Archive for the ‘Luz’ Category

Bioluminescência: o inicio da captura de luz pelos organismos

quinta-feira, setembro 28th, 2017

xxxx

Capitulo novo aberto para pesquisa.

http://biolum.eemb.ucsb.edu/

Transporte e Circulação de elétrons nas moléculas: Grupos de Pesquisas e Sugestao da Matrix/DNA

quarta-feira, setembro 27th, 2017

xxxx

Imperial College London – Lista de pesquisas ( continuar a ver cada area)

http://www.imperial.ac.uk/a-z-research/

xxxx

Albrecht Group – Grupo de Pesquisa

http://www.imperial.ac.uk/albrecht-group/

( continuar enviando o e-mail abaixo para o staff )

The group’s research interests focus on electrochemical processes on the nanoscale.

“We are interested in both fundamental and applied aspects of single-molecular electron transport. How does the immediate environment of a molecule influence its electron transport properties? Can one use such a configuration as device components in nanoscale electronic circuitry? Is it possible to use such a concept in innovative sensor applications?”

xxxx

Meu E-mail: ( mandar para todo o staff no link : http://www.imperial.ac.uk/chemistry/about/contacts/all-staff/

Title: Suggestions for you making new researches at your field

How does the immediate environment of a molecule influence its electron transport properties?

Sorry if I am wrong but maybe I can contribute to your valuable research at least offering more food for thought.

Molecules are composed and evolves due its electrons containing information from a universal natural formula for to be a complete working natural system plus the action of the environment which is composed and driven by the same formula. So, the internal circuitry of any molecule is the slice of the whole formula’s circuitry which its components mimics the components at the formula. When a molecule provokes an  input of energy is the molecule looking for environments’ ingredients that could help her to compose the next missing slices of the formula. When the molecule produces the output is delivering its waste. Each identical molecules has its own properties due – in the formula – its circuitry obeys the same process of life’s cycle, which means that a specific point of the circuitry is the representation of a specific phase of this process.

Only seeing the single formula ( at my website, the Matrix/DNA formula for closed perfect systems) and understanding it, you will grasp what I am suggesting. About organic molecules, for instance, the carbon atom was selected to be the central biological systems atom because the carbon is – among all atoms 0 which is the most approximate copy of the formula ( the formula contains six universal systemic functions which built the atoms systems in diversified copies from itself, but the atom with atomic number six – each particles representing a specific systemic function – is the best working copy). So, the formula penetrated Earth matter represented by the Carbon, which became the nucleus for composing a larger system towards multimolecular structures as proteins. So, you can see the 20 amino acids for life being composed piece by piece following the formula’s pieces sequence. Knowing the formula and identifying these pieces/functions at the molecules, you can understanding the circuitry properties, which is the level of performance, which new ingredients could optimizing and growing the internal transport and quality of the output.

The last word: this formula was detected as a universal pattern as template of all natural systems, from atoms to galaxies to organisms. Later, searching the origins and precedence of this formula we detected the same pattern at the resulting light wave of the seven kinds of electromagnetic radiation. So, it strongly suggests that the first original formula is made of natural light, which indicates that its bits-information are its photons, which penetrates these electrons, assuming the atomic machinery, driving it to connections with another surrounding atoms which contains photons from the prior neighborhood systemic circuitry sequence. The tendency of these photons is to compose a network among the right photons that composes the formula and when they does it, they assembled the system with atoms. After that, they assembles molecules, proteins, cells, etc.

I know that this is a weird text and the poor English prejudices its understanding, plus the novelty of this issue. My intention here is merely that you read it as curiosity and food for thought, which you will thinking about when practicing at the Lab, which could leaving you to a new surprising discoveries. If you do that, it is what I need, testing the predictions of my theory to see if it has really solid foundations. I have written an article in my website about yours team and research with a copy of this e-mail, so, if you want more information, can use the comments section. Cheers,…

xxxxx

Enviado para… na data de….

t.albrecht@imperial.ac.uk em 9/27/2017 ( nao tem nome pessoal penso que este e’ o e-mail geral do grupo)

alexander.al-zubeidi13@imperial.ac.uk em 9/27/2017

A luz ex-machine contendo o codigo para sistemas foi bombeada para o interior do tecido do espaco/tempo, ou seja, a materia escura?

segunda-feira, agosto 21st, 2017

xxxx

Desde que eu penso ter descoberto o código da vida e dos sistemas naturais no espectro da onda universal da luz emitida no Big Bang, e fiquei me perguntando como um código registrado na luz, em seus fótons, poderia ter-se tornado arquiteturas de matéria e energia, a resposta que tenho encontrado é da propagação destas ondas através da dark matter.

