Archive for the ‘Evolução Biológica’ Category

Veja como a Natureza criou o fenômeno da produção de óvulos – Embriogêneses

domingo, agosto 26th, 2018

xxxx

O Ovulo do Mês e o Germe estelar do Seculo

O Ovulo do Mês e o Germe estelar do Seculo –

Imagem: Jacqeus Donnez, “Observação laparoscópica da ovulação humana espontânea”, Fertility and Sterility 2008

Você está testemunhando a ovulação de um óvulo humano real, capturado no ponto de ruptura folicular. Cerca de 20% das mulheres que ovulam podem sentir a ovulação, uma sensação conhecida como “Mittelschmerz”, que em alemão significa “dor do meio” em tradução livre.
O termo refere-se a uma dor abdominal ou na região pélvica inferior, que ocorre no meio do ciclo menstrual. Algumas mulheres são tão sensíveis que conseguem até mesmo identificar qual dos dois ovários forneceu o óvulo naquele mês.
No entanto a Mittelschmerz é totalmente diferente das cólicas menstruais. Além de se tratar de uma resposta benigna do corpo, geralmente não dura mais do que algumas horas.
Mas aqui fica um alerta: a dor abdominal e pélvica pode significar muitas outras coisas. Por isso, mulheres, caso sintam qualquer desconforto na região, procure um médico.

Porem, para filósofos e pesquisadores que apreciam o conhecimento mais profundo sobre este Mundo, vejamos porque existe este fenômeno natural…

Observação da Matrix/DNA:

Ok. Mas como e de onde a matéria estéril, burra, de um planeta que era turbulento e nada tinha de vida na sua superfície, tirou a ideia para chegar a esta magnifica cena, a este curioso fenômeno natural de extraordinária engenharia?

Resposta:

A Natureza Universal não pode criar novas informações por magica, tudo o que Ela produz é feito com informações que Ela recebeu no instante inicial deste Universo, informações na forma de partículas fótons da onda de luz original. Assim como hoje tudo o que é feito num embrião humano sendo gestado depende de informações existentes no momento da fecundação do ovulo. Essa onda contem em si, ou melhor, ela é, a formula para criar  um sistema universal que iria se desenvolver pelo processo do ciclo vital, portanto, o sistema iria mudar de forma muitas vezes, cada vez mais complexas. Como o corpo humano depois da fecundação começa a mudar de forma – desde a morula, a blastula, o feto… até o adulto, o idoso… um fenômeno produzido pelo processo do ciclo vital. Assim foi formada a forma do sistema atômico, do galáctico, da célula vegetal, animal, etc., tudo numa mesma e unica linhagem evolutiva universal. Então…

Nós podemos ver na formula para sistemas naturais quando ela tinha formado os building blocks das galaxias, este mesmo mecanismo, praticamente esta mesma imagem, quando um germe de um novo astro é liberado do vórtice turbilhonar ( o equivalente astronomico ao folicular humano). Infelizmente o desenho explicitando isto foi feito em rudes condições na selva amazônica, mas creio ser suficiente para se notar a semelhança (clique na imagem para amplia-la):

Sistema-Elo Entre os Sistemas Naturais Não-Vivos e os Sistemas Biológicos

Sistema-Elo Entre os Sistemas Naturais Não-Vivos e os Sistemas Biológicos – Matrix/DNA Theory

Vemos o vórtice turbilhonar que se forma numa nebulosa de poeira e gases estelar, e como, apos receber massa degradada e as informações mais energias dos cometas que fazem a função de espermatozoides, liberando as esferas amarelas, que correspondem aos óvulos no nível biológico, as quais vão ser os germes nos núcleos dos novos astros. E para clarificar mais, vejamos a formula universal para sistemas naturais no aspecto de um diagrama de software. O folículo representa a Função 1 e o óvulo a Função 2:

The Universal Formula of MatrixDNA as Software/Closed System

The Universal Formula of MatrixDNA as Software/Closed System

E meu comentário postado no Facebook em 26/08/18:

