the most ordered possible state: these astronomical systems. Then, upon this frame and over Earth surface was chaos again, from where emerged life. Who like me that has lived at a jungle like Amazon, knows that this biosphere still is chaotic. We can say that the inner chemistry of human bodies are at ordered state, but the set of human bodies at what we call “humanity” or “human species” is still chaotic. Why God do things in this tortuous way?!

The most rational explanation in my opinion is in a theory called “The universal formula Matrix/DNA for all natural systems”. It begins suggesting that from the Big Bang to nowadays there is a unique universal system, and the various shapes of systems – like atoms, galaxies, cells, human bodies, etc. – are evolutive variations of this universal system, like the human bodies shapes as morula, blastula, fetus, teenager, adult, etc. are merely variations of a unique system. So, it suggests that while there is a biological genetic code for all living systems, called DNA, the DNA itself is the biological variation of a universal matrix encoded at those non-living and ancestral systems. What do you think about? if you see the Matrix/DNA universal formula and knowing that proteins are the biological representations of the entire circular circuit of a system, you will see proteins by a new understanding and creative way.

Mais um remendo na teoria acadêmica e reforço para a Teoria da Matrix/DNA: Astronomia

quarta-feira, junho 20th, 2018

xxxx

https://hypescience.com/gigantesca-estrela-descoberta-pode-nos-obrigar-a-rever-toda-a-historia-do-universo/comment-page-1/#comment-309702

Gigantesca estrela descoberta pode nos obrigar a rever toda a história do universo

Meu comentário enviado ao HypeScience em 20/06/18:

Diz o artigo: “Nossas descobertas nos fazem questionar nosso entendimento da história cósmica.”

Ainda não captei qual a causa do bloqueio mental no mindset acadêmico que os impedem de entender a “historia cósmica”.

Essa mania e teimosia em separar a historia cósmica, com sua evolução cosmológica, da historia da vida na Terra, ou a evolução biológica, e’ irracional. Porque eu estou sendo o único humano a gritar contra esse erro crasso, a ponto de ter desenvolvido modelos teóricos racionais que mostram essa incongruência?

Astrônomo tem que ser biólogo e biólogo tem que ser astrônomo, se querem entender este mundo e nossa existência nele, porque galaxias estão encriptadas nas unidades de informação da vida e as propriedades da vida estão ocultas mas atuantes nas galaxias, como estão sugeridos em meus modelos e cálculos. As diferenças entre galaxias decorrem das diversidades possibilitadas pela plasticidade e flexibilidade da formula universal para sistemas – a formula Matrix/DNA que sugiro em meu website – e antropologizar projetando nossa realidade e nosso sistema como obrigatório em todas as galaxias e’ ignorar o nosso relativismo como observadores num ponto limitado do espaço/tempo.

Dai, todos os dias a cada novo dado vindo do Hubble essa gritaria de que precisa rever o modelo teórico, o qual não mais aguenta remendos, e’ preciso ser refeito. Separar a Historia Universal em dois blocos – a cosmológica regida pela Física e Matemática – e a Biológica – regida pela Biologia e Química – seria o mesmo que separar o corpo humano entre carne e esqueleto ósseo: o sistema total não se suporta. E criando estes dois blocos sem nenhum elo evolutivo ( veja em meu site a figura proposta como esse elo, que esta no meu avatar ao lado) e’ criar um abismo inexistente na evolução universal, e para preencher este abismo tem-se que recorrer ao imaginário mistico, criando deuses mágicos, seja o Allah ou o acaso absoluto. Eu vou lutar contra isso nem que seja sozinho ate’ meu ultimo suspiro, pois não consigo entender este bloqueio, a não ser o razoável argumento de que o cérebro humano ainda esteja configurado pela herança animal que se focaliza no imediato incapaz de levantar os olhos para cima e buscar entender a conjuntura que tem de ser unica, unificada. Alguém aqui discorda? Porque?

Astronomia: Links Importantes

segunda-feira, junho 18th, 2018

xxxxx

. OBSERVATÓRIO NACIONAL

. AGÊNCIA ESPACIAL BRASILEIRA

  . ESA – AGÊNCIA ESPACIAL EUROPÉIA

. HUBBLE SPACE TELESCOPE

. NASA

. ARQUIVOS DA MISSÃO APOLO

. OLIMPÍADA BRASILEIRA DE ASTRONOMIA E ASTRONÁUTICA

. HISTÓRIA DA ASTRONOMIA E CIÊNCIAS AFINS

. ASTRONOMIA – CANAL KIDS

. URANOMETRIA NOVA

. ASTRONOMIA NO ZÊNITE

. SOCIEDADE BRASILEIRA PARA O PROGRESSO DA CIÊNCIA

. SOCIEDADE ASTRONÔMICA BRASILEIRA

. ACADEMIA BRASILEIRA DE CIÊNCIAS

Fantástica indicação da previsão da Matrix/DNA sobre “dois processos para formação de galáxias”?

