Archive for julho, 2015

Da reação estelar ao fogo na Terra: O mistério do Oxigênio

sexta-feira, julho 31st, 2015

xxxx

Uma brasa acesa (num cigarro por exemplo) continua acesa e penetra mais o cigarro transformando fumo em cinza, e para isso é preciso que ela esteja livre exposta ao oxigênio que esta no ar, pois se abafa-la, imediatamente se apaga. Isto me lembra a reação nuclear das estrelas que deve ser a mesma acontecendo no núcleo dos planetas (calma la’, vamos explicar essa “mesma”). Este comportamento do oxigênio é o principal motivo deste artigo porque existem outros fenômenos naturais muito importantes onde o oxigênio entra e cientificamente não existe uma explicação satisfatória, do que acontece no interior do oxigênio a nivel de suas particulas.

Nesta semana tornou-se viral um video de um brasileiro mostrando uma motocicleta movida a água e o H2O foi motivo de muita discussão. Na teoria da Matrix/DNA o oxigenio, porque tem 8 funções sistemicas, seria um elemento que fecha um sistema com 7 funções mas já da o inicio a outro novo, ou seja, ele mata o corpo mas ressuscita a chama vital, como no caso do fogo, ele transforma em cinza a área imediata porem a chama não morre junto, ela passa para nova área. Na formula da Matrix/DNA o oxigenio corresponderia ao trecho que vai de F7 a F1, mas pode alcançar tambem F6 numa ponta e F2 na outra. Por isso a simples observação do fogo nos leva a pensar e vir aqui registrar algum avanço nesta pesquisa.

Uma matéria composta principalmente de ferro liquido esta acesa e continua acesa e se ampliando porque vai “comendo” as partículas de energia dos átomos das camadas de matéria “fria”.

Os dois processos ( reação estelar e fogo) parecem muito semelhantes e as diferenças podem serem devidas a diferença dos graus de evolução dos átomos envolvidos. A reação estelar era o estagio do processo a 13 bilhões de anos atras quando havia apenas os sete ou oito atomos gasosos, chamados leves porque possuem poucas particulas protons, neutrons, eletrons. A reação planearia começou depois, talvez a 10 bilhões de anos quando as estrelas começaram a produzir uma segunda linha de sete atomos mais pesados e complexos, os quais deram origem ao estado solido da matéria, e com isso possibilitaram a formação dos planetas. A reação do fogo na superficie da Terra pode ter se originado como uma repetição do processo em outro meio-ambiente, com novos materiais. Não diriamos que estamos vendo a evolução de um processo pois não concluo se isso é evolução ou involução, mas podemos estar vendo as mudanças de forma no desenvolvimento de um mesmo processo.

Mas porque o fogo precisa de oxigenio? O que o atomo de oxigenio tem de especial? Quando fiquei sabendo que todo oitavo elemento da tabela quimica periodica repete as mesmas propriedades do primeiro elemento, e depois o nono elemento repete as propriedades do segundo, e assim por diante, de maneira que a tabela e inteiramente dividida por grupos de sete elementos, logo lancei uma nova teoria: a criação dos atomos foi a mesma que todos os outros sistemas naturais, ela obedeceu ao processo do ciclo vital, pois um grupo de sete apresenta as mesmas características mutativas que ocorrem num corpo humano ao longo de sua vida. Em outras palavras: O primeiro atomo que surgiu, o Hidrogenio, (que e apenas um semi-atomo) tem numero atomico 1 e era a forma embrionaria dos atomos; o segundo, o Helio, numero atomico 2, representa o baby, o terceiro representa a forma de criança dos atomos, etc. Quando chega no numero 7 essa linha vital morre e renasce com o numero 8, justamente o oxigenio.

 

Porque quando o oxigênio esta sozinho no ar ele acende o fogo, mas quando se juntam em dois, como em H,2O , eles apagam o fogo?! Não e por causa do hidrogenio, pois este tambem e combustível.

Vamos trazer um oxigenio para ca:Image result for Oxygen

Este bicho ai encima e um dos nossos ancestrais, ele faz parte da nossa linha evolutiva que começou la no Big Bang. Note que ele apresenta 6 elétrons na ultima camada. Mas estão agrupados em dois ou um separado. Seria isto o passado do que depois se dividiu as bases no DNA em purina e ….di… ( esqueci o nome agora)?  Pois assim estariam ai as 4 bases, depois os dois açucares com os dois elétrons da camada interna, e o DNA, mas principalmente a formula da Matrix, já estava ai.

Vamos interrompendo isto aqui para retornar depois…

 

Filosofia Existencial: O Desejado, O Indesejado, E o Unico Livre-Arbitrio do Humano Decide se a Humanidade Existe.

sexta-feira, julho 31st, 2015

xxxx

Quando retorno as cidades onde vivi na infância, observo o estado de vida dos idosos de hoje, comparando com o meu estado porque eu fiz tudo diferente de todos eles. Esta comparação e` boa porque certamente eles tem opiniões gerais formadas em cima da ótica deles, as quais certamente vão conflitar com minhas opiniões gerais, formada sobre uma perspectiva diferente, experiencias diferentes. Numa discussão sem ofensas isto seria bom porque os erros não percebidos de um poderia ser mostrado pelo, e para quem de fora assistisse a discussão, haveria muito alimento para pensar.

Mas se eu os instigasse a essa discussão comparativa, para ver quem foi mais honesto, moral ou esperto na vida, ou quem escolheu o melhor para matar o tempo ocioso na aposentadoria, não iriam aceitar porque isto implicaria esforço mental,  criticas que não se deseja ouvir, alem do que jamais lhes passou pela cabeça que em grupo, fizeram muitas coisas erradas e esta fazendo. Mas erradas em relacao a qual perspectiva?

O simples fato de mencionarem muito a palavra Deus ( são todos cristãos) quando percebessem que sou agnóstico e não aceito citar Deus para explicar fenômenos e eventos naturais e a moralidade humana, já os faria se afastarem da discussão. Então, sem discussão, desenvolvi o seguinte raciocínio, de qual uma das conclusões foi:

Ao ser humano existem três alternativas:

1) Ser um Desejador, vivendo 85% de sua vida no Indesejado ( 40 anos no trabalho rotineiro mais 15 anos na cama como degenerativo), se nascer com família, mas pobre, ou seja, como ovelha;

2) Ser um Desejador vivendo 85% de sua vida no Desejado e 15% no Indesejado ( o final degenerador), se nascer rico, ou seja, como predador;

3) Viver o Desejado e/ou apenas no Indesejado, não é escolha do supremo Livre-Arbítrio, o qual nunca existe para o homem em relação a sua vida. Mas o ser humano pode escolher se a partir dele a Humanidade vai viver ou ser o Nada Absoluto.

No meio dos pensamentos surgem muitas conclusões inéditas muito interessantes, como por exemplo:

Mundo Externo = Zero

Eu + mais o Mundo Externo = Zero

A existência não existe, é criação de uma mente, que tambem não pode existir. Por outro lado, a existência que estamos vivendo e sentindo na pele, seja ou não uma criação da mente, seria extirpada de todos os males atuais se as outras pessoas concordassem comigo em desmanchar tudo o que ai esta e no seu lugar construir o mundo segundo a face branca da Matrix/DNA. Pois na minha opinião esse sistema social, este tipo de cidades, etc., é tudo devido estar-mos aplicando a face negra da Matrix/DNA.

Vamos então tentar aqui escrever a historia deste pensamento que foi elaborado em voz alta pausadamente:

Comecei tendo na mente a ideia de que tanto os meus amigos e vizinhos de infância que nasceram numa casa com família mas pobres e hoje estão velhos inúteis na praça jogando baralho – e por outro lado – eu que nasci sem familia e praticamente na rua tambem estou velho e inútil e solitário. A diferença maior é que eles estão deixando no geral, três filhos já casados e fora de casa e mais uma casa paga a prestação em 30 anos, enquanto eu não deixo nenhum filho e nenhuma casa. Mas o meu legado não foi resultado da minha condição de nascimento, pois eu tive a oportunidade de escolher e terminar a vida como eles, deixando os três filhos e uma casa.  Apenas para mim teria sido um sacrifício ainda maior do que o deles, pois enquanto eles começam com uma certa estrutura de apoio, eu comecei do zero absoluto  e se exigiria muito mais de mim para alcançar o status de casado, chefe de familia , dono de uma casinha. Eu deliberadamente escolhi que não deixaria isso.

Essa decisão não é um evento comum, corriqueiro, nas nossas vidas. A todo homem-ovelha surge num momento da vida uma mulher-ovelha acenando com a experiencia do paraíso nas próximas horas, sabendo-se que depois destas horas a realidade do mundo retorna, porem mudada, de um jeito que nunca fora antes. E` a diferença entre a realidade do solteiro e do casado. Todos os outros velhos-ovelhas da paca disserem sim as suas mulheres-velhas, eu disse não, `a minha. E` uma decisão  que surge quando o homem comum ainda não esta preparado pera decidi-la e tao fatal que vai determinar o destino para toda a eternidade, como vamos ver a seguir.

E ai faço a pergunta: ” Entre eu e eles, quem acertou, quem errou?”

Depois de lembrar todas as possibilidades de futuro para a humanidade, cheguei a conclusão que ao humano não é possível afirmar uma resposta porque não se sabe o futuro da Humanidade. Ora, se não é possível uma resposta, então é perda de tempo se ocupar com a questão agora, o que sugere que devemos deixa-la e viver o agora. E ai me perguntei então quem dentre nos teve a vida melhor, e cheguei `a conclusão que obviamente eu tive a vida pior que a dos predadores, mas melhor que a das ovelhas.

Para chegar a isso dei uma volta em dois aspectos da vida:

1) A eterna sequencia das ovelhas em gerações intermináveis sem sentido, porem, por enquanto ao menos, mantendo viva uma semente do paraíso final;

2) Se as mudanças do planeta vão permitir por quanto tempo a vida na Terra, se os predadores vão conseguir emigrar para outra Terra previamente preparada, se vão vencer o problema das distancias por anos-luz, se as ovelhas vão conseguir meter  a mão na tecnologia dos predadores, encontrar outro planeta gêmeo, prepara-lo, e conseguir para la emigrar antes que a vida na Terra acabe. Então o futuro da existência humana pode ser inscrito numa formula:

Futuro = ?????????? ( cada ponto de interrogação representa um daqueles ” se”. Basta que tanto predadores como ovelhas se esbarrem num ponto de interrogação, quebrando a cabeça numa parede dura intransponível, e a humanidade sera eliminada por completo para o sempre.

Vamos falar mais sobre cada um dos itens acima.

Os outros velhos-ovelhas ( com excessao de mim), nasceram, tiveram seus doses anos de infância que são os seus 1% de Desejadores vivendo o mundo Desejado, foram para as escolas primarias, começaram a trabalhar aos poucos aos 14 anos, aos 18 anos já estavam trabalhando em tempo integral e na maioria fora das escolas ou fazendo escolas inúteis, foram aquecidos pela sexualidade e decidiram se casar, compraram uma casinha para pagar em 30 anos e tiveram 3 filhos, se aposentaram e depois de jogar baralho na praça caíram na cama e num quarto solitário sendo servido por alguem da familia, num processo degenerativo até morrer. Eu fui por um caminho diferente: primeiro venci o chamado a ser criminoso que chama todos os menores abandonados, escolhi na infância ler pesados livros de filosofia e ciências enquanto os outros faziam outras coisas, tomei um banho, sai fora da ruas do lugar e me apresentei em outro lugar como menino perfumado candidato a um emprego de chefe de seção, e melhorando a condição financeira continuei a rejeitar toda forma de lazer inclusive os namoros dessa época em favor da solidão nos livros e do estudo numa universidade, e depois de concluir que não é possivel transpor a nova barreira social, deixei todo o conforto naquela senzala e fugi para o mato como faziam os negros escravos, indo viver só na selva amazônica. Eu produzi com as próprias mãos tudo o que consumi na vida mas sem dar parte dessa produção a nenhum predador, o que me possibilitou trabalhar no duro muito menos que as outras ovelhas trabalharam. Enfim, aquela decisão parece não ser uma decisão num momento inevitável da vida, mas sim ela nos acompanha por toda a vida.

