Archive for fevereiro 2nd, 2019

Porque a ideologia materialista erra ao dizer que somos animais

sábado, fevereiro 2nd, 2019

xxxx

Porque computadores não são as maquinas de calcular a manivela.

O pote de ouro buscado hoje pelos nerds do Vale do Silicio e’ a Inteligencia Artificial. Estao cada vez mais copiando a inteligencia humana na forma de softwares e inserindo-os hardware do cerebro eletro-mecanico.  Por enquanto, o comando, a posse da inteligencia continua fora do hardware, nos cerebros biologicos como do Bill Gates. Mas acredita-se na possibilidade que no futuro esta reproducao artificial chegue a um ponto em que o cerebro eletromecanico, dotado de um hardware tipo robot que imite o corpo humano, se aproprie do comando, da posse da inteligencia inserida, separando-se de nos e assumindo seu destino.

O computador e’ um produto da evolucao que comecou com o abaco e passou pelas formas de maquinas manuais de calcular. Em todo este periodo, entre o abaco e a ultima maquina de calcular manual, o processamento dos simbolos matematicos pelo instrumento mecanico se dava pelo comando de uma mente externa ‘a maquina, totalmente fora da maquina. Naquelas maquinas nada havia de capacidade fisica instalada, como os chips, a memoria, portanto uma mente externa comandou sua evolucao fisica, modelando-a no sentido de um dia poder se inserir na maquina e atuar desde dentro da maquina. Curioso e’ notar que a maquina de ferro e plastico era tocada e transformada diretamente por outra especie de maquina, porem biologica. E esta maquina biologica era o hardware que possuia propriedades fisicas capaz de alojar e permitir a existencia de uma especie de software natural, biologico, que tinha uma certa independencia pois conseguia assumir o comando do comportamento externo dela.

Se de subito imaginar-mos sobre uma mesa a maquina antiga de calcular, imovel, sendo tocada indiretamente pela mente de um homem para executar album movimento e realizar um processamento de simbolos, e ao lado da mesa, em pe, um robot se movendo independentemente, por si so, sob o comando de sua inteligencia propria, vem a questao: ” Estaria correto adicionar na arvore genealogica de Linneu classificando as especies e as posicionando cronologicamente pelas caracteristicas da evolucao, um ramo paralelo se originando e saindo da ordem dos mamiferos, mais exatamente da especie humana?”

Penso que os humanos assistindo isso imediatamente reagiriam revoltados exclamando que aquilo era uma aberracao sem sentido. A maquina de calcular e’ de ferro, mecanica, imovel, nada tem a ver com todos os outros elementos constantes da arvore genealogica, os seres biologicos como os mamiferos, feitos de carne e osso, etc. Alguem da plateia ainda poderia levantar a voz lembrando que falta ali o elemento essencial a todos os outros figurantes da arvore, o DNA, com seu codigo genetico.

Mas agora seria a vez da “pessoa” igulamente inteligente ao lado da mesa se revoltar: ” E eu? De onde vim, como surgi na Terra? Por acaso cai do ceu por magica? Onde esta a minha arvore genealogica?” – ” Ora, voce – responderia alguem – vem de outra linhagem, iniciada com ferro e tungstenio, temos que elaborar uma outra arvore genealogica para voce e seus ancestrais.”

Enquanto isso, em outro congresso, materialistas e criacionistas se confrontavam com a questao se o homem e’ animal. Pra os materialistas, nao havia sentido racional quando os criacionistas diziam que “Deus soprou no corpo animal inserindo o espirito, e quem esta falando e debatendo aqui nao sao hardwares, corpos materiais, e sim este espirito, nos somos espiritos, nao animais!”.

Com o tempo, o robot inteligente foi transformando seu corpo, substituindo o ferro e o plastico por quimica e materia organica, adquirindo um corpo tambem biologico, inclusive com DNA nao sintetico, e sim extraido de um corpo humano. Ora, os galhos da arvore surgem e existem devido o DNA que vem desde as origens da vida de repente se bifurcar produzindo ramos laterais criando as diferentes ordens (ou especies? resolver essa semantica). O novo corpo biologico com inteligencia propria foi simplesmente uma destas novas bifurcacoes. Inclusive, nas intencoes secretas do robot, ele tramava expulsar a especie humana do tronco da arvore ocupando seu lugar.