sexta-feira, junho 15th, 2018

xxxx

http://www.pnas.org/content/early/2018/06/04/1720167115

Neste paper da PNAS, pela primeira vez vejo mencionado   com grande insistencia os termos “first generation”, and “second generation” referindo-se a nebulosas estelares e pre-condicoes de formação do sistema solar. Assim de chofre sem ler cuidadosamente o paper, estou entendendo que separaram a formação destes sistemas em duas fases porque numas amostras de material interestelar so’ aparecem moléculas e elementos nao-organicos, e em outras amostras aparecem estes ingredientes acrescentados de carbono organico…! Isto e’ fenomenal para o modelo teórico astronomico da Matrix/DNA.

Primeiro porque fui o primeiro ( a 35 anos atras) a sugerir como resultados dos meus modelos que – assim como a célula vital teve duas fases ou dois processos diferentes de formação ( a primeira quando formou a primeira célula e a segunda quando a célula aprendeu a se reproduzir e formou todas as outras posteriores – também a formação de galáxias e/ou sistemas estelares tiveram dois processos de formação, pelo mesmo motivo. Como na teoria tratamos da formação do building block de galáxias, não pudemos ate hoje calcular como teria sido a transformação da primeira para a segunda fase, pois isto envolveria um estudo químico muito complexo e detalhado. Com isto ficamos sem afirmar um modelo de formação da Via Láctea e do nosso sistema solar, por não saber-mos se pertencem `a primeira ou segunda geração.

Se nos debates e fóruns da Internet em que participei esta alusão a dois processos de formação produziu nos interlocutores discredito, incompreensao e ate’ ironías, acontece que eles ainda nao sabiam destes recentes estudos e revelações dividindo as gerações pela Ciência Astronômica Oficial.

Outra grande e espetacular possibilidade que surge com estas recentes descobertas vai de encontro com outra sugestão feita a 35 anos atrás: a de que os sistemas astronômicos são internamente exclusivamente físicos e mecânicos, porém já apresentam uma cobertura de organização orgânico-biológica da matéria, a qual evoluiria para os princípios da origem da vida. Quando eu dizia isto então, os ouvintes iam ao delírio do criticismo. Pois neste paper se descobre que o carbono organico ja existia nas nebulosas pre-solares de segunda geracao e inclusive era forte catalizador na agregação de grandes compostos de elementos inorgânicos.

E para quem não percebeu ainda, a propalada transformação do inorgânico para o orgânico que sempre e’ acreditada nas teorias das origens da vida existentes, pode estar errada, e pode estar certa a minha teoria quando sugeriu ha’ 35 anos atras que esta transformacao se deu fora e antes da formação da Terra. Assim como a minha teoria está sugerindo que a teoria evolucionista darwiniana esta demasiado incompleta porque  a evolucao biologica neste planeta foi e e’ afetada por variáveis vindas da evolucao cosmologica ainda desconhecidas de quem não conhece a minha teoria.

Um dos textos do paper referindo-se a duas diferentes gerações:

” We interpret these observations as evidence for two sequential generations of aggregation, possibly in different environments. GEMS are thus first-generation aggregates in which subgrain mantles may have played a role in the aggregation (or accretion) process. The second generation of aggregation involved sticking of GEMS grains, crystals, and nanoglobules, also perhaps facilitated by a second generation of mantles, to form the aggregate structure with organic matrix observed in cometary IDPs…. 

Espero que tenha tempo, condições financeiras e disposição para retornar a este paper com link acima para fazer uma detalhada pesquisa nos papers derivados e relacionados ao tema. São centenas, milhares de indicações, evidências, como estas, que me fazem suspeitar que realmente a minha teoria tenha uma forte conexão com a realidade da natureza universal…

Evidencia para o modelo astronomico da Matrix/DNA: Formacao dos sistemas astronomicos

sexta-feira, junho 15th, 2018

xxxx

No modelo astronomico da Matrix/DNA – que e’ baseado na formula universal para sistemas – o nucleo de uma nebulosa rotativa contem um turbilhao onde sao processados os elementos que vao compor o nucleo dos astros. O modelo previu grande quantidade de magma de ferro liquido quente. Agora este estudo abaixo confirma a existencia do ferro nas nebulosas pre-sistemas estelares e sugere a existencia de mais tres elementos: Mg (magnesio),Si (silicate) e Ca. Isto deve ser mencionado no livro:

