Archive for novembro, 2012

A Aposta de Pascal (Pascal’s Wager): Opinião da Matrix/DNA

sexta-feira, novembro 30th, 2012
Raízes Como Consciência Cósmica e Arvores como Consciências Humanas

Raízes Como Consciência Cósmica e Arvores como Consciências Humanas

Muito bom exercicio para desenvolver o intelecto é ler, ao menos, o  resumido texto na Wikipedia ( http://pt.wikipedia.org/wiki/Aposta_de_Pascal ) ( a versão em Inglês está mais substancial). Mas qual foi a interpretação da Matrix/DNA sôbre êste tópico? Os nossos modêlos sugerem que o Universo é composto por hardware (comprovado) e software ( não comprovado, ainda confuso, mas racionalmente viável e quase inevitável). Viver segundo a sugestão dêstes modêlos é viver apostando na exist6encia de uma superior consciência, na qual, a nossa mente enquanto existindo como humanos, existe como uma espécie de bôlha densa num oceano de consciência cósmica.  Se isto estiver errado, talvez percamos um pouco das oportunidades de prazer e poder que a vida curta, real, oferece a alguns ( para muitos, como eu, que nasceu e foi criado como menor abandonado e nunca foi agraciado com alguma dádiva material, não existe livre-arbitrio e portanto não existem tais oportunidades, mas quem nasceu suportado por familias pode ter tais oportunidades). Ainda não avaliei profundamente quais seriam estas perdas. Mas tambem pode ter vantagens, como a de evitar depressões e acessos de furia incontida. Em todo caso, pelo menos imaginando-se existir uma consciência cósmica, deve ser um estado de inteligencia que ajude a ampliar os horizontes da nossa consciência individual, ao sempre nos lembrar que estamos num Universo e não apenas na nossa cidade. E se existe a consciência cósmica, temos que nos lembrar da hierarquia dos sistemas naturais, onde sistemas muito grandes e menos evoluidos como as galaxias, ou possiveis sistemas muito evoluidos em relação ao sistema corpo-humano, podem estarem influenciando através de suas informações flutuando no ar. Se supomos a existência de uma consciência cósmica como um sistema invisivel superior, estaremos sendo acessiveis à penetração de informações livres que dela porventura possam estar vindo. Se não aceitar-mos sus existência, estaríamos criando em volta de nós uma armaduara bloqueante para tais ‘hipotéticas informações.

Quem sou eu?

Quem sou eu?

Porem, penso que devemos fazer algum esforço para não cair no estado de Pascal, um estado religioso produzido pela aceitação da existencia de um Deus e humanamente descrito, pois assim estariamos reduzindo ou afugentando de nós a possível verdadeira consci6encia cósmica. Acho ser melhor não fechar a mente em torno de crenças sôbre propriedades, intenções, comportamentos, etc., dessa consciência cósmica. Nosso pequenino cérebro e recem-nascida consciência ainda não poderia entender nada dessa consci6encia superior. Não vejo em que essa aposta nesta possivel consciência cósmica possa prejudicar nossa qualidade de vida, a não ser, que a falta de escrupulos no gozo total dos prazeres seja uma vantagem e a vida seja apenas esta curta vida. Como disse, êste tópico é mentalmente saudavel, deve-se gastar alguns minutos pensando nêle, não devemos seguir a conclusão e crença de ninguem mais alem de nós mesmos, pois ninguem sabe nada a respeito.  Se você não sabe, existem pessoas que creem fielmente nessa consci6encia cósmica e numa versão moderna, mais ou menos bem informada cientificamente, como é o caso de Deepak Choprah. Êle tem website e colunas em conceituados jornais, como o Huffington Post. Ás vêzes estou trombando com seus artigos, alguns, fornecendo alimento para pensamentos. Mas nunca se esquecendo que êle é um ser na busca, tão cego quanto eu. A diferença entre nós é que 6ele acredita na sua cosmovisão e afirma ela tentando impô-la na mente de outras pessoas, enquanto eu tenho mêdo de ser um cego dirigindo outros cegos, pois poderiamos todos cair nos buracos da estrada, e eu seria o responsável, insuportável pêso de consciência. É um tópico muito importante, Pascal foi um grande pensador,  e se você tiver informações que possa me ajudar a desenvolver meu lado tambem, agradeço.

