Archive for novembro, 2013

Meu Deus! A NASA esta agora publicando Desenhos Artisticos Copias dos que fiz na Selva a 30 anos atras!

sábado, novembro 30th, 2013
Imagem de nucleo galactico igual teoria da Matrix/DNA

Imagem de núcleo galáctico igual teoria da Matrix/DNA

Esta figura publicada hoje na Space.com esta preocupando os acadêmicos porque não bate com a teoria acadêmica sobre “buracos negros”. Acontece que ela é exata confirmação do modelo astronômico que fiz na selva a 30 anos atras quando calculava como seria o ser que criou a Vida na Terra, aplicando o método da anatomia comparada entre sistemas naturais vivos e não-vivos. Veja o meu desenho feito grotescamente a mão com lápis de cor enquanto me dava tapas afugentando os vampirinhos piuns e carapanãs:

Matrix/DNA: O template para todos os sistemas naturais, de átomos a nucleotideos a galáxias e células. O circuíto energético padrão.

Matrix/DNA: O template para todos os sistemas naturais, de átomos a nucleotideos a galáxias e células. O circuíto energético padrão.

Observe o cone nuclear nesta figura e volte a observar a figura da NASA, acima. mais ainda veja a figura abaixo que prova ainda mais a capacidade de previsão da teoria da Matrix/DNA:

A Luta entre a Teoria da Matriz/DNA e a Teoria Nebular

A Luta entre a Teoria da Matriz/DNA e a Teoria Nebular

Oh,… desculpe, botei uma figura errada…kikikik… (mas essa foto lembra a foto acima, basta ver o gigante como um black hole e a pequenita como a estrela brilhante nascendo ao lado, e ai da para sentir uma pequena estrela nascendo e fitando o big black hole que é seu pai…)

Eu queria por esta foto aqui:

Origins Astronomicas do ATP Syntase Motor

Que veio daqui quando descobri a solução para esta eterna discussão entre ateus e religiosos sobre quem fez e como surgiu esta extraordinária engenharia na célula ( você pode ver todo o material no artigo aqui a respeito desta teoria).

E assim digo no comentário postado na Space.com:

  • Louis Charles Morelli ·  Top Commenter · Queens

    Aren’t you seeing the scene of a baby borning from uterus?! Just this artistic conception was drawn 30 years ago when Matrix/DNA Theory copyrighted its astronomical model. There is no black hole as suggests by Stephen Hawkings and mathematicians, there is merely a nuclear vortex that emerges from rotating dust of a died star systems and the whole process is the evolutionary shape of an ancestor of biological life and its embryogenesis process. I can’t believe how the academic community still are “re-modelling” the old model every time NASA get a new photo from space, instead admitting that the model is wrong like was the heliocentric model in relation to our solar system. The academic model does not explain how cosmological evolution can produces biological evolution, aka life and Matrix/DNA model explains every detail of any living being based upon the picture of LUCA, the Last Universal Common Ancestor, which belongs to the sky, never existed here at Earth surface, even this planet is part of LUCA. Ok, I am accumulation 30 years of evidences for Matrix/DNA models, thanks to NASA, hoping that one day they wake for the real world and stops believing in ghosts black holes in the sky. See at my website the same picture above, bur even more complete…
    Tradução:
    Não estão vocês vendo a cena de um baby nascendo desde o útero? Justamente esta artística concepção foi desenhada 30 anos atras quando a Matrix/DNA Theory registrou seus direitos autorais de seu modelo astronômico. Não ha buracos negros tal como sugerido por Stephen Hawkings e os matemáticos, existe apenas um vórtice nuclear que emerge da poeira estelar rodopiante de um sistema estrelar morto e o processo inteiro é a forma evolucionaria de um ancestral da vida biológica com seu processo de embriogênese. Eu não posso acreditar como a academia cientifica ainda esta re-modelando o seu velho modelo cada vez que a NASA obtêm uma nova foto do espaço, ao invés de admitir que o seu modelo esta errado, como estava o modelo heliocêntrico que foi derrubado por Copérnico em relação ao sistema solar. O modelo acadêmico não explica como a evolução cosmológica pode produzir a evolução biológica, vulgo “Vida”, e os modelos da Matrix/DNA explica cada minimo detalhe de qualquer ser vivo, baseando-se na sua figura de LUCA, o Ultimo Comum Universal Ancestral, o qual pertence aos céus, e nunca existiu aqui na superfície da Terra, e ate mesmo este planeta faz parte de LUCA. Ok, eu estou acumulando 30 anos de evidencias para os modelos da Matrix/DNA, gracas a NASA, esperando que um dia eles despertem para o mundo real e parem de acreditar em fantasmagóricos buracos negros no céu. Veja no meu website a mesma figura acima, porem muito mais completa…
    ( E uma observação: você esta vendo aqui de onde e como estão vindos os 280.000 hits cada mês no meu website, que nunca foi anunciado, propagandeado, nem avisado que existe, pois não tenho tempo e nem sei como fazer isto, só entendo do conteúdo do website, a não ser assim, por minhas postagens em artigos que emanam como evidencias da teoria. Imagine o que aconteceria se você entrasse aqui ajudando algo na divulgação, ou no marketing digital…)
    O artigo esta em Space.com neste link:

    Weird Black Hole’s Incredible Brightness Perplexes Scientists

    By Mike Wall, Senior Writer   |   November 27, 2013 01:00pm ET

    ( Voltarei para completar este assunto analizando cada frase do artigo) 

 

 

 

Hipocampo: Pesquisas, Traduções, Registros

sábado, novembro 30th, 2013

Wikipedia – Hippocampus – Hipocampo

http://en.wikipedia.org/wiki/Hippocampus

File:Gray739-emphasizing-hippocampus.png

The hippocampus is located in the medial temporal lobe of the brain. In this lateral view of the human brain, the frontal lobe is at left, the occipital lobe at right, and the temporal and parietal lobes have largely been removed to reveal the hippocampus underneath.

Fazer novo desenho. Na Fig 2 deslocar o F1 para a base inferior do circuito, no lugar onde está F7. Depois pegar os dois hipocampos e sobrepô-los nas hastes laterais do cone. Assim o cérebro começará a tomar forma como cópia da fórmula da Matrix. Depois tentar encaixar cada uma das glândulas cerebrais nas outras Fs da fórmula. Certamente o Neocortex vai na posição de F4. Por isso, no novo desenho, F4 deverá estar no topo superior do circuito. Lembre-se que a Matrix está então sugerindo que os dois hipocampos são uma cópia cerebral das duas hastes do DNA. Portanto, será possível elaborar novas teorias sobre o hipocampo e mesmo sobre as hastes do DNA, ao se projetar as funções das hastes do DNA para inferir as funções do hipocampo e vice-versa.

Matrix/DNA as software/diagram of astronomic closed system

                                                                          Matrix/DNA as software/diagram of astronomic closed system

Português:

Hipocampo é uma estrutura localizada nos lobos temporais do cérebro humano, considerada a principal sede da memória e importante componente do sistema límbico. Além disso é relacionado com a navegação espacial. Seu nome deriva de seu formato curvado apresentado em secções coronais do cérebro humano, se assemelhando a um cavalo-marinho (Grego: hippos = cavalo, kampi = curva)

Funções

Esta estrutura parece ser muito importante para converter a memória a curto prazo em memória a longo prazo. O hipocampo atua em interação com a amígdala e está mais envolvida no registro e decifração dos padrões perceptuais do que nas reações emocionais.

Lesões no hipocampo impedem a pessoa de construir novas memórias e a pessoa tem a sensação de viver num lugar estranho onde tudo o que experimenta simplesmente se desvanece, mesmo que as memórias mais antigas anteriores à lesão permaneçam intactas. (Fim)

Inglês – Tradução:

The Hungarian neuroscientist László Seress’ 1980 preparation of the human hippocampus and fornix compared with a seahorse.

O hipocampo é um maior componente dos cérebros humano e outros vertebrados. Ele pertence ao sistema limbico e executa importantes funções na consolidação da informação da memoria em curto prazo para a memória a longo prazo, e navegação espacial.  Humanos e outros animais tem dois hipocampos, um em cada hemisfério do cérebro. O hipocampo está localizado sob o cortex cerebral e nos primatas está localizado no lobo temporal medio, sob a superficie cortical. Ele contem duas principais interactivas partes: Ammon’s horn e o girus dentado.

