Como a Eva Mitocondrial Veio das Estrelas – pela Matrix/DNA

( Falta corrigir ortografia, esquematizar, etc.)

DNA mitochondrial                                                                               DNA Mitocondrial

xxx

Como disse uma leitora deste artigo, as mulheres são duras na queda. Elas precisam do material genético dos homens para terem filhos, mas elas mantem o poder que garante que a espécie humana se multiplique apenas se as mulheres participarem e dirigirem o processo de fazer humanos. Pois apenas as mães podem passar o DNA mitocondrial para os filhos, sejam estes machos ou fêmeas. Assim como todo zangão-abelha cai morto logo apos fecundar a rainha abelha, o DNA mitocondrial dos machos também caem mortos imediatamente apos a fecundação. O motivo do porque estes elementos machos se suicidam e’ desconhecido para a Ciência, porem a formula da Matrix/DNA que penso ter descoberto na Amazônia tem uma explicação surpreendente para este fenômeno.

Como?! Mas eu sempre pensei – e assim aprendi na escola – que são os DNAs do pai e da mãe que competem ou se fundem para determinar as características físicas dos filhos. Inclusive eu puxei mais para meu pai que para minha mãe… Calma, você não prestou atenção no texto, passou voando sobre uma palavra decisiva:  mitocondrial. Uma nova descoberta cientifica de muita importância publicada no New York Times com link abaixo ainda não foi bem explicada, e aqui entra a maravilhosa oportunidade que temos de conhecer a formula universal da Matrix/DNA, pois vamos ver sua surpreendente explicação.

Why Do We Inherit Mitochondrial DNA Only From Our Mothers?

( clique na figura para ver artigo do New York Times)

Por muito tempo, os biólogos acreditaram que nosso DNA reside apenas no centro de controle de nossas células, o núcleo.

Porem, em 1993, um casal da Universidade de Estocolmo ( este “estocolmo” significa que deves “estar calmo” para receber a bomba que vem ai pois eu já esto colmo), descobriu DNA fora do núcleo. Olhando através de um microscópio eletrônico, Margit e Sylvan Nass notaram fibras de DNA nas organelas denominadas “mitocôndrias”, o centro de energia das nossas células.

Será que a danada da mitocôndria se aproveita do escuro da noite quando você está dormindo, sai do citoplasma da sua célula, entra no núcleo e rouba um pedaço do seu DNA?! ( Deve ter perguntado a Margit para o Sylvan).

Mas existe uma diferença notável entre os DNAs no núcleo e o da mitocôndria. Ao contrario do DNA nuclear, o qual vem do casal, o nosso DNA mitocôndria vem apenas da nossa mãe. Raios, isto por um bom tempo tem deixado muito pensador filosofo-cientista sem dormir. A mãe passa seu DNA mitocôndria para um filho e uma filha, os netos vindo da filha vão ter seu DNA mitocôndria, porem os netos vindos do filho não. Estes terão DNA mitocondrial apenas vindo da nora.

Na Russia houve até uma passeata em protesto feita pelas sogras com cartazes dizendo: ” As noras estão sumindo com o DNA mitocondrial das sogras. Queremos nosso DNA em todos nossos netos!” Mas na Irlanda foi a vez dos homens, por sinal, evangélicos: ” Ou as mulheres deixem passar nosso DNA mitocondrial para nossos filhos ou serão condenadas de novo como foi a Eva! Palavras de Jeová!”

Tanto pensaram, rebuscaram uma solução, que terminaram elaborando uma das mais estranhas teorias biológicas de hoje, porem largamente aceita entre os biólogos: a Teoria da Eva Africana Como a Origem da Humanidade. Pois o DNA mitocondrial permite a técnica de traçar os rastros ancestrais das pessoas, seguindo mãe por mãe ( O nuclear torna essa técnica muito difícil porque ele sempre se desdobra entre famílias dos pais e das mães), e dizem que essa técnica os levou `as origens da espécie humana vinda de uma semi-primata da Africa. Ateus e gozadores estes pesquisadores ironizaram a crença religiosa no Eden, dizendo que o Paraíso na verdade foi a Africa, por isso correram a por o nome de EVA na semi-primata.