Veja como a Natureza criou o fenômeno da produção de óvulos – Embriogêneses

Eu nunca vi com meus olhos a imagem de um ovulo nascendo e sendo liberado como nesta imagem, mas vi esta mesma imagem com a mente que estuda, faz os cálculos certos e desenha as imagens mentais. Porem as imagens que vi se referiam as origens da Vida quando da sopa primordial emerge a primeira célula viva, e se referiam ao ambiente celeste nas origens dos astros… Mais uma evidencia e sugestão de que estou no caminho mais certo que o mundo acadêmico nas universidades… Infelizmente, eu preferiria ser o errado e eles o certo, pois seria mais fácil mudar uma cabeça do que assim, com milhões de cabeças duras que estão mentalmente bloqueadas e não querem mudar, evoluir… E por isso 90% da Humanidade continua em péssimas condições de existência e parece que a sua totalidade esta indo numa direcao muito errada…

Razão pela qual não se achou ainda o primata ancestral dos humanos: hibridismo

sexta-feira, agosto 24th, 2018

xxxxx

Denny inherited one set of chromosomes from her Neanderthal ancestors, depicted in this model.Credit: Christopher Rynn/University of Dundee

Denny inherited one set of chromosomes from her Neanderthal ancestors, depicted in this model.Credit: Christopher Rynn/University of Dundee

Cruzamentos férteis entre diferentes especies: Neanderthals e Denisovans

Observe que já se sabia que o homo sapiens tenha vindo de uma linhagem de Neanderthals:  Before the discovery of the Neanderthal–Denisovan individual, whom the team has affectionately named Denny, the best evidence for so close an association was found in the DNA of a Homo sapiens specimen who had a Neanderthal ancestor within the previous 4–6 generations3.

Artigo na Nature:

Mum’s a Neanderthal, Dad’s a Denisovan: First discovery of an ancient-human hybrid

22 AUGUST 2018

https://www.nature.com/articles/d41586-018-06004-0

Paper Original:

The genome of the offspring of a Neanderthal mother and a Denisovan father

https://www.nature.com/articles/s41586-018-0455-x

Abstract

Neanderthals and Denisovans are extinct groups of hominins that separated from each other more than 390,000 years ago1,2. Here we present the genome of ‘Denisova 11’, a bone fragment from Denisova Cave (Russia)3 and show that it comes from an individual who had a Neanderthal mother and a Denisovan father. The father, whose genome bears traces of Neanderthal ancestry, came from a population related to a later Denisovan found in the cave4,5,6. The mother came from a population more closely related to Neanderthals who lived later in Europe2,7 than to an earlier Neanderthal found in Denisova Cave8, suggesting that migrations of Neanderthals between eastern and western Eurasia occurred sometime after 120,000 years ago. The finding of a first-generation Neanderthal–Denisovan offspring among the small number of archaic specimens sequenced to date suggests that mixing between Late Pleistocene hominin groups was common when they met.

Origens dos Animais: Ediacaranos a 571 milhões de anos?

sábado, agosto 18th, 2018

xxx

https://hypescience.com/cientistas-repensam-teorias-sobre-a-evolucao-apos-estudar-alguns-dos-primeiros-animais-do-planeta/?utm_source=onesignal&utm_medium=push_onesignal&utm_campaign=newpost_onesignal

Cientistas repensam teorias sobre a evolução após estudar alguns dos primeiros animais do planeta

Como os membros da biota ediacarana foram agora classificados como animais, podemos datar a origem do reino animal pelo menos no momento em que esses fósseis apareceram. Os membros mais antigos desses grupos são conhecidos como “rangeomorfos” (da ordem Rangeomorpha) e aparecem no registro fóssil há aproximadamente 571 milhões de anos, no final do período Ediacarano.

Fantástica indicação da previsão da Matrix/DNA sobre “dois processos para formação de galáxias”?

sexta-feira, junho 15th, 2018

xxxx

http://www.pnas.org/content/early/2018/06/04/1720167115

Neste paper da PNAS, pela primeira vez vejo mencionado   com grande insistencia os termos “first generation”, and “second generation” referindo-se a nebulosas estelares e pre-condicoes de formação do sistema solar. Assim de chofre sem ler cuidadosamente o paper, estou entendendo que separaram a formação destes sistemas em duas fases porque numas amostras de material interestelar so’ aparecem moléculas e elementos nao-organicos, e em outras amostras aparecem estes ingredientes acrescentados de carbono organico…! Isto e’ fenomenal para o modelo teórico astronomico da Matrix/DNA.