Na doença de ALZHEIMER, o hipocampo

In Alzheimer’s disease, the hippocampus is one of the first regions of the brain to suffer damage; memory loss and disorientation are included among the early symptoms. Damage to the hippocampus can also result from oxygen starvation (hypoxia), encephalitis, or medial temporal lobe epilepsy. People with extensive, bilateral hippocampal damage may experience anterograde amnesia—the inability to form or retain new memories.

(continuar tradução da Wikipedia)

XXXXXXXXXXX

1) Article – ScienceDirect – Journal Neuron

Genomic Anatomy of the Hippocampus

http://www.sciencedirect.com/science/article/pii/S0896627308010568

Volume 60, Issue 6, 26 December 2008, Pages 1010–1021

Full-size image (42 K)

Figure 3. Three-Dimensional Modeling of CA3 Molecular Anatomy

Color-coded 3D models of major hippocampal subfields CA1 (red), CA2 (dark blue), CA3 (green), and DG (yellow) (A) and gene expression-based subdivisions of CA3 (B). Four different orientations demonstrate the organization of CA3 subdivisions, which can be seen to divide septal CA3 into a series of diagonal bands oriented septal-distal (toward CA2) to temporal-proximal (toward DG). CA2 (dark blue) is included in both models as a fiducial reference, and color coding of CA3 divisions matches that in Figure 2. 3D orientation bars: lateral, red; ventral, green; rostral, blue. Scale bar, 1 mm

Inicio da Tradução:

Introdução

A função do hipocampo em aprendizagem e memória está bem estabelecida e conhecida, com crescente evidencia de uma função para comportamentos relacionados com anxiedade (Bannerman et al., 2004). Estas funções são diferencialmente distribuidas ao longo do septotemporal eixo do hipocampo.

( continuar tradução)

 

 

A Sala “The Matrix/DNA Biological/Cosmological Room”

sexta-feira, novembro 29th, 2013

Pessoal, eu tenho uma grande ideia que pode render milhões ou bilhões de dólares e você pode ser sócio/a no negocio, apenas se inscrevendo aqui. Vamos montar uma especie de sala oval para pessoas entrarem, caminharem dentro e jamais se esquecerem desta experiencia, uma sala que pode viajar mundo, de escola em escola, shoppings, exposições, feiras, etc. Vamos confeccionar uma especie de pequeno aquário que todas as escolas deverão ter para ensinar aos estudantes. A renda vira do pagamento de ingressos e venda dos aquários. Uma sociedade anonima onde o gasto total é demasiado pequeno e a recompensa incalculável, sendo você um dos donos para toda sua vida. Eu segurei o projeto ate agora na esperança de realiza-lo como um empreendimento não envolvido com mercado, dinheiro, sem fins lucrativos, mas não descobri nem como começar desta maneira, por isso vou tentar deste outro jeito.

A sala oval foi inspirada numa obra já existente de um artista plastico vista num shopping (tentarei colar aqui a foto da obra). Filas imensas estavam as portas, com caravanas de estudantes e publico adulto no meio. Ao se entrar na sala, de repente tinha-se uma incrível estranha sensação. Parecendo que estávamos dentro de um ovo, a sala toda coberta com veludo azul, no meio figuras de astros suspensos no ar e movendo-se em orbitas, com uma musica penetrante de fundo (“2001, Uma Odisseia no Espaço” – lembra-se do filme?), você de repente sente-se flutuando no espaço sideral, e vendo o Universo como um gigante! Mas a obra tinha um problema, por isso o artista, sem mais recursos, não estourou com o sucesso.

Os astros eram meras esferas de isopor pintadas ora como planetas, estrelas, o Sol, e se moviam caoticamente sem nenhuma outra mensagem a transmitir. Os astros pareciam estarem suspensos no ar porque eram presos a ponta de bracos mecânicos, pintados de preto, que na sala escura se tornavam quase invisíveis.

A sala que tenho em mente terá uma organização sistêmica que transmitira uma mensagem, uma sensação, que mexera profundamente com a cabeça das pessoas, a ser lembrada para o resto da vida, toda vez que alguém pensar na sua vida. Por isso ela sera mais comentada e recomendada pelos visitantes. O visitante estará ao mesmo tempo dentro de um sistema galáctico no espaço sideral, dentro de uma célula viva no interior de um corpo humano, dentro de um cérebro humano, e ao mesmo tempo, vendo o desenrolar do ciclo vital de toda sua vida. E ainda podemos por tudo isso dentro de um aquário que poderá ser levado a mesa da sala de aula para explicações e vistas dos alunos.

Ao invés das meras esferas iguais de isopor, nossa sala terá sete tipos diferentes de objetos, conectados entre si formando um sistema funcional. Intercalando-se as cores da luz da sala e com os objetos mudando de forma automaticamente ( mas não mudando suas posições e funcionamento sistêmico), um objeto sera, ora uma organela da célula (ribossomo, mitocôndria, lisossoma, núcleo, etc.) com o espaço inundado por uma fumaça lembrando um oceano citoplasmático, ou sera um dos sete astros celestes ( quasar, pulsar, buraco negro, planeta, estrela, cometa, supernova, etc., ou sera uma glândula do cérebro (pineal, hipocampo, cortex, etc.). Um só mundo, uma só visão, porem, 13,7 bilhões de anos de evolução de uma unica entidade, um único sistema natural, real, desde o inicial Big Bang ate o ápice desta evolução aqui, que é o corpo do ser humano! Você se sentira tocando o maior segredo da existência, e ao ver a fonte longínqua no alto, alem desse Universo oval, emitindo as ondas de luz que contem em si o código de toda a criação, se sentira tocando os pés de Deus, ou seja la de qual for sua crença numa causa primeira!

E sairás da sala transformado/a pelo resto da vida, mas para melhor, com um desejo infinito de melhorar esta Humanidade para acelerar sua evolução e chegar a sua transcendência. Nos estamos precisando disso, a juventude perdida sem sentido de existência esta precisando disso urgente! Os estudantes e pesquisadores que estão procurando soluções medicinais e tecnológicas terão uma nova e imensa fonte de inspiração e sairão energicamente motivados a novas pesquisas e experiencias. Os valores morais transmitidos pela visão unirão os humanos numa nova irmandade rumo a Sagrada Família Universal que uma vez já foi sonhada por um humilde filosofo e carpinteiro nazareno. Não existe a menor possibilidade da sala transmitir algo ruim, apenas o que sera benéfico como um novo alento as nossas vidas.

Mas então o que esta faltando? Para fazer logo esta sala? Ora, por enquanto ela é apenas uma imagem, um projeto, um desenho, um plano, na cabeça de um semi-macaco que era um filosofo naturalista, recém saído da selva amazônica, caminhando nas ruas de New York com os mapas debaixo do braco, e sem saber como se comunicar, como divulgar e explicar o que traz consigo, e ainda tendo seu tempo todo ocupado no trabalho duro para pagar suas contas de sobrevivência. Ele tem o conteúdo completo, você tem o que ele não tem, que é sua cidadania, seu lugar firme na civilização, seu conhecimento do que é e como funciona essa civilização, o seu mercado, algum material que pode ser usado na construção da sala, você pode atuar aqui, e estas duas partes juntas transformarão o projeto arquitetônico em fato real, e você sera um sócio administrador do que vira em seguida.

 

Penso que uma maneira de se construir este projeto seria a distribuição de cotas de propriedade do projeto, um tipo de divisão em acoes, como qualquer empresa de sociedade anonima. cada cota custaria U. $ 1, 23 ( um dólar e 23 centavos) porque podemos distribuir 80% da propriedade entre sócios proprietários mantendo 20% para investimentos e custos  num projeto que devera sempre ser melhorado com novas tecnologias.  Assim, por exemplo, com U$ 3,69 ( três dólares e sessenta e nove centavos) você pode possuir três cotas e com isso, três cotas-parte do rendimento total que o projeto venha a obter para o resto de sua existem cia. mas o maior beneficio que obterás com isso não sera medido em dinheiro, em recompensas imediatas materiais: sera uma nova humanidade, um novo mundo, uma grande oportunidade, uma nova vida muito melhor que a atual, pois o projeto esta sugerindo métodos desde como acabar com estas doenças terráveis que torturam nossos entes queridos humanos ate viagens siderais a bordo de naves que pegam carona nas ondas de luz que estão expandindo este Universo! Essa Humanidade que tem sido humilhada, desviada de seu lugar no centro da criação divina e reposta em corpos-zumbis consumistas de meros macacos melhorados, reduzida a predadores insaciáveis sem uma consciência atuante destruindo seu planta habitat e rumo a sua própria extinção, devera ser re-erguida, levantada, ressuscitada, para retomar seu devido lugar na vanguarda de evolução universal, levando uma mensagem de paz, construção, amor, a todas as formas de vidas que encontraremos por este Universo afora! Nossos filhos precisam disto agora, trata-se de uma questão fundamental para recuperar e manter sua saúde mental e ter uma existência material com maior poder, com a dignidade que merecemos depois de tantos horeis tombados mortos lutando pelo mesmo sonho.

