Archive for janeiro 10th, 2013

Beleza Feminina, Iridescência das Pétalas, e Quasares: O que todos tem em comum. Pela Matrix/DNA

quinta-feira, janeiro 10th, 2013

Science Daily – ( Science news)

How Does Your Garden Glow?

Pétalas de Flôres exibem côres luminosas por efeito ótico que apenas insetos polinadores vêem -  Bees see some flowers in multicolour because of previously unknown iridescence of the petals, usually invisible to the human eye, researchers from the University of Cambridge report this week in Science.

Pétalas de Flôres exibem côres luminosas por efeito ótico que apenas insetos polinadores vêem - Bees see some flowers in multicolour because of previously unknown iridescence of the petals, usually invisible to the human eye, researchers from the University of Cambridge report this week in Science.

O fato é que na Terra nós vemos um fenômeno real: existem mulheres e elas são obcecadas com sua beleza fisica tudo fazendo para melhora-la e o intuito final é sobreviver e melhor obtendo o maximo dos machos. Mas foi a Terra que inventou este fenômeno, esta cena que vemos aqui e agora? Antes do tempo de aparecem humanos na Terra haviam as plantas, que produziam flôres belas, aplicando cosmetologia, como a iridiscencia, para atrair os insetos polinadores. Então vamos percebendo que as origens dêste fenômeno remontam a eras mais antigas, antes do aparecimento das mulheres. Mas ainda assim, continua a questão: foi a Terra que inventou êste fenômeno, quando criou os vegetais?

Segindo os modêlos cosmológicos da Matrix/DNA – se êles estiverem mais próximos da verdade que os mod6elos acadêmicos – não! Não foi a Terra que inventou êste fenômeno! Não foi na Terra que emergiu opela primeira vez corpos matrriais dividios entre masculinos e femininos e não foi na Terra que emergiu êste mecanismo das fêmeas se esforçarem para atrair os melhores machos ou ao menos conseguir a gravidez. Esta mesma cena aparece nos modêlos como existindo já no céu, há bilhões de anos, mesmo antes da Terra surgir! para entender isso vamos copiar aqui o mais simpl6es modêlo cosmológico da Matrix/DNA:

A Matrix/DNA UniversalComo Fórmula Natural dos Sistemas e Ciclos Vitais

A Matrix/DNA Universal Como Fórmula Natural dos Sistemas e Ciclos Vitais

E para completar uma visualização da mesma fórmula por outro angulo:

Matrix/DNA: Human and Celestial Primordial Body Life Cycles

Matrix/DNA: Human and Celestial Primordial Body Life Cycles

Pois bem. Talvez terás que clicar nas imagens para vê-las ampliadas. Nas formações das galaxias originais, havia apenas um unico tipo de corpo celeste proveniente da condensação anterior da nebulosa de atomos leves. De alguma maneira êste corpo se assentava numa onda natural de luz, a qual contem sete diferentes tipos de vibrações ( veja neste website o quadro do eletric-magnetic spectrum of light by Matrix/DNA). Rolando sôbre essa onda de luz o corpo se divide em sete diferentes tipos, um tipo de acôrdo com cada tipo de vibração. Acontece que a dinamica da onda de luz é exatamente a mesma que vemos nos corpos vivos, pelo fenômeno conhecido como “ciclo vital” o qual produz sete principais diferentes formas ( feto, bebê, criança, adolescente, etc.). Então, dispondo de muitas cópias daqu6ele corpo inicial e pondo estas cópias a rolarem sob o mecanismo do ciclo vital, a Natureza conseguiu ter multiplas cópias de todas as sete formas e tambem das formas intermediarias, claro.  Ora, misturando estas formas, ocorreu entre elas uma simbiose: cada forma tende a se conectar com as suas duas formas mais próximas, dentro do ciclo vital. Adolescente se dá melhor com crianças (sua forma anterior), e jovens adultos ( sua forma posterior). Qyando os astros nas diferentes formas se conectaram formando o mesmo circuito do ciclo vital, 6esye se fechou nas duas pontas criando uma circunferencia fechada. A poeira resultante da fragmentação da sua forma como cadaver ( (estrêla velha) foi conectada com o vórtice nuclear que produz um astro novo e assim surgiu pela primeira vez no Universo um completo e perfeito sistema natural, o qual contem tôdas as sete funções sistêmicas universais ( as fôrças naturais). Acontece que tal sistema tem um corpo, o pulsar, fazendo exatamente o papel do macho num sistema reprodutivo sexualizado! E tem outro corpo, o quasar, fazendo exatamente o papel de fêemea no mesmo processo reprodutivo.