Agora me deparo com os dizeres de um cientista que esta bem perto de confirmar minhas conjecturas teóricas. Pois ele compara os efeitos de uma colisão entre dois buraco negros com o momento do Big Bang nas origens do Universo ( que fez parte da minha teoria neste particular da luz), e vai mais alem no seu acerto com minha teoria – pois ela oferece um modelo das origens das partículas fundamentais com duas espirais se fundindo.

Vejamos o link e o que ele diz:

TED Talks:

Allan Adams: What the discovery of gravitational waves means

https://www.ted.com/playlists/391/the_lights_and_sounds_of_the_u?utm_campaign=social&utm_medium=referral&utm_source=linkedin.com&utm_content=playlist&utm_term=science

” Ha’ 3 bilhoes de anos atras, numa distante galaxia, dois buracos negros prenderam-se numa espiral, caindo inexoravelmente um na direcao do outro, e colidiram, convertendo material suficiente para 3 sois em oura energia num decimo de segundo.

Durante aquele breve momento, o brilho foi mais intenso do que todas as estrelas, em todas as galaxias, em todo o conhecido universo. Foi mesmo um grande Big Bang.

Nao libertaram a energia em forma de luz – pois eles eram buracos negros – mas sim toda aquela energia foi bombeada para o interior do tecido espaco/tempo, fazendo com que o Universo explodisse em ondas gravitacionais.

Uma onda gravitacional e’ uma ondulacao na forma do espaco/tempo. `A medida que a onda passa, ela estica o espaco e tudo o que ha’ nele, numa direcao, e comprime-a na outra.”

A Luz Cosmica desaparecendo confirma o processo de reproducao genetica universal? Incrivel!

segunda-feira, julho 31st, 2017

xxxx

Os modelos e a formula da Matrix/DNA tem me sugerido uma imagem para explicar a relacao da luz original que banha o Universo como tela de fundo, emitida com o Big Bang e ao se propagar mostra a face da formula para todos os sistemas naturais, inclusive a vida, com o mundo material que vivemos.

Para entender precisamos fazer uma rapida e sagaz operacao mental, usando como analogia o processo sobre a reproducao de corpos humanos, pois como deduzimos de toda essa cosmovisao, neste universe esta ocorrendo um processo natural de reproducao genetica da desconhecida coisa, ou ser, que o produziu. Quando um par dicotomico de humanos ( o casal masculino + feminino) vai se reproduzir, a forma humana se reduz nanotecnologicamente ao tamanho e simplicidade do genoma, e o lanca num outro universo fechado que e’ o ovulo. Neste microspico universe o genoma inicia suas operacoes num trabalho que parece ir no sentido evolutivo, ou seja, do simples para o complex, quando constroi o corpo igual ao da forma que se situa la’ fora num universo maior. Mas esta aparencia de trabalhar para a frente, construindo, so acontece quando o observador continua o tempo e o espaco imediato. No prazo mais longo, outro observador veria o contrario: o genoma era a forma do corpo e ele esta indo de volta, para traz, para voltar a ser a forma do corpo que o espera alem de seu pequeno univers ovular.

Este aspecto do retorno ao inves do avanco e’ muito importante para entender-mos o que esta acontecendo neste nosso universo a nivel macrocosmico. Nossos corpos fisicos sao formas materiais, estamos envolvidos num mundo material, mas nossos corpos sao sistemas naturais, e portanto, sao apenas uma forma provisoria do sistema natural universal que vem se desenvolvendo dentro desta dimensao material desde o Big Bang, o momento da fecundacao universal. A formula unica deste sistema universal e’ a Matrix/DNA, ela esta presente em todas as formas deste Sistema universal assim como o DNA esta aqui presente em todos os sistemas da forma biologica. Esta formula veio com a luz original, como um genoma de outro sistema, outra forma, existente alem do nosso pequeno universo material. Vindo da luz, quando o genoma se fragmenta em seus genes, ou suas particulas-informacao, eles se constituem em fotons, que sao as particulas da luz.

Ora, quando a luz emitida se propagou na substancia especial deste universo, ela gerou a energia pela friccao, e gerou a materia, ao decompor em blocos a substancia especial, que pode ser a misteriosa materia escura, formando a mistura de substancia especial+energia+fotons-informacao. Essa mistura ‘e escura e negativa em relacao `a claridade e positividade da luz original. estes blocos, cada qual banhado por uma faixa especifica do espectro da luz, tem uma forma especifica e uma funcao especifica, o que os vao tornar as partes que conectadas formam os sistemas naturais. Este e’ o nosso mundo material. No qual os genes fragmentados do genoma extra-universal estao retornando, estao reconstruindo a forma da especie do ser extra-universal. Estao retornando quando penasamos estar vendo evolucao e uma historia que aparentemente vai do passado na direcao do futuro. Mas assim funciona todo processo de reproducao, quando visto por um observador situado a nivel macrocosmico com sua ampla e astronomica escala de tempo e espaco.