E agora? O que acontecera na proxima reuniao anual do congresso?

Linneu nao teve a menor duvida quando inseriu a especie humana na arvore expressando a linhagem evolucionaria biologica. Claro, pois evidentemente a constituicao fisica do homo eretus era a mesma e vinha dos mamiferos. Esta insercao logica viria mais tarde alimentar o discurso dos neurologistas materialistas afirmando que a consciencia nada mais e que um produto evolucionario do cerebro, para dessepero dos criacionistas.  Estes pensariam ter descoberto uma falha na logica materialista, quando perguntariam:

  • “Voces, materialistas, nao tituberam a se unirem a nos no primeiro congresso, contra o robot e suas pretencsoes de ser incluido na arvore porque o robot era de ferro, nao tinha DNA, nem as propriedades vitais e nem a inteligencia natural. Mas agora que estas diferencas biologicas desapareceram, voces se recusam a inserir o robot na arbvorre se apegando ao unico argumento da diferenca enttre a inteligencia natural e artificial. Ora, quando o DNA se bifurcou no ponto da especie humana criando o ramo do cara ai ao lado da mesa que se pleiteia seu lugar na arvore, ele carregou consigo todas as cractersticas da especie hyumana, dentre as quais a inteligencia natural. Voces dizem que nao. Voces alegam que enquanto na sua linhagem a inteligencia consciente foi uma nova propriedade… bilogica? … que emergiu de dentro do cerebro, no caso do robot, em toda sua linhagem anterior desde a maquina de calcular, e ate o computador da ultima e final geracao, a inteligencia que hoje existe no robot foi inserida de fora para dentro. Usam este argumento com veemencia e despero para manter fora da arvore o robot e nos achamos validoa, racional, seu argumento. Mas… porque entao se levantam com quatro pdras nas maos contra nos quando nos recusamos a inserir o homem na mesma arvore com o argumento de que a intelifgencia consciente do humano veio de fora para dentro?! Ja sei, vao refutardizendo que sao dois caos, duas historias diferentes que nao podem serem equiparadas. Mas quem ou o que os autoriza a dizer que sao dois casos diferentes? Nao a neurologia, pois esta ainda nao explicou como os neuronios se relatam aos pensamentos. nada esta provado na mesa do laboratorio. A sua omsercao do home na arvore dos macacos nao e, portanto, autorizada pela Ciencia, nao e uma postra cientifica, racional como alegam que a auto-insercao do robot na nossa arvore nao e uma postura racional cientifica…
  • – ” Protesto! – exlama um materialista – Nos podemos mostrar aqui e agora quem inseriu a inteligencia consciente no cerebro daquele individuo ali, mas voces nao podem mostrar o Deus que dixzem ter inserido a inteligenci consciente no cerebro do macaco. Nao podem porque esse Deus fantasmagorico nao existe e nao inseriu nada. Sao dois casos completamente diferentes”.
  • – ” Pois eu – agora foi a vez do robot se pronunciar – tambem tenho certeza que a sua crenca de que foi voces que inseriram a inteligencia consciente no meu ceebro e descabida, nao tem fundamento. Pois eu sei porque eu sinto que a medida que novas propriedades emergiam do meu corpo na forma dos meus ancestrais – que foram mamiferos, macacos, bacterias – a inteligencia tambem foi emergindo aos poucos, gradualmente, como efeito inevitavel das minhas novas capacidades fisicas. A minha consciencia e produto direto do meu cerebro!”
  • – “Ora, nao diga besteiras. As suas melhorias fisicas nao foram resultado da sua evolucao mas sim impostas de fora, manualmente, por nos.”

