Archive for abril 13th, 2018

Origens da Vida: Pesquisar novos ingredientes: sulfites e bisulfites

sexta-feira, abril 13th, 2018

xxxx

Brewing up Earth’s earliest life

https://www.sciencedaily.com/releases/2018/04/180409103833.htm

Large concentrations of sulfites and bisulfites in shallow lakes may have set the stage for Earth’s first biological molecules. Planetary scientists have found that large concentrations of sulfites and bisulfites in shallow lakes may have set the stage for synthesizing Earth’s first life forms.

Data: April 9, 2018

Educacao: diferencas entre predadores e presas

sexta-feira, abril 13th, 2018

xxxx

Com mensalidades de até R$ 10 mil, mercado de colégios de elite avança

https://www1.folha.uol.com.br/educacao/2018/04/com-mensalidades-de-ate-r-10-mil-mercado-de-colegios-de-elite-avanca.shtml

(…) Ele diz não estranhar que justamente o segmento de colégios de elite tenha crescido nesse momento: “A crise econômica é absolutamente concentradora de renda”, afirma o sr. Pereira.

Obs: Os donos e manipuladores do capital selvagem provocam este ciclo interminavel de “melhoria ilusoria/crise”, pois por este mecanismo se apoderam dos bens de valor das classes media e baixa. O garimpeiro pobre e analfabeto que enfrenta o inferno na mata e sai com algum ouro sempre encontra os ladroes “comerciantes” destas adequadas escolas na cidade que ficam com todo o ouro. 

(…) Eles ensinam matemática, física, química e biologia em inglês, adotam currículos internacionais e prometem formar líderes globais que irão cursar as melhores universidades do mundo.

Obs: Os grandes predadores terao a mente mais capacitada a vencer no sistema social atual que medios predadores e nem se compara com as presas. 

(…) Enquanto a crise econômica brasileira levou escolas particulares, das simples às mais tradicionais, a ter de dar desconto nas mensalidades e enfrentar a inadimplência e até a perda de alunos para instituições mais baratas ou públicas, emergiu no país o mercado dos colégios de elite, com mensalidades de até R$ 10 mil. Se os investimentos em colégios de elite vão bem, as escolas particulares —em geral— ainda não viram o fim da crise econômica que afeta o setor. São, no país, 42 mil instituições, responsáveis por 14% dos estudantes.

Obs: Com isso a classe media se ferrou pois ela e’ cliente das escolas particulares enquanto o 1% cresceu, o qual nao e’ pouco pois ja tem cerca de 45.000 alunos, que pagam mensalidades de 10.000,00). 

(…) Novo negócio do grupo SEB (Sistema Educacional Brasileiro), que possui escolas em oito estados com cerca de 45 mil alunos, a Concept já estava presente em Salvador e em Ribeirão Preto.

(…) O calendário será o brasileiro, mas o currículo segue a  instituição britânica Fieldwork Education. A escola usa conceitos estrangeiros da moda, como o “mindfulness” (meditação para concentração), “habits of mind” (treino para o cérebro, com lições como persistir, controlar impulsos, usar conhecimento do passado para novas situações etc.) e “visible thinking routines” (técnica para aprimorar o pensamento).

obs: Aqui esta a estrategia que eleva os grandes predadores por rebaixar os medios predadores e presas

(…) “E a iniciativa privada responde ao anseio do mercado, uma educação que forme pessoas capazes de trabalhar em vários países”, complementa o presidente da federação de escolas particulares.

obs: Enquanto isso os medios predadores ficam limitados a passar em concursos apenas dentro do pais

Em outro artigo:

http://www1.folha.uol.com.br/educacao/2017/08/1910575-escola-com-mensalidade-de-r-8000-ja-tem-2000-pais-interessados-em-sp.shtml

(…) Também se praticará ali o chamado ensino por projetos, já praticado hoje em muitas escolas públicas e particulares, que demanda o conhecimento de diversas disciplinas –em Nova York, por exemplo, um estudante construiu um banjo em um projeto, unindo música, física e matemática, entre outras matérias.

obs: Outra grande diferenca na formacao mental das classes sociais. O sistema educacional publico para as classes media baixa e baixa conduz os estudantes a um afunilamento mental, tem por objetivo final produzir tecnicos especialistas numa profissao requerida pelas corporacoes. Assim o “doutrinado” torna-se alienado do resto das disciplinas escolares e seus respectivos campos na vida real. Por outro lado, o sistema educacional privado para a classe autocratica dos grandes predadores conduz seus estudantes para uma visao ampla da conjuntura global. E’ o que chamam de “ensino por projetos”, que requer o conhecimento geral de todas as disciplinadas sem especializacao em apenas uma delas. Claro, nenhuma predador se sujeita a ficar preso por horas e ate’ dias inteiros num cubiculo fechado exergcendo trabalhos robotizados numa rotina que se estendera por 30 anos ate’ sua aposentadoria. Eles querem total liberdade, serem donos de seu tempo e fazer apenas o que lhes apetece, na hora que escolhem. Isso explica, por exemplo, a absurda alienacao e fora de foco dos coxinhas que atacam o efeito ao inves da causa no caso da corrupcao no Brasil: eles nao tem conhecimento e visao do conjunto, sendo incapazes de detector reais causas numa disfuncao do sistema social.

(…)  Mas a informação não era uma preocupação de muitos dos pais presentes no encontro na terça-feira, entre eles médicos, empresários e apresentadora de televisão.

obs: medicos, empresarios, celebridades. Fornece uma ideia da parte dos grandes predadores, ficando porem a real informacao um incognita pois nao diz quem sao os “entre eles”.

(…)  Uma preocupação mencionada em mais de uma roda era a preparação para universidades estrangeiras. “Uma das minhas filhas estudou na Europa. Quando voltou para cá e entrou na USP não aguentou, achou muito ruim”, comentou uma mãe.

obs: provavelmente apenas uma classe media alta que foi agredida pela crise e teve que rebaixar o status educacional da filha. Esta certamente vai bater panela com os coxinhas culpando o PT. Enquanto for sugado dinheiro do Brasil pobre para a Europa, esse dinheiro ficara faltando para melhorar as escolas do Brasil.

(…)  A formação dos alunos em valores socioemocionais era uma preocupação de outra, que citou a importância da resiliência e da capacidade de trabalho em grupo e mencionou uma “falta de empatia” de parte da elite brasileira.

obs: “Elites” e’ um nome usado pelos grandes predadores que combato e evito a todo custo. Ela visa esconder o grupo predador dentro de um envelope perfumado. Empatia neste grupo significa disposicao e vontade de se organizer como mafia, fortalecendo-se na defesa e exploracao das presas. Ela informa que falta empatia entre os predadores brasileiros, o que e’ uma boa noticia para auto-exorcizados destes tres instintos: sem uniao fica mais facil transforma-los para exorcizar-los. Mas esta e’ uma hipotese enganosa. Os predadores brasileiros tem origens nos predadores estrangeiros e com estes continuam a manter firmes lacos mafiosos. Entao estes predadores no Brasil nao constroem e alimentam uma forte network entre eles no territorio brasileiro que e’ um territorio periferico, mas cada predador brasileiro tem um forte link individual com o nucleo estrangeiro da mafia global. No entanto, se medios predadores da classe media se tornarem uma ameaca a eles, voltam-se para o territorio periferico reforcando sua network aqui.