Archive for janeiro 30th, 2011

O que faz os animais enterrarem seus ovos? A Matriz/DNA explica

domingo, janeiro 30th, 2011

“…like crocodiles and other reptiles, pterosaurs probably buried their eggs, rather than incubating them by sitting on them, as birds do.”

…êste é um trecho do artigo abaixo:

New York Times

Science

http://www.nytimes.com/2011/01/25/science/25obegg.html?_r=1&ref=science

Observatory

How to Tell Fossil’s Sex? Well, the Egg Is a Clue

Então, pela metodologia de investigação da Teoria da Matriz/DNA, desponta imediatamente a questão:

– “De onde um animal irracional, inclusive de sangue frio, tirou a idéia de enterrar seus ovos?! E as aves, de onde tiraram a idéia de chocarem ovos?!

Resposta da Matriz/DNA:

Primeiro é preciso lembrar o que é evolução, do ponto de vista do Universo: meras fases intermediárias de um final processo de reprodução genética, reprodução do sistema natural que produziu este Universo. Portanto existe uma fôrça na matéria que faz parte do corpo em desenvolvimento ainda na forma de feto ou embrião da coisa que está sendo reproduzida aqui, que dirige essa matéria para um plano final. Esta fôrça está no que denominamos Matriz Universal, cuja forma biológica é o RNA/DNA.

Então, quem está conduzindo o réptil a adotar comportamentos em relação a ovos é a Matriz/DNA dentro de seu corpo. O réptil não tem inteligência para prever futuro de algo que nem faz mais parte de seu corpo, não tem o menor motivo para proteger ovos já que isso não o faz achar alimento nem o ajuda a caçar, ou escapar de predadores. Ao contrário, se eles estiverem com muita fome, comem seus própios ovos. Êsse comportamento não é produzido pela cabeça do réptil, mas sim, pelos seus genes.

Mas a Matriz/DNA nunca pode inventar algo totalmente novo do nada. O Universo não cria informações do nada. Êle só pode fazer aquilo para o qual êle tem informações, recebidas antes de sua origem. Então êsse mecanismo de enterrar ovos tem que ter tido seus principios em formas menos evoluidas nos ancestrais anteriores, inclusive os não-animados. Algum mecanismo no sistema atômico terá que ser identificado como precursor, protótipo. Também nos sistemas astronomicos.

Ora temos a forma da Matriz quando ela elaborou os sistemas astronomicos, estelares e galacticos. Então vamos ao quadro de LUCA ( o Ultimo Ancestral não-biológico de todos os seres vivos), e ao quadro de sua “alma”, ou seja, do diagrama de software que representa sua dinamica sistêmica interna. E ali de imediato encontramos o mecanismo:

Lembre-se que quem possuía os protótipos de mecanismos como botar os ovos era a Função 1, a qual representava a função feminina. Esta função quando foi convocada a fazer sua parte na montagem do sistema astronomico construiu um vórtice, e o posicionou como nucleo do sistema. A fêmea era a rainha. Mas o vórtice está rodeado de detritos do cadaver estelar, detritos compostos por poeira, rocha, etc. Quando o vórtice emite o “ovo”, que é entregue à Função 2, o ovo cai no meio do cinturão de poeira e detritos. Fica ali enterrado.

É preciso dizer mais?

As aves por seu lado apresentam o comportamento de “chocar” os ovos. Ora, o protótipo desse mecanismo no ancestral sistema astronomico está bem visível: no sistema estelar, a estrela acolhe seus rebentos planetas debaixo de suas longas asas constituidas do manto gravitacional… enquanto eles são incubados antes de se tornarem as novas estrêlas.

E lembramos que continuamos precisando de mais exemplos de fenômenos naturais para pesquisar suas causas remotas. Abraços…

                                                                                                    Louis Morelli

Moléculas fundamentais à vida podem ter origem extraterrestre, diz pesquisa

domingo, janeiro 30th, 2011

Esta novidade de que aminoácidos estariam pregados em meteórito, que este meteórito teria pertencido a um planeta nos primórdios do sistema solar, o qual seria muito quente e por isso não poderia ter gerado os aminoácidos, e que estes aminoácidos teriam sido formados em lugar que não tem água!… Tem algo errado nestas hipóteses.

Folha.com

http://www1.folha.uol.com.br/ciencia/863217-moleculas-fundamentais-a-vida-podem-ter-origem-extraterrestre-diz-pesquisa.shtml

 GIULIANA MIRANDA
DE SÃO PAULO

19/01/2011

Cientistas da Nasa (agência espacial americana) descobriram que alguns aminoácidos –elementos essenciais à vida na Terra– podem ter vindo do espaço, pegando carona em asteroides que se chocaram com a nossa atmosfera.

