Archive for maio 11th, 2012

Alma de Crocodilo Gigante Correndo Atrás de Um Homem nas Ruas de New York !

sexta-feira, maio 11th, 2012

A noticia saiu no:

– A Clear Voice For Ciência

Biggest crocodile that ever lived

http://earthsky.org/earth/biggest-crocodile-that-ever-lived

A crocodile large enough to swallow humans lived in East Africa between two and four million years ago, say researchers. ( Um crocodilo grande o suficiente para engolir humanos viveu na África entre dois a 4 milhões de anos atrás.)


Mas descubram o que tem de interessante nesta noticia e uma grande lição para aprender como funciona a Natureza com algum humor, através da minha conversa ontem com um amigo enquanto caminhávamos à tardezinha nas ruas de New York:

– “Os cientistas encontraram o fóssil de um crocodilo morto…

– ” E por acaso você alguma vêz na sua vida já viu fóssil de alguém vivo, Míster Crocodilo Dundee?”

– “Ahhh… não seja chato, não me interrompa. Como ia dizendo, os cientistas cometeram um êrro infantil e só alguem que vive na selva e viu muitos jacarés como eu…

– “Jacarés como eu… não precisa avisar pois todo mundo que viu você saiu pensando: êsse é jacaré mesmo. Por acaso não te apelidaram aqui de Crocodilo Dundee?”

– “… só alguem vindo da selva como eu pode perceber o êrro dos cientistas. O animal foi extinto a 2 milhões de anos, pouco tempo, mas porque? Se dizem que êle era tão grande que não tinha dificuldade em engolir um humano inteiro – principalmente naquela época que os humanos eram pigmeus, não tinham mais que 1,20 m de altura – então qual o competidor que eliminou o crocodilo? A resposta está no mecanismo evolutivo descoberto e apontado pela Matrix/DNA Theory: a Evolução é curva e não retilínea, ela investe num candidato e o mantem evoluindo enquanto êle não se acomodar num modo super-especializado de vida, o que sempre acontece porque se tornou o maior e mais forte, sem predadores e tem fácil alimento e acomodações. Nêsse ponto a Evolução o descarta e o abandona como fêz com os dinossauros ( aquela lenda de queda de meteórito gigante é para os outros, menos espertos que eu). O animal se torna um sistema fechado em si mesmo, um beco sem saída, um ramo que sai do tronco da árvore da Evolução, se seca e se extingue, como aconteceu com a Lemon Brothers a três quadras daqui e  está acontecendo com o JPMorgan Bank, que acabou de confessar ter perdido 2 bilhões numa negociata… Pois a forma de dinossauro ou de crocodilo são apenas formas provisórias da Evolução para alcançar uma forma mais aprimorada que ela tem em…  mente… (glup)… O crododilo gigante não foi criado para ser eterno.  Então para que existiu…?

– “Ora todos nós, crentes, sabemos que Deus não dá ponto sem nó. O Inteligent Designer criou crocodilos para nos servir, para fazermos nossos sapatos e botas com seu couro…”

– ” Então você precisa fazer o que fiz, ir viver um tempo lá no Território do Jamanxin, nas margens do Rio Tapajós, onde tem o gigante jacaré-acanga, e pôr suas pernas na água para aprender que jacaré gosta de comer nossas pernas. E para quê, raios, alguem sem pernas iria querer botas?! Parece que o seu Intelligente Designer ou era um trapalhão ou não era tão inteligente assim…

” Mas como ia dizendo, para quê o crocodilo gigante existiu? Simples: pela vontade e pela lógica da Natureza, tal como os dinossauros,  não era para ter existido. A Natureza transforma sempre o meio-ambiente ( a Terra, o Sol está mudando), tornando-o cada vez mais complexo e diversificado, porque informações uteis para fazer a ultima forma que é o propósito da Evolução,  mas que ainda não entraram em atividade (como os genes retrógados do bigode, ou dos seios nas meninas, etc), e que a Natureza as mantem ocultas em suas mangas, vão sendo liberadas aos poucos à medida que o candidato se esforça e se mantem acessível à ela. Então o candidato cresce em potencial técnico, mental, e não cresce só em gordura, no tamanho do corpo. Quando alguem está juntando muita matéria para si mesmo pode ter certeza que já foi descartado e é apenas questão de tempo quando vai cair. Nêsse ponto a Natureza se encurva mais, retorna no passado invertendo o tempo e contraindo o espaço até encontrar outra espécie menor que vem lá atrás do dinossauro, à qual seleciona como próximo candidato e nela passa a investir. Por isso quem dos répteis foi promovido à transcendencia para a superior forma de mamifero foi o pequeno lagarto cianodonte e não o gigante dinossauro nem o gigante crodocodilo…

– “Tôda essa sabedoria não vem do palco dêste mundo da matéria, que é burra, mas vem detrás das cortinas do palco, lá do alto, de Deus…”

