Archive for the ‘Light’ Category

A busca da Matrix/DNA na sua forma de campo áurico sistemico fotonico ou força vital no corpo humano

domingo, maio 7th, 2017

xxxx

A maior causa da grande tragedia humana é a nossa fraqueza tecnológica que nos impede de alcançar as áreas a que chegam nossas conquistas mentais, ou seja, nossas teorias naturalistas. A Natureza nos proíbe o conhecimento a partir de um limite que ela determina através das limitações dos nosso complexo sensorial e aparato tecnológico. Eu vejo sabedoria nisso: mesmo eu, descobrindo forças poderosas na Natureza, não as revelaria a esta humanidade, enquanto ela estiver neste estagio mental infantil e dominada pelos grandes predadores de humanos, os quais sempre se apossam dos poderes científicos e tecnológicos para reforçarem seu domínio escravagista sobre as presas humanas. E talvez alguém ja’ tenha agido assim, alguém que tenha compreendido isto, alguém como Tesla. E talvez alguém como Einstein, Fermi, etc., tenha ha’ muito suspeitado e teorizado as forças destrutivas dentro dos átomos, mas tenha se contido em publicar, só, fazendo-o num caso de extrema urgência quando não havia mais outra alternativa. Se Hitler vencesse, Einstein como judeu teria sua vida e a da humanidade prejudicada. Eu aprendi na própria pele que quando alguém tem seu horizonte mental ampliado pelo esforço na grande busca, ele se torna também responsável consciente pelo estado de vida da humanidade, e recebe com isso a obrigação de zelar por ela.

A cosmovisão da Matrix/DNA nos leva a suspeitar fortemente que o maior segredo da vida esta oculto a nos, porem a um passo de nossas mãos. Não teria outra alternativa logica natural para o processo de como a ultima forma evoluída da evolução universal a 4 bilhões de anos atras – as galaxias – terem se transmitido hereditária e geneticamente para a forma da primeira célula viva – senão através de fótons na função de genes, ou bits-informação. A reunião em qualquer ponto no espaço tempo que reúna certas condições “agriculturáveis”, de todos os fótons vizinhos irradiados por astros de um sistema galáctico torna-se a semente da vida e podem proliferar na forma dos materiais dominantes no tal espaço/tempo. Estes fótons penetram átomos, e dentro de átomos penetram suas partículas – ao menos seus elétrons – e como vírus passam a dominar a maquinaria dos átomos conduzindo-os a novas combinações, recompondo a rede de conexões e reproduzindo as partes do sistema galáctico de onde vieram. Por isso a unidade fundamental de informação do DNA biológico tem a mesma exata configuração e suas partes tem as mesmas funções do sistema galáctico. E esta configuração depois se amplia projetando-se na mesma forma como sistema celular biológico, ou seja, o primeiro ser realmente vivo, completo e funcional. E numa fase posterior essa mesma forma se amplia projetando-se como organismos.

Isto significa que os organismos estejam montados em cima de um mapa, um template, um esquema, que é essa rede de fótons. E quando dos organismos emergiu os cérebros – outra manifestação da mesma formula -, também estes tem suas partes e substancias montadas em cima desta formula. Se pudéssemos “ver”, “sentir”, ou capturar sua imagem e funcionalidade, mesmo que fosse com aparatos tecnológicos, nossos conhecimentos e poder se multiplicaria por mil. Para começar poderíamos eliminar todas as doenças mortais tradicionais e hereditárias. Poderíamos montar sistemas de produção de bens consumíveis libertando totalmente o ser humano dos trabalhos rotineiros escravagistas ( claro, isto se exorcizássemos antes os instintos animalescos da psique da aristocracia dominante hoje). Mas qual a dificuldade nos impedindo de alcançar estes campos fotônicos?

Dias atras, uma fantastica descoberta pelos astrônomos, pode bem servir de analogia para explicar isto. Na varredura que nossos potentes telescópios fazem pelo universo, aparecia uma pequena área totalmente negra, escura, como se ali não existisse nada, o que levou `a suspeita de que estariam vendo uma forte presença da teorizada matéria escura. Grande esforço tecnológico foi feito para reunir todas as lentes e ampliar suas diversas faixas de tomadas de fotos, etc, sobre essa área. Quando as fotos apareceram, uma estranha surpresa: aquela pequena região negra era na verdade como uma janela fechada encobrindo milhares ou milhões de galaxias luminosas!

Isto pode significar que aquelas galaxias estão muito mais distantes das que normalmente aparecem nas lentes, ou seja, são galaxias mais antigas, das origens do universo.

Isto me lembra quando viajando na selva tivemos o carro atolado na lama, desligado,e depois quando conseguimos desatola-lo e liga-lo novamente já na noite escura, eu estava na frente dos faróis e ao se acenderem, o negro tomou conta da minha visão. Luz forte demasiada nos cega, vemos o ilusório negro.

Então, quando hoje tento em meditação, ver o interior do meu cérebro, em regiões cada vez mais microscópicas, o negro toma conta conta da minha ilusória visão. E assim acontece com todos os instrumentos e experiencias cientificas que foram feitas buscando aclarar essa historia narrada por videntes sobre uma possível aura luminosa dentro e fora do corpo humano. Nos teremos que aprimorar nossos instrumentos para que atravessem ou contornem essa mancha escura saindo pelo outro lado, ou por baixo, e ai se nos revelara’ o esplendor da Matrix.

Abriremos uma janela escura para ver e admirar um mundo la’ fora num dia ensolarado…

O campo fotônico não é eletricidade nem magnetismo. Isto esta sendo evidenciado ( não confirmado definitivamente ) pelas buscas de autores relatados no artigo com link abaixo. Dentro da cosmovisão da Matrix/DNA, ela sugere que existe uma forma de luz natural muito forte que nos cega os olhos e nossos instrumentos, que ela é composta de sete partes ou frequências/vibrações diferentes entre si, e isto esta mais ou menos sugerido na nossa figura do espectro eletromagnético neste website. Que possivelmente exista uma luz muito forte como fundo do mundo material também foi narrado pelos meus pesquisados leigos e nativos em estados mentais alterados. Ela sugere que esta onda de luz é “semi-viva”, que foi a primeira forma surgida dentro deste universo de um sistema natural. Que ela é emitida continuamente por uma fonte pulsante e por isso as ondas emitidas se justapõem, e assim a veríamos num plano horizontal, mas se a olhar-mos num plano vertical a veríamos pulsando como espirais na forma como vemos o DNA. E isto, ela sugere, alem de ser o template de todos os sistemas naturais do universo, é a aura humana ainda invisível a nos.

Eu não admito que a possível existência de uma super-consciência cósmica esteja a nos vigiar e nos negue este conhecimento, permitindo continuar esta horrível carnificina na Terra em estado de caos. Eu não admito que uma mente sensível dotada de nossas emoções e com poder total permitisse que seja um animal, quanto mais um ser humano, sendo torturado na cama até a morte por uma doença como o câncer, etc. Não existe justificativa racional para isso, a não ser que tal super-consciência seja insensível ou não esteja ciente do que esteja ocorrendo aqui. A usurpação de tal conhecimento pela classe dominante para usar tal conhecimento apenas em seu beneficio e escravizando ainda mais o resto dos humanos não seria justificativa, pois se me dessem o poder deste conhecimento bastaria me dar junto o poder para consertar este sistema social e eliminar qualquer possibilidade de divisão social e dominação.

