Archive for julho 8th, 2016

Descoberto Novo Fenomeno Astronomico que a Minha Formula Previu a 30 Anos Atras! Todos os Dias Isto Esta’ Acontecendo. Ate’ Quando?

sexta-feira, julho 8th, 2016

xxxx

Pela primeira vez na historia da Astronomia, um humano viu mais claro o que existe no núcleo de um sistema astronomico em formação, a Nebulosa do Caranguejo (The Crab Nebula). E o que viram surpreendeu-os porque não estava previsto no modelo teórico acadêmico oficial de astronomia (Veja vídeo abaixo e o link para o artigo).  Segundo a noticia, no núcleo central tem uma estrutura girando a uma velocidade estonteante, pois ela completa 30 rotações sobre si mesma em apenas um segundo! A NASA emitiu um comunicado dizendo que “a nuclear estrutura é preenchida com misteriosos filamentos que não são apenas de tremenda complexidade, mas parece ter menos massa do que a expelida por uma explosão de supernova e maior velocidade do que esperada de uma livre explosão”. E dizem isso baseados na teoria acadêmica para a qual toda essa nebulosa foi o resultado da explosão de uma supernova.

Trago aqui abaixo o desenho feito nos joelhos com lápis e folha de caderno `a beira de um pântano na selva amazônica sob o sol tórrido de 40 graus e com mil piuns e carapanãs sugando o sangue de minhas costas e bracos. O desenho era o esboço de uma imagem que formei na mente sobre qual seria o sistema natural misterioso que estava oculto naquela sopa pantanosa primordial e tinha as informações para conectar átomos terrestres da maneira como originou a Vida na Terra. Seria a anatomia de uma unidade de building block deste sistema astronomico que produziu a vida aqui e dentro do qual ainda existimos. Este building block seria projetado na superfície deste planeta através de fragmentos que eram seus genes-bits-informações como os fótons que vinham do Sol e cozinhava meus miolos. Um desenho que foi registrado na década de 90 para copyrights em Brasilia e em Washington, portanto não ha’ como nega-lo. E basta olhar no desenho para ver o que apenas agora o homem viu de fato:

Matrix/DNA: O template para todos os sistemas naturais, de átomos a nucleotideos a galáxias e células. O circuíto energético padrão.

Matrix/DNA: O template para todos os sistemas naturais, de átomos a nucleotideos a galáxias e células. O circuíto energético padrão.

( Matrix/DNA: O template para todos os sistemas naturais, de átomos a nucleotideos a galáxias e células. O circuíto energético padrão.)

E de cujo desenho extrai sua alma, ou seja, seu circuito de informações, na forma de uma formula/software:

E o desenho do circuito do fluxo interno de informação da fórmula da Matrix/DNA na sua versão de sistema perfeito fechado, na forma de diagrama de software

E o desenho do circuito do fluxo interno de informação da fórmula da Matrix/DNA na sua versão de sistema perfeito fechado, na forma de diagrama de software.

Pois bem.

a) Observe no desenho o cone rotativo no lugar de núcleo, definido como Função 1. Foi percebido agora que no núcleo ele tem uma especie de rodamoinho, ou como a NASA disse, uma especie de “tsunamis”. Mas enquanto imagens de 5 ou 10 anos atras não existiam, todo astrônomo insistiria que o núcleo do sistema conteria um buraco negro, pois é isto que dizem de todos os núcleos de sistemas astronômicos alem dos estelares. Creio ser claro que os novos dados descrevem a figura do meu desenho e jamais poderiam se referir a um buraco negro. 

b) Segundo a teoria acadêmica, a Nebulosa do Caranguejo, é um sistema novo em formação. Pela imagem, e sob a perspectiva do desenho, concordamos plenamente. Mas se e’ um sistema novo em formação ainda,  o desenho sugere que a nebulosa se limita a área circundante de Fi, do cone, onde o desenho diz estar o horizonte de eventos. Pode existir ali alem da F1, as sementes de novos astros que são F2, mas nada alem disso, não tem F3, F4, etc. E basta ver a imagem do Hubble para ver a correção da previsão do desenho.

c) Outra nova informação noticiada é de que ” a nebulosa apresenta misteriosos filamentos de extrema complexidade”. Misteriosos filamentos? Extrema Complexidade? Concordo que assim parece para quem se baseia num desenho teórico errado, o qual – ou seja – a chamada Moderna Teoria Nebular – nada sugere sobre tais filamentos. Mas para quem esta vendo a imagem baseado no desenho da selva não existe mistério algum, pois os filamentos estão muito bem explícitos no desenho. São as linhas espirais de um cone em espiral sob rotação, as quais depois, com o desenvolvimento do sistema, se amplia como espiral e torna-se como os bracos espiralados da Via Láctea.

