Archive for junho 29th, 2009

Diversidade das Especies: Mais Informacao da Matriz

segunda-feira, junho 29th, 2009

Luca sempre tem que resolver um quebra-cabecas quando quer se reproduzir e semear a Vida em algum planeta. O quebra-cabecas e’ igual aqueles que brincamos quando crianca ou aqueles que tem muito marmanjo como eu “jogando” na Internet: tem-se uma gravura qualquer num papel, corta-se o papel em muitos pedacos de formas e tamanhos desiguais, mistura-se todos os pedacos ( tambem chamados pecas) e tenta-se remontar a gravura encaixando cada pedaco no seu devido lugar. Os jogos na Internet, em Ingles, chamam-se “jigsaw”. 

     . Pois foi isso o que aconteceu aqui nas origens da Vida: Luca teve seu corpo/DNA separado em pedacinhos, os pedacos cairam em diferentes lugares do planeta e em diferentes tempos, adentraram os atomos da Terra, e demorou-se provavelmente alguns milhoes ou bilhoes de anos chacoalhando estes atomos seja atraves das mares, dos ventos oceanicos e de superficie, das chuvas, etc., ate que as pecas se reencontrassem (por acaso e estatiscamente), que funcionasse a lei da atracao entre elas, que fossem sendo montados primeiro as diferentes regioes da gravura ou diferentes orgaos do corpo original, ate’ que finalmente se alguns destes arranjos ja’ possuissem todas as propriedads basicas de organizacao e funcionalidade de um sistema.

      . Para os neo-darwinistas deve ser dificil pensar como e porque a Vida saiu-se com tanta diversidade e com formas tao diferentes entre si, se a Vida realmente tenha surgido com uma unica criatura e numa unica regiao. Basta lembrar-se de quao diferentes sao um mosquito e uma minhoca, duas criaturas que apareceram mais ou menos pela mesma epoca. E para os criacionistas deve ser dificil entender porque Deus fez tantas especies que nao tem sentido, nao tem objetivo algum. Basta lembrar-se de crocodilos e peixes-espadas.

      . Mas para a Matriz nao existe nenhuma dificuldade em explicar as causas de todas estas diferencas e a razao da existencia de cada especie. Pelo contrario, seria dificil explicar o mecanismo da macro-evolucao, da reproducao de LUCA, se estivesse faltando especies que representam cada uma das partes do corpo de LUCA.

     . Entao, o motivo de registrar este artigo hoje foi para nao esquecer uma intuicao que me ocorreu quando navegando na Internet um bloguista postou um Jig saw e nao resisti `a tentacao de brincar. Enquanto estava “apanhando” do jogo, e tentando ser esperto e resolve-lo antes que os outros, procurei  olhar o amontoado de pecas de longe e se haveria alguma estrategia para resolve-lo. Quando a minha mente estava estudando o jogo, surgiu repentinamente a ideia de que aquela mesma situacao havia ocorrido na Terra a 4 bilhoes de anos atras, momentos antes das origens da Vida. Mas eu tenho maos e o mouse para carregar e mover as pecas, porem o planeta nao tinha, por isso teve que esperar a Lua chegar do espaco e mover as aguas, etc.. Mas LUCA tinha uma vantagem que eu nao tenho: suas pecas tem uma especie de iman, originado pela polaridade, e basta uma peca chegar proxima de uma sua antiga vizinha e… pimba!.. estao reunidas de novo! ( Ei, espere: nos jogos do computador as pecas tambem tem esta atracao, pois basta voce passear uma peca por cima das outras, quen de repente aparece uma outra grudada nela, justamente seu par!). Mas registrar esta nova descoberta e’ importante nao so porque entiquece nosso conhecimento mas tambem porque vai assim se juntando as pecas da estrategia que usaremos para um dia manipular-mos os fotons que vem do Sol e nos mesmos produzir aquelas prineiras formas de Vida que aqui surgiram.

Mario e’ um grande engenheiro mecanico mas ele tem um problema: o vicio de jogos e passatempos, que as vezes o ocupam ate’ altas horas da madrugada. Ele esta’ viciado nestes tais jigsaw e um outro tipo, chamado algo como mahjong. Mas o vicio nao e’ um pecado de Mario, ao contrario, ele e’ mais uma vitima. O jigsaw esta’ registrado na sua carga genetica herdada de LUCA, e os genes tem muita forca sobre nossos habitos. E o Mahjong ( um passatempo que consiste em localizar o par de cada peca ate que se elimine todas), vem como carga genetica nao so de LUCA ( porque LUCA tambem tem que inicialmente unir cada peca a seu par), mas tambem vem desde as origens da Matriz/DNA no Big Bang, quando ainda nao se manifestara a materia e os vortices quanticos de spin right tinham que localizar e se unir aos seus pares com spin left. Como tambem este mesmo evento ocorreu na origem de seu proprio corpo, quando cada gene de seu pai teve que localizar o seu gene correspondente feminino e juntos determinarem uma unica caracteristica.

Mas esta ideia de ver o mesmo evento ocorrendo em todas as origens (do Universo, da Vida, do corpo humano), vem nos enriquecer com mais uma inquietante intuicao. Como Mario esta’ repetindo o mesmo evento, agora a nivel mental, e o evento sempre se aplica a origens, reforca-se a nossa tese de que a auto-consciencia ainda esta’ em suas origens… A debilidade da auto-consciencia, essa confusao de pensamentos que nos tornam ainda tao errantes, deve-se a que os bits da auto-consciencia estao espalhados caoticamente em cada cerebro humano como as pecas no jigsaw. E depois que alcancar-mos o estagio evolutivo em que cada cerebro humano resolveu seu quebra-cabecas, que montou sua gravura, talvez seja ainda apenas o principio da historia… pois talvez entao vai-se descobrir que cada gravura nao era a gravura total da grande mente universal que esta’ se reproduzindo aqui, mas sim apenas “regioes” dela.  Se for assim, o proximo passo sera’ encaixar cada consciencia humana no seu rspectivo lugar, e entao disso tudo surgira uma unica ( e dar-se-a razao a Teilhard di Chardin, ou Jung, com suas ideias de inconsciente coletivo no planeta!).

Esquizofrenia devido a fluxos casuisticos do codigo genetico:

Vindo bem a calhar e parecendo reforcar a tese acima, leio hoje no “Star Ledge”, de 07-02-2009, um artigo intitulado: “Schizophrenia risk linked to random genetic codes flaws”. Diz:

“O que os estudos mostram e’ que esquizofrenia nao tem uma causa genetica simples. Ela se parece mais com um massivo jigsaw puzzle (quebra-cabecas) e os pesquisadores apenas acharam umas poucas e terminais pecas, disse Thomas Insel, diretor do National  Institute of Mental Health.”

Voce ve como trabalha uma boa teoria?! Apenas observando os modelos que nos leva a construir, somos conduzidos a intuicoes e previsoes, antecipando `as vezes a noticia que ira’ sair nos jornais dois dias depois!