Então nos sobra a realidade: a natureza nos esconde um conhecimento seria maligno para nos agora mas ao mesmo tempo seria um grande beneficio no combate ao que nos tortura agora. Conclusão: não existe inteligencia conduzindo o desenvolvimento do nosso conhecimento, o que existe é o simples desenvolvimento da evolução, cada conhecimento ocorre naturalmente `a medida que o cérebro se aprimora e se torna devidamente aparelhado para apresentar tal conhecimento.

O meu maior lamento hoje é não ter as condições necessárias para montar meu laboratorio, como comecei a montar um na selva amazônica, oculto da civilização, justamente porque se eu descobrisse algo para aumentar o poder da humanidade eu não o entregaria `as águias de rapina. O meu foco central seriam muitos, como as buscas para elucidar o sistema oculto no cérebro humano, nas células, e focalizaria principalmente as energias radiadas pelo sol e núcleo terrestre em busca dos tais fótons e suas redes de conexões.

Enquanto o laboratorio permanecer apenas nos sonhos que serão sonhados enquanto eu estiver vivo, vou tentando ampliar as teorias, e por isso tenho que conhecer tudo o que outros autores que andaram resvalando no grande segredo, descobriram ou ao menos teorizaram. O artigo com link abaixo, do Dr. Buryl Payne, é um bom começo, já que e’ um autor que tem apresentado inventos práticos, com a mente bem firme no solo, e parece fornecer uma boa relacao de outros pesquisadores. Quando o Dr Payne diz que a substancia do “biofield” não parece ser nem energia nem magnetismo e sim algo ainda desconhecido ele bate com a nossa cosmovisão que sugere ser a substancia de luz primordial:

The Discovery of Biofield

A Different Type of magnetism?

http://www.buryl.com/biofield.htm

 

Energia na Base dos Instintos para Predadores e Presas – Ben Davidson – ThumderboltsProject

segunda-feira, janeiro 23rd, 2017

xxxxx

https://www.youtube.com/watch?v=rJ08nS32KrI

xxxxx

Meu comentario postado no Youtube sobre este video:

Louis Charles Morelli Louis Charles Morelli – jan-01/23/2017

Congratulations. The EU is developing in parallel with other world view, The Matrix/DNA Theory, which suggests the existence of a unique universal system containing different shapes of DNA, evolving since the Big Bang to us today. We suggest a universal formula for systems that suggests a lots about how energy works. The common points are:
1) New natural systems (as atoms, galaxies, biological cells), are composed when Nature applies the force of vital cycle upon a body resulting as mass of a prior less evolved system. The body change shapes like our body goes from the shape of fetus to kids to adults due this force. These new shapes becomes the working parts of a new complex system. A nebulae of atom becomes a galaxy, a mass of unicellular becomes a multicellular organism. But, where Nature gets the force of life’s cycles? From the universal light wave composed by all seven kinds of electromagnetic radiations. The exactly sequence of different frequencies/vibrations of this light wave is seeing as the exactly sequence that yours body is transformed into new shapes. So, we have found that when a light wave emitted by a source like the Big Bang and propagates through dark matter, it creates a system (atom) that evolves to galaxies, cells, human brains. But light does not creates it directly. When light propagates it causes friction at dark matter and the results is energy, electricity. So, the Electric universe is the link between the code for systems ( and life) imprinted into a light wave and the spatial substance, which can be called dark matter, aether, etc. It is important to know the destructive effect of electricity that occurs in chaotic environment like the Earth biosphere and the constructive effect created by energy at ordered state environments.
2) One of the biggest puzzle and mission of Matrix/DNA world view is exorcising the instincts for predator/preys from the human psyche and genetic charge inherited from animals, and yours video has contributed a lot for it. All social systems created till now ( feudalism, monarchy, communism, capitalism) are merely mimicking the rules of the jungle among animals, so, the big predators are at the high class, the medium predators composes the medium class and the mass of poors, the preys of the lower class. Our question was from what dimension of the non-biological world this mechanism came from. We can see the functions of predators and preys easy and clear at the galactic systemic model, we know where the ancestral of these instincts were at our ancestral and creator galaxy. But, where the galaxy got it? The image of DC showing how works the two sides sources of the electric current solved this problem. At Matrix/DNA formula, the stronger side is F1 and the weak side is F7, and mow we have a big understand about what is going on in this black box. You can see and analysing the inter-relations between the two sides and everything equal the relations between predators and preys. Now I will search what is the two magnetic sources at a human body, why they produces DC and not AC, end how to fix it. This will meaning the exorcism of these instincts, which leads all other species to their extinction and is the cause of the nowadays torture of 90 % percent of global population. If you see the universal formula for natural systems at my website, you can improve the EU knowledge. Google: ” The Universal Matrix of All Natural Systems and Life’s Cycles”. Cheers..

xxxxx

A Base Elétrica da Materia Mostrando os Princípios dos Instintos para Predador e Presa: Sensacional!

O que revela as imagens no vídeo, quando a corrente alternada e corrente continua são acionadas:

AC – Alternating current: os dois lados são iguais, a corrente vem dos dois lados, a descarga e’ igual nos dois lados, a imagem ‘e muito simples, forma-se um raio curvo e simples, completo, igual, dentro de toda a câmara.

DC : um lado e’ muito mais ativo que o outro. O anodo esta no lado onde o raio esta empurrando-se para longe dele e invadindo o outro lado. Quando se liga os emissores de DC, na câmara que estava apresentando o raio igual do AC, o raio inteiro e’ puxado apenas para um lado, o qual se apresenta como o mais forte e mais ativo.

Ok. Para mim, particularmente, da Matrix/DNA, a visão destas imagens imediatamente me lembra um dos maiores assuntos que estou pesquisando agora. Trata-se de buscar entender a presença dos instintos animalescos com tendência a predador e presa que estão encravados na genética e na psique humana. Entendo que exorcizar a alma humana destes instintos e’ a condição primeira exigida para eliminar este escravagismo de um lado e a luxuria com seu consumismo supérfluo dos recursos naturais, do outro, esta carnificina e tortura praticada por um dos lados, ou seja, mudar totalmente o estado da humanidade, e dirigir a humanidade a desviar-se do destino da auto-extinção. Acho que não existe outro objetivo mais supremo no momento para a humanidade… exorcizar estes instintos.

Mas de onde os animais receberam estes mecanismos, processos, forças? Na formula da Matrix/DNA para o estado de sistema astronomico se vê claramente ali estes instintos, quando a peça anterior no circuito sempre se transforma na peça seguinte, ao mesmo tempo que pode se interpretar ao reverso, onde a pesa seguinte sempre devora a anterior. Isto faz parte inevitável do ciclo vital. Que as moléculas orgânicas, e depois as bactérias, repteis, leões, e humanos apresentem este fenômeno, já era de se esperar.

