Cerebro e Matrix/DNA: Inteligencia Surge de Um Algoritmo no Cerebro Humano

xxxx

Ha’ mais de um seculo – depois de algumas importantes descobertas sobre o cérebro – tem sido acreditado que existe uma infra-estrutura no estilo computacional que deve estar oculta por trás das funções do cérebro e tem-se insistido que e’ necessário descobrir esta infraestrutura para se entender melhor este cérebro. Esta logica computacional, acreditam os acadêmicos – deve dirigir a maneira pela qual as células neuroniais se conectam para produzirem o conhecimento inteligente e a flexibilidade nas atuações. Existe uma tal de Teoria da Conectividade que já’ sugeriu que a origem da inteligencia esteja enraizada numa logica de permutação na base da potencia-de-dois, um conceito bastante comum em algoritmos na programação computacional. Agora os cientistas responsáveis por um paper publicado nesta semana revelam uma pesquisa pela qual acreditam que confirma a teoria. A formula algorítmica seria N = 2i−1 ( onde i para números de entradas de informações distintas; N e’ o numero de neuronial cliques com todos os padrões possíveis de conectividades combinadas).

Por outro lado, eu – que venho da selva com uma teoria cosmovisionária para caipiras da roça – penso ter descoberto ha’ 30 anos atras uma formula que pode ser interpretada como um conjunto de algoritmos que teria modelado e inserido as funções no cérebro. Mas a formula que sugiro e’ mil vezes mais complexa e tem a grande diferença de produzir processos vitais e não apenas no estilo mecanicista computacional. Esta teria sido a formula aplicada pela Natureza para organizar a matéria em sistemas naturais e o cérebro em si mesmo e’ um sistema natural.

Esta formula e’ representada por uma figura animada pois suas variáveis são produzidas pelo processo do ciclo vital. Porem, a representação da formula e’, ao mesmo tempo, um programa de algoritmos como dos mais simples para softwares – descobri isso a 30 anos atras ainda na selva. Acontece que o cérebro em si mesmo e’ mais um sistema natural e portanto, deve ter sido modelado pela formula que e’ um conjunto de algoritmos. Então o que a Teoria da Conectividade e a investigação dos cientistas publicada hoje estão batendo com minhas previsões de 30 anos atras. Mas tem umas diferenças cruciais nas interpretações deste fenômeno e para explica-las preciso trazer a formula para cá:

E o desenho do circuito do fluxo interno de informação da fórmula da Matrix/DNA na sua versão de sistema perfeito fechado, na forma de diagrama de software

E o desenho do circuito do fluxo interno de informação da fórmula da Matrix/DNA na sua versão de sistema perfeito fechado, na forma de diagrama de software

Segundo minha teoria, o cérebro esta montado em cima desta formula. Devido uma serie de dificuldades ( como a falta de tempo, a falta de acesso aos cientistas da área, etc.) eu ainda não pude identificar qual elemento do cérebro corresponde a qual F (função sistêmica) da formula. Tenho anotado centenas de papers sobre as informações, mapas cerebrais e as mais recentes descobertas no campo das ciências neurológicas buscando montar essa identificação, porem a falta de tempo e condições de trabalho estão me atrasando. Alem disso, eu preciso algo que acho não existir: figuras inteiras do interior do cérebro para ter uma visão de conjunto como tenho da formula. A primeira indicação que salta aos olhos ‘e que `a esquerda da F5 temos o hemisfério esquerdo, e a direita de F5 temos o hemisfério direito. A base central, nuclear do cérebro deve ser a região do hipocampo e portanto este deve corresponder a F1, o qual’e’ o núcleo e o inicio do circuito da formula. Mas depois, no cérebro vem suas partes, como as glândulas, etc. e estas partes que precisamos identificar de acordo com suas funções. Então, num primeiro relance, penso que as camadas de neurônios representam os espaços das setas na formula, os quais são, na formula, as formas do corpo que rola sob a forca do ciclo vital. Se isto for correto, a teoria dos investigadores esta’ muito distante de finalizada. Eles estão pensando que apenas as camadas de neurônios, suas diferentes regiões no cérebro são o hardware onde se instala e se processa o software algorítmico. Estão ignorando as peças do cérebro nestas regiões?