Extrema complexidade? Claro que essa complexidade vai de encontro a um modelo tao simples pelo qual sistemas astronômicos surgiriam espontaneamente de uma nuvem de poeira cósmica formando uma estrela no centro e planetas rochosos ou gasosos com o resto do material pelo simples rodopiar da nuvem. Mas para quem vê a imagem baseado no meu desenho, e que já viu nele todas as expressões das propriedades que mais tarde se tornaram vitais compondo o super-complexo sistema reprodutor feminino, ao contrario, esta sendo um pouco decepcionado porque a complexidade imaginada no desenho e ainda mais simples. Apesar de que a complexidade real do cone rotativo não se poderia ver ainda nestas imagens, pois a luminosidade central não  permite ver tudo o que esta’ oculto no núcleo. Como diz o autor do artigo, “It is proven that looking beyond the exterior of crab nebula is not an easy feat. ( Foi provado que ver algo alem da camada exterior da nebulosa não é uma tarefa fácil”). Portanto, tem filamentos e complexidade. Ponto total para a Matrix/DNA Theory.

d) Diz o enunciado que ” verificou-se menos massa do que a expelida por uma explosão de supernova e maior velocidade do que esperada de uma livre explosão”. Mas jamais lhes passa pela cabeça questionar a “explosão de uma supernova”, desde que não existe nenhum fato cientificamente comprovado ligando as origens da nebulosa com uma explosão de uma estrela. No meu desenho/modelo não existe explosão alguma e muito menos formando novos sistemas astronômicos. Explosões destroem, não constroem. Nunca ninguém filmou uma sequer explosão de qualquer tipo de astro. O meu desenho diz que acontece a implosão, ou seja, o colapsar de um astro – velhos planetas a que chamei de pulsares e ocupam a posição da F4 na formula, depois que o núcleo vem comendo de dentro para fora as camadas da crosta e esta se torna tao fina que colapsa para o centro do astro, liberando então um enorme clarão de energia, demarcando o transformar, ou seja, o nascimento de uma estrela, uma supernova. Mas toda supernova se torna supervelha como o nosso Sol esta’ se tornando, e sua morte sera’ lenta, com a perda gradual de sua massa e energia degradadas, sem explosão alguma. Esta massa e energia de um cadáver estelar contem algo que nunca é destruído, pois nunca foi destruído nestes 13,7 bilhões de anos do Universo: a formula para sistemas astronômicos, a Matrix/DNA. Assim como o DNA dos seres vivos na Terra já tem 3,5 bilhões de anos e nunca foi destruído – porque ele também é a Matrix/DNA. Se um sistema esta’ sendo formado, tem que ter instruções inseridas na matéria para formação de sistemas. Senão, teríamos que apelar para a existência de algo sobrenatural vindo de fora da nebulosa com as informações, instruções, para o sistema ser formado. Assim como apenas é formado um novo sistema-corpo humano quando ali, naquela nebulosa disforme de células chamada de morula, esta’ inserido o código de instruções, o DNA, que vem de um sistema anterior ou ainda existente. Raios, como questionar esta logica cozida com ferro e fogo na beira de m pântano onde a Natureza crua e as ainda únicas testemunhas das origens da vida, mais os raios infalíveis da luz do Sol sem os quais não existe vida, estão sussurrando suas historias para um cérebro curtido pela Natureza?!

….

Ao invés de comemorar, todas as vezes que estas novas informações estão dando mais credito a teoria da Matrix/DNA e estremendo os alicerces da Teoria Oficial Academica, eu sinto pesar e tristeza. Pois o meu supremo objetivo neste mundo é atuar de alguma pequena maneira possível que seja para dar um empurrãozinho nas nossas próximas gerações para irem no caminho certo, para um dia chegarem na grande Verdade que eu nunca vou conseguir chegar. Mas a Humanidade esta’ sendo dirigida por outra visão do mundo diferente da minha. Se  a minha estiver errada, ninguém alem de mim perdeu nada com isso, a Humanidade tem a possibilidade de estar indo onde eu sonho que ela deve ir. Mas se a visão de mundo que a Humanidade esta’ seguindo estiver errada… Todas as civilizações experimentadas até agora foram alicerçadas sobre uma nova visão do mundo que surgiu como certeza das cinzas de outra visão errada. E se todas caíram, é porque os alicerces estavam errados, eram castelos feitos sobre a areia.

