Archive for novembro, 2017

Intuição não pode ser explicada?

quinta-feira, novembro 30th, 2017

xxxx

Nos debates internéticos (acabei de inventar mais essa palavra agora) alguns me prensam contra a parede perguntando como dei o salto entre as informações que eu tinha ao ponto de montar o modelo do building block astronomico. já tentei buscar na memória, mas isto aconteceu em situação de extremo estresse na selva (delirando com malária, etc.), entao nao me lembro das operações cerebrais feitas naqueles dias, nada encontro de papéis anotados… enfim, não me lembro. Mas na verdade nao preciso me esforçar em solucionar isto se posso usar o dizer de um cientista materialista famoso:

” A intuição e’ simplesmente saber algo sem saber como você chegou a esse algo” – Daniel Dennet

Esta explicado, ponto final, nao se fala mais nisso,… ora bolas!

Frase mencionada em:

A consciência é apenas uma ilusão?

Em uma entrevista para o programa de rádio The Life Scientific da BBC Radio 4 , Dennett diz que não há nada de especial em relação à intuição. “A intuição é simplesmente saber algo sem saber como você chegou a esse algo”.

Informacoes Gerais sobre as religioes do mundo – Adherents.com – o Ignosticismo?

quinta-feira, novembro 30th, 2017

xxxx

Em dez anos – de 2006 a 2016 – o numero de adultos nao-religiosos ou nao afiliados a nenhuma religiao cresceu de 16% a 26% da populacao Americana. Esperando estes novatos no ex-misticismo, avidamente e de portas abertas, estao os ateus, mentindo que ateísmo nao e’ o outro lado místico da mesma moeda religiosa. O que existia antes do Big Bang, o que existe alem deste Universo, ou alem da faixa de luz e vibracao visivel e perceptivel aos nossos sentidos, e’ metafisica, e’ desconhecido, nenhum humano sabe nada sobre isso. Mas estes novatos expatriados nao podem ficarem sozinhos, isolados na sua solidao intelectual, eles precisam se unirem, numa associacao de nao-misticos. Infelizmente por se tratar de coisa humana e’ preciso que estes associados tenham um adjetivo qualificativo, um nome. E qual seria o nome correto? O primeiro que me vem `a mente ‘e “agnostico”. Entao vamos correndo aos dicionarios, wikipedia, ver qual a exata definicao oficial para esse nome:

https://pt.wikipedia.org/wiki/Agnosticismo

Bem,… a coisa e’ complicada e desde que o nome “agnosticismo” parece lembrar alguma correste mistica antiga ou entao esta dividido entre aganosticos ateistas e adeistas, penso que esse nome ja nao e’ mais apropriado. Esta ai nova dica: Precisamos unir os novatos nao-misticos que estao vindo aos milhoes numa associacao e precisamos de um nome.

xxxxx

Dados sobre distribuicao de religioes/ateismo’agnosticismo no planeta:

A melhor fonte com quadros gerais esta aqui:

http://www.adherents.com

The Adherents.com website is primarily the work of Preston Hunter (me: webmaster@adherents.com). This is an independent project and is not supported by or affiliated with any organization (academic, religious, or otherwise). But numerous individuals (academic researchers; university professors of sociology, comparative religion or history; religious representatives) have provided assistance in their areas of expertise.
The Largest Atheist / Agnostic Populations

http://www.adherents.com/largecom/com_atheist.html

xxxxx

PRRIReligiouslyUnaff2016

xxxxx

Wikipedia:

Atheist, agnostic, nonreligious, irreligious, religiousness populations by country or area for 2006 as percentage of total population. ( Sendo nosso objetivo aqui detectar a populacao nao-mistica, observe que na figura o ateismo e’ erroneamente considerado como nao-mistico, e e’ pincelado com a cor mais escura/preta. Deduzo portanto que o agnosticismo seja a coe seguinte menos escura, ou seja, o azul-escuro, cujos paises de maior incidencia de nao-misticos seriam a Russia, China, enquanto os cinzas mais claros seriam paises com a populacao mais mistica)

xxxxx
 A research group of universities / research institutions in dozens of countries participated, “Global Value Survey” to examine the consciousness of the citizens of each country by common questionnaire and compare with each other from 1981, every 5 years from 1990 Has been done. It is a consciousness survey of individual units based on collecting about 1,000 samples of men and women aged 18 or over across the country for each country.
 Here, the religious composition of the world countries is illustrated from the result of this survey. Although it is necessary to judge the result taking into consideration the restriction by the investigation method, there is a division “no religion (not having religion)” because of the survey result summarized from the number of affiliated organizations of the religious organization Compared with the results, it seems that the composition of each type of religion also reflects the nationwide situation considerably because the number of subjects to be surveyed is small.
 Regarding the characteristics of Japan, first, there is a majority, with 51.8% of non religious affairs being the majority. Worldwide, the proportion of non religion is high in socialist countries and former socialist countries, the first place is 93.0% in China, the second place is 75.7% in Estonia, and the third place is in 64.3% in Czech Republic There. Outside socialist countries and former socialist countries, the Netherlands has the highest rate of 55.0%, and Japan has the second largest position.
 The second characteristic of Japan is that Buddhism is as many as 34.9%. This is the highest value among the countries in the figure. Shintoism is considered to enter “other”, but it is not so much, 3.9%.
 The religious characteristics of East Asia including common Vietnam in that the influence of Japan, China, Korea, and China is large is that the ratio of non religion is high and the ratio of Buddhism is high, and a unique pattern in the world Respectively. Similar to Japan, Korea is other than socialist countries and formerly socialist countries, while non religion is as many as 36.7%. However, in the case of South Korea, it differs from other East Asia in that there are many believers in Christianity. As shown in the figure below, Korean Christianity has greatly expanded after World War II (original source is here).