– ” O que significa que você não tem sabedoria pois já se acomodou numa resposta que entorpece a mente e estagna a busca das informações ocultas na Natureza, a qual certamente vai ter que descartar os que pensam assim… já que Deus… se realmente existe e do jeito que pensas ser êle, não violaria suas próprias leis… Aliás, não foi o seu Deus que teria dito: “Se queres conhecer a Mim, se queres entender como penso, observe a Minha Obra…? E qual a unica obra que serviria de elo entre você e seu Deus senão a obra que é a Natureza? Por isso digo; nós, os filósofos naturalistas e os cientistas estamos obedecendo mais a seu Deus que vocês mesmos…”

– “Errado! A obra a que Deus se referia é a Biblia! Essa natureza que aí está é selvagem, caótica, degradada, porque herdeira da queda de Adão e Eva, então não nos interessa muito…”

– ” A Biblia é obra humana até prova em contrário, agora, quanto á Natureza, se disseres que é obra de Deus, não tenho prova em contrário. Alem disso a face caótica da Natureza que é nossa biosfera é apenas 33% da realidade e realmente é resultado da queda de um nosso ancestral, essa galáxia que existe desde antes de nós.  Mas olhe para o céu, veja a harmonia dos astros, e aprenda que existe  a outra face, da ordem, outros 33% da realidade. Para ti uma seria a face do mal e a outra a face do bem, mas bem ou mal é apenas uma questão relativista dependendo do ponto onde se situa o observador. Acima do bem e do mal está a Sabedoria, que é o restantes 33%, e completa a totalidade…

” Mas como ia dizendo, o que foi que a Natureza usou para extinguir quem estava atrapalhando a Evolução, como o gigante crocodilo? Ora, quem foi o eleito pela Evolução para susceder aos répteis? Um primo qualquer dos pequenos macacos, que não tinha mais que um metro de altura, e novamente, não o gigante gorila que tambem saiu do tronco da árvore da evolução. E porque o primo foi eleito? Disposição amistosa e acessibilidade à nova classe de informações que pairavam na atmosfera do meio ambiente. Os primos eram, dentre os animais existentes na época, os menos egoístas, tanto que se dispuseram a viver juntos em cavernas, e a caverna serve de abrigo para os mais fracos, os velhos e as crianças e as fêmeas, que foram suportados pelos fortes mesmo que a principio deixando apenas as sobras e migalhas das caças. Mas sobras de quais caças? Ora, certamente de animais grandes, pois se trouxessem animais pequenos comeriam tudo, não haveriam migalhas deixadas para os mais fracos comerem.

” E foi aqui que matei a charada da extinção do crocodilo da África, , por ter observado o jacaré-acanga na selva do Amazonas… e comido-os tambem. Pois é, os cientistas estão lá gastando uma grana do govêrno, da fundação, buscando respostas, quando qualquer índio do Amazonas a sabe há milênios: seres humanos apreciavam comer crocodilos. E como eram solidários, reuniam-se em grupos para sair á caça com suas flechas e tacapes. Um grande numero de pequenos unidos vencem um pequeno ajuntamento de grandões egoístas que à primeira ameaça se dispersam cada qual por si mesmo. Fácil.

– ” Éeéé… dá até para imaginar a cena. Alguns crocodilos gigantes tomando sol na beira do rio, aí começa a cair em cima dêles uma chuva de flechas vindas dos humanos escondidos por trás dos arbustos, cada um corre numa direção e os humanos atrás com tacapes os pegam… pois o tamanho dêstes crocodilos deveria torná-los muito lentos ”

– “Isso no Amazonas, mas êstes crocodilos eram do Kenia e lá o método era diferente. Você sabe que os melhores corredores que ganham as maratonas são do Kenia, pois não? Pois bem: então os crocodilos estavam tomando banho de sol, aí os kenianos empurravam um escravo para fora do arbusto para ser visivel aos crocodilos, o escravo atemorizado gritava huga-hurra, o que atiçava ainda mais os crocodilos que saíam no seu encalço, mas como os kenianos são os melhores corredores, ainda vinha atrás do crocodilo o resto do grupo…”

– ” Ah… isso já é invenção sua…”

” Pois, os primos dos pequenos chimpanzés que foram nossos ancestrais…

– “Parado aí… seu ancestral! Não meu… Os meus foram de uma linhagem nobre, Adão e Eva… ”

– “É… êste casal de fato  existiu muitos bilhões de anos antes… e a Matrix mostrou a face dêles quem eram na verdade… mais estupidos que os crocodilos, tendo no cérebro o caráter da serpente que enrolada e sugando a própria cauda simboliza o circuito de todo sistema termodinamico…  Mas deixa para lá. Como ia dizendo, os primos fortes dos chimpanzés – como está sendo provado pelos mais recentes mapas dos DNA’s das espécies – cuidaram dos seus mais fracos porque caçavam os maiores animais e os traziam para comer na caverna, deixando as sobras, e isso acabou resultando no sistema familiar moderno. Mas com isso tudo, exterminaram a espécie dos crocodilos gigantes…

– “Você disse que já comeu o jacaré gigante… a carne é bôa?”