E’ preciso conhecer e debater estas diferentes interpretações dos fenômenos naturais, quando os fatos a cada dia estão aconselhando-nos a assim proceder, pois a mente dos nossos jovens estão sendo formadas por uma visão de mundo que determinara’ seus destinos. O ser humano que vê as origens do seu próprio corpo desconectadas das origens das nossas ancestrais astronômicas, como a Nebulosa do Caranguejo e a esta Via Láctea, – diz a logica – sera’ desconectado, descartado, por esta Universal Natureza.

  Hubble Captures Beating Heart of Crab Nebula

http://www.natureworldnews.com/articles/24953/20160708/hubble-captures-beating-heart-of-crab-nebula.htm

 

 

Hubble Space Telescope Releases The Largest Picture Of Crab Nebula

Astronomers managed to peek into the core of Crab Nebula by using multiple photos taken by the Hubble Space Telescope in a span of 10 years.
(Photo : NASA via Getty Images)

(obs: legenda não adicionada a imagem e sim postada abaixo e fora da imagem como teste para Google search por imagem. Verificar mais tarde o resultado)

xxxxx

Comentario postado no Youtube, vídeo acima: ( abaixo do vídeo esta’ escrito: Published on Jul 7, 2016 – This video zooms into part of the sky in the constellation of Taurus (The Bull) ending on the inner parts of the famous Crab Nebula, a supernova remnant.

Louis Charles Morelli

Louis Charles Morelli – 7/8/2016
Great job, but it can be a prejudice to Humanity. I am talking about the theoretical interpretation being sold here as a scientific established fact. In the comments below, a poster had a great insight and it is possible he has debunked this theory. Who and when proved that Crab Nebula is the remnant of a supernova explosion? Nobody.
Bob Kull, a poster below, said: ” The formation looks so incredibly organic that it’s hard to believe the universe isn’t alive, but manifesting on a very different time scale”. So, why the academic mindset is composed by experts that has a brain hard-wired different than the common citizen, to the point that the former see an image and interprets it as merely mechanics by chance and the other see the image and has the intuition/interpretation that it is a organic thing?!
We have a different astronomical theoretical model and it suggests that Crab Nebula is the product of a normal slow death of a star and maybe, its system. It is a process of systems’ self-recycling, which was the astronomic primitive and ancestor process of biological systems’ self reproduction. And yes Bob Kull, believe in yours natural reasoning – the Universe is not a living being, but all natural systems inside it are evolutionary steps towards biological life, so, atoms, galaxies had primitive life’s properties.
Any kind of explosion does not build anything. They destroy things. Crab Nebula is a new system recently born, so, the instructions for it to be a system are ” alive” in the dust and entropic energy resulting from a decomposed cadaver of an old system. That’s why Biologists still have not explained how biological life was produced by this galaxy. They bought the wrong model and ideology coming from Physics and its language, Mathematics. They can see a living structure in the space but never will see the biological organization of matter, as when they see a human body and can only to deal with the skeleton and its mechanics. In Matrix/DNA Theory we have a surprised explanation for life’s origins as merely sequitur from cosmological evolution. But, be advised: we can not prove it yet, so, we never forget the mention that it is a theory. In this way, our students keep their minds opened for testing the last generation world view from different perspectives.
xxxxx
E meu comentario postado no artigo:

Louis Charles Morelli · 7/June/2016

Works at Self employed
Everything different than expected from a free explosion?! So, why the hell, to believe that Crab Nebula had as its origins a free explosion that has no scientific conformation?! All these new data are exactly confirmation and right prevision of an existent theoretical model 30 years ago. And these “weird” and “mysterious” never seen traits were very well explained by that model. It is enough to see the design of this model for to see the same image got now by Hubble with all its details. If someone is curious, Google the article “Descoberto Novo Fenomeno Astronomico que a Minha Formula Previu a 30 Anos Atras! Todos os Dias Isto Esta’ Acontecendo. Ate’ Quando?”
Everything different than expected from a free explosion?! So, why the hell, to believe that Crab Nebula had as its origins a free explosion that has no scientific conformation?! All these new data are exactly confirmation and right prevision of an existent theoretical model 30 years ago. And these “weird” and “mysterious” never seen traits were very well explained by that model. It is enough to see the design of this model for to see the same image got now by Hubble with all its details. If someone is curious, Google the article “Descoberto Novo Fenomeno Astronomico que a Minha Formula Previu a 30 Anos Atras! Todos os Dias Isto Esta’ Acontecendo. Ate’ Quando?”