No mundo dos predadores, o individuo desperta pelas 9 horas da manha, escolhe se vai dormir um pouco mais ou se levantar. Se levanta espreguiçante e tem a opção de que vai fazer de seu dia, em que tipo de lazer vai estar no dia. Mesmo que passe algumas horas dirigindo sua empresa isso não é  trabalho no sentido literal, o qual é uma força aplicada por si mesma produzindo alguma alteração nos objetos ao redor. Ele pode se constituir numa força que altera objetos, mas não se aplica com suas mãos e não sua o rosto, como acontece no trabalho literal. Ele não produz com seu corpo diretamente o que consome. Este estado de vida compreende os felizes 12 anos de infância mais os felizes 50 anos de adulto, cujos 62 anos serão seguidos do Desejador enfrentar o mundo Indesejado por mais 15 anos. Ao morrer deixa um patrimônio maior que recebeu e três predadores.

No mundo dos humanos-ovelhas, o individuo tem relativamente os iniciais 12 anos vivendo como Desejador o mundo Desejado. A partir dos 12 o individuo não mais se desperta as 9 horas da manha, ele é despertado de madrugada pelo alarme do relógio e forçado a sair da cama. Não pode escolher se vai continuar tirando uma soneca ou não. Levanta cansado e sonolento mas uma força o esta empurrando, faz tudo apressado e é empurrado para fora de casa numa direção obrigatoria, a qual pode ser de uma fabrica ou uma construção, ou um escritório de um banco. Aos 20 anos começa a pagar a prestação da casa e gera 3 filhos. Quando morre deixa os 3 filhos e a casa pequena vai ser vendida para os filhos cada qual ao invés de continuarem com o carro velho, poderem comprar um carro mais novo, e só isso.

Os três filhos vão repetir exatamente a mesma sequencia, com a diferença que quando morrerem deixaram 9 ovelhas. Estas nove e mais uma geração se tornam 27, Estas 27 e mais uma geração se tornam 81. Enquanto a casa inicial agora se tornou 40 casas, porque dos 80 humanos gerados se fazem 40 casais, cada um com sua casa. De maneira que apos 4 gerações ou 120 anos, se eu e os outros velhos voltassem do tumulo para ver o mundo que cada qual escolheu com seu livre-arbitrio supremo, os outros velhos veriam a si mesmos transformados em 81 e continuando a humanidade. Talvez as condições de vida dos 81 sejam melhores ou piores do que a condição que ele teve, mas o certo é que o planeta deu mais alguns passos na direção determinada de deteriorar-se para a vida, principalmente porque mais da natureza foi extirpada para dar lugar a mais cidades de concreto e a super-população aumentou. Mas a tecnologia aumentou tambem, aumentando algumas atracões se  diminuir o período de trabalho, o que deixa este item sem uma resposta conclusiva. Eles poderiam concluir que fizeram o certo porque eles acham que vale a pena viver dessa maneira om ovelhas. Por outro lado, depois destes 120 anos, eu voltaria do tumulo e veria a superficie da Terra coberta apenas por plantas e animais irracionais. A Humanidade terminou na geração em que eu me terminei. Eu concluiria que fiz o certo porque eu com certeza acho que não vale a pena viver a vida humana na condição de ovelha, e nem mesmo na condição de predador, pois este sabe que vai pagar um preço muito alto por ter gozado 85% da vida. Na minha mente não existe isso de gozar os 85% na forma de mero macaco melhorado e com uma inteligencia que se sente prisioneira imaginando um lazer que exigiria outra condição de existência e ainda tendo que pagar os 15%.

Depois de 20 bilhões de anos, se ambos voltássemos do tumulo, não se sabe o que os outros velhos ( que representariam o livre-arbitrio positivo) veriam – se a humanidade ou a forma em que ela se transcendesse teria o poder de manter o Universo existindo, ou se todo o Universo tenha se transformado no Nada eterno com ele tambem a humanidade. Por meu lado, representando o livre arbitrio negativo, certamente veria o Nada absoluto. Como não existe a menor fundação racional para se prever qual sera a realidade nesse tempo, Essa impossibilidade e’ a que me referi no inicio, concluindo que esse raciocínio agora e’ perda de tempo. Não existem elementos para decidir se no tempo de 20 bilhões de anos, e nos voltando do tumulo, quem iria gozar o outro dizendo: ” Esta vendo? Eu acertei e por isso vivi a vida com um lucro que você nunca teve”. Eu tambem diria isso, pois para mim, é melhor ser o Nada que viver nesta terrestre condição mesmo como predador. Existiria uma condição unica que me faria mudar a decisão e resolver acompanhar os outros velhos-ovelhas: se na Terra tivéssemos construído o modelo social sugerido pela Matrix/DNA. Pois neste modelo, aquela sequencia sem sentido não existiria, os 15 %$ de pagamento final do predador não existiria, etc.

O segundo item é sobre o que pode acontecer com o futuro da humanidade e do mundo. Uma coisa e’ certa: a formula “Existiu ou foi o Sempre o Nada” = ???????? ( sendo cada interrogação representando uma das ameaças que existem na frente para a existência da humanidade).

Os predadores sabem que o planeta vai expulsa-los daqui, só não sabem quando. Por isso desde ja investem na busca de sua salvação quando o momento chegar, por meio da tecnologia espacial. E aqui vão surgindo os pontos de interrogação.

1) Encontrarão um planeta-gêmeo da Terra? Ou nunca encontrarão? Ninguem em sã consciência, de forma puramente racional, agora se arriscaria a afirmar uma resposta para isso. E se não encontrar, a Humanidade já arrebentou sua cabeça no muro, acabou para sempre no primeiro ponto de interrogação. Senão… vamos continuar…

2) Encontrarão uma maneira de viajar a velocidade da luz, ou superior a velocidade da luz, para vencer as distancias interestelares? Senão, acabou a humanidade para o sempre… Vamos supor que sim e continuar para o terceiro ponto de interrogação… Observe que a partir do primeiro ponto  formula deveria ser mudada para = ? ,?(?=0),?(?,?=0),?(?.?,?=0)… e assim por diante, pois a cada novo “?” e` preciso ver se antes os outros “?” foram ultrapassados, se não existem mais como ameaça.

3) Se encontrarem a tecnologia para viagens em anos luz, e se encontrarem um planeta-gêmeo, esse planeta estará dentro de uma distancia, digamos, de menos de 80 anos-luz, para que convença os predadores  a uma absurda vida-viagem dentro de uma nave como sobreviventes perdidos de uma catástrofe, apenas para tentarem continuar a existência da humanidade? Se sim, ?(?,?=0)

4) Se encontrarem o planeta gêmeo, se ele estiver dentro do alcance de uma viagem por anos-luz, se encontrarem a tecnologia para viagem em anos-luz ( se já passaram por vários daqueles pontos de interrogação), esse planeta-gêmeo vai estar já evoluído portando vegetais e animais ou talvez ate humanos inferiores que possibilitem os predadores chegarem, se apoderarem do planeta e se instalarem? Ou o planeta vai estar ocupado por uma especie com igual ou superior evolução, o que impossibilitaria os predadores se instalarem ali? Ou o planeta vai estar no estado do mundo de 4 bilhões de anos atras, com sua superficie estéria formada apenas de rocha e água, sem atmosfera?

5) Se satisfeitas as interrogações anteriores, de modo que existe a possibilidade dos predadores se instalarem no planeta, mas encontrarem o planeta-gêmeo no estado do mundo a 4 bilhões, vai ser possivel levar para la maquinas-robot que se auto-reproduzam la e usando material de la, para iniciar os trabalhos seguintes? As bactérias produtoras de oxigênio? E estas bacterias produzirão oxigênio antes que a Terra se torne inabitável?

6) Supondo-se que todos as interrogações foram superadas ate esse ponto, vai ser possivel levarem para la e manterem vivas, as bacterias produtoras de oxigenio?  E tudo isso dentro de um tempo em que a Terra ainda suporte a vida aqui?

7) Se sim, apos as bacterias e o oxigenio, sera possivel levar e plantarem la as sementes criando a vida primitiva? Sera possivel fazer essa vida germinar e evoluir num tempo antes que a Terra aqui se torne inabitável? Como acelerar essa evolução que aqui tomou bilhões de anos? Levando já as sementes prontas economiza-se alguns dos bilhões de anos da abiogenese, porem não se pode levar estas sementes na forma de multi-celulares porque os anteriores uni-celulares precisam se estabelecer primeiro para assentar a normal cadeia alimentar e o normal ecossistema.

Neste ponto eu ja estou me lembrando da famosa teoria de que o Universo esteve desde seu inicio “tunelado” para produzir a vida aqui, porque senão tivesse, seria impossivel que dentre um mundo onde reina o acaso, se tivesse vencido até agora os milhares de pontos de interrogação que havia para a Vida no inicio do Universo. Aqui estamos tendo ima ideia mais forte e proxima de nos, o que significou ter vencido cada uma destas etapas que a primeira vista são racionalmente impossiveis de serem vencidas. Mas… o tunelamento ainda é apenas uma teoria, não foi provada ainda. Como tambem ainda e apenas uma teoria o “não-tunelamento”.

8) Supondo-se que os predadores humanos conseguiram tudo isso, se instalaram no planeta-gêmeo, o que vem a seguir, qual o novo ponto de interrogação? Talvez seja este: vão conseguir encontrar e habitar um universo-gêmeo antes que este se torne inapropriado para a vida?

9) Se sim… e depois? O numero de pontos de interrogação possiveis é infinito ou vai parar num momento qualquer e a Humanidade vai ser arrasado para o ralo do Nada Infinito?

Eu faço isso porque quero que fique bem claro duas coisas:

1) Dentro da Matrix/DNA nos não brincamos com o pensamento. Nos encaramos ele com seriedade e responsabilidade. As centenas ou milhares de conclusões que foram alcançadas e se constituíram nos pilares que alicerçaram esta teoria foram assim, arduamente obtidas.

2) Sempre vou ouvir dos outros velhos e inclusive jovens-ovelhas que eu fiz a coisa errada, eu devia alimentar a condição absurda da existência humana simplesmente devido a esperança de que a humanidade nunca acabe a ser parte do Nada Absoluto. Que eu deveria ter feito o que todos eles estão fazendo.  A minha reação quando ouço isso é a de esboçar um semblante triste, nada responder, apenas pensar: ” Voces não refletiram o suficiente para se conscientizarem do absurdo que são os pontos de interrogação que os esperam `a frente. Eles vão estarem esperando-os até quando estiverem em outro Universo, se é que vocês vão conseguir essa inacreditável façanha de chegarem la. Mas ainda tem um outro problema: para a humanidade-ovelha existira logo ali na frente mais três outros pontos de interrogação que não existem para a humanidade-predadora: Os predadores vão deixar voces continuarem a existir depois que vocês se tornarem inúteis para eles  continuarem a consumir este planeta, como por exemplo, a água potável escassa? E se eles deixarem ( o que e`pouco provável) voces vão superar o instinto de ovelha em si ( que os mantem reacionários e acomodados) e adquirir o instinto progressista, evolucionista? E se ainda isso tambem acontecer, tendo agora esse instinto progressista (o que determinaria que não existiria mais humanidade-ovelha), vocês vão conseguir essa tecnologia toda? Encontrar um segundo planeta-gêmeo? (pois com certeza, os predadores não deixarão vocês como imigrantes ilegais com mania de cidadãos predadores tambem entrar para competir com eles). E dentro de uma distancia superável? E chegarem a um segundo Universo? E nunca caírem no ralo do Nada Absoluto, nunca encontrarem um ponto de interrogação insuperável? Mas supondo que consigam essa façanha inacreditável, o certo e que dentro dos próximos cem bilhões de anos vocês ainda não poderão ter a certeza de que vocês fizeram a escolha certa e eu a errada. Pois nestes cem bilhões de anos, enquanto vocês estiverem enfrentando todos estes pontos de interrogação, eu não estarei passando os mesmos sacrifícios, pois simplesmente não estarei, já que ha muito tempo atras eu preferi voluntariamente entrar no ralo do Nada Absoluto. Voces não sabem o que estão falando! Mas eu tambem não sei qual sera o final da sua historia. Eu ja sei da minha, e nisso tenho certeza absoluta: a minha escolha no unico possivel momento de livre-arbitrio que tive na vida, determinou inexoravelmente que o final da minha historia esteja por apenas mais alguns anos, e ele e` o Nada Absoluto. E estou tao certo que essa é a decisão racional mais acertada, a ponto de estar preparado para ate abreviar por conta própria esta ida ao nada Absoluto antes de enfrentar os 15 anos de pagamento que se somariam aos 65 anos de vida enfrentando o Indesejado, tudo isso sem evar lucro nenhum. Viver para pagar debito, e debito que eu não contrai, e` estupidez.