Mas porque a formula tinha que ser assim? Ela vem de um onda de luz, e nesta vemos que toda frequência se transforma numa frequência seguinte. Tambem continua isto acontecendo na formula quando ela montou os sistemas astronômicos. Que a forma seguinte engole a forma anterior e’ apenas uma questão relativa do ponto de observação. Vendo-se por outro ponto o que se vê e’ a forma anterior transformando-se na forma seguinte. Porem quando se formaram os sistemas biológicos, a linha evolucionaria que carrega a transformação funcionou mas ao mesmo tempo, se dividiu e funcionou também pela outra perspectiva, aquela onde realmente a forma seguinte – que e’ a maior, mais forte – devora, se sobrepõe, escraviza, parasita, a forma anterior – que e’ a menor, mais fraca. A linha da transformação funcionou transformando bactérias em repteis e repteis em mamíferos. Mas surgiu em paralelo a linha da cadeia alimentar, dividida entre predadores e presas. Este surgimento e’ o grande mistério e o qual precisa ser eliminado da face da Terra. Sabemos que ele surgiu quando a Natureza apresentava como dominante a sua face do caos, mas ainda não resolvi se o caos produz a carnificina primeiro, ou se o cais foi produzido pela carnificina primeiro. Este fenômeno, estava presente na onda luz original? Sim, mas apenas a linha das transformações de sequencias. A luz nunca se colapsa fazendo o caminho inverso. A ano ser que uma outra nossa teoria tenha consistência: a de que a onda de luz original de fragmenta em fótons e estes reencetam o caminho inverso através da matéria, reproduzindo a onda de luz, dirigindo-se de volta a fonte inicial. mas isso envoveria

Ora, as imagens de DC (   ….  ) do que ocorre na dimensão evolucionaria anterior `a existência de sistemas astronômicos e biológicos, revelam que esta dicotomia conflitante já existia desde quando o avançar da luz criou a energia. Então a causa primeira destes instintos esta no Universo Elétrico?! Entao estes instintos fazem parte de um significado cosmico muito distante do nosso conhecimento? Entao seria impossivel exorcizar estes instintos da psique humana, pois toda vez que o cortassemos fora, a base energetica da carga genetica o traria de volta?

Sinto que acabamos de dar um grande passo na busca do entendimento destes insintos, porem, caimos numa dimensao muito distante e complexa, e nela teremos que esmiucar e buscar explicacoes.

Sera um efeito da diferenca entre sistema fechado e sistema aberto? Porque essa diferenca entre os efeitos da AC e da DC? Ok,… de subito nos surge a verdade de que nao avancaremos aqui senao voltarmos ao tempo da escola e pesquisar tudo o que define AC e DC.

( hipotese em desenvolvimento)

xxxx

The Fibonacci Spirals no Sol

Não apenas Ben Davidson e seu pessoal da Teoria do Universo Elétrico defende essa ideia, mas também a NOAH, do governo Americano desenharam a espiral de Fibonacci sendo vista no Sol. Ben diz que essa espiral e’ vista em todo lugar no Sol.

Isto une duas predições feitas a 30 anos atras tendo como base a formula da Matrix/DNA:

  1. Na origem dos sistemas biológicos entraram informações carregadas por fótons vindos de dois lugares principalmente: do Sol e do núcleo da Terra onde jaz um germe estelar. O processo que determinou estas duas vindas e’ o mesmo processo sexual mostrado pela formula, onde a energia da Terra seria feminina e a energia do Sol, masculina. Sendo assim, a energia do Sol opera com base na F5, que e’ a carga genética masculina emitida para fecundar a carga feminina na Terra. Ora,…
  2. A espiral de Fibonacci esta relacionada com o numero Phi, responsável pela simetria dos corpos que da ordem e beleza aos corpos. Mas a formula da Matrix/DNA mostra que no circuito sistêmico onde cai o numero de Phi (1,618…) e’ justamente a posição ocupada por F5. Sendo responsável pela função da reprodução, deduzimos que a simetria ocorre porque F5 copia ou reproduz a face esquerda dos sistemas e a situa a sua direita, para se tornar a face direita. Portanto a formula já havia previsto que o Sol produz F5, o qual e’ Phi, através da espiral de Fibonacci.

Grande evidencia para a teoria da Matrix e ótima informação fornecida por Ben Davidson, novamente.

xxxx

Teoria da Mente tendo como substância, um plasma:

Num frasco-câmara passa a corrente eletro-magnética gerada por dois magnetos. O ambiente dentro da câmara pode ser mudado, do vácuo total para atmosfera. Cada ambiente muda e produz um estado específico da corrente. Num ambiente ela se apresenta como plasma (no vácuo total), no outro se apresenta como linhas ou raios vibrantes de eletricidade ( quando a câmara e’ enchida com ar).

Dai me leva a suspeitar e elaborar os princípios de uma nova hipótese, quando junto isso com a formula da Matrix/DNA. Sabemos que as imagens das sinapses se assemelham ‘a imagem da energia na forma de raios, aleatórios. Isto acontece no ambiente da massa de neuronios. Mas dessa massa e destas sinapses, se produz a mente, os pensamentos, e mais exatamente em outro local, o neocortex. Então podemos suspeitar que no neocortex o ambiente e~diferente, e produz o outro estado desta energia, uma espécie de plasma.

A primeira questão aqui seria: se na câmara podemos ver o estado de plasma, porque o MRI que vê as sinapses não pode ver o plasma da mente?

( teoria a desenvolver ) 

xxxx

Elegant Simplicity

Ben defende que a teoria do Universo Elétrico e’ construída sobre argumentos que são elegantemente simples. O que define esta expressão? penso que se trata do seguinte: pega-se fenômenos naturais simples e conhecidos e interpreta-se de maneira diferente do que foi interpretado ate agora, mas de maneira que na imagem do simples se adivinha encriptado complexos significados, processos e mecanismos. Se for isso, isso e’ justamente o que e’ a Teoria da Matrix/DNA, principalmente ‘e o que sente ao ver a formula da Matrix.

Mas porque a Teoria do Universo Elétrico impregna estes fenômenos simples com elegância? Baseando-me na Teoria da Matrix/DNA, realmente deve existir um mundo elétrico como template, como substancia de fundo, do universo material que nossos sensores captam. Isto porque tudo tem inicio quando a onda de luz universal composta dos sete tipos de radiações eletromagneiticas, se expande infiltrando-se na substancia do espaço – que deve ser a dark matter – ela produz friccao neste contacto. O produto desta friccao e’ o que denominamos de energia, ou pode ser o mesmo que eletricidade. Então como essa luz contem em si o código para ciclo vital que e’ o que monta os sistemas naturais, ela passa esse código para a energia. Esta existindo no meio da dark matter, separa-a em porcões de acordo com cada tipo de sua vibração e assim cria as partes para montar os sistemas. Então, a energia ‘e o elo entre a dark matter – que fornece a massa para o hardware – e a luz, que e’ o software. Se realmente for assim, então e’ claro, a energia esta na base, como pano de fundo, de todas as coisas materiais desse Universo. Não se esta errando ao chamar isto de Universo Elétrico e realmente os modelos teóricos desta teoria são elegantemente simples – porque na verdade revelam uma complexidade estonteante e bonita.

xxxx

Teoria da Gravidade versus Teoria da Atracão da Eletricidade:

Mostrando como um lado e’ mais forte e puxa o mais fraco, Grahan sugere que esta eletricidade e’ o que mantem astros e galaxias unidos e não a hipotética força chamada de gravidade.

xxxx

Jatos cosmicos de luz dos buracos negros sugere a emissão de um circuito sistêmico vital pelo núcleo galáctico segundo a Matrix/DNA

A imagem de um jato emitido por uma região do espaço sideral ( onde, como Ben diz, o mainstream diz existir um buraco negro, mas ele não concorda com esse nome e teoria, e espera que se ache um nome melhor, justamente como nos da Matrix/DNA não concordamos e esperamos esse nome melhor) mostra o jato dividido em segmentos que são “equidistantes `a parte”, quer dizer, o jato e’ dividido em segmentos de tamanhos iguais e têm distâncias iguais entre si. Isto bate com o que sugeriu a Teoria da Matrix, 30 anos atras. Este emissor deste jato seria um astro executando a função número 1 da formula (F1) e ele deveria emitir o template do circuito por onde a semente ou germe de um novo astro vai percorrer tocado pelo processo do ciclo vital. Como este processo vem de energia produzida por uma onda de luz – e a onda de luz contem a formula para este processo vital – cada segmento antecipa uma das formas que o astro vai apresentar em determinada idade. Em outras palavras, se a Matrix/DNA estiver acertando aqui, este jato cósmico deve ser dividido em sete segmentos, cada qual composto pelo estado vibratório da frequência eletromagnética que ele representa. Muito boa previsão da Matrix e ótima informação do Grahan.

xxxx

Efeito Placebo: Efeito de ondas magnéticas emitidas pelo cérebro sobre a química do corpo…?