Eu penso que o cérebro esta dividido – vertical e horizontalmente – em seis regiões, cada região tem um função especifica em qualquer pensamento, mas cada região e’ um sub-sistema no mesmo modelo da formula, ou da totalidade do sistema que e’ o cérebro.

O fato e’ que o cérebro tem uma grande diferença com computadores, apesar de que os humanos criaram os computadores como uma imitação do cérebro. A diferença e’ que o cérebro e’ autônomo, cria e produz e modifica, transforma por si próprio, enquanto o computador nada faz disso. Em outras palavras o cérebro e’ um sistema vivo e o computador um sistema em hibernação, mecânico. A diferença vem do fato que o código em que o cérebro se baseia e’ um código vivo, de algoritmos vivos, porque esta animado pelo ciclo vital. Então esta investigação acredita que descobriu a causa da inteligencia baseado num exercício matemático do calculo de todas as variáveis do numero dois elevado a uma potencia n, e disso resulta uma sequencia fixa, mecânica, linear de números.

Na minha macaquica e humilde opinião, eles vão se deparar com um cérebro-maquina, morto, que nada vai produzir do que o cérebro vivo produz. Muito menos a inteligencia com sua criatividade e autonomia. Não vejo como as nossas ciências vai mudar esta abordagem enquanto imperar no meio acadêmico esta visão de mundo mecanicista e redutora. talvez estes pequenos avanços no caminho errado sejam o guia para endireitar sua cosmovisão, pois a ciência tem progredido pelo método tentativa e erro para então descobrir o acerto. Vou me esforçar para estudar e assimilar o que fizeram pois nesse meio tem as informações cientificas que foram ( junto com as informações da natureza bruta da selva), a base da minha cosmovisão.

Fui notificado desta pesquisa primeiro por um artigo no link ( e dai puxei o paper cujo link vai depois a seguir):

https://futurism.com/new-clues-hint-at-the-imminent-release-of-teslas-newest-model/

Intelligence May Stem From a Basic Algorithm in the Human Brain

A theory posits that the all of our thoughts are a function of a basic algorithm, N=2^i–1. ( A teoria sugere que todos os pensamentos são uma função básica algorítmica: N=2^i-1)

This development may be huge for AI, since artificial neural networks operate much like the brain, applying this formula may be the key to true intelligence. ( Este desenvolvimento pode ser valioso para Inteligencia Artificial, desde que rede neuroniais artificiais operam aparentemente como o cérebro, aplicando esta formula pode ser a chave para a verdadeira inteligencia natural.)

 

The brain’s formula

Neste artigo obtive o Scientific Paper, cujo titulo e link e’:

Brain Computation Is Organized via Power-of-Two-Based Permutation Logic

http://journal.frontiersin.org/article/10.3389/fnsys.2016.00095/full

Original Research ARTICLE

Front. Syst. Neurosci., 15 November 2016 | https://doi.org/10.3389/fnsys.2016.00095

Meu comentario publicado no paper da Frontier:

I am a layman in this specific area, but from my specialized field I think I can offers a new insight to the authors about this “flexible behavior”. My theoretical results are suggesting ( since about 30 years ago), a general natural formula for all natural systems, and the brain’s structure for this process called “intelligence” must obey that formula. It happens that the formula is an algorithmic representation (as you can see the formula at my website). So, in this case my models has predicted yours findings.
The difference is that my algorithmic formula is a kind of “living process”, than, the flexible behavior, while yours mathematical algorithm is not. Thoughts mimics biological or living processes, they are developed by a life’s cycle common process. That’s the secret of creation, autonomy, etc., which, AI does not have it, yet. I had no time for learning yours mathematical development for arriving to yours formula and making comparisons with my formula, for to perceive where are the differences. I think this work can help you developing yours research and knowledge on this issue. Cheers…
xxxx
E outros comentários publicado pela MSN-USA, em:
http://www.msn.com/en-us/news/technology/researchers-uncover-algorithm-which-may-solve-human-intelligence/ar-AAkTr2R?fb_action_ids=10210902314866604&fb_action_types=og.comments

I have registered the copyrights from 30 years ago in Brasil and USA showing a set of alghoritms as the framework of the brain as of all natural systems and life’s cycles. But my formula/alghoritm is a lot more complex than this N = 2i-1 formula. It is not my interest to comunicate that I had predicted it, but suggesting that these researchers changes their interpretations and approaches, because they are in the most difficult and slow way, And we need this right konwledge for helping millions of people being tortured by mental ilness.