Mensagem/E-mail enviada pela Matrix/DNA ao LNA – Laboratório Nacional de Astrofísica em 28/11/12

quarta-feira, novembro 28th, 2012

O método simples da anatomia comparada entre sistemas naturais vivos (biosfera,célula, organismos,plantas) e não-vivos (particulas, átomos,galaxias), aplicado por sete anos na selva amazonica observando a atmo e biosfera, identificando sistemas e suas conexões, me levou inesperadamente à questões astronômicas. Os resultados sugerem a existência de um sistema-link evolucionario entre vivos e não-vivos e propõe um modêlo, um sistema astronomico. Acontece que o modêlo não parece racional em vista do atual conhecimento e teorias astronomicas, porem, após 30 anos confrontando suas previsões com fatos reais e principalmente fenômenos biológicos tem insistido que o modêlo é real, e tenho um website onde estou expondo as evidencias ( The Universal Matrix/DNA of Natural Systems and Life Cycles ). Para testar êste modêlo cosmológico estou com o mesmo problema da teoria da evolução biológica ao procurar os fósseis transicionais que confirmariam a teoria; meu modêlo requer que se encontre formas de astros transitionais para confirmar sua versão da evolução cosmológica. Apenas acompanhando no possivel o fornecimento de imagens publicadas dia-a-dia não será suficiente. A observação deveria ser dirigida pela teoria. Para ilustrar, a mesma teoria sugere uma interpretação sôbre lightwaves e desde que o observatório não dispõe da capacidade de observação nas sete frequencias,o modêlo sugere onde no cosmos deve estar localizada a região correspondente a cada frequencia. Por ultimo aviso que a compreensivel primeira impressão de se estar perante uma teoria sem nexo seria amenizada se conhecendo as milhares de evidencias já reunidas e ouvindo a explicação que a simples observação dos modêlos não fornece. A dificuldade é ampliada devido ao seguinte detalhe: “assim como a formação da primeira célula se deu pelo gradual desenvolvimento de moléculas separadas que se tornaram organelas e por simbiose se agruparam como sistema celular, não mais é repetida na formação das células posteriores, tendo estas aprendido o simples processo de multiplicaçào por divisão, assim tambem esta teoria sugere se deu com a formação da(s) primeira galáxia(s) original(is): as modernas se reciclam. Portanto êste detalhe sugere que o modêlo estaria perdido desde que o sistema não mais existiria, porem creio haver meios de remediar isto. Sendo um mero filósofo naturalista empreendendo uma pesquisa precária de recursos e não afiliado/apoiado por nenhuma instituição, mas sendo brasileiro atualmente residente nos USA cuja nacionalidade/idioma dificulta-me as coisas por aqui, apreciaria e agradeceria imensamente qualquer critica/sugestão de pessoas que estão integradas e melhor informadas nas instituições sociais. Nome: Luis Carlos Morello (brasileiro) e Louis Charles Morelli (americano). E-mail: austriak727@hotmail.com

Sala de Imprensa ( Tira-dúvidas com um astronomo.)

Contato: mabans@lna.br
MCT/LNA – Divulgação e Ensino- 2003

Grande! Audiobooks na Malhação É Esperança da Salvação da Mente Humana!