In another Asian countries, Islam has a large share in Indonesia, South Asia, the Middle East and so on. Muslims are also spreading to other African countries such as Egypt, Nigeria, Tanzania, or so much, but also to Eastern Europe. Even though it is located in Asia, Israel is special and Judaism is the majority. In addition, Judaism has a certain share in the United States (4.2%) and Tanzania (3.6%), for example.

In Europe, North America, Latin America, Christian influence is strong overall, except that non religious occupies a considerable share by country. Sectarianly there are many “Catholic” in France, Southern Europe and Latin America, many in “Protestant” in Britain, Germany, Scandinavia, Eastern Europe, Russia, the former Soviet Union countries “Greek Orthodox” “Is increasing. Regarding the fact that the Greek Orthodox as a Russian sect has been greatly increasing, refer to Fig. 9458[Column] “Values ​​shaken by the Russians”.

In Africa, Muslims and Christianity are strongly influenced, but traditional folk religion is considered to hold considerable power, and Zimbabwe, South Africa etc. have a considerable share of “other”.

International comparison of religious view and god view, comparison between Japan and South Korea was published in Diagram 9528 .

Regarding the regional distribution of faith in Japan, see the chart 7770 . Here, it is shown that non religion is common in eastern Japan, which is an emerging area in religious history.

(Original data)
Religion currently owned

I do not have (no religion) Christianity (Roman Catholic) Christianity (Protestant) Christianity (Other) Judaism Islam Hinduism Buddhism Other do not know No response
Japan 51.8 0.8 1.0 0.5 0.1 34.9 3.9 7.0
Korea 36.7 13.8 23.7 1.8 0.1 0.2 20.8 2.7 0.3
China 93.0 0.8 2.5 0.4 2.1 0.2 0.4 0.6
Vietnam 46.1 5.9 0.6 0.1 15.1 31.8 0.4
Philippines 10.9 71.5 1.8 3.2 12.0 0.6
Indonesia 6.5 92.5 0.5 0.1 0.4
Bangladesh 0.1 0.1 0.1 0.1 0.1 91.9 7.1 0.5
India 6.6 2.9 0.2 10.8 72.2 1.4 4.3 1.3 0.0
Iran 1.1 0.9 97.0 0.7 0.3
Turkey 2.5 0.3 0.1 96.6 0.2 0.1 0.2
Jordan 4.3 95.5 0.1 0.1
Israel 3.3 85.3 9.5 1.8 0.1
UK 13.6 51.3 0.2 0.6 0.9 0.5 0.6 16.1 1.4 14.8
Northern Ireland 15.9 36.6 16.3 0.9 0.1 28.8 1.4
Ireland 6.9 88.8 2.0 2.1 0.2
Germany 24.9 31.6 38.2 0.3 0.0 1.7 2.7 0.7
France 42.5 52.6 1.3 1.2 1.4 0.1 0.1 0.2 0.4 0.1 0.1
Italy 17.8 81.2 0.3 0.0 0.3 0.5
Spain 15.6 81.1 0.6 0.1 0.1 0.1 0.1 0.2 1.1 1.2
Portugal 11.4 85.6 0.3 2.4 0.3
Belgium 35.4 54.9 1.2 0.4 0.1 3.0 4.3 0.1 0.7
Luxembourg 29.9 63.8 1.0 0.4 0.6 0.6 1.8 0.2 1.7
Netherlands 55.0 22.0 10.1 0.4 1.1 0.2 0.2 11.0
Denmark 10.0 0.8 86.1 0.5 0.1 0.1 1.4 1.1
Sweden 25.3 1.6 68.9 0.4 2.5 0.1 0.4 0.4 0.5
Finland 11.7 0.1 83.7 1.1 2.9 0.6
Iceland 4.3 90.6 0.4 4.2 0.1 0.3
Austria 12.2 79.0 0.7 6.1 0.1 2.0
Czech 64.3 29.6 3.8 0.1 0.1 1.3 0.9
Slovakia 23.1 64.2 11.2 0.8 0.2 0.5
Poland 4.6 94.0 0.3 0.3 0.1 0.7 0.1
Hungary 42.6 38.9 16.1 0.2 0.1 0.1 1.8 0.1 0.1
Romania 2.4 7.4 2.0 84.7 2.4 1.0
Bulgaria 29.8 0.3 0.7 60.3 8.4 0.2 0.3
Greece 4.0 1.5 93.4 0.4 0.3 0.4
Malta 1.3 97.7 0.9 0.1
Slovenia 29.9 66.1 0.3 1.6 1.1 0.6 0.4
Croatia 13.2 84.5 0.1 1.8 0.4
Serbia and Montenegro 5.8 6.1 0.3 78.5 0.2 5.2 0.0 0.1 2.3 1.6
Estonia 75.7 0.4 13.1 9.8 0.1 0.1 0.7 0.1
Latvia 40.6 19.5 16.9 16.7 0.1 5.7 0.1 0.4
Lithuania 19.4 74.6 1.3 2.9 0.1 1.1 0.7
Russia 48.1 0.2 0.3 47.5 0.0 3.0 0.1 0.4 0.3
Belarus 47.8 6.3 0.5 44.6 0.1 0.2 0.1 0.4
Ukraine 42.4 0.9 2.2 42.2 0.2 0.3 0.1 8.8 2.3 0.8
Egypt 5.6 94.3 0.0 0.0
Nigeria 0.7 67.0 0.1 31.7 0.3 0.1
Uganda 1.1 36.5 43.0 0.4 17.0 0.1 1.8 0.1
Tanzania 1.7 28.2 18.7 5.0 3.6 40.1 0.1 2.0 0.8
Zimbabwe 15.0 17.5 26.5 0.3 0.5 40.0 0.2
South Africa 10.6 9.5 42.4 0.4 0.3 4.0 5.2 0.1 24.3 0.3
usa 19.8 23.2 26.2 0.8 4.2 0.2 0.2 0.7 19.5 5.3
Canada 26.2 41.4 20.2 0.7 0.3 0.8 0.3 0.4 8.4 1.3
Mexico 20.5 72.3 1.4 0.1 0.1 0.1 4.9 0.6
Puerto Rico 11.1 57.2 13.2 1.4 3.5 12.4 0.8 0.4
Venezuela 27.0 65.6 6.7 0.1 0.3 0.4
Peru 4.7 82.3 0.2 0.2 11.1 1.5
Chile 33.8 53.7 2.0 0.2 0.1 9.8 0.5
Argentina 13.0 78.3 0.4 0.1 0.8 0.1 7.3 0.1