O pulsar é caracterizado por ter a sua superficie locupleta de gigantes vulcões os quais entram em erupção emitindo magma com tanta violencia que 6eles caem no espaço sideral. desta forma, os vulcões são os ancestrais não-vivos da genitalia masculina, o magma é o ancestral do esperma, e o que estes magmas formam no espaço sideral, os cometas, são os espermatozóides do espaço. O quasar ( devia ser dito “a quasar”) é uma aureóla resplandecente vista circundando o nucleo da galaxia, mais conhecido como “horizonte de eventos”. dentro do quasar está o vórtice nuclear, o qual erroneamente esyá sendo teorizado como sendo um buraco negro, comedor de astros e mundos. Dentro do quasar, e mais exatamente. dentro do vórtice conico, a matéria degradada da ultima estr6ela morta é reciclada, misturada com a energia de cometas e depois de varias fases e processos, é emitido uma esfera incandescente. Veio à luz do mundo mais um bebê de astro sideral! Portanto note-se ali tôda a semelhança com as fêmeas biológicas, inclusive a ancestralidade não-viva de sua genitalia, já escrita, desenhada no céu! E tambem é bom notar que os cometas caem na espiral galáctica dirigindo-se ao vórtice nuclear, os que entram fazem a mesma fecundação de óvulos.

A quasar é f6emea das galáxias, é a mulher no céu, é a flor da planta, é a vaidosa mulher humana na Terra. A quasar se enfeita com todas as luzes das estrêlas, torna-se iridescente, bela, magnifica, provocando arrepios e erupções vulcanicas no pulsar à distancia:  ela só sobrevive se os cometas emitidos pelo pulsar vierem trazer sua dinamica espiralar e sua energia de magma incandescente. O cometa é om polinador!

Áinda é preciso dizer mais? Se fôsse não me seria possível pois nesta hora meus olhos sempre lacrimejam, é-me impossivel evitá-lo.  Êste mundo tem mistérios muito mais profundos do que eu imaginavame à medida que vou aprendendo, me aumentam a admiração por tamanha inteligência que emana desta Natureza Cósmica!

Link para o artigo:

http://www.sciencedaily.com/releases/2013/01/130109124116.htm?utm_source=feedburner&utm_medium=feed&utm_campaign=Feed%3A+sciencedaily%2Ftop_news+%28ScienceDaily%3A+Top+News%29&utm_content=FaceBook

XXX

A Matrix/DNA deve se aprofundar na busca de tôdas as informações relacionadas ao fenômeno da iridescência devido estar relacionado com a “LUZ”.

Googlar êste tema e ver tambem êste artigo:

Iridescence enables bees to view flowers in different colours

http://www.cam.ac.uk/research/news/iridescence-enables-bees-to-view-flowers-in-different-colours/

Because most of the petal iridescence measured is at the ultraviolet end of the spectrum, which insects can see but humans cannot, this raises the intriguing possibility that many flowers are actually iridescent although they do not appear so to the human eye.

XXX

WIKIPEDIA:

(Port.) –

Iridescência

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

Asas de uma Borboleta.

Bolha de sabão.

iridescência é um fenómeno óptico que faz certos tipos de surpefícies reflectirem as cores do arco-íris. A palavra é derivada do grego, Íris na mitologia grega é a personificação do arco-íris e mensageira dos deuses.