Mas no fundo, eu mantenho aquela amoral e desonesta atitude do ” faça o que eu falo, mas não faça o que eu faço”. Pois mesmo sabendo que não vou estar aqui para saber como vai ser sua historia daqui para a frente, e muito menos saber qual vai ser o final de sua historia, eu gosto da ideia de que estando eu no Nada, alem do Nada exista um mundo onde voces estão continuando a Humanidade… se estiverem conseguindo continuar. Eu não sei e não entendo onde voces arrumaram uma força que os move num mundo a pagar um debito eterno sem te-lo contraído e sentirem prazer nisso. Eu tenho pena de voces e sou terrivelmente revoltado contra essa força que os penetrou e contaminou como um virus. Eu não tenho ideia do que seja essa forca misteriosa. Pode ser algo parecido com um Lucifer, ou algo parecido com um Deus, ou algo parecido com um infinito sistema natural… E fico admirado que essa forca não tenha me possuido tambem, pois não vejo diferença carnal, anatomica, entre eu e voces. Mas prefiro esquecer essa força e esse não-entendimento do que voces são, a favor apenas de agora saber que a Humanidade vai continuara a existir… não sei até quando. Eu gosto de que voces façam assim por que isto bate com um aspecto do meu ser: ser guerreiro. Eu fui guerreiro e venci o mundo a minha maneira. Me fizeram como o escravo que entra na arena catando os destroços dos gladiadores e palhaços que entraram na Arena para fazerem o Imperador Zeus sentado no camarote se elocubrasse mentalmente ao assistir a carnificina dos gladiadores e risse a vontade das piadas dos palhaços. Eu venci porque acabei com sessa Arena no momento que meu corpo acabou, morri. Quanto a voces são os gladiadores e palhaços que continuam s substituirem na arena, carne fresca e forte repondo o lugar dos cadáveres que vão saindo.Voces tambem poderiam optar por acabar com a arena, não se reproduzindo mais nos bastidores. Mas não, voces nunca escolherem essa opção.  Acho que voces continuam a se sujeitarem a serem palhaços  gladiadores, guerreiros, porque tem uma esperança que a arena vá acabar e haverá vida depois da arena, e essa vida sera no paraiso. Eu preferiria tambem escolher o paraiso se tivesse esta opção e confiasse nela, alem da opção do Nada Absoluto. Mas não confiei. Porem, a simples possibilidade de que a minha especie um dia possa estar vivendo esse paraiso, me agrada. Se pudesse existir ao menos como consciência no Nada Absoluto, a minha vida la seria apenas o ficar assistindo voces, a sua historia se desenrolar, as vitorias em cada ponto de interrogação derrubado, o desembarque no paraiso… eu estaria torcendo por voces. Por isso hoje digo como resposta aos outros ovelhas, depois de pensar muito: ” Tomara que eu tenha feito a opção errada e voces a certa. E tomara que depois de um certo tempo a existência realmente de essa guinada de 180 graus, ou seja, enquanto agora a existência consiste em ser o Desejador vivendo uma vida dividida entre o Desejado e o Indesejado, que esta condição seja uma minima parcela da condição que vai existir quando houver essa guinada, onde o Desejador viveria o Desejado pelo resto do infinito.”

Descoberta a Força da Sorte e do Azar nas Pessoas: 30% a Mais ou a Menos na Freqüência da Vibração Pessoal

quarta-feira, julho 29th, 2015

xxxx

Já tenho a quantidade suficiente de fatos reais comprovados para ter certeza da existência de uma “coisa” a qual por enquanto vou denominar simplesmente de força. E tenho evidencias suficientes para concluir com forte grau de certeza, que essa força existe no espaço de carne e osso entre o cérebro e a ponta dos dedos, de um corpo humano.

No principal experimento que certificou estes fatos foram observados duas amostras, dois corpos humanos, obviamente diferentes entre si. Mas alem da experiencia, a observação livre no mundo real de muitos exemplares como amostragem, confirmou o resultado.

Esta força determina graus diferentes de acessibilidade das pessoas na capacidade de obter qualquer coisa do mundo externo, que estão disponíveis a serem apropriados, possuídos, pelos corpos humanos. Desde a qualidade do clima para o dia marcado para um projeto, da media de renda que recebera ao longo a vida, ate a qualidade do corpo que terá ao nascer para enfrentar o mundo.

Antes de prosseguir com a analise vamos rapidamente listar os fatos concretos da experiencia ( pois obviamente neste ponto um leitor já começaria a se cansar e se tornar incrédulo), depois continuaremos com a analise:

xxxxx

1) O individuo “A” nasceu num lar de classe media baixa, com família, berço razoável;

O individuo ” B” nasceu num lar de classe pobre C, ambos os pais deficientes físicos que logo desapareceram quando ele tinha apenas 3 anos de idade. 40%  a mais a favor de A?

2) O individuo “A” nasceu com físico saudável normal e rosto de aparência considerada ” bonito”, o que já determinava um nivel de aceitação e oportunidades oferecidas por outros humanos, principalmente pelas mulheres, pelos selecionadores de candidatos a emprego, etc.;

O individuo B ficou com o físico débil abaixo do peso normal para toda a vida talvez devido a desnutrição na infância e talvez esta debilidade tambem tenha se revelado nas potencialidades do cérebro. Ele nasceu com um rosto considerado feio, o que afastava de si as melhores oportunidades oferecidas pelos outros humanos.

3) O individuo A teve um acidente no trabalho e recebeu 100.000,00 dólares de indenização quando trabalhava num pais estrangeiro, voltou ao seu pais e comprou uma casa.

O individuo B teve um acidente no trabalho quando trabalhava no mesmo pais estrangeiro e recebeu 65.000,00 dólares de indenização. Foi ao seu pais e sua cidade com vontade de comprar uma casa, mas o dinheiro não era suficiente, acabou gastando o dinheiro. Mais 35% a favor dólares de A?

4) Os dois individuos conseguiram aposentadoria nos dois mesmos países. O individuo A recebe no pais A 400,00 e no pais B, o correspondente a 480,00 dólares.

O individuo B recebe no pais A,  216,00 dólares e no pais B , o correspondente a 280,00 dólares. As diferenças entre estes números mostram novamente uma razão de 3:1., ou 33%.

5) O individuo A tem um carro novo no valor de 25.000,00 dólares. O individuo B tem um carro velho no valor de 15.000,00.  Desde os computadores a todos os outros objetos pessoais foi verificado sempre um índice de 35% a 40% a mais de eficiência e qualidade a favor de A. Muitos não foram comprados mas sim achados, ganhados, recebidos como prêmios em sorteios, etc., o que indica que a mesma diferença estava no evento do achado, nas pessoas que deram, nos valores dos prêmios que os sorteios distribuíram, o seja, no mundo externo fazendo face a diferentes corpos humanos.  E foi comprovado que devido a toda esta estrutura física apresentando sempre 35% para melhor a favor de A faça com que B se depare dom azares incríveis em tudo que vai fazer na vida, obtendo sempre no minimo 35% de retorno a menos que A, apear de na maioria das vezes ter atuado com mais esforço, conhecimento e inteligencia na solução e manejo das coisas externas.

xxxxx

Portanto, vem  a pergunta: “E’ importante a pesquisa metódica e a busca de conhecimento sobre esta força para a vida do ser humano? Sim! Ela determina se um corpo humano vai nascer na mais pura miséria e morrer nesta miséria ou se outro corpo humano vai nascer na maior riqueza e morrer com essa riqueza. Então ela já deve existir no mundo antes de uma pessoa nascer, assim como a genética de um casal já estava no mundo antes de seu filho nascer. Essa genética determinou o aspecto saúde do futuro ser: se ela era saudável ou se portava alguma doença hereditária. E assim como fazemos pesquisas genéticas para tentar evitar que uma doença seja transmissível de pais para filhos, tambem podemos faze-lo para evitar que o aspecto negativo dessa força determine no momento inicial de um corpo humano que sua vida sera precária. Alem disso temos exemplos de pessoas que conseguiram mudar o tipo desta forca. São raríssimas excessoes, como a dos nascidos na miséria que se tornam ricos pelo seu comportamento. Como existem filhos de diabéticos que conseguem evitar que a doença se manifeste neles, ou consiga cura-la em vida. Então tambem existe a possibilidade de um conhecimento conseguir controlar esta força.

Em outras palavras, ela é  a primeira e é tudo para os seres humanos. Sua investigação deve ser a prioridade agora.

O nome desta força poderia ser ampliado para “a força dos benefícios”. Porque ela separa a quantidade e qualidade dos benefícios em partes, faixas, porcentagens, frações, e determina para cada diferente corpo uma especifica porcentagem de benefícios que o mundo externo permitira a um corpo humano possuir.

No experimento efetuado foi comprovado que em todas as ocasiões que os dois indivíduos se moveram para se apropriarem ou provocarem uma reação no mundo externo, o individuo “A” obteve sempre uma porcentagem entre 35 a 50% de superior qualidade que o individuo ” B”. A experiencia colocou os dois indivíduos em muitas competições diferentes, em todas o mesmo resultado foi obtido, mas vamos começar citando a experiencia mais marcante e que fornece mais informações para avançar o conhecimento dessa “coisa” misteriosa, invisível, intocável.

Os dois indivíduos foram colocados em dois quartos diferentes. Os dois quartos possuem no teto duas lampadas de gaz fluorescentes. Os dois quartos possuem o mesmo tipo de interruptores na parede, na mesma posição. Os dois quartos estavam com a luz apagada quando os dois indivíduos entraram. Os dois indivíduos que já sabiam a posição dos interruptores e os podiam ver pela claridade entrando pelas portas abertas, colocaram os mesmos dedos médios das mesmas mãos direita nos interruptores e os moveram para cima. A lampada do quarto do individuo “A” acendeu com a claridade de seus 100%  de potencial. A lampada do quarto do individuo “B” não se pode dizer que ” acendeu”, pois apresentou uma claridade de menos de 50% de sua capacidade normal. Enquanto num quarto a claridade permitia ver com clareza todos os moveis e objetos, no quarto de B não se via os objetos menores.

Esta experiencia em particular não foi previamente preparada, ela foi acidental, pegando o investigador de surpresa. Normalmente, em outros prédios, os dois indivíduos obtêm a mesma claridade. Não foi testado e observado se em alguma ocasião o fato se repete em outros prédios. Os dois quartos da experiencia observada estão em casas separadas, mas são justamente os quartos onde moram os indivíduos. O individuo ” B” reclamou que isso normalmente acontece desde a primeira vez que ele ele foi morar no quarto. O dono da casa disse que não tinha conhecimento disso pois nunca outro inquilino reclamou disso. O individuo “A” disse que nunca a claridade foi diferente daquela de 100%, desde que foi morar no quarto.