Os aminoácidos são importantíssimos porque ajudam a compor as proteínas, indispensáveis para a existência de todas as formas de vida no nosso planeta.

Ao estudar os fragmentos de um meteorito (pedaço de asteroide) que caiu no deserto africano em 2008, cientistas da Nasa comandados por Daniel Glavin do Centro Goddard de Voo Espacial, descobriram que os pedaços de rocha vindo do espaço continham aminoácidos do tipo canhoto.

Os aminoácidos podem ser de duas variedades: destros ou canhotos. Elas funcionam como imagens espelhadas. Algo como nossas mãos, uma com o polegar voltado para direita e outra, para a esquerda.

Na Terra, todos os seres vivos têm aminoácidos canhotos, como os do meteorito. Mas isso não quer dizer que a versão destra seja impossível por aqui. Cientistas já conseguiram sintetizá-la em laboratório.

O que eles não sabem ainda é por que os canhotos prevaleceram. ( A Teoria da Matriz/DNA tem boa explicação aqui, em outro artigo) Os fragmentos do meteorito podem, então, dar uma importante contribuição para matar essa charada.

Ao analisar essas moléculas, os pesquisadores se surpreenderam: alguns dos aminoácidos simplesmente não existiam na Terra, enquanto outros eram realmente bem difíceis de se encontrar na natureza.

Isso, de acordo com os autores do trabalho, publicado esta semana na revista “Meteoritics and Planetary Science”, comprovaria que o meteorito já teria chegado ao planeta com os aminoácidos, tornando impossível a hipótese de “contaminação” no ambiente.

Eles acreditam que o asteroide, batizado de 2008 TC3, é provavelmente uma parte de algum planeta que existiu nos primórdios do Sistema Solar. Mas, como a temperatura nesse planeta devia ser realmente muito alta, os cientistas acham que os aminoácidos não se formaram enquanto o astro ainda estava inteiro.

E o enigmas vão além: ao contrário dos aminoácidos da Terra, que precisam de água para se formar, as “moléculas ET” não tinham o líquido disponível no ambiente do meteorito.

Isso, de acordo com o chefe do trabalho, aumenta as possibilidades da existência de vida usando “ingredientes” até agora considerados impossíveis.

Glavin disse em entrevista ao “Science News” que, na opinião dele, se realmente existir uma forma de produzir aminoácidos sem água, isso então “aumentaria muito a probabilidade da existência de vida em outros lugares do Universo”.

Embora esta seja uma grande novidade, vale lembrar que os aminoácidos são apenas uma parte da vida. Para chegar até ela, ainda são necessários muitos outros fatores.

Foi Deus, a Terra, ou o Acaso que Produziu Esta Concha?

domingo, janeiro 30th, 2011
Nesta figura vemos uma concha de molusco desde um corte transversal, que permite ver como a concha é formada por várias camadas. Como 6este fenômeno apareceu na Natureza? Claro que o molusco não foi o construtor disto, ainda mais quanto sabemos que é impossível a qualquer ser vivo fazer isto nas próprias costas.
A Teoria da Matriz/DNA não tem receio em sugerir: olhe a concha desta maneira e olhe o Planeta Terra numa figura com corte transversal. É cópia fiel. Até o fato de a ultima camada externa, de rochas, ou agua dos oceanos, ser mais larga que as seguintes internas. Quem fêz isto foi o DNA do molusco atendendo a tend6encia da matéria ao equilibrio termodinamico como sistema fvechado o qual visa construir couraças, pele, etc., no sentido de proteger e isolar o sistema. Como descobrimos que a unidade fundamental de informação do DNA – um par simétrico de nucleotídeos – é reprodução do esquema de um sistema astronomico sob ciclo vital, e que corpos como planetas e estrêlas possuem informações sôbre esta estrutura, nada mais conclusivo do que a idéia de que foi a Terra e o Sol que produziram êsse fenômeno.
Não sei como a Teoria da Evolução Neo-darwinista explica a construção dessa concha, porque as multicamadas. Alguém sabe?    
Foi Deus, o Acaso, ou a Terra quem produziu isto?
Concha Multicamadas de C. squamiferum

Multilayred Armor Design of C. squamiferum

para quem quiser ver o “paper”completo e grátis click em:

http://www.pnas.org/content/early/2010/01/07/0912988107.full.pdf+html