A pena do beija-flor, alguns insectos e bolhas de sabão têm essa propriedade.

Materiais iridescentes são popularmente conhecidos como “furta-cor” no Brasil.

Inglês:

xxx: Iridescence (also known as goniochromism) is generally known as the property of certain surfaces that appear to change color as the angle of view or the angle of illumination changes. There are numerous common examples of iridescence; for example, soap bubblesbutterfly wings, and sea shells.

File:CD-ROM.png

Iridescência do disco compacto similar à do disco nuclear galáctico?

Entendendo o Magma que Trouxe a Vida ao Manto Terrestre: Rochas Fundem em Maiores Profundidades do que era Pensado

quinta-feira, janeiro 10th, 2013

ZME Science

Understanding magma in the mantle: rocks melt at greater depth than previously thought

( Entendendo o magma no manto terrestre: Rochas fundem em maiores profundidades do que era pensado )

http://www.zmescience.com/science/physics/magma-peridotite-crust-mantle-10012013/#comment-762692372

Published on Thu, Jan 10, 2013 by 

Terra a estrutura do manto e o ponto de fusão do magma

Terra a estrutura do manto e o ponto de fusão do magma

Magma forms much deeper than geologists previously believed, according to a new study conducted by Rice University.

(Ver artigo completo. Porem a seguinte frase deve ser aqui anotada:

“This deep melting makes the silicate differentiation of the planet much more efficient than previously thought,” Dasgupta said. “Not only that, this deep magma is the main agent to bring all the key ingredients for life — water and carbon — to the surface of the Earth.

A seguir,  nosso comentário postado no artigo:

Avatar

TheMatrixDNA  2:00 PM – Jan – 10 – 2013

If the nuclear reactions of the core makes the core growing, these locations of magma formation also must change over time. In fact, our scientific understanding about all aspects of astronomy and details of our planet is only beginning. “…so we have to rely on indirect measurements (seismology, electric measurements, etc), lab experiments and surface extrapolations…) Is it, the current scientific method, based on Physics, the unique and best method for understanding our planet and the Cosmos? No, because the final product of this planet and Cosmos – biological systems – can’t be explained by Physics. The forces and elements for biological life are not being identified in our current models, but, for sure, they must be there. Then, we have Matrix/DNA Theory models, a different method making the reverse way: starting from the final product – biological systems and life – and calculating backwards, we got surprisingly different models. Matrix/DNA still has not solved all questions about this Gaya Planet because we don’t know which method Nature used for formation of this Solar system. Like in cell”s formation, there are two possible methods: the formation of the original first systems ( by symbiosis connecting different shapes produced by vital cycle producing different shapes of a unique initial body), or the formation of modern systems ( merely replication by self-recycling the first ones). It is dependable of solving this question for us to know which model describes magma formation and locations.

ASTRONOMIA: Novo Planeta Anima a Velha luta entre Copérnico (agora Matrix/DNA) e o Modêlo Geocentrico das Universidades no Séc. XV

quinta-feira, janeiro 10th, 2013

ZME Science

Most earth-like planet detected orbiting sun-like star: extraterrestrial life likely

http://www.zmescience.com/space/earth-like-planet-koi-10012013/

Planet KOI 172.02 ( Kepler Object of Interest) Compared to Earth

Planet KOI 172.02 ( Kepler Object of Interest) Compared to Earth

Unglamorously named KOI 172.02 (Kepler Object of Interest), the planet is some 50% larger than Earth, orbiting its star on an orbit which would make its surface habitable. Well, to be more precise, it has a 242-day long year instead of our 365.25 day, and its mass rather makes it a super-Earth than an Earth, but the differences are small when put into the larger picture.

