Archive for novembro 12th, 2013

Geração Espontânea ao Acaso pela Ciência Acadêmica x Transformação de Pulsar em Supernova pela Matrix/DNA

terça-feira, novembro 12th, 2013

Nov 12, 2013

Colorful Newborn Star

Wired Space Photo of the Day

  • By Wired Science Staff
  • 01.01.13
  • 6:30 AMdensas áreas de

Esta recente foto do espaço foi obtida por um jogo de controles de lentes tentando ver objetos distantes ocultos em densas áreas de gases e poeira. Nossa dificuldade na busca de explicações é aumentada devido a relatividade do tempo: qualquer movimento na formação de astros deve tomar milhões ou bilhões de anos, por isso não podemos ver causas e efeitos, apenas a imagem do momento. Então são elaboradas teorias explicativas, e no link acima esta exposta a teoria da astronomia oficial. Esta teoria não tem qualquer compromisso em explicar o estado do mundo na forma de sistema solar e galáxia que produziu a Vida na Terra, pois assim como acreditam que a Vida surgiu por acaso, também acreditam  que seus criadores – o sistema solar e a Via Láctea – surgiram ao acaso, por geração espontânea.

As interpretações humanas dos fenômenos naturais observados são muito importantes na nossa vida do dia a dia, pois estas interpretações formam as visões de mundo das pessoas, suas ideologias, religiões, etc. E geram ditadores, altruístas, assassinos, santos, preguiçosos mentais ou trabalhadores egoístas, etc., que fazem a historia humana e perturba nossas vidas.

Eu jamais imaginei que entraria nesta área de elaborar teorias e modelos astronômicos – meu negocio era a mera observação das conexões entre sistemas naturais na selva amazônica –  mas comecei a procurar no estado do mundo na época das origens da Vida e destes sistemas biológicos, as causas, forças e elementos que teriam deflagrado esta criação.  Então tive uma ideia simples, infantil, ingênua mesmo: anatomia comparada entre os sistemas não-vivos antes das origens da Vida e dos sistemas vivos que surgiram dentro daqueles sistemas. O resultado foi um diferente modelo astronômico, o qual soma-se aos outros modelos de uma teoria geral, denominada “Matrix/DNA”. O nosso modelo esta sugerindo uma diferente explicação para a imagem acima, e como ninguém tem mais de 1 bilhão de anos, portanto nunca ninguém assistiu como acontecem as formações de sistemas astronômicos, nem estrelas, planetas, pulsares… é teoria contra teoria. Apenas o tempo será o juiz…

A seguir, o comentário que postei na Wired pois tem que ter alguém lembrando os jovens estudantes, os incautos e mal informados que a explicação dada no artigo não é um fato cientifico, é apenas uma teoria com imensas possibilidades de estar errada. Concordo com a teoria de que fomos feitos do material das estrelas, mas levanto a questão: de que material são feitas as estrelas. Pois acreditar que uma simples, deformada, caótica, nebulosa de gás e poeira formou um sistema que deu o inimaginável salto evolutivo para criar a complexidade da Vida que vejo aqui e agora dentro desta galáxia…  é preciso mais apelo a pensamentos mágicos do que fizeram os místicos e religiosos. No nosso modelo astronômico – que é muito mais complexo do que o modelo da astronomia oficial –  o material que formou as estrelas tinha todos os ingredientes para produzir o resultado visto aqui e agora.

Avatar

TheMatrixDNA

 “how other stars might form in this gaseous, dusty, and thus fertile, ground for star-making.”

This theoretical interpretation must be wrong and the consequence is that our understanding about our own star – the Sun – must be based upon a wrong model. Any spinning nebulae must create a central vortex first of all, not a final star. Noboy has enough data for proving any model and there are others models, that makes sense. The Matrix/DNA astronomic model suggests that supernovas (new stars) are produc of transformation due evolution from pulsars.