Essa luz teria se expandido no espaco cuja substancia e’ a materia escura. Nessa expansao ela fricciona-se com essa substancia e essa friccao torna-se as formas de energia que conhecemos. Alem de separar porcoes de materia escura em aglomerados imitando cada uma de suas faixas vibratorias e de diferentes frequencias, essa friccao causa a perda de fotons que saem fora da substancia de luz, penetram a materia escura. Juntam-se  a estes “radicais livres fotonicos” a quantidade de fotons que surgem da fragmentacao no final da onda de luz. Todos estes fotons desgarrados tendem a se unirem e recomporem a onda de luz original de-tras-para-frente, ao reverso, cuja meta final seria atingir ou retornar a fonte emissora da luz, provavelmente situada antes e alem do Big Bang. Neste retorno os fotons seriam negativos, a energia por eles gerada nas friccoes seria energia negativa ou negra. Este mundo de fotons negativos, mais energia negativa e mais a materia escura ( que ja foi percebido pelos fisicos e tem avancada teorizacao a respeito), seria o nosso mundo material, pois para compor uma network conforme o codigo da formula da Matrix os fotons negativos penetram os eletrons dentro dos atomos assumindo a maquinaria dos atomos e conduzindo-os a combinacoes que montam os sistemas naturais, pontes necessarias evolutivas para o grande retorno, assim como as formas de morula, blastula, feto e embriao sao as pontes-sistemas necessarias para reproduzir a forma final da especie humana. Desde que, por outro lado, a cosmovisao esta’ sugerindo que neste universo esta ocorrendo um processo de reproducao genetica do elemento desconhecido que deflagrou o Big Bang, juntando-se os dois aspectos da teoria – a dos fotons recompondo a onda de luz e a reproducao genetica – percebemos que estamos no fim descrevendo o mero processo genetico da nossa propria criacao. Ou seja: quando o genoma dos pais e’ emitido pelos pais dentro de um universo ovular, os genes tentam refazer o caminho de volta para retornar a fonte de onde foram emitidos, pois reconstroem o mesmo corpo dos pais. esta e’ a sintese e o significado supremo de qualquer processo de reproducao genetica: Um corpo a ser reproduzido lanca de si sua essencia para o mundo externo, sua essencia trabalha para retornar a ser o corpo emissor. Captastes?

Agora, no artigo com link anexo, os astronomos anunciam que captaram o estranho fenomeno de que a luz do universe esta desaparecendo! Que hoje ela e’ apenas 80% do que era no inicio do universo. Sim, para nos da Matrix/DNA cosmovisao, pode-se dizer que ela esta desaparecendo,mas isto aparentemente, para um observador situado dentro do universo. Pois para um observador situado fora, com um horizonte tempo/especial muito maior, na verdade a luz nao esta desaparecendo, mas sim, se transformando. Tal como o genoma se transforma num ser, o qual, era justamente ele antes de ser emitido fora dele mesmo. Arre!…

Ou vamos colocar isto em outras palavras: Os corpos dos pais que vivem num macrouniverso se projetam na forma de genoma para dentro de um microscopico universo – um ovulo. A medida que o genoma vai construindo o feto, o embriao, na verdade esta havendo um retorno `a forma humana, pois de dentro do microuniverso ressurgira exatamente outro corpo na forma humana. Poderiamos dizer que o genoma desapareceu no microuniverso e dele surgiu um novo corpo? Nao, pois o genoma continua existindo no corpo reproduzido. Assim esta acontecendo com a luz cosmica emitida desde o Big Bang. Ela e’ o genoma. Entao, ao contrario do que os cientistas estao pensando, ela nao esta desaparecendo e sim se transformando em particulas ativas ( como o genoma dos pais se tornam particulas-genes ativos), para no final ressurgir nao apenas como ela penetrou neste universo, mas sim ressurgir na forma do corpo final que a emitiu. Fantastico! E simples demais.

Genial? No caso da reproducao universal, por conter o codigo da vida inclusive para construir auto-consciencia, a luz original e’ a essencia emitida pelo corpo criador. Matamos a grande charada? Obviamente nao, ao menos nao de todo, pois nosso pequenino e limitado cerebro seria incapaz de processar as informacoes da Verdade Ultima. Mas descobertas estranhas como a revelada no artigo abaixo, em que cientistas desconfiam que 80% da luz do universo desapareceu ( o que teria forcosamente de acontecer segundo a teoria da Matrix/DNA, pois a luz positiva branca vai se fragmentando em luz negativa negra a qual vai de volta recriando a luz positiva branca), faz-me ficar de orelha em pe’ e por atencao na busca de mais dados para ir testando tudo isso.

