Simulação mostrando que o sistema solar pode permanecer habitável mesmo depois que a Terra deixar de sê-lo reforça Teoria da Matrix/DNA

xxxx

http://www.msn.com/pt-br/noticias/ciencia-e-tecnologia/o-sistema-solar-pode-permanecer-habit%c3%a1vel-mesmo-depois-que-a-terra-for-destru%c3%adda/ar-BBtcuWS

O sistema solar pode permanecer habitável mesmo depois que a Terra for destruída

Meus comentários e respostas já publicados no artigo:

Louis Charles Morelli · 19 – Maio – 2016

Mais um indicio de que os astros também existem com um ciclo vital igual ao corpo humano e igual a uma onda de luz, reforçando a teoria da formula Matrix/DNA para todos os sistemas naturais.

Na primeira vez que encontrar-mos vida fora da Terra vai haver uma revolução no mundo mental humano e se isto acontecer graças ao trabalho destes astrônomos, terão seu momento de gloria. E’ inteligente e louvável fornecer mais pistas para esta busca ampliando o leque de áreas pesquisadas.

As mudanças de uma estrela, segundo a teoria da Matrix/DNA, muda sua radiação magnética as quais funcionam no espaço como as ondas circulares que surgem e se movem para a frente, como vemos na agua. Ao avançar, cada nova onda traz as propriedades da onda anterior e absorve os elementos que estavam no espaço imediato, aumentando o nível de complexidade. Se a vida numa onda também evolui em complexidade, ela terá a capacidade para emigrar a uma nova onda seguindo os demais elementos, e de fato necessitara’ de um novo ambiente mais complexo para sobreviver e evoluir. Porem,… a Terra pode nunca ser destruída.

Este fenômeno do ciclo vital que muda as formas de um corpo e’ observado na onda de luz natural quando ela avança mudando suas frequências/vibrações, cuja sequencia e’ igual a evolução da energia num corpo humano ao longo de sua vida. Isto sugere que cada planeta – também sob ciclo vital – se localiza  na faixa da onda magnética solar que corresponda ao seu estado de frequencia/vibração e isto sugere que também os planetas vao se afastarem do Sol. Entao talvez uma forma de vida aqui não precise emigrar pois o planeta ao invés de ser destruído emigraria adquirindo as novas características ideais para a vida, a qual também muda e também vai requerer novas propriedades.

xxxx

William Silva ·

O que é estranho seria como os astronomos fizeram esse calculo, desprezando os planetas gigantes gasosos na qual essas luas estão a orbitando, O campo magneticos e a emissão de radiações desses planetas é colossal e a temperatura quente no nucleo desses satelites se dá pela friçcão desse magnetismo, outra coisa a considerar se o sol se tornar uma gigante vermelha, esses planetas gasosos vão se tornar mais quente a medida que avança a zona habitável, esses cientistas calcularam por acaso se haveria alguma reação, já que esses planetas gigantes gasosos são como proto estrelas que so não viraram estrelas devido a massa suficiente
Louis Charles Morelli ·

Trabalha na empresa Self employed
Muito bem lembrado, Willian, e apesar de ser filosofo e nao astronomo, senti no ar o mesmo problema. Se uma parte de um sistema muda ( no cao o Sol), todas as outras partes do sistema devem mudar. Para astronomos, eles nao estao cometendo falha alguma porque tiveram seus cerebros hard-wired por uma visao de mundo elaborada pelo metodo cientifico reducionista em detrimento do metodo sistemico. O esquentamento do Sol vai esquentar os satelites de Jupiter… e param por ai, esquecendo-se que existe uma forte possibilidade de Jupiter afastar-se do Sol e tais satelites continuarem na mesma temperatura. Pensar que o crescimento do Sol nao implica no crescimento do sistema inteiro e’ pensar que o figado pode crescer num feto enquanto todas as outras partes nao…

Tags: , ,