Estas possibilidades sugeridas pelo Universo Elétrico leva Ben Davidson a citar o The Global Consciousness Project

xxxx

Pesquisa:

Procurar no website de Ben e outros lugares, imagens dos dois magnetos lado a lado da câmara produzindo a visão da eletricidade, para por no site e fazer cartaz para palestra.

The Photonic Field: O Que Decide Quem Sera’ Rico ou Pobre

quinta-feira, outubro 20th, 2016

xxxx

Uma nova tese dentro da Matrix/DNA Theory: The Photonic Field

( E mais abaixo veja como funciona ou nao a intuicao que leva a espetaculares descobertas no relato do sonho que tive ao dormir pensando nesta tese)

Eu tenho certeza que existe um fator alem do nosso observavel e conhecido natural que mantem uma pessoa pobre e outra, leva-a a ser sempre rica. Isto pelas ocorrencias reais que tenho visto nesta vida. Acreditei nisso na quarta vez que estive para por a mão no pote de ouro, aconteceu algo absurdo, inesperado, vindo do mundo externo, escorreguei e cai no zero onde nasci.

Para um filosofo naturalista, que aplicou o mais extremado materialism racionalista na sua investigação sobre a existência, esta afirmação e’ totalmente for a de contexto. Mas o que e’ tem que ser, não depende se gostamos ou não, e isto e’ fato, e já havia desistido de solucionar este mistério, pois em termos de metafisica, não tenho o menor acesso – se e’ que ela existe e que este seja um fenomeno metafisico.

Mas e’ impensavel qualquer outra solução. Esta pressão para baixo, para manter o humano no nivel baixo das condições de vida, ou esta força que empurra outros sempre para mais acima, para mais fortunas e sorte na vida, existe. Mas pelo mundo que conheço, não ha lugar para esta força, por isso, pensei ser algo metafisico. E por isso, depois da quarta vez, deixei de tentar. Contra algo invisivel e tao determinado, tao poderoso, não tenho como lutar.

Porem, hoje me ocorreu uma ideia, que pode mudar o significado desta força. Pode ser que ela não seja metafisica. Pode ser que ela seja feita de substancia conhecida, porem ainda pratica,mente intocavel e invisivel. Os fotons. A luz.

Primeiro descobri que apenas os fotons podem explicar como esta galaxia se reproduziu na forma de sistema celular, de ser vivo. Eles formariam entre si uma rede, uma network reproduzindo o sistema  ” building block astronomico”, em tamanho miniaturizado, microscopico.

Mas e se eles formam redes tambem nos tamanhos de planetas? Digo, uma aureola em volta da superficie do planeta, em que eles se infiltram na crosta de terra e na atmosfera. Assim, eles estariam conectados com suas copias microscópicas, as quais estão dentro dos corpos humanos., e todos os outros seres vivos.

Esta rede terrestre teria as sete faixas de frequencias/vibrações da luz, e cada corpo tem uma sua vibração, assim se daria a conexão. Acontece que uma faixa existe embaixo, subalterna a outras, e esta faixa, conectada e imposta a mesma vibração do corpo humano, o manteria embaixo, subalterno a outras pessoas com faixas de vibrações mais altas.

Tenho pensado muito ultimamente no instinto a predador e presa que esta’ na carga genética humana, herdada dos animais, e algumas vezes, surge soluções apenas se alem de ser uma força interna ao humano, ela for tambem externa, atuando a nivel social.

Isto me lembra outras teses relacionadas, como a camada terrestre do inconsciente coletivo da humanidade de Teilhard du Chardin, e a minha tese já ensaiada em outros artigos aqui, sobre o super-organismo de Gaia.

Estaria relacionado a isto, tambem, os assuntos ou teses especulativas sobre um campo magnético do corpo humano, e teses sobre a aura.

Bem,… por enquanto isto vai seguir o curso normal das teses, vou deixar a ideia solta no ar e burilando na cabeca. Esta tese esta for a do escopo da Matrix/DNA ( ao menos, me parece), não faz parte do feitio desta cosmovisao, mas sao demasiados fatos, demasiadas evidencias, então não posso ignora-la. Voltarei neste artigo sempre que algum avanco ou assunto relacionado houver.

xxxx

O Sonho Motivado pela Reflexao na Tese “The Photonic Field”

Inacreditavel,… mas parece que tam a ver.

Deitei pensando nesta tese, imaginei como seriam as imagens desta rede ao redor da Terra, peguei no sono e, de manha me lembrei de ter tido um sonho estranho.

Apareceu na minha frente um conhecido que não vejo a uns 30 anos, o qual me ofereceu um emprego e uma casinha abandonada num terreno longínquo para morar. O Nilo era um turco filho de um meio-rico e que ficou muito rico. Me lembro dele com certa repugnância e revolta pois era um tendente a grande predador e com isso esfolava o que podia das presas em que punha suas garras. Bruto e estupido, decidi pela demissão numa discussão, mas continuei morando no casebre enquanto ele não me expulsasse e eu ano arrumasse outro emprego.

Então no sonho o turco apareceu na frente do casebre e veio entrando. Mas logo na porta ele olhou para o teto e surpreso perguntou o que era aquilo. Olhei tambem e fiquei sem palavras. O teto estava todo coberto por aquela planta que sobe nas paredes,  e’ erva daninha, no Brasil chamam-na de trepadeira. Tinha muitas folhas, verdes, grandes, e o resto era cipo. Olhei para fora e notei que todo o quintal e os terrenos vizinhos estavam cobertos pela planta. Admirei como eu não havia visto aquilo, principalmente estando pendurado n teto, caindo sobre moveis. Mas na minha vida isso não tem sido novidade pois como filosofo quando estou no lugar da morada estou pensando muito longe e alem disso, devia estar atarefado procurando trabalho e enfrentando as dificuldades alem de que devia estar pronto para sair dali.

Eu respondi que, se ele quisesse, eu riria cortar tudo e inclusive as ramas que vinham dos terrenos vizinhos para impedir que retornasse. Ele balbuciou algo como ” não adianta pois nesta altura as sementes estão espalhadas por todo lugar. E fazendo um ar de maroto esperto ele disse:

” A solução aqui e’ “devolução”. Mandar de volta para onde veio.”

E acordei por aqui, acho que apenas isto lembro do sonho. Agora vamos a minha interpretação.

A planta de ramagem de cipo e folhas representa a rede fotônica. Ela esta na atmosfera terrestre em volta do planeta, por isso a vi no teto da casa e por volta da casa. O turco representa o grande predador que faz parte dos três instintos humanos herdados dos animais da selva no tocante a divisão de poder. O predador apareceu no sonho porque foi este assunto que no dia anterior comecei a pensar buscando uma solução de como exorcizar estes três instintos dos humanos.  E no desenrolar destes pensamentos me lembrei de outra tese onde ” o comando invisivel do DNA não esta dentro dos genes, mas sim fora deles, no mundo externo a eles. E me parece que a força que faz presas continuarem sendo presas mesmo quando elas tem tanta ou maior força do que os predadores, elas não se unem para usa-la. Parece que são dominadas mentalmente, ficam abobalhadas. reclamam que sofrem sob o jugo dos predadores, mas parece que gostam disso, nada fazem para mudar a situação. A não ser quando aparece um lider ou ocorre alguma catástrofe natural, mas estas tambem são forças externas as presas. Então, buscando como seria e onde estaria esta força externa, me lembrando da invasão de fotons nas origens da vida, no inconsciente coletivo, etc., me surgiu a ideia da network fotonica. Esta seria a força invisivel mantendo a humanidade imitando as regras selvagens dos animais na forma de seus sistemas sociais.