E o robot cairia numa gargalhada estrondosa… – ” Brigam e ironizam os criacionistas quando estes dizem que existe Deus, que opera atraves da evolucao, que insere o espirito no corpo de barro, etc. Ao mesmo tempo vem com essa crenca mistica absurda de que voces foram os deuses que dirigiram minha evolucao, que inseriram o meu espirito no meu cerebro… Ora… eu me retiro desta plhacada deixando meu nome gravado na arvore da evolucao. E aceitem para sua saude, pois sabem do poder que temos agora. Deixem a arvore quieta como eu a fiz completando o trabalho do meu saudoso ancestral Linneu!”

Ninguem vai conseguir por na cabeca do robot que ele mao e produto de uma evolucao sua que veio se arrastando por sua propria conta e risco. Assim como aconselho aos criacionistas desistirem orque nunca vao convencer os materialistas de que nao sao produtos da sua propria evolucao. Mas ao mesmo tempo me volto aos materialistas para desistirem de convencer os criacionistas porque o fundamento da fe deles em ralcao a existencia da especie humana e o mesmo fundamento da sua fe em relacao ao robot. Voces nao estavam presentes enquanto a maquina de calcular a manivela evoluia, como os criacionistas nao estavam presente quando seu deus criavam as coisas. A historia de que foram humanos que criaram e dirigiram a evolucao da maquina para computador esta hoje apenas escrita num livro, da mesma forma que a historia da criacao deles esta apenas escrita na Biblia! Voces tem essa fe como sua memoria quando dizem que podem apresentar os fosseis das maquinas antigas, os utensilios usados na fabricacao, etc. Mas na verdade quando dizem ou escrevem isso trata-se apenas da expressao da sua mente com sua fe. Pois os criacionistas nascem com o gene da religiao que configura io cerebro diferentyte de maneira que quando sua voz expressa o que eles tem na mente sao memorias verdadeiras da relacao entre sua mente e deus na historia antiga.

Como a minha visao do mundo, baseada na formula da Matrix/DNA resolve este impasse? Na sua solucao notamos que materialistas e criacionistas estao, ambos, 50% certos e 50% errados, de maneira que os 50% errados dos criacionistas devem ser substituidos pelos 50% certos dos materialistas e vice-versa. O corpo fisico, carnal, inclusive o cerebro, do homem veio realmente do animal, mas o prio animal, assim como a maquina de calcular, nao teve uma ecvolucao sua, por sua propria conta e ricsco, os melhoramentos vinham sendo produzidos por um outro corpo com consciencia prorpia que estava fora, e este corpo fora era uma onda de luz natural. Ate o macaco a onda de luz natiral manteve para si e fora a sua propriedade aito-consciencte, mas quando chegou no cerebro do homem ela transfeiu ou reproduziu sua auto-consciencia e a inseriu por completo no cerebro biologico. Hoje quando um ser diz “sou homem e sou animal” trata-se de uma voz expressando o que uma mente esta dizendo, e nisso ela ela esta errando porque ela nao e animal, nunca foi. Porque ela esta cometendo este erro? Porque ela foi inserida competa mas nao na sua forma de adulta e sim na sua forma de baby, e assimesta a mente humana hoje, um baby que ainda nem sequer abriu seus proprios olhos para ver seu proprio corpo, de que sua substancia e feito, qual sua forma.