Por todo este tempo, ninguém realmente entendeu porque ou como o DNA mitocondrial dos pais desaparecem nas células. Toda mitocôndria nas células de uma mulher ou homem tem seu DNA, mas com certeza absoluta aquele DNA veio de uma mulher, apesar de que a pessoa foi feita também por um homem. Raios? Porque?! Como? Assim como alguns ancestrais nossos, ainda dos insetos, começaram a perder as antenas, de maneira que elas não chegaram aos mamíferos, assim alguns ancestrais perderam a capacidade de transmitir o DNA mitocondrial dos machos? Eu quero minhas antenas e meu DNA mitocondrial paterno de volta! Não importa que vou ter de jogar minha coleção de bonés fora, ou ter que fazer furinhos neles para passar as antenas… Até parece que isso foi trama dos fabricantes de GPS. Vou pedir para  o Moro investigar isso também.

Mas uma equipe internacional de cientistas foram mais fundo no mistério e estudaram a mitocôndria no esperma de uma minhoca chamada C. elegans ( elegante por que ela anda rebolando) e acharam umas respostas. Estas foram publicadas no conceituado Journal Science ( vai ai um link abaixo), e indicam que a mitocôndria paternal neste tipo de minhoca tem um mecanismo interno de auto-destruição que se torna ativado quando um esperma se funde com um ovulo. A natalidade entre estas minhocas é grande, porem artificialmente atrasando este mecanismo, os cientistas descobriram que ela se torna bem menor, levando a grande mortandade dos embriões. Esta informação agitou o meio cientifico porque muitos pressentiram que ela pode ajudar no melhor entendimento de certas doenças e possivelmente otimizar as técnicas de fertilização in vitro. (só espero que algum ditador não resolva usar esta técnica para baixar a natalidade em seu pais, pois isto seria matança, ou aborto prematuro, de embriões).

Antes desta descoberta, se acreditava que esta herança maternal era orquestrada por processos nas células ovulares das mães – disse o Dr. Ding Xue, um professor da Universidade de Colorado e um dos autores da pesquisa. Grandes estruturas denominadas “autophagosomes”, por exemplo, são conhecidas por engolirem mitocôndria paterna logo apos o esperma penetrar um ovulo. O Dr. Ding Xulé … quer dizer, o Dr. Ding Doing, quer dizer, o Dr. Ding Xue, e seus colegas, acharam, no entanto, que a mitocôndria paternal nas minhocas na verdade começam a serem destruídas antes de qualquer autophagosome alcança-las. ” Isto é como um mecanismo suicida”- disse Byung Ho Kang ( que traduzindo do chines para o inglês e depois do inglês para o português significa “Comprando um Kanguru”), um professor da Universidade da China e outro dos autores da pesquisa. Não tem quem bata os chineses no estudo de minhocas, pois eles tem longa experiencia tradicional em lidar com elas. Por isso a Gal Costa, quando viu um caminhão cheio de chineses pelados, cantou: “São tantas coisinhas miúdas…”

Os pesquisadores identificaram um gene, chamado de cps-6, que pareceu iniciar o processo da destruição da mitocôndria paternal dentro mesmo desta mitocôndria. Por isso parece um processo suicida. Então as mulheres não tem culpa, não existe devoração ou assassinato, o que existe é suicídio dos machos. Mas porque?! O que sera que todos os DNAs mitocondriais masculinos estão vendo de tão horripilante que preferem se suicidarem?!

Mas… raios, agora aumentou ainda mais o mistério. Esta descoberta foi “muuuito” importante porque se entendeu que o sumiço do DNA mitocondrial paternal não acontece dentro do ovulo, e sim antes do esperma seguir na direcao do ovulo. Eles descobriram que deletando o gene cps-6 fez com que a mitocondria paternal sobrevivesse e vivesse mais tempo nos embriões. E isto levou a altas taxas de mortalidade dos embriões. O assunto é sério. Na realidade, algumas vezes o suicidio do DNA mitocondrial paternal não funciona direito, ele vive por mais algum tempo dentro de um embrião e isto tem sido ligado a doenças severas, como atrofia muscular, cegueira e demência, e `a morte dos embriões.

