Archive for the ‘Musica’ Category

Musicas Apreciadas na Matrix/DNA

sábado, fevereiro 16th, 2019

xxxxx

GENESIS

Mama

xxxxx

PHILL COLLINS – IN THE AIR TONIGHT

 

xxxxx

Rivers of Babylon

“Rivers of Babylon”, inspirada no Salmo 137, foi composta pelos jamaicanos Brent Dowe e Trevor McNaughton, da banda The Melodians ( veja o video abaixo), penso que comparando a escravidão negra no Caribe com a escravidão dos hebreus na Babilônia. Foi gravada pela primeira vez em 1969.  Ganhou projeção no filme de 1972 The Harder They Come, que apresentou o cantor Jimmy Cliff ao mundo e contribuiu para a projeção internacional do “reggae”.

A versão em estilo discoteca de 1978 do grupo “Boney M” deu grande popularidade à canção. “Babilônia” assume, no contexto da canção, o sentido de opressão, falta de liberdade, seja ela de cunho político, cultural ou espiritual, e como tal empregado nos movimentos anti-racistas e anticoloniais, caso desta canção caribenha. Na cultura estadunidense, onde a canção causou grande impacto, este salmo possui uma tradição de uso político, figurando no primeiro livro publicado naquele país, numa canção patriótica de William Billings quando da Independência, passando por discurso do abolicionista Frederick Douglass até ressurgir na canção de 1969 de The Melodians e então em muitas outras, em vários estilos (gospel, disco, country, etc).

O filme que revelou a canção foi ainda o primeiro longa-metragem realizado na Jamaica, e o sucesso da obra projetou seu diretor, Perry Henzell. Por sua composição ainda na década de 1960 é considerada como “proto-reggae”.

Salmos 137

1 – Junto aos rios da Babilônia nós nos sentamos e choramos com saudade de Sião.

2 – Ali, nos salgueiros penduramos as nossas harpas;

3 – ali os nossos captores pediam-nos canções, os nossos opressores exigiam canções alegres, dizendo: “Cantem para nós uma das canções de Sião! ”

4 –  Como poderíamos cantar as canções do Senhor numa terra estrangeira?

5 – Que a minha mão direita definhe, ó Jerusalém, se eu me esquecer de ti!

6 – Que a língua se me grude ao céu da boca, se eu não me lembrar de ti, e não considerar Jerusalém a minha maior alegria!

7 – Lembra-te, Senhor, dos edomitas e do que fizeram quando Jerusalém foi destruída, pois gritavam: “Arrasem-na! Arrasem-na até aos alicerces! ”

8 –  Ó cidade de Babilônia, destinada à destruição, feliz aquele que lhe retribuir o mal que você nos fez! 9 Feliz aquele que pegar os seus filhos e os despedaçar contra a rocha!

A musica orinal de autores jamaicanos – The Melodians – em 1969, :

xxxxxxxxx

Alan Parsons – Live In Madrid (2004) Complete Concert

Alan Parsons foi um dos engenheiros de som do “The Dark Side of the Moon”. Musica de sua autoria de mais sucesso e’  “Sirius / Eye In The Sky”, a de numero doze aos 59:35 minutos do video.

“The eye in the sky” , que foi inspirada no Grande Irmao, de Orwell.