Cientistas dizem que 80% da luz do universo está desaparecida

 http://imagensdouniverso.blogspot.com/2014/07/cientistas-dizem-que-80-da-luz-do.html

De acordo com observações feitas pelo Telescópio Espacial Hubble, 80% da luz do universo está desaparecida. Os astrônomos estão completamente perplexos. “Nós ainda não sabemos ao certo o que isso significa, mas pelo menos uma coisa que pensávamos que sabíamos sobre o universo não é verdade”, diz um dos autores do novo estudo, David Weinberg, da Universidade Estadual de Ohio (EUA). O telescópio mostrou que os fios de hidrogênio que formam pontes entre as galáxias estão se iluminando muito, mas não podemos ver nem essa luz, nem a fontes de onde ela provém. Quando estes átomos de hidrogênio são atingidos por luz ultravioleta altamente energética, são transformados de eletricamente neutros em carregados com íons. Os astrônomos ficaram surpresos quando descobriram muito mais íons de hidrogênio do que poderia ser explicado pela luz ultravioleta conhecida no universo, que vem principalmente de quasares. A diferença é de deslumbrantes 400%. Os astrofísicos não sabem o que é responsável pelos efeitos observados. Eles só sabem que isso não corresponde a nossa compreensão do hidrogênio no universo, muito menos se encaixa com nossas simulações atuais. O mistério fica ainda mais estranho quando comparamos esses resultados no universo próximo e distante: esse descompasso só aparece nas partes do espaço mais perto de nós, o chamado universo próximo, relativamente bem estudado. Quando telescópios se concentram em galáxias a bilhões de anos-luz de distância (o que mostra aos astrônomos o que estava acontecendo quando o universo era jovem), a conta parece se equilibrar. O fato de que a contabilidade de luz necessária para ionizar o hidrogênio era correta no início do universo, mas cai muito no “presente”, intriga os cientistas. “Se contarmos as fontes conhecidas de fótons ionizantes, temos até cinco vezes menos do que precisamos. Faltam 80% dos fótons ionizantes”, diz outro coautor do estudo, da Universidade de Colorado (EUA), Benjamin Oppenheimer. A questão é: onde eles estão? De onde estão vindo, que não os estamos encontrando? “A possibilidade mais fascinante é que uma nova fonte exótica, que não quasares ou galáxias, é responsável pelos fótons que faltam”, sugere. Esta matéria exótica pode inclusive ser a misteriosa matéria escura, substância que mantém as galáxias juntas, mas que nunca foi vista diretamente. A luz faltando pode ser um produto desta matéria escura deteriorando ao longo do tempo.

Luz: Fotons nos Eletrons

quinta-feira, junho 8th, 2017

xxxx

Prova cientifica da sugestao da Matrix/DNA Theory de que nas origens da vida, photons solar e nuclear trerrestre adentravam eletron assumindo a maquinaria atomica e digirindo os atomos a combinacoes biologicas como projecao da formula.

https://en.wikipedia.org/wiki/Light

EMR in the visible light region consists of quanta (called photons) that are at the lower end of the energies that are capable of causing electronic excitation within molecules, which leads to changes in the bonding or chemistry of the molecule.

EMR = Eletro-magnetic-radiation

Luz, energia, frequência e vibração

domingo, maio 28th, 2017

xxxx

“Se você quiser descobrir os segredos do Universo, pense em termos de energia, frequência e vibração.”

– Nikola Tesla

Sem saber que Tesla existiu, `a 30 anos atras os modelos da minha cosmovisão me sussurraram quase a mesma coisa que Tesla diz na frase abaixo. Quase a mesma porque eu entendi que todos estes fenômenos – energia, frequências, vibrações – são derivados de uma causa essencial: LUZ.

Os modelos sugeriam que uma onda de luz original emitida no momento da origem do Universo, se propaga no meio da dark matter e pela sua passagem ( causando friccao com a dark matter), gera a energia.

Bem mais tarde fui perceber que a sequencia dos diferentes comprimentos de onda, frequências e intensidades das vibrações imitam exatamente as diferenças expressadas por um corpo humano desde sua origem  e enquanto ele se propaga avançando no tempo ( em idade), e no espaço (em tamanho ou volume).

Isto significa que uma onda de luz e’ um sistema funcional em si mesma e precursora, formadora, de todos os sistemas naturais existentes. Ou seja, uma onda de luz natural contem o código da vida. Pena que não tenho acesso a laboratórios como Tesla teve, pois acho que me adiantei um pouquinho em relacao ao que ele conseguiu descobrir,… ou intuir certeiramente.

“Se você quiser descobrir os segredos do Universo, pense em termos de energia, frequência e vibração.”

– Nikola Tesla

Agora, assista a esse vídeo por exemplo,… como um esboço da formula da Matrix surge.