Então, o suicídio beneficia as especies. Eu sempre disse que nos homens somos talhados ( entenda bem, “talhados”, e não aquilo que vocês pensaram) para sermos heróis, aponto de nos imolar-nos no altar dos sacrifícios se isto vai beneficiar a proliferação da nossa especie.

Mas esta historia não esta bem contada. O gene cps-6 funciona como uma bomba que um suicida engole e carrega dentro do próprio corpo! Não creio que o motivo seja alguma religião fanática das mitocôndrias paternais. Porque fazem isso?!

“DDDD”, que e’ a abreviatura para “Diz o Dr. Ding-Doing”, que o grande mistério que ainda permanece no meio cientifico é porque esta herança maternal ocorre tao consistentemente através dos organismos. Se isso acontece apenas com um organismo entenderíamos que foi uma mutação deletéria, porem, quando acontece com todos, parece que a causa esta alem deles, vem de fora deles! Uma das teorias existentes tem a ver com o fato que o esperma deve gerar muita energia quando competindo para fertilizar um ovulo. Durante este tempo, a mitocôndria espermática é sobressaturada, o que poderia levar a danos em seu DNA e assim levar a mutações. Mas esta teoria, e todas as outras, são ainda muito especulativas, disse o Dr Xue. E ele acrescentou: ” Esta tem sido uma quase eterna questão biológica. Deve haver uma fundamental, importante razão do porque a maioria das especies na realidade adotam o mesmo estilo da herança mitocondrial.”

Não sou eu, mas sim os cientistas autores das descobertas que estão conscientes e dizendo que o fenômeno não foi ainda solucionado. Mas quando se fala em fenômenos naturais, nos últimos 30 anos, eu corro imediatamente para um santuário, denominado ” Altar da Matrix/DNA”, puxo um mapa chamado ” Formula Universal Para Todos os Sistemas Naturais”, danço o ritual do quizumba-zumba e deixo-me ser incorporado pelo espirito da selva que me faz voltar a ser o semi-macaco que viveu na selva por sete anos, e o qual é o único que sabe ler e interpretar o mapa. Assim tenho encontrado explicações para muitos mistérios ainda não solucionados cientificamente…, porem, são tão diferentes das nossas conhecidas visões do mundo, que nem ousei publica-las alem de apenas registra-las neste website, esperando que algum dia alguma experiencia laboratorial comprove ou derrube meu santuário para sempre. Mas ainda assim vale a pena dar uma olhadinha nestas explicações, pois elas realmente nos fazem coçar  o cocuruto. Sera mesmo?!

Vamos ver o que tem a dizer a natureza bruta e virgem da Amazônia sobre a herança maternal mitocondrial. Vamos puxar a formula para cá, no seu aspecto em que ela sugere como foi a  origem dos sexos.

 

Os Ancestrais dos Cromossomas Sexuais no Sistema Galáctico

Os Ancestrais dos Cromossomas Sexuais no Sistema Galáctico

Vamos tentar dar uma rápida explicação muito resumida. Porque o DNA mitocondrial paternal desaparece antes do esperma alcançar o ovulo? Porque a Natureza criou um gene – o  cps-6 – e inseriu-o na mitocôndria paternal com a função de ” suicidar” este DNA mitocondrial?!

De átomos a galaxias a células a seres humanos, todos são corpos, funcionais, e todos são sistemas naturais. Mas não são sistemas aleatórios onde cada um teria surgido por sua própria conta e risco – como reza a teoria acadêmica moderna. Não. Todos estes sistemas são apenas as diferentes formas que um único sistema universal adquiriu ao longo de sua evolução, assim como um corpo humano adquire varias diferentes formas ao longo de sua vida, desde a morula, a blástula, o feto, a criança, o idoso de bengala, o cadáver… Assim, nos humanos, enquanto corpos físicos, somos uma forma de sistema natural, que veio da evolução cuja linhagem ancestral passou pelos animais, plantas, a primeira célula viva, o sistema solar, a galaxia, os sistemas atômicos, até este sistema nascer com o Big Bang. De maneira que quando alguém diz que tem 24 ou 37 anos, esta errado, pois temos 13,7 bilhões de anos.

