Archive for março 10th, 2015

Clarity: O cérebro Transparente!

terça-feira, março 10th, 2015

xxxx

CLARITY brain

A three-dimensional rendering of clarified brain imaged from below (ventral half). A fly-through video of rodent brain is available here. ( see link below) Courtesy of the Deisseroth lab

( Video no Youtube: https://www.youtube.com/watch?v=5xsVGRgx9IU&feature=youtu.be

Ironicamente a cabeça humana conseguiu saber quase tudo o que existe no mundo exterior fora dela, mas não conseguiu quase nada saber o que ela tem dentro, ou seja, quem ela é. Pouco sabemos da enorme complexidade do cérebro humano porque ele parece uma caixa prêta. Apenas se vê seu exterior. Para se ter uma idéia do que ainda precisamos conhecer e as surpresas que nos aguardam a fórmula da Matrix/DNA para o cérebro como sistema natural que é está me sugerindo que  cada pensamento funciona como um… ser vivo! Ou seja, ele nasce como um bebê após um estimulo externo que funciona como um espermatozoide chega e fecunda a região central do hipocampo, dirige-se para o hemisfério esquerdo onde cresce ao atravessar uma massa de neurônios-memória e alimentar-se neles, torna-se criança, jovem, e sai do hemisfério esquerdo entrando no cortex cerebral no topo mais alto do cérebro. Aqui o pensamento se torna como um adulto jovem sexualmente maduro e pode bifurcar-se em dois circuitos. Se o pensamento é daqueles importantes para nós, afetando algum aspecto da nossa vida aqui e agora, um circuito desce direto do cortex rumo ao hipocampos onde será guardado tambem na memória e pode gerar novos pensamentos-filhos. Se não é importante e apenas divagação momentânea, o circuíto sai do cortex e penetra no hemisfério direito. Se é um pensamento não importante para a vida material aqui e agora, mas algo meio intelectual/filosófico que deve ser acrescentado a um outro nível superior da mente e ali mantido, ao entrar no H.D. ele se transforma num elemento luminífero assim como quando se acende uma nova estrela supernova no céu. Absorvido nesta desconhecida esfera – que deve estar na dimensão da fórmula Matrix quando ela se apresenta como pura luz natural invisível a nós que veio por fótons das estrêlas, e daí veio do Big Bang, e daí veio do antes do Universo – seu resto químico-elétrico continua descendo em estado de degeneração até morrer desaparecendo nas regiões inferiores do H.D. Ou seja, cada pensamento faz exatamente os caminhos da fórmula da Matrix/DNA e manifesta-se como um sistema em si mesmo.

Mas retornando aos ensinamentos da Ciência Oficial, tem-se aplicado o método de cortar o cérebro em pedaços, cada vez menores, observando estes pedaços e montando sua anatomia interna. Tambem os métodos de filmagem dos circuitos elétrico-químicos ou sinapses por técnicas como o MRI, etc.  Mas estas técnicas trouxeram pouco entendimento. Tentou-se então um sistema parecido com o Raio-X mas não apenas para fotografar ossos e órgãos mas tambem as mais possíveis pequenas moléculas. Existe um sério problema para essa técnica: uma substancia chamada …. está espalhada em todo interior do cérebro como se fossem muros ou paredes impenetráveis pela luz. Lutou-se então para extrair-se esta substancia por meio de orifícios sem cortar ou deformar o cérebro, pois para se entender realmente o cérebro é preciso vê-lo por inteiro em três dimensões. Foi aí que surgiu… Clarity! Vamos explicar o que é traduzindo-se o artigo a seguir, depois de mostrar nosso comentário postado no vídeo do Youtube:

Meu comentário postado no Youtube:

Louis Charles Morelli – March, 10, 2015

1 second ago

That’s good for Matrix/DNA Theory’s models for brains.We know that the brain is a new shape of the old natural system that is coming evolving since the Big Bang and for which we have the template-formula that Nature have applied for organizing matter into this system. Now we need making comparisons with the formula and these images for identifying each brain structure, glands, etc., which brain’s element corresponds to which systemic function at the formula. Still, knowing the formula we will isolate every thought/synapse and finally understanding the whole network. But… without the formula is impossible to reach this knowledge. 

Getting CLARITY: Hydrogel process creates transparent brain

(Obtendo Claridade ( Clarity): Processo de Hidrogel cria o cérebro transparente ) 

Stanford University

http://med.stanford.edu/news/all-news/2013/04/getting-clarity-hydrogel-process-creates-transparent-brain.html

Combining neuroscience and chemical engineering, researchers at Stanford Universityhave developed a process that renders a mouse brain transparent. The postmortem brain remains whole — not sliced or sectioned in any way — with its three-dimensional complexity of fine wiring and molecular structures completely intact and able to be measured and probed at will with visible light and chemicals.

Combinando neurociência e engenharia química, pesquisadores da Stanford University desenvolveram um processo que produz a transparencia do cérebro de um camundongo. O cérebro morto permanece inteiro – não cortado em fatias ou de outra maneira – com sua complexidade tri-dimensional de visivel fiação e molecular estruturas intactas e ainda capaz de ser medido e observado a gôsto com luz visivel e substancias quimicas.

The process, called CLARITY, ushers in an entirely new era of whole-organ imaging that stands to fundamentally change our scientific understanding of the most important but least understood of organs, the brain, and potentially other organs, as well.

O processo, denominado CLARITY,

( continuar tradução)