Archive for julho, 2016

Luz tem Interacoes com a Materia que sao discriminadas pelos instrumentos eletronicos, como previu a Matrix/DNA

segunda-feira, julho 18th, 2016

xxxx

… from a theoretical standpoint, “Most light-matter interaction processes are ‘forbidden’ by electronic selection rules, which limits the number of transitions between energy levels we have access to,” Soljačić explains.

For example, spectrograms, which are used to analyze the elemental composition of materials, show a few bright lines against a mostly dark background. The bright lines represent the specific “allowed” energy level transitions in the atoms of that element that can be accompanied by the release of a photon (a particle of light). In the dark regions, which make up most of the spectrum, emission at those energy levels is “forbidden.”

Read more at: http://phys.org/news/2016-07-realms-light-matter-interaction.html#jCp

Study opens new realms of light-matter interaction

July 15, 2016 by David L. Chandler

Matrix/DNA: A Matrix/DNA sugere que os sistemas naturais ditos inanimados ou não-vivos executam funções mecânicas que se tornaram, com a evolução, as propriedades vitais. Então ela sugere um novo e diferente modelo teórico para sistemas atômicos e astronômicos, nos quais, as ocultas funções biológicas aparecem e podem serem identificadas. Esta sugestão e’ totalmente estranha ao mundo intelectual acadêmico moderno, cujos cérebros não conseguem processar o significado disso e seus efeitos no mundo real. Mas isto acontece porque as ciências tem focalizado e percebido apenas os aspectos mecânicos e eletromagnéticos destes sistemas, e esta percepção limitada cresce devido o feed-back proporcionado pelos instrumentos científicos que são meras extensões dos sensores cerebrais. Assim, os instrumentos científicos reforçam a crença em que o mundo real contem apenas o que se percebe, e as características biológicas – que não são mecânicas nem eletromagnéticas – não são admitidas por este mode de ver o mundo.

Mas o esforço das pesquisas vão aprimorando tanto os sensores cerebrais como suas extensões tecnológicas e com isso vão entrando nas faixas das dimensões indivisíveis e adivinhando ou descobrindo novos fenômenos. Estes novos fenômenos vão, por sua vez, confirmando os modelos teóricos da Matrix/DNA.

Trechos do artigo dignos de nota:

With this new study, Kaminer says, “we demonstrate theoretically that these constraints can be lifted” using confined waves within atomically thin, 2-D materials. “We show that some of the transitions which normally take the age of the universe to happen could be made to happen within nanoseconds. Because of this, many of the dark regions of a spectrogram become bright once an atom is placed near a 2-D material.”

Electrons in an atom have discrete energy levels, and when they hop from one level to another they give off a photon of light, a process called spontaneous emission. But the atom itself is much smaller than the wavelength of the light that gets emitted—about 1/1,000 to 1/10,000 as big—substantially impairing the interactions between the two.

The trick is, in effect, to “shrink” the light so it better matches the scale of the atom, as the researchers show in their study. The key to enabling a whole range of interactions, specifically transitions in atomic states that relate to absorbing or emitting light, is the use of a two-dimensional material called graphene, in which light can interact with matter in the form of plasmons, a type of electromagnetic oscillation in the material.

Pesquisa:

Plasmons:

https://en.wikipedia.org/wiki/Plasmon

In physics, a plasmon is a quantum of plasma oscillation. As light consists of photons, the plasma oscillation consists of plasmons. The plasmon can be considered as a quasiparticle since it arises from the quantization of plasma oscillations, just like phonons are quantizations of mechanical vibrations. Thus, plasmons are collective (a discrete number) oscillations of the free electron gas density. For example, at optical frequencies, plasmons can couple with a photon to create another quasiparticle called a plasmon polariton.

Os ventos se propagam como a onda matricial?! E’ o que sugere o Codigo Morse nas Dunas de Marte

domingo, julho 17th, 2016

xxxx

Baseado no artigo:

Astronomos afirmam ter descoberto mensagem em codigo Morse nas dunas de Marte

www.jornalciencia.com/astronomos-afirmam-ter-descoberto-mensagem-em-

A visão de mundo da Matrix/DNA sugere explicações para fenômenos naturais que parecem “loucas”. Um cérebro comum não consegue processar  estas explicações ate perceber o seu sentido logico. Ao mesmo tempo esta visão de mundo esta sugerindo que a visão de mundo acadêmica, oficial e moderna, esta muito errada, parece coisa de louco. Então, quem ‘e o verdadeiro louco nesta historia? Ja dizia Nietzsche que ” o homem considerado anormal pela maioria das pessoas pode ser o homem correto, ja que esta maioria ‘e a anormal em relacao `a Verdade”. Mas, não vamos tirar ainda conclusões precipitadas.

Veja o link cima e na seção de comentários, a minha explicação deste fenômeno.

 

Tem Neve em Torno de Estrelas Nascentes! Mais Uma Previsão Acertada da Matrix/DNA

sexta-feira, julho 15th, 2016

xxxxx

Stellar snapshot: Is there snow in space?

http://www.csmonitor.com/Science/2016/0714/Stellar-snapshot-Is-there-snow-in-space

Estranho como parece ser, grandes discos de gelo e neve frequentemente orbitam jovens estrelas, desempenhando uma regra crucial na formação de planetas. Pela primeira vez, astrônomos conseguiram captar um destes discos na câmera.

E mais uma vez – como tem acontecido nestes últimos 30 anos – o fenômeno parece estranho aos astrônomos porque ele não estava previsto no seu modelo teórico astronomico. Porem, aqui na Matrix/DNA Theory, mais uma vez estamos comemorando o acerto das previsões baseadas em nossos modelos teóricos.

The images captured show the water-snowline which forms around a new star and creates an effect like snow in far galaxies

Astronomers have revealed that snow forms around young stars when they are born – and they’ve shared the proof.

Observations with the Atacama Large Millimeter/submillimeter Array (ALMA) have produced the first image of the phenomenon.

The water snow line forms around a star occurs when a gas is in orbit around a star.

These pictures show the moment when the temperature in the disk surrounding a young star drops sufficiently low for snow to form.

A dramatic increase in the brightness of the young star V883 Orionis flash heated the inner portion of the disk, pushing the water snow line out to a far greater distance than is normal for a protostar.

The results were published in the journal Nature this week, and have excited space experts .

“Our observations were designed to look for disk fragmentation leading to planet formation. We saw none of that; instead, we found what looks like a ring at 40 astronomical units.

“Since water ice is more abundant than dust itself beyond the snow line, planets can aggregate more solid material and form bigger and faster there. In this way, giant planets like Jupiter and Saturn can form before the protoplanetary disk is gone.”

xxxx

Meu comentario para postar nos artigos:

This disk of snow was predicted 30 years ago by Matrix/DNA Theory’s astronomical model, and I have the copyright for proving it. Astronomers are surprised because the disk must change their standard theoretical model. This discovery is an accident, not a driven search guided by a theory, they were looking for disk fragmentation of dust. And since they are still based on a wrong model, their interpretations in this article are wrong.

It is not a young star, by the same motive we don’t call a human embryo as a ” young human”. It is a germ of a new astronomic body, not merely a star, and they seems like a star by the same motive a human embryo seems like an adult embryo.