Esta sala é possível de ser construída porque este mundo tem sido a Historia de um único sistema natural que vem evoluindo desde suas origens obedecendo o mesmo processo do ciclo vital que faz corpos humanos evoluírem desde as iniciais formas de morula, blástula, feto, embrião, ate suas ultimas formas como idosos. Assim como poderíamos facilmente construir uma arquitetura do tamanho de uma sala contendo todo o interior de um corpo humano e poderíamos passear dentro deste corpo vendo cada órgão, o fluir da corrente sanguínea, etc., assistindo em poucos minutos este corpo se transformando do nascimento a sua morte, assim é possível por o Universo e sua Historia dentro de uma sala. Obstáculos técnicos surgirão mas o próprio projeto em si esta sugerindo a possibilidade de evoluir a atual tecnologia e cada vez mais iremos vencendo estes obstaculo, pois as soluções já existem e estão sendo aplicadas pela Natureza. Vou tentar ( se tiver tempo e recursos para tal) abrir uma área neste website para canalizar as doações que virão de pessoas como você direto para uma conta bancaria onde o registro de seu nome estará como sócio proprietário de cotas proporcionais a sua doação, que pode ser desde U$ 1,23 a quantas cotas desejares possuir, e veja que cada cota poderá render ao infinito, ninguém pode calcular esse resultado. Melhor sera que envie seu endereço para receber sua doação de volta se por infelicidade concluir-mos que o projeto não conta com o montante necessário para iniciar. Lembre-se que quem vai controlar essa conta e o andamento do projeto sera uma assembleia dos sócios proprietários e o projeto esta em segurança porque tem os direitos autorais garantidos por lei desde que estão registrados nos USA e no Brasil, por  alguém que já esta velho, não tao quer luxos nem palácios, não tem nenhum desejo de consumo e nem de poder sobre outros humanos, nenhuma vaidade ou mas intenções, apenas uma mensagem trazida do coração da selva bruta murmurada por uma natureza ainda virgem que esta chorando ao ver suas criaturas humanas distanciando-se de seus bracos, querendo as de volta. Apenas trazer uma mensagem, e o macaco quer retornar a selva onde ainda tem muitas pesquisas em aberto a fazer, para reforçar a possibilidade de que esta Humanidade, ao invés de ser eliminada e varrida da face do planeta, re-encontre o seu caminho rumo a Grande Sagrada Família Universal. Temos, em conjunto, um sonho, o qual podemos tornar realidade, mas apenas o fato de estar-mos juntos lutando por este sonho já faz de cada um nos a diferença que este mundo esta precisando. desde já este capitulo esta aberto a suas sugestões e participações na direção do projeto, as quais sua mente produzirão com certeza, basta dedicar algum tempo a pensar nisso. Ate breve no encontro dentro da sala cósmica, uma obra construída também por ti.

Primeira necessidade de sua participação: Como se mexe no programa do website para criar esse campo para receber as doações ao projeto? Qual a melhor maneira de se abrir uma conta bancaria visando a formação de uma sociedade anonima? Claro, que se nos dispor-mos a fazer encontraremos os jeitos e o faremos, porem eu sozinho nem sequer tempo estou tendo para com ecar essa investigação. Como alcançar pessoas, organizações, etc., que teriam algum recurso para reforçar este projeto se se convencerem como nos, que isto é bom e precisa ser executado?

Eliminar todas as doenças que torturam humanos: Método Acadêmico e Método da Matrix/DNA

quinta-feira, novembro 28th, 2013

Tema baseado no seguinte artigo:

BBC. Com Future

Preventative genetics: The ultimate way to halt disease

http://www.bbc.com/future/story/20131107-predict-illness-before-it-strikes – (clique na figura do artigo e veja interessante video)

Se você entendesse o que estou querendo dizer aqui, certamente se juntaria comigo nesta luta. O mundo cientifico acadêmico, vem, desde Hipócrates a 2,000 anos atras, gastando o tempo de milhões de cientistas e profissionais e bilhões de dólares na tentativa de eliminar doenças mortais, como câncer, diabetes, Alzheimer, etc., mas ainda não conseguiram, as doenças continuam ai e podem pegar qualquer um de nos desprevenido… A pergunta que faço é: porque não conseguem? Doenças não são algo sobrenatural, elas são produtos dos movimentos na Natureza, portanto, isto significa que não entendemos ainda o que é e como funciona a Natureza. Ninguem esta autorizado a afirmar que estas doenças mortíferas tradicionais são produtos de disfunções dentro dos corpos humanos ou afirmar que doenças são produzidas por forcas e elementos naturais externos aos corpos, vindos do meio-ambiente. Se tivessem certeza… porque ainda não as eliminaram?

No presente artigo com link acima, um cientista que sabemos estar honestamente empenhado nessa luta, sugere que se invista mais no método aplicado pelas ciências acadêmicas, a qual, nas ultimas desadas passou a acreditar que todas as causas estão nos genes. Assim ele resume sua sugestão: “A grande ideia é genética preventiva: observando nosso genoma desde a infância de maneira que possamos evitar que a doença se instale, ao vez de atuar sobre a doença depois que ela se instalou no corpo”.

Mas as doenças continuam aparecendo, isto significa que ainda não aplicaram o método correto, e se não o aplicaram, não se pode saber de antemão se este realmente é o método correto. E se não for? Entes queridos nossos, familiares ou não, e talvez nos mesmos, continuaremos a ser torturados e morrer porque o método correto não foi aplicado…

Então faço outra pergunta: “Se tiver algum ser humano sugerindo que se experimente outro diferente método, que ele esta convencido que vai funcionar, que não vai custar tao caro, que pode ser feito,… porque não tentar?” Existe outro tema mais importante hoje para os seres humanos? Va ao hospital e pergunte para os que la estão.

O pensamento acadêmico sobre as doenças esta cegamente centrado nos genes. De repente passaram a acreditar que aqueles amontoados de átomos formando diferentes moléculas atuam por conta própria, parecem ter personalidade própria, força autônoma própria. Gastaram bilhões de dol ares na busca de mapear o genoma porque acreditavam piamente no celebre axioma que emergiu deste tipo de crença: “Cada gene, cada doença!” Ao fim do projeto, tendo o mapa total em mãos, o Craig Venter e seus correlegionários caíram sentados em suas cadeiras desanimados: não era assim, são muitos e vários genes envolvidos em cada doença. Praticamente voltamos a estaca zero. Mas a obsessão em cima da genética não foi curada tambem. Prova disso é a própria sugestão do cientista neste artigo.

O método diferente que estou sugerindo resulta da minha pessoal leitura e interpretação dos modelos, formulas e mapas da Matrix/DNA Theory. Pois ali se deduz que tudo o que existe no corpo humano pertence a sistemas, os quais, as centenas ou milhares, se juntam formando um ultimo sistema final: o corpo humano. Acontece que temos a formula para um sistema natural perfeito, funcionando perfeitamente, sem qualquer disfunção, como são os casos das doenças. E esta formula é aplicada pela Natureza para organizar a matéria em sistemas, funcionais. Ora… então basta identificar-mos todos os sub-sistemas do corpo humano e compara-los com a formula para detectar onde esta o ponto diferente no sistema doente. Assim como fiz com o caso do ciclo do colesterol cuja figura esta na primeira pagina deste website.