– “Comí porque fui obrigado, como hóspede de uma tribo e certo dia que estava com fome me serviram isso, apenas aquela carne muito branca, com aquêles pedregulhos duros feitos de mandioca que chamam de farinha… O índio fica com a palma de uma mão cheia com aquela farinha e vai passando os pedaços de carne nela e comendo… É uma carne quase como a de peixe mas insôssa, dura… Naquela noite depois de ter comido jacaré… ou era crocodilo, e se era macho ou fêmea não sei, pois não verifiquei os documentos no cadáver…,  me deitei na rêde pensando em como a Natureza às vêzes é engraçada, como nessa história em que crocodilos comem humanos e humanos comem crocodilos. Aí dormí pesado e tive um sonho : eu estava correndo na selva e  atrás de mim vinha correndo a alma de um crocodilo,  gritando:  “Ei, agora é a minha vêz, se esqueceu do nosso acôrdo? Primeiro você me comia depois seria eu… ”

– “Hi hi hi …”

” Apenas para reforçar minha teoria, leia o que escreveram no artigo: “We don’t actually have fossil human remains with croc bites, but the crocs were bigger than today’s crocodiles, and we were smaller, so there probably wasn’t much biting involved.”

– “Traduza isto…”

– “É nisso que dá ficar tôda noite lendo apenas a Bíblia, uma obra de homens, ao invés de estudar Inglês, que é o idioma dos deuses e portanto uma obra de Deus…”

– “Ora…, seu meio-americano, meio-amazonense, convencido…”

“Aqui diz: “Nós realmente não temos fósseis de restos humanos com mordidas de crocodilos, mas os crocodilos eram muito maiores do que os modernos crocodilos, e nós éramos muito menores, assim provavelmente não havia muita mordida envolvida.” Porque não existia ossos humanos quebrados por dentes de crocodilos? Êles querem opinar que devido à desproporção de tamanhos os humanos eram engolidos direto, sem precisar de nenhuma mastigada? Estas idéias de cientistas de laboratório e do ar condicionado são ridiculas! Porque não fazem como eu, vão lá no campo onde estão ocorrendo os fenômenos e de forma viva?  Porque na selva é o inferno? Mas tambem não desejo que vão para lá porque não quero o pior para êles. Estão tão condicionados na civilização do asfalto e ar condicionado que lá não sobreviveriam mais que algumas semanas. Pois veja o que aconteceu ao unico cientista que realmente foi lá na fonte, está escrito aqui: ” The crocodile Crocodylus thorbjarnarsoni is named after John Thorbjarnarson, famed crocodile expert and Brochu’s colleague who died of malaria while in the field several years ago.” – O crocodilo Crocodylus thorbjjjjjhumhantmm… saco, que nome!, recebeu êste nome (pobre crocodilo) do famoso especialista em crocodilos e colega de Brochu, que morreu de malária no campo vários anos atrás.” Isso aconteceu com um branco criado no ar condicionado. Pois eu quando era novato na selva mas vinha da vida dura das ruas como menor abandonado,  e ainda não tinha descoberto a Matrix/DNA,  peguei não uma apenas,  mas sim as duas formas de malária, a Falciparum e a Vivax, as duas de uma vêz só, e não morrí por causa disso. E depois que conhecí a Matrix e  misturei o software de suas fórmulas com as visões do velho indio curandeiro que tomava o Santo Daime, e elaborei minha técnica de meditação, nunca mais a malária, nem doença nenhuma, me pegou…

” Porque não existem restos de ossos humanos mordidos por aquêles crocodilos ao lado dos fósseis daquêles crocodilos? Hein? Pois eu sei o que é ser engolido por um animal gigante. Certa vêz, na selva,  sumiu um homem que tinha ido se banhar no rio e um grupo foi atrás, procurando-o. Se depararam com uma enorme jibóia na beira do rio, talvez uma anaconda, maior que êsse jacaré. Mataram-na, e quando abriram-na para arrancar o couro e comer… lá dentro da barriga dela estavam os ossos todos moídos do homem, junto com seus balangandãs… Então se os crocodilos comiam os humanos podiam não mastiga-los, mas seus musculos internos deveriam moer os cadaveres e certamente teria sido encontrado ossos humanos moídos junto com os fósseis. A resposta certa deve ser esta: não existem restos humanos ao lado e apenas os restos de crocodilos porque os humanos comeram aqueles crocodilos e foram para outro local, e não vice-versa…

– “Você devia ser um guia de expedições cientificas na selva, apesar de ser ainda um pagão necessitado de ser catequisado pelas verdades na Biblia e … hei!… Prá que você tá com essa bruta faca aí na mão?…”

– “Porque aquêle bicho ali vinha na minha direção, para me comer, eu ia dar-lhe uma facada e depois o comeria eu…”

– “Mas aquilo não é um bicho, é um automóvel, sêo  Crocodilo Dundee…”