(Document) Dentsu Research Institute · Japan Research Center edited “World Value Data Book of 60 Countries”

(June 9, 2006, added September 3, 2014 Christianity in Korea)

xxxx

The Largest Atheist / Agnostic Populations

http://www.adherents.com/largecom/com_atheist.html

 

Quimica da Vida: Pesquisar Hormonios

quarta-feira, novembro 29th, 2017

xxxx

Ainda nao localizei como e onde os hormonios estao previstos na formula da Matrix/DNA. Aqui esta’ mais uma dica:

Foto de BIO+.

Website construction

segunda-feira, novembro 27th, 2017

xxxx

Site pesquisando meu website

https://www.woorank.com/en/www/theuniversalmatrix.comhttps://www.woorank.com/en/www/theuniversalmatrix.com

Estas ouvindo vozes de extra-terrestres, ou som do celular tocando desligado? Esquecendo nomes e faces? Veja porque.

segunda-feira, novembro 27th, 2017

xxxx

How your mind protects you against hallucinations

http://www.sciencemag.org/news/2017/08/how-your-mind-protects-you-against-hallucinations

Há mais de 300 anos, o filósofo René Descartes fez uma pergunta perturbadora: se nossos sentidos nem sempre podem ser confiáveis, como podemos separar a ilusão da realidade? Um dos exemplos de ilusão dos sentidos esta’ ocorrendo com a moderna mania de fixação no celular ao ponto de `as vezes uma pessoa pegar rápido o celular jurando que ele tocou ou vibrou, para ver que esta’ desligado. Já me ocorreu algo parecido. Num vilarejo na selva eu gostava de estar na casa de uma família amiga e ficar ouvindo sempre uma mesma musica a que eles eram fanáticos, tanto que já estavam pulverizando o disco. Pois num certo dia sorri ao ouvir a musica ainda na rua para saber, quando entrei na casa, que a musica não estava tocando. As asneiras que fazemos devido as distrações são outros exemplos de como estamos agindo diferentes dos animais que nunca tem ilusão, pois eles tem que serem extremamente práticos na vida e atenciosos exclusivamente ao aqui e agora, senão, não sobrevivem. Para nossa sorte, esta’ vindo ao nosso socorro, e ensinando-nos o que fazer, os cientistas da Universidade de Yale, que publicaram o artigo na Science Magazine, do qual forneço o link abaixo, sob o titulo ” How your mind protects you against hallucinations”, ou, “Como sua mente protege você contra alucinações”.

O filosofo Demócrito estava obcecado por astronomia e num dia caminhando naquelas ruas sem asfalto e esburacadas de Atenas na frente de duas donzelas do palácio, caiu num buraco de dois metros! E elas riram a valer: “Esse ai’ anda com a cabeça tao fixada no céu que não enxerga um buraco deste tamanho na frente de seus pês…”.

Quando eu trabalhava no Metro de São Paulo tinha um ticket permanente para passar nas catracas 50 vezes ao dia, e me peguei chegando apartamento cansado e com a cabeça pensando ainda no trabalho, e tentando enfiar o ticket no buraco da fechadura da porta, ao invés da chave! E ainda quase dei um chute na porta teimosa que estava demorando para abrir e atrapalhando minha vida. Minha sorte e’ que nenhuma das vezes que fui com o ticket na fechadura coincidiu com os dias que eu errava o andar, errava a porta e enfiava a chave no buraco dos vizinhos. Sem contar trapalhadas comuns como encher a escova com pasta de dentes e mete-la nos cabelos pensando que tinha ido ali para pentear.

Estas distrações nos fazem rir mas são problemas sérios. Pessoas morrem por entrar na porta aberta de elevador que não esta no andar, outras tantas estão sendo atropeladas ao andarem nas calcadas com a cabeça e os olhos atentos ao que ocorre nas nuvens cibernéticas do Facebook sem perceber que esta’ entrando na rua. Mas para nosso bem, os cientistas estão pesquisando este problema munidos de raio X e filmando cérebros nestes momentos de distrações, alucinações, e estão nos trazendo conselhos para curar-nos. Ainda bem, porque, como na semana passada a tv americana ficou passando o dia todo a cena de uma mulher que vinha olhando no celular e não viu uma placa de ferro de meio metro de altura de um alçapão levantado, atropelou a placa e caiu no porão do restaurante quebrando a cabeça e o resto dos ossos. Como denunciou a sociedade protetora dos animais, isto não pode acontecer porque a mulher invadiu a privacidade dos ratões que almoçavam no porão do restaurante. Apresentaram um documento assinado por 50 ratos exigindo da mulher defunta uma indenização de uma tonelada de queijo.

A pior tragedia decorrente de alucinações, ao meu ver, vem das religiões. Uma criança doutrinada com insistência pelos pais, avos e pastores se torna a maior inimiga de si mesma ao se sujeitarem a vida toda a serem escravos voluntários a salários de miséria e nada fazerem contra os vampiros predadores que estão sugando suas energias e seus direitos de propriedades neste planeta, porque acredita que isso é uma realidade não feita pelos predadores, mas por algum deus magico e tao pequeno que anda de planeta em planeta conversando com os viventes para se livrarem de erros possíveis devido falhas nas Suas próprias Leis e no seus mundos feitos com tantos defeitos. Quando trabalhava de táxi e era hora de levar os crentes `as igrejas para mim era uma tortura de tanto ouvir dentro do carro coisas como: ” E’ Deus que desistiu de operar nele pelos seus pecados e agora o demônio ta’ tomando conta dele, por isso ele ta tendo tanto azar  que nem pode pagar o aluguel e vai expulso da casa…”. ” Esta’ vendo? Oh Deus glorioso, pai da misericórdia, ele falou na minha cabeça para chamar a Uber antes de terminar o culto porque ia faltar carros para tanta gente…” O Deus da igreja de todos providencia táxi para ela deixando outros evangélicos que as vezes tinham mais necessidade de chegar em casa rápido, sem táxi.