quarta-feira, novembro 28th, 2012

The Wall Street Journal

As vendas de audioboolks cresceram 13% no ultimo ano, e qual o segrêdo?  Na atual moda do culto do corpo, onde se gasta várias horas por dia em academias de malhação ou correndo no parque, pessoas estão usando microfones de ouvido ligados a players ditando palavras de livros!  Bem… estaria aí uma oportunidade para eu fazer algum  bom e salvador money, desde que sou o unico homem no mundo com a mensagem humanista e estimulante que se extrai da cosmovisão da Matrix/DNA Theory, mas… estou de mãos atadas para tudo devido ainda ser escravo do trabalho rotineiro forçado. Nem faço idéia como se fazem êstes audiobooks. Mas o assunto interessa à Matrix/DNA porque os modêlos estão sugerindo uma situação preocupante: se as fôrças que dominam os átomos que compõem a biosfera e os corpos/cérebros humanos se imporem às abstratas fôrças que devem vir do sistema superior que nos deu a auto-consciência, a Humanidade estará perdida, se tornará um sistema fechado em si mesmo, um galho da árvore da evolução que sai do tronco, seca e se extingue, descartado pela Evolução. Nossa mente se tornará cada vez mais materialista, consumista, viciada nos jogos e prazeres proporcionados por um mundo ajardinado e facil devido o automatismo da tecnologia, e assim caminharemos para o horrivel Admiravel Mundo Novo, governado pela Grande Rainha, como qualquer sociedade automatizada de furmigas e abelhas. O culto do corpo é um dos caminhos para êsse terrível destino. Porem, como muitos estão condenados a um trabalho ou estudo sedentário, exercicicos fisicos e corrida no parque se fazem necessarios. Então como resolver o paradoxo, desde que enquanto se malha na academia, o cérebro fica desnutrido de uteis informações trazendo o real conhecimento da real natureza e mundo em que existimos?

AUDIOBOOKS! Grande solução. Isto é… dependerá do tipo de livro que a pessoa escolher. Nada util trará a leitura ou “ouvidura” ( ai…ai… escorreguei na maionése) de novelas, romances populares, pregações religiosas, etc. Nem estes livros de auto-ajuda elaborados pelos homens vendedores de óleo-dos-milagres. Vou copiar o artigo para depois retornar, ler inteiro, e extrair o que for util:

http://online.wsj.com/article/SB10001424127887323353204578129202490992958.html?mod=e2tw

What Makes Dickens a Lousy Running Buddy?

By JEREMY OLSHAN

  • HEALTH & WELLNESS
  • Updated November 27, 2012, 3:45 p.m. ET

While it’s true that a Stephen King book can make hearts race, churning through “The Shining” generally doesn’t qualify as a cardiovascular workout. Not in print, anyway.

So what about listening to an audiobook version of the horror classic during a run? Joe Flood, for one, says the spoken word imbues him with an inexplicable desire to keep going.

Dark Matter: Noticias Sugerem Que Ela Não Existe. Qual é a Placenta do Universo, pela Matrix/DNA Theory?

quarta-feira, novembro 28th, 2012

O controvertido criaciomista website de Eric Hovind, “Creation Today”, aproveita mais uma oportunidade para criticar as teorias cientificas, apelando para o quase mitológico tema da matéria e/ou energia escura que teria de estar existindo como 86% da matéria do Universo segundo indica os calculos matematicos da teoria do Big Bang. Êstes temas cosmológicos nãom deveriam tomar nosso tempo dentro da matrix/DNA, desde que os modêlos estão sugerindo mil experimentos e testes que podem produzir resultados práticos uteis à humanidade aqui e agora. Mas desde que estou ainda sósinho nesta empreitada gigantesca e de mãos atadas, nada podendo fazer por enquanto, fico acompanhando todas as noticias que de alguma maneira se relatam à cosmovisão da Matrix/DNA. Os modêlos sugerem que dentro dêste Universo está ocorrendo um simples processo de reprodução genética/computacional do sistema que gerou 6este Universo. Se usto estiver correto. é de seesperar que o Universo contenha a matéria ou substancia correspondente á palacenta e ao liquido amniótico. Seria o éter dos alquimistas?  A monada de Leibniz? Não faço idéia, por isso nos chamou a atenção esse assunto da “dark matter”: pode ser ela? E por isso – para usar o tempo agora – registro êste artigo contendo informações sôbre experimentos cientificos e por ser a versão do ponto de vista que tenta negar sua existência apenas para espetar os ateus.

WE CAN’T SEE DARK MATTER

http://www.creationtoday.org/we-cant-see-dark-matter/

CREATION TODAY. ORG



Descoberta de Vida em Profundas Camadas de Gêlo da Antarctica interessa NASA e Fornece Bioquimica/Abiótica Informação para Matrix/DNA Theory

terça-feira, novembro 27th, 2012

Microbial life at −13 °C in the brine of anice-sealed Antarctic lake

http://www.pnas.org/content/early/2012/11/21/1208607109.full.pdf

Edited by David M. Karl, University of Hawaii, Honolulu, HI, and approved October 19, 2012 (received for review May 22, 2012)

Muita informação bioquimica util para Matrix/DNA desenvolver seus cálculos como a Matrix astronomica se inseriu nos átomos da Terra e quais os elementos envolvidos. Pesquisa a ser continuada.

