Estao no Caminho de Descobrir como a Natureza “inventou” as Proteinas e Enzimas

xxxx

Quando um gene que executa uma importante função esta faltando ou não funcionando, as chamadas “enzimas promiscuas – porque podem fazer mais funções que a especifica função dela), se juntam e aprendem a executar a missão do ausente gene. Esta descoberta levou os pesquisadores a sugerirem que talvez estas enzimas tenham executado estas funções no passado, em outras criaturas mais primitivas, Como diz o pesquisador: ” Tentar entender  como os novos trajetos surgem, que tipos de mecanismos subjazem as forças que modelam estas trajetórias, e’ essencial tanto para a medicina como para entender a evolução a nível molecular”.

Com isso, os biólogos estão – sem o saberem – tocando o Cosmos. Pois a formula da Matrix/DNA sugere claramente o que são e de onde vieram estas moléculas denominadas enzimas, proteínas, aminoacidos, e quais funções executavam no sistema dito “não-vivo” ancestral de todos os seres vivos e o grande administrador da historia da biogênese. A criatura mais primitive que eles estão procurando esta no céu que nos rodeia e nos estamos dentro dela, como as tais enzimas.  Por isso não pude deixar de dar meu piteco no artigo cientifico postando os dois seguintes comentários copiados abaixo:

‘Promiscuous’ enzymes can compensate for disabled genes

By Laurel Hamers – 12:03pm, August 12, 2016

https://www.sciencenews.org/article/%E2%80%98promiscuous%E2%80%99-enzymes-can-compensate-disabled-genes

xxxxx

AvatarLouis Charles Morelli – 08/15/2016

This research can lead to the jump of knowledge from biological to cosmological evolution. When Betul Kacar says that “the new role played by promiscuous enzymes could have once been its main job”, she is touching the very deeper dimension of evolution. But, this role may have been played in another ancestor system (LUCA) and not by enzymes as we know them today, but by their ancestors. That’s what is suggesting Matrix/DNA Theory.

What is enzymes and proteins? Which are the deep means for their existence? How and why Nature – having only the stupid matter of this lost planet – created these fantastic phenomenon? Answer: Nature has not created them here. They are merely the biological shape of ancestors elements that were performing their functions at the system that created this planet: this galaxy. The system is a spherical circuit where the pieces (astronomical bodies) are aligned just in same sequence that the different shapes of a human body during its lifetime are aligned due the vital cycle. Each protein represents a small slice of the spherical circuit, performing at molecular biological level the function corresponding to that slice. Enzymes are biological representations of astronomical catalysts that avoid, for instance, explosion of bodies. We are finding that the microscopic molecular level is just am exactly copy ( mutated reproduction) of the macroscopic level and we didn’t it before because the modern astronomical model is wrong.

“Trying to understand how novel pathways arise, what kind of mechanistic underlying forces shape those trajectories, is quite essential,” she says. It would be very good for her if seeing the new astronomical models and the Matrix/DNA’s formula for natural systems, like the building blocks of DNA and the building blocks of galaxies, at my website, because they are just equal. Sorry, but, Biology will need to go to Astronomy for really understanding the meaning of each biological phenomena.

Raj Kamal

Promiscuous enzymes appear to be mighty tool of nature to help survival of the living organism as a whole unit thus a dynamic boost for evolution to march forward.

Louis Charles Morelli – in reply to Raj Kamal

Yes, Raj, but their existence was designed in the stars and by Nature. They are the systemic biological counterpart from what we call “fuzzy logics” performed by non-biological systems, like atoms, galaxies… The universal natural formula for organizing mass, energy and light into working systems has seven fundamental functions performed by its seven parts ( as you can see the formula at my website). But at new environment/conditions these fundamental functions are mixed resulting in new sub-functions, this is fuzzy logics and promiscuous enzymes…

E meu post no Facebook:

Louis Charles Morelli –  New York  – 8/16/2016
Descobri agora que na selva eu tinha percebido mais um importante fenômeno que ninguem pensou ainda. Muitas doenças, anemias, são causadas pelo não funcionamento de algum gene. Por exemplo, suponha que o gene para testosterona não funcione, Acho que o cara fica “desinteressado por aquilo, em contraste com a maioria dos homens que só pensam naquilo – estes homens não prestam mesmo…”