Numa elogiável experiencia feita por cientistas da Universidade de Yale, descobriram ao observar nos cérebros as diferenças de regiões ativadas por sinapses entre pessoas saudáveis com pé no chão e pessoas entrando no rol dos neuróticos perigosos a si mesmos por causa destas alucinações. Pela natureza pratica do cérebro que veio do treino árduo na luta pela sobrevivência dos animais – nossos ancestrais – ele tem a capacidade de controlar a realidade constantemente ao fazer-se questionar a todo momento sobre nossas crenças metafisicas e as equivocadas expectativas que elas produzem. As distrações e alucinações ocorrem quando esta verificação interna falha, porque as pessoas fecharam questão em crenças sobre equívocos de como funciona a realidade devido ao desconhecimento das causas desta realidade, uma descoberta que não apenas vai ajudar os que acreditam que estão sendo práticos na vida mas não estão,  como devera’ apontar para melhores tratamentos para neuroses, depressões, esquizofrenia e outros distúrbios psiquiátricos, tao comuns hoje em dia.

Muitas vezes a realidade não esta ocorrendo como nossos olhos estão vendo ou estamos ouvindo. Por exemplo, nesta crise que afeta o Brasil, as pessoas doutrinadas pela televisão para serem desviadas dos verdadeiros causadores da crise expondo os políticos corruptos como bodes expiatórios, recebem as contas de internet, telefone, reclamam que estão demasiadas caras e imediatamente xingam os políticos e saem a procurar movimentos de protestos de rua, quando na verdade nenhum politico esta’ levando o dinheiro no roubo daquelas contas, e sim os grupos aristocráticos que meteram as mãos nas ondas magnéticas que fluem livres no ar e que por direito de sócios-proprietários do ar nesta nação, pertencia ao povo brasileiro. O povo inteiro vem em desabalada carreira crendo numa mentira ( o que são os 50 milhões de reais do Cunha, ou os 500.000,00 reais na mala do Temer, perto dos 250 bilhooooeeeesss de reais do Carlos Slim obtidos como dono das ondas magnéticas do ar e emissor daquelas notas de conta a pagar?), que a realidade bate em seus narizes mas se comportam coando agulhas e deixando passar camelos. As contas são reais, estão na frente de seus olhos, mas as interpretações sobre as contas estão totalmente erradas, devido a pregação e insistência em mentiras ter feito o cérebro perder a capacidade herdada dos menos burros animais irracionais. O resultado desta alucinação coletiva é que vão passar a vida sendo privados das coisas que eles e seus filhos necessitam ao invés de reagirem praticamente, aplicando os recursos que estão `a disposição deles.

Em um experimento desenvolvido na Universidade de Yale, por exemplo, os pesquisadores mostraram repetidamente, aos voluntários, uma imagem acompanhada de um som. Quando os cientistas apresentaram a image sem o som, os participantes ainda “ouviram” quando a imagem apareceu. E’ do tipo de alucinação que sentimos o telefone vibrar ou tocar estando desligado.

Um brasileiro recém chegado nos Estados Unidos caminhava numa rua pensando no Brasil que não atravessou para o outro lado porque viu sem ver de verdade que na frente tinha uma mulher varrendo a calcada com o portão aberto e um enorme cachorro ao lado. O cachorro meteu=lhe os dentes nos calcanhares das calcas e ele, com o outro pé deu-lhe um chute que o cachorro saiu gritando. A mulher furiosa gritando: ” Stupid asshole, you hit my dog!”quando o brasileiro respondeu: ” Seu dog inhéck inhéck my pernék!”. Este um exemplo claro do efeito da alucinação estando fora da realidade `a nossa volta do brasileiro somado ao desconhecimento do mundo real pelo fato dele estar num lugar de língua inglesa sem falar inglês.

Estes exemplos sugerem que as alucinações surgem quando o cérebro dá mais peso às suas expectativas e crenças sobre o mundo, do que à evidência sensorial que recebem do tato, visão, audição, diz o autor do estudo e o psiquiatra de Yale, Philip Corlett. Para repetir estas experiencias, Powers e colegas decidiram aplicar uma versão do experimento a quatro grupos diferentes: pessoas saudáveis, pessoas com psicose que não ouvem vozes, pessoas com esquizofrenia, e as pessoas — como os psíquicos auto-descritos como médiuns — que regularmente ouvem vozes, mas não as acham perturbadoras.

Os pesquisadores treinaram todos para associarem uma cena na tela com um tom de 1 kilohertz há 1 segundo de comprimento. Os participantes foram instruídos a pressionar um botão quando  ouviam aumentando ou diminuindo ou ate’ desligando o som.  Usando scanners de imagem de ressonância magnética, os pesquisadores capturaram os erros e os instantes da atividade cerebral dos participantes ao fazerem suas escolhas, e assim conseguiram mapear no cérebro as regiões que atuam nestes casos. Dentre outras coisas, descobriram que as pessoas que ouvem as vozes, cometeram mais erros, foram mais propensas a “acreditar” nas alucinações auditivas. E nos seus cérebros não foram atividades as regiões ativadas nas pessoas normais, racionais, saudáveis. Crenças em fantasias e realidades distorcidas, desligaram para sempre partes importantes do cérebro. E por minha conta, levantei a teoria de que a propriedade inata observada nas crianças que conversam com amigos fantasmas imaginados, voltaram a ocupar o cérebro naquelas regiões alteradas. Pena que os evangélicos no meu táxi não sabem nem iriam acreditar nisso… não acreditam na realidade quando não lhes convêm e nem convém ao Edir Macedo, pois como ele iria sustentar seus iates?