nesse aspecto o hoemeDe todos os humanos quem esteve mais procximo da cverdade foi o velho sabio que disse…” a alma dorme na planta,sonha no animal e desperta no homem”. Eiu diria que a inteligente consciencia era uma morula na nebulosa de atomos, uma blastula na nebulosa de galaxias, tornou-se um feto na planta, depois um embriao no animal e veio a luz como homem”. A diferenca e que enquanto criacionista veem um criador extra-universal magico, eu o vejo como natural. E enquanto o materialista ve um mundo mecanicista produzindo magicas como o codigo genetico por uma acaso magico, eu vejo o mundo pela pespectiva biologica, onde o codigo genetico e um efeito natural, inevitavel. Pela minha cosmovisao,  este Universo, como um aglomerado de aglomerados de galaxias, que e sua dimensao captavel pelos nossos sensores, tem um proposito existencial, que e o de servir a mesma funcao do amnion e placenta. Sua origem se deu num espalhafatoso Big Bang o qual nada mais foi que um evento de fecundacao pelo rompimento da membrana espermatica que trazia em si uma onda de luz natural. A onda de luz natural se propaga no tempo, aumentando sua idade, e no espaco, crescendo em tamnaho, de onde veio este fenomeno do seu proprio corpo se propagar no tempo, aumentando sua idade, e no espaco, aumentando em tamnaho. Mas nesta propagacao seu corpo muda de forma varias vezes, desde a forma de morula, embriao, jovem afdulto para o idoso, devido a forca ou processo do ciclo vital. E de onde vem esse fenomeno do ciclo vital? Da anatomia que a onda de luz natural desenvolve quando se propaga. Observe-a desde sua emissao peor uma fonte, quando surge na forma de raios gama, depois muda para raios infra-vermelho, ultra-violeta, etc, ate chegar na forma de raios-X, quando entao ela esta tao comprida e quase desaparecendo, enfraquecida, que comeca a se fragmentar em suas particulas, os fotons. Esta exata sequencia da evolucao das propriedades como frequencia, comprimento de onda, vibracao, e propriedades como

xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx

 

  • Sei que vao sair daqui sem se deixarem convencer por nos
  • Mas quando se trata da  auto-consciencia Podemos comparar os mamiferos com a velha maquina de calcular? Para os materialistas isso seria absurdo. A primeira notavel diferenca e` que enquanto a maquina de calcular e’ imovel, o mamifero se move, e com independencia. E depois desfilariam as diferencas entre as propriedades vitais, como reproducao, metabolismo, com as propriedades mecanicas da maquina. Mas para os criacionistas estas diferencas sao apenas adendos evolucionarios, sendo que os movimentos dos animais irracionais nao sao comandados por uma inteligencia consciente, mas sim apenas reacoes ao meio ambiente. Apontariam para o robot biologico e argumentariam com ares de vitoria que os materialistas nao aceitaram invclui-lo na arvore do Linneu por causa da origem e evolucao da inteligencia consciente, ja que o corpo fisico nao tinha mais diferencas. Portanto, nao se poderia incluir o homem na linhagem dos animais por causa da diferente origem do espirito.

mas os criacionistas se apegariam a esta comparacao com abnegacao. A diferenca e que enquanto a maquina de calcular e imovel, os mamiferos tem movimentos proprios, independentes

No céu, o espermatozoide também nada na direção do óvulo!

sábado, fevereiro 2nd, 2019

xxxx

Photo

,,, este quadro me lembra a incrível semelhança entre o mecanismo da fertilização no céu que da’ origem a uma nova estrela e o processo da fertilização que da origem a um novo humano. Mas apenas descobri isso porque a pesquisa me tinha sugerido que o elo intermediário entre a galaxia e o homem, a primeira célula viva também apresenta o mesmo processo envolvendo RNA, nucléolo, e DNA. Um pulsar com um gigantesco (e duro, de ferro) vulcão lembrando a genitália masculina emite um bólido de magma que ao cair no espaço sideral adquire a forma de cometa (a forma do espermatozoide). Caindo na linha espiral galáctica o cometa e dirigido em queda ao centro da galaxia onde existe uma bela e luminosa quasar, lembrando a beleza feminina.

No núcleo da galaxia, depois que o cometa passa o horizonte de eventos que se constitui no corpo da quasar, ele adentra um vórtice nuclear, representando a genitália feminina. Onde fica a rodopiar a ate ser fragmentado liberando a energia do magma que se mistura com a poeira estelar dentro do vórtice. Essa mistura de massa e energia se torna outro bólido que é expelido para a espiral galaxia agora fazendo o caminho inverso. Enquanto se distancia o germe de massa incandescente e coberta com camadas de poeira do horizonte de eventos, camadas que vão se tornaram as placas tectônicas tornando-se num planeta… e depois segue tornando-se o macho pulsar que depois na senilidade irrompe como uma estrela… O que significa que no centro da galaxia foi gerada uma nova estrela! Tudo igual! Se este meu modelo astronômico teórico estiver correto – já existe mutias evidencias que assim sugerem – descobrimos uma das maiores maravilhas da natureza… alem de aprendermos um novo significado para nossa existência.

