Archive for abril 13th, 2016

Acabei de descobrir que o espaço tambem não existe!

quarta-feira, abril 13th, 2016

xxxx

O espaço é criado pela matéria. Se sumir a matéria, some o espaço.

Imagine você observando o Nada infinito (se é que isto existe, mas quem sou eu para contestar os gurus da Física Moderna como o Lawrence Krauss que escreve um livro chamado ” Do Nada Veio Tudo” e os estudantes-fãs caem matando em cima comprando adoidado este livro? E eu, tambem abestado, estou economizando na pipoca quando estou assistindo um filme para juntar dinheiro e comprar este livro…).

Você flutuando no Nada absoluto, so’ existe sua consciência observando. De repente surge uma esfera de matéria neste Nada. Diremos que a esfera tem um tamanho, e ai já começamos a criar o conceito humano de “espaço”. Esta bola de matéria emite um campo circular de ondas radioativas em volta dela. Aumentou o tamanho da matéria. E de repente da esfera sai uma esfera menor que viaja dentro das ondas e pára em certo ponto. Você pode querer medir a distancia entre as duas esferas. Pronto,… você criou o segundo conceito humano – distancia – que vai te levar no final a acreditar em “espaço”.

Entre as duas esferas você nada vê, ou melhor, vê o Nada. Sim, Nada e’ o pano de fundo de tudo! ( segundo o que estão me ensinando os professores). Mas você vai teimar que não, que aquilo e’ “espaço”, e vai insistir tanto neste nome inventado por humanos, que você vai acabar acreditando que ele existe, que é uma entidade, que tem uma substancia, etc…

Entre as duas bolas existe um campo magnético. Então vamos dizer que a matéria tem o tamanho entre as duas bolas, mais as duas bolas, e quando estiveres viajando entre as duas bolas dirás que estás no espaço sideral, ou no espaço vazio entre as paredes do seu quarto… Mentira! Você esta’ no Nada. Você e o campo magnético e suas duas bolas invadiram território pertencente ao Nada. E isto e’ ilegal! Ora bolas!

Em artigo anterior já tinha percebido que tempo também não existe, é apenas um conceito criado pelos humanos para organizar os eventos numa sequencia para depois ele ficar sabendo o que aconteceu antes do que.

Tambem em outro artigo aqui começamos a destrinchar desde a matéria do sistema solar, descemos aos átomos, as partículas, para descobrir que é tudo “espaço” ( já to eu tambem caindo na armadilha!)… que e’ tudo vazio, matéria não existe. Se matéria não existe e e a matéria que cria o espaço então ai é que estamos ferrados. Parece mesmo que vivemos numa simulação de computador ou seja lá o que for que queiram os deuses no… no.. espaço… glup…

Como eu nasci com o instinto de Robin Hood – aquele que tomava dos ricos e dava para os pobres – e não gosto de ver injustiças, vou pegar uma vassoura e varrer tudo deste universo para fora e limpar o Nada. Detesto ver invadirem os direitos dessa criatura indefesa. Vou por tudo no latão de lixo. Claro, isto implica que no final eu também tenho que me por no latão e puxar a tampa, fechando-o.

Moral desta historia descoberta agora:

” E’ melhor estar dentro de um latão de lixo com a consciência  limpa do que estar livre no espaço (glup) com a consciência suja…”.

ORCID: Numero e Site de Identificação Entre Pesquisadores

quarta-feira, abril 13th, 2016

xxxxxx

https://orcid.org/my-orcid

Luiz Morello

My ORCID ID
orcid.org/0000-0003-2525-0340
Identificação dos direitos autorais da Teoria:
TXu000998487

DISTINGUISH YOURSELF IN THREE EASY STEPS

ORCID provides a persistent digital identifier that distinguishes you from every other researcher and, through integration in key research workflows such as manuscript and grant submission, supports automated linkages between you and your professional activities ensuring that your work is recognized. Find out more.

ORCID is a non-profit organization that serves the research community, with an international and interdisciplinary scope. Our core mission is to solve the name ambiguity problem in scholarly communications. We address this mission by maintaining a persistent registry of unique identifiers, providing tools and training to the community for integrating these identifiers into research workflows, and by building and sustaining a community of users and adoperes.

xxxx
    • The Universal Formula for Natural Systems and Life’s Cycles

      registered-copyright
      Qrorcid
      http://qrorcid-nctcqthwxb.elasticbeanstalk.com
      2016-04-13
      Read your ORCID record

      Lilian Pessoa: Regional Director, Latin America

      ORCID

      – Present (1 year)São Paulo Area, Brazil

      As Regional Director, Latin America I’m in responsable for build relationship regionally among research organizations, research funders, publishers and professional associations to make ORCID the global standard for author name disambiguation in scholarly communications.

      xxxx

      Requiring ORCID in Publication Workflows: Open Letter

      Major publishers have committed to requiring ORCID iDs in the publishing process for their journals and invite other publishers to do the same.

      In November, 2015, a group of publishers asked ORCID to help facilitate communications about their plans to require authors to use an ORCID iD, including hosting this open letter explaining their rationale, developing best practices for using iDs in publishing, and maintaining the signatory list.  The publishers’ goal is to encourage others to join them in supporting the adoption of ORCID. Publishers signing this open letter are committing to requiring ORCID iDs during 2016 following specific implementation standards.