Fazendo comparações anatômicas entre os sistemas biológicos ( que dizem erradamente como “seres vivos” e sistemas astronômicos e atômicos ( que dizem erradamente como não-vivos), cheguei a ver um padrão que se repetia em todos eles, o qual parecia a forma do DNA. Então forcei um pouco a atual teoria das galaxias e dos átomos, mudei algumas coisas que pareciam estarem erradas porque não batiam com seus efeitos que eu estava vendo aqui na Terra, ou seja, a produção dos sistemas biológicos, e acabei ajeitando as coisas de maneira que o building block de átomos e galaxias era o mesmo building block do nosso DNA – um par lateral de nucleotídeos! Se isto fosse verdade, nosso DNA veio das estrelas, ou antes delas, do Big Bang!

Então – se isto for verdade – átomos, galaxias, assim como nos também tem suas formas de DNA. Mas depois percebi que esta mesma forma esta encriptada numa simples onda de luz natural, como aquela que deve ter sido emitida pelo Big Bang e se espalhou por todo este espaço sideral! Na verdade, as varias figuras mostrando a evolução deste DNA nestes 13,7 bilhões de anos sugere que esqueçamos o nome “DNA”, pois em principio ele nada mais é que uma formula universal que organiza a matéria em sistemas naturais. Assim como o DNA dos meus pais estava infiltrado num oceano amniótico e organizou a matéria numa bolota disforme chamada morula e depois num belo e musculoso ( quem me dera fosse verdade), e bípede idiota ser humano como eu!

Se esta estapafúrdia visão do mundo ( mas se você não percebeu ainda, ela tem uma logica racional de fazer dar arrepios até nas pregas… da bainha da calça), for um dia considerada como mais avançada do que as outras visões de mundos criadas por humanos até hoje, todos os elementos naturais, todas as forças naturais, que convergiram para um ponto na superfície deste planeta e começaram a conectarem átomos de uma maneira nova, gerando os primeiros aminoacidos, depois as grandes moléculas, etc., elas tinham que estarem presente, ou apenas neste planeta Terra, ou na Terra e mais o Sol e até no sistema solar inteiro, ou ainda na galaxia em sua totalidade. Pois estes maravilhosos predicados que vemos aqui constituindo os seres vivos não podem terem originados de informações que não existiam dentro desta galaxia. So’ se tivessem vindo de fora dela, e de forma sobre-natural, mas então, estamos deixando de lado a logica racionalista da cabeça de um semi-macaco vindo da selva amazônica, o qual nunca viu nada sobrenatural para incluir em suas investigações sobre esta Natureza.

Uma destas maravilhosas propriedades dos sistemas biológicos é o aparato da reprodução sexual. Como a matéria burra, estupida, de rochas, água e gazes deste pequeno planeta perdido na imensidão cósmica, teve a ideia de criar tal fantastica engenharia?! ( me perguntava eu na selva enquanto descascava uma banana). A unica resposta mais racional a meu ver era a de que esta engenharia seria o produto da evolução de engenharias menores e mais simples que vinham da constituição da matéria antes das origens da vida. Afinal, foi assim que o Darwin me ensinou que a evolução funciona, quando eu era estudante vivendo na civilização.

Para resumir tudo e encurtar a conversa, a mais simples – quase estupidamente simples – engenharia que funcionava e apresentava o mesmo efeito final que a reprodução sexual biológica existente no estado do mundo antes das origens da vida estava visível na formula da Matrix/DNA. Eu a vi quando desenhava e calculava o verdadeiro papel da base nitrogenada chamada de uracila apenas constante no RNA e o mecanismo que a fazia aparecer e desaparecer em seguida, na formação de mais um building block do DNA. Mas como a figura do building block do DNA era a mesma figura do building block desta galaxia, então, antes das origens da vida, e nesta galaxia, estava o aparato precursor desta engenharia.

O primeiro ser vivo, realmente completo e finalizado, foi a primeira célula. E ela era hermafrodita. Isto porque a Via Láctea que a criou, é um sistema hermafrodita.