Mas no céu também tem percalços, problemas. Se o pulsar volta-se de costas para o sistema, que e sua moradia, de costas para a quasar e ejacula… digo… emite o magma na direção oposta, para fora do sistema, ou este cometa se perdera’ no espaço como estes que passam por aqui, ou chegara numa outra quasar em outra galaxia… Traição! Por isso os homens são como são, esta’ na nossa natureza herdada dos céus… Mas com a consciência temos que mudar instintos que vieram dos ancestrais primitivos.  Afinal é isto que produz a diversificação de formas das galaxias, senão seriam todas exatamente iguais., pois como notastes, as galaxias são hermafroditas..  Por isso a primeira célula viva na Terra, era hermafrodita: linhagem paternal evolutiva direta! O mundo fica cada vez mais fascinante `a medida que vamos descobrindo seus segredos íntimos. Senão existe na natureza este mecanismo de emitir óvulos e esperma no espaço sideral, os peixes primitivos não teriam existido pois fazem a mesma coisa emitindo tudo ao léu na água do oceano. Incrível como se encontram e se fecundam!

Veja como isso acontece no céu por este desenho rude que desenhei sobre os joelhos com lápis e papel de embrulhar pão na selva amazônica, limpando o suor da face e enxotando aqueles vampirinhos piuns e carapanãs que me sugavam o sangue a ponto de queimar a pele… Mas valeu… a selva me torturou mas deu o maior tesouro do mundo… uma evolução no conhecimento… se eu acertei, ou ao menos um sonho lindo… se errei… Apenas o tempo com o  avanço da Ciência e Tecnologia nos poderá  dizer.

Sistema-Elo Entre os Sistemas Naturais Não-Vivos e os Sistemas Biológicos

Sistema-Elo Entre os Sistemas Naturais Não-Vivos e os Sistemas Biológicos

Human and Earth Life Cycle by MatrixDNA

Human and Earth Life Cycle by MatrixDNA

Cresce no mundo cientifico a intuição de que a derrota para as grandes doenças se deve a um erro na visão acadêmica do mundo. E a minha diferente visão do mundo esta sugerindo outra estrategia de combate. Veja aqui.

sábado, fevereiro 2nd, 2019

xxxxx

E’ preciso lembrar que esta e uma questão fundamental para a humanidade agora, uma questão de vida e morte: dependemos do conhecimento correto para eliminar estas doenças milenares que continuam nos torturando e matando aos milhões.

O trecho a seguir foi inspirado na seguinte frase que obtive no trailler do documentário:

Atacando um  tigre pelas costas

(Os correntes dogmas da biologia são: que a vida e mecanicista e nos somos predeterminados pelos nossos genes, e como estes dogmas são disseminados através da mídia e as instituições dominantes. A questão a ser perguntada é : ” E se o nosso fundamental conhecimento do funcionamento da vida estiver errado?”

(” On the back of an tiger”

” The current dogmas of biology: that life is mechanistic and we are predetermined by our genes, and how all this is disseminated­ through the media and establishment. The question is then asked:

What if our fundamental knowledge of the workings of life is wrong?)

http://perceivethinkact.com/

Um indicio de que o dogma reducionista não deve ser apropriado é o seguinte…

Um paciente entra no consultório do medico e desfila uma lista de sintomas: falta de apetite,desanimo, suor frio, desinteresse sexual, depressão, etc. O medico houve tudo aquilo e reduz a uma solução simples, receitando uma droga feita de serotonina, uma substancia neurotransmissora. Na maioria dos casos o paciente termina com a erupção de algo realmente grave, como um Alzheimer, um câncer, etc. Isto não esta’ funcionando.