Isso foi exatamente o que eles encontraram: tanto os esquizofrênicos quanto os psíquicos foram quase cinco vezes mais propensos a dizer que ouviram o tom quando não existia tom nenhum, que as pessoas  saudáveis, informaram os pesquisadores hoje na Science.

Mas onde estas interpretações equivocadas da realidade realmente prejudicam a humanidade inteira, é no campo das diferentes visões de mundo. Por exemplo a maioria dos cientistas doutrinados pelo curriculum escolar exclusivamente materialista e que presta culto no altar do novo deus magico denominado de Acaso Absoluto, não mais procuram no lugar certo as causas das mutações genéticas, nem as maléficas quanto as beneficiarias, pois a doutrina lhes botou na cabeça que a evolução de aplica inicialmente ao ocorrer uma mutação por acaso, sendo que algumas fazem populações se tornarem mais adaptáveis ao ambiente, as quais reproduzem mais, e acabam se tornando uma nova especie enquanto os outros sem mutação foram para a extinção. Tudo começa por uma mutação ocorrida num acidente devido a um erro de transcrição no DNA, acreditam piamente eles. Pois a minha visão de mundo que me foi ensinada pela selva bruta onde seus elementos são descendentes genuínos dos que foram testemunhas nas origens da vida, esta’ sugerindo muito pelo contrario. Como pode ser por acaso uma mutação que produz um efeito que já existia inclusive nas galaxias e nos átomos? Ora, um evento que se repete não é por acaso e sim, a regra. Mas isto esta ocorrendo também por que nos estudantes esta ocorrendo o efeito alucinatório exatamente ao contrario do encontrado pela equipe de Yale: aplicando apenas o método reducionista nos últimos 200 anos, e não o método sistêmico que apliquei, eles se esquecem também de prestar atenção nos horizontes invisíveis mais amplos, que pela lei natural da hierarquia entre os sistemas naturais, átomos e sistemas astronômicos ao nosso redor influenciam inclusive causando mutações genéticas. Estes deixam passam apenas as agulhas e coam os camelos.

Por exemplo, a mutação genética que ocorreu no tempo dos dinossauros. Os dinossauros cometeram o mesmo erro de todas as famílias de nababos aristocráticos: se super-especializaram num modo de vida confortável, dominaram o território e todas suas presas, foram aumentando a gula de maneira que se tornaram maiores que as arvores, comeram tudo e num só jantar devoravam varias arvores com todos os macacos e bichos-preguiça nelas pendurados. Claro, mudaram o ambiente de tal maneira que arvores não nasciam porque não tinha sementes, presas não geravam porque não haviam pais, e então criaram os desertos e neles se enterraram. Os ricos aristocratas humanos sabem disso mas estão tao viciados que se mentem a si mesmos para não mudarem sua trajetória dinossáurica suicida, inventando a historia que veio um grande meteorito gigante do céu para acabar com os seus camaradas mafiosos dinossauros. Mas quem ficou em maus lençóis foi a evolução natural pois os repteis a traíram. Eles deviam terem evoluídos para mamíferos e não se desviarem para engordarem como gigantes que se agarraram a unhas e dentes em conservar seu poder interrompendo sua evolução que implica em mudanças. Acreditaram na alucinação de um mundo eterno sem evolução? Porque os nossos psiquiatras de hoje não estavam la’ para botarem os dinossauros deitados no divã e contarem seus traumas de infância para a analise psicológica que curaria sua alucinação?

Então a evolução natural descartou os dinossauros e voltou seus olhos procurando algum réptil que teria permanecido pequeno, por ser mais humilde e menos guloso. E encontrou o cianodonte, um reptil meio redondinho que mais parece um porquinho. feliz da vida a evolucao natural foi `a galaxia buscar o mecanismo que faz os germes de astros dentro de ovos com casca de poeira estelar congelada, que foram botados fora pelo vortice nuclear, ficarem sem poder escapar de dentro do sistema e assim retornarem `a orbita de alguma estrela aconchegante, nutridora e protetora, como ovos mantido dentro ate o nascimento do baby astronomico. Com esse mecanismo inserido na genetica do cianodonte pelo metodo de espalhar os fotons galacticos com estas informacoes no ar em volta destes animais, causou0se a mutacao que ja estava programda com informacao para fazer aquele reptil de repente descobrir o amor maternal e ao inves de continuar botando seus ovos fora abandonando a prole `a propria sorte, comecou a segura-los dentro o qunato possivel para amadurecem mais… ate que este desenvolvimento chegou ao ponto da prole so nascer ja fora dos ovos… e …. Halleluya!, estavam inventados os mamiferos!

Mutação por acaso dizem os cientistas materialistas reducionistas. Olham com olhos previamente intencionados para as galaxias e não veem seus predicados, com isso quando se baixam para ver os microscópicos detalhes aqui não percebem o gigante celeste que esta por trás das mutações, obedecendo o caminhar de um universo que foi desde o inicio tunelado por leis para gerar a vida e a consciencia.

Então estamos mal. Tem muita fora da realidade, muitos malucos por ai, uns com alucinações vendo coisas no mundo invisível distante que não existem atuando aqui, e outros vendo alucinações aqui porque não veem coisas reais do mundo distante que estão atuando aqui. Claro que eu e todos tambem tem algum tipo de alucinacao porque não conhecemos ainda muitos segredos do mundo real, mas sao alucinacoes que podem prejudicar apenas a nos mesmos, como quando  sai’ na rua para ir `a escola correndo so’ de cuecas porque esqueci as calcas, ou quando desembesto escrevendo um livro ao inves do curto artigo exigido pelos leitores de hoje. Um brinde aos pesquisadores da Yale, uma promessa de que estas falhas cerebrais possam serem curadas.