Primeiro porque fui o primeiro ( a 35 anos atras) a sugerir como resultados dos meus modelos que – assim como a célula vital teve duas fases ou dois processos diferentes de formação ( a primeira quando formou a primeira célula e a segunda quando a célula aprendeu a se reproduzir e formou todas as outras posteriores – também a formação de galáxias e/ou sistemas estelares tiveram dois processos de formação, pelo mesmo motivo. Como na teoria tratamos da formação do building block de galáxias, não pudemos ate hoje calcular como teria sido a transformação da primeira para a segunda fase, pois isto envolveria um estudo químico muito complexo e detalhado. Com isto ficamos sem afirmar um modelo de formação da Via Láctea e do nosso sistema solar, por não saber-mos se pertencem `a primeira ou segunda geração.

Se nos debates e fóruns da Internet em que participei esta alusão a dois processos de formação produziu nos interlocutores discredito, incompreensao e ate’ ironías, acontece que eles ainda nao sabiam destes recentes estudos e revelações dividindo as gerações pela Ciência Astronômica Oficial.

Outra grande e espetacular possibilidade que surge com estas recentes descobertas vai de encontro com outra sugestão feita a 35 anos atrás: a de que os sistemas astronômicos são internamente exclusivamente físicos e mecânicos, porém já apresentam uma cobertura de organização orgânico-biológica da matéria, a qual evoluiria para os princípios da origem da vida. Quando eu dizia isto então, os ouvintes iam ao delírio do criticismo. Pois neste paper se descobre que o carbono organico ja existia nas nebulosas pre-solares de segunda geracao e inclusive era forte catalizador na agregação de grandes compostos de elementos inorgânicos.

E para quem não percebeu ainda, a propalada transformação do inorgânico para o orgânico que sempre e’ acreditada nas teorias das origens da vida existentes, pode estar errada, e pode estar certa a minha teoria quando sugeriu ha’ 35 anos atras que esta transformacao se deu fora e antes da formação da Terra. Assim como a minha teoria está sugerindo que a teoria evolucionista darwiniana esta demasiado incompleta porque  a evolucao biologica neste planeta foi e e’ afetada por variáveis vindas da evolucao cosmologica ainda desconhecidas de quem não conhece a minha teoria.

Um dos textos do paper referindo-se a duas diferentes gerações:

” We interpret these observations as evidence for two sequential generations of aggregation, possibly in different environments. GEMS are thus first-generation aggregates in which subgrain mantles may have played a role in the aggregation (or accretion) process. The second generation of aggregation involved sticking of GEMS grains, crystals, and nanoglobules, also perhaps facilitated by a second generation of mantles, to form the aggregate structure with organic matrix observed in cometary IDPs…. 

Espero que tenha tempo, condições financeiras e disposição para retornar a este paper com link acima para fazer uma detalhada pesquisa nos papers derivados e relacionados ao tema. São centenas, milhares de indicações, evidências, como estas, que me fazem suspeitar que realmente a minha teoria tenha uma forte conexão com a realidade da natureza universal…

mais evidencias astronomicas para o modelo da Matrix/DNA: estrelas velhas quietas x novas inquietas

segunda-feira, junho 4th, 2018

xxxx

http://mensageirosideral.blogfolha.uol.com.br/2018/05/30/estudo-com-estrela-similar-ao-sol-ajuda-a-explicar-evolucao-da-vida-na-terra/

Estudo com estrela similar ao Sol ajuda a explicar evolução da vida na Terra

Meu comentario enviado ao artigo (checar se foi publicado)

Sao trabalhos assim que podem se tornar o ‘breakthrough” em Ciencias, e obter uma descobertas que revolucione o estudo das origens e evolucao da vida na Terra. parabens `as astronomas brasileiras. Existe uma possibilidade inversa: que as invasoes solares tenha fornecido elementos catalizadores ou informacoes decisivas para mudancas ou desenvolvimento de uma vida que teria estado bilhoes de anos parada, como sugerem os meus modelos na Teoria da Matrix/DNA. Afinal, nao foi esse “boost” vindo de meteoritos e cometas que trouxeram elementos faltantes?

Broto do Feijão Encurvado: Mais evidencias para a formula da Matrix/DNA

terça-feira, maio 22nd, 2018

xxxx

Asaptacao vegetal da F1 da formula MatrixDNA

https://www.facebook.com/PenseCiencia/photos/a.478735305648883.1073741828.474008256121588/840990512756692/?type=3&theater

Sabe o brotinho de feijão no algodão que nasce curvado?

Quando o broto tem que atravessar a terra ele deve proteger as primeiras folhas que vão surgir, por isso ele brota curvado, protegendo a gema apical.

