Juventude do Primeiro Mundo Desempregada e Frustrada e a Cosmovisão da Matriz/DNA

Educated, Unemployed and Frustrated

The New York Times - Op-Ed Contributor

By MATTHEW C. KLEIN 

Published: March 20, 2011
http://www.nytimes.com/2011/03/21/opinion/21klein.html

Triste o que está acontecendo com os jovens na faixa dos 18 aos 25 anos, nos países do Primeiro Mundo. Depois de tanto sacrificio para conseguirem o diploma, quando começam a pensar em se casarem, não arrumam emprêgo na área que se formaram e se sujeitam a trabalhos mal remunerados que não exigem educação alguma. Acho que a primeira causa é superpolução, segunda é o desperdício da Humanidade em supérfluos como uma bomba de sucção da energia humana e dos recursos naturais, terceiro é enormes soma de capital em mãos de poucos que não re-investem na economia produtiva e são direcionados a bancos e especulação financeira. Mas existe um êrro de demasiada virtude também: a demasiada concentração e expectativas do trabalho. Temos que inventar mais máquinas, robotizar e automatizar a produção e serviços rotineiros. A carga horária de trabalho deve ir caindo de 40 para 30 para 20 horas semanais. Mas antes é necessário uma nova visão do mundo que produza uma salutar ordem moral. A evolução e atividades físicas devem ir aos poucos cedendo mais espaço para a evolução intelectual. A propriedade das máquinas e meios de produção em geral deve ser de modo que seus beneficios sejam repartidos para todos. talvez uma grande sociedade anônima. O trabalho escravo, forçado rotineiro deve acabar mas para que seu lugar não seja ocupado pelo ócio, amigo dos vícios e das perdições, deve-se paulatinamente pondo ênfase no trabalho voluntário e altruístico, principalmente nas áreas de pesquisas, exploração espacial, etc. A cosmovisão da Matriz/DNA preencheria perfeitamente os requisitos: somos genes do Universo construindo um corpo comum a todos que deverá nascer para um reino além do Universo.

Tags: , , ,