 

 

 

 

 

O Industrialismo predador lança mulheres contra homens para dividir, enfraquecer e reinar: livro a ler

segunda-feira, novembro 27th, 2017

xxxx

https://www.amazon.com/Apartheid-Sex-Manifesto-Freedom-Gender/dp/0044409583

The Apartheid of Sex: Manifesto on the Freedom of GenderPaperback – January 1, 1995

Tecnicas para o povo ter consciência dos grandes números para nao focalizarem-se em micharias

sexta-feira, novembro 24th, 2017

xxxxx

Como diz o artigo ( By overcoming math phobia, wielding simple arithmetic, refusing to be muddled by “gazillions,” we become better citizens, avoiding squabbling over pennies when tens of thousands of dollars are missing ), o povo nao e’ motivado a atuar nos problemas dos roubos sobre o dinheiro público porque não conseguem intelectualmente entender os grandes números da matematica. Ignora-se uma corrupção de bilhões para se irritarem com uma corrupção de um pedalinho de 2.000,oo reais! Este artigo deve ser lido e traduzido e estudar outras técnicas para educar o povo sobre isso.

Millions, Billions, Trillions: How to Make Sense of Numbers in the News

https://www.livescience.com/60976-millions-billions-trillions-numbers-in-news.html

Semelhancas entre Matrix/DNA Theory e o Omega Point de Teilhard de Chardin

segunda-feira, novembro 20th, 2017

xxxx

A Matrix/DNA Theory projetou os fenomenos naturais que ocorrem na dimensao perceptivel aos nossos sentidos ao passado, ao futuro, ao micro e macrocosmos. O exercicio foi efetuado buscando outras alternativas `as duas visoes de mundo dominantes na epoca, que era a materialista teoria do acaso e a mistica teoria de divindades magicas. Era possivel que uma terceira alternativa meio-termista entre as duas existentes, nos aproximasse mais da verdade final ( se e’ que exista alguma).

A reducao evolucionaria do fenomeno biologico aqui e agora levou-me a calcular um modelo de sistema astronomico supostamente ancestral e diretamente gerador dos sistemas biologicos que apresentasse em sua anatomia as forssas e elementos naturais que se tornaram as propriedades vitais. Obtido um modelo astronomico que obedecia os fatos astronomicos conhecidos e provados e ao mesmo tempo, apresentava os principios biologicos, ele foi reduzido evolucionariamente ao calculo do Sistema atomico, que contivesse ainda mais remotos principios biologicos e os principios mecanicistas dos sistemas astronomicos. Obtido tambem este modelo atomico que se encaixam com o astronomico e o biologico numa unica linhagem evolucionaria, descemos mais no passado e projetamos tudo para calcular as origens do Universo, e novamente se conseguiu um modelo teorico na mesma unica logica e linhagem evolucionaria. Neste modelo das origens tambem se revelou como momento incial um evento semelhante ao Big Bang da teoria academica, porem interpretado de maneira diferente, pela perspectiva de um observador vivo. Assim este aglomerado de galaxias surgiu como uma especie de placenta dentro da qual nascia e se desenvolvia um unico sistema natural, do atomo ao sistema corpo  humano. Explicava esta alternativa tudo o que existe nos limites deste universo perceptivel aos nossos sentidos, com excessao de um fenomeno – a auto-consciencia.

Na busca da procedencia da auto-consciencia, e sem ter um conhecimento solido como ela surgiu no conjunto da humanidade, buscou-se estudar como ela surge hoje no cerebro individual ainda em formacao embrionaria. Entao projetando-se este processo individual sobre a totalidade universal surgiu a racional teoria de que os 8 meses de gestacao quando a consciencia se expressa no individuo corresponde a 13,8 bilhoes de anos de evolucao dos sistema universal, prazo para se manifestar a consciencia no universo. E como nao e’ cada cerebro de cada embriao humano que cria ou inventa a consciencia pela primeira vez no mundo, mas sim ele o herda da consciencia ja existente em seus pais, a projecao indicou que a consciencia universal foi herdada de um Sistema natural que produziu o Big Bang como uma ato de fecundacao para se reproduzir pelo processo genetico. O genoma deste Sistema ex-machine foi localizado como encriptado nas ondas de luz originais que resultam das radiacoes dos sete elementos do espectro eletromagnetico universal. As caracteristicas de frequencia/vibracao/energia de cada faixa desta onda estao ordenadas na mesma sequencia do processo conhecido ciclo vital, e este pode conter todas as informacoes geneticas suficientes para gerar a vida e reproduzir a auto-consciencia extra-universal.

Se a teoria estiver correta, isto significa que na Terra somos 8 bilhoes de genes semi-conscientes construindo uma consciencia terrestre. Esta consciencia terrestre deve-se somar ha outras populacoes de genes semi-conscientes espalhados por todo o universe, e no final cada consciencia planetaria se juntarao como os orgaos do corpo se juntam formando um Sistema, para entao ultrapassar as fronteiras do universe e nascer do outro lado, num evento que de antemao denominamos The Big Birth.

Se ainda estiver correta esta teoria, isto significa que cada ser humano carrega no cerebro uma informacao genetica unica, especifica. E enquanto se encontre neste estado primordial – se na forma fetal ou ja na forma embrionaria – estes fetos isolados dentro de caixas craneanas osseas, nao podem se comunicarem entre si e nem com seus genitores ex-machine. Mas, assim como quando os humanos nascem podem se intercomunicarem, a teoria preve que `a medida que avanca o processo evolucionaria, cada vez mais vai srurgindo e se sedimentando uma especie de network de sinapses conectando consciencias com consciencias.  Rumo `a formacao de uma consciencia global terrestre.