 

https://www.facebook.com/ViralPlusBR/videos/1320184968035973/

 

O Segredo mais Importante do Mundo Oculto Dentro de Uma Onda de Luz

terça-feira, maio 23rd, 2017

xxxx

Limits of Light – The Secrets of Nature

https://www.youtube.com/watch?v=jnGTCaiZqOE

Anotacoes sobre o video:

  • Leonardo da Vinci foi o primeiro a notar que vemos objetos devido a luz, nao que esta nos nossos olhos, mas que e’ refletida por objetos;
  • pensava-se que havia luses de diferentes cores, ou seja, que havia uma luz especifica para cada cor. Newton dirigiu as diferentes cores geradas no prisma para outro prisma e refletiu apenas a luz branca, entao ele descobriu que existe apenas uma luz, a branca, e as cores estao dentro dessa luz branca;
  • Mas ate’ Newton pensava-se que era visto apenas 5 cores. Newton tinha alguma intuicao oculta e nao ficou satisfeito com o numero 5. Ele preferia o 7 paraa corresponder as sete notas musicais. Observando mais o reflex do prisma ele percebeu que na fronteira entre duas cores, ou a mistura entre duas cores, haviam bandas menores com cores proprias, como entre o vermelho e o amarelo apareceu uma pequena faixa, na cor laranja. Entao ele achou outra mistura ( talvez o violeta) e assim conseguiu o numero 7. E se satisfez com isso ao lembrar que no arco-iris se ve mais nitidamente 7 cores, e a sequencia das cores do arco-iris e’ a mesma sequencia das cores reveladas pelo prisma.
  • O olho humano tem apenas 3 sensores para cores: o vermelho, azul e verde. Entao como percebemos as centenas de outras cores? O nosso cerebro combina, mistura estas 3 cores, como faz a maquina fotografica e assim obtem as demais cores;
  • Interessante: o que nos e’ mais util e verdadeiro nao aparece aos nossos olhos, e o que ‘e mais inutil, nao tem serventia, aparece aos nossos olhos e modela nosso comportamento. Quando a luz atinge as moleculas chamadas pigmentos, ela alcanca os eletrons dos atomos que absorvem uma parte da luz, como se ela desaparecesse aos nossos olhos. Outra parte da luz e’ rejeitada pelos eletrons e devolvida ao meio externo, refeletida pelos objetos nas cores que vemos. isto vai bater com a teoria da Matrix/DNA quando sugere que as particulas de luz – fotons – vindas do Sol, do nucleo terrestre, e outros astros por radiacao cosmica, possuem informacoes registradas neles, ou melhor, sao modelados para atuarem como informacoes minimas especificas, por isso chamei-os de fotons bits-informacao. Vindo dos astros estes fotons tem informacoes da galaxia na qual esta a formula da Matrix/DNA para sistemas naturais. Quando entram dentro de eletrons, sentem os eletrons a volta e do exterior, procurando seus conhecidos mais proximos, que eram seus parentes ou vizinhos quando formavam os astros e a galaxia, assim como um imigrante chines quando chega a qui e nao fala outro idioma forcosamente vai procurer outros chineses para se realcionar e assim formam Chinattown tentando imitar a cultura e ambiente da China. Estes fotons tentam recompor e imitar o Sistema galactico. O fato dos eletrons aceitarem uns poucos fotons e rejeitarem a maioria pode significar que ou os rejeitados vem outras fonttes que nao sejam os astros ou sao informacoes repetidas das que ja estao dentro da vila que ele forma. Entao possivelmente nao sao os eletrons que rejeitam e sim os fotons que ja estao la dentro. Procuram e precisam de seus vizinhos na mesma sequencia que estavam na formula da galaxia para reconstruirem o Sistema por isso os fotons criam uma network, uma especie de sinapses entre emitidos desde os eletrons. Claro, ai deve entrar tambem as leis descobertas pela Fisica como balanco de energia, etc.
  • Mas a grande licao que sobra do paragrafo anterior e’ que nos damos valor as coisas erradas, e com estas coisas erradas nos guiamos nossas atitudes, construimos nosso mundo. O grande segredo, que esta na forma de aura formada pelos fotons, dentro do nosso corpo, o que contem as verdadeiras leis do universe, fica aos nossos olhos, invisiveis. Reforcando outra sugestao da matrix/DNA tratada num artigo anterior sobre um video sobre quantica, de que nao e’o mundo quantico que e’ confuse e irracional, pois ele e’ a verdadeira realidade, errado e estranho ao universe sao as leis captadas e vividas pelos seres humanos, e isto devido ao grande pecado cometido pelo nosso ancestral, a galaxia.