Então, observando a formula, vemos que o aparato executando a Função 1 ( seja o núcleo da galaxia, do átomo, ou da célula) emite ou gera o germe de mais um astro celeste.  A F1 funciona exatamente como precursora da genitália e do aparato reprodutivo das fêmeas. apesar de que num ancestral feito apenas com os estados solido e gasoso da matéria, este aparato era demasiado mecânico e simples. Como o sistema é hermafrodita, e é formado apenas por Astros, de alguma maneira estes Astros terão que executarem as duas funções sexuais. ( raios… esse cara ficou louco? Ele esta dizendo que luas, planetas, estrelas fazem sexo?! Não. A palavra sexo foi criada por humanos referindo-se a como um processo natural ocorre no meio deles. Este processo ocorre também desde a átomos a galaxias, claro, nas suas apropriadas versões. Ou você acredita que esta fantastica engenharia foi inventada pela primeira vez neste Universo pela matéria burra deste planetinha?! Se sim, sinto muito, mas o louco aqui serias tu…) Mas quando o germe se torna um planeta maduro, ou envelhecido e se transforma na F4, a qual em termos de sistema astronomico achei bom chamar de “pulsar”, ele executa apenas a função macho. Gigantes vulcões expelem magma efervescente com tanta força que se tornam esferas e vencem a gravidade do corpo caindo no espaço sideral, adquirindo a forma de cometas, e pelas linhas do campo magnético espiral da galaxia são conduzidos na direcao da função fêmea, F1.  Por enquanto, tudo igual ao que papai e mamãe sempre fizeram. Mas veja bem…

Isto aqui não é astrologia. E acho que pelos padrões acadêmicos, não é nem astronomia. Este mecanismo acontece também no DNA quando ele cresce devido a multiplicação de seus nucleotídeos. E acontece nas células quando elas se multiplicam. Se costumo puxar a formula quando ela estava na forma de building block das galaxias, levando um assunto de biologia para a astronomia, é porque na forma astronômica foi a unica vez que a formula se tornou quase que perfeita. E’ uma maquina funcional de extrema perfeição. Ja nas suas formas de DNA, célula, ou cérebro humano, a formula sempre apresenta alguma derivação que a impede de se expressar tao perfeita. Então. é claro, se quero conhecer a formula, devo focaliza-la na sua máxima expressão de perfeição e isto se deu como sistema astronomico. Minhas preferencias são biologia, química, neurologia e não astronomia, mas é na astronomia que a formula se torna mais inteligível.

Mas logo apos o macho ejacular, quer dizer, logo apos o pulsar expulsar seu material interno, ele desaparece. Sim, desaparece porque o corpo que sempre foi opaco, sem luz, da’ lugar a uma estrela, uma supernova resplandecente. Ele desaparece quando se transforma. E aqui esta a chave que mata todo este mistério. Seria correto dizer que os machos pulsares são suicidas? Ora, para toda vez que surgir uma criança, tem que desaparecer um baby. Seria certo dizer que todos os babies são suicidas? Metamorfoses transcendentais de sistemas naturais, promovidas pelo processo conhecido como “ciclo vital”, o qual impõe a lei de que ao longo de uma vida todos os sistemas naturais mudem de formas.

Se o estado físico de uma criança não seguir o curso normal do ciclo vital, não mudando para a forma de adolescente, adulto, ela envelheceria dentro do corpo de uma criança, e seus órgãos internos se romperiam. E vimos acima que a morte do DNA mitocondrial paternal começa dentro quando sua membrana interna se rompe.  Se na formula que vês acima, o fluxo do cromossoma Y – representado pelas setas vermelhas – que em F4 se desvia do circuito esférico, insistir em seguir para F6, podemos prever dois problemas: tal como a criança acima, dentro do corpo de um adulto, mataria o adulto; e todos os humanos seriam hermafroditas.

Eu até abriria uma linha de pesquisa para ver se não é este problema que gera os homossexuais. Pode ser quando o “suicídio” não funciona de imediato, vai morrer lentamente, porem entrando na fase da divisão sexual do embrião.

