Archive for outubro 26th, 2011

INTRODUÇÃO À SECÇÃO ARTIGOS

quarta-feira, outubro 26th, 2011

Ainda pode ser que a fórmula da Matrix/DNA não exista, mas mesmo que assim fôsse, esta fórmula já tem feito milagres: tem explicado todos os fenômenos e eventos naturais desde hoje até o Big Bang – ao menos todos a que tomei conhecimento, e nêstes 30 anos buscando-os, são muitos. Quão espetacular foi descobrir como um réptil se transformou em mamífero, porque e como a célula primordial se dividiu em vegetal e animal, como as origens dos cromossomos sexuais vieram das estrêlas, como e de onde vieram as fantásticas maquinas operativas da célula, etc, e etc.! Mas tanto se tornou fácil entender o Universo material e tantas as novas questões mais profundas sôbre a existência se avolumaram, que agora estou perdendo a atração pela busca de mais fenômenos materiais naturais e duas novas coisas se tornaram o foco de minha atenção: a Luz e a Consciência.

A LUZ

A Luz porque uma das ultimas descobertas foi a de que qualquer espectro de luz, quando captado e registrado num gráfico, apresenta as excitações de ondas em frequências e períodos, divididas em sete côres diferentes, na verdade está significando que tambem um raio de luz está sujeito a um ciclo vital, e igual ao do ser humano. Isto é tão fantástico que tremo só ao pensar! Um raio de luz pura, ou melhor, as ondas pulsantes de luz emitida por uma fonte natural, são coisas “vivas” (veja figura abaixo)? Porque a Luz, segundo o que entendo, é a ultima fronteira entre nosso mundo material perceptivel e seja lá o que fôr quer exista alem dêle. E esta descoberta está sugerindo que a Matrix/DNA é, na sua essência primeira, pura Luz, ou seja, a fórmula que dá vida à matéria é feita de Luz. Existirá uma fonte primordial da Luz? Estaríamos agora tocando nos pés de Deus? Por um lado isto é desconfortante porque não tenho nenhum meio, nenhum recurso para abordar a luz e estudá-la. Nào tenho como pega-la, o que significa que ao chegar na Luz, a Matrix/DNA que vinha materialmente sujeita a qualquer experimento e manipulação, de repente escapa, esvai-se, de minhas mãos, e desaparece em profundezas não-materiais. Por outro lado a pesquisa da Luz é mais uma fonte de sobrevivência e respiração para a cosmovisão da Matrix/DNA, pois sei que a Ciência e a Tecnologia tem avançado muito no estudo da Luz, o que indica que terei de ir atrás de tôdas as informações que já obtiveram, e sempre quando estou fazendo nova pesquisa sob a abordagem da visão de mundo baseada na Matrix/DNA, no meio do caminho muitas novas descobertas vão acontecendo.

