Archive for outubro 4th, 2018

Pesquisa: Ataque de oxidantes produzindo radicais livres na célula

quinta-feira, outubro 4th, 2018

xxxxx

Ataque excessivo de oxidante produz free radicals que ofende a célula principalmente o retículo endoplásmatico, importante órgão na confecção de proteínas.

Localizo este ataque como sendo do agente F7+F1 e preciso saber porque afeta primeiramente o R.E.

Importante e bem informativo paper para entender e pesquisar, principalmente porque foi feito por pessoas da Universidade de Londrina, com quem posso tentar debate, na tentativa de ir aprendendo como aplicar a formula Matrix/DNA na pratica.

https://www.researchgate.net/publication/257373523_Chemoprotective_action_of_L–selenomethionine_on_the_modulation_of_genes_involved_in_oxidative_stress_and_in_the_UPR_pathway

Cabeça fechada x Cabeça aberta: Técnicas para motivar essa mudança

quinta-feira, outubro 4th, 2018

xxxx

Por 500 anos a dominacao do povo brasileiro instigou o complexo de inferioridade. Apoiada pela religiao judaica essa estrategia dominadora vende a ideia de que o mundo e` estatico, foi feito assim e sera sempre assim. Entao mesmo antes da escola, apenas com o tipo de educacao familiar, o estudante vai crendo que sua inteligencia e` o que e` e nao lhe passa pela cabeca que a inteligencia progride se houver esforco para tal. Para a Matrix/DNA temos que mudar essa falsa intrpretacao do mundo e da inteligencia, no sentido de motivar a desenvolver a inteligencia. Entao vem a calhar o trabalho de uma pesquisadora em psicologia e justo neste assunto – fixed mindset and grouth mindset –  e autora de livros, que diz:

https://jamesclear.com/fixed-mindset-vs-growth-mindset

How Your Beliefs Can Sabotage Your Behavior

Carol Dweck is a researcher at Stanford University.

Dweck is well–known for her work on “the fixed mindset vs. the growth mindset.” Here’s how Dweck describes the difference between these two mindsets and how they impact your performance…

In a fixed mindset students believe their basic abilities, their intelligence, their talents, are just fixed traits. They have a certain amount and that’s that, and then their goal becomes to look smart all the time and never look dumb. In a growth mindset students understand that their talents and abilities can be developed through effort, good teaching and persistence. They don’t necessarily think everyone’s the same or anyone can be Einstein, but they believe everyone can get smarter if they work at it.

—Carol Dweck, Stanford University