There was no ” dramatic increase in the brightness of the young star V883 Orionis flash”. Where they got this information from? It is merely speculation for fitting the weird data into their theoretical logics, which are wrong.

In my website there is the design of astronomic bodies formation made 30 years ago and the frozen disk is there, clearly around a new germ of a new body (It is Function 2 ). But. then, this model suggests that this ” protostar” is also a protoplanet, a protopulsar, a protosupernova,because astronomic bodies are formed and develops under the process of vital cycles like our own bodies. And like our body change shapes due this process, a unique astronomic body do it also. Giant gas planets are not formed in this disk,they are the normal result of development of young planets.

The human mindset refuses to superposing Biology upon Astronomy for understanding Astronomy, and at same time, under-posing Astronomy for understanding organic Chemistry and Biology. This was one of the methods applied by Matrix/DNA Theory. In the last 30 years everyday a new “scientific” discovery – be it in Astronomy, Biology, etc. – is fitting right into the theoretical models, while usually these discoveries are coming with words like ” we can’t understand the mechanism”, or, ” this will make a change in our theoretical models”.

And this wrong world view is responsible for not rationalist beliefs, like ” the process of vital cycle, which is the fundamental vital force, was invented here by the stupid matter of this lost planet”… No it wasn’t. Our ancestors astronomic systems, included the most ancient ancestors, the atoms, already have it also.

Postado em:

http://www.mirror.co.uk/news/world-news/snow-forming-around-star-space-8429204 (postado apenas metade devido limite de palavras e aguardando moderacao)

Veja Video: Klemen Slakonja, Mais Um Intelectual no Estilo Lula Estourando nas Paradas de Sucesso e Enganando a Juventude Russa

quinta-feira, julho 14th, 2016

xxxx

Klemen Slakonja as Slavoj Zizek – The Perverted Dance (Cut the Balls)

O cara e’ um filosofo russo que encontrou uma das brechas podres no sistema e ganha dinheiro sem trabalhar duro fazendo arte revolucionaria (apenas mensagens, não ações de fato, claro). O que eu penso a respeito, qual seria a solução que ele deveria estar trabalhando para, esta’ no meu comentário a seguir ( em inglês). E copio aqui a letra da musica em inglês para traduzi-la publicar a tradução aqui quando tiver tempo:

E meu comentário postado no Youtube:

Louis Charles Morelli

Louis Charles Morelli – 7/14/2016

Which balls? Those of the big predators ( the 1% high class), or those medium predators (the 14% class media) or those of the preys ( the 85% slaves, low class)? It is not the solution. The 100% are wrong. Humans came from primate ( a relative of monkeys), primate were predators and preys (carnivores and vegetarians) and the rules in the jungle are still mimicked by all social systems we had created (capitalism, communism, feudalism, etc.) Why we make social systems mimicking the rules of the jungle? Because we still keep the animal instincts of predators or preys, or both. So, the solution would be recognizing that we have these instincts and feeding the wish for changing our animal inheritance. Being prey and hard worker under low wages is such bad as being those in power, the big predators, because if there are no predators, the preys will grow as rats and will destroy the green in the planet, with them going together. What is doing Klemen? Same thing that did Lenin,Stalin,Mao Tse: they want revolution, they appeal to violence (cut the balls), so they will be leaders in power and will show their predators instincts. Do this: I wish to cut off my animal genetics and its power upon my brain, so, I don’t want to be the boss ( I don’t need it) but I will never be the prey. I will not make babies while the system is this animalism, because my son and daughter will not be slaves. Do you want my friendship, living in the same space? No boss, no employee, no close systems. Be my partner, equal to equal. And those that reaches the neutrality, surpassing these animal instincts will plan the boycott towards any thing that came from those in the power, so, they will be each time more weaker, till they decides to change too.. This is the unique solution. And this is the way to the next evolutionary jump, towards the transcendental human.

xxxx

Letra da musica:

The Perverted Dance (Cut the Balls)

What’s up with this music?!

I am a philosopher, I like to provoke,
we live in perverted times,
so let me tell you a perverted joke!

A famous, dirty, horrible joke,
taking place in 15th century Russia.
A farmer and his wife walk along a dusty country road.
A Mongol warrior on a horse stops and says
“I’m gonna rape your wife and you should hold my testicles,
while I rape your wife, so that they will not get dusty.”
When he raped his wife, the Mongol warrior went away,
the farmer started to laugh and jump with joy, his wife said
“Hey, how can you be happy?! I was just brutally raped!
And he says: “But I got him. His balls are full of dust.”

Well, in reality we only dirty with dust the balls of those in power.
And now comes the dirty conclusion – the point is to cut them off!

Now let me warn you – this isn’t Macarena, not Chicken dance,
not Aserejé, not Gangnam style and so on and so on.

We stand no chance, there’s no time for romance,
it’s time to dance The Perverted Dance™!

Cut the balls,
we need to cut the balls,
we need to cut the balls,
the balls of those in power!
We need to cut the balls
and our faces won’t be sour!
Just cut the balls,
make them become Niagara falls.

Cut the balls,
we need to cut the balls,
we need to cut the balls,
the balls of those in power!
We need to cut the balls,
we can train with cauliflower!
Just cut the balls,
make them become Niagara falls.

Oh, my god, why am i doing this?! Singing, dancing?!
I feel like that disgusting guy from Canada, Justin Bieber…

So, the problem with capitalism is that it’s in the crisis from its very beginning.
From somewhere, I would say, late 18th century, there are prophets who claim capitalism is nearing its end.
It’s like that stupid bird Fenix, the more you, you know, it returns.
I got hungry, let’s grab something to eat!
What?! No meat?! Only for vegeterians ?!
Degenerates, degenaretes, they’ll all soon turn into monkeys.

I dont say let’s do nothing,
I say sometimes doing nothing is the most violent thing to do.
So cut the balls, just cut the balls!
And racism is also a problem,
so be like Kung Fu Panda – be white, black, asian
and cut the balls, just cut the balls!
They call me The Borat of Philosophy,
The Marx Brother and The Elvis of cultural theory.
Cut the crap and cut the balls, just cut the balls!

Hey, I am Slavoj Žižek!
No, I am Slavoj Žižek!
No, I am Slavoj Žižek,
Fuck that, whatever, let’s all be Slavoj Žižek!

Grab and pull the imaginary balls from the sky,
cut through the air and say bye, bye, bye.
Let’s join together, let’s fall in trance,
let’s dance The Perverted Dance™!

This stupid repetative mechanic music!
Stop it!

Thank you, thank you very much!

The problem is maybe not the big act “Cut the balls”,
but you make small changes and all of a sudden, balls are no longer there.
Those in power look down and say “Oh, where are my balls?”
and suddenly their voices get higher and so on and so on and so on.
I stand by my joke. The structure of the joke is that this so called progressive intelectual,
in order to score his small narcicistic point, oh, I dusted the balls,
totally ignores the suffering there and that’s the whole point of the joke.
So cut the balls, we need to cut the balls!

Vejam Como esta se Levantando a maior Religião de Todos os Tempos por Crenças como “A Evolução é Inteligente” Passando no Peer-Review e Dominando Universidades

domingo, julho 10th, 2016

xxxx

Estamos tendo oportunidade de assistir ao vivo como surge uma das grandes religiões. Agora a novidade e` que, tal como no caso das outras anteriores, os protagonistas que estão criando a religião estão inconscientes do que estão fazendo, mas ao contrario dos outros que desejavam erigir uma religião, estes agora são notórios combatentes de todas as religiões e qualquer pensamento mistico.