A formula da Matrix/DNA esta sugerindo que doenças não tem como causa fundamental os genes. Não! Estes são apenas marionetes manipulados ao sabor de uma força muito maior que eles. Esta força é gerada nos atritos entre dois poderosos elementos: o sistema planetário dentro do solar em que tudo funciona como um relógio, um sistema perfeito, fechado em si mesmo, e suas crias, sistemas biológicos que funcionam diferente, são sistemas abertos e,  se movimentam por direções contrarias entrando em choque com os eflúvios do sistema estrutural. É este atrito que atua no genoma causando erros nas operações do DNA e defeitos nos genes que eram “saudáveis”. Vou tentar explicar isso pois pé muito fácil de entender. Não tem nada de astrologia, superstição, metafisica, aqui, tudo é muito simples resultado do trabalho de um filosofo naturalista cuja missão é buscar conhecimento das informações obtidas pelas Ciências Oficiais com seu método reducionista e ficar tentando conectar todas estas informações para tentar obter um grande quadro, e assim entender o significado, o motivo, da existência dos fenômenos que compõem a totalidade da Natureza, o Universo.

Porque é que de repente um sistema natural atrela a si mesmo, bombas, vai a uma praça publica e se explode?! Ora, a principio, a meta suprema de todo sistema natural, de átomos a galaxias a lagartixas a células, é conseguir o estado confortável e eterno do equilíbrio termodinâmico. O sistema corpo humano, assim como formigas e abelhas, dedica a vida a luta para conseguir um palácio, depois o mais vasto território em volta deste palácio, onde tudo funcione como num paraíso e ele é o senhor ou a rainha absoluta.  Bilhões de anos de evolução desde a primordial nebulosa de átomos não mudaram essa meta suprema, ela continua no ultimo sistema ápice desta evolução aqui nestas regiões do Universo, que é o ser humano. Então porque de repente um sistema sai totalmente fora desta longa cadeia de causas e efeitos que vem desde o Big Bang e faz algo totalmente sem sentido? A resposta esta na existência de um sistema, invisível, denominado sistema religioso cultural. Ele manipula seus sub-sistemas como marionetes. Assim como os genes são manipulados. O terrorista não atua mais por si mesmo, independente, ele é conduzido, pois caso contrario todas suas atividades visariam sobreviver e enriquecer.

Ate os 30 anos eu tive varias perigosas doenças. Aos sete anos peguei uma que não sei o nome ouvido na infância (tufo, tifo?), que fecha a garganta e se não correr ao hospital morre em 24 horas. Depois tive ulcera gástrica com cirurgia aos 28 anos. Depois duas malarias na selva aos 30 anos. Mas na selva elaborei as formulas da Matrix/DNA, resultou uma visão diferente de um quadro geral diferente, conclui que a vida surgiu aqui pela aca o de fótons-genes formando um software emitido pela galaxia, estas loucuras todas, que sugeriam que com meu cérebro apenas eu poderia captar certas parti culas de fótons-energia voando no espaço a minha volta, e que podia conduzir mentalmente estes fótons por canais de um complicado desenho do corpo humano… e passei a experimentar isso, sessões de 15 ou 60 minutos diários. Nunca mais, nos outros 30 anos precisei tomar nenhum comprimido para nada. Uma saúde e energia de ferro! Voltei a selva temendo pegar a terceira malaria que poderia ser fatal, mas que nada, gozei na cara dos mosquitos transmissores. Mera coincidência? Tambem as vezes penso que sim, mas… por via das duvidas, continuo de vez em quando praticando o método, pois em time que esta ganhando, não se mexe, por mais estupido e desmiolado que pareça ser o técnico do time. Eu estou com a mente cegamente centrada em “SISTEMAS”, uma grande diferença do meio acadêmico centrado cegamente em genes, nos estamos abordando este assunto das doenças vindos por caminhos diferentes.

O corpo humano é um sistema natural, produto de uma evolução que começou com o primeiro sistema celular, a qual foi produzida num longo processo de embriogênese e não abiogeneses, pelo sistema astronômico que nos envolve. Ou se encaixa nele… e tenha uma vida saudável,… ou não se encaixe nele, que sistemas equivocados pairando no ar te agarram, te inocula suas errôneas tendencias, e te leva a se explodir em praça publica, ou melhor, levam seus genes a aniquilar seu corpo inteiro.

O grande intelectual que foi uma antena da nossa especie, o ex-presidente da Checoslováquia, Vaclav Havel, uma vez disse: “Hoje entendemos os fundamentos da matéria em nosso corpo, nos mais microscópicos níveis. Sabemos tudo sobre nossos a tomos, nossas moléculas, nossas células. O método reducionista realizou um heroico e brilhante trabalho. Mas no entanto alguma coisa esta nos escapando. prova disso são as doenças milenares, cujas causas primeiras e suas curas continuam desconhecidas. Penso que esta coisa desconhecida esta numa outra dimensão, mais difícil de enxergar: a dimensão dos sistemas, mais exatamente, do corpo humano como sistema”. Na selva eu acho que entendi melhor o que ele quis dizer. Mas o problema é que o meio cientifico acadêmico, nossa cultura geral, esta se esquecendo, ignorando, a existência dos sistemas naturais. Tivemos a décadas atras algumas iniciativas tímidas, com Fritjof Capra tateando os sistemas na escuridão sem conseguir vê-los direito, no seu “O Tao da Física”. Tivemos a Margullis sondando as origens da célula sob uma tentativa de perspectiva sistêmica, em sua teoria simbiôntica. Depois um longo período de recesso ate que Bertalanffy surgiu com uma gigante obra, “A Teoria Geral dos Sistemas”. Uma grande quantidade de argumentos e evidencias, porem sem ainda explicar ou mostrar o que realmente é um sistema natural. Então alguns físicos e matemáticos como Rosemberg, Wiener, descobriram a cibernética, e desviaram a teoria dos sistemas naturais para a teoria dos sistemas artificiais. E neste ponto estão parados ate hoje. Se as doenças forem realmente produzidas pelo contexto das operações de sistemas, não esperem ajuda nos hospitais para doenças mortais por muito tempo ainda. A unica tímida tentativa que conheço estar militando no momento com uma proposta nova mostrando o que realmente é e como funcionam os sistemas naturais, esta vindo com um semi-macaco do meio da selva amazônica, num calhamaço de papeis sujos para embrulhar pão…  O macaco esta sozinho gritando nas ruas de New York e tentando mostrar os papeis para os transeuntes, mas ninguém para e ouve. Mas… é pegar ou largar… e aceitar a convivência com estes terroristas malignos dentre nos, porque o método da academia oficial não vai funcionar. Raios! Genes são punhados de átomos! O Richard Dawkins e sua turma ficaram malucos, perderam o controle de suas faculdades mentais, acreditando em coisas como “o objetivo supremo dos genes é se reproduzirem”. Átomos, moléculas, não podem possuir objetivos a serem alcançados no futuro por acoes deles aplicadas aqui e agora. Estão loucos?!!! E nos vamos ficar passivos, pagando caríssimo o preço desta loucura?! Por favor, de uma oportunidade ao macaco, ele não quer e não precisa de palácios, o que ele sonha é ver que as futuras gerações cantarão o nosso sucesso ao invés de chorarem o nosso fracasso! mexam-se comigo! Agora! Ja! Cada voz ecoando um pequeno murmurio inicial faz o murmurio se tornar conhecido! tens duvidas? Claro, eu tenho mais ainda! não acredito na Matrix/DNA, sou um filosofo, como Sao Tome, quero ver, apalpar, para acreditar. mas a coisa faz sentido. basta tentar conhece-la e entende-la.

Temos muito trabalho a fazer em equipe, mas a base de tudo é colocar os mapas da Matrix/DNA sobre a mesa e do lado os mapas de todos os sub-sistemas do corpo humano. Dentre os mapas da Matrix esta a formula da infra-estrutura de tudo isso que aqui esta, que é esta galaxia, por inteiro. A qual é a formula de um sistema perfeito fechado em si mesmo. E podemos consertar qualquer defeito em qualquer sub-sistema defeituosos tendo ao lado o desenho para um sistema funcionar perfeitamente. vamos assim identificar os pontos das disfunções, vamos rastrear os elementos externos que chegam aqueles pontos, vamos chegar a causa primeira, a raiz de tudo, e mandar para o inferno de uma vez por todas estes inimigos terroristas que tanto tem flagelado nossos irmãos de especie, aos quais damos os nomes de câncer, Alzheimer, diabetes, etc. Porque não participar desta causa, lutar por ela, convencer os que estão no controle dos instrumentos científicos, a apontarem-nos nesta outra direção? Se o método der certo, prometo que pago cerveja pra todo mundo!