Obviamente esta ocorrência não foi listada na lista das provas cientificas. Ela apenas esta aqui para ser discutida num nível de curiosidade filosófica, que não se atenha o leitor cético a basear seus argumentos nesta ocorrência.  Mas tambem que não venha o cético dizer que as provas não são cientificas ou que sejam discutíveis, pois fatos e números comprovados não se discutem. As outras provas foram obtidas verificando os fatos do mundo externo relacionados aos dois individuos. As ocorrências que resultaram nestas provas não foram previamente preparadas por ninguem, apenas, digamos, foram apresentadas aos individuos e inseridas nos individuos, pelo mundo externo que é igual para os dois individuos, ou, esta no mesmo estado natural para os dois individuos. Quanto aos quartos não podemos dizer a mesma coisa. Provavelmente, os dois quartos estavam em estados diferentes ( em relacao a eletricidade e lampadas) e assim se apresentaram aos dois individuos.

Mas esta ocorrência é fundamental porque ela nos conduziu a um avanço teórico na nossa investigação. Talvez este avanço não é racionalmente apropriado, talvez ele seja falso porque seria produto de uma previa tendencia do investigador. Este começou  suspeitar de uma entidade para a coisa misteriosa., Ele começou a por como template, como molde, como ponto de referencia na comparação teórica entre os dois indivíduos, a imagem do espectro da radiação eletro-magnética tal como aparece na tela de um computador. Ele começou a apostar numa resposta para a coisa misteriosa, e isso pode conduzir o investigador a pista errada se o suspeito não for o criminoso. Mas considerando que os motivos do investigador são lógicos e fortes indícios, vamos explicar este avanço teórico.

Em algum lugar dentro da caixa do interruptor, a energia elétrica que vem do mundo externo esta ali, parada, em estado potencial. Podem serem muitos interruptores diferentes numa mesma cidade, mas é previsível que a força que chega ali seja a mesma. Não existem diferenças de porcentagens entre forças em diferentes interruptores. Os interruptores tambem eram da mesma marca, exatamente iguais. Mas as duas lampadas mostraram dois resultados finais diferentes.

Obviamente um leitor desavisado vai sorrir e pensar que isto é fácil de resolver: as lampadas são diferentes, ou seja, as de um quarto são novas e estão em bom estado, as do outro são velhas e estão em mal estado, ou,… o problema esta nos reatores da caixa de lampadas. Mas a nossa investigação não é tao pequena e limitada  assim ao mundo imediato, ela abrange horizontes amplos, Isso não responde nada a nossa suprema questão aqui: porque os dois diferentes corpos foram conduzidos pelo mundo externo de modo que o quarto representando o mundo externo de um seja de 35 a 50% inferior em qualidade em relacao ao outro?! Não, não é um mero acaso fortuito, pois a vida toda o mundo externo tem feito a mesma diferença acontecer para os dois individuos.

Vamos gastar mais um tempo aqui e analisar isto com mais cuidado. Neste ponto você responderia que o individuo A pode pagar um aluguel mais caro, então seu quarto deve estar numa casa melhor, mais nova, etc. Certo, concordo. Mas porque A pode pagar um aluguel mais caro? Ora, porque ganha mais. E porque ganha mais? Ora porque deve ser melhor no trabalho que B. Negativo. Todos os patroes anteriores disseram, e pode-se observar isso assistindo os dois trabalharem, que B produz mais e melhor porque se dedica mais ao trabalho. Bem – poderia retrucar você – talvez seja caso de carisma, aparência, etnia, etc. O serviço publico no Brasis e` um exemplo de que os melhores para os cargos estão fora e os menos dedicados estão dentro, devido a que apenas alguns mais abastados podem estudar e fazer os concursos ou devido ao apadrinhamento secular. Sim, mas isso tudo foi determinado antes do nascimento. Então talvez o genoma dos pais não contenham apenas as informações das características carnais dos corpos, talvez tenha algo mais ai, relacionado a magnetismo, hologramas,… Ora – você poderia ironizar – você esta sugerindo que astrologia existe? Obviamente que não, apesar de que essa coisa de diferentes faixas magnéticas, transmissão de ondas de luz, etc., existiam antes nos sistemas astronômicos, os quais são nossos ancestrais. Nos teremos que abrir uma linha de pesquisa de laboratorio tendo como base a formula da Matrix/DNA para investigar o que aconteceu com o eletro-magnetismo na evolução desde  galaxias ao genoma humano. Por exemplo, porque as antenas dos insetos que os possibilitam sentirem campos magnéticos foi se atrofiando nos animais superiores ate se tornar um mero caroco no centro do cérebro humano, chamado glândula pituitária, já que precisamos conhecer as outras 7 dimensões previstas na String Theory. Talvez a nossa grande ignorância sobre esta força que tem de existir, esteja no fato de que nosso sensor cerebral para ela esta desativado, e precisamos reativa-lo.

As diferenças continuas aconteceram quando o corpo dos individuos tocaram o mundo externo. Esta força esta dentro dos corpo dos individuos e ela é diferente em cada individuo. Sera que a força em faixas diferentes, se diferenciaram quando chegaram nas pontas dos dedos? Ou esta força vem do cérebro, e  de la, já vem diferente? Vejamos. Não foram as mentes dos individuos que pensaram ou decidiram diferente. Obviamente as duas vontades, os dois comandos mentais eram o mesmo: ” Quero 100% de claridade”. Então surgem duas alternativas:

a) se a força esta parada em estado potencial no cérebro ( como a força elétrica esta no interruptor), alguma coisa aconteceu com a forca do individuo “B” no espaço que vai do cérebro a ponta de seu dedo. Isto e mais que 50% das possibilidades, tem que ser investigado a fundo. Existem diferenças anatômicas ou materiais nos corpos humanos que produzam diferentes níveis de qualidade dos estímulos emitidos pelo cérebro como comandos e decisões?!

Bem, é obvio que existem, ao menos no tocante a força bruta: tem individuos com corpos mais fortes cujas decisões ou vontades do cérebro – como por exemplo, ” vou mover esta pedra” – se realizam, e individuos mais fracos que tem a mesma vontade mas não conseguem mover a pedra. Mas no caso da luz é diferente, não se trata de diferença de forca física, os dois interruptores foram movidos iguais. Não se pode dizer que um cérebro e mais fraco que o outro, ou que a vontade de um é mais fraca que a do outro, pois os dois movem os interruptores de forma igual.

b) A forca pode estar vindo desde fora do cérebro, do corpo humano. Mas não do mundo externo físico. O mundo externo não se preparou diferente para receber cada um dois corpos, não ofereceu nem cedeu qualidades diferentes, os objetos foram sacados do mundo externo pelos individuos. mas sempre vem em niveis diferentes, e o pior, na mesma porcentagem de diferença. Isso tambem não acontece determinado pelos individuos. Não existe diferença entre fraco e forte entre os individuos.

Seria então verdadeira a teoria largamente comercializada da diferença entre pensamentos positivos e negativos? Ora, perante o evento, os dois individuos apresentaram o mesmo nivel de positividade, de vontade, de decisão. Não é isso.  A capacidade de ser diferente e se apresentar diferentemente esta na força antes dela entrar nos individuos. Pois ela já esta ali em estado potencial, porem num, ela é uma coisa, no outro,  outra coisa. Ainda pode ser que os interruptores humanos para esta força, ou seja, os cérebros,  sejam diferentes e isto causa a diferença na força em estado inerte potencial. Sim, cérebros são hard-wired, configurados, de formas diferentes. Nesse caso ela viria do mundo externo igual, mas cérebros a modificariam quanto estão ainda sem entrar em atividade.

Bem, chegamos no amago da questão e aqui a coisa pega, fica tudo muito complicado, a escuridão abate total. Como sempre deu resultado, a estrategia aqui é parar, desviar o cérebro para outra coisa,  deixar que nos próximos dias ele volta ao assunto, bota um pouco de ordem na casa, e num belo dia ao acordar… voila`!,… um quadro mental da resposta surge límpido e claro.

Vamos agora listar as provas-fatos:

1) O individuo “A” nasceu num lar de classe media baixa, com família, berço razoável;

O individuo ” B” nasceu num lar de classe pobre C, ambos os pais deficientes físicos que logo desapareceram quando ele tinha apenas 3 anos de idade. 40%  a mais a favor de A?

2) O individuo “A” nasceu com físico saudável normal e rosto de aparência considerada ” bonito”, o que já determinava um nivel de aceitação e oportunidades oferecidas por outros humanos, principalmente pelas mulheres, pelos selecionadores de candidatos a emprego, etc.;

O individuo B ficou com o físico débil abaixo do peso normal para toda a vida talvez devido a desnutrição na infância e talvez esta debilidade tambem tenha se revelado nas potencialidades do cérebro. Ele nasceu com um rosto considerado feio, o que afastava de si as melhores oportunidades oferecidas pelos outros humanos.

3) O individuo A teve um acidente no trabalho e recebeu 100.000,00 dólares de indenização quando trabalhava num pais estrangeiro, voltou ao seu pais e comprou uma casa.

O individuo B teve um acidente no trabalho quando trabalhava no mesmo pais estrangeiro e recebeu 65.000,00 dólares de indenização. Foi ao seu pais e sua cidade com vontade de comprar uma casa, mas o dinheiro não era suficiente, acabou gastando o dinheiro. Mais 35% a favor dólares de A?

4) Os dois individuos conseguiram aposentadoria nos dois mesmos países. O individuo A recebe no pais A 400,00 e no pais B, o correspondente a 480,00 dólares.

O individuo B recebe no pais A,  216,00 dólares e no pais B , o correspondente a 280,00 dólares. As diferenças entre estes números mostram novamente uma razão de 3:1., ou 33%.

5) O individuo A tem um carro novo no valor de 25.000,00 dólares. O individuo B tem um carro velho no valor de 15.000,00.  Desde os computadores a todos os outros objetos pessoais foi verificado sempre um índice de 35% a 40% a mais de eficiência e qualidade a favor de A. Muitos não foram comprados mas sim achados, ganhados, recebidos como prêmios em sorteios, etc., o que indica que a mesma diferença estava no evento do achado, nas pessoas que deram, nos valores dos prêmios que os sorteios distribuíram, o seja, no mundo externo fazendo face a diferentes corpos humanos.  E foi comprovado que devido a toda esta estrutura física apresentando sempre 35% para melhor a favor de A faça com que B se depare dom azares incríveis em tudo que vai fazer na vida, obtendo sempre no minimo 35% de retorno a menos que A, apear de na maioria das vezes ter atuado com mais esforço, conhecimento e inteligencia na solução e manejo das coisas externas.

Mesmo que, ao mesmo tempo, se constatou que o individuo B possui no minimo o triplo de informações  mais que o individuo A –  por que B frequentou três vezes mais escola, chegou a universidade apos um esforço sobre-humano, e leu 50 vezes mais livros uteis que A, que não passou do ensino secundário. Por exemplo, apesar de B saber muito mais de gramatica, digitação e computação que A, devido as deficiências de seu computador demorou 60 minutos para digitar um texto que A no seu computador mais eficiente digitou em 30 minutos. Mas ai fomos para as impressoras… e a mesma relacao de dificuldades aconteceu de novo, apesar da impressora de B ser mais moderna que a de A. Ou seja, B teve que consertar vários problemas de configuração de fabrica, de conexões de softwares,  ou atualizações,  que A não teve, e quando perguntado A mostrou que não tinha o conhecimento sobre impressoras para consertar se tais problemas lhe acontecesse.

Em determinado momento o investigador perguntou a B:

– ” Você não ficou revoltado, ou com inveja, quando viu que naquela ocorrência quando ocorreu o primeiro dia de trabalho seu e depois o primeiro dia de trabalho de B, na mesma companhia e na mesma função, você teve demasiados azares, problemas acidentais que não foram produzidos por você, enquanto A quase não os teve?”