Uma religião começa animada pela curiosidade humana elevada quando existe um motivador desesperante devido a uma interrupção na ambição humana de progresso, material e intelectual. os objetos e eventos do ambiente estão escapando ao controle porque ha’ falhas no conhecimento de causas e características destes eventos e objetos, e estas falhas começam a sugerir a existência de algo sobrenatural influenciando-os. O próximo passo é identificar objetos conhecidos como imagens porem, dota-los de poderes mágicos. E assim foram criados o Deus Sol, o Deus Touro, o Deus Dragão, o Deus Homem Barbudo, etc.

Agora três destes objetos ainda desconhecidos – os genes, a evolução e o vácuo total – estão adquirindo personalidade inteligente e estão sendo adornados com poderes mágicos. Nao vou aqui me alongar no assunto dos genes, pois quem leu os livros do Papa dos Ateus, Richard Dawkins, como o  “Gene Egoísta” sabe o que é personalizar com intenções humanas inteligentes um mero montículo disforme de átomos. Mas depois que o Projeto Genoma mostrou a Craig Venter que individualmente os genes são indefiníveis porque os resultados do conjunto deles e’que realmente causam uma doença, etc., escapando da desesperada necessidade de controle deles e consumindo bilhões de dólares, o reconhecimento de que falta conhecimento dos genes a nível material deve seguir o segundo passo, que é adorna-los de poderes mágicos. Tambem não vou me alongar no assunto do vácuo total, pois todos os que leram o livro “Do Nada veio Tudo” do Papa dos Cosmólogos, Lawrence Krauss, já perceberam que o Nada foi dotado de poderes mágicos. Vou aqui mencionar como anda o processo sobre a “evolução” devido mais um artigo publicado demonstrando mais um passo na direcao desta religião.

O artigo foi primeiro publicado pela universidade no intuito de vangloriar o sucesso de seus professores

Is evolution more intelligent than we thought?

https://www.southampton.ac.uk/news/2015/12/evolution-learning-theory-study.page

O qual provem de um ^paper^ ( não preciso dizer aqui que a religião não admite que se aplique a ela o sistema do peer review, como deveria ser aplicado)

How Can Evolution Learn?

  Richard A. Watson , Eörs Szathmáry

http://www.cell.com/trends/ecology-evolution/abstract/S0169-5347(15)00293-1

Resumindo muito, os pesquisadores uniram duas teorias – a teoria Darwinista da evolução mais as teorias da aprendizagem – e conseguiram uma mais eficiente explicação do porque e como a evolução consegue produzir efeitos e arquiteturas fantásticas que nos parecem produtos de um inteligente planejador. Unificando a teoria da evolução ( a qual mostra – segundo a crença desta teoria – que mutações ao acaso e seleção são suficientes para prover incrementada adaptação) com teorias da aprendizagem ( a qual mostra como incrementadas adaptações são suficientes para um sistema exibir inteligentes comportamentos), esta pesquisa diz o pesquisador – mostra que é possível para a evolução exibir alguns dos mesmos inteligentes comportamentos como sistemas aprendizes ( incluindo redes neurais)…

Professor Watson diz > “A Teoria da Evolução de Darwin descreve o processo diretor, mas a teoria da aprendizagem não é apenas outra maneira de explicar apenas o que Darwin já disse para nos. Ela expande o que nos pensamos sobre o que a evolução é capaz de fazer. Ela mostra que a seleção natural é suficiente para produzir características de inteligente solucionadora de problemas. Por exemplo, uma especial característica da inteligencia é a habilidade de antecipar comportamentos que podem levar a benefícios no futuro. Convencionalmente – continua o professor – evolução, sendo dependente de variações ao acaso, tem sido considerada “cega ou ao menos, míope”, incapaz de exibir tal antecipação. Mas mostrando que sistemas evolutivos podem aprender de experiencias passadas significa que a evolução tem o potencial para antecipar o que e~ para adaptar a futuros meio-ambientes da mesma maneira que sistemas aprendizes fazem”…

Professor Richard Watson

Richard Watson, Parece mas não é mais um daqueles pares de mórmons que levam as boas novas de sua religião aos quatro cantos do mundo. Watson é o novo sacerdote das universidades modernas.

Estas palavras, de acordo com a super-naturalista visão de mundo que encontrei na selva, são de um absurdo total. Próprio de quem esta’ perdendo o controle das suas faculdades mentais devido estar sucumbindo ao germe de uma nova religião.

Para começar, evolução é um nome criado por humanos para nomear um conceito abstrato que não tem representação palpável e visível no nosso mundo sensorial. Peixes se transformam em lagartos que se transformam em mamíferos… isto é a coisa concreta, palpável ( mesmo assim, não muito). O que se vê de real são transformações atras de transformações e uma sequencia indo do mais simples para o mais complexo. Para se resumir estas palavras descritivas todas criou-se um nome, evolução, e isto é o que evolução é. Houve aplicação de inteligencia na transformação de peixes para lagartos? Claro que não. Ah… mas quando você começa a mentalizar com insistência um nome bonito, na moda, apesar de abstrato de tal maneira que esse nome passa a ocupar sua mente, você começa a projetar nele uma personalidade quase humana, e de repente você esta não apenas vendo o nome como visão real, você esta inclusive vendo a visão ser inteligente. Agora que você transpôs uma entidade sobrenatural sobre o processo da transformação de peixes em lagartos, mas como você não pode dizer que a transformação em si foi inteligente porque serias expulso do meio acadêmico como um criacionista acreditando em outra velha religião, em intelligent design, você se salva colocando o “inteligente” sobre o nome abstrato. Não foi assim que se inventou Thor e depois o colocou como produtor de raios e trovoes ?

Não existe evolução, como uma coisa de per se. O que existem são micro-ciclos evolutivos dentro de um grande processo de reprodução universal. E para ilustrar isto me permitam recorrer a uma historiazinha, a qual gostaria que chegasse aos ouvidos destes misticos.

Certa vez existia um microbio nadador tao pequeno que morava dentro de um ovulo não fecundado. Chamava-se Ernesto e era inteligente, já tinha até fabricado umas lunetas, etc. A vida ia calma para o Ernesto sempre nadando naquele imenso oceano amniótico até que um dia… tudo mudou. Apareceu no centro do oceano uma nave alienígena. Ele esperou impaciente as portas da nave se abrirem para ver a cara dos alienígenas, porem, de repente a nave explodiu, num espalhafatoso big bang, e os alienígenas saíram a nadar. ( Estes caras devem ser portugueses pois não sabem fazer portas e para saírem precisam explodir o carro – pensou Ernesto, mas na verdade ele não sabia que o que tinha visto era o mero romper repentino da membrana de um espermatozoide). E cada alienígena que tinha a forma de sereio agarrou uma das sereias do lugar e começou um grande baile. Quando acordou no dia seguinte sereios e sereias tinham desaparecido e no lugar havia uma bolota disforme. A bolota continuou crescendo, depois tomou a forma de um sapinho, de um peixe, de uma lagartixa, de um feto e no fim de uma forma que Ernesto nunca tinha visto. E num belo dia a nova forma se foi, deixando Ernesto a pensar com seus botoes. “Acabei de assistir a uma historia, a qual vou chamar de Evolução”. Mas intrigado Ernesto tudo fez para tambem sair daquele lugar que não tinha mais seu doce oceano e quando chegou num lugar novo, la viu a forma  que tinha visto evoluir, e junto com inúmeras outras formas da mesma especie, e que dominavam um planeta para os quais estavam perfeitamente adaptados. E Ernesto pensou. “Caramba! Todo aquele trabalho, aquelas sucessivas transformações, tinham uma meta final, um plano inteligente, que era o de fazer uma criatura fantastica adaptada a um mundo fantástico que a esperava no futuro! Então a Evolução era inteligente e não apenas isso, podia prever o futuro!”

