Archive for setembro 7th, 2011

Quântica: Interessante Sugestão

quarta-feira, setembro 7th, 2011

Obs: O conceito da física quântica sempre trabalhou com duas premissas: Partícula e Onda. Atualmente sabe-se que na realidade nunca houve partícula, pois o que se postulava que era partícula, é na verdade uma rotação/giro da Onda que gera uma inércia, e essa rotação “junta” a Onda que então se apresenta como “Matéria”. Resumindo, tudo é ONDA e a realidade é uma ilusão!

Read more: http://libertesedosistema.blogspot.com/2011/05/realidade-e-uma-matrix.html#ixzz1XJA96OXY

Ciências: Dica para os jovens detectarem seus talentos, descobrir algo original e ser o primeiro, para seu sucesso.

quarta-feira, setembro 7th, 2011

A matéria do Universo tende a fica eternamente inerte num equilibrio termo-dinâmico, no entanto, no meio dessa matéria existe uma fôrça que não tem permitido ao Universo se estagnar na paz eterna. Essa fôrça misteriosa que talvez tenha sido descoberta agora como sendo uma fórmula e que pode ser comunicada como um tipo de diagrama de software, denominada Matrix/DNA, obriga a matéria se mover, se organizar em sistemas, sempre transformando-os no sentido de torna-los cada vez mais complexos, ao qual denominamos “evolução”. Para a mente humana ( que parece ter também um corpo projetado por êste próprio software e seria sua forma mais evoluida), conhecer a fórmula é como o bebê recem-nascido que começa a descobrir o próprio corpo e o mundo externo, e as possibilidades do que pode seu corpo fazer no mundo: uma fonte inesgotável de novas possibilidades jamais imaginadas.

O Prêmio Nobel de Química, Akira Suzuki, responde a uma pergunta de VEJA (Nobel da Química hoje se beneficia do remédio que criou – 07/09/2011 – 08:04 – Ciência – http://veja.abril.com.br/noticia/ciencia/hipertenso-nobel-da-quimica-se-beneficia-da-propria-descoberta-que-lhe-valeu-o-premio)

Veja: Qual conselho o senhor dá para que jovens tenham uma carreira de sucesso?

Suzuki: “Quando jovens, ficamos na dúvida sobre qual caminho seguir. Isso é completamente normal. É importante aprender então com as pessoas mais experientes sobre as opções que existem. Acima de tudo, a decisão final precisa ser sua, não dos seus pais. Quando os pais forçam a carreira dos filhos, os resultados podem ser desastrosos. Depois que tiverem escolhido o caminho a ser seguido, utilizem todas as forças para conduzir o trabalho com criatividade e originalidade. Não imitem outras pessoas, é importante que descubram sua própria maneira de fazer o mundo. Herbert Brown, Nobel da química e meu professor, sempre me dizia para produzir conhecimento original, algo digno de ser publicado em livros didáticos.”

Suzuki tem um bom conselho, mas na realidade, penso que os jovens modernos estão com o problema da saturação no mercado de trabalho e alta competitividade que era muito menor nos anos 70 de Suzuki, , alem de que o sistema capitalista objetivando o lucro não financía e até mesmo impede que apliquemos as idéias e intuições que mais apreciamos. Uma dica surge na própria entrevista de Suzuki:

Veja: Por que o senhor escolheu a química como profissão?
Suzuki: “Quando jovem, queria ser matemático. Mas dois livros me fizeram escolher o caminho da química orgânica: Química Orgânica, da Universidade de Harvard, e Hydroboration, escrito por Herbert Brown, com quem estudei posteriormente. A química orgânica é praticamente o oposto da matemática, não tem nada de exata. Contudo, gosto muito de observar a criação das moléculas, como na natureza: as plantas pegam o gás carbônico e água e transformam em açúcar, energia. Poder entender, replicar e manipular esses processos em benefício da humanidade é edificante.”

Mas pensando bem, Suzuki não fêz algo “original”. Em 1979, aos 49 anos, ele publicou na revista Synthetic Communications o estudo em que descrevia a complicada reação química que lhe garantiria o prêmio Nobel três décadas depois. O procedimento facilitou a criação de remédios contra a hipertensão, câncer e defensivos agrícolas. Ora, êle simplesmente fêz o que todos os cientistas com raras exceções tem feito desde as origens da alquimia: aplicar o método reducionista de ver, identificar, separar, isolar, observar e descrever anatomia e comportamento de corpos isolados de seus sistemas.