Light - The Electro-Magnetic Spectrum by Matrix/DNA

A CONSCIÊNCIA

Qual o segrêdo do cérebro humano? O qual apresenta esta propriedade de saber que nós e o mundo existe? A maior parte da matéria dêste mundo não “sabe” que existe, mas uma porção dela, em particular, configurada na forma de cérebro humano, de repente, adquiriu êste saber. E êste “saber” é algo meio-material pois que emite uma fôrça que atua na matéria, ao menos, movendo a matéria do nosso corpo segundo sua vontade. É êste “saber de existência”, ao qual denomino de “Consciência”, ou “mente”, ou outras vêzes como “ o conjunto dos pensamentos”, ou outras ainda como “sinapses químicas com bases elétricas”, é êste “saber” que aparece como sendo o ultimo produto mais complexo da Evolução – ao menos nesta época atual e nestas regiões do Universo – que me tem tirado noites de sono agora. Sinto que eu sou apenas e nada mais que êste “saber”, na forma de bebê engatinhando ainda. Como é, qual é, a conexão entre neurônios e pensamentos?! Mais uma vez, sei que estudiosos tem se dedicado a fundo ao fenômeno e terei que tentar saber tudo o que obtiveram e fizeram a respeito (basta uma olhadela no Google para ver que existem 2,5 bilhões de ítens sôbre “light”!), sonhando com a possibilidade que a partir desta coleção de conhecimentos possamos dar algum passo alem, acrescentando alguma coisa a mais, empurrando as futuras gerações para obterem a vitória final contra nosso maior inimigo: a ignorância sôbre a existência, raiz de tôdas nossas debilidades. Acho que esta foi a causa da tristeza na morte de todos os buscadores, todos os pensadores, de Sócrates, a Einstein, ao cidadão comum aos milhões como eu, que solitariamente se envolvem com esse problema da existência. Tristeza na morte porque morremos com a sensação de impotência total, de ter fracassado em nossa suprema missão. Já disse alguem (Santo Tomás ou Agostinho?) que o inferno foi inventado para quem se faz estas perguntas:” O que é o mundo? De onde, diabos, veio tudo isso? O que sou, para que estou aqui, porque? O que posso fazer para evitar que bilhões de crianças, sangue do meu sangue, espécie da minha espécie, sejam torturadas agora como fui desde que nascí ?!”

Dentro da linha lógica de pensamento da Matrix/DNA, eu penso no momento que, … a consciência é uma espécie de nuvem holográfica cheia de luz (seja lá o que for isso), no meio do cérebro, que envolve as sinapses. O quadro que me vem à imaginação mais próximo disso e sôbre as origens ancestrais da consciência, ainda nos cérebros dos primatas, seria o das noites escuras cobertas com nuvens escuras carregadas de água e produzindo as tempestades de raios e relampagos, sem os sons dos trovôes. Ou talvez, os animais inferiores escutem estes sons como um continuo bombardeio, e por isso ficam loucos quando ouvem estampidos. Mas da passagem dos pensamentos difusos e descontínuos dos animais inferiores para o estágio dos pensamentos contantes e fixos dos cérebros humanos, os relampagos se tornaram tão continuos que se fixaram como uma tela de claridade permanente e essa tela de claridade seria a… auto-consciência. Tudo isso acontecendo dentro das cabeças humanas! Essa tela de claridade é que me leva a pensar em holograma. Mas então, a tela de claridade permanente me lembra LUZ, e aí sem poder evitar fico oscilando entre a pesquisa da LUZ e a da Consciência. Se o produto final da Evolução, aqui e agora ao menos, é uma “claridade”, e estamos no ponto atual da pesquisa da Matrix/DNA acreditando que tôda a Evolução do Universo e da Vida se começou com a LUZ, então vejo o Fim se confundindo com o Início, o Alpha se ligando ao Beta, e tornando-se ambos uma coisa só: Luz+Consciência. Por mais exdrúxulo que isto possa parecer, me parece que não é honesto nem sábio fugir do desconfôrto do caminho indicado pela realidade como sendo o certo a seguir. Como tambem não posso anular de minha curiosidade os caminhos diferentes que continuam a serem buscados por outros humanos, e tenho que continuar, sempre que possivel, acompanhando seus avanços, porque a realidade que penso ser real talvez seja meramente a minha pobre versão da realidade verdadeira, baseada numa interpretação do mundo que pode ser equivocada.