Meu Deus do Céu, eu não sei se tu existe, mas de qualquer forma, pare o mundo que eu quero descer!

Estes misticos modernos o são porque não conhecem aquele que foi nosso criador e dentro de cujo ventre ainda estamos sendo forjados. A foto do bicho esta’ no meu website, mas o ilusionismo da’ valor as imagens visionarias e não vê mais as imagens reais. Se eu conseguisse pô-los numa sala de aula e começasse a descrever um novo mundo no quadro negro, é certo que em poucos minutos iriam saindo um por um da sala, pois aquilo lhes seria insuportável. Como foi para o clero cristão quando um Copérnico os chamou e começou a dizer que não era a Terra o centro do mundo, etc. Ou da outra vez quando Darwin os chamou e começou a dizer que Deus não esteve aqui criando formas uma a uma. Não quiseram e não puderam ouvir, claro, passaram a vida creditando numa mentira, sobre essa mentira estava alicerçada seus privilégios como status social, etc. O desmascaramento dessa mentira seria suas ruínas.

Ao sair da sala algum poderia sair rindo ( toda vez que eu explicava alguma tecnologia da civilização para os índios, eles se riam a vontade, eu não entendia o porque, mas depois aprendi que é a reação instintiva espontânea a qualquer ameaça perturbadora que ainda esteja `a distancia).  Rindo e dizendo algo como. “Ora, nos temos 200 anos trabalhando com afinco em cima de um fenômeno natural super-complexo e você vem agora nos fazer perder empo descrevendo um mero processo de embriogênese:  E você quer dizer que isto é evolução! Não tem nada a ver. Evolução se da’ em termos de populações e não em termos individuais como ocorre com um feto na embriogênese.”

Se eu tivesse tempo imediatamente pediria: “Ok, então por favor me mostre o fato cientifico observado da evolução sobre populações ou algum outro evento no Cosmos que seja semelhante a teoria da evolução por populações que vocês elaboraram.

Não tem. Pela logica ela existe, eles devem estarem certo falando que houve um processo evolucionário baseado na transmissão de genes mutados entre gerações de populações, mas este processo nunca sera’ um fato cientifico comprovado porque, se na teoria todas as transformações começaram por uma mutação ao acaso, e acasos são impossíveis de se repetirem em laboratórios – pois se algum dia alguém repetir um acaso ele deixara’ de se-lo e se entendera’ que ele sempre foi uma lei – … Mas não é nisto que esta errando feio. Mutações por acaso devem ocorrer a todo instante, o processo de transcrição do DNA é muito complexo e depende de todas as demais condições inalteráveis, mas quando ocorre uma mutação por acaso, se a Evolução pudesse falar ela diria: ” Ora, seja bem vinda, você me poupou um bocado de trabalho. Podes ficar porque de qualquer maneira eu iria ter de faze-la mesmo…” Ou então: ” Você nada tem a fazer aqui, vieste bagunçar o meu projeto? Estas descartada para sempre!”

O motivo do erro é outro, muito mais complexo. Eles separaram a Historia Universal em dois blocos – a Evolução Cosmológica e a Evolução Biológica – sem nenhum elo evolucionário entre os blocos, e este abismo criado só pode ser preenchido com a mistica. Para se explicar a existência do segundo bloco da Historia, com suas origens da vida, é preciso inventar um deus magico, e este se chamou Deus Acaso Absoluto, produtor das mutações ao acaso, milagrosas.

O Universo é uma especie de ovo cósmico, as galaxias são as células de uma placenta, e dentro deste Universo esta ocorrendo um processo de reprodução genética daquilo ou daquele que carrega este ovo cósmico no ventre. Este universal macro-processo de reprodução é um fractal que vai se dividindo em fractais menores, ou seja, micro-ciclos deste processo, do qual a evolução biológica, a evolução de nove meses de uma embriogênese são meros fractais, mas como tais se dão pelo mesmo processo universal. Por isso, temos que observar e prestar atenção na projeção deste processo universal que esta aqui, na frente de nossos olhos, para tentar-mos entender o que esta ocorrendo a nível universal. Por isso a historinha do Ernesto. Uma historia que tem sangue nas veias de sua racionalidade, mas rejeitada porque as mentes em fase religiosa só apreciam os contos mágicos de fadas.

A evolução é inteligente! So faltava essa… Assim resolvem um mistério que estavam tentando entender: como a evolução cega pode produzir algo tao fantástico como um corpo humano?!

Ora, quem fez meu corpo foi o DNA dos meus pais sem que tivessem aplicado qualquer naco de inteligencia para me fazerem, tudo ocorreu naturalmente. Meus pais nunca vieram me dizer que para me fazer contrataram uma arquiteta inteligente chamada Evolução.

Com certeza, a Natureza e/ou Seu Possível Criador, São Diabólicos. A Morte Prova Isso!

domingo, julho 10th, 2016

xxxx

A parte da Natureza que produziu os seres vivos neste planeta é repugnantemente mórbida. Se não foi a Natureza, então seja la’ quem tenha sido o criador dos seres vivos, com certeza é nosso inimigo.

Qualquer criador-planejador de seres vivos com um pouco de sensibilidade ( para não dizer amor ) para seres vivos jamais teria incluído nesta criação o processo da morte. Mesmo sendo inevitável produzir uma criatura sujeita a sua própria evolução ( e não produzindo-a já pronta na ultima forma melhor da vida), pode se utilizar o processo da transformação e transcendentalização gradual, normal. Por exemplo, humanos chegados ao atual ponto evolutivo em que já alcançaram um limiar de auto-consciência, começariam a terem seus corpos transformados, para uma substancia cada vez menos densa, menos solida materialmente, mais energia, mais luz.

‘A medida que este corpo fosse se sublimando na direcao de uma substancia plásmica/energética/luminosa, maiores distancias e maiores velocidades poderiam alcançar em viagens espaciais. Assim viajariam para planetas/mundos onde os habitantes estariam nestes tipos de corpos e ali começariam a viver mais até finalmente se mudarem da Terra para o mundo apropriado a sua nova condição.

Para que a morte? Porque torturar desta maneira seres que desde o nascer vão viver uma vida sabendo que vão decair, degenerar, e enfrentar o aterrorizante, negativo, momento da morte? Se isto é totalmente desnecessário e evitável? Todo ser humano, por mais rico que seja, nos seus momentos de solitária conscientização, é um ser triste, pois é impossível a ele esquecer que a morte esta’ rondando-o, e fatalmente em algum momento o pegara’. So’ mesmo um criador cujo tipo de mente ( ou total ausência de uma mente) nada tem a ver de semelhança com a mente e a sensação de existência dos seres vivos teria feito esta obra demoníaca.