Existe todo um novo mundo com uma vasta área a ser explorada, que é a abordagem sôbre os sistemas naturais,ou seja, o re-agrupamento de todas estas partes isoladas em suas conexões com outras partes formando sub-sistemas que interagem com o mundo externo por estarem dentro de outros sistemas maiores nesta infindável hierarquia de sistemas cujo final será como o abrir-se uma janela no Universo para descobrir o que existe alem. Portanto, o mundo está ainda praticamente virgem para as Ciências humanas conduzir a mente humana a descobrir-se e ao mundo. Eu queria ser jovem agora quando descubro que o futuro do Universo aos jovens pertence.

Porque? O que é a fórmula da Matrix/DNA? Um bebê recem-nascido quando abre os olhos pela primeira vez provavelmente vai ver os corpos de outras pessoas antes de ver o seu próprio. Quando foi a primeira vez que vimos nosso próprio bumbum refletido num espêlho? Curiosidade, não? Pois ver o diagrama da fórmula da Matrix/DNA pela primeira vez desenhada na tela do computador é a mente vendo pela primeira vez um corpo semelhante ao seu, o qual ela ainda nem formou totalmente e nunca viu porque ainda não abriu seus olhos próprios para ver as coisas abstratas ou holográficas da sua dimensão existencial. E ver a fórmula é ver a alma, o circuito de energia e conexões de todos os sistemas formados na matéria dêste Universo. Por isso ela se abre como uma fonte de inspiração e intuição para os jovens iniciarem agora os primeiros passos da nova super-ciência. O caminho está aberto e borbulhante com oportunidades.

Suzuki diz que “A natureza realiza a criação das moléculas: as plantas pegam o gás carbônico e água e transformam em açúcar, energia. Poder entender, replicar e manipular esses processos em benefício da humanidade é edificante.”

Mas mais interessante e edificante seria iniciar com as questões da nossa curiosidade natural que o método reducionista da velha Ciência nunca se faz: Porque a Natureza faz isso? Para que? Qual era o estado evolutivo do mundo quando a Natureza começou a fazer isso, para onde vai, como é utilizada o açúcar e essa energia pela evolução, qual o resultado final de todo esse movimento da matéria, que sistemas estas substâncias compõem, para que servem? Iniciando com estas questões em mente, nossa abordagem e trabalho irá por um caminho diferente daquele praticado por Suzuki, que consisitiu em “observar, descrever, replicar e manipular”. Pois agora não vamos apenas ter partes, peças isoladas nas mãos, mas sim, identificar todas as outras partes relacionadas a cada peça, identifcar os sistemas inteiros, replicar ou manipular sistemas. Mas o mais importante: dirigir nossa manipulação de maneira sintonizada com o Universo e suas leis naturais, e agilizar a evolução atuando para transformar os estados de caos em estados de ordem e corrigir os estados de ordem que se fixaram imperfeitos. O que fazemos hoje com nossa medicina e engenharia genética aplicadas ao nosso corpo carnal, vamos iniciar a fazer aplicando a medicina e engenharia genética ao corpo da mente humana e ao corpo do Universo. Está tudo aberto lá fora, para ojovem arregaçar as mangas e entrar numa fantástica aventura. E cada jovem irá por um caminho original.

The Matrix/DNA as Formula for Astronomic, Cell, Mind and DNA System

É possivel que a primeira visualização da fórmula, tal como ela está apresentada na tela do computador, não desperte a mente dos jovens ainda para o que ela realmente significa. Isto porque ainda não tive tempo de incluir os textos descritivos da fórmula e das milhões de informações que estão encobertas nas entrelinhas do circuíto do sistema. É como o bebê vendo os corpos da mãe e do pai vestidos, sem nada receber de explicação do que são os corpos, como funcionam. Não foram incluídos ainda porque não tive tempo desde que estou sendo obrigado a trabalhar até 14 horas por dia e nos sete dias da semana devido a atual crise financeira, e ainda devido a problemas técnicos muito fáceis de resolver por especialistas em computação, como o de que não tenho conhecimento sufificente para rapidamente incluir no computador os softwares certos para atuar no website. Portanto, torçam por mim que na primeira oportunidade faço êste trabalho e não os deixarei na mão. Por enquanto, observem a fórmula, pensem nela, tentem ir descobrindo nas entrelinhas as valiosas informações que ali se ocultam, e verào a imensa gama de oportunidades do que se tem para fazer ainda. Tateando a fórmula como o bebê que ainda não abre os olhos vai tateando o próprio corpo e tentando se entender.

The Matrix/DNA as Formula for Astronomic, Cell and DNA Systems