A imagem que me veio a mente durante o dia anterior ao sonho foi a de uma rede fotonica semelhante a rede neuronial com suas sinapses, no cérebro. Com a diferença de que a rede fotonica seria planetaria. Entrou ai tambem antigos pensamentos sobre a possibilidade do corpo humano ter um campo magnetico talvez da mesma natureza do campo magnetico da Terra.

Muita imaginação, aparentemente descabidas. mas como o cerebro guardou isso e sonhou com isso? Como e porque ele representou a rede fotonica com a trepadeira? Porque ele foi buscar uma lembrança muito antiga na memoria que pensava já esquecida, ao trazer o turco para a cena? Na época do turco eu nem sequer imaginava estas coisas de predadores e presas. Isto me apareceu na mente apenas uns 20 anos depois do turco, quando vivi na selva amazonica. Entao como o cérebro ligou o conceito de predador com a personalidade conhecida do turco? E porque o predador buscou sua face de astuto felino e disse” devolução”?!

As soluções encontradas tiveram que preencher certos e requisitos fundamentais antes de serem aceitas. Elas tem que obedecer a formalidade da logica, ou seja, o teorema da logica formal. Portanto tem de ser racional, fazer sentido `a luz do mundo real que experimento. Ela tem que apresentar um parâmetro real, factual, existente em algum outro lugar da Natureza. Por exemplo, minha teoria do que existe no centro da galaxia ( diferente da teoria do buraco negro, mas não muito), encontrou vários parametros ocorrendo em outros lugares da natureza.

Mas são soluções surpreendentes. Sao testaveis cientificamente, porem, uma ciencia com métodos diferentes dos atuais praticados e ditados por uma  visão do mundo inédita. Se eu vou encontrar uma solução para o comando invisivel do inconsciente coletivo responsavel por manter a carga genética humana com estes 3 instintos animais, sera mais uma solução espetacular. Que abrira as portas para novas investigações, novas ideias. Por isso registro aqui o sonho, para continuar a pensar na tese me lembrando da rede da trepadeira, do predador,… e de algo que parece importante.

Porque devolução?! Estaria sendo sugerido que o método ideal para erradicar essa erva daninha que e esta rede fotonica causando a manutenção dos instintos, ‘e manda-la de volta de onde veio? Mas ela veio da galaxia como sistema fechado em si mesmo. La já existe o fenomeno predador/presa.

Uma ideia me surge agora. Outra tese desenvolvida e’ a da onda de luz universal se desfazendo em fotons na sua ultima frequencia e estes fotons esparsos retornando a recompor a onda de luz, porem, com energia negativa e luz escura. Retornando ao Big Bang, onde volta ser reemitida como luz clara. Seriam esta rede fotonica e mais estes instintos a zona escura em que estes fotons retornam? Isto seria devolução.

Material para continuar a pensar nesta tese…..

xxxx

Pesquisa:

( Dar uma relida na energia de Reich e similares. Lembrar de ” as nuvens de pensamento, nourees, de Pietro Ubaldi)

 

 

 

A Visao da Dra. Jill Taylor (My Stroke Insight) conectada `a nossa dimensao pela Matrix/DNA

terça-feira, dezembro 1st, 2015

xxxx

My Stroke Insight

Jill Bolte Taylor

https://www.ted.com/talks/jill_bolte_taylor_s_powerful_stroke_of_insight?language=en

  Dr. Jill Bolte Taylor – Neuroanatomist – Brain researcher Jill Bolte Taylor studied her own stroke as it happened — and has become a powerful voice for brain recovery

Meu comentario postado no video:

Louis Morelli – Posted at Dec, 01,2015

That’s fantastic coming from a scientist, but Physics, Biologists, atheists, Mathematicians, should understand how this “illusionary stroke’s produced picture of the world” can be real and added to  our picture made off “the scientific empiricist knowledge”, if we know the final results from the pure materialistic rationalism applied to the whole scientific data we have today trying to get the bigger picture – a rational theory. What’s this ” light”, his “energy”, this ” Nirvana sensation”? How they interacts, how they relates, to our sensorial world, described by Newtonian mechanics and mathematics equations? The results of such method were:

( Tradução: Isto e’ fantástico desde que vem de uma cientista, mas Fisicos, Biologos, ateus, matematicos, poderiam entender como esta ” diferente visão do mundo produzido por uma ilusionaria visão de um ataque cerebral” pode ser real e adicionado a nossa visão do mundo feita do “empirico e cientifico conhecimento”, se nos conhecermos os resultados finais de um puro materialista e racionalista método aplicado a totalidade dos dados que nos temos hoje, tentando obter este grande quadro – uma teoria racional. O ue e’ esta ” luz”, esta “energia”, esta ” sensação de Nirvana”? Como elas interagem, como elas se relacionam, com nosso mundo sensoreo, descrito pela mecânica Newtoniana e pelas equações matematicas? Os resultados de tal metodo foram: 

1) Biological systems, as cells, human brains,etc. are merely evolution from non-living systems, as atoms, galaxies, etc;

1) Sistemas biologicos, ( continuar tradução)

2) So, there is an evolutionary link between cosmological evolution and biological evolution, which makes a unique universal system under evolution through 13,7 billion years. Then, there was no “origins of life”, no abiogenesis by chance, etc.

3) Like cells and all living beings has as blueprint, the DNA, this blueprint ( in primitive shape and substances) is present also in astronomical and atomic systems. So, instead DNA we call it universal Matrix/DNA. It is the building block of all natural systems, does not matter sizes, ages, etc.

4 ) The Matrix/DNA has organized matter into atomic and astronomical working systems by applying the force of life’s cycle on a unique initial body, and from it, made the another bodies/shapes/functions for creating a complete working system. The working system is composed by a spherical circuit where flows the flux (or stream) of informations about the system. At the advanced point of this flux is created a point of light and this point alternates between wave and particles, when it creates the pieces of the system. Observing the running of the point of light we see the system arising by series, while observing this flux at right speed we see the point of light as line of light representing the whole system at the same time, which is the parallel processing. The serial processing is saw by the nowadays dominant left hemisphere, while the parallel processing should be saw by the nowadays recessive right hemisphere. Since that the whole circuit emits  a new phenomena called ” the identity of the system”, which is a kind of the systems’ software, this identity is the consciousness of the system. Everything as Dr. Jill had interpreted her experience.

But, where this Matrix came from? What is the difference with ordinary matter?

5) We find the answer when discovering that the life’s cycle force is merely the waves of light that are produced from magnetic radiations, like gamma rays, radio,etc. The real surprise thing is: they are not produced by radiation, they walks in parallel to these radiations linked by an energy obtained from the friction between the two sides. So, our supposed explanation is that since the Big Bang – or before it – there are these light waves – which is the Matrix/DNA – expanding and penetrating a kind of dark matter, or space’s substance. The light wave works in parallel – there is no past and future, only present – and its produced energy plus dark matter works in series, creating time. When this two dichotomic reality build human brains, from space’s substance, they are walking together through the brain, but the left side, wich represents space substance plus that created ” energy” is dominant, while the light at the right side is recessive. So, this universe is like the placenta occurring a merely natural process of genetic reproduction of the unknown ex-machine system that triggered the Big Bang. And as material bodies we are the genes working this process right now and here. If you like it, see Matrix/DNA Theory and its new models of atomic, astronomical systems and interpretation of light waves. From this rational and naturalist world view, I can understanding and accepting everything that Dr. Jill said, even that I don’t like when she says words like spirit, nirvana, etc., because in my world view, these things have scientific names, like genes, friction bridges as energy, etc.