Não existem argumentos contra a eficacia do processo transformação/transcendentalização. Seria a mesma metamorfose de uma larva rastejante se tornando uma borboleta alada, apenas seria uma transformação mais lenta e exigindo certos comportamentos da criatura. Poder-se ia alegar que algumas criaturas iriam se acomodar tanto numa forma de vida que não iria se sujeitar aos comportamentos necessários e assim seriam eternos problemas, estropícios, e poderiam ser tantas que ocupariam todo o Universo, impedindo a evolução das outras criaturas. Vai dizer a uma vaca que vive cercada num campo onde tem relva abundante, água fresca, sombra, seus touros e seus bezerros, e nunca tem que enfrentar invasores predadores, que a vida dela deve ser mudada, pois alem da cerca tem coisas melhores, como automóveis, internet, televisão… e ela vai espernear sem querer mudar dali. Ela esta’ no paraíso, seu paraíso, e deseja isto para toda sua eternidade. Mas para m planejador isto não seria difícil de resolver. E nesse ponto concordamos com a existência “dos sete anos de crise e vacas magras”, ou seja, um meio-ambiente que varia e motiva as criaturas a se moverem na direcao de sua transformação.

Na visão de mundo que extrai da minha vivencia isolado na selva, esta sugeriu uma nova versão de Historia Universal e nesta, uma razão, uma causa para a existência dos seres vivos neste planeta em condições desfavoráveis. E a causa sugere ate uma logica racional aceitável. Ela sugere que o nosso ancestral, que não era biológico, e que portanto os seres vivos representam o próximo passo evolutivo de transformação daquele ancestral, cometeu um erro gravíssimo contra sua evolução, justo o erro da vaca atracada no seu paraíso. Fornecendo uma imagem da anatomia do corpo desse ancestral, podemos ver claramente que seu próprio corpo é um paraíso perfeito para o ser com o tipo de meta final de existência que teria aquele ser. Como a figura esta’ publicada no meu website e tanto já falei dela, não vou aqui me alongar.

Mas esta versão da Historia Universal continua sua narração depois da era do ancestral ( ao qual denominei LUCA ( Last Universal Common Ancestor), encaixando os fatos conhecidos e sugerindo eventos e fatos que não conhecemos, e pela narração deduzimos que existe realmente a nível universal o ciclo da variação entre os sete anos de vacas gordas e magras,  todos os sistemas naturais, não só sistemas biológicos, estão sujeitas a esta lei. Então a narração prossegue descrevendo como o ancestral decaiu de sistema perfeito auto-suficiente para um sistema filho da necessidade, do qual viemos nos, os humanos.

Então a Natureza nua e crua da selva bruta sussurra esta historia e esta justificativa aos ouvidos da criatura que desce a seu nível logico. Com isso ela tenta exibir a eficacia de seus atos. Inclusive ela introduz o fenômeno ou mecanismo da morte como um de seus grandes feitos. Mas eu não fui convencido. Se antes da selva eu jamais pensaria em aceitar como logico o ciclo da escassez e miséria que se abate sobre os seres vivos, apos a selva eu fiquei indeciso. Talvez realmente não exista no Universo material nenhuma outra alternativa para se manter a evolução. Aduz-se a isto a sugestão da Natureza de que o destino de filho da necessidade foi uma opção escolhida livremente pelo atabalhoado ancestral, mesmo que na época ele não possuía nenhum nível mental ou intelectual para tomar tal decisão, cheguei a aceitar os ciclos da miséria, os anos de vacas magras que na verdade se tornam 70 ou 80 anos, a vida toda de muitos seres humanos, como um mal necessário na sublime senda da evolução.

Mas o mecanismo da morte jamais aceitei. Quando a Natureza me sugeriu que este era outro de seus grandes feitos, imediatamente deixei de ser o bom aluno, esbravejei com toda minha energia, desafiei, enfiei uma lança no solo da Terra chamando a Natureza para a guerra, pois ela é sem sombra de duvidas uma insensível psicopata. Eu jamais puniria um filho meu, minhas criaturas, e nem mesmo o pior inimigo, com os mecanismos das doenças cancerosas ou leprosas de torturas sem fim, com os eventos das bocarras de monstros predadores comendo seres ainda vivos, lentamente. Isto só pode ser obra de uma entidade diabólica, ou então uma força cega infinita. Existem milhões de outras maneiras de se corrigir estudantes indisciplinados, com a eficacia de reconduzi-los ao caminho da sua evolução.

Naquela época a natureza ainda apresentou uma justificativa que achou definitiva. Ela apontou para o céu, mandou-me olhar em sua direcao e descrever o estado do mundo que via. Como fiquei calado, ela disse: ” Ali, onde jaz o Grande Cosmos, reina o Estado da Ordem, e não existe morte. Ai, na superfície da Terra, desceu a minha outra face, a do caos, e tu, assim como toda esta biosfera, são produtos do caos. Mas foi seu ancestral em ti, ou seja, você mesmo, quem escolheu esta face.” E eu respondi: ” Então não devias criar o estado infantil das criaturas que sem consciência não podem ser responsabilizadas pelas suas escolhas. Isto não justifica!”

Em vista disto, apesar de ter saído da selva ainda jovem, tomei a decisão de jamais permitir-me ser reproduzido em outro ser vivo. E de fato, nunca gerei e nunca gerarei outro ser humano, a não ser que ainda em tempo, a Natureza me venha com uma justificativa convincente, me garanta que não serão vitimas de doenças malignas, etc. Por mim – e se somente eu existisse ou se todos os outros da especie pensassem como eu penso – não haveria a próxima geração, e este absurdo teria um fim. Eu não concordo, não aceito, não quero isto para seres que seriam sangue do meu sangue, e ponto final.

Mas a Humanidade não é constituída de seres que pensam como eu penso, então ela vai continuar esta Historia. Em vista disso, e para não praticar tranquilamente o meu suicídio, escolhi mais uma estrategia neste nível existencial, a qual tem sido minha principal ocupação. Fazer todo o possível para invadir a Natureza o mais distante e profundamente que puder, para conhecer a maior quantidade de detalhes desta Natureza Universal e deixar isto para as próximas gerações com a sugestão de que continuem essa busca, que a usem para cada vez se lançarem mais distante nas profundidades deste Universo, na esperança de que um dia uma geração do futuro se encontre face a face com a Verdade Ultima, a causa fundamental destas existências, da nossa e da própria Natureza. E nesse momento, se nossos herdeiros não forem convencidos pelas justificativas, possam escolher entre o seu suicídio absoluto e infinito ou sua declaração de guerra, destronação do que ou quem estiver no trono, e a posse de um governo que conserte os erros da existência que ai estão. Como este estupido fenômeno da morte.