My formula represents a thing that is alive, autonomous, creator and has flexible behavior. There is not only two variables, but, seven, like seven are the variables encrypted at a DNA’a unit of information. And each variable for the whole system is variable in relation to itself. it is not translated by Math neither mechanistic processes like the alghoritm above which merely results in a sequence of fractals and nothing else. Each new brain’s region and elements are built by the same process of life’s cycle that build our entire boddy and produces the differentiation of shapes along a lifetime. This formula wich I called “Matrix/DNA” was extracted from comparative anatomy between living and non-living natural systems, so, it is natural and alive, can not be compared with our nowaday computers. The formula and explanations are at my website, if someone is curious about

Turiel Grigori ·Owner at Trabalhador(a) independente

And might this same algorithm be responsible for disallowing us from seeing reality as it REALLY is?
No, Turiel. We and the whole Universe has evolved under a kind of Matrix, in the sense that all biological systems has evolved under a matrix called DNA. Like the DNA is not playing dice with us, the universal matrix is not too. We can’t see the reality as it really is because we are almost blind ( we can see only one face of objects – those reflecting the visible frequency of the eletromagnetic spectrum, and we are blind to the other six frequency/vibrations that are here and compose this world. Also our brain has poor and limited sensors such our technological sensors. I am not seeing supernatural ghosts or intelligent aliens behind this matrix for explaining its existence and functionality, it is purely natural. But, since I am almost blind…who knows?
xxxx
ESTUDO/TRADUCAO DO ORIGINAL PAPER:
http://journal.frontiersin.org/article/10.3389/fnsys.2016.00095/full

Brain Computation Is Organized via Power-of-Two-Based Permutation Logic

Computação Cerebral e’ Organizada via Logica de Permutação Baseada na Potencia-de-Dois

Ha’ considerável interesse cientifico em entender como as células se conectam – o tao presumido computacional padrão – tao organizadas que o cérebro possa gerar inteligente conhecimento e flexível comportamento.

A Teoria da Conectividade propõe que a origem da inteligencia esta enraizada numa logica de permutação na base da potencia-de-dois (N=2i-1), ( ver wikipedia: https://en.wikipedia.org/wiki/Power_of_two ) produzindo especificidade para arquiteturas de células montadas capazes de gerar especificas percepções e memorias, assim como generalizado conhecimento e acoes flexíveis. Nos mostramos que esta logica de permutação e’ amplamente usada nos circuitos corticais e subcorticais através de especies animais e e’ conservada para o processamento de uma variedade de modalidades cognitivas incluindo apetite, emocional e social informações.

Todavia, modulatórios neurônios, tais como os neurônios dopaminergic (DA), usam uma logica mais simples apesar de seus distintos subtipos. Interessante, esta logica de permutação do especifico para o geral permanece largamente intacta através dos NMDA receptores – o switch sináptico para aprendizagem e memoria –  foram deletados durante a fase adulta, sugerindo que a logica ‘e um desenvolvimento pre-configurado. Alem disso, esta logica computacional e’ implementada no cortex via a combinação de uma estrategia de conectividade ao acaso nas camadas superficiais (2/3), enquanto ns profundas camadas as organizações  de não-acaso são 5/6.

(continuar tradução)

 

Pesquisar:

  • Theory of Connectivity ( proposes that the origin of intelligence is rooted in a power-of-two-based permutation logic (N = 2i–1), producing specific-to-general cell-assembly architecture capable of generating specific perceptions and memories, as well as generalized knowledge and flexible actions.)
  • Muito importante a pesquisar aqui: We show that this power-of-two-based permutation logic is widely used in cortical and subcortical circuits 
  • modulatory neurons, such as dopaminergic (DA) neurons – use a simpler logic despite their distinct subtypes.
  •  ler: Theory of Connectivity: Nature and Nurture of Cell Assemblies and Cognitive Computation ( em https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC4850152/

Onde se le: How should cell assembly organize itself so that incoming information can be orderly and gradually converted into memory, concepts, and flexible motor behavior?

 

Tags: , , , , ,