-” Não. Ja tenho notado isso muitas vezes na minha vida. Mas a culpa não foi de A. Por isso não os invejo, apenas me revolto contra esta sina do destino. A culpa é de algo fora deles, não sei o que ou quem… Ja aconteceu no minimo quatro vezes quando tentei subir uma montanha de obstáculos em busca do sucesso que estava no pico desta montanha. Depois de estar todo machucado pelas lutas no caminho, mas estar a um passo de alcançar o pico, alguma coisa aconteceu nas quatro vezes que ou a montanha se desmanchou sob meus pés, ou um vendaval imprevisto atingiu a montanha, de maneira que nas quatro vezes escorreguei e cai no ponto zero de novo. Nas quatro vezes o acontecimento que me derrubou foi totalmente absurdo, incontrolável. Por exemplo, eu fui a uma aldeia em volta de uma grande mina de ouro e comprei um terreno para montar um negocio que la não tinha e era lucro certo, uma pastelaria com caldo de cana, etc.. Mas antes de eu sacar o dinheiro do banco para levantar o prédio, o governo brasileiro tomou uma decisão que nunca havia ocorrido na historia do pais: congelou todas as cadernetas de poupança. No final tive que ceder a metade do terreno a um sócio que entrou com o capital para levantar o prédio e ficaria com a metade dos lucros, sem fazer nada. Mas quando o prédio estava pronto, novamente aconteceu outro absurdo que nunca tinha ali acontecido antes: o governo interditou a mina. Nesta ocorrência a montanha tremeu sob meus pés duas vezes porque a primeira não foi suficiente para me derrubar. Ora, estes eventos não poderiam estar acontecendo num mundo externo no qual eu não existisse. Eles de fato acontecessem mas apenas logicamente num mundo externo onde eu existo. Por isso estou suspeitando que eu sou o produtor inconsciente do mundo externo em que penso estar vivendo. Enquanto isso tenho assistido montanhas de passos fáceis aparecerem para outros indivíduos de maneira que conseguem alcançar o pico com a maior facilidade. Não é a mesma diferença na lenda entre Sísifo e Prometeu, pois eu sempre atuei como Prometeu e não Sísifo. Mas se eu fosse Prometeu, no dia que ele alcançou o pico e ia ver o trono de Zeus, para lhe roubar a tocha de fogo, teria surgido um vento inesperado e apagado a tocha. Eu comparo isso as estranhezas que estamos descobrindo existir na dimensão dos fenômenos quânticos. Como digerir o fato de que uma coisa é uma onda e uma partícula ao mesmo tempo, ou como aceitar que uma bala de revolver passe por dois buracos numa parede ao mesmo tempo? Não se trata de aceitar ou não, a coisa acontece na realidade e pronto, não vemos o invisível responsável como causa, não podemos entender as causas. A estranheza aqui não é que um único individuo seja a sorte e o azar ao mesmo tempo, mas sim que dois individuos, um seja sempre a sorte e o outro seja sempre o azar, não importa quando e onde. Mas esta é a realidade deste mundo, o qual pode ser uma Matrix emitida por algo que desconheço em mim mesmo,…  assim como tenho um figado que nunca vi, nunca senti nem toquei, e só sei que existe por ter ouvido outros falarem.”

Estes são fatos verídicos, e são apenas os fatos verificados. O acontecimento da lampada tambem é verídico. Existem outros fatos que não foram verificados, porem, é o mesmo que seis ou sete sorteios de moeda cara ou coroa apresente sempre um único resultado igual. Obviamente vamos olhar a moeda com desconfiança, tendo quase a certeza, ou a certeza absoluta, que tem algo na cara que não tem na coroa. E aposto com quem quiser que se os dois individuos forem no mesmo restaurante, sentarem na mesma mesa, e pedirem a mesma bisteca, o indivíduo A recebera uma bisteca com menos osso que B, na proporção de mais 35% de carne.

Algumas evidencias arroladas aqui vão parecer absurdas, inacreditáveis. Por exemplo, ao observar A digitando um texto no seu próprio computador, ele cometeu um erro no seu idioma – Português – e digitou uma palavra sem o devido acento. O certo seria digitar “Não”, mas ele digitou Nao. Imediatamente o corretor automático ortográfico do Google mostrou o erro e ofereceu como alternativa a palavra correta, então bastou ele clica-la e tudo se acertou. Ao mandar B digitar o mesmo texto porem em outro computador, no seu próprio, me lembrei daquela ocorrência e quando chegou na hora de digitar Não eu pedi que ele digitasse sem o acento. Imediatamente o Google avisou, mas não apresentou na sua lista de sugestões a palavra Não com acento e sim a variação “Naã”. Absurdo, o Google e um só, como explicar aquilo?! Perguntei se ele havia mexido no dicionario em seu computador, se teria inserido aquela variação sem sentido e apagado a palavra correta e ele respondeu que nunca mexeu ali, mas comprou o computador de segunda mão… Então B teve que deletar a palavra errada que tinha digitado, clicar em Naã, acrescentar um o em Naã, apagar um a, e assim ficou certo. Então perguntei a ele porque ao invés daquele trabalho ele simplesmente já não digitou Não corretamente. Ele respondeu que não sabe o porque, pois até um amigo técnico em computador já tentou consertar, mas o teclado dele não tem como mudar de inglês para português, por isso ele esta digitando tudo sem acentos e depende do Google para consertar… com as mazelas do Google. Claro, com todos estes problemas ele vai demorar o dobro de tempo para digitar qualquer texto em português. Isto vem para reforçar o que vou defender aqui: o mundo externo, incrivelmente, torna sua vida 35% mais difícil em tudo que ele faz, em relacao a tudo que A faz”.

Quero lembrar que a String Theory, ou Teoria das Codas, que esta a cada dia ganhando mais evidencias a favor, indica que existam ao menos 11 dimensões na realidade deste mundo que nos cerca, das quais percebemos, vemos, e tocamos, apenas três ou quatro. Quero tambem lembrar que a Matrix/DNA Theory descobriu que ao longo da vida de um corpo humano, a sua energia vital varia em qualidade, intensidade, numa sequencia que começa no mais forte e vai caindo até o mais fraco. Do baby inquieto ao cadáver inerte. Durante esta vida o corpo muda de formas, etc. Porem, esta mesma sequencia, esta mesma variação de intensidade, vibração, formas, existe numa simples onda de luz que se propaga no espaço. Se o copo humano termina fragmentado como o pó de onde surgiu, uma onda de luz termina fragmentada nas partículas fundamentais que são os fótons. De maneira que as coincidências são tantas que deixam de serem coincidências e indicam que a vida de uma onda de luz e sua energia e igual a vida de um corpo humano e sua energia. Quero ainda lembrar que existem muitas investigações cientificas em aberto sobre magnetismo, campos magnéticos, etc. E` possível que assim como a Terra e o Sol tem seus campos magneticos, tambem o corpo humano tenha um correspondente campo magnético não produzido por ferro escaldante no núcleo, mas por alguma outra coisa interna. Todas estas lembranças são apenas para avisar que ainda não sabemos quase nada deste mundo e de nos mesmos, portanto, não existem fatos para desaprovar a existência desta força, porem, existe uma inegável quantidade de evidencias e fatos reais arrolados indicando sua existência.

 

O investigador esta vitima de uma tendencia que se lhe afixou na mente, apesar de todo seu esforço em tratar as outras possibilidades com a mesma suspeita e energia. Esta tendencia o tem levado a uma frase final, uma teoria: ” Toda pessoa tem uma propriedade interna a seu corpo que ainda nos e desconhecida, mas esta propriedade tem força que afeta a vida no dia a dia, assim como a mente é algo abstrato e invisível mas dela emana uma força tambem desconhecida que dirige um corpo humano a executar movimentos, seguir comandos. Esta propriedade não é a mente apenas, pois mentes diferentes tomam decisões iguais, lidam com condições externas iguais, mas obtêm resultados diferentes. Esta propriedade não é igual em todas as pessoas, e parece que ela divide a população em classes de qualidade de vida, pela qualidade e quantidade que as pessoas obtêm do mundo externo. As pessoas não escolhem o tipo desta propriedade que possuem, pois todas escolheriam a mais elevada. Esta propriedade esta instalada no corpo de uma pessoa antes do seu nascimento quando vem `a luz do mundo externo. Mas não se sabe se ela se instala no período dos nove meses de gestação ou se vem de um tempo antes do momento inicial da fertilização. Se este for o caso, podemos considerar como forte, a hipótese de transferência ou hereditariedade genética. Esta propriedade me parece estar relacionada ao espectro eletromagnético das radiações de um campo magnético. Parece estar relacionada a frequências, vibrações, intensidades. Por exemplo, o individuo A da experiencia tem uma mais forte intensidade vibratória, o que o situa mais próximo da radiação gama, enquanto o individuo B tem uma mais fraca intensidade vibratória que o situa mais próximo da radiação radio, no outro final da escala das radiações. Eu já tenho outras investigações em andamento que sugerem, por exemplo, que as diferentes distancias dos nove planetas do sistema solar em relacao ao Sol se devem a estarem situados em orbitas solares correspondentes aos seus estados vibratórios. Nesta teoria, o espaço em volta do Sol recebe uma onda de luz/energia proveniente do Sol que se propaga por ondas concêntricas e na mesma sequencia do espectro eletromagnético. Estas faixas de ondas possuem diferentes frequências, intensidades, vibrações, comprimentos de onda, portanto estas faixas de ondas são como avenidas circulares que determinam a direção de um planeta no seu movimento no espaço livre. Se diferentes planetas existem em diferentes fixas destas ondas, é porque tambem os planetas tem suas ondas eletromagnéticas, mas uma delas é dominante em relacao a todas as outras e esta tem uma vibração especifica que a situa na sua orbita solar. Pois na relação entre humanos e esta biosfera, este ecossistema terrestre, deve existir a mesma propriedade. O mundo ao redor dos humanos tem um unica faixa vibratória, e esta seleciona e elege os humanos cuja faixa vibratória seja igual a ela ou mais próxima. Esta teoria é falsificável, testável, ou seja, é sujeita e possível `a investigação cientifica. Apenas nos esta faltando um cérebro com sensores mais evoluídos para captar este fenômeno e instrumentos científicos que possam faze-lo. Sendo assim, eu inicio esta pesquisa, e espero que outros se juntem nesta importantíssima característica que determina a sorte ou azar no destino dos seres humanos. Nos temos que declarar como nossa inimiga numero um as faixas que nos causam prejuízos, ou seja, as outras pessoas alem de nos. Pois existem neste momento bilhões de crianças, velhos, jovens, adultos, homens e mulheres sendo torturados por estarem invadidos por inadequadas vibrações. São pessoas do nosso sangue, é a nossa especie, portanto toda e qualquer empreitada visando beneficia-las deve ser incentivada.”