Mas… e isto me vem a mente apenas agora, ainda existe uma porta aberta para a Natureza me convencer. Analisando com mais atenção a Historia Universal, se deduz que a Historia que vem ocorrendo dentro deste Universo, que já conta 13,7 bilhões de anos, tem sido a historia de um único sistema natural e sua evolução. Um sistema que surgiu no Big Bang na forma de uma onda de luz, depois se tornou um sistema atômico, depois astronomico, depois celular biológico, e agora, um sistema consciente. Portanto, se esta versão estiver correta, o Universo inteiro se desenvolve pelo mesmo processo do ciclo vital que um corpo humano se desenvolve, o qual faz com que o nosso corpo mude de formas ao longo de sua existência. E quando vemos esta Historia por este angulo, deparamo-nos com o inquestionável fato que nenhuma das formas anteriores deste sistema universal ^morreu^. Todos eles continuam ai, o átomo esta’ ai, as galaxias estão ai… Inclusive, se nota que a transformação de galaxia em sistema biológico parece ser uma transformação/transcendentalização, sem morte. Raios!

Mas é fato que estes macro-ciclos de transformações do sistema natural universal são processos feitos de micro-ciclos, e aqui o problema aparece: nos micro-ciclos a morte existe. Como não estou mais no estado mental da selva, em que eu inquiria e forçava esmurrando arvores e montanhas, tudo que significasse a presença da Natureza, exigindo respostas, então sei que não vou ouvir o sussurro da Natureza com sua justificativa. Vai permanecer uma questão em aberto. Mas isto em nada vai mudar minhas decisões e estrategias, pois o fato nu e inegável que se apresenta a meus olhos é a ação da morte torturando seres vivos aqui e agora. Ao diabo se micro-ciclos são apenas ilusórios, criações sonambulas de mentes em processo de correção disciplinar, etc. Pois eu teria feito a coisa funcionar nos micro-ciclos sem criar este estapafúrdio, não aceito e ponto final.

Descoberto Novo Fenomeno Astronomico que a Minha Formula Previu a 30 Anos Atras! Todos os Dias Isto Esta’ Acontecendo. Ate’ Quando?

sexta-feira, julho 8th, 2016

xxxx

Pela primeira vez na historia da Astronomia, um humano viu mais claro o que existe no núcleo de um sistema astronomico em formação, a Nebulosa do Caranguejo (The Crab Nebula). E o que viram surpreendeu-os porque não estava previsto no modelo teórico acadêmico oficial de astronomia (Veja vídeo abaixo e o link para o artigo).  Segundo a noticia, no núcleo central tem uma estrutura girando a uma velocidade estonteante, pois ela completa 30 rotações sobre si mesma em apenas um segundo! A NASA emitiu um comunicado dizendo que “a nuclear estrutura é preenchida com misteriosos filamentos que não são apenas de tremenda complexidade, mas parece ter menos massa do que a expelida por uma explosão de supernova e maior velocidade do que esperada de uma livre explosão”. E dizem isso baseados na teoria acadêmica para a qual toda essa nebulosa foi o resultado da explosão de uma supernova.

Trago aqui abaixo o desenho feito nos joelhos com lápis e folha de caderno `a beira de um pântano na selva amazônica sob o sol tórrido de 40 graus e com mil piuns e carapanãs sugando o sangue de minhas costas e bracos. O desenho era o esboço de uma imagem que formei na mente sobre qual seria o sistema natural misterioso que estava oculto naquela sopa pantanosa primordial e tinha as informações para conectar átomos terrestres da maneira como originou a Vida na Terra. Seria a anatomia de uma unidade de building block deste sistema astronomico que produziu a vida aqui e dentro do qual ainda existimos. Este building block seria projetado na superfície deste planeta através de fragmentos que eram seus genes-bits-informações como os fótons que vinham do Sol e cozinhava meus miolos. Um desenho que foi registrado na década de 90 para copyrights em Brasilia e em Washington, portanto não ha’ como nega-lo. E basta olhar no desenho para ver o que apenas agora o homem viu de fato:

Matrix/DNA: O template para todos os sistemas naturais, de átomos a nucleotideos a galáxias e células. O circuíto energético padrão.

Matrix/DNA: O template para todos os sistemas naturais, de átomos a nucleotideos a galáxias e células. O circuíto energético padrão.

( Matrix/DNA: O template para todos os sistemas naturais, de átomos a nucleotideos a galáxias e células. O circuíto energético padrão.)

E de cujo desenho extrai sua alma, ou seja, seu circuito de informações, na forma de uma formula/software:

E o desenho do circuito do fluxo interno de informação da fórmula da Matrix/DNA na sua versão de sistema perfeito fechado, na forma de diagrama de software

E o desenho do circuito do fluxo interno de informação da fórmula da Matrix/DNA na sua versão de sistema perfeito fechado, na forma de diagrama de software.

Pois bem.

a) Observe no desenho o cone rotativo no lugar de núcleo, definido como Função 1. Foi percebido agora que no núcleo ele tem uma especie de rodamoinho, ou como a NASA disse, uma especie de “tsunamis”. Mas enquanto imagens de 5 ou 10 anos atras não existiam, todo astrônomo insistiria que o núcleo do sistema conteria um buraco negro, pois é isto que dizem de todos os núcleos de sistemas astronômicos alem dos estelares. Creio ser claro que os novos dados descrevem a figura do meu desenho e jamais poderiam se referir a um buraco negro. 

b) Segundo a teoria acadêmica, a Nebulosa do Caranguejo, é um sistema novo em formação. Pela imagem, e sob a perspectiva do desenho, concordamos plenamente. Mas se e’ um sistema novo em formação ainda,  o desenho sugere que a nebulosa se limita a área circundante de Fi, do cone, onde o desenho diz estar o horizonte de eventos. Pode existir ali alem da F1, as sementes de novos astros que são F2, mas nada alem disso, não tem F3, F4, etc. E basta ver a imagem do Hubble para ver a correção da previsão do desenho.

c) Outra nova informação noticiada é de que ” a nebulosa apresenta misteriosos filamentos de extrema complexidade”. Misteriosos filamentos? Extrema Complexidade? Concordo que assim parece para quem se baseia num desenho teórico errado, o qual – ou seja – a chamada Moderna Teoria Nebular – nada sugere sobre tais filamentos. Mas para quem esta vendo a imagem baseado no desenho da selva não existe mistério algum, pois os filamentos estão muito bem explícitos no desenho. São as linhas espirais de um cone em espiral sob rotação, as quais depois, com o desenvolvimento do sistema, se amplia como espiral e torna-se como os bracos espiralados da Via Láctea.

Extrema complexidade? Claro que essa complexidade vai de encontro a um modelo tao simples pelo qual sistemas astronômicos surgiriam espontaneamente de uma nuvem de poeira cósmica formando uma estrela no centro e planetas rochosos ou gasosos com o resto do material pelo simples rodopiar da nuvem. Mas para quem vê a imagem baseado no meu desenho, e que já viu nele todas as expressões das propriedades que mais tarde se tornaram vitais compondo o super-complexo sistema reprodutor feminino, ao contrario, esta sendo um pouco decepcionado porque a complexidade imaginada no desenho e ainda mais simples. Apesar de que a complexidade real do cone rotativo não se poderia ver ainda nestas imagens, pois a luminosidade central não  permite ver tudo o que esta’ oculto no núcleo. Como diz o autor do artigo, “It is proven that looking beyond the exterior of crab nebula is not an easy feat. ( Foi provado que ver algo alem da camada exterior da nebulosa não é uma tarefa fácil”). Portanto, tem filamentos e complexidade. Ponto total para a Matrix/DNA Theory.