E tem outro problema: se não houvesse o suicídio do DNA mitocondrial paternal nem um animal superior a um inseto existiria hoje. Primeiro, nas origens da “vida” aqui, foram formadas as células vegetais. Como filhas fiéis  mais próximas da mãe galáctica, elas imitaram o estado de sistema fechado em si mesmo, que é a característica pecaminosa da Eva galáctica de onde recebemos o gene egoísta. Nas células vegetais, o circuito esférico chegou em F4 e continuou normalmente para F6. Se na galaxia F4 faz as funções dos pulsares, F6 faz as funções de estrelas como o Sol. Então as células vegetais construíram uma organela para F6, os cloroplastos. Estes tem a nível celular as funções do Sol, por isso a célula vegetal se conectou diretamente a estrela celeste e foi agraciada com a fotossíntese nesta interação, o manah caindo de graça direto na sua boca. Mas esta foi uma grande armadilha, como já tinha sido para a galaxia. O circuito completo torna o sistema fechado, desconectado do mundo, auto-suficiente, porem fechando as portas `a sua própria evolução. E assim os vegetais ficaram plantados, sem futuro. Quiz Deus ( epa!!! O macaco esta imitando humanos agora?) que uma outra célula, surgindo ali por perto, ficou sem receber os fótons-genes que vieram da função estelar, e assim, aleijados, ficaram se arrastando e lutando para conseguir a energia que as vegetais conseguiam de graça. Mas aqui estava sua bem-aventurança. O fluxo do circuito não passou da F4, da mitocôndria, não tiveram cloroplastos, o circuito fechado foi interrompido, e assim surgiram os sistemas abertos biológicos, vulgos ” animais”. Tivemos as portas abertas a nossa evolução, ainda estão abertas e se Deus quiser… ( oh, não! De novo…), nos temos ainda a possibilidade dum futuro grandioso. Mais uma vez esse tal de “suicídio”, segundo o Dr Ding-Doing Xue, salvou a pátria!

Podem parar! Enquanto nossas sagradas e amadas Ciências continuarem separando a Terra do Céu, a Evolução Biológica da Evolução Cosmológica, nunca vão entender e realmente eliminar as graves e mortais doenças seculares que continuam torturando seres humanos. Tem que abrirem suas cabeças, minha gente, para poderem enxergar horizontes mais amplos, no tempo e no espaço. A Natureza não é apenas este pontinho planetário a nossa volta, ela é Universo. E ela não é um cavalo desembestado mudando de direcao a toda hora, ela faz aqui o que ela fez na galaxia e ate nos seus confins mais longínquos. Se não podemos ver e entender um problema microscópico aqui – como as mitocôndrias – levantemos nossas cabeças e procuremos ver o que a Natureza faz com seus correlatos a nível universal, pois a galaxia é maior, e ai podemos enxergar mais as coisas.

Ora, na célula humana, a função 4 é executada pela mitocôndria. Tanto que em tudo ela imita o que o pulsar faz no céu. As esferas incandecentes de energia que se tornam cometas – os espermatozoides do espaço – quando esse mecanismo acontece na célula chamamos as moléculas de energia de ATP.

Mas ora, o material emitido pelos pulsares levam a metade das informações do sistema ( porque ele se constitui do fluxo entre F1 e F4, que é apenas a meia-face esquerda da formula) direto para F1, no qual chega também as informações da outra meia-face do sistema. Então Y contem a metade que leva da mãe ao macho e X contem as informações do sistema inteiro, que passa pela mãe e produz machos e fêmeas. No X também contem Y, mas se Y não se expressar duas vezes como dominante, o X expressa duas vezes o XX e faz uma fêmea. Ou então, XY.