Artigo no link para o paper no PNAS:

http://www.pnas.org/content/early/2018/06/04/1720167115

The Cosmic Dust Analyzer (CDA) on board the Cassini spacecraft determined that contemporary interstellar dust grains from the diffuse ISM consist primarily of grains of magnesium-rich silicate composition with approximately solar relative abundances of the nonvolatile rock-forming elements Mg, Si, Ca, and Fe, a mean size of ∼200 nm, and inferred presence of iron inclusions (9). [Carbon detection by the CDA was difficult in such small samples impacting at high speeds due, in part, to contamination issues (9)

Mais informacoes em:

De planeta a pulsar, como se desenvolvem os vulcoes… e cometas

terça-feira, junho 5th, 2018

xxxx

Predicting How Fast Magma Is Building Below Yellowstone

https://www.msn.com/en-us/weather/topstories/predicting-how-fast-magma-is-building-below-yellowstone/ar-AAyfbJI?li=BBnbfcL&ocid=spartanntp

(varias novas informacoes sobre o que se sabe e novas teorias a respeito do nucleo e sua atividade produzindo magmas. O artigo acima da MSN leva ao paper abaixo:

Direct measurement of advective heat flux from several Yellowstone hot springs, Wyoming, USA

(paper com free PDF em 16 paginas. A minha pesquisa no PDF deve definir os termos tecnicos, etc.)

https://pubs.geoscienceworld.org/gsa/geosphere/article/531475/Direct-measurement-of-advective-heat-flux-from

water next to the ocean

© Provided by IBT Media

Formacao do sistema solar e da vida: boas sugestoes para Matrix/DNA

segunda-feira, junho 4th, 2018

xxxx

(em construcao – continuar a ler o artigo e pesquisas)

http://mensageirosideral.blogfolha.uol.com.br/2018/05/21/um-asteroide-interestelar-veio-morar-no-sistema-solar-diz-estudo/

Um objeto interestelar veio morar no Sistema Solar, diz estudo

mais evidencias astronomicas para o modelo da Matrix/DNA: estrelas velhas quietas x novas inquietas

segunda-feira, junho 4th, 2018

xxxx

http://mensageirosideral.blogfolha.uol.com.br/2018/05/30/estudo-com-estrela-similar-ao-sol-ajuda-a-explicar-evolucao-da-vida-na-terra/

Estudo com estrela similar ao Sol ajuda a explicar evolução da vida na Terra

Meu comentario enviado ao artigo (checar se foi publicado)

Sao trabalhos assim que podem se tornar o ‘breakthrough” em Ciencias, e obter uma descobertas que revolucione o estudo das origens e evolucao da vida na Terra. parabens `as astronomas brasileiras. Existe uma possibilidade inversa: que as invasoes solares tenha fornecido elementos catalizadores ou informacoes decisivas para mudancas ou desenvolvimento de uma vida que teria estado bilhoes de anos parada, como sugerem os meus modelos na Teoria da Matrix/DNA. Afinal, nao foi esse “boost” vindo de meteoritos e cometas que trouxeram elementos faltantes?

Sistemas inteligentes e conscientes nao baseados em carbono

segunda-feira, junho 4th, 2018

xxxxx

Debate com a Matrix/DNA num forum na Internet:

Pergunta ao grupo em geral: “Tem alguma possibilidade de que exista outra forma de vida nao baseada no carbono?”

Resposta da Matrix/DNA:

Bem, Segundo a ciencia oficial, o carbono possibilitou este tipo de vida que temos neste planeta porque o carbono era o melhor atomo em construir longas cadeias com outros atomos interligados, alem da formidavel capacidade de realizar loops, etc. E a mesma ciencia oficial afirma ter descoberto que ao menos um outro atomo, o silicio, tem identicas ou quase identicas propriedades. Agora, teorizando um pouco baseado nestas informacoes e lembrando que nos temos construido computadores onde as partes mais sensiveis sao feitas de silicio e que estamos na direcao de inserir Inteligencia Artificial nestes computadores, Podemos imaginar que pode exitir no future aqui na Terra uma forma de vida inteligente baseado no silicio sendo que a vida baseado em carbono tenha sido a muito tempo extinta. Entao o que diriam os silicianos ao descobriram fosseis de vivos baeados em carbono?

– ” Oh, nos pri0mordios existiu uma forma de vida muita primitiva e formada de carbono, que esteve na base das nossas origens… coitadas daquelas quase bacterias de carbono… nao existem mais…”

Agora saindo do terreno da ciencia oficial mas mantendo ainda os fatos reais conhecidos pela ciencia oficial, vamos ao reino da Matrix/DNA. Esta sugere que podemos falar como os silicianos: ” oh,… nos primordios, mesmo antes das estrelas produzirem atomos acima de 5 particulas, como e’ o carbono 6, existia vida que esteve na base de nossas origens, entao em que era baseado esta vida?