Light-The-Electro-Magnetic-Spectrum by MatrixDNA THeory

 

O mais importante segredo da luz – que pode transformar o nosso entendimento da existencia da vida e do universo – e que esta’ claramente visivel no espectro, inacreditavelmente nao foi ainda percebido pelos cientistas. A variada sequencia da intensidade e comprimento da onda imita exatamente a variada sequencia da intensidade de energia e formas fisicas de um corpo humano. Pense num corpo humano desde a fecundacao e pense numa fonte de luz natural emitindo luz a comecar pelo raios gama. Observe como os dois se desenvolvem, lado a lado. A primeira faixa da sequencia de luz e’ a da maior vibracao, com maior energia, assim como a fase de maior energia do corpo humano e’ a infantil. Depois a onda de luz vai diminuindo de intensidade ate se desfazer em suas particulas, fotons. Assim como o corpo humano apos o nascimento vai diminuendo a intensidade de energia ate se desfazer em em suas particulas, po’. Dividindo-se o ciclo vital humano por sete como a onda de luz esta dividida em sete faixas principais, temos (mas vamos lembrar tambem os sete tipos de astros conhecidos, as sete organelas da celula e as sete funcoes sistemicas universais (Fs) e as sete moleculas do RNA/DNA:

  • F1 = fonte de luz = ovulo= black hole(cromosoma X) = nucleo cellular/DNA = acucar esquerdo
  • F2 = raio gamma = baby = lua = centriolos = timina
  • F3 = Raio-X = crianca = planeta = ribossomo = guanina
  • F4 = Ultravioleta =  jovem (cromossoma Y) = pulsar = mitochondria = citozina
  • F5 =  Visivel = adulto = cometa = RNAm,t, = uracila
  • F6 =  Infra-vermelho = anciao = supernova = cloroplasto = alanina
  • F7 = Radio = cadaver = estrela de neutron = lisossomo = acucar haste direita

Temos ai 4 formas de sistemas naturais mais a onda de luz e a funcao sistemica de cada orgao/parte dos sistemas. E porque estao classificados nesta sequencia e agrupados desta maneira? Por causa da ordem sequencial evolutiva de surgimento de cada parte dos 4 sistemas e mais cada faixa da onda de luz. E porque cada parte destas de um Sistema executa a mesma funcao sistemica que nos outros sistemas.

O que isto significa? Milhares de novidades que nunca haviamos descoberto as quais muddam totalmente nossa interpretacao das existencias do mundo e da nossa vida. Resumindo: O que esta evoluindo nao e’ o Universo e sim um unico sistema natural dentro dele; este sistema surge quando a natureza aplica o processo do ciclo vital ( ou principio vital) sobre um corpo inicial, transformando-o em sete formas diferenciadas, e depois conecta estas formas na mesma sequencia da onda de luz; o proprio Sistema evoluiu sob o processo do ciclo vital, aperesentando as formas de atomo, Sistema estelar, Sistema galatico, Sistema biologico, Sistema-consciencia… sendo a primeira forma deste Sistema surgida com o Big Bang, a onda de luz original; todas estas formas do Sistema universal possuem uma unica formula usada pela natureza, a qual denominamos Matrix/DNA, porque o Sistema biologico possue esta formula na forma de DNA; a onda de luz natural primordial se expande pelo processo do ciclo vital, o qual se resume na formula da matrix/DNA, portanto a luz trouxe para o universe o codigo da Vida. Que neste Universo esta ocorrendo um processo de reproducao genetica do sistema desconhecido que o gerou.

Apenas estas coisas estao ainda escondidas numa onda de luz, que as Ciencias Humanas ainda nao perceberam.

Os Fotons Escuros Luminosos: E a Dadiva do Poder do Mais Elevado Conhecimento

sexta-feira, maio 12th, 2017

xxxxx

A posição humana em relação `a busca do conhecimento sera’ melhor entendida se imaginar-mo-nos agora situados no centro da Terra. O conhecimento nos espera nos quatro quadrantes a partir do centro: a sudeste e sudoeste, a noroeste e nordeste. Para o sul vamos  cada vez mais descendo no microscópico e para o norte vamos subindo no macrocosmos.

No momento que pensei nesta analogia, descobri algo muito curioso: o cérebro humano esta’ construído exatamente nesta configuração dos quadrantes, como se fosse previamente desenhado para conquistar e armazenar todo o conhecimento universal.

Senao, vejamos: se nos situar-mos no centro do cérebro, mais próximo ao hipocampo, vemos a nossa esquerda o hemisfério esquerdo, que corresponde ao lado geográfico compreendido por sudoeste e noroeste; e vemos a nossa direita o hemisfério direito, que corresponde ao lado geográfico compreendido por sudeste e nordeste. Acima da nossa posição geográfica esta’ o Polo Norte, abaixo o Polo Sul. Tambem no cérebro, na parte baixa esta’ o cerebelo, a morada dos eus inferiores que herdamos dos instintos animais; enquanto na parte alta do cérebro esta’ o córtex, a região de onde emana a auto-consciência e se constrói o nosso eu superior.