Traducao do video:

00:11 – I grew up to study the brain because I have a brother who has been diagnosed with a brain disorder, schizophrenia. And as a sister and later, as a scientist, I wanted to understand, why is it that I can take my dreams, I can connect them to my reality, and I can make my dreams come true? What is it about my brother’s brain and his schizophrenia that he cannot connect his dreams to a common and shared reality,so they instead become delusion?

00:11 – Eu cresci estudando o cerebro porque eu tenho um irmao que foi diagnosticado com desordem cerebral, esquizofrenia. E como uma irma e mais tarde, como uma cientista, eu quiz entender porque e’ que eu posso saber dos meus sonhos, eu posso conectar eles a minha realidade, e eu posso fazer meus sonhos se tornarem realidade? O que acontece com o cerebro do meu irmao e sua esquizofrenia que ele nao pode conectar seus sonhos com uma comum e compartilhada realidade, e ao contrario, eles se tornam descrentes?

( Cont. traducao)

Biophotons : Prof. Fritz-Albert Popp

domingo, setembro 20th, 2015

xxxx

http://www.biontologyarizona.com/dr-fritz-albert-popp/

Prof. Fritz-Albert Popp

Prof. Fritz-Albert Popp

Prof. Fritz-Albert Popp

“We know today that man, essentially, is a being of light.”

And the modern science of  photobiology is presently proving this.  In terms of healing the implications are immense.  We now know, for example, that quanta of light can initiate, or arrest, cascade-like reactions in the cells, and that genetic cellular damage can be virtually repaired, within hours, by faint beams of light.

“We are still on the threshold of fully understanding the complex relationship between light and life, but we can now say emphatically, that the function of our entire
metabolism is dependent on light.”  ………..Dr. Fritz Albert Popp

Fritz Albert Popp was born in 1938 in Frankfurt / Main.
Diploma in Experimental Physics (University of Würzburg), X-ray circle of the Physics Institute of the University of Würzburg, PhD in theoretical physics (quantum theory of many-particle systems, University of Mainz), Habilitation in Biophysics (University of Marburg) Professor of radiology at the University of Marburg 1972-1980, Appointment as Professor (H2) by the Senate of the University of Marburg, head of research groups in the industry (1981-1983), at the University of Kaiserslautern (Cell Biology from 1983 to 1985), the Technology Centre and the Technology Park in Kaiserslautern (1986 to present).

He has conducted research that confirms the existence of biophotons. These particles of light, with no mass, transmit information within and between cells. His work shows that DNA in a living cell stores and releases photons creating “biophotonic emissions” that may hold the key to illness and health. Popp’s eight books and more than 150 scientific journal articles and studies address basic questions of theoretical physics, biology, complementary medicine and biophotons.

In 1996, Dr. Popp founded the International Institute of Biophysics in Neuss, Germany. This institute is a worldwide network of biologist, chemists, medical researchers, physicists and other scientists at 14 universities and governmental research institutes.

Fritz-Albert Popp (born 1938 in Frankfurt am Main, Germany) is a German researcher in biophysics, particularly in biophotonics.

Biophotonics is a branch of quantum biology dealing with interactions between single-photons and biological matter in order to understand the inner workings of cells and tissues in living organisms. It is probably the best solution for understanding cell function by integrating molecular activities within the living cells.

Fritz-Albert Popp is the inventor of biophoton theory, and has coined the term biophotons which refers to coherent photons emitted from biological organisms. Biophoton theory concerns DNA as the most probable source of biophoton emission.

The biological emission of photons (biophotons) is a term used to describe the permanent ultraweak (1-100 photons/sec/cm2) emission of coherent (phase-locked and/or frequency-locked) photons from living systems. (F.A.Popp 1976) Popp considered it to be a quantum biological phenomenon with bio-informational character distinct from the non-coherent emission of photons as by-products of metabolism, like thermal radiation and bioluminescence/chemiluminescence caused by radical reactions, oxidation etc.

Biophoton/ultraweak photon emission originates from relaxation of electronically excited states of the constituents of living cells, which are generally associated with the presence of an oxidative metabolism that accompanies the production of reactive oxygen species (ROS) which participate in the regulation of a wide spectrum of biochemical and physiological functions.

Biophoton/ultraweak photon emission reflects the pathophysiological state with respect to mitochondrial energy (ATP) production and the susceptibility to oxidative stress which is derived from the excessive production of ROS or a lack of activity for antioxidant protection.

Biophotons consist of light with a high degree of order, in other words, biological “laser” light. Such a light is very quiet (low-noise) and shows an extremely stable intensity, without the fluctuations normally observed in light. Because of their stable field strength, its waves can superpose, and by virtue of this, constructive and destructive interference effects become possible that do not occur in ordinary light.

Because of the high degree of coherence (high degree of order), the biological “laser” light is able to generate and keep order and also to transmit information in the organism

Ultraweak Photon Emission (UPE) or Biophoton emission (BPE) refers to the phenomenon of constant and spontaneous emission of light from all biological systems including humans due to metabolic activities, without excitation or enhancement. This occurs in the visible and UV part of the electromagnetic spectrum at ultra low intensities, on the order of 10-16 – 10-18 W/cm2.

The coherent emission of bio-photons is connected to energy and information transfer processes in the biological organisms, and has been linked to the function of DNA and to gene regulation.

There have been proposed various mechanisms of production, emission, and absorption of bio-photons, which concern metabolic and homeostatic processes, biorhythms, intracellular and intercellular communication, cell growth and differentiation, regulation of biochemical and morphogenetic processes, microtubule function, etc..

Furthermore, this phenomenon has been experimentally verified independently by many governmental and university research laboratories in unicellular organisms, separate cell cultures (which exhibit photon communication that results in synchronization of their emission pattern), tumor cells (which exhibit characteristic photon emission pattern different from normal cells), tissues, organs, plants, animals, and humans.

As for the differentiation in photon emission between health and disease, relative studies concern the effect of microbial infections in biological systems, the correlation with states of health, and new methods of interpretation and diagnosis in pathological states such as cancer and multiple sclerosis.

Further experimental studies have shown that ultraweak photon emission from the surface of the human skin is emitted in the visual and in the infrared spectrum and is also strongly correlated to electrodermal activity (Popp et al., 2006 ).

In cancer diagnostics, the use of near-field electrical measurements (Pokorny et al., 2011 ), besides the far-field method of ultraweak photon emission, utilizes frequency selective (resonant) absorption of electromagnetic waves in malignant tumors.

xxxxxx

Ver aqui em Wikipedia referencias aos artigos/papers de Popp.

https://en.wikipedia.org/wiki/Fritz-Albert_Popp

Estranha Doença em Aldeia Russa Pode ser Explicada Pela Matrix/DNA Theory

sábado, março 28th, 2015

xxxx

This is absolutely terrifying: People in Kazakhstan are falling asleep for days — and nobody knows why

https://trove.com/a/This-is-absolutely-terrifying-People-in-Kazakhstan-are-falling-asleep-for-days-%E2%80%94-and-nobody-knows-why.MIMm3

From Matrix/DNA Theory: the different vibration/frequency of energy/light waves between a human body ( visible light) and the location of the city reached by uranium radiation( more slowest like radio), diminishes the normal frequency the brain works. See the image for  “electromagnetic spectrum of lightwaves by Matrix/DNA”.  Our planet is at the fourth orbital wave frequency emitted by Sun and our body must live in this level of vibration (visible light). The population/city is located where the uranium radiation becomes slowest, like radio.