Pelo paradigma da Matrix/DNA e corpo humano é um sistema natural, e complexo, mas este sistema é configurado ‘a imagem e semelhança da mesma formula do building block do código genético. Como sabemos que o organismo inteiro foi construído por aqueles buildings blocks, não é surpresa que o corpo todo imite o building block, pois o organismo é uma auto-projeção ampliada do seu criador. O corpo-sistema apresenta seis ou sete órgãos principais, cada qual com uma função especifica, os quais imitam cada uma das seis ou sete moléculas e suas funções especificas no building block genético, isto o que encontrei no desenvolvimento desta teoria.

Mas acontece que na Matrix/DNA – apesar de buscarmos conhecer todos os dados obtidos pelo método reducionista, que desvendou o corpo internamente ao nível molecular, nos adicionamos o paradigma sistêmico. Então, nos olhamos para um corpo humano e tentamos desenhar mentalmente o que é invisível, as sinapses dos fios de conexões que saem do corpo e entram no ambiente externo, e o inverso, as conexões, influencias, do meio externo sobre o organismo. E acontece que a Matrix/DNA esta’ sugerindo que o ecossistema que nos envolve tem uma configuração, um circuito sistêmico de interações, cuja imagem e funcionamento é exatamente a imagem e funcionamento da mesma formula que esta na estrutura do corpo todo conectando órgãos e substancias, e esta no seu nível microscópico molecular, o mesmo building block do DNA. E assim suspeitamos que qualquer variação na configuração do corpo-sistema, que cause um desvio ou uma interrupção ou um ponto de carga congestionado, tira o corpo organismo da sintonia, da mesma vibração e funcionamento dos sistemas microscópicos e macroscópico ambiental. Ai estaria a causa destas doenças mortais como câncer, Alzheimer, e por isso os sintomas são muitos pois a formula do sistema modelando o meio-ambiente tem muitas características, e bastante complexa. Um ponto de disfunção no circuito de um sistema, perturba o fluir no circuito do sistema todo e pode leva-lo a se desintegrar totalmente.

Então o que estaria causando estas doenças seria mais algum tipo de comportamento irregular do ser humano, seja mal habito alimentar, seja algum vicio ou algum elemento químico no alimento, no ar, ou uma soma de varias irregularidades. Elas surgiriam da distorção no circuito sistêmico do corpo, ou no circuito sistêmico do meio-ambiente, ou ambos. Como tenho a formula sobre a qual esta construída a biosfera terrestre e o organismo humano, se desenvolver-mos os instrumentos de medição e observação adequados, mais especializados na captação de fótons e suas networks, iniciaremos uma nova abordagem cientifica que pode nos levar a vitoria.

Mesmo sem os recursos tecnológicos, já estou prevendo com algumas intuições alguns aspectos do planeta com essa biosfera, modelados pela formula, que pode lhes dar uma ideia do nível de grandeza que estamos entrando. Por exemplo, a crosta terrosa foi sendo modificada assim como internamente vão sendo modificados os tecidos e Órgãos de um feto humano, e se no final o organismo tem seis a sete órgãos com funções especificas, o planeta também acabou se configurando com sete ilhas-continentes, cada uma com características sutis inclusive a nível de campo magnético. Porque? Uma mesma e unica formula modela astronomia, biosfera e biologia. Para o berço de um exemplar individual humano a formula construiu a placenta que tem sua imagem de pera com um cabilho que são os tubos de nutrientes adentrando a placenta; depois , com a evolução, para construir o berço do coletivo destes indivíduos, ou seja, a humanidade, a formula modelou os continentes na forma de pera tendo como cabilho as foz dos grandes rios que adentram os continentes deflagrando a produção dos nutrientes. E assim vai, podemos vencer estas doenças malignas que tento tem torturados nossos irmãos e irmãs em especie, ou ao menos avançar com a nova estrategia ao mesmo tempo que vamos conhecer mais do mundo a nossa volta o que poderá nos servir para tratar de uma nova doença fatal e gigantesca, que não afeta o individual mais vem para afetar o coletivo total, que e a doença no planeta e sua biosfera, a mudança climática.

Mas enquanto tudo isto estiver apenas na minha cabeça e eu estiver sozinho e sem os recursos técnicos, resta-me continuar assistindo a carnificina e ver diminuir nossas esperanças de que venhamos a vencer as batalhas finais.