 

E para interromper aqui por hoje esta investigação, trago ainda a imagem do espectro eletromagnético que o investigador tem na cabeça guiando-o tendenciosamente por um dos muito caminhos possiveis:

Light-The-Electro-Magnetic-Spectrum by MatrixDNA THeory

 

Continuando esta investigação, vou registrar aqui mais um testemunho real de outra pessoa que se encaixa na faixa dos 30% a menos, fato que acho ter relacao com este assunto. Trata-se do relato de uma senhora postado como comentario no artigo em:

 

As discretas invasões da burguesia

http://outraspalavras.net/posts/quem-sao-mesmo-os-invasores/

Alexandrina Pacheco – Posted agosto 24, 2014 at 9:02 PM
Veja meu caso: casei me com um homem que cumpriu todas as suas “obrigações” com a Santa Terrinha Brasil, pagou todos os Impostos e descontos como fazem todos os assalariados , serviu a Força Aérea, onde entrou com 17 anos na Base aérea em Salvador, acabado o tempo de 4 anos, saiu e sonhava em ir para Aviação comercial, lutou muito tendo de ser vendedor para sustentar se até cumprir todos os outros quesitos para então ingressar na carreira comercial, já sabendo que dificilmente iria a Comando pois linha de acesso era longa, derivou então para a carreira de Engenheiro de voo, ou Mecânico de voo, ou F/e como são designados. Casou se comigo aos 37 anos, e como eu não tinha heranças de família, nem bens, sempre pagamos aluguel, tivemos 3 filhos e vivíamos com o ordenado dele. Pusemos nossos filhos em Colégio particular, porque na época a Educação Pública no Brasil já tinha caído do pedestal de melhor ensino, e nunca sobrou dinheiro para a “tal casa própria”, sempre tentando melhorar entramos em alguns planos absurdos tais como Haspa e outros , até que surgiu uma proposta para um plano para complementação de aposentadoria AERUS, e aí como as prestações eram salgadas, tiramos nossos filhos do Colégio Particular e foram para a rede Pública para que pudéssemos cumprir com nossa obrigação. Sabe o que aconteceu? como tudo no Brasil a obrigação perante a Lei era que a PREVIC da época que tinha outro nome que me foge agora , fosse a vigilância e o cuidado com os investimentos, como todos sabem a Seguradora AERUS que já foi a 5 no Brasil, abriu o bico pelo consentimento dos que deveriam fazer seu dever e não fizeram e entrou em Liquidação Judicial em 2006, e tome processos e mais processos os aeronautas e aeroviários da VARIG, TRANSBRASIL ficaram cada dia recebendo menos e alguns até 8% do que seria sua pensão, enquanto AERUS ia vendendo o SEU PATRIMONIO. Ganhamos varias vezes na Justiça alguns dos processos que se o Governo cumprisse com sua parte o plano teria como continuar, mas qual o que , estamos como no caso dos precatórios……nada e já se passaram 8 anos, somos todos velhos cuja média de idade é 76 anos, e o sádico do Governo está esperando morrer o último. Meu marido morreu em 2010, e eu vivo com a pensão dele do INSS, e moro de favor em um apartamento emprestado por uma amiga de boa alma, não sei até quando. Fui operada de Câncer no Pulmão em 2013, Fevereiro, tenho 70 anos o Brasil de hoje me assusta muito, é bem difícil as adaptações do mundo moderno, continuo sem casa própria , com uma vida bem comedida, planos de saúde inviáveis de se pagar , e vendo gente que quer viver no Centro de são Paulo com toda infraestrutura , sem ter feito nada por isso, e como ficamos ? Alugueis estão pela hora da morte, gente que mora na periferia que toma conduções lotadas e estudam ficam com todas as dificuldades enquanto outros querem tudo na mão? há muita coisa que precisa ser revista no país, e não acredito que priorizar alguns, jogando classes contra classes seja o melhor caminho, nem essa expansão ou inchaço de construções em São Paulo, totalmente verticalizado possa trazer algum conforto. (FIM)
Veja como funciona a invisível força que controla nossas vidas. A historia da vida deste ” piloto” se assemelha em muito com a historia da vida do personagem acima, contido sempre em 30% inferior na qualidade de vida, nunca conseguindo superar essa faixa por mais esforço e disciplina que tenha empregado. Eu suspeito que o piloto tinha algum desvio racional, algum vicio, que o atrapalhava. como o personagem A acima tinha o vicio da filosofia imaginaria. Então ainda fica a duvida se realmente esta forca invisível existe. Mas pode ser que estes desvios, vícios, já sejam um artefato aplicado por esta forca sobre esta pessoa, mesmo que esta forca seja vinda do próprio EU, uma entidade cósmica no subconsciente que não e’ conhecida e captada pelo consciente temporal de uma vida.
Enfim, que continuemos esta investigação…

Como Mudar o Mundo: Interessante free-e-book para ler

segunda-feira, julho 27th, 2015

xxxx

http://cdn2.collective-evolution.com/assets/uploads/2014/01/How-To-Change-The-World.pdf

Sol, Sun`s flares, Magnetic Field, etc. Suspicious Observer, bom site e videos.

segunda-feira, julho 27th, 2015

xxxx

Suspicious Observers

http://www.suspicious0bservers.org/

Suspicious0bservers.org is the home of an online research community investigating solar activity, climate change, earthquakes, and more.  There are +230,000 Observers in our community.  Hundreds of hours of additional content are available when you become a member.  Eyes open, no fear.

Space Weather | Solar Activity | Weather | Earthquakes | Climate Change

Despertados para a Matrix/DNA – (1) Troy Megill

segunda-feira, julho 27th, 2015

xxxx

Troy Megill

Uploaded on Jun 26, 2008

I’ve always said, these so called educational institutes have held most people back.
Every time some one told me the had a degree in something, I found them limited in what they could achieve.
My responsibility is not to convince skeptics, but to endorse and build solid foundation through dreams. The power of possibility belongs to the dreamers and dreams come true to the ones that BELIEVE. Its call the new Paradigm, welcome in all dreamers, goodbye all skeptics.
Think outside the Box.

Every Video, every book, every teaching is for us to build a foundation of a believe system. Every person that came before, did what they could to show all what they did to reach their understanding. My firm understanding is now simple after going though many teachings…. We are a bucket taken out of the ocean, that bucket forgot it was the ocean, the bucket has been given its own life, a life of separation, its goal is to take back to the ocean its own experience. The bolder, the better…. Their are no rules, their are no Vows. The knowing memory of what was taken from the ocean will be driven by selfless intent, doubt of what you really are leads to fear, fear is the mill stone on your neck to failier, or to know it fails, fear is the worthy adversary to built intellect, experience to overcome, to find that the power of unconditional love, first starting with yourself, to be the most mightiest expression of self, to be the greatest God self you could be, so that the ocean can know

http://peswiki.com/index.php/Director…
http://www.thelastoutpost.com/site/11…
http://www.cmsnl.com/news/suzuki-350c…

 

Veja video: Bicicleta Motorizada Movida a Agua Inventada por Brasileiro? Deu na Internacional.

domingo, julho 26th, 2015

xxxx

A noticia esta causando polemica internacional, mas o mais curioso e` a explicacao que encontrei para explicar o fenomeno ao consultar a formula da Matrix/DNA, a qual vai copiada abaixo:

Miracle motorbike that goes 500km… on a liter of water! (VIDEO)

http://www.rt.com/news/310724-motorcycle-water-runs-kilometers/

A Brazilian man, Ricardo Azevedo from Sao Paulo, has shown off his wonder bike to the world. The magic machine can travel up to 500 kilometers on a liter of water. © RT / Ruptly

Mas como se pode ver nos comentarios que seguem o artigo, os vigilantes arautos da engenharia academica universitaria ja pularam na frente com sete pedras na mao dizendo que o homem e` mentiroso e isto e` uma farsa. Porque a experiencia nao bate com a teoria. Eu nao sei nao…

E meu comentario postado naqueles meios de comunicacao:

The explanation is that the interval between two explosions take more time than the common gasoline based motor. Then, one explosion pushes the bicycle moving ahead and the explosion stops. The bicycle moves by inertia. When moving, the bicycle is recharging the battery. When the bicycle is almost stopping, new explosion pushes it again. In this way the bicycle does not get too much speed, but can go far away… The explosion by gasoline happens fast moving the bicycle even when on inertia, which is a waste of fuel, but, get more power and speed. Ok, I am not a technician and I don’t know if this is the explanation but I have a resource for analyzing it that nobody else have: the natural formula for closed systems, called Matrix/DNA. A natural closed systems is based on a circuit like a snake swelling its own tail, but, with an advice more, which makes it self-recycling. The energy begins to flow in the spherical circuit with, let`s say 200 watts. When it arrives at the middle of the circuit, the energy is shared into two branches, each with 100 watts. One branch will continuing the spherical circuit till reaching the end, which is connected with the beginning. The other branch falls directly internally the sphere towards the beginning, waiting the other branch to arrive, making 200 watts again and returning to run. So, the closed systems really dies at every cycle, but the 100 watts running entropically by inertia means that the spherical circuit is resuscitated when meeting the other branch. So, this man, without knowing the Matrix/DNA formula could be applying it very well. The unique event when Nature could make a perfect closed system was when it built the building block of galaxies systems. That’s why galactic systems seems to be almost eternal. And the mechanism of dividing and reunifying the flow is the hermaphrodite mechanism.If you want to know the formula copy and paste n Google: “The Universal Matrix for Natural Systems and Life’s Cycles”. But, first of all, we need  confirmation that the water alone is doing this job.

xxxx

Interessantes comentarios:

dis gusting 19 hours ago
Yuri Felshtinsky

What? I am not a genius, I do have two degrees of university, one of computer science the other of applied mathematics, both were through the universitys school of engineering. I had to take lots of science, chemistry and math for my pre-classes, it could be because of English may be but I think what you says here has no thought and is just rambles of science words you have heard before.more…

Dis Gusting:
So you two have degrees, so what? Thomas Alva Edison had only primary education. He went to become who found the DC current, electric bulb and battery. Locomotive was found by a mine worker. In modern times, Bill Gates who was a high school achiever went to find Windows. There are very few people who had degree invented anything new. Just because one have a degree would not make those smarter. This guy might have found something that the professors might have missed because they think their thinking capacity is different from ordinary men.
xxxx
Darth Vader yesterday at 08:30
Tesla found the way how to use energy form the SUN! Limitless and free energy for all mankind on the Earth… And he was named as the crazy old man… 1 century later you have Tesla cars, and they used batteries! Tesla wanted to build antennas and transformers on any device that need electricity to work, that is free wireless energy for all mankind! Again, 1 century later scientists “”found” that kind of technology… Tesla was so far ahead of his time, and for me he is way ahead of present time…

Sobrevivemos em cima do fio da navalha! Veja o porque neste video sobre o Sol

sábado, julho 25th, 2015

xxxx

Vídeo muito instrutivo sobre o Sol mostra como vivemos no fio da navalha, sobrevivendo ainda porque estamos gastando o premio maior ganhado na loteria do Universo, uma sorte incrível. Bastaria que num de seus giros, uma quantidade maior de substancia escaldante se deslocasse para um lado do Sol, e a vida seria eliminada da Terra em minutos. E` quase impossível acreditar no equilíbrio das coisas dentro do sistema solar por tanto tempo que desde as origens da vida aqui ainda não aconteceu qualquer desequilíbrio, por minimo que fosse. Por ser quase impossível acreditar nessa extrema regulação deste sistema natural é que a maioria dos humanos tem razão quando sua crença só encontra uma explicação plausível: o controle de algum Deus.

Mas pensando bem, esta conclusão não sera tão confiante, se nos lembrar-mos que aqui na Terra podemos observar cenas onde ocorrem situações semelhantes de equilíbrio. Uma sopa numa panela no fogo sendo sacudida para misturar, quando se apaga o fogo a sopa começa a esfriar e se acalmar até que fica num equilíbrio total. Enquanto estava sendo cozida nem pensar que alguma forma de vida vindo pelo ar pudesse nela sobreviver, mas depois que ela se estabiliza, se a panela ficar destampada, fatalmente veremos nela a vida pululando com micróbios. Assim “parece” que aconteceu com o sistema solar, que desde sua formação teve um inicio turbulento sem vida mas depois entrou num equilíbrio, a vida floresceu e por enquanto, aqui estamos.

Digo por enquanto porque no sistema solar o fogo continua aceso, apenas foi bastante abaixado. Ainda substancias são aquecidas dentro da sopa que formam bolhas na superfície, o que no caso da Terra e seu núcleo sob fogo lento produz as erupções de vulcões e no caso do Sol produzem as chamas solares que se espalham no espaço como energia e vento solar. Mas o pior é que a “panela solar” ainda continua sendo sacudida. No nosso tempo de infância, desta geração mais velha de hoje, crescemos vendo nossos pais torrando café pelo método de girar por manivela uma bola de ferro cheia de grãos, para que todos os grãos se torrassem por igual. Mas em cada girada todos os grãos iam para o lado mais baixo da esfera. Pois o sol é esta esfera que esta girando, e pelo cumulo da nossa sorte, os grãos não são empurrados para um lado como na panela de café. E` um equilíbrio aterrador que significa para nos mais algum tempo de vida, mas esse equilíbrio pode dar uma desequilibradinha a qualquer momento.