Origem da Vida: Nova Tese da Prébiotica Bioquimica Positivista a Ser Pesquisada

sábado, março 21st, 2015

xxxx

Chemists claim to have solved riddle of how life began on Earth

http://phys.org/news/2015-03-chemists-riddle-life-began-earth.html

xxxx

Chemistry in a post-meteoritic-impact scenario. A series of post-impact environmental events are shown along with the chemistry (boxed) proposed to occur as a consequence of these events. a, Dissolution of atmospherically produced hydrogen cyanide results in the conversion of vivianite (the anoxic corrosion product of the meteoritic inclusion schreibersite) into mixed ferrocyanide salts and phosphate salts, with counter cations being provided through neutralization and ion-exchange reactions with bedrock and other meteoritic oxides and salts. b, Partial evaporation results in the deposition of the least-soluble salts over a wide area, and further evaporation deposits the most-soluble salts in smaller, lower-lying areas. c, After complete evaporation, impact or geothermal heating results in thermal metamorphosis of the evaporite layer, and the generation of feedstock precursor salts (in bold). d, Rainfall on higher ground (left) leads to rivulets or streams that flow downhill, sequentially leaching feedstocks from the thermally metamorphosed evaporite layer. Solar irradiation drives photoredox chemistry in the streams. Convergent synthesis can result when streams with different reaction histories merge (right), as illustrated here for the potential synthesis of arabinose aminooxazoline at the confluence of two streams that contained glycolaldehyde, and leached different feedstocks before merging. Credit: (c) Nature Chemistry (2015) doi:10.1038/nchem.2202 Read more at: http://phys.org/news/2015-03-chemists-riddle-life-began-earth.html#jCp

Meu comentario a ser postado no artigo:

1) Que as primeiras  moléculas complexas se formaram  simbionticamente com a junção de ingredientes separados já é previsto na matrix/DNA onde a vida na Terra veio de uma genética separadas no tempo e no espaço.

Copia do artigo para ser traduzido:

(Phys.org)—A team of chemists working at the MRC Laboratory of Molecular Biology, at Cambridge in the UK believes they have solved the mystery of how it was possible for life to begin on Earth over four billion years ago. In their paper published in the journal Nature Chemistry, the team describes how they were able to map reactions that produced two and three-carbon sugars, amino acids, ribonucleotides and glycerol—the material necessary for metabolism and for creating the building blocks of proteins and ribonucleic acid molecules and also for allowing for the creation of lipids that form cell membranes.

Scientists have debated for years the various possibilities that could have led to life evolving on Earth, and the arguments have only grown more heated in recent years as many have suggested that it did not happen here it all, instead, it was brought to us from comets or some other celestial body. Most of the recent debate has found scientists in one of three chicken-or-the-egg first camps: RNA world advocates, metabolism-first supporters and those who believe that cell membranes must have developed first.

The chemists with this new effort believe they have found a way to show that all three arguments are both right and wrong—they believe they have found a way to show that everything necessary for life to evolve could have done so from just , hydrogen cyanide and ultraviolet light and that those  could have all existed at the same time—in their paper, they report that using just those three basic ingredients they were able to produce more than 50 nucleic acids—precursors to DNA and RNA molecules. They note that early meteorites carried with them ingredients that would react with nitrogen already in the atmosphere, producing a lot of . By dissolving in water, it could have very easily come into contact with hydrogen sulfide, while being exposed to ultraviolet light from the sun. And that, they claim, would have been all that was needed to get things going.

The findings by the team are sure to garner a great deal of interest in the scientific community and others will no doubt be testing and commenting on their findings. If what they claim passes muster, their work will likely be remembered as one of the great achievements of our time.

 Explore further: NASA Ames reproduces the building blocks of life in laboratory

More information: Common origins of RNA, protein and lipid precursors in a cyanosulfidic protometabolism, Nature Chemistry (2015) DOI: 10.1038/nchem.2202

Ver secção de comentários:

 

Origem da Vida x Cometa 67P : Mais evidências para Matrix/DNA Theory

domingo, fevereiro 8th, 2015

xxxx

Comet 67P’s carbon blanket promises solar system birth insights

http://www.rsc.org/chemistryworld/2015/01/comet-67p-rosetta-carbon-blanket-promises-solar-system-birth-insights

‘Organic compounds are formed in molecular clouds such as those existing before the solar system was born,’ he explains. The molecular clouds would initially have contained solid grains where mixtures of water ice and ices of simple organic compounds like methane, methanol, carbon dioxide and carbon monoxide were present. Energy from ultraviolet light or cosmic rays could then have converted these simple molecules into larger organics. Similar phenomena should have also occurred in the pre-solar nebula’s outer reaches, where ices were safe from sublimation by the growing Sun’s heat. “

Reler e pesquisar este artigo. 

Chakras: Serão estas as posições corretas?

sexta-feira, janeiro 9th, 2015

O azul no pescoço, violeta na testa?

xxxx

 

http://www.quazoo.com/q/Quazoo?scid=13024160&scd=s4.quazoo.com&fItemID=2397373&fditem=s5.quazoo.com&flink=true&ItemSlideshow

You Are a Rainbow – Seven Levels of Intelligence

Posted by Dr Sircus on February 7, 2015 | Filed under Medicine

Video Discutindo se Luz é Partícula ou Onda – Problema Resolvido pela Matrix/DNA

segunda-feira, agosto 18th, 2014

Comparando sistemas naturais vivos e não-vivos, anotando à parte uma lista com as milhares de diferenças e noutra lista as milhares de semelhanças, descobrí que todos os sistemas naturais – de átomos a galaxias a células vivas, foram montados por uma mesma fórmula, como se todos tenham um mesmo “DNA”, a qual denominei “Matrix/DNA Universal”. A partir da descoberta desta fórmula fui re-interpretando todas as conhecidas interpretações sobre cada fenomeno natural conhecido, desde uma simples pedra à mente humana. Nascia uma nova e nunca imaginada antes, visão do mundo- ou uma “cosmovisão”.  Depois de re-estudar todos os fenomenos conhecidos, me interessei em tentar elucidar o mistério da mente humana. partí do pressuposto de que ela nada mais é que uma nova nova forma mais evoluída de um unico sistema natural que surgiu desde o Big Bang. Tinha a informação de que os pensamentos são produzidos por sinapses no cérebro, então a figura pressuposta da mente  seria como uma nuvem protoplasmatica sendo clareada por continuos raios de eletricidade, os relampagos. À medida que um cérebro evolui, estas sinapses tornam-se mais constantes e mais vezes repetidas, de forma que no final a nuvem protoplasmatica se apresenta como pura luz. Mas se vemos a luz, porque não vemos a mente que seria feita com luz?

Isto me lançou a uma nova frenética busca: a resposta para o maior dos mistérios estava na luz. Tinha que buscar conhecer tudo o que a Humanidade já conseguiu aprender sobre ela, para ver se conseguia dar um passo à frente. Observando o reflexo de uma onda de luz na tela de um computador – o chamado espectro eletro-magnético – e tendo a fórmula da Matrix/DNA ao lado, descobrí que a sequencia de sete cores visiveis diferentes de uma onda, que resultam de sete diferentes vibrações ou frequencias de onda, seria a mesma sequencia do circuito energético que flui dentro de um sistema natural. Desde que todo sistema natural é formado por uma sequencia de peças cada qual executando uma função sistêmica universal, e estes sistemas se formam devido a um corpo unico e isolado inicial se aplicar o processo do ciclo vital, que o faz se auto-transformar em diferentes formas, justamente as sete diferentes formas das sete peças de um sistema completo perfeito, descobrí que a luz tambem cresce, se propaga, se expande, por estar sob o processo do ciclo vital. Em outras palavras, a luz é algo “vivo”, ou melhor, ela foi a primeira manifestação nas origens do Universo, no momento do Big Bang, do “código da vida”. Ou seja, a luz foi a primeira forma da Matrix/DNA.