LUZ + CONSCIÊNCIA

Sei que estas duas coisas racionalmente não se casam, mas não estou aqui para atender os gôstos da minha Razão e sim para buscar a Verdade. Luz+Consciência agora é um problema que repete o problema que tive no inico da minha busca intelectual, criança ainda, que era a dupla “Sistemas naturais vivos + Sistemas não-vivos”. Apliquei naquela época o método da anatomia comparada sob rígida observancia das regras da lógica formal da filosofia naturalista. O qual me conduziu ao resultado final da Matrix/DNA. Vou repetir agora o mesmo processo, recomeçar tudo do zero de novo: sôbre a mesa vai se avolumando a coleção de papéis anotados, livros e revistas e calhamaços de teses obtidos nos porões das bibliotecas universitarias, com textos grifados e comentados. Agora não vão ser tantos porque existe o computador, a Internet, a Wikipédia, e coitado do meu Word, e dêste website que vai ter que ir acomodando esta avalancha do que, muito será constado depois, pode ser puro lixo. Na mesa, uma lista onde vão sendo registradas as semelhanças e noutra fôlha, a lista do registro das diferenças, noutra o registro das coincidências e pontos em comum, o que na verdade é o registro do avanço da anatomia comparada, o qual vai fornecendo os traços numa outra grande fôlha de papel desenho onde se começa a delinear uma imagem, a cara de uma fórmula. Luz+Consciência… pode se tornar Luz=Consciência, ou Luz#Consciência”, quer dizer… “Luz nada tem a ver com Consciência”.

Quando me perdí na selva e não sabia se estava acima ou abaixo da Linha do Equador, não sabia que direção seguir, se para a frente ou para tráz, para a direita ou para a esquerda. Os pontos fixos no céu eram os unicos pontos de referência. Ao norte da selva estaria o oceano, um beco sem saída, portanto teria que ir para o sul, por isso pensei em fixar a Cruzeiro do Sul. Mas se eu estivesse acima do Equador então eu estaria entrando mais ainda dentro da selva. Se chegasse ao oceano, poderia fixar o poente do sol e seguir na direção, para o leste estaria a civilização. Mas o caminho seria tão longo que dificilmente chegaria vivo com a malária já em alto grau de ataque. Para o sul havia maior possibilidade de encontrar alguma tribo ou vila de brancos. Enfim: eu não sabia qual o caminho, mas tinha que caminhar. “No hay camiño, el camiño se hace al camiñar!” Caminhei e vencí! Assim tambem iniciei minha vida intelectual, para desêspero dos que me viam, a um maltrapilho, estudando livros pesados de universidades nos bancos das praças: “… mas para que estudar isso?!” Não sabia, só sabia que tinha que estudar, tinha que forçar meu cérebro a evoluir. Esta a lição que calou fundo e que aprendí a seguir e sigo agora: não sei qual a direção certa, não sei onde vai dar êste caminho, mas tenho que caminhar…

No momento estou seguindo um tema (que tenho acompanhado em foruns de discussão) que é o debate entre Deepack Chopra defendendo “Counciousness” como existente a nivel supernatural mas como ponto de partida e força subjazendo tudo o que é material, (uma tese que acho interessante desde que êle não fale insistentemente em “Deus” e se perca no mundo dessas imaginações), e os correligionarios de Richard Dawkins, PZ Mayers, etc., negando que exista algo disso, arrolando como evidências fatos interessantes apontados pelo método reducionista. E estou concentrado agora na leitura de um livro espetacular sôbre o tema da consciência: “The User Illusion”, um grosso volume de um cientista europeu que parece chamar-se Norr Norestrander, ou algo assim (o livro está lá no carro agora). Sensacional, apesar das voltas enfadonhas e técnicamente dificeis em temas que parece nada terem a ver, como o “Maxuel’s Demon”, mas com informações inquietantes como a de que apenas 16% das informações processadas pelo cérebro são enviadas e processadas pelo consciente.

Bem por ora, é assim e nêste estado que se encontra esta obra e este website, envolvido mais com esta pesquisa (ver as categorias “luz”, “mente”, “cérebro”, “neurologia”, etc.), mas a todo momento sendo interrompido por noticias que chega do mundo e que tem a algo a ver com a fórmula da Matrix/DNA, algumas das quais suscita a elaboração de novos artigos que vão ou não sendo registrados aqui … Se tens saco para tanto… boa leitura!