Depois de dar a volta por todo Universo e chegar a suas ultimas fronteiras desvendando os segredos do mundo físico material, a cosmovisão da Matrix/DNA esta’ agora parada nas duas regiões fronteiriças, a de cima, e a de baixo. A microscópica e a macrocósmica. Na macrocósmica paramos no oceano escuro de matéria negra e na onda de luz original que banha este oceano, a radiação cósmica de fundo. Nas regiões microscópicas estamos parados nas partículas ultimas desta onda de luz, os fótons.

Porque já sabemos que a onda universal carrega em si as sete funções de todo sistema natural completo e funcional, e como ela gera o atrito ao passar pela matéria negra criando as energias, e dividindo tudo nestas sete funções para gerar todos os sistemas naturais. Enquanto não desenvolver-mos os nossos atuais sensores naturais e tecnológicos sera’ difícil avançar no conhecimento desta quase abstrata entidade cósmica. Nossos olhos então estão mais voltados para as regiões microscópicas, as partículas fótons.

Partindo do nosso campo visual normal, fomos avançando pelas ondas na hierarquia das dimensões escalares, descendo pelo nível das minusculas células, dos átomos, e depois de suas partículas, chegamos `a dimensão quântica. Mas nessa dimensão a realidade novamente se dobra e escurece as regiões abaixo onde estão os fótons. Podemos imaginar o mundo físico boiando sobre um oceano de pontinhos escuros moventes, e só’. A unica coisa que podemos inferir e’ que estes corpúsculos escuros são fótons, de intensa luminosidade, tao intensa que seu brilho nos cega e vemos a escuridão. Mas ai esta’ o segredo mais poderoso para a especie humana hoje, pois se conseguíssemos adentrar o mundo dos fótons, dominaríamos todos os aspectos da matéria, da energia, do mundo físico.

Sabemos que cada fóton e’ a copia completa da onda de luz universal. Portanto eles são sistemas em si, e funcionais. Em si mesmos são ondas comprimidas no microcosmos, portanto constituídos de sete faixas de frequências/vibrações diferenciadas entre si. E o mais importante: sabemos que eles se conectam em redes, networks, que eles adentram os elétrons dos átomos e assim – como os vírus fazem com as células – eles assumem a maquinaria e administração dos átomos, conduzindo-os a se combinarem para formarem sistemas, sempre modelados pela formula da Matrix/DNA, que e’ a forma da onda de luz universal.

Precisamos de alguma maneira limpar o negrume que esconde estes fótons, precisamos ver como estão formando o tórax humano, o sistema galáctico, o cérebro, cada célula, cada molécula, etc. e etc. Assim podemos ajuda-los a vencer os obstáculos que causam os defeitos nestes sistemas. As doenças nos humanos. As intempéries nos planetas e sistemas astronômicos…

Quando dois fótons se conectam devem criar uma ponte entre eles. De que sera’ feita esta ponte? Da mesma substancia deles? Serão extensões deles? Nas moléculas orgânicas os átomos se conectam através das pontes do semi-átomo, o primeiro a se formar como protótipo de átomo, o mais primitivo, o hidrogênio. Existira’ um tipo de fóton mais simples, mais primitivo, disponível no meio da material, que e’ capturado entre dois fótons superiores para formar seus elos de conexões?

As boas teorias sempre vão na frente das grandes descobertas. Elas tem guiado os humanos para as descobertas. Porque uma teoria gera uma vontade incansável na mente humana de buscar sua confirmação, de encontrar o objeto teorizado. Quando Lemaitre iniciou a teoria do Big Bang, tanto ele como a mente de muitos sentiram o desejo enorme de encontrar algo que fosse evidencia, e este desejo oculto na mente de dois radiotécnicos fê-los perceber que o ruido nos seus aparelhos estariam relacionados com o Big Bang. Quando Einstein elaborou suas teorias fantásticas mencionando espaços curvos encurvando a luz ele guiou mentes sedentas de encontrar evidencias a mentalizar uma experiencia e aproveitar a oportunidade unica de uma eclipse, para verem o objeto dos sonhos, a luz se encurvando.

Mas existem as teorias erradas, e nao sabemos se esta e’ uma boa teoria ou uma errada. Mas mesmo assim, quando se trata da evolução do conhecimento humano, melhor uma teoria errada do que teoria nenhuma. Os índios não formulavam estas teorias, e vemos no que deram. Quando uma teoria esta’ errada ela serviu de grande beneficio para nossa evolução, pois nosso conhecimento tem evoluído na base da tentativa e erro. Cada erro sofrido vai sendo eliminado das possibilidades e assim vamos cada vez mais nos aproximando do acerto.