( Obs: Devo continuar isto comentando cada item do artigo da BBC)

 

 

VANDANA SHIVA: Inserida na grande Causa da Humanidade

quinta-feira, novembro 28th, 2013

VANDANA SHIVA (mudar da agroindustria para a agroecologia)

Corporações promovem uma ditadura do alimento

DO BLOG DE ROBERTO ROMANO

IHU/Unisinos

Considerada a inimiga número um da indústria de transgênicos, a física e ativista indiana Vandana Shiva afirma que há uma ditadura do alimento, onde poucas e grandes corporações controlam toda a cadeia produtiva. E dá nome aos bois: NestléCargilMonsantoPepsico e Walmart.
“Essas empresas querem se apropriar da alimentação humana e da evolução das sementes, que são um patrimônio da humanidade e resultado de milhões de anos de evolução das espécies”, diz.
Crítica feroz à biopirataria, Shiva ressalta que a única maneira de combater o controle sobre a alimentação é o ativismo individual na hora de consumir produtos mais saudáveis e de melhor qualidade.
A entrevista é de Tatiane Ribeiro e Toni Sciarretta e publicada pelo jornal Folha de S. Paulo, 24-08-2013.
Eis a entrevista.
É possível alimentar o planeta sem usar transgênicos?
O único modo de alimentar o mundo é livrando-se das sementes transgênicas. Essas sementes não produzem alimentos, mas produtos industrializados. Como isso poderia ser a solução para fome? Só estão criando mais controle sobre as sementes. Desde 1995, quando as corporações obtiveram o direito de controlar as sementes, 284 mil fazendeiros cometeram suicídio na Índia. Nós perdemos 15 milhões de agricultores por causa de um design de produção agrária criado para acabar com a agricultura familiar.
Como mudar a alimentação do modelo agroindustrial para outro baseado na produção familiar e na distribuição local?
As pequenas fazendas produzem 80% dos alimentos comidos no mundo. As indústrias produzem commodities. Apenas 10% dos grãos de milho e soja são comidos por pessoas; o resto é ‘comido’ pelos carros, como biocombustíveis, e por animais. É possível elevar esses 80% para 100% protegendo a biodiversidade, a terra, os fazendeiros e a saúde pública. É apenas por meio da agroecologia que a produtividade agrícola pode aumentar.
Como as grandes corporações dominam a cadeia mundial de alimentos?
Se você olha para as quatro faces que determinam nossa comida, são todas controladas por grandes corporações. As sementes são controladas pela Monsanto por meio dos transgênicos; o comércio internacional é controlado por cinco empresas gigantes; o processamento é controlado por outras cinco, como a Nestlé e a PepsiCo; e o varejo está nas mãos de gigantes como o Walmart, que gosta de tirar o varejo dos pequenos comércios comunitários e com conexões muito diretas entre os produtores de comida e os consumidores. São correntes longas e invisíveis, onde 50% dos alimentos são perdidos.
Temos sim uma ditadura do alimento. A razão que eu viajei todo esse caminho até o Brasil é porque eu sou totalmente a favor da liberdade alimentícia, porque uma ditadura do alimento não é só uma ditadura. É o fim da vida.
Como as corporações chegaram a esse domínio?
Infelizmente, o chamado livre comércio trouxe a liberdade para as corporações, mas não para as pessoas. As corporações estão escrevendo as regras e se tornando os governantes.
Os direitos intelectuais acordados entre as organizações mundiais foram escritos pela Monsanto. Para eles, o problema era que os fazendeiros estavam guardando as sementes. E a solução que ofereceram foi dizer que guardar as sementes agora é um crime de propriedade intelectual. É isso o que dizem as regras da OMC. A Índia, o Brasil, a América Latina e a África deveriam dizer: ‘Você não pode patentear a vida porque a vida não foi inventada. Pare com a biopirataria’.
Até agora, a revisão dessas regras não foi permitida, o que mostra que essas corporações ditam as regras. E não é apenas na OMC. A Monsanto escreveu o ato de proteção para o orçamento nos EUA.
O vice-presidente da Cargill foi designado para escrever a lei de comércio e agricultura dos EUA.
É possível modificar esse cenário?
A única maneira de reverter essa situação é cada pessoa fazer seu papel de recuperar a liberdade e a democracia do alimento. Afinal, cada um de nós come duas ou três vezes ao dia. E o que nós comemos decide quem somos, se nosso cérebro está funcionando corretamente, ou nosso metabolismo está saudável ou, se por conta de micronutrientes, estamos nos tornando obesos. Isso afeta todo mundo: os mais pobres porque lhes foi negado o direito à comida; mas até os que podem comer porque não estão comendo comida. Chamo isso de anticomida, porque a comida deveria nos nutrir. A comida mortal que as corporações estão trazendo para nós destrói a capacidade da comida de nos nutrir e no lugar disso está nos causando doenças.
Cada um de nós deve se tornar um forte ativista da liberdade da comida e das sementes no nosso dia a dia. O que significa que temos que apoiar mais os fazendeiros e a agroecologia. Devemos ser comprometidos com a alimentação saudável.
Qual a importância do Brasil nesse jogo?
O Brasil tem um papel muito importante. De um lado, está uma agricultura altamente destrutiva e irresponsável, mantida pelas corporações, levando transgênicos, produtos químicos e piorando a fome. Do outro lado, está o modelo agroecológico, caracterizado pela diversidade, conhecimento popular, o melhor da ciência, e levando efetivamente comida às pessoas. Essa disputa está ocorrendo justamente aqui, no Brasil.
Provavelmente, o Brasil tem a maior proporção de diversidade de alimentos em sua agricultura. No entanto, a maior parte não é usada para a alimentação humana. Por exemplo, as plantações de cana-de-açúcar e soja vão para a alimentação de animais e para fabricação de combustíveis.
O Brasil é parte do que eles chamam de Brics. Eu não gosto de ‘tijolos’. Eu prefiro plantas. Mas é um forte jogador na cena global, e os jogadores vão decidir como os outros jogam.
Qual o papel da sociedade urbana em relação à agricultura familiar?
É muito feliz. Não porque eu acredito que as áreas urbanas têm mais riqueza e mais poder, mas porque, por terem mais riqueza, têm mais responsabilidade. E porque eles controlam a tomada de decisões, tanto em termos de governamentais como a sua própria atitude em termos de consumo. Se eles mudassem sua postura de consumo para longe das corporações, comprando, sim, alimentos dos pequenos produtores, eles ajudariam não apenas o agricultor familiar, mas também ajudariam a Terra e seus próprios corpos.
Recentemente o presidente da Nestlé afirmou que é necessário privatizar o fornecimento da água. Quais as consequências desse processo?
Tudo que é essencial à vida desde o começo da história, em todas as culturas, tem sido reconhecido como pertencente à sociedade. E isso inclui a semente, porque a semente é a base da comida, inclui a água porque água é vida. E são esses recursos que essas corporações gigantes querem enclausurar. Essas são as novas inclusões comerciais. Assim como na Inglaterra, eles enclausuraram a terra, e a tiraram dos camponeses para terem a revolução industrial.
Hoje, as corporações gigantes estão assumindo os bens comuns que são as sementes, a biodiversidade, a água. Quando a Nestlé diz que é necessário privatizar a água, eles estão, obviamente, pensando na necessidade de aumentar os lucros deles. Eles não estão pensando na necessidade dos aquíferos de serem sustentados e recarregados, porque corporações somente podem construir uma economia extrativa. Se eles privatizam a água, eles vão somente tirar a água para eles, o que significa que as comunidades locais são deixadas sem água. Então é um assalto.
As Nações Unidas têm de reconhecer que o direito à água é um direito humano. A Coca-Cola agora quer entrar no meu vale, um vale lindo no Himalaia, chamado Dune Valey. Em maio nós iniciamos uma campanha porque a privatização da água por essas empresas de engarrafamento significa, primeiro, que o direito universal à água é destruído. O aquífero, que pertence a todos, está agora engarrafado numa garrafa de 10 rupis que pode é acessível só aos ricos. Os pobres bebem apenas água contaminada.
A segunda coisa é que ela destrói água, e eu não sei por quanto tempo essa mineração poderá aguentar. A terceira é que ela polui. Sobram poucas fontes de águas puras, e, se eles realmente se importassem, deveriam limpar o pouco que sobra, ao invés de roubar o que resta limpo. Isto é roubo de água e, portanto, um crime contra a humanidade.
Essa dependência da Coca-Cola é um dos vícios da vida moderna. Nós temos muito mais bebidas saudáveis.
Na Índia, começamos uma campanha para as avós ensinassem aos seus netos as bebidas geladas que elas costumavam fazer. Somos um país tropical, sabemos como transformar qualquer fruta em uma bebida saborosa: um suco de manga crua, que é ótimo para prevenir insolação, uma mistura maravilhosa de sete grãos, que é como uma refeição completa e, se tomada no café da manhã, você não precisa de mais nada. As bebidas venenosas que são vendidas pela Nestlé e pela Coca-Colaroubam o nosso dinheiro, a nossa água e a nossa cultura.
Qual é a forma alternativa à globalização?
Originalmente, o livre comércio deveria reconhecer a liberdade de todas as espécies e por isso não destruiria nenhuma espécie nem ecossistema. Originalmente, o livre comércio reconheceria os direitos dos camponeses e dos povos indígenas e, por isso, não iria cortar as raízes. Reconheceria também os direitos dos pequenos agricultores familiares e iria cuidar para que existam preços justos, ao invés de tentar debilitar o preço por meio de dumping e jogando fora os produtos.
Um verdadeiro livre comércio seria a liberdade para as pessoas e não a liberdade para as corporações. O que nós temos agora é uma corporatização global com uma negligência total, uma destruição negligente e desatenta. O que precisamos é uma consciência livre que esteja profundamente ciente de nossa interconexão com outras espécies, outras culturas e com toda a humanidade. Temos que ser conscientes do dano que fazemos aos outros. Dessa forma, não vamos incrementar o tamanho de nossa pisada ecológica, mas vamos a reduzi-la.
E, na alimentação, a única forma em que você pode reduzir sua pisada é de mudar de agroindústria para agroecologia, mudar da distribuição global para distribuição local, mudar de um sistema violento, que depende do governo corporativo, para um sistema pacífico, que depende da comunidade e da solidariedade. No momento em que mudamos para isso, a pisada se reduz. Podemos ir do industrial e global para ecológico e local.
Como acelerar o processo de alinhamento entre os vários movimentos para um estilo de vida mais sustentável?
Agroecologistas, camponeses e agricultores familiares são, na minha opinião, os maiores, protetores do planeta. É o momento de os movimentos ecológicos perceberem que os verdadeiros ambientalistas são os agricultores, que realmente reconstroem o solo, que fazem o cultivo de uma forma que os besouros não sejam mortos, que protegem a água.
E o movimento pela saúde tem que perceber que os agricultores são os médicos, que fazer crescer comida saudável é a melhor contribuição que podemos fazer. No momento em que fazemos essas conexões, existe uma nova vida, porque a vida cresce por meio de inter-relações.
XXXXXX
Pesquisa:
Wikipedia:

Vandana Shiva (Hindi: वंदना शिवा: born 5 November 1952) is an Indian environmental activist and anti-globalization author.[1] Shiva, currently based in Delhi, has authored more than 20 books.[2] She was trained as a physicist and received her Doctor of Philosophy (PhD) in physics from the University of Western Ontario, Canada, in 1978 with the doctoral dissertation “Hidden variables and locality in quantum theory.”[3][4]

She is one of the leaders and board members of the International Forum on Globalization, (along with Jerry ManderEdward GoldsmithRalph NaderJeremy Rifkin, et al.), and a figure of the global solidarity movement known as the alter-globalization movement. She has argued for the wisdom of many traditional practices, as is evident from her interview in the book Vedic Ecology (by Ranchor Prime) that draws upon India’s Vedic heritage. She is a member of the scientific committee of the Fundacion IDEAS, Spain’s Socialist Party’s think tank. She is also a member of the International Organization for a Participatory Society.[5] She received the Right Livelihood Award in 1993, and numerous other prizes. (continuar a ler)

 

 

Questão: “O Trabalho Produtivo Obrigatório” versus “O Tempo e Método para Evolução da Auto-Consciência em Todo Ser Humano”. Um dos Assuntos mais Importantes para a Humanidade

quarta-feira, novembro 27th, 2013

https://www.facebook.com/photo.php?fbid=551466904935969&set=a.160124877403509.40503.106680532747944&type=1&theater

The Zeitgeist Movement Global

Incrível, mas este assunto me esta levando a descobrir de onde veio e o que é estas coisas que chamamos de amor e porque o bem deve sempre vencer om mal…

Não tem como escapar disto: Antes de cada ser humano nascer já havia uma sentença, uma especie de condenação, sobre sua vida, decretada pela Natureza, seja pelo jeito insensível dela ser, ou seja por uma causa alheia a Ela – como a interferência de forças supernaturais, talvez deuses conscientes ou não, talvez possíveis nossos espíritos vivendo em outras dimensões – ou talvez por algum erro de nossos ancestrais – sejam estes ancestrais os átomos, as galaxias, ou as bactérias – o fato e que esta condenação faz parte inexorável do ser vivo, não tem como ignora-la e não tem argumento contra. “Es filho da Necessidade, e deveras comer o teu pão, fazer a tua casa, ter a sua roupa, tudo o que consumires, com o suor de teu rosto, a tortura de seu corpo no trabalho obrigatório, realmente produtivo com tuas próprias mãos!” ( É por saber disso, que obtenho de repente um alento de energia e venço a preguiça, o desconforto, pego meu casaco e saio no tempo frio, chuvoso no meio da noite, para trabalhar, transportando as pessoas que estão trabalhando nos serviços públicos, nos restaurantes, nos hospitais para o trabalho ou para casa: eu tenho que fazer isto mesmo que eu tenha dinheiro no banco para ficar em casa alguns anos, pois se eu na o produzir o que consumo, alguém outro meu irmão ou minha irma, humanos, serão sobrecarregados e alem de produzirem o que consomem, terão que produzir o que consumo. Pois nada cai do céu de graça! E eu posso ser errado como for, mas isto, de ser um parasita, um predador, de outro ser humano… jamais!)

Apenas a habilidade de certas especies, como as abelhas, as formigas, os humanos, em organizarem-se em sociedades, e o gênio cientifico e tecnológico dos humanos, podem amenizar os efeitos desagradáveis desta condenação, porque dois humanos juntos, ou um humano com instrumentos que sejam extensões de seu corpo, podem produzir três ou mais quantidades de algum produto para consumo, enquanto, no mesmo período de tempo e com mais tortura física, um só e separado, e sem ferramentas,  só pode produzir uma quantidade. isto chama-se “sinergia”, e o método para obtê-lo melhor chama-se “cooperativismo”.

A Historia do Universo, na versa-o em que interpretei os mapas da formula da Matrix/DNA, sugere que esta condenação já existia para as primeiras partículas de matéria surgidas logo apos o Big Bang. E a maneira como esta versão da Historia explica, da para captar-mos um sentido logico e racional no porque tem que existir esta condenação, como um mal necessário, para nossa própria salvação de nos mesmos. Pois no principio era o caos – tanto diz isso a Ciência Oficial quanto varias religiões, inclusive a Bíblia. Ao calcular esta Historia em cima dos mapas da Matrix/DNA percebi que o quadro final sugerido por ela, do que deve ter se passado nas origens do Universo, coincidia com uma teoria brilhante elaborada por um gênio da Física e que ganhou o Premio Nobel por isso, chamado Hideki Yukawa, onde ele tenta explicar como funciona o mecanismo que mantem as parti culas pro tons e nêutrons ligados dentro dos nucelos dos átomos, e que da consistência a este mundo material – a chamada teoria da cola nuclear. Vindos por caminhos tao diferentes ( Hideki vindo dos ambientes acadêmicos universitários e eu vindo da selva amazônica!) chegamos os dois a mesma Roma (todos os caminhos – inteligentes – levavam a Roma), frente a frente, com o mesmo quadro, a mesma cena.

Vórtices fantasmagóricos pipocavam neste espaço-tempo onde hoje esta o Universo, pareciam bolhas, existiam por alguns milionésimos de segundo e desapareciam. Se não houvesse esta condenação, o Universo não existiria, muito menos nos, como veremos a seguir. Pois o Universo teria sido apenas um mero projeto, sem sair da folha de papel, e teria ficado patinando naquele estado de bolhas contendo vortices aparecendo e desaparecendo infinitamente. Assim não conseguiam se fixarem para se tornarem matéria.