Comentário da Matrix/DNA:

Exata copia e aplicação da Natureza da formula denominada Matrix/DNA.

Forma errada de ensinar a pensar a realidade da Natureza. Plantas não tem cérebros, não podem prever o futuro, então não e’ “ela não atua com o proposito de proteger de proteger as primeiras folhas que ainda vão surgir”. Não pode ser por esse motivo que o germe na semente brota curvado. A seguir as simples leis naturais, a tendencia do germe e’ botar na direcao da porcão de terra acima dele que estiver mais quente, e por isso, ele já brota procurando e se dirigindo na direcao da luz do Sol. Então porque o broto agora neste tempo da sua evolução, esta brotando curvado? Existem duas respostas possíveis. Uma e’ que tempos passados uma ou mais sementes tinham alguma matéria dura acima dela (pedra, rocha, etc.), e seu talo não conseguia subir em linha reta, mas seu crescimento imperativo o fez contornar a pedra. Aconteceu que algum talo conseguiu aflorar a superfície e salvar o germe, o qual se reproduziu com esse registro em sua genética, iniciando uma mutação. Como no lugar havia muitas sementes nesta situação, os germes que não conseguiam aflorar a superfície não deixavam prole, enquanto os curvados se reproduziam mais e esta mutação se estabeleceu definitivamente.

A segunda resposta e’ um complemento da primeira, porem e’ outra teoria mais “abstrata”, reduzida a um pequenos circulo de observadores da Natureza Universal e não apenas local. Estes descobriram uma formula abstrata que suspeitam existir realmente devido o acumulo de evidencias já compiladas, e segundo esta formula, os brotos se desenvolvem encurvados por primeiro imperativo da lei natural. Desde que a formula seria a responsável universal que a Natureza aplica sempre que cria qualquer nova forma de sistema natural, organizando massa de simples sistemas para construir sistemas mais complexos, ela atuou também na evolução dos vegetais. A formula para o entendimento humano e’ representada e desenhada como a figura de um diagrama, e basta comparar a cena do talo encurvado com a figura para se entender como e porque o talo se encurvou e se fixou assim. Na formula o germe representa a função sistêmica F1 ( ver figura abaixo), e a emissão do germe fora do casulo o faz mover-se encurvado para a esquerda, no sentido horário, tornando-se F2. Portanto, esta característica de talos se encurvarem ao nascer e’ um mecanismo real natural que já estava a disposição das unidades de informação do DNA do broto vegetal, pois a mesma formula esta copiada, reproduzida, nestas unidades do DNA. Portanto, os primeiros brotos nos primórdios dos vegetais nasceram encurvados por lei herdada do sistema gerador ancestral, mesmo que seu “instinto” o fizesse tender para nascer na direcao da luz. Seia mais difícil explicar se ele se apresentasse agora em linha reta ao invés de encurvado.

FORMULA DA MATRIX/DNA:

 

E o desenho do circuito do fluxo interno de informação da fórmula da Matrix/DNA na sua versão de sistema perfeito fechado, na forma de diagrama de software

E o desenho do circuito do fluxo interno de informação da fórmula da Matrix/DNA na sua versão de sistema perfeito fechado, na forma de diagrama de software

 

 

Mutações no DNA são filmadas quando estão ocorrendo!

quinta-feira, março 15th, 2018

xxxx

https://www.youtube.com/watch?v=Vi38IqxkW68

Mutating DNA caught on film

http://www.sciencemag.org/news/2018/03/mutating-dna-caught-film

Mutações no DNA fazem células de tumores crescerem fora de controle, mas elas também geram variações que capacitam organismos a se adaptarem a seus ambientes e evoluírem.

Ate’ agora, biólogos tem tido somente rudes métodos para estimarem a razão media e efeitos das mutações. Mas em um novo estudo, biofísicos documentaram mutações individuais enquanto elas aconteceram nas células de bactérias.

Estas mudanças ocorrem na mesma razão no tempo – opostos a erupções ao acaso – e somente 1% são mutações mortais.

Todas bactérias de mesma especie parecem ter a mesma razão de mutações – cerca de uma mutação em cada 600 horas em bactérias normais, e cerca de 200 mutações por cada 600 horas em bactérias sintetizadas geneticamente e artificialmente para mutarem numa razão mais rápida.