Introduction

The permanent ice cover of Lake Vida (Antarctica) encapsulates anextreme cryogenic brine ecosystem (−13 °C; salinity, 200). Thisaphotic ecosystem is anoxic and consists of a slightly acidic (pH6.2) sodium chloride-dominated brine. Expeditions in 2005 and2010 were conducted to investigate the biogeochemistry of LakeVida’s brine system. A phylogenetically diverse and metabolicallyactive Bacteria dominated microbial assemblage was observed inthe brine. These bacteria live under very high levels of reducedmetals, ammonia, molecular hydrogen (H2), and dissolved organiccarbon, as well as high concentrations of oxidized species of nitrogen (i.e., supersaturated nitrous oxide and ∼1 mmol·L−1nitrate)and sulfur (as sulfate). The existence of this system, with activebiota, and a suite of reduced as well as oxidized compounds, isunusual given the millennial scale of its isolation from externalsources of energy. The geochemistry of the brine suggests thatabiotic brine-rock reactions may occur in this system and that therich sources of dissolved electron acceptors prevent sulfate reduction and methanogenesis from being energetically favorable. Thediscovery of this ecosystem and the in situ biotic and abiotic processes occurring at low temperature provides a tractable system tostudy habitability of isolated terrestrial cryoenvironments (e.g.,permafrost cryopegs and subglacial ecosystems), and is a potentialanalog for habitats on other icy worlds where water-rock reactionsmay cooccur with saline deposits and subsurface oceans.
Definitions:
1) Brine ( salmoura)
http://en.wikipedia.org/wiki/Brine
Brine is a solution of salt (usually sodium chloride) in water. In different contexts, brine may refer to salt solutions ranging from about 3.5% (a typical concentration of seawater, or the lower end of solutions used for brining foods) up to about 26% (a typical saturated solution, depending on temperature). Ver continuação
xxx
2) Cryogenics – ( Criogenia )

http://en.wikipedia.org/wiki/Cryogenics
In physics, cryogenics is the study of the production of very low temperature (below −150 °C, −238 °F or 123 K) and the behavior of materials at those temperatures. A person who studies elements under extremely cold temperature is called a cryogenicist. Rather than the relative temperature scales of Celsius and Fahrenheit, cryogenicists use the absolute temperature scales. These are Kelvin (SI units) or Rankine scale (Imperial & US units).
Importante:

Production of Cryogenic cooling of devices and material

Cryogenic cooling of devices and material is usually achieved via the use of liquid nitrogenliquid helium, or a cryocompressor (which uses high pressure helium lines). Newer devices such as pulse cryocoolers and Stirling cryocoolers have been devised. The most recent development in cryogenics is the use of magnets as regenerators as well as refrigerators. These devices work on the principle known as the magnetocaloric effect.

XXX

Planta com o maior DNA dentre os seres vivos! Confirmando os modêlos da Matrix/DNA

segunda-feira, novembro 26th, 2012

www.kew.org/news/kew-scientists-discover-largest-genome.htm

Kew scientists discover the largest genome of them all

Paris japonica tem o Maior Genoma

Paris japonica tem o Maior Genoma

Um herdeiro direto da estrêla Sol teria que estar diretamente ainda conectada por um fio umbilical (fotosinteses) e poderia replicar ad infinitum a fórmula da Matrix no seu estágio evolutivo astronomico. É justamente o que acontece com esta planta, cuja noticia pode ser vista no link acima e que motivou um comentário num forum:

Researchers at London’s Kew Gardens said Thursday they’d discovered that the Paris japonica has a genetic code 50 times longer than that of a human being. The length of that code easily beats its nearest competitor, a long-bodied muck dweller known as the marbled lungfish.

tsub0dai 7 hours ago

Everything in this news are evolutionary comprehensible if we learn to expand the concept of biological evolution at Earth to the concept of cosmological evolution in the whole Universe. This plant ( Paris japonica) has the most perfect shape in relation to the last non-living ancestor. Seven universal systemic functions are visible, and the fact that plants cells makes photosynthesis is due its straight inheritance from stars. The long DNA is due established replication of closed systems