Para quem conhece a formula para sistemas naturais que estou publicando neste website, fica mais fácil aceitar essa extraordinária aberração da sorte porque entendemos que o sistema solar foi feito em cima desta formula e ao observa-la, concluímos que não tem como ela se desequilibrar em seu circuito corrente de massa e energia interno. A formula, e por conseguinte o Sistema Natural Solar é um sistema fechado em si mesmo. Portanto, para a maioria que acredita existir um Deus controlando esse equilíbrio e pisando nos freios do Sol, continua ganhando, pois, quem fez esta formula e a introduziu no Universo no momento inicial do Big Bang? Ai a Matrix/DNA fica calada, empaca, diz que não sabe pois ela só pode ir até os limites do Universo, e deixa a conclusão ao sabor de cada humano.

Mas existe uma maneira de perturbar esse sistema e até iniciar sua destruição: se algum objeto ou energia ou raio-gama, de considerado tamanho e intensidade vier de fora do sistema solar e conseguir penetra-lo passando no meio da sua “casca”, que é o Cinturão de Belt. Então dependemos não apenas do equilíbrio do sistema solar, mas também do equilíbrio do sistema maior em que o solar existe: esta galaxia chamada Via Láctea. E se ela for de acordo com o modelo teórico da academia escolar moderna que acredita num céu cheio de acontecimentos gigantescos ao sabor do acaso, onde a violência seria regra comum… não adianta a sopa escaldante do Sol ficar eternamente em equilíbrio enquanto a panela esta girando, pois a qualquer momento a explosão de uma supernova, um cometa ou planeta errante do espaço sideral, um jato de raio-gama de um buraco negro mais intenso e, nem o Universo se lembrara mais que numa época do passado existiu vida na Terra e uns bichinhos engenhosos que construíam até naves espaciais.

Mas aqui tambem a formula da Matrix/DNA vem ao socorro dos que a conhecem para diminuir o medo, o stress que esta situação nos provoca. Pois só não fica preocupado quem não sabe que estamos no fio da navalha, porque ainda não adquiriu o conhecimento cientifico sobre o Sol. Ora, a Via Láctea tambem é um sistema natural e portanto construída tendo por base essa formula. Quer dizer, a galaxia tambem é um sistema fechado, assim como todas suas vizinhas. Então a ideia dos grãos de café na esfera girante sobre o fogo, que foi ampliada macroscopicamente como a ideia da sopa escaldante do Sol girando dentro da sua esfera sob fogo  mais lento, pode agora ser ampliada mais ainda para alcançarmos o nível do Universo: ele tambem teve um inicio turbulento sob fogo intenso, mas se esfriou, a sua sopa assentou, e esteja ele tambem ou não girando sobre sim mesmo, hoje sua sopa interna esta em equilíbrio. E` este equilíbrio do sistema maior que se projeta internamente e tambem obriga os equilíbrios dos sistemas menores que existem dentro dele.  Acho que assim a formula explica o porque de já se passar 3,5 ou 4 bilhões de anos que a Vida surgiu na Terra e ainda continuar existindo, porque nenhum objecto ou raio de energia veio de fora do sistema solar. O universo inteiro esta em equilíbrio. E’ por isso tambem que gosto ainda mais do modelo astronomico teorizado pela Matrix/DNA, pois nesse modelo não existe lugar e vez para a violência no céu, como a que vemos na superfície da Terra. Esta nossa biosfera se iniciou em estado de caos e ainda é muito caótica, mas basta levantar os olhos para ver uma noite estrelada e entender que no céu reina o estado de ordem. Somos filhos do caos, mas netos da ordem. Podemos ser filhos do errático Adão, mas somos netos do seu equilibrado Pai.

Para pensar neste final de semana e adquirir um pouco mais de consciência sobre o que somos neste mundo e qual o estado da nossa existência hoje, sugiro que se assista ao menos o primeiro da serie de videos cujo link vai abaixo ( o inglês é um problema, mas já vale ver apenas as imagens e vale tambem acionar o cc-closed caption, que as legendas ajudam um pouco). Good weekend e feliz natal pra todo mundo….hein?… opa… não repara não porque ainda estou com a cabeça no mundo do Sol…

https://www.youtube.com/watch?v=_kZ6HSPkf8U&list=PLHSoxioQtwZcJj_9clLz7Bggso7qg2PDj&index=1 

Cientistas Publicam Descoberta na Academia de Ciencias que Minha Avó Já Sabia: O cerebro fica mais saudavel ao caminhar no parque!

sexta-feira, julho 24th, 2015

xxxx

Como o Caminhar no Parque Muda o Cérebro

http://graphics8.nytimes.com/images/2015/07/22/health/22physed_nature/22physed_nature-tmagArticle.jpg

Cientistas mandaram um grupo de estudantes caminharem uma hora e meia num park  outro grupo caminharem uma hora e meia ao lado de uma agitada avenida central. Depois que todos voltaram a escola lhes deram questionário para respostas e concluíram que o grupo que foi no park voltou com o cérebro tranquilo e mais saudável enquanto o outro voltou com o cérebro stressado e menos saudável. Eureka! E além de conseguirem inserir essa revolucionaria descoberta nos Proceedings of the National Academy of Sciences na semana passada, agora conseguiram publica-la no New York Times!

Se e’ tão fácil assim eu também vou publicar minha ultima descoberta na academia de ciências: ” Pelos do braço de homem mudam de posição quando ve mulheres: se e’ morena os pelos vão para a direita, se e’ loura, vão para a esquerda!”

Mas isso não e’ tudo. Ao ler o artigo quase pulei da cadeira, logo eu, quem caminhou na selva do Amazonas por sete anos e voltou com um cérebro de meio-homem, meio-macaco. O artigo e um hino a recente moda de aconselhar um retorno a natureza, mas que natureza… Os parques próximos as cidades não são natureza, são artificialmente ” man made”. Retornar a natureza e’ ir la onde fui. Onde no parque estão as anacondas ( a jiboia, a sucuri), os mosquitinhos vampiros, a malária, o urro do tigre ao longe, os rios para atravessar sem ponte cheios de crocodilos e aquele fiozinho de minhoquinha chamado de candiru que gosta de entrar nos nossos buracos sem ser convidado…

Entao não me aguentei e tive que botar meus dois centavos de opinião no artigo do New Yourk Times, o qual vai transcrito abaixo ( voce pode ler o artigo no link

http://well.blogs.nytimes.com/2015/07/22/how-nature-changes-the-brain/?

How Walking in Nature Changes the Brain

Louis Charles Morelli – July 22, 2015
New York, NY

But… but, the park is not Nature, it is artificially man made.

What really happens when a big city nurtured guy go walking in the real place of our origins, like the jungle?

The brain is totally re-hard-wired. It happened with Darwin ( 4 years in Galápagos and South América) and with myself (7 years in the Amazon jungle). It is like if you take a baby living in his rich and modern room and put it again reduced as fetus inside the embryonary sac! It is like you experiencing two diferente universes ( the cosmic universe surrounding the baby and the litle universe of the embryonary sac surrounding the fetus).

But… which is the real universe (in relation to the brain and not in relation to the urban human mindset)? Darwin and me concluded that it is something in between. LIke the real world is something in between the believed world view built by the scientific reductive method and the world view built by the flying imagination of religions.

Oh my lovely Almight Lord Pink Unicorn! If every newyorker could go living by a year alone in the jungle, we would have a new New Age revolution at every year… and the final effect would be avoiding Humanity that is going to the Brave New World under the rules of the Big Brother and loosing totally the counciousness that we still are nurturing in this brain as placenta inside this head as egg. And the neuroscinetists would be very busy trying to be actualized with the hard-wired state of ours brains.

Video Perturbador Conduz Humanos a uma Pausa para Pensar No que Ele Esta Fazendo de sua Vida

quinta-feira, julho 23rd, 2015

xxxxx

Tente assistir o vídeo clicando aqui e depois click em full screen e depois retorne aqui para falar-mos disso:

https://video-lga1-1.xx.fbcdn.net/hvideo-xaf1/v/t42.1790-2/10551216_810825958957060_452362591_n.mp4?efg=eyJybHIiOjY1OCwicmxhIjoyNTcwfQ%3D%3D&rl=658&vabr=366&oh=11f3598e8ea1836f7613033f1dcf007b&oe=55B146DD

Comentario que emerge da visão de mundo da Matrix/DNA:

Quando um conselheiro do Rei Louis XV lhe avisou que o comportamento da corte envolvida em festas orgíacas com banquetes intermináveis enquanto o povo lá fora com dificuldades econômicas estava se revoltando e tornando-se perigoso, o rei respondeu:

– ” Eu estou consciente que existe o risco do povo entrar no palácio e vai cortar os pescoços de todos que estão aqui, inclusive o meu e da minha família. Mas… o que podemos fazer… Nos caímos subjugados pelo vicio e isso não tem mais volta, sozinhos não conseguimos nos corrigir.”

Os cérebros de todos os animais e tambem dos humanos tem essa falha real, de se deixar cair e deixar se levar numa espiral decadente cujo final é o fundo mortal do poço. Depois que entrou no torvelinho, perde as forças que lhe conferiam vontade própria. E’ o caso dos humanos drogados, dos jovens e idosos que estão viciados em jogos de computador e vídeo game, dos viciados em comida e dos comedores de carne. Tambem é  cair no vicio se empregar num trabalho maquinal rotineiro e a noite nas horas de folga não procurar desesperadamente uma maneira de sair deste trabalho, acomodando-se ai as vezes até a aposentadoria.  Isto vem da Natureza que produziu o humano, é a natureza do humano.

E’ quase impossível nos imaginar-mos não comendo a carne de outros seres vivos. Por isso quando se diz a um carnívoro que isso tem que mudar ele da’ de ombros e responde que o mundo e’ assim, não vai mudar. – ” Eu… comendo só’ frutas, cereais, vegetais,… vou ficar doente, o corpo não vai aguentar, tenho que malhar no pesado, preciso de muita energia, que só existe na carne…”

Primeiro é preciso questionar se o mundo é assim mesmo, e a resposta é : não, nunca foi nos 13 bilhões de anos do Universo, esta sendo agora durante uns meros milhões de anos e no planeta Terra, e isso é  temporário porque vai acabar, logo o planeta não mais suportara seres vivos aqui. Isso é um passageiro e temporário aspecto do mundo que esta acontecendo aqui neste planeta-pontinho perdido na imensidão sideral. Portanto, aconteça ou não aconteça isto, o Universo não dará a minima para o que esta acontecendo aqui e agora, e isso sera apagado da memoria na noite dos tempos. Em outras palavras ainda isto é um temporário desvio do fluxo natural das coisas e certamente sera eliminado, corrigido, pois depois da vida animal na Terra, a natureza voltara ao seu normal cósmico roteiro.

O importante que sobra deste palavreado todo e’ saber que a natureza eliminara estas cenas do corpo dela, da historia dela, e isso implica que eliminara os agentes destas cenas. A NÃO SER QUE OS AGENTES SE AUTO-CORRIJAM, SE AUTO-CUREM ANTES DA NATUREZA FAZE-LO, COM OS AGENTES RETORNANDO A SEGUIREM EM SINCRONICIDADE COM AS LEIS DA NATUREZA.

Mas como vimos no episodio do rei, não temos em nos a força para ativar esta auto-cura. Por outro lado sabemos tambem que a natureza contem em si o principio da auto-cura. Genes se auto-corrigem, existe um mecanismo corretor nos erros de transcrição do DNA, organismos possuem um sistema de auto-cura denominado sistema de defesa imunológico, de células a organismos superiores existe o fenômeno de regenerar algumas partes do corpo perdidas, até os astros de um sistema são corrigidos se saírem fora de orbita normal, o que significa que ate sistemas astronômicos se auto-curam.