Descobrimos depois que este resultado final sugerido pelo metodo aplicado, nao e’ uma ideia nova na humanidade. Ela foi intuida primeiramente por Vladimir Vernadsky quando ele cunhou o nome “noosfera” supondo uma especie de nuvem baixa circundando o planeta e constituida de reflexos de todas as porcoes de semi-consciencias geradas por humanos. Vladimir inspirou o filosofo e padre frances Teilhard de Chardin a desenvolver a hipotese, o qual ampliou a nocao de noosfera para a nocao de elevada esfera de auto-consciencia que seria alcancada no Omega Point – o ponto maximo de complexidade, coerencia e consciencia que seria o ponto final da evolucao. Teilhard teorizou ainda que ajudada pela tecnologia otimizada pelo crescimento populacional, a Terra como um todo se tornaria eventualmente auto-consciente e esta consciencia global retornaria como um feed-back sobre cada individuo enriquecendo o seu despertar para a consciencia cosmica.

Portanto, ao acrescentar o fenomeno genetico, a linagem ada evolucao cosmologica e outros adrecos, a Teoria da Matrix/DNA apenas prosseguiu as intuicoes de Vladimir e Teilhard, apesar de nao estar ciente quando o fazia, de que existiam estes dois autores e sua teoria.

A Teoria da Consciencia pela Matrix/DNA ainda insere varios outros fatores naturais. Um deles e’ a percepcao de que os sistemas naturais ancestrais nao eram auto-conscientes porem apresentavam os principios que iriam se maniofestar como consciencia quando geravam sua “identidade abstrata de Sistema”. Esta surge pela soma total das informacoes de todas suas partes mais as informacoes transversais que surgem das interacoes entre as partes e destas para com o mundo externo. Este conjunto final de informacoes nao cria um corpo ou ferramenta material porem ele se manifesta no controle do Sistema inteiro buscando sua mais longa sobrevivencia, o melhor estado homeostatico, e o equilibrio termodinamico interno. esta identidade abstrata e’ muito primordial e rudimentar no Sistema atomico, menos rudimentar nos sistemas estelares e galaticos. Disto surge a frase definidora: ” A consciencia dormia no atomo, sonhava na galaxia, comecou a acordar nas plantas, despertou nos animais, e se levantou no homem”, assim como a consciencia de cada individuo dormia na forma de morula, sonhava na forma de blastula, comecou a acordar na forma de feto e se levantou na forma humana.

Esta teoriaa se encontra na fase de testes contra os novos fatos reais que vamos conhecendo, na confericao das previsoes sugeridas pelos modelos teoricos em cada element natural, na busca de acumulacao de evidencias como fatos reais e/ou na busca de algum fato real cientificamente comprovado que a contrarie e a descarte.

na busca da origem da vida, o obvio observado na superficie oculta a essencia do obvio que jaz na profundidade.

domingo, novembro 19th, 2017

xxxx

Muitas vezes cientistas se encontram face a face com detalhes da vida que estao claramente apontando para a cosmologia, mas eles nao captam e ignoram estas pistas, porque nao estao habituados a ligar a evolucao cosmologica `a vida. Um exemplo que me ocorre agora e’ o fato de que no campo de estudos da dinamica molecular, sao aplicadas simulacoes computacionais para calcular as reacoes entre moleculas organicas, porque descobriu-se que o resultado destas simulacoes se dao muito bem com dados obtidos na experimentacao pratica. Porque essa coincidencia? Sera que os cientistas se fazem essa pergunta, ou nao a fazem porque a resposta lhes parece obvia, porem, na realidade a resposta deles esta’ errada? Penso que eles reduzem a questao rapidamente pela crenca de que a matematica explica o mundo e portanto a dinamica entre celulas organicas, e, ao mesmo tempo, a matematica esta na logica do computador e das simulacoes. Entao simplesmente uma coisa leva `a outra, segundo eles pensam.

As simulacoes sao feitas  atraves de um computador que e’ uma maquina, operacoes mecanicistas. Ambito da Fisica e da Matematica. Materia organica e principalmente moleculas organicas sao produto de outro tipo de operacoes – a organizacao biologica da materia. Entao, pela logica nao era para computador e moleculas biologicas apresentarem exateamente o mesmo comportamento. Fazerem suas coisas aplicando o mesmo metodo. Como explicar isto?

Ou a maquina do computador tem alguma oculta propriedade biologica, ou a molecula biologica tem alguma oculta propriedade mecanicista… ?

Vamos descartar a primeira hipotese: parece impossivel que a maquina computador tenha alguma propriedade biologica. Resta entao a hipotese dos compostos organicos terem propriedades mecanicistas.

E de fato, me parece obvio que tenham. Para um hipotetico observador que fosse inteligente e menor que um atomo e situado dentro de atomos ou ao lado deles, observando as reacoes entre atomos pareceriam puros processos mecanicos dentro de um contexto geral governado pelo acaso. Tal observador nao poderia ver as influencias naqueles atomos vindas de um sistema muito maior, biologico, nao saberia da existencia biologica e nao necessitaria dela para descrever as reacoes.

Estas moleculas estao no inicio, nas origens da vida. Sao os elementos mais simples em que pode se constatar um efemero principio vital. Como se comportam mecanicamente, devia ser indutivo concluir-se que a vida, ou a organizacao biologica da material, veio, e foi um produto evolucionario do mundo mecanico primordial. Mecanicas, porem com um toque biologico, o qual insere e centraliza o compost molecular sobre o atomo de carbon, estas moleculas seriam o elo evolucionario entre o mecanicista nao-organico e a vida.