TheMatrixDNA in reply to tsub0dai (Show the comment) 1 second ago

Em Medicina, Como o Capitalismo está Bloqueando o Avanço da Ciência. Êrros Contra Matrix/DNA Objetivos

domingo, novembro 25th, 2012

How Drug Company Money Is Undermining Science

Scientific American

Ciência é o nome de uma atividade humana buscando sua liberdade contra a ignorancia existencial, contra a ditadura do mundo externo,  uma busca de conhecimento mais profundo da Natureza, para aprender novos mecanismos e processos que possam serem transformados em tecnologia e assim melhorar as condições da vida humana. Esta é a meta da Ciência, segundo os ideais do inteiro corpo da Humanidade, os quais renasceram com o Iluminismo contra as idéias religiosas que mantinham os humanos passivos aceitando todas as torturas do mundo externo (como a lepra, a febre amarela, a falta de prévio aviso sôbre catastrofes ambientais, etc.)  Mas dentro da Humanidade existe o demonio tambem, ou seja: os interesses de um individuo ou grupos de individuos são maiores para eles do que os interesses da Humanidade como um todo, o que muitas v6ezes prejudica esta Humanidade. Por isso muitas áreas da Ciencia tem sido desviada dos ideais dos fundadores, o que prejudica a Matrix/DNA Theory, a qual tenta ser a busca e a pratica da Ciência Pura, e procura continuar estimulando a “Ciencia como busca de conhecimento pela Humanidade”. Vem a calhar então o artigo mensionado abaixo:

http://www.scientificamerican.com/article.cfm?id=how-drug-company-money-undermining-science

By Charles Seife – November 21, 2012

“Yet at the same time, Campbell argues, some of these liaisons co-opt scientists into helping sell pharmaceuticals rather than generating new knowledge.”

Vale a pena ler, como eu voltarei ao artigo para ler inteiro se tiver tempo.

Alan Turing’s paper:” The Chemical Basis of Morphogenesis”: Mais um “Pdf” Sendo Analizado Pela Matrix/DNA

sábado, novembro 24th, 2012

http://www.dna.caltech.edu/courses/cs191/paperscs191/turing.pdf

Alan Turing Basic Machine

Alan Turing Basic Machine

Alan_Turing_photo

Alan_Turing_photo

THE  CHEMICAL  BASIS  OF  MOKPHOGENESIS

BY A.  M.  TURING,  F.R.S.  University qf  Manchester

(Received 9  November  195 1-Revised  15 March  1952)

Introdução dêste autor:

Dezenas ou centenas de vêzes desde munhas leituras na infancia tenho trombado com menções a êste nome – Alan Turing – e descrições. discussões sôbre seu trabalho. Mas agora localizei um “paper” direto de sua autoria e vou tentar arrumar tempo para estudá-lo. Tenho préviamente negativas idéias sôbre suas teorias porque tenho-as visto como suporte do grupo intellectual que boicotou o inicio pioneiro de Ludwig Bertalanffy “A Teoria Geral dos Sistemas” desviando-o da sua ótica sôbre fenômenos e sistemas naturais para a área da cibernética/matemática artifical de sistemas computacionais. Mas vamos agora ver a fonte na origem para ver o que se conclui sob a cosmovisão da Matrix/DNA.

Bom vídeo para “sentir” o autor:

https://vimeo.com/45394167

XXX

Turing têve uma vida trágica, era homossexual e foi condenado pela mentalidade religiosa inglêsa ( mais um crime dos cristãos?), morreu cêdo, como pode ser visto aqui:

http://en.wikipedia.org/wiki/Alan_Turing

Turing’s homosexuality resulted in a criminal prosecution in 1952, when homosexual acts were still illegal in the United Kingdom. He accepted treatment with female hormones (chemical castration) as an alternative to prison. Turing died in 1954, just over two weeks before his 42nd birthday, from cyanide poisoning. An inquest determined that his death was suicide; his mother and some others believed his death was accidental. On 10 September 2009, following an Internet campaignBritish Prime Minister Gordon Brown made an official public apology on behalf of the British government for “the appalling way he was treated”. As of May 2012 a private member’s bill was before the House of Lords which would grant Turing a statutory pardon if enacted

Algumas defimições de palavras/conceitos mais usados aqui:

Morphogenesis ( Morfogênese ) – (from the Greek morphê shape and genesis creation, literally, “beginning of the shape”) is the biological process that causes an organism to develop its shape. It is one of three fundamental aspects of developmental biology along with the control of cell growth and cellular differentiation.

