Cientistas descobrem que vírus são seres vivos. Para Matrix/DNA, são tão vivos quanto as galaxias

xxxxx

Estudo aponta que vírus são seres vivos, sim, senhor!

http://super.abril.com.br/ciencia/estudo-aponta-que-virus-sao-seres-vivos-sim-senhor#disqus_thread

virus

O gigante virus mimivírus

The diverse physical attributes, genome sizes and lifestyles of viruses make them difficult to classify. A new study uses protein folds as evidence that viruses are living entities that belong on their own branch of the tree of life. CREDIT – Julie McMahon

 

Antes de proseguir com esta noticia, vamos ouvir o que a Matrix/DNA tem a dizer:

” Devemos ter em conta que os virus foram uma das primeiras arquiteturas organicas criadas por este planeta. Portanto deve ter sido forte o dedo e o sangue da Terra nesta criacao. Como sabemos que as arquiteturas organicas surgem por reproducao e por isso sao copias de arquiteturas ja existentes, deve ser provavel que os virus sejam copias miniaturizadas do planeta, com severas mutacoes.  Severas mutacoes porque entre os nascimentos da Terra e do virus, mudaram o ambiente e as substancias.

Porem, estamos descobrindo que as arquiteturas organicas – ou sistemas biologicos – nao foram criadas pelo planeta sozinho. Elas nao teriam surgido e sobrevivido, por exemplo, sem a energia do Sol. Assim como nao ‘e o figado da mae que reproduz um bebe, e sim o seu corpo inteiro como sistema, nao foi a Terra mas sim o sistema solar, o criador.

Se os pais nao eram vivos, como os filhos surgiram como vivos? Nao existem milagres, portanto, ou os dois sao vivos ou nao sao.

Mas a questao mais importante nao ‘e a discussao conceitual se virus sao vivos ou nao, e sim, como e porque o sistema solar criou os virus. Isto leva finalmente a questao fundamental que me interessa: porque existe incompatibilidade entre os seres celulares e os virus? Porque os virus podem destruir seres celulares e multicelulares? Se o criador dos dois foi o mesmo?

A visao de mundo denominada Matrix/DNA tem uma explicacao detalhada.

Nao foi nem o sistema solar que gerou os virus, mas sim os building blocks dos sistemas naturais universais, que na epoca estavam na forma de sistemas astronomicos. Estes building blocks astronomicos sao revelados por uma formula da Matrix/DNA no seu aspecto de sistema fechado em si mesmo.

Na formula, existe um elemento que ‘e responsavel pela perpetuacao da especie, porem, se o sistema estiver instavel, este elemento pode leva-lo a sua destruicao, se nao atuar, ou se executar a sua funcao reprodutora em velocidade mais rapida que a normal. na formula este elemento e’ a F5.

Quando o building block astronomico se reproduziu na superficie da Terra como building block dos sistemas biologicos, este elemento foi retirado de dentro do sistema e mantido `a parte, externamente. O building block astronomico tomou a qui a forma de building block do RNA e se completou mesmo no DNA. E’ um par horizontal de nucleotideos. O elemento F5 tornou-se uma das bases nitrogenadas, a uracila. Ora, a uracila apenas existe no RNA. Mas se ela e’ a responsavel pela reproducao, como entao os building blocks do DNA se reproduzem, nao para serem copias de si mesmos, mas para serem acrescentados `as hastes do DNA, na sua evolucao?

De alguma maneira o RNA intervem neste tipo de reproducao, e quando ele o faz, apenas se expressa sua base uracila. Esta reproducao e’ o que faz a sempre crescente pilha de nucleotideos denominada DNA.

Se F5 tivesse sido mantido dentro do DNA, nao teria havido evolucao biologica. E nem o processo de duplicacao de trechos do DNA, pelo modo de zipper. Basta ver a formula para entender isto.

Nas origens da ” vida”, primeiro se fez o RNA. E apenas o RNA ja conseguiu produzir ou captar mais um ou dois elementos e formar um sistema semi-funcional. Sao os virus. Mas O RNA nao conseguia se manter como sistema e funcional se captasse todos os outros 5 elementos da formula. Assim como acontece com o sistema astronomico, o sistema completo com RNA teria que ser fechado em si mesmo, auto-suficiente e auto-reciclavel, o que era impossivel nas condições terrestres.

Enquanto alguns exemplares de RNA evoluiram formando estes pedacos de sistemas, outros exemplares, usando seu elemento reprodutor, reproduziu-se como sua meia-face direita, e a face completa resultou no DNA. Como na Terra o sistema fechado teve que abrir-se, e como nao poderia se auto-reciclar, o elemento F4, que produzia F5 somente para internaliza-lo, ou seja, apenas para se dirigir ao nucleo do sistema, passou a exterioriza-lo, emitindo-o na direcao fora do sistema. E ito deu origem as hastes que ligam os nucleotideos, depois de reproduzi-los.

Temos entao explicado porque uma grande diferenca entre duas criaturas geradas pelo mesmo criador. A partir dai, os virus e as celulas feitas pelo DNA tiveram suas evolucoes proprias, cada qual por seu caminho. Outra grande divisao entre as criaturas do mesmo criador foi a do vegetal e o animal. E aqui sabemos que a causa foi da celula vegetal captar e aceitar o elemento F6, enquanto a celula animal nao o aceitou.

Quando um virus penetra uma celula, o seu RNA traz o elemento duplicador que o DNA nao o suporta internamente. A reproducao passa a ser no mesmo metodo da reproducao astronomica, o que destroi a célula.

Temos ainda que encontrar a arma eficaz para tornar os organismos imunes aos virus. esta nova abordabgem pela matrix/DNA nos conduzira buscando esta arma, pelo novo metodo.

xxxx

Vamos agora copiar o texto aqui e traduzi-lo, para em seguida expandir esta pesquisa: 

Study adds to evidence that viruses are alive

http://www.eurekalert.org/pub_releases/2015-09/uoia-sat092115.php