(Ver resto do artigo)

A seguir, comentário postado por nós no artigo:

Avatar

TheMatrixDNA1:47 PM – Jan – 10 – 2013

It is arriving the time when the modern big conflict inside Astronomy will be solved: which is the right cosmological model? The Physics based model of current official Astronomy or the Biological based model of Matrix/DNA Theory? Remember that once time Copernicus was alone with his model against the academic establishment. More proved data about these different shapes of astronomical bodies that we are discovering day after day will be the final judge. The problem for Matrix/DNA interpreting this few initial data is about the question about the age of this system, for knowing which from two methods nature used for this star formation. If it is an old system (generated by symbiosis) the star must be turning cooler and the planet hotter (there is transference of energy from the star to the planet), bigger, with less weight. The planet must be getting more giants volcanoes, which eruptions will make it seems a pulsar, and he must go far away from the star orbit, for becoming a star itself. If he was able to produce life, it must be a older life than Earth, becoming non-habitable, its population more evolved than humans must be re-located to other place. Bit, if this systems is a modern one, its formation was by the method of replication, self-recycling from a died system. We have not calculated the development of such modern systems yet.

Filosofia Economica Para o Ideal Sistema Social Segundo Minhas Primeiras Interpretações dos Modêlos da Matrix/DNA

quinta-feira, janeiro 10th, 2013

Sêres humanos, enquanto individuos separados,  podem e devem crescerem apenas verticalmente, nunca horizontalmente; mas reunidos em sociedade devem e podem crescerem horizontal e verticalmente.

A fundação dessa “lei” lembra uma falha da criação de Deus segundo a Biblia. Ela diz que Deus teria ordenado aos humanos: –  “Crescei e multiplicai-vos”.  Mas no seu costumeiro atabalhoado péssimo design, Deus se esqueceu de voltar-se ao planeta Terra e tambem dizer:  – “E você, tambem deve crescer… e multiplicar-se por todo o Cosmos.”  O resultado desta falha é o impasse que tem causado os maiores conflitos e sofrimentos para os humanos, pois seu crescimento resulta nas super-populações enquanto o planeta continua do mesmo tamanho, e o unico possivel de ser habitado.

Não existe liberdade, democracia, socialismo, ou livre-arbitrio para nenhum homem e mulher que não seja dono exclusivo de um espaço de terra suficiente para produzir suas necessidades fisicas. Esta terra tem que ser um apêndice de todo ser humano ao nascer, inviolável e intransferível enquanto êle/ela existir. Assentado a partir de sua terra e no usufruto dela, então o humano pode decidir como e em que vai trabalhar para produzir seu consumo e /ou excedentes para troca, participar ou não do social, influir ou não no modelamento da sociedade, participar das decisões sôbre as terras e recursos sem donos. Por seu lado, a sociedade deverá respeitar os limites internos de todas as propriedades iguais individuais,  controlar o crescimento populacional e impedir qualquer posse individual de terra alem do limite universal pelo direito do nascimento.

Isto é indiscutível, incontestável e qualquer contra-argumento, qualquer mudança nessa lei, estará quebrada toda possibilidade de liberdade humana individual. Qualquer modêlo social tem que ser pensado e planejado obedecendo essa premissa básica.

A partir de estabelecido essa premissa começaremos a discutir os detalhes para um modêlo social ideal que possa ser adaptado à essa premissa, e sabendo-se que o status quo atual está todo construído violando essa premissa, e dada a existência da tecnologia moderna, procurar como poderia ser feito essa espetacular transição. Ou ao menos deixar planejado o modêlo social que seria implantado num possivel novo planeta com idênticas condições às terrestres para ser povoado pela comunidade da Matrix/DNA.  O que será feito por ítens que serão aqui acrescentados.

1) Um levantamento da existente quantidade de terra ótimamente agriculturavel e sob clima ideal dentro de espaços que se possam conectar seus ocupantes deverá ser o determinador do numero da população ideal, tendo-se em conta um prévio calculo de qual o tamanho necessario e suficente de espaço para cada individuo trabalhar sózinho e com suas próprias mãos. Obtido o resultado final a sociedade deve implementar um contrôle de nascimentos que faça a população total chegar ao numero encontrado o mais rápido possível.