Para responder esta pergunta e’ preciso antes trocar a palavra “vida” pelo nome “sistema funcional”, e mais ainda, segundo a Matrix/DNA, pelo nome de “o sistema funcional universal, unico neste Universo”, captado pelos nossos cinco sentidos e atuais instrumentos de medicao cientificos. A palavra vida separa coisas dentro deste Universo. Quando um dos sistemas do Universo diz que e’ vivo, e os outros nao, ele esta tentando subir e se sentar num trono que nao existe, ele esta se separando do Universo que nao admite a separacao de todas suas coisas interconectadas porque ele em si e’ um so e mesmo Universo, como poderia algo ser separados e dentro dele? Por isso, por se separar do Universo a vida nao consegue encontrar suas origens. (aplausos)…

O nome sistema resolve o problema porque a ciencia oficial sabe que os vivos sao sistemas em si e sabe que tanto os atomos como as galaxias tambem sao sistemas. Da mesma forma que uma especie futura mais inteligente como os silicianos nao tiveram problema algum em ver que a vida baseada em silicio foi antecedida por uma ancestral vida baseada em carbono, nos deveriamos ter hoje essa inteligencia para entender e admitir que a nossa vida baseada em carbono foi antecedida por ancestrais vivos nao baseados em carbono… (esfusiantes aplausos).

Parece-me que a comunidade cientifica academica – ou ao menos aqueles que me criticaram nos foruns quando mencionei esta ideia – esta repetindo o mesmo pecado dos religiosos que nao aceitam e acham uma ofensa dizer que os humanos vieram de primatas, quando essa mesma comunidade nem sequer admitiu pensar que nos, os carbonados, viemos de ancestrais primitivos nao carbonados. Que nos, os biologicos, viemos de ancestrais primitivos nao-biologicos. Porque a resistencia, qual a ofensa nisso? Estariam tao melindrados quanto os que creem que sao descendentes de Adao e Eva?(aplausos)

Um dos outros elementos em que se baseou uma destas formas primitvas de vida, talvez a mais primitiva de todas, temos quase certeza que foi o foton. Mas ainda tem outra coisa. Os silicianos podem descobrir que possuam um padrao de codigo formados nao apenas pelos atomos mas tambem que pode nao ser necessariamente genetico, nem o DNA, porem ao descobriram o DNA biologico nos fosseis da vida antiga extinta podem acabar descobrindo que o seu atual codigo esta montado e ainda contem o sutil codigo em forma de DNA como template do codigo siciliano. Em outras palavras o DNA biologico pode nao existir mais na forma biologica porem ele existe numa forma talvez energetica, o que vale dizer que ele ainda existe. Da mesma forma, na Matrix/DNA nos suspeitamos que o codigo fotonico subjaz o codigo na forma de DNA. Ou seja, O DNA seria como um cerebro onde a operacao fundamental sao as sinapses, e no caso do DNA exista uma forma precursora das sinapses que seria uma network de fotons. Infelizmente nossos cinco sentidos e nossos instrumentos cientificos ainda nao captam estas sinapses no DNA o que e’ explicavel quando nos lembramos que nossos instrumentos cientificos apenas muito recentemente captou as sinapses no cerebro humano as quais sao milhares ou milhoes de vezes mais visiveis e maiores que as sinapses no DNA. Sim, e’ possivel, e provavel que exista outras formas de vida baseadas em outros elementos que nao sejam o carbono. Inclusive que tenham existido tais formas de vida que hoje nao existem mais ou existem como quasi-fosseis, como sao nossos ancestrais atomos e galaxias.

Vale ainda lembrar que a ciencia oficial descobriu ( e aqui me desculpem que me falha a memoria em que artigo cientifico eu li isso, mas sei que era confiavel e revelador porque ao ler aquilo eu corri a estudar a tabela periodica com novo olhar), a ciencia descobriu que a cada 7 ( ou oito?) elementos da tabela periodica, o proxima elemento repete as mesmas propriedades de um atomo localizado antes na tabela. Eu calculei que entao existe um ciclo vital na formacao dos elementos, o qual se repete a cada sete geracoes, ou seja, ate a evolucao dos elementos basilares do universo obedece ao mesmo processo da evolucao universal. Se isso for verdade, ou seja, se a ciencia oficial descobrir que o processo do ciclo vital esta inserido na formacao dos elementos, confirmando minha previsao, isto significa que a  cada 7 atomos ou cada sete diferentes numeros atomicos depois do carbono existe outro atomo que pode ser a base da vida ( desculpem, a base de sistemas funcionais) de uma forma de vida/sistema bastante diferente da nossa baseado em carbono. Se existem arredondando, 180 elementos na tabela, deveriamos divider 180 por sete que vai dar cerca 26 atomos que podem ser a base de 26 formas de vida diferentes da nossa. E cada uma sera uma estontante surpresa abrindo um leque para milhoes de coisas que ainda desconhecemos. Imaginem cada uma dessa colossal surpresa multiplicada por 26… e dentro deste nosso Universo…