Se as duas forças – a positiva e a negativa – estão presentes na nossa natureza humana, e portanto devem ou deviam estarem presentes em potencial latente no cérebro humano, porque a negativa conseguiu a dominância e se impôs… é na resposta a esta questão que talvez levantemos do fundo do cérebro a força dormente dominada que por si só entraria em combate com a força dominante. Portanto o assunto é questão de vida ou morte, de tortura certa ou livramento da tortura, e por isso merece que nos sacrifiquemos neste raciocínio incomodo e exigente de sacrifício mental neste momento. O gordo do vídeo esta tendo a barriga marcada para ser cortada, e mesmo o simples fato de carregar aquela barriga, não se livra da tortura ainda em vida. As rápidas mudanças da natureza do planeta ameaçando nossa existência e jogando milhares na miséria é  outro tipo de consequente tortura. Os canceres, diabetes, e o sistema economico que nos empurra para trabalhos estúpidos, são outras formas dessa tortura causadas pelo aspecto negativo dessa força. Se não nos molesta a ideia de que podemos ser torturados e que resistiremos a dor da tortura, ao menos, sera mais difícil de continuar nessa negligencia quando nos lembramos que podemos presenciar a cena de nossos entes queridos, como os filhos, que serão torturados.

 

Tenos que buscar mentalmente na Natureza real as origens e significado existencial destas forças em seus dois aspectos opositores, e se encontrar-mos as explicações, estaremos injetando nas profundezas do nosso cérebro os estímulos que possam ressuscitar a parte dormente dela, e a partir dai, a auto-cura pode se tornar automática. Mesmo que não consigamos imaginar a nos mesmos sem comer carne, ou sem trabalhar neste sistema absurdo produtivo, e por isso, não desejamos que a força dominada ressuscite. Depois que ela executar sua tarefa, perceberemos que nunca precisamos de fato comer carne ou trabalhar no indesejado e podemos viver mais felizes sem estes vícios.

E’ preciso lembar que a dualidade dos opostos é uma condição insuperável para a existência dessa natureza que nos produziu. Essa dualidade foi manifestada já no primeiro momento da origem deste Universo, quando as partículas fundamentais, como quarks, leptons, bosons, ja surgiram divididas em positivas e negativas. Essa dualidade fluiu e permeou toda a historia da natureza universal e chegou a nos estando presente em todos os fenômenos naturais. Se existe o quente é porque existe o frio, se existe o macho tem que existir a fêmea, se existe o vicio é porque existe o seu não-vicio ou fluxo saudável natural, etc. E é preciso lembrar que as coisas se movem neste mundo como resultado do conflito ou acasalamento destes dois opositores, e enquanto perdura um conflito, uma parte  é dominante e outra dominada. Então aqui começa a explicação que estamos procurando: nossos cérebros, e dos outros animais na Terra,  estão sendo o palco ou os alimentadores da fase de conflito no aspecto sintonia ou não-sintonia com o ritmo natural. Deste conflito emerge o aspecto negativo em relação a nos, de uma força. Mas segundo as regras naturais, este conflito não pode ser eterno, então de alguma maneira a forca positiva terá que se levantar, se impor na sua metade do cérebro, e continuar a batalha tornando-se a dominante, ou ao se equiparar com a opositora, ambas concordarem no acasalamento. De todo acasalamento sempre resulta um filho, uma terceira alternativa, que sempre supera em evolução o estagio de seus pais, que sempre significa a transformação da forma onde ocorreu o conflito numa forma superior transcendente. Lembre-se que acima do negativo e do positivo esta o equilíbrio, acima do bem e do mal, esta a sabedoria, ou seja, a forma transcendida.

Então, se agora urge-nos levantar o aspecto dormente desta força em nossos cérebros, depois que o conseguir-mos a tarefa não estará terminada. Teremos que segurar o avanço da força positiva ao chegar no equilíbrio, e impedir que ela se torne a dominante. Ninguem mais comendo carne e ninguem mais aceitando trabalho sacrificante e estupidificante como nas fabricas do vídeo significaria vitoria e dominação do aspecto positivo da força, que é positiva em relação a nos aqui e agora mas não significa que é a eleita pela natureza. O domínio da outra meia face da mesma força certamente tambem nos traria outros tipos de vícios e problemas, os quais nem vou agora tentar identificar. Mas isto é para depois, por ora temos que tentar o primeiro passo, que é  conduzir nosso cérebro inconscientemente a ressuscitar ele mesmo a força potencial que esta dormente dentro dele. E isto se faz se ativar-mos o local da memoria no cérebro onde esta registrada esta força dormente, o principio da auto-cura.

Na historia da natureza universal de 13,7 bilhões de anos devem ter ocorridas muitas batalhas entre estes dois aspectos desta força, com muitas fases de dominância de uma, outras de dominância da outra, e outras fases de acasalamento, quando os sistemas naturais se transcenderam em forma, como por exemplo, os sistemas atômicos leves das nuvens de gás primordial se transformaram em sistemas astronômicos sólidos. Nos temos que identificar nesta historia agora qual foi o momento em que começou a dominância do aspecto negativo, pois a relembrança deste momento é que tocara na parte certa da memoria cerebral estimulando-a ao que queremos ela faça.

Sabemos que essa carnificina e este estado de sistema social dividido entre presas e predadores não começou com os seres humanos, mas vem de longo tempo na historia dos animais. Mesmo que o cérebro humano tenha realizado um salto evolutivo e iniciado a desenvolver uma nova forma transcendental do sistema natural universal a que chamamos de auto-consciência, não foi suficiente para eliminar esta rançosa herança psicológica que veio do nosso passado animal. Isto é compreensível porque o aspecto de predador e presa foi um mal necessário para a sobrevivência do homo sapiens nos seus primórdios, e que o aspecto predador voltando-se contra a própria especie, ao sofisticar e mudar o auto-canibalismo procurou métodos mais sutis para continuar este canibalismo na forma de dominação cultural. Então os humanos de hoje nascem já doutrinados por essa cultura que foi trabalhada por predadores em 15.000 anos, ela interpretou os fenômenos e eventos naturais e impôs esta interpretação aos humanos mais fracos, mas ao mesmo tempo os predadores tambem passaram a acreditar fielmente na mentira que eles próprio criaram. Então a causa de hoje o aspecto negativo dessa força estar no domínio é a visão de mundo do homem moderno produzida pela cultura dominante. Por aqui já percebemos que o antidoto para a dominância do aspecto negativo seria mudar esta visão do mundo, corrigindo-a, re-interpretando cada fenômeno e evento natural com uma nova explicação. Como tento fazer com a visão do mundo pela Matrix/DNA Theory.

Porem, ainda suspeito que este antidoto apenas surtiria o mesmo efeito dos atuais coquetéis receitados nos casos de AIDS, os quais remediam, mas não extirpam a AIDS. Assim este antidoto continua a permitir a causa fundamental, a expressão forte do aspecto negativo da força. Limpar a cultura e seu registro na memoria do cérebro não é um ato que mexa na configuração anatômica do DNA nesta memoria, pois apenas se espraia no aspecto psicológico que é um produto evasivo do cérebro. Temos então que descer mais fundo na Historia Natural, perguntar onde e como e porque o aspecto negativo conseguiu a dominância no reino animal.

Quando vejo um vídeo do aspecto microscópico de uma célula em movimento, de sua interação com vírus  e outras substancias, e quando vejo tais videos de reações químicas entre as moléculas que precederam células e vírus, tenho a impressão que este aspecto negativo da força não se originou tambem nos animais, e nem mesmo nas primeiras manifestações da vida no planeta.

Então é quando levanto os olhos para lembrar o ancestral sistema astronomico, e ali, guiado pela cosmovisão e modelos da Matrix/DNA, chego ao momento em que nitidamente esta força se assenta no poder. Foi quando pela primeira vez no Universo o sistema universal que vinha evoluindo dese o Big Bang porque sempre  adotou a forma de sistema aberto ao relacionamento com o mundo exterior, de repente se tornou um forma de sistema fechado tentando interromper sua própria evolução. Foi quando conseguiu um ovo estado de equilíbrio interno termo-dinâmico entre  dualidade dos opostos e segurou esta forma de equilíbrio sem dar o passo imediato seguinte que seria sua transformação e transcendência para uma nova forma superior. Foi o momento em que se formou, se completou o primeiro building block dos sistemas galácticos, ou seja, de galaxias como esta que criou dentro de si a vida que somos hoje.

Esta fase da Historia Natural Universal deve estar registrada no DNA no centro da memoria cerebral. Se estivermos acertado com o nosso raciocínio a realidade desta história, descobrimos o elemento que pode acordar, despertar, essa parte da memoria, e dai para a frente tudo acontecera normalmente com o retorno do principio da auto-cura. Sem o perceber-mos e sem entender o porque, de forma inconsciente mesmo, começaremos a rejeitar a carne, a sentir náuseas na frente dela, e aos poucos vamos substituindo-a, por frutas, vegetais. Sem saber-mos o porque os jovens começarão a evitarem a assumir os compromissos que depois os conduzem inexoravelmente a escravidão voluntaria nestes trabalhos estupidificantes. Compromissos tao arraigados e considerados sagrados baluartes da nossa sociedade, como é a instituição do casamento, serão cada vez mais evitados pelos que não possuem patrimônio e renda necessário para sustentar uma família. Conflitos com os predadores  e sua cultura surgirão.

Se alguém ler este texto, ficara entre os extremos de não ter concordado com nada ou concordado com tudo, mas acho que não aconteceria nenhum destes dois extremos. O sensato seria discutir-mos os pontos de desacordo e realçar-mos os pontos de acordo. Por enquanto – enquanto nenhum novo fato real comprovado ou argumento logico que eu sinta ser mais logico que meus argumentos – minha atuação sera justamente esta: tentar divulgar o máximo possível ao maior numero de pessoas a ideia da formula da Matrix/DNA como sistema fechado, como extrema expressão do egoismo, que herdamos na forma do nosso “selfish gene”. Na minha ” zé-ninguem e semi-macaquica opinião, esta estrategia deve funcionar melhor do que ficar criticando os outros por comerem carne e aceitarem tais tipos de trabalho, enquanto eu mesmo continuo comendo carne e as vezes sendo obrigado a aceitar tais tipos de trabalho. Com a diferença que a cada dia mais, quando estou na frente dos balcões do self-service do restaurante, perante dezenas de travessas oferecendo carnes e vegetais, cada vez mais na hora me lembro desta visão e cada vez estou pondo menas carne no prato. E cada vez mais quando minha poupança no banco atinge os limites perigosos, eu resisto mais um pouquinho a aceitar tais trabalhos. Esta funcionando comigo, sei que este é um processo lento, mas isto sugere que pode funcionar com outros humanos tambem. Posso estar todo errado, sei la, ou talvez não… mas estou entrando neste vicio de maneira que continuarei a agir assim porque não mais posso resistir a ele. E não quero resistir porque sinto que este novo vicio é o vicio antidoto do vicio que sei que precisaria ser combatido em mim… e isso é bom.

Se um leitor concordar comigo deve examinar com mais carinho a nova visão do mundo que eu trouxe da selva, os seus modelos teóricos, e se for convencido sem fanatismos, tente ajudar divulgando esta visão, pois esta pratica pode leva-lo, inconscientemente, a fazer o mesmo que estou fazendo perante aquelas tentações.

Sei que toda vez que um aspecto de uma força se torna dominante e a medida que essa dominância caminha para os extremos, começam a acontecer as aberrações. Mas mesmo assim tenho dificuldades em aceitar que um ser racional se submeta a tais aberrações. Então, uma coisa que acho irracional é o fato de sermos feitos de carne e mesmo assim sermos loucos para comer carne. Vai gostar de si mesmo, vai ser narcisista assim nos infernos… Gostar-se tanto a ponto de simular estar comendo a si mesmo…