Ainda nesta introdução vou registrar a lista da pesquisa Google + Wikipédia sôbre Luz e Consciência, separando-as em pesquisa em Inglês (Light, Counciousness) e pesquisa em Português. E registrando aqui o que achar que interessa sob a cosmovisão da Matrix/DNA.

xxxxxxxxxx

LIGHT, pelo Indice do Google: ( Raios! São About 2,500,000,000 results! Como vou ler item por item entre 2,5 billhões? Não adianta perguntar. Tem que ser. Portanto mãos à obra, um por um!)

1 – Light – Wikipedia, the free encyclopedia

(lendo êste no momento)

xxxxxxxxxx

LUZ, pelo Indice do Google

xxxxxxxxxxx

Counciousness, pelo Indice do Google

xxxxxxxxxxxx

Consciência, pelo Indice do Google

A Morte do Cometa Elenin Descrita pela Matrix/DNA

quarta-feira, outubro 26th, 2011

Artigo da Space.com mostrando sequencia de fotos onde o cometa Elenin parece desaparecer, originou uma série de comentários abaixo do artigo e tambem postamos nossa opinião, registrada aqui a seguir:

Space.com

http://www.space.com/13400-doomsday-comet-elenin-dead-nasa.html
Article: ‘Doomsday’ Comet Elenin Is Dead, NASA Says

Comentário da TheMatrixDNA

Interpretation from Matrix/DNA cosmological models:

“The disintegration of old comets is a natural occurrence. Comets are the astronomical’s systems correspondence to “biological spermatozoon”. Produced by giant volcanoes at old planets becoming pulsars, comets are driven to black holes through spiral magnetic forces. Like ours spermatozoon, few of them reaches the goal and then, they goes away in the space till its disintegration. See: http://theuniversalmatrix.com

O que você pensa?

Resposta da Matrix/DNA ao Vídeo do Linchamento de Gaddafi

quarta-feira, outubro 26th, 2011

Vídeo publicado pelo GlobalPost, nojento, repugnante, mostrando o ser humano no seu mais horrível e animalizado aspecto, mostando inclusive como Gaddafi foi sodomizado, e seguido por vários comentários, não pude evitar de postar o comentário abaixo:

http://www.globalpost.com/dispatch/news/regions/middle-east/111024/gaddafi-sodomized-video-gaddafi-sodomy?

Louis Morelli · New York, New York

“Man is a product of “the chaos state of Nature”, which was a product of an ancestral wrong ordered state of Nature, and so on till Big Bang. We need a social human system under the right ordered state, for the well of all human beings. This is an extremely reaction of violence in response to an extremely act of violence perpetrated by this dictator. We need to cut off every action of violence, does not matter where it come from. If Nato and USA thought be right to fight a violent dictator, now is time for Nato and USA to do the same thing: these rebels on the video need go to prison! This is the world vision of Matrix/DNA.”

Tradução:

“O Homem é produto do “caótico estado da Natureza”, o qual foi um produto de um ancestral “estado de ordem da natureza”, porem, errado. E assim foi até o Big Bang. Nós necessitamos de um sistema social humano sob o correto estado de ordem, para o bem-estar de todos os seres humanos. Esta foi uma violenta reação em resposta a uma violenta ação efetuada por êste ditador. Nós necessitamos proibir, eliminar, qualquer ato de violencia, não importa de onde tenha vindo. Se a Otan e os USA decidiram ser o certo combater um violento ditador, agora é a vêz da Otan e dos USA fazer a mesma coisa: estes linchadores captados no vídeo tem que irem para a cadeia! Esta é a cosmovisão da Matrix/DNA.”

O que você pensa?

Habilidade Humana Decifra Código Onde Computadores Falharam: O Mesmo Pode Acontecer com O Código do Universo

quarta-feira, outubro 26th, 2011

Artigo publicado no Los Angeles Times ( http://www.latimes.com/news/science/la-me-usc-code-breaker)

Por Rick Rojas, October 26, 2011, sob o titulo:

USC scientist, Swedish researchers decode 18th century document

The Copiale Cipher

The Copiale Cipher

… é interessante para nossa linha de pesquisa.

