Archive for julho 5th, 2016

Nova teoria para mudar a Teoria Darwiniana da Evolucao se aproxima muito da matrix/DNA

terça-feira, julho 5th, 2016

xxxx

Veja esta parte da introducao do Paper em PDF:

INTRODUCTION

Every species of living thing can make a copy of itself by exchanging energy and matter with its surroundings. One feature common to all such examples of spontaneous “self-replication” is their statistical irreversibility: clearly, it is much more likely that one bacterium should turn into two than that two should somehow spontaneously revert back into one. From the standpoint of physics, this observation contains an intriguing hint of how the properties of self-replicators must be constrained by thermodynamic laws, which dictate that irreversibility is always accompanied by an increase of entropy. Nevertheless, it has long been considered challenging to speak in universal terms about the statistical physics of living systems because they invariably operate very far from thermodynamic equilibrium, and therefore need not obey a simple Boltzmann probability distribution over microscopic arrangements. Faced with such unconstrained diversity of organization, it is quite reasonable to worry that the particular mechanistic complexity of each given process of biological self-replication might overwhelm our ability to say much in terms of a general theory…

xxxx

PDF: http://www.englandlab.com/uploads/7/8/0/3/7803054/2013jcpsrep.pdf

Titulo: Statistical physics of self-replication

xxxx

Artigo que Divulgou o Paper:

This Physicist Has A Groundbreaking Idea About Why Life Exists

http://www.businessinsider.com/groundbreaking-idea-of-lifes-origin-2014-12

xxxx

Debate com instruções de especialistas no forum:

Is this really a groundbreaking new idea in Evolution? (Jeremy England)

http://sguforums.com/index.php/topic,45706.0.html

 

 

Jupiter seria o Pulsar (F4) da Matrix/DNA?

terça-feira, julho 5th, 2016

xxxx

Cada vez mais estamos descobrindo características de Júpiter que se assemelham com as características previstas para a Função 4 na formula da Matrix a 30 anos atras. O planeta de fato deveria ser a F4 se este sistema solar estiver montado sob a formula avançada perfeita da Matrix/DNA que foi a organizadora da primeira geração de sistemas astronomicos. Mas como ainda não resolvi de qual geração e’ o sistema solar, e tenho pendido a acreditar que ‘e da segunda geração, não tenho observado Júpiter como um perfeito F4. Porem… os novos dados ( como as recentes medições de seu campo magnético) sugerem que tenho errado.

“Júpiter é uma esfera gasosa que já foi descrita por especialistas como “um monstro que gira a tal velocidade que faz com que sua gravidade lance pedras gigantes, cometas e raios cósmicos para fora”.

Em outras palavras, “qualquer coisa que se aproxime pode se converter em sua arma”, alertou Scott Bolton, investigador chefe da missão.”

http://www.inovacaotecnologica.com.br/noticias/noticia.php?artigo=desafios-sonda-juno-jupiter&id=010175160703#.V3vIREYrJ1s

Luz é gerada pelo vácuo … ?!

terça-feira, julho 5th, 2016

xxxx

Ler isto:

http://www.inovacaotecnologica.com.br/noticias/noticia.php?artigo=vacuo-produz-luz&id=010115111118

 

Matrix Linear Algebra: E sua Diferença com a Matrix Natural

terça-feira, julho 5th, 2016

xxxx

Uma rápida olhadela na definição abaixo do que o mundo acadêmico esta’ denominando de ”  matrix linear algebra”, e o qual esta’ sendo muito usado em Ciência experimental, me levou a intuir que essa produção da matemática humana tenta se um método para entender algo do que acontece num ambiente ou um elemento deste ambiente, no estado caótico da Natureza. E’ o estado que resulta do comportamento aleatório e indisciplinado dos bits-informação de um sistema natural que saíram fora do fluxo circuital do sistema devido a sua entropia. Talvez esta entropia já produza perturbações e desarranjos no ambiente interno do sistema onde chegam estes bits. Então as forças e elementos do ambiente sem um tal controle da Matrix no sistema servem como um jogo de forças quase que ao acaso e somando-se a isto o estado desorientado dos bits, temos a situação de caos.

E’ possível detectar algum padrão repetitivo neste estado, ou nos comportamentos destes bits? Depende da intensidade do caos. Se o caos já esta’ tendo alguma influencia do estado de ordem, é possível que se note repetições de cenas, imagens, roteiros. E porque se procura repetições num ambiente desconhecido? Para tentar obter algo dele, ou controla-lo, pois eventos que não se repetem são absolutos acasos, nunca mais vão acontecer, portanto,nada adiantaria aprender a manipula-lo, nem haveria como.

Mas para quem não conhece o estado de ordem que havia antes no sistema – e o qual vai estar inserido dentro do estado de ordem no futuro do sistema, conhecimento apenas possível pela formula da Matrix – resta o método da logica matemática, a qual percebe repetições e tenta medir seus detalhes para entender e ou usar/controlar estas repetições. Por isso, num trabalho laboratorial experimental de genética, como no link a seguir, utilizam o método e explicam:

 Primer on Matrix Algebra

line 560  – Our PMI prediction approach using a perfectly defined system relies on matrix linear algebra. The following is an explanation of matrix linear algebra and how it was used in our study to predict PMI with gene expression profiles. A matrix is defined as a rectangular array of related values. These values, which are called elements, usually are scalars. Scalars are numbers that represent physical quantities. Elements in a horizontal line are called rows and elements in a vertical line are columns and the number of rows and columns describe a matrix.”

Então, o que denomino “Funções” na formula da Matrix/DNA, eles definem como “values of the elements”. E a partir desta diferente abordagem, nos vemos e interpretamos os fenômenos como diferentes observadores em diferentes pontos no espaço/tempo. Para eles, a meta possível e’ conhecer quantidades e a meta final e’ conhecer o fenômeno. Para mim, a meta possível e’ conhecer qualidades – se necessário, desta pode-se inferir quantidades – e a meta final e’ a mesma. Para mim e’ de grande valor saber os resultados quantitativos que o método matemático consegue, pois me ajuda grandemente na identificação dos elementos do sistema e outras tarefas.

Tenho de interromper este estudo agora mas retornarei. Devo buscar analisar os efeitos desta diferença trazendo para a mesa um sistema familiar humano organizado pelo aspecto da formula perfeita. Vejamos quais conhecimentos reais resultam das duas abordagens.

 

Biofisica: Estudo dos Vínculos Entre Sistemas Mecânicos e EletroMagnéticos Naturais e os Sistemas Biológicos da Biosfera Terrestre

terça-feira, julho 5th, 2016

xxxx

Começar estudo por:

http://biorxiv.org/collection/biophysics

xxxxx

http://biorxiv.org/content/early/2016/07/04/061960  –  Based on observations that the electron beam induces doming of the thin vitreous ice layer, we developed an algorithm to correct anisotropic image motion at the single pixel level across the whole frame, suitable for both single particle and tomographic images

Matrix/DNA: Corrigir as direções/intensidades dos elétrons e’ corrigir e adaptar os fótons dentro dos elétrons `a formula da Matrix no seu estado perfeito. Assim se corrige as imperfeiçoes no mundo biológico. Eles estão usando um algoritmo que corrige os fachos a nível de pixels, mas sem entender o que deve ser corrigido e qual algoritmo expressa a formula. Isto temos que desenvolver. ( voltar no link e ler o paper)