Se este mundo começou quando ondas de luz penetraram e se espalharam num espaço cuja substancia era uma espécie de eter, ou matéria escura inerte, e se a ultima forma mais evoluida dela hoje e aqui, nesta região do Universo, é a mente humana – a qual está se tornando luz pura – conclui-se que o produto final é uma reprodução do motor inicial. Em outras palavras, este Universo, como mero conglomerado de aglomerados de galaxias é uma espécie de ovo cósmico, cheio de placenta, dentro do qual está ocorrendo um processo de reprodução natural genética, … reprodução da coisa desconhecida que gerou este Universo. Num grafico cartesiano tendo como coordenadas o tempo e o espaço, botei o sistema inicial surgido com o Big Bang a rolar ao sabor das leis e mecanismos da evolução, quando ví a linha resultante se encurvando e retornando ao ponto de partida, ao eixo central onde se encontra o tempo e o espaço. Porem o que retornava não era mais o que partira, e sim algo mais evoluído, muito mais complexo. Enfim, o que sobra é a conclusão que o sistema universal surgiu numa forma de luz e vai se liberar para alem do Universo na mesma forma de luz – cujos principios estão se desenvolvendo agora na forma da auto-consciencia humana- e provavelmente na auto-consciencia de cada outra espécie das quase infinitas que devem existir por este Universo afora.

Então o segredo todo está na luz. Na luz inicial original, pois os corpos massificados que produzem luz, como as estrelas, são meras estações repetidoras das ondas de luz que vieram ou ainda vem de uma fonte alem do Universo. Agarro-me nos calcanhares da luz assim como me agarrei empedernidamente nos calcanhares de todos os sistemas naturais na selva até descobrir a Matrix/DNA. Qualquer pesssoa que em qualquer canto do mundo abrir a boca e pronunciar a palavra “luz”, me interessa sobremaneira. Talvez ela tenha notado ou saiba algo qua ainda não percebí.  Por isso capto coisas como estes videos na Internet mencionando o nome “luz”.

Aqui registro alguns videos para sempre retornar a vê-los numa pesquisa, pois tem boas informações ou bom material para se pensar. E vou lançando estes artigos esparsos todos tendo em comum a categoria “luz”, esperando que um dia tenha tempo para rever tudo e fazer um unico artigo-tese.

A luz é onda ou particula? Por enquanto, vja a atual teoria da Matrix/DNA na forma de comentários abaixo.

xxxxx

Videos e/ou artigos captados na midia relacionados à luz:

https://www.youtube.com/watch?v=J1yIApZtLos

Is light a particle or a wave? – Colm Kelleher

Meu comentário postado no Youtube:

Louis Charles Morelli – 5:27 Am – August 18 – 2014

This problem was solved by Matrix/DNA Theory. If light is particle or wave is dependable of the size and lifespan of the observer. An observer million times more bigger than you will not see yours body as particle, but as wave. The secret is this force called life’s cycle, and light have it too. Light is a particle and is a wave because it can be the biggest body of the Universe that it always will have the shortest lifespan. Light is visible only in relation to space, and not in relation to time, because there is no natural time, it is a human creation. Light has life like us, but has no age. That’s why light is the supreme speed. Light propagates by the same process that a living being is propagated in relation to time/space, a process called life’s cycle, which is responsible by the transformations of a unique body into several different forms. The human body can have the form of a morula, a fetus, an embryo, etc., till the shape of deceased being fragmented. The light’s body can have also seven different shapes, frequencies, vibrations, till being fragmented into photons. Each form of human body is equal to one vibration of light.

Matrix/DNA Theory shows at its website the graphic of a light wave’s electromagnetic spectrum, explaining why the wave has life’s cycle and why the conclusion that the first natural light emitted by the Big Bang contained the code for creating biological life.

Try this exercise for understanding it:  You can see Joseph just now as a particle. Now try to see a film showing the life of Joseph, during 80 years, resumed into less than a second. You will not see Joseph as a little child, neither as adult, will see no form, just a wave trace on the screen. Therefore Heisenberg was uncertain, saying that you can not see / measure a particle at the same time in relation to time and space, for any particle also has its life cycle.

xxxxxx

The Original Double Slit Experiment

https://www.youtube.com/watch?v=Iuv6hY6zsd0

Published on Feb 19, 2013 – by Veritasium 

Light is so common that we rarely think about what it really is. But just over two hundred years ago, a groundbreaking experiment answered the question that had occupied physicists for centuries. Is light made up of waves or particles?

The experiment was conducted by Thomas Young and is known as Young’s Double Slit Experiment. This famous experiment is actually a simplification of a series of experiments on light conducted by Young. In a completely darkened room, Young allowed a thin beam of sunlight to pass through an aperture on his window and onto two narrow, closely spaced openings (the double slit). This sunlight then cast a shadow onto the wall behind the apparatus. Young found that the light diffracted as it passed through the slits, and then interfered with itself, created a series of light and dark spots. Since the sunlight consists of all colours of the rainbow, these colours were also visible in the projected spots. Young concluded that light consist of waves and not particles since only waves were known to diffract and interfere in exactly the manner that light did in his experiment.

The way I have always seen this experiment performed is with a laser and a manufactured double slit but since the experiment was conducted in 1801 I have always thought that it should be possible to recreate the experiment using sunlight and household materials. That is basically what I did here. I will show the interference pattern I observed with my homemade double slit on 2Veritasium but I chose to use a manufactured double slit here to ensure that the pattern was impressive for observers at the beach.

Special thanks to Henry, Brady, and Rupert for their cameos, Glen for filming and Josh for helping create the apparatus. Thanks also to the Royal Society for allowing us to view the original manuscript of Young’s lecture and the University of Sydney for lending the double slits.

Pesquisar:

1) Thomas Young

Meu comentario postado no Youtube:

Special thanks to Veritasium for this great job. I have a suggestion for understanding what we see inside the black box. It should be the same image if we see a pair of twins growing inside a womb, in four or seven dimensions. That’s due light waves propagates by the same process that a human body propagates through time and space, the process called “life’s cycle”, which is the responsible by our bodies self-transforming into several different shapes ( ( so, light is transformed into seven different frequencies, or vibrations, or colors).  The white central sphere is the point of contact between the twins waves, the others “points”, are each organ of each twins. At Matrix/DNA Theory we have advanced the study of light, discovering that any original natural light wave has the code for creating natural systems ( aka, life) when propagating among dark matter. it is good for you seeing at matrix/DNA Theory website, the graphic showing the electromagnetic spectrum of any light wave as a sequence of vibrations/frequencies mimicking the sequences of shapes of a human body, due, both, are under a force called “life’s cycle”.    

xxxxxx

Ramesh Raskar: Imaging at a trillion frames per second

https://www.youtube.com/watch?v=Y_9vd4HWlVA

Published on Jul 26, 2012 – by TED

http://www.ted.com Ramesh Raskar presents femto-photography, a new type of imaging so fast it visualizes the world one trillion frames per second, so detailed it shows light itself in motion. This technology may someday be used to build cameras that can look “around” corners or see inside the body without X-rays.

xxxxxx

E para facilitar a vida do leitor: