Archive for the ‘geologia’ Category

Estávamos errados ao que acontece dentro do manto da Terra – diz cientistas

sexta-feira, maio 20th, 2016

xxxx

http://www.msn.com/pt-br/noticias/mundo/est%c3%a1vamos-completamente-errados-em-rela%c3%a7%c3%a3o-ao-que-acontece-dentro-do-manto-da-terra/ar-BBsWg2w

Nota: Observar na figura abaixo que a formula da Matrix/DNA s e manifesta abstratamente, como um template holográfico ( O núcleo terrestre e’ F1, as correntes de convecção estão nas posições das outras partes. Claro, não acredito nem vejo razão do porque a formula iria se desenvolver internamente na Terra, a não ser no seu aspecto de luz-ondas, que já esta bem obvio. Se as correntes fossem de fato um desenvolvimento da formula, significaria que o núcleo da Terra seria dividido pois seria formula mais desenvolvida, e isso não faz sentido.)

Image result for correntes de convecção

Image result for correntes de convecção

Image result for correntes de convecção

Diz o artigo:

O interior profundo do nosso planeta é um grande mistério científico. Nunca perfuramos mais do que alguns quilômetros abaixo da superfície da Terra, e assim geólogos dependem de medições indiretas e modelos para ter ideia do que acontece lá embaixo. O manto é uma camada de quase 3000 km de uma gosmas e rochas comprimidas, e a atividade convectiva dentro dele tem grande impacto na superfície da Terra.

Pela primeira vez, geólogos compilaram um mapa global dos movimentos chamados “correntes de convecção” dentro do manto da Terra. Eles descobriram que essas correntes estão se movendo até dez vezes mais rápido do que se imaginava. A descoberta pode ajudar a explicar de tudo, desde como a superfície da Terra muda com o passar do tempo à formação dos depósitos de combustíveis fósseis, além da mudança climática de longo prazo.

( para ler o artigo clicar no link acima)

Vídeo Mostra Momento da Erupção de um Vulcão… e Matrix/DNA Lembra Porque o Planeta É Quase-Vivo

segunda-feira, setembro 8th, 2014

xxxxx

Um casal viajando num barco na Austrália captou em câmera o flagrante da explosão numa erupção de um vulcão no meio das montanhas ( veja link opara o vídeo abaixo) . Imagine o susto se você estivesse filmando a margem onde tudo parece quieto e eterno, e de repente acontece tal explosão! Mas isto serve como bom lembrete para manter-nos acordados sobre as dimensões da nossa existência, que realmente a vida estressada moderna nos impede esta atenção. Vulcões são buracos no solo vindos de canais que entram profundamente na Terra, talvez aproximando-se do centro dela, e assim tais canais são invadidos pela pressão e material resultante das reações nucleares num planeta quase-vivo. No centro da Terra tem uma semente, uma espécie de germe. Imagine um grão de milho, lembre-se que ele é cônico, tendo uma mancha branca na ponta e o resto é amarelo. A ponta branca é o germe, o amarelo é o anion, a placenta, ou seja, a reserva de alimentos estocada para quando o germe acordar e começar a precisar de alimento. O germe no grão de milho pode ficar anos inativo se guardado num caco na tulha, mas acorda quando é inserido na terra, incha quando recebe água, e assim a energia do sol, estocada na forma de partículas nos átomos terrestres, adentra a semente indo despertar o germe. Nesse momento começa o que se chama de reações nucleares. Com os planetas é a mesma coisa, pois planetas carregam como núcleos, os germes de novas estrelas, e como camadas geológicas de rochas e água que envolvem estes núcleos, como o anion, a placenta, está sua reserva de alimentos, para quando os planetas jovens que vinham perdidos no espaço sideral caem na órbita de uma estrela e sua energia o penetra indo alcançar seu núcleo.

O problema nosso é que o germe terrestre de uma nova estrela está crescendo, comendo o planeta de dentro para fora, e isso aqui um dia irá colapsar, adquirindo a forma de uma supernova. Muito antes disso, o planeta não mais suportará a vida na terra, por isso temos que frear nosso tempo gasto apenas com as coisas imediatistas da vida e dedicar mais tempo a pensar, observar, pesquisar, acompanhar as informações colhidas pelas ciências no dia a dia, sobre as dimensões mais amplas do tempo e do espaço que não estão às nossas vistas aqui e agora, mas que influenciam muito nossas vidas.  Somente se mudar-mos e assim proceder-mos, antes que os maus tempos cheguem, estaremos cientificamente e tecnologicamente preparados para mudar daqui… e correndo!

Antes de chagar à forma de estrela, este planeta será um pulsar, que é uma forma intermediaria. Pulsar são planetas gigantes devido maior massa em estado gasoso, cuja superfície começa a ser locupletada de gigantes vulcões, com gigantescas erupções, tão fortes que fazem com que o magma expelido vença a barreira gravitacional e caiam no espaço sideral, na forma de… cometas. Veja a figura deste modelo astronômico aqui, no website da Matrix/DNA.

Couple Captures Volcanic Eruption (and subsequent shockwave) in Action

http://www.fromquarkstoquasars.com/couple-captures-volcanic-eruption-and-subsequent-shockwave-in-action/

Imagem dos Tornados Iselle e Julio Lembram as Origens do Universo ! Mera Coincidencia?

quinta-feira, agosto 7th, 2014

xxxxxx

Hurricanes Iselle and Julio Nearing the Hawaiian Islands

Hurricanes Iselle and Julio Nearing the Hawaiian Islands

NASA



In early August 2014, not one but two hurricanes were headed for the Hawaiian Islands. Storms arriving from the east are a relative rarity, and landfalling storms are also pretty infrequent.

On Aug. 5, the Visible Infrared Imaging Radiometer Suite (VIIRS) sensor on the Suomi National Polar-orbiting Partnership (NPP) satellite captured natural-color images of both Iselle and Hurricane Julio en route to Hawaii. This image is a composite of three satellite passes over the tropical Pacific Ocean in the early afternoon. Note that Iselle’s eyewall had grown less distinct; the storm had descreased to category 2 intensity. The bright shading toward the center-left of the image is sunglint, the reflection of sunlight off the water and directly back at the satellite sensor.

Image Credit: NASA image by Jeff Schmaltz, LANCE/EOSDIS Rapid Response. Caption Credit: Mike Carlowicz.

Comentário da Matrix/DNA:

Foi bater os olhos nesta imagem e lembrar-me dos desenhos feitos na selva há 30 anos atrás quando iniciava a perceber a existência da Matrix e tentava calcular como ela teria surgido. Não é de todo um descalabro ou desvario mental comparar o que ocorre na atmosfera terrestre com o que ocorreu na atmosfera do Universo primordial, pois a atmosfera de qualquer lugar do Universo hoje é mero produto evolutivo da atmosfera primordial… claro, isto é pura lógica. Não é a tremenda complexidade de hoje resultante das diferentes combinações das partículas-informação originais que vai nos cegar para este imperativo da lógica naturalista.  O fato de fazer-mos mentalmente esta conexão no tempo e espaço tão distantes entre si é fundamental para ver no fenômeno acontecendo na atmosfera terrestre – o qual é de muita importância porque afeta nossas vidas – elementos e fôrças que aqueles que não fazem este exercício mental não estão percebendo. Por exemplo, esta nova maneira de ver os fenômenos naturais está sugerindo que a energia solar tem grande influencia na formação e direção dos tornados, e que existe a possibilidade da Humanidade atuar também influenciando nesse processo, de maneira que lhe convenha.

Como me falta tempo agora para terminar este artigo, apenas copio abaixo o comentário que postei na noticia da NASA. Mas antes, para os que nada entendem da Matrix/DNA:

Os desenhos feitos na selva na época eram baseados em varios assuntos, tais como:

1) A Física do Prêmio Nobel Hideki Yukawa quando teoricamente calculou como seria a cola nuclear que liga prótons e nêutrons no núcleo atômico. Tenho artigos aqui falando dos “balões ou bolhas-rodamoinhos de Yukawa”, pois eles são fundamentais para começar a se entender como esta matéria organizada em sistemas se manifestou e afirmou neste Universo, e sobre de onde estes bits-informação vieram;

2) A intuição de que o Universo é meramente o palco onde está ocorrendo um processo natural de reprodução genética do desconhecido sistema que havia ou ainda há antes dele. A partir desta intuição comecei a calcular como teriam os bits-informações atuados pelos mesmos processos que os genes atuam a partir do “big bang” da fecundação;

3) A transferência do sistema galáctico e/ou solar para a forma de primeira célula biológica, através de fótons vindos de estrelas como o Sol e do núcleo terrestre; etc…

Comentário postado na noticia da NASA: ( para não ser lido por inteiro porque está em sofrível inglês ( preciso de alguém fazendo as revisões), porque leva o leitor a um palavreado e linguagem que parece de outro mundo, porque expressa uma visão de mundo totalmente diferente e contraria ao que o leitor acredita e portanto, para ser apedrejado… mas tenho que ir insistindo em cumprir a minha missão).

Louis Charles Morelli – 2:07 PM – Thirsday, August 7, 2014
Why this image remembers the beginnings of the Universe, where two opposite spinning groups of microscopic quantum tornadoes made off the first material particles?!
What’s the role of sunlight at tornadoes formation and maintenance?
Suggestions from Matrix/DNA Theory are that the Sun is  a kind of station for repetition and re-transmission of the light waves produced by a pulsating Universe. And… “since that the light waves emitted by “big bangs” penetrates inertial dark mater and imprints the process of life’s cycles, they are the creator of primordial natural systems, from atoms to galaxies”. In the Cosmos universal light waves are fragmented into microscopic particles-vortexes called photons; here, at Earth’s surface, Sun’s photons makes the reverse way, creating giants vortexes. (?)

What do you think?  Will be the human control of hurricanes dependable of more knowledge about the role of Sun’s energy?

Animais e o Campo Magnético da Terra. Mistério!

sexta-feira, janeiro 3rd, 2014

O seu vaso sanitário esta alinhado com o campo magnético da Terra para fazer frente ao Pólo Sul ou Pólo Norte?

NÃÃÃÃOOOO…!!!!?

Mas que bobo(a)! Por isso tens problemas ali! Os cachorros sabem muito bem disso e sabem explicar porque. Cientistas checos e alemães observaram 70 dogs defecando por dois anos em 1833 defecadas ou urinadas e descobriram que os cachorros fazem questão antes de se alinharem com o pólo magnético! Duas coisas me chamam atenção aqui: 1) Só podiam ser cientistas alemães…para se darem a este trabalho! 2) O que os dogs tem na cabeça que está nos faltando, alem de mais juízo?! Deve ser uma espécie de antena…

Dogs poop in line with Earth’s magnetic field, says study

http://www.rawstory.com/rs/2014/01/02/dogs-poop-in-line-with-earths-magnetic-field-says-study/

By David Ferguson
Thursday, January 2, 2014 10:49 EST

Mas esta descoberta tem suas utilidades publicas. Por exemplo, se você estiver perdido(a) em algum lugar, observe o cachorro, ao menos saberá para onde é norte/sul e não leste/oeste. Toda vez que desconfiares que estas de novo saindo do caminho, senta-te e espere o cachorro…

E esta novidade explicaria algo interessante. Tem cachorros que na hora do “poop” acham uma posição facilmente, e tem outros que parecem respeitar um ritual, ficam rodando em circulo, farejando o ar, sentindo, até escolherem a posição. De fato, eu digo por experiencia própria, na selva aprendí tudo com os animais, mas às vêzes tenho que botar os óculos para enxergar o campo magnético…

E a propósito, meu ultimo post no Facebook:

Ontem escreví um artigo que está no meu website “Animais e o Campo Magnético da Terra. Mistério!” e terminei perguntando o que será que os cachorros tem dentro da cabeça que está nos faltando, alem de mais juízo. Agora me deparo com esta foto, que me responde a pergunta: cachorros do primeiro mundo já estão praticando meditação transcendental! Mas isto é resultado de tanto as madames aqui levarem seus cachorros para o psicólogo. Chegam lá deitam o cachorro no divã e dizem: “Meu queridinho está se assustando com qualquer coisa, acho que é algum trauma de infância, doutor…” – “Não tem problema, vamos hipnotiza-lo e fazer uma regressão mental até o útero materno. Ele vai contar tudo…”

Mensagens da Matrix/DNA: O Aquecimento Global seria o Inferno trazido a Terra para corrigir os erros de Software da Alma Humana?

quarta-feira, dezembro 18th, 2013

O aquecimento global é um exemplo de como caminha a evolução do sistema natural universal que surgiu desde o Big Bang. Esta evolução avança devido todos os sistemas naturais – como os corpos humanos – serem dotados de hardware ( a parte carnal) e software ( a parte do comando de instruções, como os pensamentos, a mente, ou o DNA sobre os genes, etc). Assim como evoluem nossos computadores. Primeiro existiu uma idéia numa cabeça humana ( que visualizou o simples ábaco e suas operações, ou, mais tarde, a cabeça do Bill Gates que visualizou o Windows, etc.; essas idéias são da dimensão invisível do software). Tal ideia produziu um artefato material, o hardware. Usando o hardware se produz mais e mais rápido, o que faz obter-se novas informações do mundo real, as quais aumentam ou elevam os níveis da necessidade humana. e estas necessidades esforçam a mente em pensar em novos hardwares mais poderosos. Assim, o software inicial, com poucas informações, gera seu próprio corpo físico, seu hardware, no qual desce, se encarna, para operar no mundo real desta nossa dimensão, ou na dimensão captada pelas maquinas. Mas o hardware capta e alimenta o software com mais novas informações, o qual o faz crescer, evoluir, para criar novo mais evoluído hardware. É um continuo processo de feed-back, retro-alimentação, e sabe-se la porque o mundo é assim, eu não sei, mas estou fortemente suspeitando que o mundo é assim, porque esta composição entre hardware e software surgiu sem eu esperar dos meus cálculos na selva amazônica sobre a evolução daquela natureza selvagem, e como acho que os cálculos foram impessoais, foram a própria e genuína lógica da Natureza, não posso ignora-la. Misticos no mundo inteiro intuíram esta composição, mas com poucas informações sobre as distantes informações da Natureza e sem conhecimento do computador, fantasiaram tudo, dando nomes ao software de “alma do mundo”, “espíritos”, etc., adornando o bicho com chifres que na realidade não possui. Mas num fato eles acertaram, pois da mesma forma que o primeiro DNA que surgiu aqui na Terra – ( a 3,5 bilhões de anos atrás?) – nunca morreu, nunca foi destruído, e continua aí vivinho da silva, até parece que o bicho veio para se estabelecer como eterno ( se ele é de fato uma continuidade da Matrix que veio desde antes do Big Bang, ele é eterno), assim também os meus modelos insistem em afirmar que este software-alma veio de antes do Big bang e continua aí, evoluindo.

O planeta Terra, e quiçá o Sistema Solar, era um hardware,e nele hoje existe um software, que é a camada do inconsciente coletivo revestindo a superfície terrestre, fragmentada em 7 bilhões de fragmentos, cada um dentro de cada cabeça humana. Gerando um hardware bastante complexo, que são os corpos humanos, este conjunto se comportou errado, de maneira que sua existência certamente vai ser torturada pelas mudanças em seu habitat. Esta tortura do hardware refletindo no software obrigará o software a crescer em necessidades, precisar de novas soluções, novos hardwares. Se não ocorresse este natural efeito de maus comportamentos que é o aquecimento global, o software aqui se acomodaria nos prazeres da matéria, instalando uma espécie de Admirável Mundo Novo sob um Grande Irmão, e seria a prisão eterna para o software universal. Como dizia minha avó, “há malas que vem de trem, outras vem de avião…”…oooppsss… não é nada disso que ela dizia, e sim: “Há males que vem para o bem…”

Aquecimento Global da Terra segundo a Teoria da Matrix/DNA

Aquecimento Global da Terra segundo a Teoria da Matrix/DNA

Segundo nossos modelos astronômicos, esta imagem representa o que aconteceria num caso extremo, se a Humanidade não mudar seus hábitos. Planetas surgem possuindo um núcleo inerte, e desta forma, pu por esta sua forma inicial, a Terra criou aqui o fenômeno conhecido das sementes vegetais, onde um germe inerte esta envolvido por uma aureola de nutrientes. Ao se plantar uma semente onde haja água, ela incha a semente para que penetre em seus poros, com isso levando os fótons que a água terrestre recebe com a energia solar. Ora, o núcleo do planeta é um germe de estrela como o nosso Sol, então a energia do Sol o desperta e o estimula a iniciar suas reações nucleares, como acontece no Sol. Assim o núcleo da Terra vai “comendo” de dentro para fora a  sua camada de nutrientes, que são as partículas de energia dos átomos compondo as rochas das camadas geológicas tectônicas. Este processo continua até p planeta ficar com uma camada superficial muito fina, como a casca de uma laranja, e de repente esta pele se colapsa, momento em que o astro desabrocha como uma estrêla, uma supernova. Claro, antes disso tem todo o processo descrito nos modelos, onde um planeta se torna um pulsar antes de ser uma supernova, e como êle vai se distanciando do seu Sol pelo enfraquecimento da força gravitacional. O nosso problema aqui é que, enquanto este processo demoraria milhões ou bilhões de anos, se fosse plenamente deixado às forças naturais ( com isso permitindo que formas de vida inteligente aqui já se estivessem espalhado pelo Cosmos), o inveterado consumo e orgias dos ricos humanos, o descontrole sexual dos pobres gerando uma super-população, funciona como se as bactérias do intestino aumentassem demasiado em numero e em gula, gerando todas aquelas tormentas da prisão de ventre. A a;cão humana está imitando as bactérias do intestino, quando esta destruindo a atmosfera natural que contem e equilibra a energia recebida do Sol, quando está cavando buracos e secando as veias da Terra ao sugar seu sangue ( o petróleo), o que faz que enorme quantidade de luz solar alcance o germe no núcleo e o obrigue a entrar em frenética reação nuclear. Ao invés da casca da Terra se tornar cada vez mais fina, assim está se arriscando a que ela se rompa ainda quando esta mais densa, produzindo um aborto prematuro de uma estrêla. E nosso corpos não foram feitos para sobreviver na superfície do Sol… Apenas se iniciar-mos urgente um sistema educacional familiar e escolar que gere adultos tendentes a mais atividades intelectuais do que a inquieta atividade física, diminuiremos o consumismo, desenvolveremos as Ciências naturais e a tecnologia, e assim nos salvaremos. Ainda há tempo, ainda é possível.

Apenas se nos unir-mos na ONU, será evitada a venda e depredação dos Polos

Apenas se nos unir-mos na ONU, será evitada a venda e depredação dos Polos

Pais ricos que estão dando a Natureza na forma de supérfluos a seus filhos, estão conduzindo-os a uma armadilha mortal

Pais ricos que estão dando a Natureza na forma de supérfluos a seus filhos, estão conduzindo-os a uma armadilha mortal

Você que compra ações das industrias, na busca apenas de lucro, sem usar a cabeça para pensar nas suas consequências, pensas ser um esperto, mas é mais burro do que um cavalo. Assim pensará de ti suas próximas gerações, sendo torturadas  pelos seus erros.

Você que compra ações das industrias, na busca apenas de lucro, sem usar a cabeça para pensar nas suas consequências, pensas ser um esperto, mas é mais burro do que um cavalo. Assim pensará de ti suas próximas gerações, sendo torturadas pelos seus erros.

Vejo nosso planeta hoje como o elefante do zoológico doente e deitado numa mesa do hospital. Dezenas de cientistas à volta olhando o bicho e perguntando: "Mas o que tem de errado nele? Nem sei por onde começar a procurar!" E cada um dá uma opinião diferente. Vão encontrar a causa e cura antes dele morrer? Porque não ouvem o diagnóstico da Matrix/DNA, que realmente entende da vida dos astros?

Vejo nosso planeta hoje como o elefante do zoológico doente e deitado numa mesa do hospital. Dezenas de cientistas à volta olhando o bicho e perguntando: “Mas o que tem de errado nele? Nem sei por onde começar a procurar!” E cada um dá uma opinião diferente. Vão encontrar a causa e cura antes dele morrer? Porque não ouvem o diagnóstico da Matrix/DNA, que realmente entende da vida dos astros?

As mulheres diminuíram desde o século 18, o tamanho de suas ciroulas, para fazer a super-população explodir. Mais uma vez Eva sucumbe aos impulsos naturais e convence Adão a fazer o mesmo. Resultado final previsto: mais uma queda dolorosa, até o dia em que Eva e Adão aprendam a filosofar mais e agir menos como impulsivos animais

As mulheres diminuíram desde o século 18, o tamanho de suas ciroulas, para fazer a super-população explodir. Mais uma vez Eva sucumbe aos impulsos naturais e convence Adão a fazer o mesmo. Resultado final previsto: mais uma queda dolorosa, até o dia em que Eva e Adão aprendam a filosofar mais e agir menos como impulsivos animais

Hoje se ouve e observa as cocotas super-preocupadas com a maquiagem. Mas a produção de cosméticos acelera o aquecimento global, o qual traz canceres de pele, e vai desfigurar a face de suas filhas. O jovem que sabe disso as vê e pensa: "Quanta debilidade mental!"

Hoje se ouve e observa as cocotas super-preocupadas com a maquiagem. Mas a produção de cosméticos acelera o aquecimento global, o qual traz canceres de pele, e vai desfigurar a face de suas filhas. O jovem que sabe disso as vê e pensa: “Quanta debilidade mental!”

 

Mensagem da Matrix/DNA e Importantes Informações Sobre Aquecimento Global

terça-feira, dezembro 17th, 2013

(Image <a href=" http://www.shutterstock.com/pic-80468743/stock-photo-floods-and-tsunamis-due-to-earthquake-and-climate-change-are-threatening-mankind.html?src=6FHoUUzwnSNZ9uK3xUrsbA-1-11" target="_blank"> via Shutterstock </a>)

 

É triste ver essa mulher assim, mas os humanos tem que aprenderem que a Natureza muda em todo o Universo, ela avança e atropela quem estiver parado em seu caminho. De nada nunca adiantou a povo nenhum, por mais religiosos que fosse, rezar a seus deuses pedindo proteção. Apenas o esforço na busca do conhecimento da Natureza pelas Ciências tem produzido tecnologia e recursos de poder para alguns povos se salvarem nestas mudanças imprevistas naturais. E também os pobres que se acomodam no egoismo do cada um para si, nunca possuem uma comunidade com recursos para se salvarem, enquanto os ricos unidos em suas mafias dificilmente são pegos pelos imprevistos. Mais sociedade de fato entre humanos, e mais interesse e esforço nas Ciências… seria a resposta para essa mulher  e sua comunidade, agora.

Baseado no artigo (lendo):

Are We Falling Off the Climate Precipice? Scientists Consider Extinction

http://truth-out.org/news/item/20686-are-we-falling-off-the-climate-precipice-scientists-consider-extinction

Tuesday, 17 December 2013 10:30 – By Dahr JamailTomDispatch | News Analysis

xxxxxx

PARA PESQUISAR: 

Fungus Triggered by Climate Change Causing Disease on Bananas

http://www.hngn.com/articles/19977/20131219/fungus-triggered-by-climate-change-causing-disease-on-bananas.htm

By Julie S | Dec 19, 2013 09:36 AM EST

Early last week, major banana producer Costa Rica declared a “banana emergency” caused by an outbreak of insects that feed on the leaves and fruits. After eating, these insects will leave blemishes on the fruit, making it almost impossible for the farmers to sell them.

The director of Agriculture and Livestock Ministry’s State Phytosanitary Services, Magda Gonzales says that climate change is the one to blame for Costa Rica’s pest problem.

She told Tico Times that, “Climate change, by affecting temperature, favors the condition under which [insects] reproduce.”

A new study found that the popular variety of Cavendish banana grown in Mozambique and Jordan is under attack by a strain of soil fungus.

Desastre nas Filipinas lembra Sugestão da Matrix/DNA como Eliminar Tornados

sábado, novembro 9th, 2013

Diz a teoria acadêmica que os dinossauros foram exterminados por um meteorito. Meus modelos evolucionários sugerem outra historia, mas, vamos supor que os acadêmicos estejam certos. Hoje a Humanidade esta investindo na tecnologia para atacar meteoritos no espaço antes que alcancem a superfície do planeta. Portanto, a especie humana demonstra que o esforço em sua evolução pode salvar especies e negligencia na evolução pode elimina-las para sempre.

A existência das largas massas de humanos nos países orientais, no estado mental em que estão, me deixa desolado. Não consigo ver nas classes medias e pobres algum sinal de inteligencia humana alem dos instintos que sempre regularam a vida de outros animais. Nascer, crescer em tamanho corporal  e não intelectual/cientifica/tecnologicamente, trabalhar, casar, trabalhar, gerar filhos, trabalhar, ficar velho, doente, morrer… e os filhos vão seguir a mesma rotina. Enquanto isso a Natureza se mexe, o Sol vai gastando sua energia, o planeta vai se transformando, em algum tempo não vai mais suportar nenhuma forma de vida aqui, estes arranha-céus e igrejas escandalosas vai tudo desaparecer por certo… mas esse povo humano não quer parar para pensar nisso, como nenhum animal nunca pensou no sentido da sua vida inútil e condenada. Agora choram, se observa cadáveres destrocados de crianças sob escombros, crianças que foram geradas sem nenhum prévio planejamento inteligente. Isso é deprimência!

(para quem quiser ver um vídeo diferente sobre a situação agora nas Filipinas, acesse o vídeo com link abaixo)

Aos 13, 14 anos de idade eu já tinha lido a Historia da Evolução do Pensamento Humano – pelo método do “agora preciso do livro do próximo filosofo na escala cronológica, por favor”, e esse esfôrço no estudo solitário, enquanto a garotada da mesma idade fazia algazarra brincando na rua, me levou a tomar algumas decisões morais antes que a libido sexual tomasse conta da mente como acontece com a massa do povo. Uma dessas decisões foi: “jamais gerarei filhos se não ficar muito rico e com conhecimento natural de maneira que possa ter mais probabilidades de que conduzirei os filhos são e salvos e bem nutridos a um estado evolutivo melhor do que herdei no mundo ao nascer.” Decidi e assim o fiz, nunca tive e não terei filhos porque não fiquei rico e os humanos não me ajudaram a aplicar o conhecimento que acho evitaria danos humanos nestes desastres naturais.  Ok, os humanos que sigam suas cabeças, eu não sou o dono da verdade e apenas eu sigo o meu caminho. Mas, as cenas das Filipinas e o jeito que povo reage, o que falam, etc., é muito triste, perco as esperanças de que um dia a inteligencia, a disciplina, a dignidade pela busca de controle e poder sobre esta natureza em estado caótico, venha a ser realidade.

A Terra não é um sistema, na verdadeira definição da palavra. Ela não tem as estruturas separadas e interagentes de um circuito sistêmico. Ela é parte de um sistema. mas é parte de um sistema cuja longa vida é astronômica, ao contrario da longa vida humana que é microscópica. Acontece que estas criaturas microscópicas cresceram demasiado em população e querem impor a velocidade frenética na sua escala de tempo sobre a velocidade lenta da escala de tempo do planeta e seu sistema.  O corpo humano é um parque ecológico constituído de mil especies diferentes de células bacterianas, cada qual vivendo dias apenas, imagine se elas venham impor a velocidade da sua escala de tempo ao nosso organismo… causaria um estado febril e caótico que nos mataria a todos em pouco tempo. estamos fazendo isso com este planeta. O humano esta alvoroçado, não para quieto, correndo atras de bugigangas e guloseimas, ao invés de diminuir o ritmo e procurar tempo para evoluir o intelecto, por exemplo, lendo os livros dos grandes pensadores. Jamais…! Sugerir isso agora para humanos seria afastado do caminho deles como qualquer desprezível ignorante.

A formula da Matrix/DNA para sistemas naturais perfeitos mostra como são formados os turbilhoes, vórtices, tornados, dentro dos sistemas naturais. A causa são os detritos ou matéria e energia degradada que vem do circuito sistêmico, mais exatamente das funções F6 e F7. Num sistema normal, a matéria degradada é o alimento, a matéria prima que permite a reciclagem e continuação da existência do sistema. Porem, se o fluxo dentro do circuito for demasiado acelerado, todo o corpo sistêmico entra em entropia mais rápido, produzindo maior quantidade de matéria e energia degrada, para a qual não se forma o devido e proporcional vórtice de reciclagem. Como resultado essa matéria degrada vai se acumulando e forcando sua passagem pelo canal do circuito, como as águas de um rio provocam enchentes.

Então estamos definitivamente condenados a assistir estes desastres cada vez com maior constância, já que sabemos que essa massa do povo não conseguira curar seus vícios de orgia instintiva animalesca? Esta é a constatação racional desde que sejamos apenas observadores do processo, adotando o que chamo de comportamento do dinossauro, esperando o dia que o meteorito vai cair na sua cabeça. Mas creio que mesmo assim poderíamos amenizar através da tecnologia a aceleração do processo, esperando enquanto a mentalidade desse povo aprende e evolui. Teríamos que abordar a matéria degradada antes que ela chegue aos terminais do circuito e tentar fragmenta-la ainda mais, em suas menores partículas. Assim poder-se-ia desvia-la para contêineres como depósitos de lixo e diminuir sua força de represamento. Mas antes, é preciso colocar o planeta sobre a mesa, desenhar todos seus aspectos, comparar os desenhos com a figura da formula, para entende-lo como corpo e parte de um sistema solar que é. Ja tenho muito material desenvolvido neste sentido, estou inclusive calculando agora quais fenômenos e eventos devem ocorrer da interação entre as ondas magnéticas emitidas pelo núcleo do planeta e as ondas magnéticas que o alcançam vindas do Sol. Mas sozinho e sem voz nada posso fazer, e para meu pesar ainda tenho que ficar assistindo o burburinho desse povo no meio dos escombros… Antes do desastre jamais pararam para ler textos como estes e tentar ajudar, participar, em algo que o autor esta dizendo que poderiam ter feito, porque quando se depararam com o texto a televisão ligada e seu ruido emburrecedor lhes entrava narinas adentro, estavam na expectativa da partida de futebol ou da novela que ia começar…  ( Link para o video:

http://bit.ly/1gyul2r 

traducao titulo:

Disaster of the Philippines Reminds the Matrix / DNA’s formula, its suggestion for avoiding Tornadoes

Artigo Sobre Inadequada Temperatura nas Origens da Vida e a Teoria do Equilíbrio do Sistema Solar pela Matrix/DNA

sexta-feira, outubro 4th, 2013

Origins of life on Earth revealed by Ancient Climate study but not with Nitrogen

http://www.pentagonpost.com/origins-life-earth-revealed-ancient-climate-study-nitrogen/83412545

MEU COMENTÁRIO POSTADO NO PENTAGON POST ( veja antes de me levarem para o manicômio, pois ninguém vai entender bulhufas aqui – Alem de um Inglês pobre e incompreensível para Americanos, exponho uma visão de mundo desconhecida de todos os humanos, apenas conhecida por este semi-macaco escapado da selva amazônica… Mas o que posso fazer? Todo mundo tem direito a expressar-se, lutando pelo que acha o certo, desde que não seja ofensa a ninguém… Na selva todos nos piamos, uivamos, rinchamos, macaqueamos e a floresta não reclama nem pune nenhum de nos por isso. Certo que tem hora que é melhor fechar o bico, cerrar as mandíbulas, macaco subir alto na arvore e ficar quietinho, quando as feras estão por perto, e nas cidades levam gente que grita incoerências para manicômios, mas eu sempre gostei de desafiar os perigos e estou expressando a minha coerência macaquinea… )

Avatar
TheMatrixDNA

” The theory…  has been negated by scientists.”

The Matrix/DNA Theory had suggested 30 years ago that the warm at Earth surface at that time was coming from its nucleus, nuclear reactions. But, then, this theory has a different astronomical model than that used by these researchers. They are trying to find solutions for the puzzle of life’s origins from the non-organic Chemistry perspective and based at models made from the Physics perspective, everything using the reductionist scientific method? But… life is biological systems, then, where are the experts in Biology and in the scientific systemic method? Why they are not participating with Physics and Chemistry for elaborating the astronomical model, the state of the world that created and precluded life’s origins?! Of course: the forces and elements that converged together to this point at space/time and produced the first living being – a complete and working cell system – were existing at atomic/astronomical levels. So, biological organization of matter must be searched at the ancient system at those levels, and that what Matrix/DNA does.

The balance between Sun’s energy and Earth’s nucleus  temperature is constant, while existing the solar system, suggests the Matrix/DNA model. Because the Sun and Earth are like anions, burning its geological layers, at the same synchronization. The star begins to burn its last external layer and goes collapsing internally, while planets begins burning its first which had evolved to internal layer and goes externally, expanding. This mechanisms comes from the origins of the Universe when there were balance between two quantum vortex with opposites spins, which had evolved to the relationships between protons and neutrons at atomic nucleus, and then, evolved to stellar systems between binary systems or the relationships between the star and its planets. But, before yet the quantum vortexes,  at the first moment of the Big Bang, we can see that this mechanisms was present at the light waves expanding through space/time. It is all about the process that humans called ” life’s cycle”, which first manifestation in this Universe is seeing at any natural light wave. The balance between Sun and Earth is produced merely by running a process of life cycle, when the star begins at middle age and the planet begins like a baby at initial ages. The sum of these two “nuclear reactions” emissions are always 100%, because, while the star is decaying, the planet is arisen towards to be a new star. It is everything easily seen at Matrix/DNA models and general formula for natural systems. Ok… it is theories against theories… based upon different methods of investigation, only the time will be the judge.

Postado no Facebook em:

.

LUCA e as Origens da Vida: Criatura Parecida com Rocha Tem Vida. Pesquisar Vanadium

segunda-feira, julho 8th, 2013

Crazy living rock is one of the weirdest creatures we’ve ever seen

(Rocha viva é uma das mais estranhas criaturas que temos visto)

http://grist.org/list/crazy-living-rock-is-one-the-weirdest-creatures-weve-ever-seen/

 

pyura_chilensis Rocha Viva Produtora de Vanadium

pyura_chilensis Rocha Viva Produtora de Vanadium

 

Anotacoes Importantes:

1 – Matrix/DNA: O conhecimento da formula da Matrix/DNA, na forma de LUCA explica todas as caracteristicas desta criatura, de onde veio cada uma delas. Mas tambem o fato de que a criatura emite espermatozoides e óvulos para o exterior formando uma especie de nuvem ao seu redor, e o fato de que eles podem se unirem e gerarem novas criaturas, é mecanismo vindo das origens da materia no Universo, quando nuvens de vórtices spin right e spin left levando a conexão entre os dois geravam as primeiras particulas fundamentais, tais como quarks e leptons.

2 – It’s also completely immobile like a rock — it eats by sucking in water and filtering out microorganisms — and its clear blood mysteriously secretes a rare mineral called vanadium.

3 – Also, it’s born male, becomes hermaphroditic at puberty, and reproduces by tossing clouds of sperm and eggs into the surrounding water and hoping they knock together.

4 – Self-sexing vanadium-secreting intestine-rock thing is actually calledPyura chilensis (terser, though less descriptive), and it’s found off the coast of Chile and Peru. Locals eat it raw or in stews, and non-locals describe the taste as “bitter” and “soapy” with a “weird iodine flavor.” Sort of what you’d expect from a meat-rock, I guess? Maybe that’s the vanadium, a mineral also found in crude oil and tar sands — creatures like P. chilensis can have up to 10 million times more vanadium in their bodies than is found in the surrounding water, for no obvious reason.

5 – P. chilensis can often be found in densely packed aggregations of thousands or small handfuls of just a few, or they can be found on their own — in which case they must reproduce asexually, as there is no way of them moving to find a mate. This means P. chilensis is hermaphroditic, with the gonads of both a male and a female that can release eggs and sperm simultaneously to meet as a fertile cloud in the surrounding water. If the sperm-egg collisions are successful, they will produce tiny tadpole-like offspring that will eventually settle onto a rock to grow into the adult form.

6 – I’m going to be looking more carefully at rocks in the future. Also possibly trees and dirt. Who knows what apparently inanimate objects might be filled with innards and holding perverse “selfing” orgies right in front of our noses?

PESQUISA: 

– Vanádio é um elemento químicosímbolo Vnúmero atômico 23 (23 prótons e 23 elétrons) de massa atómica 51 u que, nas condições ambientes, é encontrado no estado sólido.

– Está situado no grupo 5 (VB) da tabela periódica dos elementos. É um metal dúctil, macio e apesar de ser bem mais abundante que o cobre, com uma abundância crustal de 160 ppm, forma poucos minerais. A razão do vanádio formar tão poucos minerais reside no  facto de o ião (ion) V3+ ser geoquimicamente semelhante ao ião Fe3+, um ião abundante e constituinte de muitos minerais. Assim, o ião V3+geralmente substitui o Fe3+ nos minerais (notavelmente na magnetita) em lugar de formar os seus próprios minerais.

Matrix/DNA: Bem… a coisa começa a fazer sentido quando o Vanádio tem semelhança com o Ferro. Enquanto LUCA produzia o ferro para ser o amnion contendo dust e cometas, o p. chilenses que imita LUCA fielmente não pode produzir o ferro então produz vanadio, o qual, por dedução, deve ser atuar como amnion aos seus espermatozoides e ovulos lançados na agua. 

( continuar pesquisa do vanadio)

Grande Descoberta Cientifica Sobre Origens da Vida Reforça a Teoria da Matrix/DNA

terça-feira, junho 4th, 2013

Scientists resolve a 3.5 billion-year-old mystery of life

http://www.washington.edu/news/2013/06/04/scientists-resolve-a-3-5-billion-year-old-mystery-of-life/

UNIVERSITY OF WASHINGTON

e…

Solving a 3.5 Billion-Year-Old Mystery

http://news.usf.edu/article/templates/?z=123&a=5477

USF – UNIVERSITY OF SOUTH FLORIDA

(obs. para mim: ver o comentario abaixo na Physorg onde descargas eletricas deve mudar meus escritos aqui)

O átomo denominado “fosforo” é um elemento químico que foi de crucial importância nas origens da Vida, pois sem ele jamais aminoácidos se uniriam para formar o RNA e DNA. Portanto hoje ainda é de vital importancia para a existencia e boa manutenção da saude em nossos corpos, pois este heroico átomo constitui trilhões de pontes inseridas dentro de cada nucleo de cada uma de nossas células, alem de contribuir para a composição das membranas e carregar as energias celulares denominadas ATP. Mas havia um problema para as Ciências resolver: este átomo não parece ser formado normalmente pela matéria terrestre e todas as pistas indicam que ele não devia existir aqui na época das origens da Vida. Como explicar o mistério de que o fosforo foi crucial na formação das primeiras moléculas da Vida… se ele não existia aqui?!

Agora cientistas descobriram uma teoria que parece muito logica e talvez já não seja mais teoria, pode ser um fato real: fosforo esta sendo encontrado nos meteoritos sobre a superficie da Terra! E meteoritos vieram do espaço sideral! Isto tudo foi motivo de grande excitamento para mim como defensor e autor da Teoria da Matrix/DNA, pois essa noticia vem bem a calhar com o que havia predito meus modelos teóricos. Os modelos teóricos da Matrix/DNA sugerem que todas as forças e elementos desta galaxia, nos seus aspectos de positiva e negativas,  convergiram ao mesmo tempo  nas praias da Terra onde oceanos se encontram com os continentes – para que o projeto da Vida aqui se realizasse. Se na galaxia haviam elementos necessários para a formação da Vida que não estavam na Terra… agora o sabemos… a Terra esperou que meteoritos os trouxessem! Mas para entender melhor essa teoria e o que significa a função sistêmica efetuada pelo elemento fosforo, sera necessário ao leitor ler o artigo aqui logo a seguir sobre a Tabela Periódica dos Elementos Químicos revelando uma das grandes descobertas patrocinadas pela formula da Matrix/DNA.

Vamos ao comentario que a Matrix/DNA publicou no artigo da University of Washington:

Porque a Natureza necessitou e selecionou o átomo de fosforo para ser a ponte ligando os building blocks dos RNA/DNA? E porque não havia fosforo na Terra antes das origens da Vida? A Matrix/DNA Theory tem uma explicação. Mas para entender é preciso saber da descoberta que a Matrix/DNA fez a respeito da Tabela Periódica e conhecer a formula que a Natureza usa para organizar a matéria em sistemas naturais, a formula Matrix dos sistemas. A explicação é longa, precisa de mais espaço que o permitido aqui, e para quem quiser vê-la (em Português), search no Google o artigo ” Grande Descoberta Cientifica Sobre Origens da Vida Reforça a Teoria da Matrix/DNA” . Com esta grande descoberta do time da U.W. aprendemos que um dos ingredientes faltantes na experiencia de Miller/Urey é o fosforo, porem, existem outros elementos e mecanismos ainda a serem descobertos, mais difíceis, porque estão nos níveis mais abstratos dos fótons e da luz. Cantdrive85  postou um comentário aqui dizendo que ” descargas  elétricas são as respostas para a fonte de phosphite”. Quase certo porque matéria inerte na Terra pode ser energizada pela energias que vem do espaço, mas raios súbitos de nuvens não poderiam conduzir o phosphite a solidas novas combinações com outros materiais. Para isto foi necessário uma energia contendo informações que conduziram o phosphite a se integrar na formação de um sistema, ou seja, a formula da Matrix.  

 

AvatarTheMatrixDNA •

Why Nature needed and selected the phosphorus atom to be the bridge connecting the building blocks of RNA / DNA? And why there was no phosphorus on Earth before the origins of life? The Matrix/DNA Theory has an explanation.  But for understand the explanation you need to know the discovery that the Matrix / DNA made ​​about the Periodic Table and know the formula that Nature uses to organize matter into natural systems, the Matrix formula for systems. The explanation is long, need more space than allowed here, and for those who want to see it (in Portuguese), search on Google the article ” Grande Descoberta Cientifica Sobre Origens da Vida Reforça a Teoria da Matrix/DNA” (Great Discovery About Scientific Origins of Life Strengthens Theory of Matrix/DNA).  With this great discovery from he teams of U.W. and USF we learned that one of the missing ingredients in the experience of Miller/Urey is reactive phosphorus, however, there are other elements and mechanisms remain to be discovered, more difficult, because they are the most abstract levels of photons and light. Cantdrive85 posted a comment here saying that “lightning are the answers to the source of phosphite.” Almost certainly because inert matter on Earth can be energized by the energy coming from space, but sudden ray of clouds could not drive the phosphite to solid new combinations with other materials. For this it was necessary energy containing information that led the phosphite to integrate in the formation of a system, ie, the formula of the Matrix.

( postado em http://phys.org/news/2013-06-billion-year-old-mystery-team-life-producing-phosphorus.html

postado na U.W. )

– – – – – – – – – – – –

 

Por enquanto – devido meu tempo escasso agora – vou deixar o artigo cientifico aqui registrado com o link acima para voltar a ler, pesquisar e terminar este artigo.

– – – – – – – – – – – – –

Bem,… estou voltando, vamos continuar o assunto. Enquanto estive trabalhando como limo-driver, pensei no assunto e me veio mais duas ideias:

1) O fosforo é elemento químico numero 15. Isto significa de chofre que é o ultimo elemento da segunda sequencia ou segunda onda dos ciclos vitais da Tabela Periodica. E isto é logico, tinha que ser assim, pois o ultimo elemento de uma onda forma a ponte com o primeiro elemento da onda seguinte… e é justa essa a função do fosforo nos RNA/DNA. O fosforo faz as pontes entre os nucleotideos (fosfato).

2) A função de “ponte”, ou elo de ligação, foi o que fez o fosforo ser necessário e ser o escolhido dentre os minerais. Depois que os RNA/DNA se formaram e estes passaram a construir organelas e novos sub-sistemas dos organismos, o elemento para a formação de pontes  não podia ser mais um mineral, pois agora tratava-se de um meio organico, que precisa de material mais versátil, mole, suave. E para isto vieram as proteinas. Então o fosforo é o ancestral não-organico direto das proteinas.  Só mesmo a formula da Matrix para nos fazer perceber estas coisas, muito logicas, por sinal.

Vamos puxar aqui algumas figuras para facilitar nosso estudo:

The Universal Formula of MatrixDNA as Software/Closed System

The Universal Formula of MatrixDNA as Software/Closed System

DNA_Destaque para Pontes de Fosfato (P)

,  DNA_Destaque para Pontes de Fosfato (P)

Ok. Observe na Fig.2 onde esta o P, constituindo nas hastes do DNA as pontes que ligam os nucleotideos.  E observe na Fig. 1 as setas no circuito esférico como linhas azuis e vermelhas, que fazem as pontes entre as peças do sistema.  E lembre-se que a Fig.1 é uma das formas da formula da Matrix/DNA. Esta forma na figura se refere a quando a Matrix organizou a matéria no primeiro sistema galáctico escolhendo ser um sistema fechado em si mesmo. E que a Fig.2 foi o passo evolutivo seguinte da Matrix, tomando a forma de DNA biológico, aqui resumida a dois pares de nucleotideos, o qual é a unidade fundamental de informação do DNA.

Observe que a formula da Matrix é constituída por 7 peças, porque são sete as funções universais suficientes e necessarias para se ter um sistema natural completo. Dependendo da situação damos nomes diferentes as funções, mas o mais usual seriam estes:  gestação, nascimento, crescimento, amadurecimento, reprodução, equilíbrio, decaimento. Claro, isto é arbitrário, apenas para facilitar nossos conceitos pois as formas não possuem limites definidos onde começa uma e termina a outra. do mesmo jeito que não existe um dia fixo para se determinar quando termina a adolescência e começa o adulto num corpo humano. E agora vamos buscar a Tabela Periódica dos Elementos Quimicos:

Tabela Periódica dos Elementos Químicos

Tabela Periódica dos Elementos Químicos

Observe onde esta o P 15, fosforo, na faixa de cor verde. Desde que a formula da Matrix no seu aspecto de sistema perfeito foi obtida pela Natureza quando Ela conseguiu fixar as sete formas de um só corpo ( no caso, um astro cósmico) num unico circuito fechado, e estas sete formas são produzidas por um unico ciclo vital, a produção de atomos pela Natureza obedeceu ao mesmo processo rítmico dos ciclos vitais. Então a primeira onda de produção, ou seja, o primeiro ciclo vital, produziu os primeiros sete átomos, de 1 a 7. A segunda onda produziu os seguintes sete átomos, a começar pelo oitavo. Então esta onda foi de 8 a  14.  O que prova isto é o fato de que o atomo 8 repete todas as propriedades e caracteristicas do 1, apenas muda a quantidade de particulas, mas não a qualidade e significado. A terceira começa de 15 e vai ate 21, o Silicio. Mas o que nos interessa aqui é o 15, Fosforo. Porque o Fosforo seria o elemento mineral escolhido pela evolução na fase pre-biótica? A resposta estara por aqui:

O próximo átomo,  15,  que é justamente o P (fosforo), repete as propriedades do Oxigênio  Acontece que a ponte no DNA é feita com um Fosforo e três Oxigênios, o Phosphite, P3 O -3.  A impressão que tenho é a de pão  Oxigênio pode ser aquela faixa da formula que vai de F7  a F1. Nesta faixa existe o canal de massa, poeira, detritos, enfim, matéria degradada da estrela (isso seria a massa de trigo para fazer o pão . Então no pão é adicionado fermento a massa de trigo, e na química natural é adicionado o energético fosfato a massa degradada, obtendo assim o concreto eletrificado para construir a ponte. Tem que ser uma ponte eletrificada, pois na haste do DNA tem que correr energia.

Se estes meteoritos vem do cinturão de poeira e detritos do sistema solar, eles estariam para o sistema solar assim como a massa de trigo esta para o pão  Se este cinturão é bombardeado com fosforo, de onde vem estes e qual o proposito do sistema em relação ao cinturão?! Esta questão é muitíssimo importante. Estamos aqui tocando no grande problema de resolver como os sistemas astronômicos passaram da fase de formação por simbiose para a fase de formação por auto-reciclagem. E tem tudo a ver: o processo de formação dos sistemas astronômicos devem ser semelhantes ao processo de formação dos sistemas biológicos. 

Porque não havia fosforo na Terra na época das origens da Vida? Para esta resposta temos que puxar aqui outra formula da Matrix/DNA: 

Onda de Luz segundo a Matrix/DNA - Eletro-Magnético Espectro de Onda.

Onda de Luz segundo a Matrix/DNA – Eletro-Magnético Espectro de Onda

Segundo sugerem os modelos da Matrix/DNA, na época que ocorreu o Big Bang já existia um espaço e ocupado por uma substancia a que denominamos “massa etérea amorfa”. Esta substancia está  para o Universo assim como está a substancia amniótica para um ovulo. Pode-se chama-la de outros nomes, como por exemplo, eter, dark matter, etc. O Big Bang foi uma especie de fecundação no meio desta substancia, no qual o código genético estava inscrito na onda de luz natural. Nesta época o código genético era de uma simplicidade absoluta: ele apenas transmitia o processo do ciclo vital. Este processo é o que faz um corpo mudar de forma a cada segundo, como muda o nosso corpo toda vez que morre uma célula e outra é produzida ocupando seu lugar, pois a nova célula sempre terá algum minimo detalhe diferente da que morreu. Então o Big Bang espalhou no espaço a luz, ondas de luz, que invadindo aquela massa, cada uma de suas diferentes vibrações fazia a massa em sua região vibrar na sua intensidade. Com isso a massa começou a se separar em diferentes porcões, e depois, reunindo-se estas porcões na mesma sequencia vibratória da luz, se obteve os sistemas, de atomos a galaxias. Acontece que a emissão de ondas de luz não parou na primeira, o Big Bang é um processo pulsante, cada pulsação continua emitindo ondas de luz (para nos, as ondas de luz são as responsáveis pela radiação cósmica, e são imperceptíveis aos nossos sentidos, principalmente as nossas vistas, pois são de tal intensidade que cegam nossos olhos, tornando o fundo do espaço sideral escuro, o que pode ser percebido intelectualmente pelas calculações, como estas que nos levaram a supor que 95% do Universo é constituído pela “dark energy”). E cada região do espaço, cada galaxia, cada sistema estelar, cada planeta, vibram em especificas intensidades conforme a intensidade de vibração da luz que subjaz aquela região. Mas sera muito difícil para nos um dia obter a exata cifra do nivel de vibração do planeta terra hoje, porque estas ondas de luz do Big Bang se misturam com as ondas de luz emitidas pelos nucleos atomicos, pelos nucleos das galaxias e pelas estrelas como o Sol. O numero que encontraremos sera o resultante da interação destas varias ondas. E ainda, um planeta varia sua vibração de acordo com a variação de sua idade. Então as variações nas origens da Vida, a 3,5 bilhões de anos atras, eram diferentes da Terra agora. Isto significa que o planeta em cada época produzira certos elementos em abundancia, em outras estara em estados que fazem outros elementos de reações contrarias a vibração reinante, desaparecerem. Então, a 3,5 bilhões de anos atras não havia o elemento fosforo na superficie da Terra. That’s it! Claro, precisamos conhecer melhor tudo isso para detalhar melhor porque ele foi excluido daqui.

O DNA ev uma pilha de nucleotideos. Cada par de nucleotideo forma a formula da Matrix. São sete elementos, sete moléculas constituindo cada par de nucleotideos, cada elemento executa uma das sete funções sistemicas universais. Os nucleotideos são os tijolinhos do DNA. Mas como vemos, estes tijolinhos estão ligados por uma ponte. Isto significa que no DNA a Matrix foi repetida na forma dos tijolinhos, mas assim como ao fazer uma parede de uma casa precisamos por cimento para ligar os tijolos, no DNA foi preciso uma especie de cimento para ligar os nucleotideos. Ora, a Natureza não tinha cimento, tinha apenas atomos. Então se prevê que a os atomos nas pontas das sequencias possuem a propriedade de ligação. Descarta-se o primeiro atomo de cada onda porque na formula vemos que é a ultima peça de cada onda que se desfaz em fragmentos os quais são conduzidos para formarem a nebulosa de poeira que gera a primeira peça do próximo sistema. No caso da formação da Vida, quando se formou o primeiro building block, o primeiro par de nucleotideos, essa nebulosa seria o numero 8. Mas o atomo como numero 8 é o oxigênio, o qual é o átomo da morte, que esta no local onde ocorre a morte, por isso o oxigenio é oxidante, ou seja corrosivo, destruindo tudo. O primeiro atomo com função de ponte só teria sido escolhido se o DNA fosse uma mera repetição de um unico sistema, mas  sabemos que não e’. Cada nucleotídeo e’ diferente num minimo detalhe, uma minima sub-particula com alguma peculiaridade, diferente de todos os demais bilhões de nucleotideos. O DNA é uma pilha de fractais porque todas suas unidades conservam a mesma formula interna, porem cada fractal difere em algum minimo detalhe. E isto acontece porque quando a Matrix caiu na Terra ela veio como sistema fechado, mas apenas se levantou porque se tornou sistema aberto. E sistema abertos nunca se reproduzem em copias fieis, sempre sua cria se difere em algo. Sistemas fechados são portas fechadas a evolução enquanto sistemas abertos abrem as portas para a continuidade da evolução… porque eles são versáteis e podem diversificar suas formas. Então o oxigenio repetiria o que a galaxia faz no céu, ou seja, se reproduz por auto-reciclagem, é preciso uma morrer para a sua matéria iniciar outra copia. E isto não poderia se repetir na terra com sistemas biologicos abertos. Era preciso um atomo com função de ligação entre as unidades, mas não poderia ser o reciclador oxigenio, que foi o primeiro da segunda onda.. Então restou a Natureza buscar na onda seguinte, o atomo com essa função e encontrou o… FOSFORO.

Bem, vamos continuar a buscar mais informações da sagrada ciência reducionista acadêmica, pois só ela nos salva quando estamos chegando num limite e precisamos continuar alem dele. Vamos ao artigo da Washington University.

(Parei aqui)

– – – – – – – — — — –

Comentario na Phys.Org

Cantdrive85 – 1 / 5 (7)Jun 04, 2013

Other natural sources of phosphite include lightning strikes, geothermal fluids and possibly microbial activity under extremely anaerobic condition, but no other terrestrial sources of phosphite have been identified and none could have produced the quantities of phosphite needed to be dissolved in early Earth oceans that gave rise to life, the researchers concluded.

The answer is right there, lightning strikes. It is due to the researcher’s lack of understanding of the scalability of electric discharge that allows them to conclude such a thing. Electric discharge on a much larger scale happens on a daily basis within our solar system, such a realization will solve many “mysteries” in science.