Mas tinham um segredo, importantissimo. Eram divididos em dois grupos, duas especies, ao mesmo tempo simétricos e assimétricos entre si. Eram – os dois grandes grupos – simétricos entre si porque tinham a mesma forma, as mesmas propriedades, assim como dizemos que homens e mulheres são simétricos entre si porque possuem a mesma forma humana, e possuem a mesma essência de onde emana suas propriedades como sistemas que aso, sendo essa essência o DNA. Mas os dois grupos de vórtices eram assimétricos entre si, ou seja, um exatamente oposto ao outro, nas tendencias, nas direções, nos movimentos, nas intenções, nos objetivos.  Em genética, mais tarde essa dualidade aparece com os nomes de fenótipo (simetria) e genótipo ( resultado das operações entre genes com tendencias assimétricas). Desta maneira, enquanto um grupo ( vamos chama-lo de grupo A) surgia como um ponto pequenino, que se expandia como uma espiral enchendo-se de energia, ate tornar-se como uma bolha e arrebentar, explodir, por excesso de energia, em 17 milionésimos de segundos, ou seja, para nos, um vapt-vupt! O outro grupo, chamado grupo B. era exatamente o contrario: surgia como uma bolha que dentro tinha uma espiral, grande, mas como acontece quando soltamos um balão cheio de ar com o bico aberto no ar e ele rodopia esvaziando rapidamente, os grandes vértices se encolhiam chegando ao tamanho do ponto e desapareciam por falta de energia. Um morria por excesso, o outro morria por falta. Assim nunca teríamos um Universo manifestado materialmente. E esta situação foi repetida em todos os estados do Universo, seja quando ele era apenas uma nebulosa de átomos, ou como é agora um conglomerado de aglomerados de galaxias, e repetida notadamente no aspecto sexual dos humanos: a menstruação nas mulheres e a ejaculação livre nos homens não produzem bebes. Se assim continuar pela vida toda um homem ou uma mulher, não se fixa uma população da especie.

Assim a cena naquele tempo para um hipotético observador seria o céu resplandecendo de estrelas cadentes, pontos luminosos que surgem parece que do nada e se movem rapidamente deixando um rastro desaparecendo assim como surgiram. Mas como eram muitos elementos brilhantes ao mesmo tempo e alta movimentação, trombavam-se um com outros, esquentando o Universo pela friccao, e isso foi interpretado como “no Principio era o Caos”. A mesma coisa acontece nas origens dos sistemas sociais dos seres vivos, onde os elementos mais brigam entre si, disputando território, fêmeas, alimentos, do que se reúnem pacificamente.

Os vórtices-bolhas não surgiam sem uma causa, e esta causa só poderia ser a de tentar ampliar seus tempos de existência aqui, fixarem-se permanentemente. E por algum motivo o espaço e tempo nesta região onde esta o Universo se expandia ( na nossa teoria sobre a luz original inicial emitida pelo Big bang penetrando a dark matter existe uma boa explicação do porque ocorria esta expansão). Esta expansão possibilitava que os vórtices-bolhas desenhassem sua trajetória no espaço mais completas, sem trombar com suas congeneres, e com isso, diminuindo as fricções, diminuía a temperatura geral, o que significa que os movimentos tornam-se mais lentos. E então começou a acontecer algo inusitado: antes de morrerem, dois vórtices contrários entre si se juntavam, formando um só, e se fixavam por mais tempo, ampliando seu período de existência. É o que Hideki teorizou do que acontece no núcleo dos átomos. E aqui começamos a entender porque existem hoje homens e mulheres e porque um precisa do outro! Um próton é uma parti cula carregada de energia, enquanto a seu lado tem um nêutron, outra partícula, quase sem energia, a maior parte sendo massa. Então o proto emite um sinal, que leva parte do excesso de sua energia, na direção do nêutron, que o absorve. Ao fazer isto o próton tende a se estabilizar perdendo o excesso e o nêutron tende a se estabilizar corrigindo sua falta de energia. Mas os dois não conseguiriam parar essa tendencia e o próton iria se esvaziar ate desaparecer, transferindo toda a energia ao nêutron que iria se encher ate arrebentar. Acontece que quando chega a um certo ponto, o próton não é mais um próton, torna-se um nêutron, enquanto o nêutron não é mais um nêutron, tornando-se um próton. Agora a coisa se inverteu. O que era nêutron e tornou-se próton vai explodir por excesso, mas antes disso acontecer ele devolve o sinal carregando energia ( cujo nome é Pion). Este equilíbrio se fixa, forma-se os nucleos de atomos, e grassas a isso existe a matéria e existimos nos. Tanto é que se fosse colocado uma lamina entre todos os prótons e nêutrons em todos os núcleos de átomos, o Universo desapareceria no Nada imediatamente!

Fantástico, não é? E lindo de morrer! Ha mais coisas neste mundo do que poderíamos imaginar.

O motivo que fazia os vortices-bolhas se entrechocarem eram seus movimentos com direções opostas, sua assimetria, pois se todos seguissem a mesma direção, teríamos uma caravana de indivíduos caminhando paralelamente, lado a lado, ate morrerem, e novamente, nunca haveria um Universo.  Enquanto num grupo, todos giravam da esquerda para a direita (spin right), no outro grupo todos giravam da direita para a esquerda ( spin left).  Esta oposição entre eles era devido a suas sete propriedades, que na Fisica chamamos de forças naturais brutas. Então estas sete forças brutas eram dividias em dois grupos exatamente opostos entre si: se um tinha a tendencia a expansão (balão vazio se encendo), o outro tinha tendencia a contração (balão cheio se esvaziando). Isso, com a evolução, veio parar nos seres humanos na forma de tendencias dos caráteres. A divisão ente egoismo (balão em contração), e tendencia a altruísmo ( balão em expansão). A tendencia do macho em aventurar-se no desconhecido ( expansão) e a tendencia da fêmea em construir e se afixar no nucleo familiar domestico (contração).  Com isto você pode melhor entender quando houve os cientistas falando daquelas forças naturais. Nos atomos a forca de expansão é a forca nuclear fraca e a forca de contração é a forca nuclear forte. Na minha interpretação da formula da Matrix/DNA, tenho suspeitado que a forca gravitacional, que puxa tudo para a Terra ou mantem funcionando o nosso sistema solar,  é o aspecto “tendencia a contração”. Mas se existe a forca gravitacional assim, então tem que existir sua contraria, e qual seria ela? Esta força ainda desconhecida que esta fazendo o Universo se expandir? Na minha teoria. a força de expansão é causada pela luz original emitida pela mesma fonte que produziu o Big Bang, a qual se expande penetrando uma certa substancia que preenche o espaço, que pode ser uma especie de éter ou então o que estamos descobrindo agora, essa tal de matéria e energia escura. Na minha teoria. essa luz dividida em frequências de diferentes vibrações, quando avança, separa essa substancia espacial em por coes, cada qual numa diferente vibração. Mas tudo o que avança, retorna, então, ao alcançar o estado da ultima onda, ela retorna ao Big Bang na forma de energia escura, luz negra, ou negativa. Mas cada porcão ficou numa diferente vibração e com o retorno, todas as porcões tendem a se recomporem como uma só novamente, porem fazem isto primeiro atraindo as porcões vizinhas na onda onda inicial, e essa atracão entre vibrações vizinhas é que fazem o sol atrair planetas na sua orbita, a terra atrais matria ao seu núcleo, etc, ou seja, a forca gravitacional.

Alem das tendencias opostas de movimentos e direções, cada vórtice-bolha tambem apresentava um extremo da s outras cinco forcas naturais, por exemplo, se uma tendia a movimento retilineo uniforme, a outra tendia a movimento curvelineo acelerado, e assim por diante. Esta oposição em tudo faziam-nas se entrechocarem violentamente, como inimigas entre si, era um estado de guerra permanente, no incio, pois ambas tinham a mesma forca final, e ninguem ganhava nenhuma guerra. mas as guerras vão instalando o caos nos dois lados, a todo o ambiente, prejudicando os dois lados, que vão enfraquecendo, ficando moribundos, e assim, menos propensos a violência. passam a ter a ter vontade de fugir das batalhas. Começam a entender que estão perdendo, ambos estão perdendo. As batalhas começam a rarear, os contendores começam a se fitarem, exaustos, com cara feia um para o outro, mas vendo o outro moribundo, se arrastando, assim como a si próprio, e aqui começa a nascer o que denominamos “empatia”. Seja como for, num belo dia caíram tanto que caíram lado a lado e se esperneando para se levantarem, se misturaram e descobriram que se levantaram apoiando no outro. Isto é lindo! Parece-me que estou vendo os dois, spins right and left, naquela situação, e torna-se impossível evitar que meus olhos comecem a ficarem molhados…

Homem e mulher! Condenados pela Natureza a serem escravos do trabalho, … para prenderem a se amarem! Sem esta condenação… suprema, eterna, não teríamos chegado onde estamos, sem sociedades, sem amores, sema as alegrias destes amores. Bendita seja a inteligencia que nos condenou desta maneira!