Milhares de caractgeres – letras e simbolos obscuros – preencheram as mais de 100 páginas de um texto antigo que foi achado em Berlin depois da Guerra Fria. Ninguem sabia o que o texto significa, nem mesmo que linguagem era aquela. Muitos tentaram decifrar o código, usando todo tipo de tecnologia computacional e falharam. Mas agora um USC cientista de Computação e dois pesquisadores suecos conseguiram quebrar o código e traduzir o texto.

O documento conhecido como “The Copiale Cipher” revelou os rituais e ideologia politica de uma sociedade secreta alemã do século 18, alem da fascinação que demonstravam pelas cirurgias dos olhos e pela oftalmologia.

E o que tem isso a ver com a Matrix/DNA? Extrai-se do acontecimento uma lição moral muito importante que já tem sido apontada pela cosmovisão da Matrix/DNA, alertando das armadilhas que podem estar pegando a Humanidade e a conduzindo por caminhos errados devido permitir-mos que um alienigena como o cérebro eletro-mecânico interprete as informações e imagens colhidas do Cosmos.

Graeme Hirst, um professor da Universidade de Toronto disse que ” o projeto que levou à decifração do código pode ter sido uma união de esforços entre o homem e a máquina, mas esta foi uma evidência que a astúcia e vivacidade dos pesquisadores foram a chave para solucionar o código, não a habilidade do computador para fazer análise estatísca de grande quantidade de dados.”

Realmente. Os pesquisadores conseguiram decifrar um padrão que se repetia em mesmas situações, como sendo uma palavra: “cerimonia”. A partir daí começaram a fazer conjecturas do tipo: “bem, se o texto fala de uma cerimonia então tem que falar em “ritual”. E acharam ritual. Se fala de cerimonia mais ritual tem que falar de …. e assim descobriram como as frases foram formadas, etc. Depois, fornecendo ao computador estes padrões, êste fêz o resto do trabalho.

A olho nu e da Terra mal podemos ver o pálido esboço de estrêlas e alguns pontos planetários. A mais distante presença do homem no espaço se limita à ida à Lua. O corpo de um homem não foi nem ao mais próximo planeta sequer. Mas as galáxia são ziliões de vêzes mais distante e maiores, o Universo então… nem se imagina. Tudo o que temos de informações e imagens do espaço sideral foi obtido por instrumentos mecânicos – como o telescópio, as sondas espaciais – e os modêlos que temos de origens de corpos celestes, de sistemas celestes, foram obtidos com estes dados jogados no computador e sendo processados por simulações efetivadas pelo computador. O cérebro biológico humano apenas assiste como telespectador.

Um tigre vê um alce a longa distância mas nunca prestou atenção na relva sob seus pés ou num cacho de bananas, porque isto não lhe interessa. O macaco pode ser indiferente ao alce mas não deixa de ver a banana. O cérebro eletro-mecânico dotado de complexo sensorial mecânico seria capaz de detectar matéria sendo organizada em algo vivo no espaço? A um ser humano seria a primeira coisa detectada.

Eu não sei como seria a descrição de um computador sobre uma nebulosa de átomos conectados entre si, mas formando um corpo humano. Acho que daríamos gostosas gargalhadas pelo resto da vida.

No Universo surgiu êste fenômeno que é a Vida. Será que ela foi inventada pela matéria burra dêsse planetinha que é um pontinho perdido na imensidão cósmica? Ou não será que a Vida surgiu aqui e pode surgir em muitos outros lugares porque a Vida fêz o Universo?! Ou está representada na imensidão do Universo?

Hein?!

Como estão indicado os modêlos da Matrix/DNA? Estes foram feitos tambem se apoiando em dados obtidos pela cosmologia mecanicista mas sua maior parte foi produto da dedução da inteligencia humana, colocando-se o coração no que se fazia.

O tempo o dirá!