The process controls the organized spatial distribution of cells during the embryonic development of an organism. Morphogenesis can take place also in a mature organism, in cell culture or inside tumor cell masses. Morphogenesis also describes the development of unicellular life forms that do not have an embryonic stage in their life cycle, or describes the evolution of a body structure within a taxonomic group.

Morphogenetic responses may be induced in organisms by hormones, by environmental chemicals ranging from substances produced by other organisms to toxic chemicals or radionuclides released as pollutants, and other plants, or by mechanical stresses induced by spatial patterning of the cells.

XXXXXX

Morphogen – is a substance governing the pattern of tissue development, and the positions of the various specialized cell types within a tissue. More precisely, a morphogen is a signaling molecule that acts directly on cells to produce specific cellular responses depending on the local concentration of the morphogen.

Since morphogens diffuse through the tissues of an embryo during early development, concentration gradients are set up. These gradients drive the process of differentiation of unspecialised (stem) cells into different cell types, ultimately forming all the tissues and organs of the body.

XXX

Atheist Life vs Religious Life – Novo debate com participação da Matrix/DNA. 357.600 Comentários!

sexta-feira, novembro 23rd, 2012

YOUTUBE

http://youtu.be/DaOVPaYf780

FROM WIKIPEDIA:

“Primordial soup” is a term introduced by the Soviet biologist Alexander Oparin. In 1924, he proposed the theory of the origin of life on Earth through the transformation, during the gradual chemical evolution of molecules that contain carbon in the primordial soup.”…

CLEARING STONE PROPHET DISAGREES…

ClearingStoneProphet 2 hours ago

But your alternative is not rational: a magic man making man from lame. There are mistakes in Oparin theory due the lack of knowledge of Astronomy at 1924, so, his calculations about reduced atmosphere were missing hidden elements. Today we are able to calculated working systems composed by the seven kinds of known astronomical bodies, the process by which this system can be microscopically miniaturized and becoming a complete cell living system. See Matrix/DNA Theory cosmological models.

TheMatrixDNA in reply to ClearingStoneProphet (Show the comment) 1 second ago

XXX

Nas Origins, Havia a Informação – Livro Sendo Pesquisado pela Matrix/DNA Agora.

quarta-feira, novembro 21st, 2012
pdf para  free download: http://www.clv-server.de/pdf/255255.pdf

In the Beginning was Information

Werner Gitt

Introdução da Matrix/DNA.

É suposto que nas origens dêste mundo ( ou pouco depois) havia alguma substancia. Como essa sibstancia se tornou modelada, organizada em sistemas funcionais, como são as particulas fundamentais (quarks, leptons), os atomos, as galaxias, o corpo humano?! Vem nos à mente uma coisa chamada “informação”, cuja mais simples definição é aquela que cunhou êste nome: “aquilo que (in)forma, que dá forma a alguma coisa.” Os nossos modêlos nos foi levando cada vez mais ao passado da História Natural Universal e chegamos aos limites ultimos da matéria por dois caminhos. Num –  levados pela Física do genial Prêmio Nobel Hideko Yukawa, cujos modêlos explicando a “cola nuclear” se encaixavam perfeitamente com nossos modêlos,  chegamos á hipótese de que os quarks se originaram de espirais/bôlhas que pipocavam num talvez infinito oceano de uma substancia não material. Êstes vórtices, talvez quanticos, foram analizados sob a comparação com qualquer tornado ou rodamoinho que surge de repente às nossas vistas no quintal da nossa casa, move-se, bagunça tudo, e como chegou, desaparece. Com isso descobrimos que rodamoinhos são os primeiros seres semi-vivos que surgiram na Terra, pois imitam em tudo algo vivo. Percebemos que em dois rodamoinhos girando em direções opostas pode estar todo o fundamento que desenvolveu essa constante bi-lateral simetria e assimetria em tudo que existe. Percebemos que qualquer rodamoinho contem sete tipos de fôrças brutas que em tudo parecem ter sido os fundamentos das atuais sete propriedades vitais. Percebemos assim que antes das origens da matéria, se houve zillions de vórtices quanticos, cada um especifico e com um numero seu próprio derivado das intensidades/ identidades de cada fôrça e spin, foi um bits-informação vivo, atuante, capaz de mover e modelar uma substancia etérea, e assim surgiu a idéia dos genes ex-machine, vindos de fora e antes do Big Bang, o que sugere que dentro dêste Universo está havendo um processo de reprodução genética sob evolução, do que quer que existia ou ainda existe e criou êste Universo ( existem vários outros caminhos desenvolvidos na pesquisa da Matrix que chegaram ao mesmo resultado, tal como o grafico cartesiano registrando os passos da evolução iniversal, etc., mas isto está mencionado em outras artigos dêste website).