Read more at: http://phys.org/news/2013-06-billion-year-old-mystery-team-life-producing-phosphorus.html#jCp

Morelli  – not rated yetjust added

The answer is right there, lightning strikes. It is due to the researcher’s lack of understanding of the scalability of electric discharge that allows them to conclude such a thing. Electric discharge on a much larger scale happens on a daily basis within our solar system, such a realization will solve many “mysteries” in science.

Very good! Phosphite is an element that was missing at Miller/Urey experiment. It works as catalyst and bridge that should driven the aminoacids to formations of peptides. But, the Urey kind of electric discharges did not work as well, because the energy used at lifes origins should coming from our Last non-biological ancestor system, which was the entire astronomical system. (Ok, this is what is suggesting Matrix/DNA models)

Read more at: http://phys.org/news/2013-06-billion-year-old-mystery-team-life-producing-phosphorus.html#jCp

– – – – – – – –

Outro comentario muito interessante:

katesisco

1.7 / 5 (3)Jun 05, 2013

Science tells us water was present from almost day 1 on Earth and I am thinking: how could this phosphorous from deep earth have been expressed? I am thinking core heating.

Read more at: http://phys.org/news/2013-06-billion-year-old-mystery-team-life-producing-phosphorus.html#jCp

Morelli

not rated yetjust added

Science tells us water was present from almost day 1 on Earth and I am thinking: how could this phosphorous from deep earth have been expressed? I am thinking core heating.

From Matrix/DNA worldview you are pretty smart. The informations for driving phosphite to new combinations that leads towards systems formation comes from stars and planetary nucleus because they are germs of new stars. But, since phosphorus is atomic number 15, it is a bridge between the second and third waves of atoms formation seen at the Periodic Table, so, we don~t know if it is the begining or the end of a wave. If it is begining, the informations in shape of photons came from Earth nucleus, if it is the end, came from our Sun.

Read more at: http://phys.org/news/2013-06-billion-year-old-mystery-team-life-producing-phosphorus.html#jCp

– – – – – – – – – –

Meu Ultimo comentario agora:

http://www.washington.edu/news/2013/06/04/scientists-resolve-a-3-5-billion-year-old-mystery-of-life/

Avatar
TheMatrixDNA • 4 minutes ago

Ok. In the last three days I have thought on this important discovery and searching explanations at the Matrix formula. Her suggestion is:

Phosphite (P3 O-3) is identical to bread. In bread there is the mass of wheat and the energetic yeast. In phosphite the 3 oxygen atoms are the mass and P atom is the yeast. You understand it better if seeing the Periodical Table plus the Matrix formula (oxygen is the slice in the circuitry from F7 to F1, which is constituted by dust as degraded mass). P plus 3 oxygens makes an electrical bridge. Why the bridge need be electrical? Because it is used at the DNA/RNA streams, where is running electric current. Same thing for membrane’s wall. The question now is… These meteorites must coming from the meteors belt. Because it is the solar system parameter for biological systems. Then, why the meteors belt are being bombarded with P? The P must came from the star. But, what is the purpose of solar system doing it? The answer will help Matrix/DNA solving the puzzle about how astronomical systems evolved the process of formation by symbioses towards the process of formation by self-recycling. I will continuing this research… it is very important.

– – – – –  – – – –

dfuller56 • 3 days ago ( 

“For the scientist who has lived by his faith in the power of reason, the story ends like a bad dream. He has scaled the mountains of ignorance; he is about to conquer the highest peak; as he pulls himself over the final rock, he is greeted by a band of theologians who have been sitting there for centuries….
the astronomical evidence leads to a biblical view of the origin of the world. The details differ, but the essential elements in the astronomical and biblical accounts of Genesis are the same: the chain of events leading to man commenced suddenly and sharply at a definite moment in time, in a flash of light and energy.
Some scientists are unhappy with the idea that the world began in this way. Until recently [this was written in 1978] many of my colleagues preferred the Steady State theory, which holds that the Universe had no beginning and is eternal. But the latest evidence makes is almost certain that the Big Bang really did occur.”
–Robert Jastrow, “God and the Astronomers”

– – – – – – –

RESPOSTA DA MATRIX/DNA PARA dfuller56

heMatrixDNA  mdfuller56 • 5 minutes ago

Theologians were sitting there for centuries and doing nothing. By them, we should travelling by carriages and horses, with Science we are travelling by airplanes and International Space Station. The History is not ending for natural philosophy, it is merely beginning now. The Universe’s Big Bang has the same meaning of a spermatozoon bigbang inside an ovule, when exploding the spermatozoon envelope. So, before the Universe’s Big bang must have existing a kind of natural and conscious system like yours parents are here, who made yours own “bigbang”. We are discovering that lightwaves has the code for life’s cycle, which means that natural light imprints life into inertial mass (photons and Higgs bosons). So, the conscious natural system that triggered the universal bigbang has his/her genome in shape of natural light. We are discovering that the biblical genesis account is accurate as metaphor describing the galactic state of the world minutes before the risen of biological systems here. But no Gods neither aliens told it… it is Natural History registred at our DNA, our memory. Those ancient authors of Genesis had fresh memory about our non-n biological shapes as ancestors. Wait that a lot of novelties are coming from the best method of applied Science.

– – – – – – – –

PESQUISA PELA MATRIX/DNA:

PHOSPHITE

PHOSPHITE :  O3P -3

Synthesis and crystal structures of aluminum and iron phosphites (paid paper)

http://link.springer.com/article/10.1007/BF01833673

Abstract

The hydrated forms of aluminum and iron phosphite were prepared and their structure was solved using X-ray powder diffraction data. The diffraction data for the aluminum phosphite powder sample was collected using synchrotron radiation(λ=1.3087 Å) while that for iron phosphite was obtained from a rotating anode X-ray source. Both compounds crystallize in the monoclinic space group, P21. Unit cell parameters for the Al compound:a+8.0941(1),b+9.9137(1),c+7.6254(1) Å, β=111.95°; Fe compound:a+8.2548(1),b+10.1814(1),c+7.7964(1) (Å), β=111.94(1)°. The Rietveld refined formula is M2(PO3H)3·4H2O (M=Al, Fe). There are two independent metal atoms in the structure and both are six-coordinated. One of them is coordinated by two water molecules and four phosphite oxygens. The other atom is surrounded by one water molecule and five phosphite oxygens. All the phosphite oxygens are involved in bridging the Al atoms. The geometry about Al, Fe, and P atoms is normal and they display, expected bond parameters. The Lattice water is located in the cavity and is hydrogen bonded to phosphite oxygen and water molecules.

– – – – – – – – –

Synthesis and Crystal Structure of Acid Phosphites RbH2PO3, CsH2PO3, and TlH2PO3

http://link.springer.com/article/10.1023%2FA%3A1011377229855

Abstract

The reaction of Rb, Cs, or Tl carbonates with a solution of phosphorous acid gave crystalline acid phosphites RbH2PO3(I), CsH2PO3(II), and TlH2PO3(III). The crystal structures of the compounds were studied by a single-crystal X-ray diffraction analysis at 150 K: I, monoclinic system, a= 7.530(2) Å, b= 8.634(2) Å, c= 12.426(2) Å, β = 102.46(3)°, V= 788.8(3) Å3, Z= 8, space group P21/c,R 1= 0.0409; II, monoclinic system, a= 7.930(2) Å, b= 8.929(2) Å, c= 13.163(3) Å, β = 104.84(3)°,V= 900.9(4) Å3, Z= 8, space group P21/cR 1= 0.0239; III, orthorhombic system, a= 6.603(1) Å, b= 6.785(1) Å, c= 8.836(2) Å, V= 395.9(1) Å3, Z= 4, space group Pna21, R 1= 0.0350. The PHO3tretrahedra in structures IIIIare joined via hydrogen bonds into infinite zigzag-like chains [HPHO3] n– n, which form layers alternating with layers of metal cations. The layers of anionic chains are wavelike in Iand IIand planar in III. Apparently, IIIis not isostructural to Ior IIdue to the fact that Tl(I) has a stereochemically active pair of electrons.

– – – – – – – – – – –