Ok, este mecanicista meio nao-organico e’ o meio ambiente dos planetas, dos elementos e forssas na superficie terrestre, o qual teria por si so produzido a vida, Segundo a teoria da abiogenesis. Hoje se considera com certo realce a hipotese de elementos trazidos de fora do planeta a bordo de meteoritos teriam definido as origens da vida, mas isso nada muda o fato de que a materia de outro astro seja a criadora da vida. Porem,…

Ainda existem muitos problemas para se certificar de que a materia de planetas possa ter criado a vida. E existe uma teoria em que estes problemas todos sao resolvidos quando ela sugere que a vida nao veio apenas da materia planetaria, e sim, do sistema astronomico onde o planeta existe. Pois a vida propriamente dita so existiu quando se formou a primeira celula complete e functional, a qual era, em si, um Sistema. Os materiais da Terra nao sao sistemas, apenas partes dele. E o planeta inteiro e’ demasiado simples para ter dado esse quase infinito salto evolucionario para a intrigante complexidade ddo ser vivo. Mas a teoria da Matrix/DNA sugere um modelo dos building blocks das galaxias que contem todos os principios de todas as propriedades biologicas. ‘E um Sistema mecanico, suas reacoes, interacoes, sao mecanicistas, mas o significado final de seua operacoes sao identidcas aos resultados finais das operacoes biologicas.

As moleculas organicas foram os primeiros passos vindos do mundo mecanicista sendo dados na direcao do mundo biologico. Logico portanto que elas apresentem mais processos mecanicos que biologicos. Estes devem serem tao abstratos que imitam a situcao das galaxias, onde eles de fato nao existem, apenas se insinuam em termos de significado final. Por isso um computador mecanico se alinha com as operacoes destas moleculas.

Mas o mecanicismo nas moleculas estao enviando um sinal ao observador sobre a sua procedencia. E o cientista nao presta atencao neste sinal porque ele acredita de antemao que o mecanicismo dos ingredients das moleculas – a materia terrestre – e’ sufiente para expressr o obvio.  Mas nao e’. Nas reacoes e interacoes com estes ingredients, em nenhum momento e’ detectado precursors do que estava ali sendo iniciado, as propriedades biologicas, como a auto-replicacao, o metabolismo, a homeostase, etc. Ento quando nos debates eu pergunto porque nao estao procurando nestes conjuntos destes ingredients, estes prinicpios, respondem que nao veem necessidade disto. Estas propriedades surgiram depois por acaso, no simples desenrolar dos acontecimentos.

Se algum dia for provado que os modelos astronomicos da Matrix/DNA Theory estao corretos, vao perceber que se tivessem suspeitado da teoria do acaso e tivessem procurado estes principios, teriam percebidos esta material nao foi a criadora, e teriam elevado ao Cosmos os olhos da inquiricao. E teriam economizado muito tempo e dinheiro.

Porque humanos produzem este fenomeno de “crenca no supernatural e Deus?” Paper cientifico sugere novo motivo

sábado, novembro 18th, 2017

xxxx

” Religiao nao e’ um produto intuitivo e nem de questao analitica, como resposta ao desconhecido. E’ mais um produto da infiltracao cultural” – conclui este tipo de pesquisa.

Para se ver uma resenha em portugues do paper com link abaixo, veja antes este link antes – e para saber o que sugere a Matrix/DNA veja meu comentario abaixo:

Estudo conclui que a religião não está relacionada com o pensamento intuitivo ou racional

https://universoracionalista.org/estudo-conclui-que-a-religiao-nao-esta-relacionada-com-o-pensamento-intuitivo-ou-racional/

Nature.com:

Supernatural Belief Is Not Modulated by Intuitive Thinking Style or Cognitive Inhibition

http://www.nature.com/articles/s41598-017-14090-9

E meu comentario publicado pela Nature:

Avatar

It could be an effect of genetic transmission from a father/mother in state of consciousness to its offspring in state of consciousness embedded into matter. To believe ( as modern neurologists) that this matter perceived by our brains becomes itself conscious of its own existence is to believe in supernatural since nobody saw matter becoming conscious and it is seems impossible, rationally. Then, the believer needs a supernatural cause, and invents the ” creative magical randomness able to build complex things”. Since there is consciousness among this matter and it can not comes from this matter, the logical conclusion is that it comes from outside this matter. But, it does not need to come from the supernatural, there is the possibility that it comes from “the natural conscious systems that triggered the Big Bang as an act of fecundation and is being reproduced inside this egg-universe”.
If this hypothesis could be thru ( it is Matrix/DNA Theory) it should be rational that a human baby still fells the links of its consciousness with the producer, but the natural feelings goes lost due life’s experiences. It is not totally lost and what remains is projected as supernatural.
Is this a valid hypothesis ( if is possible to understand what I tried to explain)?

E o comentario enviado para Universo racionalista ( aguardando moderacao):

Existe uma alternativa diferente que de imediato parece inaceitavel mas conhecendo os argumentos pode se tornar racional (sugerida pela Matrix/DNA Theory). E’ possivel que a crenca em deuses supernaturais seja efeito de genetica transmissao de “pais” em puro estado de consciencia para rebentos em estado de consciencia fetal embebidos num meio material. Modernos neurologistas informam que a consciencia seja produto da materia, porem nunca ninguem viu materia se tornando auto-consciente de sua propria existencia e isto parece impossivel ( como diz-se ter sido provado por teoremas de Godel e Tarski). Entao o crente nesta teoria precisa de inventar uma ideia supernatural: a de um acaso magico capaz de construir complexos sistemas, cuja ideia nao e’ racional. Mas sabemos que na materia existe consciencia e como deduzimos que nao pode ter vindo desta materia percebida pelo cerebro humano e que nao existem fatos indicando a existencia do supernatural, resta uma alternativa logica: a consciencia vem de um Sistema “natural”, consciente, que produziu o Big Bang como um ato de fecundacao e deu inicio `a gestacao genetica de um feto de consciencia embebido nesta materia
Ao nascer um humano, sua consciencia ainda sente os elos geneticos com a consciencia produtora, porem as experiencias da vida na material vai fazendo-o perder esta remota e ofuscada lembranca. Nao a perde de todo, e por isso entao, a situa num possivel supernatural.