( Epa… o telefone toca, clientes me chamando ao trabalho, tenho que parar isso aqui agora, para voltar e terminar depois. Nem vai dar tempo para corrigir os erros deste teclado faltando metade das teclas e que só fala inglês sem acentos. Mas se alguem estiver lendo, acho que vai ter bom assunto em que pensar e talvez ate vá ao meu Facebook deixar sugestões para abrilhantar este artigo. Ba noite…)

Ah… enquanto isso temos que ler as centenas de comentarios no facebook com link acima para saber o que o povo pensa a respeito do dito pelo grande Fuller)

 

 

 

 

 

Cérebro e Diabetes, Novos Circuitos para Matrix/DNA Pesquisar

sábado, novembro 23rd, 2013

Brain may play key role in blood sugar metabolism and diabetes development

http://www.washington.edu/news/2013/11/06/brain-may-play-key-role-in-blood-sugar-metabolism-and-diabetes-development/

UW Health Sciences and UW Medicine – November 6, 2013

XXXXXX

A growing body of evidence suggests that the brain plays a key role in glucose regulation and the development of type 2 diabetes, researchers write in the Nov. 7 ssue of the journal Nature. If the hypothesis is correct, it may open the door to entirely new ways to prevent and treat this disease, which is projected to affect one in three adults in the United States by 2050.

the brain was originally thought to play an important role in maintaining normal glucose metabolism 

Pesquisa:

glucose metabolism

XXXXXX

With the discovery of insulin in the 1920s, the focus of research and diabetes care shifted to almost exclusively to insulin. Today, almost all treatments for diabetes seek to either increase insulin levels or increase the body’s sensitivity to insulin.

Pesquisa:

insulin

XXXXXXXX

“These drugs,” the researchers write, “enjoy wide use and are effective in controlling hyperglycemia [high blood sugar levels], the hallmark of type 2 diabetes, but they address the consequence of diabetes more than the underlying causes, and thus control rather than cure the disease.”

New research, they write, suggests that normal glucose regulation depends on a partnership between the insulin-producing cells of the pancreas, the pancreatic islet cells, and neuronal circuits in the hypothalamus and other brain areas that are intimately involved in maintaining normal glucose levels.

Pesquisa:

insulin-producing cells of the pâncreas

 the pancreatic islet cells

neuronal circuits in the hypothalamus

XXXXXXXX

One such mechanism by which the system promotes glucose uptake by tissues is by stimulating what is called “glucose effectiveness.” As this process accounts for almost 50 percent of normal glucose uptake, it rivals the impact of insulin-dependent mechanisms driven by the islet cells in the pancreas.

The development of type 2 diabetes appears to involve the failure of both systems, the researchers say. Impairment of the brain-centered system is common, and it places an increased burden on the islet-centered system. For a time, the islet-centered system can compensate, but if it begins to fail, the brain-centered system may decompensate further, causing a vicious cycle that ends in diabetes.

Boosting insulin levels alone will lower glucose levels, but only addresses half the problem. To restore normal glucose regulation requires addressing the failures of the brain-centered system as well. Approaches that target both systems may not only achieve better blood glucose control, but could actually cause diabetes to go into remission, they write.

Comentário:

Portanto isto é questão de equilíbrio de um inteiro sistema, e isto envolve comparações com a formula da Matrix/DNA

In addition to Schwartz, the authors of the Nature paper “Cooperation between brain and islet in glucose homeostasis and diabetes

Imagem da NASA pode ser Evidencia da Matrix/DNA no Cosmos

sexta-feira, novembro 22nd, 2013

 

The impact of sloshing on the intra-group medium and old radio lobe of NGC 5044

http://arxiv.org/abs/1310.2163

CORNELL UNIVERSITY LIBRARY

arXiv.org > astro-ph > arXiv:1310.2163

Ewan O’SullivanLaurence P. DavidJan M. Vrtilek

(Submitted on 8 Oct 2013 (v1), last revised 23 Oct 2013 (this version, v2))
Artigo encontrado a partir do Google+, na pagina:

https://plus.google.com/u/0/

Friends of NASA

Meu Comentario postado em FRIENDS OF NASA:

t seems to me we are watching here the birth of a new cluster of galaxies from an atomic nebulae. The astronomical model of Matrix/DNA introduces a formula that Nature is using for organizing inertial matter into working systems and observing this image remember me that formula: the bright center is F1, the green filament is F2, F3, the massive blue omage at lower right is the entropic matter from F6 and F7. The explanation about the asymmetry is that any system is shared in left and right face where the amount of matter is equal but the concentration is not. By the way, the Matrix/DNa model suggests there are two process for galactic formation, like there were two process for cell systems formation, and we don’t know if this galaxy is obeying the first or the second process.

XXXXXX

CREDITOS DA IMAGE:

  • Title Hot gas sloshing in a galactic cauldron
  • Released 18/11/2013 9:57 am
  • Copyright E. O’Sullivan & ESA
  • Description

Insightful Imagem do DNA

terça-feira, novembro 19th, 2013

Imagem encontrada em:

http://www.td.com/document/PDF/corporateresponsibility/Diversity-in-TDs-Cultural-DNA-Article.pdf 

Building Diversity Into TD’s Cultural DNA

A Radiação Cósmica é a Onda de Luz Vital do Big Bang?!

segunda-feira, novembro 18th, 2013

(Artigo sob construcao, leitura e pesquisa em andamento)

Big Bang pode ter sido o fim de um outro Universo

http://www.galeriadometeorito.com/2013/08/big-bang-pode-ter-sido-o-fim-de-um.html?spref=fb

Notas extraídas do artigo (os grifos são meus):

 O trabalho foi em parceria com o armênio Vahe Gurzadyan, da Universidade Estadual de Yerevan. Há três anos eles analisam dados do satélite WMAP. A sonda americana foi projetada para fazer um mapeamento universal da radiação cósmica de fundo (conhecida como o “eco” do Big Bang), gerada quando o Universo tinha menos de 400 mil anos de existência, e detectado pelo satélite na forma de micro-ondas.

Penrose e Gurzadyan já diziam, desde 2010, que conseguiram detectar pequenas flutuações na radiação cósmica de fundo, na forma de círculos concêntricos.

Isso, segundo eles, seria resultado da colisão de buracos negros gigantes, numa época que precedeu o Big Bang, ou seja, seria implicação de que o Universo já existia, em outra forma, antes do período de expansão que conhecemos e observamos hoje.

Os cosmólogos constataram, com alguma surpresa, que os círculos apontados por Penrose e Gurzadyan estavam de fato lá, e haviam passado despercebidos até então. Entretanto, realizando simulações de como seria a radiação cósmica de fundo com base na cosmologia clássica -para a qual tudo começa no Big Bang-, constataram que os círculos também apareciam.

Ou seja, o fenômeno era real, mas a parte que dizia respeito a outro universo antes deste parecia ser apenas elucubração da dupla.

Penrose e Gurzadyan agora retornaram com a divulgação do Universo Cíclico, mas desta vez, com novas evidências. Em uma análise mais profunda dos círculos, publicada recentemente no “European Physical Journal Plus”, eles concluem que o padrão observado se encaixa melhor na hipótese de um universo cíclico, com eventos que antecedem o Big Bang.

Meu comentario postado no artigo:

Anônimo –  15 de novembro de 2013 07:26

O Big Bang emitiu ondas de luz que penetram a substancia inerte que preenche o espaco imprimindo movimentos que sao a base da dinamica dos ciclos vitais. Portanto a luz contem o codigo ra Vida. Se a radiacao cosmica apresenta estas ondas concentricas, entao ela e a propria luz. Isto e o que estao sugerindo os modelos da Matrix /DNA Theory.

XXXXXX