d) Diz o enunciado que ” verificou-se menos massa do que a expelida por uma explosão de supernova e maior velocidade do que esperada de uma livre explosão”. Mas jamais lhes passa pela cabeça questionar a “explosão de uma supernova”, desde que não existe nenhum fato cientificamente comprovado ligando as origens da nebulosa com uma explosão de uma estrela. No meu desenho/modelo não existe explosão alguma e muito menos formando novos sistemas astronômicos. Explosões destroem, não constroem. Nunca ninguém filmou uma sequer explosão de qualquer tipo de astro. O meu desenho diz que acontece a implosão, ou seja, o colapsar de um astro – velhos planetas a que chamei de pulsares e ocupam a posição da F4 na formula, depois que o núcleo vem comendo de dentro para fora as camadas da crosta e esta se torna tao fina que colapsa para o centro do astro, liberando então um enorme clarão de energia, demarcando o transformar, ou seja, o nascimento de uma estrela, uma supernova. Mas toda supernova se torna supervelha como o nosso Sol esta’ se tornando, e sua morte sera’ lenta, com a perda gradual de sua massa e energia degradadas, sem explosão alguma. Esta massa e energia de um cadáver estelar contem algo que nunca é destruído, pois nunca foi destruído nestes 13,7 bilhões de anos do Universo: a formula para sistemas astronômicos, a Matrix/DNA. Assim como o DNA dos seres vivos na Terra já tem 3,5 bilhões de anos e nunca foi destruído – porque ele também é a Matrix/DNA. Se um sistema esta’ sendo formado, tem que ter instruções inseridas na matéria para formação de sistemas. Senão, teríamos que apelar para a existência de algo sobrenatural vindo de fora da nebulosa com as informações, instruções, para o sistema ser formado. Assim como apenas é formado um novo sistema-corpo humano quando ali, naquela nebulosa disforme de células chamada de morula, esta’ inserido o código de instruções, o DNA, que vem de um sistema anterior ou ainda existente. Raios, como questionar esta logica cozida com ferro e fogo na beira de m pântano onde a Natureza crua e as ainda únicas testemunhas das origens da vida, mais os raios infalíveis da luz do Sol sem os quais não existe vida, estão sussurrando suas historias para um cérebro curtido pela Natureza?!

….

Ao invés de comemorar, todas as vezes que estas novas informações estão dando mais credito a teoria da Matrix/DNA e estremendo os alicerces da Teoria Oficial Academica, eu sinto pesar e tristeza. Pois o meu supremo objetivo neste mundo é atuar de alguma pequena maneira possível que seja para dar um empurrãozinho nas nossas próximas gerações para irem no caminho certo, para um dia chegarem na grande Verdade que eu nunca vou conseguir chegar. Mas a Humanidade esta’ sendo dirigida por outra visão do mundo diferente da minha. Se  a minha estiver errada, ninguém alem de mim perdeu nada com isso, a Humanidade tem a possibilidade de estar indo onde eu sonho que ela deve ir. Mas se a visão de mundo que a Humanidade esta’ seguindo estiver errada… Todas as civilizações experimentadas até agora foram alicerçadas sobre uma nova visão do mundo que surgiu como certeza das cinzas de outra visão errada. E se todas caíram, é porque os alicerces estavam errados, eram castelos feitos sobre a areia.

E’ preciso conhecer e debater estas diferentes interpretações dos fenômenos naturais, quando os fatos a cada dia estão aconselhando-nos a assim proceder, pois a mente dos nossos jovens estão sendo formadas por uma visão de mundo que determinara’ seus destinos. O ser humano que vê as origens do seu próprio corpo desconectadas das origens das nossas ancestrais astronômicas, como a Nebulosa do Caranguejo e a esta Via Láctea, – diz a logica – sera’ desconectado, descartado, por esta Universal Natureza.

  Hubble Captures Beating Heart of Crab Nebula

http://www.natureworldnews.com/articles/24953/20160708/hubble-captures-beating-heart-of-crab-nebula.htm

 

 

Hubble Space Telescope Releases The Largest Picture Of Crab Nebula

Astronomers managed to peek into the core of Crab Nebula by using multiple photos taken by the Hubble Space Telescope in a span of 10 years.
(Photo : NASA via Getty Images)

(obs: legenda não adicionada a imagem e sim postada abaixo e fora da imagem como teste para Google search por imagem. Verificar mais tarde o resultado)

xxxxx

Comentario postado no Youtube, vídeo acima: ( abaixo do vídeo esta’ escrito: Published on Jul 7, 2016 – This video zooms into part of the sky in the constellation of Taurus (The Bull) ending on the inner parts of the famous Crab Nebula, a supernova remnant.

Louis Charles Morelli

Louis Charles Morelli – 7/8/2016
Great job, but it can be a prejudice to Humanity. I am talking about the theoretical interpretation being sold here as a scientific established fact. In the comments below, a poster had a great insight and it is possible he has debunked this theory. Who and when proved that Crab Nebula is the remnant of a supernova explosion? Nobody.
Bob Kull, a poster below, said: ” The formation looks so incredibly organic that it’s hard to believe the universe isn’t alive, but manifesting on a very different time scale”. So, why the academic mindset is composed by experts that has a brain hard-wired different than the common citizen, to the point that the former see an image and interprets it as merely mechanics by chance and the other see the image and has the intuition/interpretation that it is a organic thing?!
We have a different astronomical theoretical model and it suggests that Crab Nebula is the product of a normal slow death of a star and maybe, its system. It is a process of systems’ self-recycling, which was the astronomic primitive and ancestor process of biological systems’ self reproduction. And yes Bob Kull, believe in yours natural reasoning – the Universe is not a living being, but all natural systems inside it are evolutionary steps towards biological life, so, atoms, galaxies had primitive life’s properties.
Any kind of explosion does not build anything. They destroy things. Crab Nebula is a new system recently born, so, the instructions for it to be a system are ” alive” in the dust and entropic energy resulting from a decomposed cadaver of an old system. That’s why Biologists still have not explained how biological life was produced by this galaxy. They bought the wrong model and ideology coming from Physics and its language, Mathematics. They can see a living structure in the space but never will see the biological organization of matter, as when they see a human body and can only to deal with the skeleton and its mechanics. In Matrix/DNA Theory we have a surprised explanation for life’s origins as merely sequitur from cosmological evolution. But, be advised: we can not prove it yet, so, we never forget the mention that it is a theory. In this way, our students keep their minds opened for testing the last generation world view from different perspectives.
xxxxx
E meu comentario postado no artigo:

Louis Charles Morelli · 7/June/2016

Works at Self employed
Everything different than expected from a free explosion?! So, why the hell, to believe that Crab Nebula had as its origins a free explosion that has no scientific conformation?! All these new data are exactly confirmation and right prevision of an existent theoretical model 30 years ago. And these “weird” and “mysterious” never seen traits were very well explained by that model. It is enough to see the design of this model for to see the same image got now by Hubble with all its details. If someone is curious, Google the article “Descoberto Novo Fenomeno Astronomico que a Minha Formula Previu a 30 Anos Atras! Todos os Dias Isto Esta’ Acontecendo. Ate’ Quando?”
Everything different than expected from a free explosion?! So, why the hell, to believe that Crab Nebula had as its origins a free explosion that has no scientific conformation?! All these new data are exactly confirmation and right prevision of an existent theoretical model 30 years ago. And these “weird” and “mysterious” never seen traits were very well explained by that model. It is enough to see the design of this model for to see the same image got now by Hubble with all its details. If someone is curious, Google the article “Descoberto Novo Fenomeno Astronomico que a Minha Formula Previu a 30 Anos Atras! Todos os Dias Isto Esta’ Acontecendo. Ate’ Quando?”