Portanto, temos uma teoria, e temos agora uma vontade incansável de alcançar o reino fantástico dos fótons, um reino que revela os calcanhares da onda de luz original que veio junto ou deflagrou o Big Bang. Que extrapola as fronteiras do nosso universo perceptível e nos leva aos limiares da Criação… e talvez aos calcanhares do Criador. Estamos procurando agora uma maneira de mergulhar-mos nas trevas que antecede o reino dos fótons, isto nos ocupara’ a mente dia e noite, premissa necessária e suficiente de que vamos chegar la’.

 

Luz original com o Codigo pode ser a Cosmic MicroWave Background, segundo a Ciencia

segunda-feira, maio 8th, 2017

xxxx

Mais uma sugestão dos meus modelos teóricos torna-se possivelmente a previsão de uma grande descoberta. Quando percebi que o espectro eletromagnético contem a primeira forma da formula da Matrix/DNA, logo me perguntei como esta formula se espalha no universo e imaginei uma luz especial, não captável pelos nossos sentidos se espalhando pelo espaço. A descoberta de Spenzias e Wilson, sobre a cosmic microwave background, e que isto deveria vir do Big Bang, me chamou a atenção, mas não sei porque interpretei que fosse uma onda de som, e portanto não se relatava a luz que eu procurava. Mas agora com esse vídeo – eles falam que a CMB e’ uma luz. Bateu a previsão?

1 Percent of TV Static Comes from Light of the Big Bang

http://www.sciencechannel.com/tv-shows/how-the-universe-works/videos/1-percent-of-tv-static-comes-from-light-of-the-big-bang/?utm_campaign=trueAnthem%3A+Trending+Content&utm_content=590fdf36a167da0007248cb9&utm_medium=trueAnthem&utm_source=facebook

1 Percent of TV Static Comes from Light of the Big Bang

 

Fotons-Informacao Trazidos por Alienigenas?

terça-feira, abril 18th, 2017

xxxx

Bem,… os resultados de minhas formulas e modelos teoricos estao sugerindo que de alguma forma os fotons com informacoes da formula Matrix/DNA chegaram `a Terra e deram inicio aos sitemas biologicos. Ate agora estou apostando que 50% veio do Sol e outros 50% do nucleo terrestre devido conclusoes ao interpreter a formula. Mas… existem pessoas que dizem ter contacto com mentores espirituais, extraterrenos, e falam coisas que bem poderia ser outra alternative para o “como os fotons da formula chegaram aqui”. Por exemplo esta autora diz que seres de uma galaxia invisivel a nos trouxeram ou mandaram este tipoo de cristais contendo luz com informacao para semear o planeta, etc. Nao gosto dessa possibilidade, resisto a crer, principalmente porque isto significaria que nao terei controle sobre a pesquisa ja que os elementos finais envolveria desconhecidas dimensoes, porem, racionalmente nao e’ uma possibilidade impossivel. Entao tenho que registrar aqui e ficar no alerta para algum sinal a mais sobre isso.

source: http://www.spiritmythos.org/holy/HR/chimurya_starglass.htm

Chimurya Star Glass….this is the name I am guided to give a large lump of blue glass from China that is now in my possession, sent to me by Fredaricka Yarom from Israel. My akashic insights on this glass is as follows:

I am seeing a silver-blue cylinder the size of a rolling pin crashing into Earth. It is not a meteor but a constructed devise. Upon impact it creates a molten blue glass, which is scattered outward into the ground. The region it strikes is uninhabited by humans at that time (several million years ago – although such “time” is diffcult for accuracy when dealing with inter-dimensional events.)

What is the origin of the cylinder and what is it’s purpose? It has arrived through inter-dimensional travel from a galaxy not visible to us. Ultra beings send these cylinders into specific galaxies and planets to complete a Genesis process in this universe. It somehow aids that planet and thus the galaxy it inhabits to re-orientate to it’s original shall we say “sacred path.” I do not have details of this, only fragments. The higher etheric register of the resultant “Star Glass” is set as if on a timer, to communicate on the elemental level interactively with the planet into which it was seeded. It has very strong healing energies as it helps systems align to their “path of origin.” This process is quite similar to the Cosmic event I outline in my streaming audio: Cosmic Event – 2012, only this latter 2012 event will be far more potent and direct in it’s effect on planet Earth.

In some ways it is also similar to the Andara Crystal-Glass in that it’s “etheric refraction” is very high and it is an inter-dimensional glass which can interface with the DNA, moving etheric waves of LIGHT through the body dimensionally.

By Maia Kyi’Ra Nartoomid

http://www.spiritmythos.org/holy/HR/chimurya_starglass.htm