Mas sua saude muitas vezes e’ salva porque existem as “enzimas prostitutas” – que os cavalheiros ingleses para disfarçar enganando, as chamam de “promiscuous enzymes”

Cada enzima e’ produzida pelo organismo para desempenhar uma nica e especifica função. Porem tem algumas que alem da sua função, se metem a se unirem com suas iguais quando o organismo esta padecendo pela inatividade de um gene e o grupo executa a função do gene faltante! Sao verdadeiras heroínas, como acho que tem sido na Humanidade as reais prostitutas voluntarias ( não aquelas coitadas que são obrigadas a isso por miséria), pois não e’ fácil sair de sua zona de conforto para fazer o trabalho sujo de outros.

Mas para um filosofo, a todo novo fenômeno descoberto surge logo as incomodas perguntas: como? porque? de onde veio isso? Como a Natureza (ou seja la mais quem for) inventou isso, do nada? E enquanto o filosofo não encontra as respostas ele fica com a cabeça na Lua, por isso já me chamaram nestas ocasiões de “desinteressado”. Não tem nada a ver!

Os cientistas descobriram as enzimas promiscuas recentemente, como digo no meu artigo publicado ontem em meu website, mas eu comemorei a descoberta porque eu já tinha previsto a existência delas a 30 anos atras, como esta garantido pelos meus copyrights!

Não foi a matéria estupida deste perdido planetinha na imensidão cósmica que inventou a profissão de prostitutas e nem a de enzimas prost…. quer dizer, promiscuas. Naaão,.. a existência delas já estava projetada nos céus a 10 bilhões de anos atras, muito antes das origens da vida neste planeta.
Isto e’ facilmente percebido quando você conhece e entende a formula simples que a Natureza sempre usou para montar todos os sistemas naturais, de átomos a galaxias a células a corpos humanos.

Observando a formula – que esta no meu website – nota-se que um sistema natural perfeito e’ composto de sete partes e cada uma executa uma especifica universal função sistêmica. A função numero 4 por exemplo e’ a responsável por criar as peças e coordenar as funções do elemento macho no sistema, então se ela esta fazendo galaxias ela produz cometas representando espermatozoides, gigantes vulcões nos pulsares para ejetarem estes cometas ( então o moderno herdeiro no corpo humano dos vulcões são os…coisa feia!),

Mas então a formula suprema para sistema perfeito ( que na verdade não pode existir pois isto seria o eterno moto continuo e ai terminaria a Historia deste Universo, ela apenas quase chegou perto da perfeição, da sua aplicação total, nos sistemas galácticos), que seria um sistema completamente fechado em si mesmo, se abre como copias diferenciadas para permitir a enorme diversificação de sistemas, especies, indivíduos, que são sistemas abertos em si mesmos. Ela faz isto acasalando duas diferentes funções universais e obtendo uma terceira função como meio-termo. Então se temos F3 e F4, a mistura das duas pode resultar em inúmeras copias de sub-funções, que seriam 3/4,01,ou 3/4,02, e assim por diante.
Assim surgiram os aspectos promíscuos das funções sistêmicas universais. Os físicos e matemáticos ao lidarem com logica descobriram este aspecto da Natureza e chamaram de “fuzzy logics”, que quer dizer elementos de logica difusa, ou confusa.

Graças a este golpe astuto da Natureza ( ou seja la de quem for tenha sido nosso criador), existe a evolução e estamos vivos aqui hoje, senão, o primeiro sistema perfeito estaria se reproduzindo a si mesmo ate hoje, o Universo ficaria patinando sem sair do lugar, e a evolução não aconteceria.

E sabe de uma coisa? Sempre quando o filosofo descobre mais um golpe astuto como este ele fica com os pelos todos arrepiados e não resiste a comemorar o fato. Então me deem licença que vou mandar a disciplina para a tonga da mironga e vou abrir uma cerveja, porque ser prostit…. quer dizer, ser promiscuo, as vezes e’ um ato heroico…….kikiki..

 

Tags: , ,