O sistema social das abelhas é um outro caso onde a formula se expressa limpidamente. Então o sistema social das abelhas é uma copia fiel do sistema galáctico e inclusive do sistema nucleotídeo. Isto porque sistemas sociais são feitos por sistemas biológicos que são sistemas naturais e estes são feitos pela Matrix. Pois no caso das abelhas, foi descoberto que quando a rainha esta na fase de ser fecundada ( e só ela é fecundada e por todos os zangões da colmeia, pois só ela bota ovos – tudo igual sua ancestral no céu, tudo determinado por F1), ela sai de seu trono dentro da colmeia, sobe no ar cerca de 3 metros, fica parada e enquanto isso os zangões sobem também e formam a fila. Apos a copula, cada zangão cai imediatamente morto no solo! Ate o fato dela subir no espaço e’ uma copia fiel do sistema celeste. Porque a rainha tem que ficar pairada no ar e não recebe os machos no calor de seu leito? Porque seus ancestrais faziam isso no espaço, é o ritual, e porque não é ela que decide nada, o sistema social é todo automatizado pela formula, pela Matrix/DNA.

E’ preciso dizer mais? Deu para entender porque a Natureza criou aqui o gene csp-6 para executar a função que possibilita o DNA mitocondrial paternal cair “morto” antes de alcançar o ovulo?

Fantástico, não? Não é para se arrepiar? Para comemorar isso, vamos descascar mais uma banana. Presente do macaco.

Os zangões jamais subiriam para o coito se tivessem o livre-arbítrio para decidirem, pois sabem que estão indo para a morte. Então poderíamos dizer que isto também é suicídio. Na verdade, desde que não possuem intelecto, a força da carga genética herdada desde esta galaxia é mais forte que a vontade individual deles. A sociedade funciona automaticamente, dirigida por dentro ( porque a formula esta na sua genética) e pelo mundo externo ( pois seu meio-ambiente foi modelado pela formula que esta nesta galaxia que nos circunda por todos os lados).

No entendimento da formula, não seria suicídio, não seria assassinato. Seria uma transformação para uma forma transcendental. Por isso também o DNA mitocondrial se transforma, mesmo que sem ele saber, em algo morto. Porem, no conjunto e no concerto final do ato reprodutivo. o corpo morto em que ele se transforma é o que possibilita o nascimento de um corpo vivo que ele, o próprio pai ajudou a fazer. E colabora com a maior fertilidade, a multiplicação da especie e menos casos de doenças fatais. Ora, ele tambem transcende, sua copia estará no corpo de todos os novos bebes.

Mas estes esforçados e bravos cientistas desta pesquisa, iriam sequer ouvir esta teoria? Nem pensar…

Faltou aqui eu apresentar muitas das outras evidencias que tenho colecionado em favor desta teoria. Por exemplo, o fato de que a mitocôndria é a unica organela que possui DNA, bate com a formula, a qual sugere que o núcleo e a mitocôndria são as duas partes sexuais da célula. Porem, para mencionar todas as evidencias, seria preciso um livro.

Permitam-me apenas mencionar mais uma teoria que tem surgido sobre o sumiço das mitocôndrias, porque esta surgiu no Brasil. A Teoria diz que o Cunha é expert em roubar e vender usinas de petróleo. E como sabemos que as mitocôndrias são nossas usinas hidrelétricas, tao achando que o Cunha ta metido nisso tambem… E’ bom ficar de olho nas suas mitocôndrias!

xxxxx

Pesquisas da Matrix/DNA:

Paper publicado em:

http://science.sciencemag.org/content/early/2016/06/22/science.aaf4777

Mitochondrial endonuclease G mediates breakdown of paternal mitochondria upon fertilization

Abstract

Mitochondria are inherited maternally in most animals, but the mechanisms of selective paternal mitochondrial elimination (PME) are unknown. While examining fertilization inC. elegans, we observe that paternal mitochondria rapidly lose their inner membrane integrity. CPS-6, a mitochondrial endonuclease G, serves as a paternal mitochondrial factor that is critical for PME. The CPS-6 endonuclease relocates from the intermembrane space of paternal mitochondria to the matrix following fertilization to degrade mitochondrial DNA. It acts with maternal autophagy and proteasome machineries to promote PME. Loss of cps-6 delays breakdown of mitochondrial inner membranes, autophagosome enclosure of paternal mitochondria, and PME. Delayed removal of paternal mitochondria causes increased embryonic lethality, demonstrating that PME is important for normal animal development. Thus, CPS-6 functions as a paternal mitochondrial degradation factor during animal development.

Tags: , ,