Archive for fevereiro 21st, 2017

Fractal Dragon Curve: Como os fotons astronômicos criaram a vida…?

terça-feira, fevereiro 21st, 2017

xxxx

Esta é uma simulação de computador que tentaria mostrar como os fótons cósmicos ( vindos do Sol, do núcleo terrestre e possivelmente de outras regiões da galaxia), que trouxeram os bits-informação da formula Matrix/DNA para criar sistemas, e que adentraram os elétrons dos átomos na superfície terrestre, assumindo o comendo dentro dos átomos para guia-los a novos tipos de combinações e criarem a matéria orgânica. No ponto abaixo representado pelas figuras seria o momento que estariam sendo criados macromoléculas, como o DNA. Cada traco representa um fóton, portanto cada quadrado com 4 tracos representam a parte variável da formula formada pelas 4 funções intermediarias (F2, F4,F6 e F7), que atuam como genótipos.

Recursive construction of the curve

Finalmente na tela do monitor aparece esta imagem em movimento, a qual é um fractal.

Dragon curve animation.gif

este tipo de fractal é conhecido matematicamente como Heighway Dragon Curve.

Isto tudo é obtido com uma equação em programação que começa assim:

It can be written as a Lindenmayer system with

  • angle 90°
  • initial string FX
  • string rewriting rules
    • XX+YF+
    • Y ↦ −FXY.

That can be described this way : Starting from a base segment, replace each segment by 2 segments with a right angle and with a rotation of 45°

(Por isso matematicos estao encontrando uma correlacao entre o mecanismo de autocorrecao do DNA com a logica matematica e percebendo similares com a dragon curve, como cita o artigo em

http://cosmicfingerprints.com/mathematics-of-dna/

Mais assunto para pesquisar…

O que e’ Lindenmayer system ?

https://en.wikipedia.org/wiki/L-system

Origins

‘Weeds’, generated using an L-system in 3D.

As a biologist, Lindenmayer worked with yeast and filamentous fungi and studied the growth patterns of various types of algae, such as the cyanobacteria Anabaena catenula. Originally the L-systems were devised to provide a formal description of the development of such simple multicellular organisms, and to illustrate the neighbourhood relationships between plant cells. Later on, this system was extended to describe higher plants and complex branching structures

An L-system or Lindenmayer system is a parallel rewriting system and a type of formal grammar. An L-system consists of an alphabet of symbols that can be used to make strings, a collection of production rules that expand each symbol into some larger string of symbols, an initial “axiom” string from which to begin construction, and a mechanism for translating the generated strings into geometric structures. L-systems were introduced and developed in 1968 by Aristid Lindenmayer, a Hungarian theoretical biologist and botanist at the University of Utrecht. Lindenmayer used L-systems to describe the behaviour of plant cells and to model the growth processes of plant development. L-systems have also been used to model the morphology of a variety of organisms[1] and can be used to generate self-similar fractals such as iterated function systems.

(continuar estudando…)

DNA/RNA – Triplex Codons – Problema para Matrix/DNA Resolver.

terça-feira, fevereiro 21st, 2017

xxxx

Esta imagem tanto mostra RNA como qualquer das hastes do DNA

Tenho acreditado que a formula da Matrix fechada vinda da astronomia se insere no DNA na seguinte maneira:

Esta é a formula da Matrix:

E o desenho do circuito do fluxo interno de informação da fórmula da Matrix/DNA na sua versão de sistema perfeito fechado, na forma de diagrama de software

E o desenho do circuito do fluxo interno de informação da fórmula da Matrix/DNA na sua versão de sistema perfeito fechado, na forma de diagrama de software

xxx

E este é um pedaço do DNA:

 

Image result for DNA

Como a formula esta’ inserida no DNA:

A formula tem 6 partes, ou 6 funcoes, denominadas F. E F1 e F4 sao a base e o topo da formula, estão exatamente em posições opostas, e a formula é cortada em duas meias-faces pelo circuito F5. Ora, esta imagem da formula se encaixa perfeitamente na imagem do DNA quando deitamos a formula e F1 e F4 se tornam os açúcares (os losangos azuis) pendurados nas duas hastes laterais, sobrando os 4 Fs entre eles que se encaixam perfeitamente na posição de 4 bases como se ve na imagem. Cada açúcar está ligado a uma base nitrogenada e a este conjunto acucar + base se da o nome de nucleotide. Entao a formula seria composta por 4 nucleotides alinhados tanto vertical como horizontalmente. Não importa que para 4 nucleotídeos existam 4 açúcares, enquanto a formula indica que so’ existam dois: pois na verdade dois açúcares de uma mesma haste sao sempre iguais e diferentes dos dois da outra haste, por quiralidade. Portanto, dois açúcares repetidos tem como significado final um açúcar, uma função sistêmica.

Assim tenho me dado por satisfeito entendendo que a unidade fundamental de informação do DNA não é um nucleotídeo nem um par lateral de nucleotídeo, mas sim, dois pares laterais.

Porem, temos um problema a resolver. A questão do triplex, ou codão, (codon), que podemos ver na primeira figura. O codão é uma seção contendo uma sequência de 3 nucleotídeos da mesma haste. A Ciencia dividiu assim a haste de 3 em 3 porque foi encontrado que o DNA aplica esta sequencia de 3 nucleotides para fazer cada aminoacido. Por que a formula fez o DNA para fazer os tijolinhos básicos dos trechos do circuito da formula – denominados proteínas – dessa maneira?

Então notamos que tomando um codon, temos seis nucleotideos. E seis sao as funcoes que completam a formula ( a função 5 apenas tem a função de reproduzir estas unidades de informação, ou seja, reproduzir os sistemas). Sera possivel entao que a formula esteja inserida como codon e nao como tenho descrito acima? Fica esquisito porque os açúcares nao estariam nas duas posicoes tl como na formula. Existe uma ressalva. A formula tal como esta representada é apenas para sistema fechado e o DNA é sistema aberto como todos os sistemas vivos, biologicos. Então nesta mutação de fechado para aberto a formula torna-se plastica, podendo adquirir outra forma mas sempre mantendo a estrutura de seis funções sistêmicas.

Existem muitos detalhes a considerar para resolver este problema, e no assunto ” A Matematica do DNA” podemos notar um deles e até ser ajuda para resolve-lo. Tambem tem-se que considerar a diferenca entre fenotipo e genotipo.

Fica em aberto este capitulo…