O segundo caminho que nos fêz voltar às fronteiras ultimas da matéria, mas nos fêz retornar com a mesma resposta, foi a descoberta que ondas de luz pode serem a fôrça que imprime vida á matéria inerte. A maneira como uma onda se propaga se assemelha à maneira como um ciclo de vida de qualquer ser vivo avança. Mas assim como as ondas do mar produzem “bôlhas” na superficie da agua, as ondas de luz produzem fragmentos que são particulas, chamadas fótons. Podem serem fragmentos na forma de rodamoinhos. Então pode ser que a substancia que havia no principio aqui era a luz. vibrante em ondas, emitida por alguma fonte central não-material, e os fótons sejam os tais bits-informação semi-vivos. Isto veio corraborar outro achado da Matrix/DNA tempos antes quando os modêlos indicaram que o código, o genoma astronomico foi transmitido à superficie da Terra para se tornar o “RNA-world” e iniciar a genêse dos sistemas biológicos através das radiações estelares e nuclear-planetárias, as quais são, em essencia, fótons.

Portanto, nêste estado que está ainda esta nova cosmovisão, para nós informação natural é algo palpavel, ativo e vivo. Existiriam as unidades fundamentais de informação que não seriam materializadas ainda – as espirais-bôlhas  – que teriam vindo de fora do Universo ( fótons não tem massa…?), e exisiriam os pacotes dessas unidades, como são as particulas, os átomos, o DNA, cada ser humano, uma galaxia…

O assunto “informação” é para nós, portanto, muito importante, por isso sempre que temos tempo e chance temos devorado qualquer material publicado a respeito. Vamos ver agora o que tem a nos dizer o grande Werner, que, se não morreu, era ainda a pouco tempo, o diretor/professor do famoso  instituto “ German Federal Institute of Physics and Technology”. Aqui vamos tentar copiar, traduzir e analisar os tópicos que interessarem à Matrix/DNA.

In the Beginning was Information

Pag. 9 – Preface:

If we can successfully formulate natural laws for information, then we will have found a new key for evaluating evolutionary ideas. In addition, it will be become possible to develop an alternative model which refutes the doctrine of evolution. The topics and theorems developed in the first two parts of the book, are applied to the Bible in the third part. This provides a fresh way of unlocking the message of the Bible.

Matrix/DNA: “Chiiiiiii….! O autor é tendencioso. Isto é péssimo, já deixa de ser um trabalho cientifico confiável. É criacionista e vai defender a Biblia contra a teoria da evolução… Que desperdicio! Bem, em se tratando de uma pessoa altamente gabaritada e que merece respeito pela sua capacidade técnica, as posições que alcançou, etc., vamos continuar a leitura para ver se tem algum novo dado, sempre alerta para discernir se é realmente fato ou interpretação teórica.

Pag. 14 –

Matrix/DNA: Bem,  até aqui nada de novo. Todas as habilidades citadas destas aranhas são meras reproduções de pedaços da formula da Matrix. A teia imita a espiral galáctica, a capacidade de reciclagem imita a reciclagem da fórmula, etc. Tudo isso é instinto que vem das informações da fórmula da Matrix.