Archive for agosto 20th, 2018

Cygnus X-1: novos dados se encaixam como evidencias do modelo da Matrix/DNA

segunda-feira, agosto 20th, 2018

xxxx

https://hypescience.com/tecnologia-de-raios-x-revela-qual-o-formato-da-materia-em-torno-de-um-buraco-negro/comment-page-1/#comment-310276

Cygnus X-1: tecnologia revela matéria nunca antes vista em torno do buraco negro

Ótimo avanço no sentido de obtenção de mais informações, porem talvez um retrocesso no sentido teórico: se a base inicial do modelo teórico estiver errada, todo resultado de cálculos posteriores estarão cada vez mais nos induzindo ao erro. Partindo de outro modelo teórico inicial, interpretamos estes novos dados de uma maneira diferente. A constatação da emissão de raios-X e’ mais uma evidencia da minha previsão registrada como direito autoral ha 30 anos atras, e o modelo dispersivo acima bate com minhas previsões. Porem, os pesquisadores estudaram a forma da matéria e não sua substancia, sobre a qual meu modelo também faz previsão: trata-se de matéria advinda da fragmentação de estrelas – portanto interestelar dust – misturada com “germes” ou “sementes” de novos astros ejetados do vórtice turbilhonar no núcleo da constelação, o qual não é o teorizado “buraco negro” do modelo acadêmico. Assim a luz de origem dispersada vem da matéria na forma do modelo estendido, porem vem de corpos iguais ao mostrado no modelo lamp-post. Raios-X e’ a segunda faixa no espectro eletromagnético da onda de luz que expressa o ciclo vital, portanto uma faixa que revela a função sistêmica do útero e o evento do nascimento de novos corpos, no caso astronomico, de novos astros que futuramente serão estrelas. Enfim, pergunto qual a conexão entre o modelo teórico acadêmico sobre astronomia que explica o que essa astronomia produziu dentro dela, que foi o fenômeno dos sistemas biológicos vivos, e pergunto qual o prévio estado do mundo que teria produzido a astronomia dos acadêmicos. Eles nunca me responderam, mas o meu modelo responde logica e racionalmente de forma satisfatória. deixemos o tempo e mais dados decidirem este conflito entre teorias.