       

      Journal or Publisher Sign Date Effective Date of Requirement Signatory
      The Royal Society 1 January 2016 1 January 2016 Stuart Taylor ORCID iD Logo 16x16
      Publishing Director
      PLOS 1 January 2016 Elizabeth Marincola ORCID iD logo 16 x 16
      Chief Executive Officer
      eLife 1 January 2016 7 January 2016 Mark Patterson ORCID iD logo 16 x 16
      Executive Director
      EMBO Press 1 January 2016 24 February 2016 Bernd Pulverer ORCID iD logo 16 x 16
      Head of Scientific Publications
      American Geophysical Union 1 January 2016 1 March 2016 Brooks Hanson ORCID iD Logo 16 x 16
      Publishing Director
      IEEE 1 January 2016 Sheila Hemami ORCID iD logo 16 x 16
      Director & Vice President, Publication Services and Products
      Hindawi 1 January 2016 Paul Peters ORCID iD logo 16 x 16
      Chief Executive Officer
      Science journals 1 January 2016 11 March 2016 Marcia McNutt ORCID iD logo 16 x 16
      Editor-in-Chief
      ScienceOpen 7 January 2016 May 2014 Stephanie Dawson ORCID iD logo 16 x 16
      Chief Executive Officer
      Frontiers 7 January 2016 Kamila Markram ORCID iD logo 16 x 16
      Chief Executive Officer and Co-Founder
      JMIR Publications 8 January 2016 2014 Gunther Eysenbach ORCID iD logo 16 x 16
      Editor & Publisher
      Grupo Cominicar Ediciones 8 January 2016 Carmen Fonseca-Mora ORCID iD logo 16 x 16
      International Co-Editor
      Military Technical Courier 8 January 2016 Nebojsa Gacesa ORCID iD logo 16 x 16
      Editor
      The Company of Biologists 14 January 2016 Claire Moulton 
      Publisher
      IDEA (Instituto de Estudios Avanzados) de la Universidad de Santiago de Chile (USACH) 18 January 2016 Manuel Loyola Tapia 
      Editor
      Faculty of 1000 15 February 2016

The MatrixLight/DNA : Registro dos Direitos Autorais em USA, 2001.

quarta-feira, abril 13th, 2016

xxxxx

 

(Notar que o numero escrito no home do website não conduz ao arquivo e sim o numero abaixo:
Numero certo: TXu000998487
Num no website: 20000998487

Ir aqui:Copyright Office Catalog

Copyright Office Catalog

U.S. Copyright registrations and ownership documents, 1978-present

United States Copyright Office
HelpNew SearchSearch HistoryTitles ListStart Over


Public Catalog

Copyright Catalog (1978 to present)

Search Request: Left Anchored Name = Morello
Search Results: Displaying 218 of 450 entries

 


 

 A differenca entre a vida–ou sistemas animados–e a “nao-vida”–ous…

 

Type of Work: Text
Registration Number / Date: TXu000998487 / 2001-02-20
Application Title: The discovery of the link-system between living and non-living systems.
Title: A differenca entre a vida–ou sistemas animados–e a “nao-vida”–ous sistemas inanimados.
Description: 164 p.
Copyright Claimant: Luiz Carlos Morello, 1951-, (Louis Morelli, pseud.)
Date of Creation: 1995
Basis of Claim: New Matter: compilation & additional new material.
Copyright Note: C.O. correspondence.
Names: Morello, Luiz Carlos, 1951-
Morelli, Louis, pseud.

You can request copies of records or deposits, or ask to inspect copies of records or deposits, by regular mail, email, or fax, or you can call in your request. (  ver: http://www.copyright.gov/circs/circ06.pdf

Copyright RRC P.O. Box 70400 Washington, DC 20024 tel: (202) 707-6787 or 1-877-476-0778 (toll free) fax: (202) 252-3519 copycerts@loc.gov Please provide your daytime telephone number.

a

quarta-feira, abril 13th, 2016

xxxxx

The Universal Matrix Faixa Azul Para Inserir em Artigos

Direito Humano Fundamental Agredido: As modernas gerações nascem sem-teto

quarta-feira, abril 13th, 2016

xxxx

Da nossa geração para a frente, todos nascem “sem-teto” (homeless). Não ha’ diferença entre sem terra e escravos, como o orador explica neste video. Pois o planeta esta todo dividido por cercas, por indivíduos que abocanharam maior pedaços de terra do que a que eles podem trabalhar unicamente con suas mãos e ter muito mais do que o básico necessário para viver: casa,alimento, o amor da família e amigos da vizinhança e a liberdade de poder escolher oque fazer de seus dias.

Esta filosofia era dos hippies, nos anos 6o.  Mas ao invés de um mundo em cooperação, nos continuamos no mundo antigo da competição. A culpa e’ dos maus indivíduos entre nos que não conseguem superar a genética herdada dos animais e seu instinto de predador inclusive da sua própria especie, e da competição com nações estrangeiras objetivando principalmente a nossa segurança. Mas com o mundo globalizado, a segunda causa tende a desaparecer. Por isso precisamos manter esta filosofia viva na memoria, com mensagens como essa deste video, porque nos ainda podemos faze-lo.

What do we truly need in our lives? Mathias Lefebvre at TEDxQueenstown

 

http://