Porque Mitocondrias Mantem seu DNA

quinta-feira, julho 7th, 2016

xxxx

Mitocôndrias são as únicas organelas das células que contem DNA. A explicação aceita atualmente e’ que as mitocôndrias eram micro-organismos que foram absorvidos pelas células e passaram a conviver em simbiose. Mas segundo também o conhecimento atual, no inicio desta simbiose as mitocôndrias tinham cerca de 2.000 genes. Com o tempo foram transferindo ou perdendo estes genes para o DNA nuclear. Porem em todas as especies de seres vivos, as mitocôndrias mantem ainda 37 genes. Ela se recusa a transferir  parece que nunca vai faze-lo. Porque? Este tem sido um mistério por muitas décadas e parece que agora conseguiram avanço na explicação. Veja artigo no link abaixo:

No entanto, aqui na casa da Matrix/DNA, a explicação deve estar relacionada com a formula da Matrix. Se o conjunto de informações especificas para mitocôndria (estes 37 genes) passar delas para fora, elas produzirão cloroplastos, haverá fotossíntese, a célula se torna sistema fechado e … adeus reino animal. E’ assunto para pensar, para tentar entender como a formula trabalha. Então porque ribossomos e outras organelas passaram todos seus genes? Porque eram micro-organismos apenas com RNA? Pode ser a resposta pois ribossomos operam apenas com RNA e não DNA. Como e porque as células animais não foram invadidas pelos fótons para cloroplastos? Mas uma coisa e’ certa: na formula, o fluxo de informações se divide em dois justo na função mitocôndria. Uma parte ( a maior parte) vai para o núcleo e outra parte segue para F6. Que se tenha comprovado que durante a evolução  a maior parte dos genes foram para o núcleo e uma parte permanece na mitocôndria, e’ mais ma evidencia do acerto da formula. Mas isto suscita uma intrigante possibilidade. Isto esta sugerindo que a evolução da célula animal não terminou ainda, que estes genes vão de fato passar e formar F6. Células animais com cloroplastos? Animais capazes de fazer fotossíntese? esta isto indicando que a evolução reserva para nos um corpo modificado para ser mais energia, luz, que carne e ossos?!

So Why Do Mitochondria Still Have DNA

So Why Do Mitochondria Still Have DNA

Meu comentario postado no artigo ( aguardando moderacao):

Louis Morelli – 7/7/2016

All these data are more evidence for our theory that all natural systems are produced by a unique natural formula, the Matrix/DNA. But, then, the formula s suggesting that cells did not reached the top of their evolution, so, the human body will be drastically transformed. The initial set of 2000 genes should be separated  into two flows, accordingly to the formula. One flow 0 the biggest – should return to the nucleus, and it did. The other flow should be launched ahead for creating the next systemic function, in the cell case, chloroplasts. If the evolution of cells will continue, will appear a new structure in the animal cell which will be developed into chloroplasts. It will bring the ability for performing photosynthesis, but, the human body will be hardly transformed. Something into more light/energy… like advanced aliens. We will wait the news about the discovery of a new structure arising  in the human cells.

Ushahidi: Pesquisar o que e’ este “Projeto de Open Source” para Calamidades

quarta-feira, julho 6th, 2016

xxxx

Registrado aqui este artigo para pesquisar de que se trata e o que e’ este projeto:

http://catastrofesnaturalesl.blogspot.com.es/

Una semana tras el seísmo que sacudió en Haití fuimos testigos de las crudas imágenes de un país destrozado material y también institucionalmente. A unas horas del seísmo, la gente dentro y fuera de Haití comenzó a organizarse y también concebir formas de asistir y salvar vidas.
Entre las historias más interesantes en esta desgracia es la de Ushahidi, un proyecto de software “open source” que deja la compilación y el mapeo geográfico de reportes vía mensaje de texto, twitter, o bien web. Este software no es ignoto en México, puesto que fue empleado en el 2009 para el monitoreo ciudadano de las pasadas elecciones del cinco de Julio.
El propósito de Ushahidi para Haití es claro: proveer una plataforma que pueda ser usada por equipos de rescate en el terreno para encontrar y socorrer personas desaparecidas o bien con necesidades detallas. Merced a la información recibida se actualiza un mapa con reportes de urgencias médicas, inconvenientes de seguridad pública, y sacrificios de rescate.
Velozmente Ushahidi se dio cuenta de para sostener información actualizada era preciso contar un número corto que pudiese percibir mensajes locales. Con la ayuda del Departamento de Estado de E.U., Ushahidi pudo lograr el número local 4636 con el operador DigiCel.
Lo más interesante de este esmero es que Ushahidi no esta localizado en un lugar, sino esta formada por voluntarios trabajando veinticuatro horas desde diferentes unas partes del planeta (desde U.S.A. hasta África). Debido al gran volumen de reportes que se ha recibido el conjunto de Ushahidi en la ciudad de Boston se aproximó al MIT y Harvard para lograr voluntarios que donasen su tiempo para el tratamiento de todos estos datos.
Entre los usuarios de Ushahidi en Haití se encuentran: La Cruz Roja Internacional, United Nations Foundation, Clinton Foundation, Charity Water, FEMA, USAID y la Guarda Ribereña de los USA.
Otro gran protagonista de este gran esmero internacional es Google, quien por medio de Google.org respondió a esta crisis con un lugar que deja realizar donaciones mediante Internet y provée la información precisa para asistir y proseguir lo que sucede en Haití.
Google comprendió la necesidad de reagrupar familias tras el seísmo, para ello creó la herramienta Person Finder que deja que la ubicación de personas y en la actualidad cuenta con más de 36.000 registros climatizados para ayudar.
De este modo, el Internet y las tecnologías móviles prueban que pueden ser clave en instantes de crisis, no solo para regular sacrificios en el terreno sino más bien para sumar sacrificios colectivos a nivel nacional y también internacional con metas concretas.

A Ironia da Natureza

quarta-feira, julho 6th, 2016

xxxxx

Plantar sementes vegetais colabora com a manutenção do lado direito desta imagem. Plantar sementes humanas através do sexo, vai nos levar ao lado esquerdo desta imagem. Não e’ uma questão de escolha, de opiniões, de argumentos, de discussões entre humanos. E’ uma fatalidade, uma decisão da Natureza.

Como humano, só lhe resta uma escolha entre duas alternativas: ou você luta para que outros humanos obedeça a natureza e assim tenha uma chance de ir para o lado direito, ou você continua indiferente ao assunto e sem que nenhuma força no mundo vai mudar seu destino, continue indo para o lado esquerdo da imagem.

Filhos e SuperPopulacao Voce escolhe direita ou esquerda

” Ah, mas a minha religião ( cristianismo, islamismo, etc.) diz que…”

Então maldita seja tua religião porque não obedece a Natureza, e por isso eu e as próximas gerações iremos pagar o nefasto preço de suas fantasias mentais anti-naturais.