( continuar lendo e traduzindo artigo)

Provas da Evolução que Você pode encontrar em seu Corpo ( video)

terça-feira, setembro 12th, 2017

xxxx

Interessante video sobre vistigiais interrompidos pela evolucao porem ainda mantendo seus templates,  como mucles da mao, da cauda, arrepios, etc.

https://www.youtube.com/watch?v=rFxu7NEoKC8

Diferenças no trabalho entre Darwin e o autor da Matrix/DNA Theory

segunda-feira, setembro 11th, 2017

xxxx

Tem pessoas adiantando que estou me comparando a Darwin. Entao copio abaixo uma resposta que enviei a um destes criticos ( e a registro aqui porque com certeza tereii que envia-la a outros mais):
There are differences:
1) We both applied comparative anatomy, but, he applied the reductive method, working details, I applied systemic method, searching the division, location and relationships among systems, starting with the whole biosphere as unique system and calculated the reverse of evolution, arriving to a point. Then the point pointed out to the solar system, so, from the point I went to the whole Universe, applying now comparative anatomy and reverse mechanisms of evolution between living and non-living systems (atoms and astronomic systems): Here I discovered the mechanisms of cosmological evolution and that these mechanisms continuing to driven biological evolution. Darwin did not perceive it. So, I re-calculated evolution applying the Darwinian mechanisms plus the cosmological mechanisms. The final results explained all gaps in Darwinian theory.
2) The idea of evolution was existing before Darwin’s travel to the field, at the tropics. He went to confirm the idea. The idea about an evolutionary link between cosmological evolution and biological evolution, and the idea that those non-biological systems linked evolutionary to biological system must be formed by the same biological formula (an ancestor of DNA); the idea that the building blocks of galactic systems has expressed or not the seven properties of life; and the final idea that in fact, there is no evolution, but, merely, a universal process of reproduction of the thing that triggered the Big Bang… these ideas were nowhere at my time, never existed before, and till now I am the unique human being with these ideas and formulas, models, supporting them. plus 1.600 evidences enrolled at my website and lots more at home, and hundred of previous predictions from 30 years ago confirmed by data obtained by official Science. Neither I had these ideas before going to the field, it was the pure nature never touched by human beings that suggested them. My unique idea before was that the first cell system was the first complete and real living thing, systems only comes from prior systems, less evolved or not, biological or not, and nobody in any time has searched a system when searching the cause of life’s origins. I went searching such system that, probable, was inside the primordial soup.
3) Darwin worked limited to the planet Earth and stood in the field 4 years: he discovered micro-evolution, 3,5 billion years old, because biological evolution is micro: I stood in the field 7 years, putting all time the whole universe on the table when drawing and calculating my models, i worked with universal macro-evolution which is 13,8 billion years old;
4) There are ideas that you suspects it is real, you work hard on it, sometimes given your life for it, you build a new theory, but, reality approves one idea and not approve others. Biological evolution is approved already, Darwin was lucky. Universal evolution still is not approved and can be debunked ( I am almost convinced that it will not, but, not sure yet), I will lose. Still I will leave my contribution: nobody will do the same mistake again.

Argumento a Favor da Matrix/DNA: Darwinismo e’ super-simplificacao

terça-feira, julho 25th, 2017

xxxxx

varios argumentos uteis neste debate, defendidos por GravityBoy:

https://www.youtube.com/watch?v=xyhZcEY5PCQ&lc=z132epexbkupgxdkp23xelpwrzq4gt2sc.1500964477256010

You are yet again oversimplifying the process. What you are describing is a basic chemical process, chemicals react and more chemicals are created. Dr Stephen Meyer has demolished the RNA world view in Signature in the Cell and in later rebuttals of criticism. Enzymes are billions of order of magnitude away from a 2 meter long information chain containing 3 billion bits of information wound and packed in just the right way within a membrane that allows just the right material back and forth and has micro-machines literally doing jobs based on information they find. It looks like a designed factory. One tiny cell contains ALL the information and tools needed to build a human body. Yet these cells are supposedly blind to the greater whole. Every hair, every tiny vein, the temperature control system, blood pressure system, bodily auto-pilot systems, the eye, the nervous system, breathing, eating, waste systems, the incredible totality. All of it in one cell. It is more vastly complex than anything man-made and yet if you saw a man-made object like a Jumbo Jet you would never for a second think it was produced by random forces. Like I said I’m not arguing for God, especially the one of the Bible – I’m arguing that the simple view of evolution doesn’t work either.